Trabalho De Anatomia

Origem Inserção e Função Dos Músculos

Nathália Cristina Lozano Gonzales RA: 115983 1º Ano de Fisioterapia Professor: Marcos

Esternocleidomastóideo

É um músculo da face lateral do pescoço, na região anterolateral. É o principal flexor do pescoço, é constituído no tramo torácico, por duas cabeças, uma esternal e outra clavicular.

Origem: Face externa do manúbrio, porção interna da clavícula. Inserção: Processo mastóideo do osso temporal. Função: Ambos os músculos agem juntos para flexionar a coluna cervical, agindo isoladamente, cada um deles roda a cabeça para o lado oposto.

Levantador da Escápula

Situa-se nas costas e em partes do pescoço.

Origem: Tubérculos posteriores dos processos transversos das vértebras cervicais (de 1 a 4). Inserção: Parte superior da borda medial da escápula. Função: Traciona a escápula verticalmente, abaixa a ponta do acrômio, roda a escápula durante o abaixamento forçado do braço e estabiliza durante sua elevação.

Esplênio da cabeça .

Platisma É um músculo do pescoço. É inervado pelo nervo facial. Inserção: Borda inferior da mandíbula e parte do ângulo inferior. Origem: Porção superior do peitoral maior e deltóide. Função: Traciona o lábio e o ângulo inferior para baixo e para fora. saindo próximo ao músculo bucinador. tencionando a pele sobre o pescoço. e estendendo-se para cima e em direção a linha medial. . da clavícula até a porção inferior da mandíbula.

Função: Ato de pressionar as bochechas firmemente de encontro aos dentes (lateral). Inserção: Ângulo da boca.Bucinador Origem: Superfície externa dos processos alveolares maxila e mandíbula. fundindo-se com o orbicular da boca. . ato de tracionar para trás o ângulo da boca.

É composto por duas partes: Antero lateral e Postero medial Origem: Arco zigomático Inserção: Face lateral do ângulo da mandíbula Função: eleva a mandíbula. mastigação .Masseter Estende-se do arco zigomático até a face lateral do ramo da mandíbula.

Inserção: pele do ângulo da boca Função: traciona o ângulo da boca para cima e para fora . no próprio masseter.Risório Origem: fáscia sobre o masseter.

protusão para frente (assobiar) .Orbicular da Boca Origem: Numerosas camadas de fibras musculares circundando o orifício da boca. Inserção: Maior parte da pele e membrana mucosa externa. Função: Fechamento dos lábios.

processo frontal da maxila. e fechar delicadamente (parte palpebral).Orbicular do Olho Origem: Parte nasal e osso frontal. Inserção: Fundem-se as estruturas ligamentosas e músculo adjacente. Função: Fechar firmemente as pálpebras (parte orbitária). .

Inserção: Úmero (tuberosidade deltóidea) Função: Flexão. acrômio e espinha da escápula. . abdução e extensão do braço.Deltóide Origem: terço lateral da clavícula.

Bíceps Braquial Origem: Cabeça curta: processo coracóide da escápula. Cabeça longa: escápulano tubérculo supra glenoidal. Função: Flexiona a articulação do cotovelo e supina o antebraço. Inserção: Tuberosidade do osso rádio e fáscia do antebraço via aponeurose do músculo bíceps braquial. .

Inserção: tuberosidade do rádio. Origem porção curta: processo coracóide. Função: flexão de ombro.Bíceps 2 porções. Origem porção longa: tubérculo supra glenoidal. curta e longa. .

Flexores do Antebraço (punho) .

Extensores do Antebraço (punho) .

. Inserção Distal: Tendão do músculo extensor dos dedos Função: Flexão da MF e extensão da IFP e IFD do 2º ao 5º dedos + propriocepcão dos dedos.Lumbricais das mãos Inserção proximal: Tendão do músculo flexor profundo dos dedos.

Maior: processos espinhosos de t2 a t5 Inserção: Borda medial da escápula a partir do nível da espinha até o ângulo inferior. fixa a escápula à parede torácica. . é superior ao maior. Função: Retrai a escápula e roda para baixar a cavidade glenóide.Rombóides Origem: Ligamento da nuca e processos espinhosos de c7 e t1.

Função: Eleva a escápula. ligamento nucal superior e processos espinhosos. Inserção: no terço lateral da clavícula. . inclina a cabeça lateralmente. acrômio e espinha da escapula. rotação para o lado oposto. a aproxima da coluna vertebral.Trapézio Origem: Na base do occipital. desde a 7ª cervical até a 12ª vértebra torácica.

