P. 1
Apostila Sobre Gestão de Pessoas - Prof

Apostila Sobre Gestão de Pessoas - Prof

4.8

|Views: 17.631|Likes:
Publicado porapi-3696913
Apostila Disciplina de Gestão de Pessoas - Prof.Stanley - Noite
\
Apostila Disciplina de Gestão de Pessoas - Prof.Stanley - Noite
\

More info:

Published by: api-3696913 on Oct 17, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

UNESA

Gestão de Pessoas
Prof. Stanley Pacheco professorstanley@stanleypacheco.com

1

Ementa

O Cenário atual – Complexidade do ambiente globalizado, o novo ambiente de negócios e as empresas, competências requeridas ao gestor. Estratégia de Gestão de Pessoas – Comprometimento da cúpula administrativa, estratégia corporativa e estratégia de gestão de pessoas, os ciclos comportamentais e gerenciais da mudança, o modelo de gestão de pessoas. Instrumentos de Gestão de pessoas ( recrutamento e seleção, integração de novos funcionários, descrição e análise de cargos, avaliação de desempenho, plano de carreiras, adm. de salários, políticas de remuneração e benefícios, treinamento e desenvolvimento de pessoas e desenvolvimento organizacional, sistemas de informação e a gestão de pessoas. Motivação e Liderança - motivação de pessoas, autoconhecimento e auto-desenvolvimento, liderança e motivação, poder nas organizações, instrumentos e jogos de poder, novos aspectos do poder nas organizações. Definindo equipes de trabalho – A questão funcionamento do 2

BIBLIOGRAFIA

BRIDGES, William. Um mundo sem empregos. São Paulo. Makron books, 1995. BULGACOV, Sergio. Manual de Gestão Empresarial. São Paulo. Atlas, 1999. CRAWFORD, Richard. Na era do Capital humano: o talento a inteligência e o conhecimento como forças econômicas. São Paulo. Atlas, 1994. DAVEL, Eduardo Vasconcelos, João. Recursos humanos e subjetividade. Petrópolis, RJ. Vozes, 1995. VERGARA, Sylvia Constant, Gestão de Pessoas, São Paulo. Atlas. 1999.
3

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado O novo ambiente de negócios e as empresas Competências requeridas ao gestor.

4

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado A GLOBALIZAÇÃO E SEUS EFEITOS NOS MERCADOS

Comportamento do Consumidor Brasileiro O que influencia hoje o seu comportamento ? Maiores opções no mercado;  Comunicação mais intensa e extremamente ágil;  Maior conscientização dos seus direitos;  Nova ordem econômica;  Produtos/Serviços diferenciados, de acordo com suas necessidades e desejos.
5

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado A GLOBALIZAÇÃO E SEUS EFEITOS NOS MERCADOS

O que mudou no comportamento do consumidor?

Possui mais opções de escolha, mais referências para comprar; È menos fiel, menos leal à uma determinada marca ou empresa; Utiliza as empresas estrangeiras como referencial; Busca produtos/serviços do jeito que ele quer; Espera um alto nível nos serviços e no atendimento; Busca a melhor relação custo/benefício.
6

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado A GLOBALIZAÇÃO E SEUS EFEITOS NOS MERCADOS

Clientes cada vez mais exigentes. Por quê?

 Código de defesa do consumidor  Convivência com importados  Moeda estável  Tecnologia da informação  Abertura de mercado
7

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado
Economia – Rápidas transformações: formações de blocos econômicos, abertura de mercado, privatizações, desregulamentação, etc. TRABALHO: Pesquisa EM GRUPO sobre os blocos econômicos formados no mundo devia À globalização e suas influência nos mercados de negócios.

Apresentar na próxima aula. 15 minutos por equipe. Trazer apresentação em cd ou disquete. Pedir projetor multimidia. TRABALHOS VALEM ATÉ 30 % DA NOTA DE PR1.
8

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado

Empresas – Diretamente influenciadas cenário de novas oportunidad e desafios. A solução é voltar-se para o desenvolvimento das pessoas e não mais somente a adoção de normas e procedimentos, onde somente a Instituição é considerada.

NOVA VISÃO: Aspectos humanos são fundamentais para transformar a organizações.

ESTRATÉGIA: Valorizar talentos não só pela preparação técnica, mas pe mudança interna direcionando para novas formas de encarar situaçõe cotidianas:  Transformar problemas em desafios e novas oportunidades;  Lidar com conflitos reconhecendo diferenças e buscando objetivida  Agir com comprometimento;  Harmonização do ambiente de trabalho – Transformar o trabalho em algo agradável;

9

O Cenário atual
Complexidade do ambiente globalizado

O que se espera de uma equipe?

Atuar com auto-estima; Compreensão do todo e das partes; Atitudes orientadas através da consciência e da valorização individual; Clima de cooperação coletiva na busca dos objetivos pessoais e empresariais;

Enfim, pessoas vivendo e trabalhando em harmonia para produzir melho com mais eficácia e comprometimento.

10

Nova Economia
Inteligência Diversificada

Gestão Baseada em Valores

Competências essenciais

Personalização Criatividade

Versatilidade

11

Economia do Conhecimento
Informação Aprendizagem Conhecimento Recursos Pessoas Gerente Poder Produção Fatores Críticos Comunicação Valor Foco do Negócio Ilimitados Meio de Produção Líder Conhecimento Caótica Tempo e Competência
12

Era da Informação
 

 

Nunca houve tanta informação disponível. Nunca as empresas cobraram tanto dos seus executivos e gerentes a atualização constante e a rápida aplicação do conhecimento adquirido. Como selecionar as fontes de informação;  Quais são as informações relevantes;  Como ser capaz de transformar esta informação em ação. Informação é competência e responsabilidade; Informação é o diferencial e a moeda de troca do novo milênio
13

Era da Informação

Hoje, de uma forma geral, existe um senso crítico muito apurado sobre:
 

Aprender cada vez mais; Oportunidades – Criar e aproveitar.

A empresa cada vez diz menos ao executivo o que fazer, porque as perspectivas de desenvolvimento são cada vez menos óbvias e previsíveis. Cabe a cada um escolher o seu caminho;
14

O Cenário atual
O novo ambiente de negócios e as empresas
As Novas relações de trabalho
 

O mundo empresarial está se reinventando; Vivemos um momento onde as relações entre empregado e empregador estão sendo reavaliadas; Os contratos de trabalho começam a ser questionados quanto a sua adequação para a empresa e para o profissional; A visão de que se está trabalhando para um cliente e não para um empregador é, cada vez mais, fundamental; O alto executivo de hoje pode vir a ser o pequeno empresário de amanhã;
15

Algumas Certezas

A única coisa que não muda é .........

Ninguém consegue acompanhar a velocidade da informação.

Os profissionais de sucesso serão aqueles que conseguirem transformar informação em ação.
16

Planejamento de Pessoal

Planejamento de RH – Integrado Planejamento geral da organização.

ao

Função de RH - deve contribuir para o alcance dos objetivos organizacionais. Também deve favorecer e incentivar o alcance dos objetivos individuais dos funcionários.

17

ES TRATÉG IAS D E R EC UR SOS HU MAN OS

Avaliar a necessidade de Recursos Humanos atuais. Prever necessidade de novos R.H. Desenvolver e implementar os R.H. Monitorar e realizar ajustes.

18

INTEG RAÇÃ O DOS R.H. C OM A OR GANIZA ÇÃO OBJETIVOS/ESTRATÉGIAS ORGANIZACIONAIS

Objetivos / Estratégias de R.H.
Etapa 1: Avaliar Recursos Humanos atuais

compara ção

Etapa 2: Prever Necessidades de Recursos Humanos

Etapa 3: Desenvolver e implementar Recursos Humanos Corrigir / evitar excesso de pessoal Corrigir / evitar falta de pessoal

19

Objetivos da Gestão de Pessoas
Objetivos

4.

Ajudar a organização a alcançar os seus objetivos e realizar sua missão; Proporcionar competitividade à organização – Fazer com que as pessoas tornem-se forças mais produtivas para beneficiar clientes, parceiros e empregados; Proporcionar à organização pessoas treinadas e motivadas – capacitação contínua e reconhecimento;

6.

8.

20

Objetivos da Gestão de Pessoas
Objetivos
3.

Aumentar auto-atualização e satisfação das pessoas – a satisfação no trabalho são fortes e determinantes do sucesso organizacional; Desenvolver e manter a QVT (Qualidade de Vida no Trabalho); Tornar a organização um local desejável e atraente visando retenção dos talentos;

5.

7.

O que é Gestão de Pessoas? Conjunto integrado de processos dinâmicos e interativos.

21

O que é Gestão de Pessoas?
Conjunto de várias atividades integradas a saber: Descrição e análise de cargos – O que é ? / O que faz ?

Planejamento de Recursos Humanos; Recrutamento e seleção; Como valorizar os Talentos da organização Orientação e motivação de pessoas; Avaliação de desempenho; Remuneração, treinamento e desenvolvimento; Relações sindicais; 22 Segurança, saúde e bem-estar.

-

-

Os Novos Papéis da Gestão de Pessoas
De
Operacional e burocrático Policiamento e controle Curto prazo e imediatismo Administrativo Foco na função Foco interno e introvertido
Reativo e solucionador de problemas

Para
Estratégico Parceria e compromisso Longo prazo Consultivo Foco no negócio Foco externo e no cliente Proativo e preventivo Foco nos resultados e nos fins
23

Foco na atividade e nos meios

O Cenário atual Competências requeridas ao gestor. Qual o perfil ideal?
   

Um especialista? Um generalista? Um pensador? Filósofo, Sociólogo, etc Que competências e habilidades os Gerentes deverão ter?  Escrever  Se expressar em pelo menos duas línguas  Falar em público  Se relacionar com as pessoas  Ter raciocínio lógico e objetivo  Aprender a perder, sem contudo, desanimar  Saber negociar  Aprender a desaprender e reaprender todos os dias
24

PERFIL DO GERENTE

Que valores eles devem desenvolver?  Ética  Honestidade  Confiabilidade  Responsabilidade Social Que habilidades poderiam complementar a formação?  Dramatização e Teatro  Caligrafia  Psicologia  Marketing Pessoal  Auto-motivação e Auto-desenvolvimento
25

Regras Básicas de um Bom Relacionamento
CUIDADOS
  

POSTURA
   

 

PONTUALIDADE RESPEITABILIDADE RESPONSABILIDAD E CRIATIVIDADE COMPROMETIMENT O BOM HUMOR

OLHAR E SORRIR VESTUÁRIO HIGIENE VOZ

26

Caminhos para o Desenvolvimento Gerencial

Consciência sobre a necessidade de estudar, que agora é permanente; Desenvolver a disposição e a capacidade para:  Observar e analisar antes de agir  Desaprender e aprender;  Recomeçar do zero abandonando os antigos paradigmas;  Mudar e aceitar as mudanças impostas ou naturais;  Tomar decisões baseadas em dados e fatos;  Trabalhar em equipe;  Treinar pessoas;  Liderar e delegar funções e poder;

27

Capacitação Pessoal

As pessoas têm que se capacitar para duas coisas no mundo atual:  Reinventarem o trabalho que fazem;  Liderar pessoas. Há um novo mercado de trabalho, com novas necessidades em termos de competências e habilidades

28

Análise do Segmento Financeiro
 

Quais as mudanças ocorridas ? Sob o aspecto da Gestão de Pessoas, quais os ajustes necessários?

Identificar um segmento do segmento financeiro,debater e responder:  Quais as principais mudanças?  Quais as novas competências necessárias?  Qual o perfil dos cargos de gestores?

- Formar duplas Tempo: 15’ preparação. 10 ‘ apresentação
29

Empregabilidade
  

Um novo conceito; Estar empregado x ter empregabilidade; Ser necessário pelas suas habilidades e competências e não pela função que exerce; As funções mudam, desaparecem. A principal característica responsável pela evolução do ser humano e a sua adaptabilidade; Empregabilidade É a capacidade de disputar as oportunidades de trabalho, com novas características e novos paradigmas do mercado.
30

Empregabilidade

Cuidar da empregabilidade significa ajustar ou adequar suas qualificações aos novos desenhos das profissões e dos cargos que estão sendo criados nas organizações. Significa adquirir novos conhecimentos e habilidades, desenvolver novas especialidades para tornar-se policompetente e assim poder atender aos requisitos dos cargos multifuncionais em crescimento nas empresas.

31

Empregabilidade

Profissões existentes há 20 anos desapareceram, e outras surgiram. Fato esse que sugere a todos os profissionais, por mais seguros que possam sentir-se no momento, que cuidem de sua empregabilidade - Tendência de desaparecimento da relação tradicional de emprego, mas não a existência de trabalho. Poderá haver até maior demanda de trabalho, porém com novas formas de contratação
32

Gestão de Competências – Competências Desejadas (Fonte Fundação Dom Cabral)

• Orientação para resultados;

• Capacidade de trabalhar em equipe; • Liderança; • Relacionamento interpessoal; • Pensamentos sistêmico: visão do todo; • Comunicabilidade; • Empreendedorismo; • Negociação; • Capacidade de atrair e manter colaboradores; • Capacidade de inovar
33

Gestão de Competências – Competências Desejadas (Fonte Fundação Dom Cabral)

• Percepção de tendências;

• Multifuncionalidade; • Visão de processos; • Conhecimento da realidade externa; • Garra, ambição; • Pôr a mão na massa; • Habilidade em lidar com paradoxos ( aspectos contraditórios); • Domínio da língua inglesa e espanhola.
34

Estratégia de Gestão de Pessoas
Comprometimento da cúpula administrativa Estratégia corporativa e estratégia de gestão de pessoas Os ciclos comportamentais e gerenciais da mudança O modelo de gestão de pessoas

35

Estratégia de Gestão de Pessoas
Instrumentos de Gestão de pessoas:
-

recrutamento e seleção integração de novos funcionários Descrição e análise de cargos avaliação de desempenho

-

-

-

36

Estratégia de Gestão de Pessoas
Instrumentos de Gestão de pessoas:
-

Administração de salários Políticas de remuneração e benefícios Treinamento, desenvolvimento de pessoas e desenvolvimento organizacional Sistemas de informação e a gestão de pessoas.

-

-

-

37

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->