Você está na página 1de 1

A professor.. como c pediu, ta aew o rascunho hauhua... no sei se mandei bem, tava meio sem entender o tema direito..

espero q tenha dado.. me deseja boa sorte ahuha, forte abrao : ) Instituies e sociedade A realidade inteligvel uma representao. Assim pode-se asseverar que as instituies desde a escola at o Estado representam, isto , so a imagem de algo existente. Se por um lado existe o mundo concreto, independente da interpretao humana, por outro concebe-se um mundo que se entende como , modificado pela razo. Dessa maneira a filosofia de Schopenhouer foi construda, dando nome sua obra mais importante: O mundo como vontade e representao. possvel, assim, inferir que o papel do Estado intrnseco interpretao humana da sociedade. Ele, por si s, estabelece a civilizao como ela conhecida, sem auto-destruir-se, sem que o mais forte fisicamente domine o mais fraco. Conquanto Locke afirmasse que o Estado a representao da vontade do povo, essa instituio representa mais, pois ela a sntese da violncia fora fsica dos governados, impossibilitando um retrocesso ao pr-neoltico. Isso independe do modelo de governo, assim como das outras imagens associadas a tal instituio. Se antes Plato colocava-a como corrente que prendia o homem caverna sem que enxergar o que no era projeo, no sculo XXI o governo rotulado como responsvel pelo bem estar social. O fato que algumas imagens mudam, outras so a essncia do que representado. A escola uma instituio que facilita a atuao desse Estado. Ela, em sua forma mais fundamental, a forma mais eficiente de veicular a organizao que deve ser estabelecida pelo governo. Por conseguinte, a instituio escola concretiza toda a informao necessria para o desenvolvimento da nao, fornecendo princpios de cidadania e qualificando mo-de-obra. Entretanto, a ptica de alguns voltada escola como apenas dever, ferindo a essncia: dever e direito. Nesse ponto a noo de cidadania condio do dever estatal e sua conseqncia tambm uma imagem: a civilizao. Esta efeito de diversas outras instituies, seja de sade, de limpeza, ou de alimento, cada uma com seus rtulos, alguns mutveis e outros inerentes. Sem isso as sociedades seriam estticas e absolutas, impossibilitando a melhoria da humanidade.