Grande Dorsal Origem: Processo espinhoso de t6 a t12. . Inserção: Assoalho do sulco intertubercular do úmero. Função: Estende. levanta o corpo durante a escalada. crista ilíaca e de 3 a 4 costela inferior. aduz e roda medialmente o úmero.

.Paravertebrais Origem: Sacro Inserção: Vértebras da coluna Função: extensão. adução e rotação medial do braço.

Função: Elevação da pelve .Quadrado Lombar Origem: Crista Ilíaca. pequenos tendões nos processos transversos. Inserção: Borda inferior da ultima costela. das quatro primeiras vértebras lombares.

. Função: Puxa a porção anterior da caixa torácica para baixo auxiliando na expiração. Inserção: Face interna das cartilagens costais.Transverso do Abdome Origem: Face interna do esterno e processo xifóide.

Inserção: Crista Ilíaca (Une-se lado direito e lado esquerdo pelo ligamento inguinal) Função: Flexão lateral e rotação de tronco. .Oblíquos Origem: Costelas inferiores.

Função: Flexão de tronco . Inserção: Crista do púbis.Reto do Abdome Origem: Cartilagens costais inferiores.

Inserção: Maior parte da extensão da linha áspera e tubérculo adutor do fêmur. Função: Aduz e roda lateralmente a coxa e auxilia na extensão da Coxa .Adutores da Coxa: Magno Origem: Ramo inferior do púbis e ísquio e tuberosidade isquiática.

Inserção: Face posterior do fêmur logo a baixo do trocânter menor. Função: Aduz. . flexiona e roda lateralmente a coxa.Pectíneo Origem: Ramo superior do púbis.

Função: aduz e flexiona a coxa. Inserção: Face medial da tíbia logo a baixo do côndilo.Grácil Origem: Sínfise púbica e arco púbico. .

Função: aduz e roda lateralmente a coxa. Inserção: Terço médio da linha áspera do fêmur.Adutor Longo Origem: crista púbica e sínfise púbica. auxilia na flexão da coxa. .

Adutor Curto Origem: Ramo inferior do púbis. Inserção: Face superior da linha áspera do fêmur. . Função: aduz e roda lateralmente a coxa.

Abdutores da Coxa: Tensor da Fáscia Lata Origem: Espinha ilíaca ântero-superior. rotação medial e flexão da coxa. Inserção: Trato iliotibial. . Função: Tenciona a fáscia lata e faz abdução.

.Glúteo Médio Origem: Ílio Inserção: trocânter maior Função: Abdução e rotação medial da coxa.

fêmur. .Glúteo Máximo Origem: Ílio e sacro Inserção: Tuberosidade glútea. Função: extensão da coxa.

Quadríceps .

Reto da Coxa Origem: Espinha ilíaca Antero inferior e lobo a baixo do acetábulo do osso do quadril. Função: Extensão da perna. . Inserção: tuberosidade da tíbia via patela e ligamento da patela. reto da coxa e flexiona a coxa.

Inserção: Tuberosidade da tíbia via patela e ligamento patelar. . reto da coxa e flexiona a coxa. Função: Extensão da perna.Vasto Intermédio Origem: Face lateral da diáfise do fêmur.

. reto da coxa e flexiona a coxa.Vasto Medial Origem: Lábio medial da linha áspera do fêmur. Função: Extensão da perna. Inserção: Tuberosidade da tíbia via patela e ligamento patelar.

Vasto Lateral Origem: Trocânter maior e lábio lateral da linha media do fêmur. . Função: Extensão da perna. Inserção: Tuberosidade da tíbia via patela e ligamento patelar. reto da coxa e flexiona a coxa.

Inserção: Cúbito.Ancôneo Origem: Úmero. . Função: Extensão do antebraço.

Poplíteo Origem: Epicôndilo lateral do fêmur. Inserção: Nervo tibial. . Função: Flexão e rotação medial da perna.

Inserção: Lábio medial do sulco intertubercular do úmero. Função: Rotação lateral do braço. . Inserção: Face inferior do tubérculo maior do úmero.Redondo Maior Origem: Parte posterior do ângulo inferior da escapula. Função: Rotação medial do antebraço. adução e estabiliza o úmero. Redondo Menor Origem: Borda lateral da escapula.

