P. 1
Carta a pedir prescrição da dívida à Segurança Social

Carta a pedir prescrição da dívida à Segurança Social

5.0

|Views: 21.268|Likes:
Publicado porpaulop_39
Modela de carta a pedir a prescrição da dívida à segurança social. Se a dívida tem mais de 5 anos e nunca foi notificado da mesma, a dívida prescreve, deixa de existir. Atenção para assinalar devidamente os anos com actividade aberta nas finanças que solicita para pedir a prescrição da dívida. Detalhar essas datas de acordo com os períodos de abertura e fecho da actividade nas finanças. E é tudo! Boas prescrições...
Modela de carta a pedir a prescrição da dívida à segurança social. Se a dívida tem mais de 5 anos e nunca foi notificado da mesma, a dívida prescreve, deixa de existir. Atenção para assinalar devidamente os anos com actividade aberta nas finanças que solicita para pedir a prescrição da dívida. Detalhar essas datas de acordo com os períodos de abertura e fecho da actividade nas finanças. E é tudo! Boas prescrições...

More info:

Categories:Types, Letters
Published by: paulop_39 on Oct 26, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOCX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/26/2015

pdf

text

original

Instituto de Segurança Social, Centro Distrital de Viseu Exmo(a) sr.

Director do Centro Distrital de Viseu do Instituto de Segurança Social Paulo Miguel dos Santos Pereira, residente em [morada], Concelho de [Município], Nº Segurança social [….], tendo sido notificado de que é devedor ao ISS no montante de [valor] mais juros de mora vem por este meio apresentar a sua DEFESA O que faz nos termos e com os seguintes fundamentos: 1 – Após pedido de declaração de não dívida à segurança social, foi o exponente notificado de que era devedor em 5079,07 mais juros de mora ao ISS 2 – Os anos em falta seriam os de [intervalos de anos de actividade aberta nas finanças]. 3 – Segundo o nº 2 do Artigo 63º da Lei nº17/2000 de 8 de Agosto que aprova as bases gerais do sistema de solidariedade (cobrança coerciva e prescrição das contribuições), “A obrigação de pagamento das cotizações e das contribuições prescreve no prazo de cinco anos a contar da data em que aquela obrigação deveria ter sido cumprida”. 4 – Com efeito, a notificação recebida pelo requerente foi com a data de [data da notificação da dívida] pelo que, de harmonia com o disposto no Artigo 63º da Lei nº17/2000 de 8 de Agosto nº2, apenas será considerado o período a começar em [data 5 anos anterior], tendo o resto da divida prescrito. 5 - Segundo o nº 3 do Artigo 63º da Lei nº17/2000 de 8 de Agosto que aprova as bases gerais do sistema de solidariedade (cobrança coerciva e prescrição das contribuições), “A prescrição interrompe-se por qualquer diligência administrativa, realizada com conhecimento do responsável pelo pagamento, conducente à liquidação ou à cobrança da dívida”. 6 – Tendo sido comunicado a situação de dívida do Exponente, e se, após a vigência da referida Lei n. 17/2000, e nos cinco anos seguintes, não foi feita, com aquele fim, qualquer diligência administrativa com conhecimento do executado, aqui revertido, a dívida exequenda, no tocante ao dito executado prescreveu. Com efeito, até à data de [data da notificação], o exponente nunca tinha sido contactado pela Segurança Social para liquidar a dívida existente, sendo esta desconhecida do exponente até ao recebimento da declaração de dívida, não se verificando assim o nº3 do Artigo 63º da Lei nº17/2000 de 8 de Agosto. 7 - Em 31 de Janeiro de 2007 o exponente fechou actividade (documento em anexo) voltando a abrir actividade apenas em Dezembro de 2008 (documento em anexo) pelo que efectivamente a sua dívida à segurança social é de 4 meses X 147,03 + juros de mora (Outubro, Novembro e Dezembro de 2006 e Janeiro de 2007). [Fica apenas como exemplo, adaptar a cada situação particular; descrever nos últimos 5 anos as datas em que teve actividade aberta] Espera Deferimento, [data] (nome)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->