Você está na página 1de 1

IMPACTO DA DOR OSTEOMUSCULAR NA QUALIDADE DE VIDA DE CIRURGIES-DENTISTAS DA REDE PBLICA

Silva, Henika Priscila Lima

RESUMO: Diante do fato de que a atividade desenvolvida pelo cirurgio-dentista pode exigir posturas inadequadas, uso de fora excessiva e repetitividade de forma a repercutir na sua sade e qualidade de vida desses profissionais, procurou-se conhecer o impacto dos sintomas osteomusculares na qualidade de vida dos cirurgies-dentistas da rede pblica de Jequi-BA. A pesquisa se caracterizou como transversal de carter descritivo, com amostra do tipo no probabilstica por convenincia. O universo do estudo foi composto por 20 de um total de 35 cirurgies-dentistas da rede pblica de sade de Jequi-BA que aceitaram participar do estudo e que atendem em escolas pblicas, Centros e Unidades de Sade. Para a coleta de dados foram utilizados trs instrumentos, o Questionrio Nrdico de Sintomas Osteomusculares, um questionrio com dados scio-demogrficos e ocupacionais e o Questionrio Genrico de Qualidade de Vida SF-36. Os resultados foram analisados por meio do programa SPSS verso 16.0, calculando-se as freqncias, mdias e desvio-padro. Aps anlise dos dados, foi observado que as regies anatmicas mais afetadas pelos sintomas osteomusculares foram a coluna cervical com 90% (n=18) das queixas. Na anlise do SF-36 o domnio Aspectos Sociais (80,62) foi o melhor avaliado, entretanto, os domnios mais prejudicados foram Vitalidade (47,25), seguido por Sade Mental (65,20). Os resultados corroboram a hiptese do nexo causal entre a atividade exercida e conseqente comprometimento da qualidade de vida devido ocorrncia de sintomas osteomusculares, o que leva a crer que a classe de cirurgies-dentistas pertence ao grupo exposto a risco considervel de adquirir algum tipo de Distrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho. PALAVRAS-CHAVE: Distrbio Osteomuscular Relacionado ao Trabalho, Qualidade de Vida, Cirurgio-Dentista.

1- Mestranda do Programa de Ps-Graduao em Enfermagem e Sade da UESB.