Inserção: Face intermédia do tubérculo maior do úmero. adução e estabiliza o úmero. Função: Abdução do braço e estabiliza o úmero. Inserção: Face superior do tubérculo maior do úmero. Função: Rotação lateral do braço.Infra-espinhoso Origem: Fossa infra-espinhal da escápula. . Supra-espinhoso Origem: Fosse supra-espinhal da escápula.

. no terço médio. Função: Adução e flexão do úmero.Coracobraquial Origem: Processo coracóide da escápula. Inserção: Medialmente no úmero.

Inserção: Processo estilóide do rádio. Cabeça Lateral: Face posterior do úmero.Braquiorradial Origem: Crista supra-epicondilar lateral do úmero. a cima do sulco pra o. Função: Extensão do antebraço. .n.n. radial) Inserção: Face posterior do Olecrano da ulna. Função: Flexão do antebraço. Cabeça Medial: Úmero (face posterior a baixo do sulco para o. Tríceps Braquial Origem: Cabeça Longa: escápula.

Peitoral Maior Origem: Metade medial da clavícula. . esterno e 6 primeiras cartilagens costais. Inserção: Processo coracóide da escápula. Peitoral Menor Origem: Da terceira à quinta costela. Função: Adução e flexão do braço. Inserção: Crista do tubérculo maior do úmero. Função: Estabiliza a escápula. aponeurose do músculo obliquo externo do abdômen.

esfíncter do ânus e ponto tendíneo central do períneo. resistindo a pressão infraabdominal aumentada. Função: Suporta e eleva o assoalho pélvico. . Inserção: Cóccix.Pubococcígeo Origem: Entre o ramo superior do púbis e espinha isquiática.

Inserção Medial: Tuberosidade isquiática. Inserção Lateral: Crista inter-trocantérica. .Quadrado Femoral Origem: Tuber isquiático. Função: Rotação lateral e adução da coxa.

Função: Flexiona a coxa e a perna. roda lateralmente a coxa. abaixo da tuberosidade. .Sartório Origem: Espinha ilíaca ântero-superior. Inserção: Face proximal e medial da tíbia.

Inserção: Fossa trocantérica.Gêmeo inferior Origem: Tuber isquiático. adução e rotação lateral. Inserção: Fossa trocantérica. Função: Extensão Gêmeo Superior Origem: Espinha isquiática. Função: Extensão. . abdução.

Inserção: Trocânter maior do fêmur. Função: Roda lateralmente a coxa. auxilia na extensão e abdução da coxa. Função: Roda a coxa lateralmente. Obturador Interno Origem: Face interna da membrana obturatória e margem óssea do forame obturado. .Piriforme Origem: Face anterior do sacro Inserção: Borda superior do trocânter maior do fêmur.

Obturador Externo

Origem: Face externa da membrana obturatória e margem óssea do forame obturado. Inserção: Face trocantérica do fêmur. Função: Roda lateralmente a coxa.

Ísquios Tibiais

É o conjunto dos músculos da região posterior da coxa.

Origem: Ísquio (ramo inferior do púbis) Inserção: A tíbia se divide em semitendinoso e semimembranoso. Função: Extensão e flexão do joelho.

Bíceps da Coxa

Origem: Cabeça Longa: Tuberosidade Isquiática; Cabeça Curta: Lábio lateral da linha áspera. Inserção: Face lateral da cabeça da fíbula e côndilo lateral da tíbia. Função: Flexiona a perna, Cabeça longa: estende a coxa.

Semitendinoso Origem: Tubérculo isquiático. Inserção: Face medial da epífise proximal da tíbia. . Função: Flexiona a perna estende a coxa.

Semimembranoso Origem: Tubérculo Isquiático. Função: Flexiona a perna e estende a coxa. . Inserção: Face medial da epífise proximal da tíbia.

Função: Flexão da articulação do tornozelo.Sóleo Origem: Cabeça da fíbula e borda medial da tíbia. Inserção: Posterior do calcâneo. .

Função: Flexão do posterior do calcâneo. . Inserção: Posterior ao calcâneo.Gastrocnêmio Origem: Cabeça medial: Côndilo medial. Cabeça Lateral: Côndilo lateral.

nas faces plantares do 1º cuneiforme e do I metatársico. . Função: Flexão dorsal e inversão.Tibial Anterior Origem: no tubérculo de gerdy. Inserção: passa por baixo do ligamento anular anterior do tarso e insere-se em dois feixes. na porção superior e interna do ligamento interósseo. nos 2/3 superiores da face externa da tíbia.

Inserção: Falange distal. .Extensor Longo dos Dedos Origem: Tíbia. Função: Extensão dos dedos.

Inserção: Base da falange. Função: Inversão e dorsi-flexão. .Extensor Longo do Hálux Origem: Região anterior da fíbula.

. Fibular Longo Origem: 1/3 proximais da face lateral da fíbula Inserção: face ventral do 1º metatarso e cuneiforme medial Função: flexão plantar. e eversão do pé.Fibular Terceiro 1/3 inferior da fíbula. Base do 4º ou 5º metatársico.

Fibular Curto Origem: 2/3 distais da fíbula. Função: Flexão. Função: flexão plantar e eversão do pé. Inserção: face lateral do 5º metatarso. . Inserção: Falange distal. Flexor Longo dos Dedos Origem: Posterior da tíbia.

Flexor Longo do Hálux Origem: Fíbula. Inserção: na tuberosidade do osso navicular. ossos cuneiformes e base 2º ao 4º ossos metatarsais. Tibial Posterior Origem: face posterior da tíbia e fíbula. Eleva a margem medial do pé. e membrana interóssea. importante músculo na manutenção do arco longitudinal do pé. Inserção: Falange distal do hálux. Função: Flexão. Função: auxilia na flexão plantar talocrural. .

Inserção distal: tendão do músculo extensor dos dedos. Função: flexão da MF e extensão da IFP e IFD do 2º ao 5º dedos + propriocepção de dedos.Lumbricais do Pé Inserção proximal: tendão do músculo flexor profundo dos dedos. .

uma má posição durante o trabalho ou devido ao stress mental. como equinococose e triquinose. O que é “mialgia”? -Mialgia é o termo usado para caracterizar dores musculares em qualquer parte do corpo A mialgia é uma dor muscular. Outras causas podem ser. Estão entre as lesões mais freqüentes nos esportes e modificam significativamente os hábitos de treinamento e competição dos praticantes . o Redondo menor e o Subescapular. Quais músculos compõem a chamada “pata de ganso”? -É formada pelos tendões dos músculos Sartório. . Grácil e Semitendíneo. A razão pode-se dever a um excessivo esforço.Perguntas: Quais músculos compõem o chamado “manguito rotador”? -É formado por 4 músculos: o Supra-Espinhal. O que é “miosite”? -A miosite ou miite é a inflamação de um músculo que pode ser origem infecciosa como artrite e febre reumática. O que é “estiramento”? -O estiramento muscular é uma lesão indireta que se caracteriza pelo “alongamento” das fibras além dos limites normais. que possuem a função de fletir o joelho. localizada ou não. também chamados de fisiológicos. A dor surge devido a tensões nos músculos. ou de origem parasitária. o Infra-Espinhal. por exemplo. o que pode ocorrer com uma sobrecarga além da capacidade usual do indivíduo.

O túnel do carpo é um túnel na anatomia do punho humano. Sendo a hiperplasia traduzida por um aumento no número de células. . Ocorre pela compressão de um nervo. deve-se atender algumas exigências: primeiro o fornecimento de O2 e de nutrientes deve ser maior para suprir o aumento das exigências celulares. Além disso. formado pelos ossos carpais. O que é “atrofia muscular”? -A atrofia muscular é caracterizada pela diminuição do volume muscular. O que é “hiperplasia muscular”? -A hiperplasia muscular é um mecanismo adaptativo que provavelmente contribui na hipertrofia do músculo esquelético sendo induzido pelo treinamento de força. Para ocorrer hipertrofia. pelo aumento das estruturas que junto com o nervo mediano. por isso células lesadas não podem se hipertrofiar. Ela pode ser causada por alguma doença ou simplesmente pela falta de uso de um grupo muscular como ocorre no sedentarismo. o que provoca aumento das células e órgãos afetados. O que é “hipertrofia muscular”? -Hipertrofia é o aumento quantitativo dos constituintes e das funções celulares. resultante de um esforço extremo realizado pelo músculo em questão. as células devem ter suas organelas e sistemas enzimáticos íntegros. o nervo mediano. O que é o “Túnel do Carpo”? . passam por um canal estreito chamado Túnel do Carpo.O que é “distensão muscular”? -Caracteriza-se por um rompimento parcial ou completo de fibras ou feixes musculares. ou fibras musculares em relação ao número original.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful