P. 1
book-82b5b283d7d11527289ca177e104b510a0f98bc1

book-82b5b283d7d11527289ca177e104b510a0f98bc1

|Views: 277|Likes:
Publicado porcelpaiva

More info:

Published by: celpaiva on Oct 29, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/23/2013

pdf

text

original

1

Antonio Paiva Rodrigues

CRÔNICAS, CRÍTICAS E COMENTÁRIOS.

Fortaleza-Ceará

2

CRÔNICAS, CRÍTICAS E COMENTÁRIOS.

Sumário
09-Esclarecimentos 14-Meu Brasil Brasileiro 18-Certo ou Errado 22-O Domínio do Tráfico 27-Uma Estratégia Macabra 31-A Licantropia 49-Sabedoria dos Idosos 53-Liberdade de Imprensa 58-Notícias Diversas 65-Política e Outros Conteúdos 70-Notícias que Viraram Manchetes 75-Origens das Torturas 78-Algemas ou Gemas 83-Ser Crítico ou Ético 87-AIDS

3

96-Doação 101-Educação Familiar 105-A Grande China 114-Lei Seca a Lei que Enche o Saco 118-O Brasileiro Tem Poder de Força 124-Direitos Humanos Atuais 129-O Que Acontece com a Maioria das Religiões 134-A Reportagem no Rádio 150-Uma Lei Caída do Céu 156-O Dia Final 162-As Polícias Militares Jogadas Para Escanteio 168-Descuido com a Educação 172-Nada Muda 177-Loucos de Uma Vez 182-Polícia Militar 185-Um Pensamento, Uma Visão 193-Uso de Algemas 201-Situações Adversas 206-A Nossa Revolta

4

209-A Queda de Um Gigante 212-O Reverso da Medalha 219-Ser ou Não Ser 225-A Vida 231-Lei Seca 238-O Moderna Antimodernista 247-O Povo Brasileiro Está Perdido 252-A Corrupção de Espalha pelo Brasil 258-A Discriminação ao Povo Brasileiro 264-Cônsul da Espanha 269-Dia Nacional de Combate às Drogas 282-Descrédito Total 289-A Fé na Juventude 295-Falta de Seriedade na Política Brasileira 301-O Mundo Atual 306-Política X Política 311-O Brasil Brasileiro 316-Brutalidade Religiosa 321-Momentos Atuais

5

327-Projeto Prevê Plantio de Árvores Para Casar ou Divorciar 334-De Mãe Para Mãe 339-A Felicidade e a Paz 341-Nem Freud Explica! 346-Quero Ser Uma Estadista 352-Mais Uma CPI 359-Mais Uma Contra o Povo 368-Problema do Ser 374-Pedofilia e Pedófilos 380-Só Deus Resolverá Os Problemas Brasileiros 385-Semana do Meio Ambiente 390-Meio Ambiente 397-A Semente do Mal 402-Dramas Sociais 407-Política e Politicagem 412-O Dengue Com os Dias Contados 418-Transtorno Bipolar 425-Mais Corrupção, Mais Corruptos

6

429-Altaneiro e Sofredor 435-Queremos Paz e Ações Básicas 440-O Écran Brasileiro 444-O Que se Passa Pelo Brasil 449-Um Caminho Desejável 454-Definhamento do Estado de Direito 459-Acontecimentos Diários 466-Os Descasos Aumentam 471-Dráuzio Varella 486-Educação 401-Uma Polícia Particular 497-Isabellas 499-Medo de Baratas 504-Pedofobia 509-Olimpíadas 513-Você Acredita! 516-A Ilusão do Eterno 521-Traficantes e Terroristas 523-Milena

7

530-Pintando o Sete 534-Comentários Sobre o Livro Sternenreisender 542-Doce Amargura 547-Minicontos 551-Rosas do Nunca Mais 555-Moral e Ética 568-Final

8

9

ESCLARECIMENTOS Este livro tem um significado especial, visto que na sua íntegra inserimos algumas críticas, comentários e crônicas que não tiveram oportunidade de serem publicadas nos matutinos de Fortaleza, já que esses Meios de Comunicação oferecem espaço muito pequeno para os escritores da terra. Chegamos à conclus~o que ‘santo de casa’ n~o obra milagres, mas, no entanto, as editoras fora do eixo nordestino destinam espaços para os escritores que foram discriminados ou que não tiveram o devido reconhecimento da mídia alencarina. Vemos com certa tristeza matérias em destaque de determinados políticos, autoridades do município, do Estado, preenchendo folhas inteiras da mídia impressa cearense. Atualmente, o QI (Quociente de Inteligência) que na visão filosófica representa a proporção entre a inteligência de um indivíduo, determinada de acordo com alguma medida mental, e a inteligência normal ou média para sua idade; coeficiente de inteligência. Entre as diversas maneiras de calcular esta proporção, a mais comum é a da idade mental dividida pela idade cronológica.

10

Considera-se, de ordinário, que a debilidade mental começa com o índice abaixo de 70; e a inteligência superior, acima de 130. Não temos pretensão para tal feito, mas trocar os QIs é crime e desprezo pelo jornalista que com dedicação e força de vontade tenta mostrar suas qualidades, e normalmente são aceitos com carinho em outras plagas e em outros ninhos. Para uma pequena maioria o QI – muda de feição e passa a ser delineado como quem indica. Jamais iremos nos entristecer e baixar a cabeça, pois a qualidade inata ao ser humano é dele e ninguém tasca. O que acontece na mídia cearense é até meio hilário, os jornais abrem cadernos e os assinantes e leitores procuram um azimute, um direcionamento, um meio para a sua matéria ser publicada, como se estivesse mendigando espaço e querendo aparecer às custódias da mídia escrita. Os blogs, as homepages têm proporcionado aos escritores de várias classes colocarem sem nenhum intimidamento suas construções poéticas, suas crônicas, suas críticas e também a oportunidade de emitir suas opiniões sobre determinado artigo sem a pressão dos redatores de plantão das mídias matutinas. Infelizmente

11

temos que delinear este marco triste do jornalismo cabeça-chata. Obra de conteúdo simples sempre estará ao alcance de todas as classes sociais. A política se insere de corpo e alma (espírito) na maioria das crônicas e críticas aqui enunciadas. A palavra crônica vem do latim chronica (nom. pl.) é a narração histórica, ou registro de fatos comuns, feitos por ordem cronológica, genealogia de família nobre, pequeno - conto de enredo indeterminado. Texto jornalístico redigido de forma livre e pessoal, e que tem como temas fatos ou ideias da atualidade, de teor artístico, político, esportivo, ou simplesmente relativos à vida cotidiana. Seção ou coluna de revista ou de jornal consagrada a um assunto especializado, o conjunto das notícias ou rumores relativos a determinados assuntos e mais a biografia, em geral escandalosa, de uma pessoa. A crítica, apesar de ter um aspecto mais ou menos semelhante à crônica é realçada pela derivação grega kritiké, do fem. de kritikós e se norteia na arte ou faculdade de examinar e/ou julgar as obras do espírito, em particular as de caráter literário ou artístico, a expressão da crítica, em geral por escrito, sob a forma de

12

análise, comentário ou apreciação teórica e/ou estética, o conjunto daqueles que exercem a crítica; os críticos, juízo crítico; discernimento, critério, discussão dos fatos históricos. Apreciação minuciosa; julgamento, ato de criticar, de censurar; censura, condenação, passando ao lado filosófico toma a feição de apreciação, julgamento ou apreciação desfavorável, censura. Essas claras nuanças dentam a diferença básica de crônica e crítica. Nossa pretensão é esta, mas o leitor fará o julgamento do conteúdo desta obra. Já o velho e debatido comentário também tem sua importância e finalidade. No começo destes esclarecimentos usamos alguns comentários sobre a mídia alencarina. Na definição e na importância que o comentário tem. Citamos: como as demais palavras usadas na língua portuguesa, deriva do latim commentariu e se refere a uma série de observações com que se esclarece e/ou critica uma produção literária ou científica; anotação, nota. Apreciação ou análise de um fato, de uma situação, crítica maliciosa ou não, e, parte de uma sentença que veicula informação acerca de outro elemento nela presente, rema. Estes são os

13

comentários preliminares do conteúdo desta obra que parte da introspecção de um ser humano imperfeito, mas com uma vontade ferrenha de vencer nas lides e no rol dos escritores cearenses e brasileiros.

14

O AUTOR MEU BRASIL BRASILEIRO “Trabalha, aprende, ama, crê, espera e auxilia”!...(Emmanuel). Nosso querido e idolatrado país sofre as agruras de governos incultos, desprovidos de regentes da responsabilidade, de tenores que alcem as vozes em defesa da sociedade sofredora, calejada pelos percalços políticos. A primavera colorida com borboletas esvoaçantes deveria colorir a psicosfera do Palácio do Planalto e perfumá-lo, visto que horrendas “hienas” famintas povoam aquele orbe, enquanto pequenos rebanhos de cordeiros procuram transformar o mau cheiro da corrupção, em suaves perfumarias de amor e benefícios à população tão desgastada e hostilizada. Necessitamos de políticos sábios, aqueles que sabem muito, têm e detém a sabedoria, possuem extensos e profundos conhecimentos da ciência política, da erudição e da ciência benfazeja. Infelizmente, temos que ser críticos veementes do sistema atual. Ele sangra, degola, exorciza, através de atos escusos e sabichosos, através dos executores das tarefas que lhes servem de

15

maledicência, que no frigir dos ovos não passam de verdadeiros espertalhões. Infelizmente a nossa querida pátria está repleta dessa malfadada classe, a de políticos desonestos e que só pensam em si e em seus amigos deletérios e ambiciosos. Nos aspectos, nos parâmetros, nas nuanças cotidianas ficamos a meditar: o que fazer para dizimar, exterminar de uma vez só, essa categoria escalafobética? S~o os “daimons” que emergem das águas vivas e azuis dos dólares e reais abraçando-se as pândegas que proporcionam imensos prejuízos à nação brasileira. Não aos corruptos, aos enganadores, aos insatisfeitos que só sabem se locupletar e distorcer fatos, confundir a população com ideologias retrógradas, promessas mirabolantes que nunca se concretizam. “É o viés do descaminho e da imunidade, do fórum privilegiado, da impunidade que proporcionam aos mais desonestos interstícios para a execução de manobras políticas para minorar a “trindade” social”, mas na realidade n~o passam de fiéis enganadores. Não lhes interessam acabar com a “indústria da seca”, com o analfabetismo, a fome,

16

a miséria, visto que a maioria lucra em cima dessas barbaridades sociais. O écran brasileiro muda dia a dia, a migração aumenta desordenadamente, o crescimento paulatino da população causa inchação nas capitais formando uma sociedade de favelados, de guetos. Aqueles que praticam o mal em detrimento do bem encontram guarida nas ruelas estreitas e nos esconderijos mágicos que eles fabricam, dificultando o acesso das autoridades policiais. Recentes estudos feitos por autoridades no mundo chegaram à conclusão, principalmente os juristas e cientistas sociais que os pontos que iremos assinalar abaixo, contribuem drasticamente para o aumento exarcebado da violência em todos os sentidos. Falta de controle sobre o crescimento populacional; facilidade da população em se armar; crescimento econômico sem preocupação social; má distribuição espacial da população; atratividade dos setores secundários e terciários; falta de uma política ambiental; falhas no processo educacional; influência negativa nos meios de comunicação; insegurança no seio da sociedade; insatisfação pelo não atendimento das necessidades

17

individuais; afrouxamento dos vínculos e padrões sociais; ressalte-se que não é com arrocho salarial e reajuste salarial miserável que se combate a violência e os problemas sociais. O que se sabe é que as grandes empresas em sua maioria não pagam imposto de renda e que um simples funcionário se não pagá-lo corre o risco de ir para a cadeia. Torcemos para que a alegria substitua o pânico que toma conta de todos e que a nau sem rumo em alto mar ao sabor da violenta tempestade possa alcançar a calmaria e o povo brasileiro volte a sorrir novamente. Uma boa educação ainda é um viés, uma diretriz, um azimute para sarar as feridas causadas pelas mazelas e insalubridades sociais idealizados por políticos desonestos. Povo educado é consciente e sabe o que quer. A educação deve alcançar os grandes rincões brasileiros, os colégios particulares são uso e fruto de famílias abonadas, mas nas Faculdades e Universidades públicas a situação se inverte, estão repletas de alunos procedentes de famílias ricas e os pobres sempre saem perdendo nesse palco da insensatez e do oportunismo.

18

CERTO OU ERRADO O governo do estado de São Paulo tomou uma medida de caráter emergencial procurando a justiça do Estado para vetar a veiculação de uma peça publicitária de nove associações, juntamente com sindicatos da Polícia Civil. Seria exibido no intervalo do Jornal Nacional da Rede Globo de televisão um vídeo sobre a campanha salarial. O vídeo em epígrafe tinha a duração de 34 segundos. A liminar em favor da Procuradoria-Geral do Estado tinha sido concedida pelo desembargador do Tribunal de Justiça do Estado, Ricardo Dip. A Agência – (Estado) fala sobre o assunto e aqui pinçamos o teor do mesmo: “Em seu despacho, o magistrado acatou a tese do procurador-geral, Marcos Fábio de Oliveira Nusdeo, de que a peça “extrapola os limites do direito à informação e livre manifestação, objetivando causar pânico à populaç~o”“. Nas imagens, quatro atores vestidos como policiais civis batem à porta de um gabinete com a inscrição "governador", clamando por uma audiência.

19

“Governador, queremos falar dos sal|rios, os mais baixos do País, diz uma atriz. “Governador precisamos falar sobre a segurança da populaç~o”: diz outro ator”. Olha, isso demonstra a falta de vontade e o desprezo que as autoridades ligadas à segurança Pública têm para com os policiais civis e militares. É doloroso atos desta natureza, mas são constâncias em nosso país. As associações se manifestam, mas achamos que é ‘chover – no molhado’, pois esse pessoal demonstra gostar “demais de policia”. Continua a mídia: A Associação dos Delegados da Polícia Civil de São Paulo (Adpesp) já recorreu da decisão. "É uma censura. Nem a ditadura militar fez isso", protestou o delegado Sérgio Roque, presidente da Adpesp. “N~o queremos apenas melhores salários, - a proposta é de completa reestruturação da Polícia Civil, mas o governador, mal assessorado, não quer nos ouvir”. “A inserç~o no Jornal Nacional custaria R$ 150 mil {s associações de classe”. Os policiais planejam entrar em greve em data estabelecida pela classe. A categoria quer aposentadoria especial e o direito de eleger o delegado-geral. A

20

principal reivindicação, porém, é salarial. Os delegados paulistas têm uma das mais baixas remunerações do País (R$ 4.247), atrás apenas de Minas, Bahia e Pará. Isso lá é salário de delegado. Não chega perto do que recebe um vereador de representação. As inversões de valores no Brasil é uma realidade. O risco de vida não se cobre com pequenas quantias, visto que a vida humana não tem dinheiro que pague. Os policiais têm que continuar batalhando por seus direitos, pois os párias da sociedade estão aí praticando as mais diversas barbáries e pelo andar da carruagem denotamos que os governam não dão a mínima para as suas seguranças. As Forças Armadas brasileiras passam pelo mesmo dilema, em recente manchete de um jornal vimos o alerta que elas estão sucateadas, e a Segurança Externa do País como fica? Entregue as baratas certamente! Hoje, existe certo temor de que o efetivo das FFAA venha a diminuir cada vez mais, visto que o interesse dos jovens pelo militarismo teve uma queda acentuada, isso preocupa a todos os brasileiros. O cargo política está imantando profissionais de

21

várias modalidades e especialidades. Médicos, professores, policiais militares, dentistas são em percentuais bem maiores candidatos a um cargo eletivo. As benesses da função política fazem a cumulação de concorrentes aos cargos de vereadores e prefeitos. É dura realidade, mas a verdade precisa ir à tona. O atendimento médico já é precário, a diminuição destes profissionais com o ingresso em cargos políticos complica ainda mais a área da saúde. Aliás, todos querem provar das delícias, dos sabores, dos encantamentos que um cargo político oferece. Estamos perdidos, mas não sabemos. Temos que nos inteirar da situação caótica por qual passa o Brasil que poderá ficar mais complicada se não houver renovação. Isto acontecendo à vaca irá para o brejo com certeza.

22

O DOMÍNIO DO TRÁFICO Parece que as autoridades do Rio de janeiro perderam a luta e a guerra para os chefões do tráfico no estado Fluminense. Um elo difícil de destruir, enquanto a população das favelas cariocas clama por tranquilidade. Já estão cansadas de conviver com balas perdidas e o mais imponente dos traficantes já traçou seu raio de ação, quem avançar a linha será morto com certeza. O ministro Carlos Ayres Britto, presidente do Tribunal Superior Eleitoral, quis saber a opinião dos deputados Chico Alencar (PSOL) e Fernando Gabeira (PV) sobre o envio de força militar para garantir nos morros do Rio, o direito de ir e vir dos candidatos às próximas eleições. As Forças Armadas não foram treinadas para este mister e sim para a defesa da soberania nacional, principalmente das fronteiras brasileiras. É de lá que entra e sai o contrabando e as drogas. Nossas fronteiras precisam ser mais bem fiscalizadas e patrulhadas. Gabeira e Chico foram contra. Os dois são candidatos a prefeito do Rio. Mais de uma vez já foram intimidados

23

por soldados do tráfico ao escalarem morros atrás de votos. Eles se queixam de que os morros estão virando currais eleitorais. O senhor Gabeira se tem realmente força deve mostrar agora, indo de encontro aos traficantes. Quem usa a palavra sem ações é um morto em potencial. Só tem arrogância e nada mais. Os policiais do Rio de Janeiro são os únicos a enfrentarem tete a tete os traficantes ou mesmo os (laranjas) como queiram. No fim de semana, equipes de filmagem de Alencar e do candidato do PT a prefeito Alessandro Molon foram abordadas por homens armados com fuzis, quando visitavam a favela Nova Holanda, no conjunto de favelas da Maré, subúrbio do Rio. O que fizeram? Nada. O fotógrafo da campanha de Gabeira (PV) também foi abordado por um homem armado durante caminhada na Vila Cruzeiro, e obrigado a apagar todas as imagens que colhera. É a lei do mais forte que predomina, pois ainda não apareceu homem de coragem para vencer a guerra contra o tráfico, que se alastra e quer tomar conta do país. É lamentável e triste ao mesmo tempo. Paulo Ramos, candidato do PDT a

24

prefeito, disse que entrar em favelas com grandes equipes pode ser considerado "provocação". Defendeu restrição à entrada:- Os candidatos que entram nas comunidades com equipes de vídeo, filmando e fotografando as pessoas, isso pode ser considerado provocação. Afinal de contas, elas (as pessoas) também têm o direito de preservar suas imagens. Senhores o espaço sendo público não pode ser dominado tão facilmente como acontece no Rio de Janeiro. Um planejamento eficaz e de impacto com tolerância zero amenizaria a situação em pelo menos 90%. Não são as pessoas comuns das favelas que querem preservar suas imagens. São os traficantes que não querem se arriscar a serem filmados. Ramos - sabe disso - assim como qualquer carioca. Por que Gabeira e Alencar se opõem ao uso de força nos morros para lhes assegurar o direito de fazer campanha? Porque temem perder os poucos votos que têm ali? Porque temem retaliação por parte do tráfico? Então não se queixem depois. A reação de Gabeira, Alencar e Ramos é um retrato da resignação dos políticos cariocas com a situação

25

de insegurança que atinge o Rio de Janeiro. Frouxidão pura nesse contexto. As decisões surgem com críticas às ações das Polícias Civil e Militar. Nesse tocante eles são doutores com especialização, mestrado e doutorado. Gabeira esclarece que não é contra o envio de força policial para combater o tráfico de drogas nos morros do Rio. É contra o emprego de força policial só para garantir nos morros o livre trânsito de candidatos. Nesse ponto ele ameniza a situação, visto que as favelas deveriam estar isentas dessas doenças, desses vícios e cânceres que amedrontam a todos os brasileiros. Medidas duras, rigorosas para corruptos e corruptores, traficantes, consumidores e repassadores de drogas, lavadores de dinheiro público e outros crimes contra o patrimônio público. Somos contra a pena de morte e a torturas, mas não podemos ver todos os dias pessoas perderam a vida em consequência deste mal. O governo precisa agir com rigor e já, pois pelo andar da carruagem os que lutam contra esse tipo de crime, sabem onde estão os (cabeças).

26

Ação minha gente, senão houver renovação será tarde demais para garantirmos as nossas vidas.

27

UMA ESTRATÉGIA MACABRA. Diversas vezes nos deparamos com situações inusitadas que só vendo para acreditar. Ficamos a imaginar se Deus errou em alguma coisa quando pensou em criar o ser humano. Não sendo o primeiro ser vivo criado por Deus, talvez esse motivo tenha afetado o ego humano. Mas, a consciência de um ser superior como Nosso Pai Maior jamais poderia servir de respaldo para um ser inferior pensar numa situação esdrúxula e com tal pensamento quisesse inverter a situação e os destinos traçados pelo senhor. O homem é um ser altamente pretensioso e descabido de amor por seus semelhantes. Sendo o Senhor sábio jamais iríamos acreditar em determinada situação. O desespero é compatível a certo tipo de alucinação, estabelecendo as maiores dificuldades para aqueles que o hospedam na própria alma. Atitudes, trejeitos, ansiedades, egoísmo são algumas das sinonímias que fazem parte do dicionário hominal. A palavra estratégia tem um significado bom ou mal dependendo de quem a planeja. Derivado do

28

grego strategía e do latim strategia vem a nos concentrarmos na arte militar de planejar e executar movimentos e operações de tropas, navios e/ou aviões, visando a alcançar ou manter posições relativas e potenciais bélicos favoráveis a futuras ações táticas sobre determinados objetivos. Na arte militar de escolher onde, quando e com que travar um combate ou uma batalha. Quase todos os significados estão relacionados à arte. A arte de aplicar os meios disponíveis com vista à consecução de objetivos específicos, arte de explorar condições favoráveis com o fim de alcançar objetivos específicos e estratagema. Aqui queríamos inserir outro tipo de arte, aquela que poderia ser considerada diabólica. Certa vez: “Um senhor com a idade bastante avançada vivia sozinho em Minnesota”. Certo dia ele queria virar a terra de seu jardim para plantar flores, mas era um trabalho muito pesado para ele. Seu único filho, que o ajudava nesta tarefa, estava na prisão. O homem então escreveu a seguinte carta ao filho: Querido Filho, estou triste, pois não vou poder plantar meu jardim este ano. Detesto não poder fazê-lo,

29

porque sua mãe sempre adorava as flores, esta é a época do plantio. Mas eu estou velho demais para cavar a terra. Se você estivesse aqui, eu não teria esse problema, mas sei que você não pode me ajudar, pois estás na prisão. Com amor, seu pai. Pouco depois, o pai recebeu o seguinte telegrama: 'Pelo amor de Deus’, pai, n~o escave o jardim! Foi lá que eu escondi os corpos' como as correspondências eram monitoradas na prisão... Às quatro da manhã do dia seguinte, uma dúzia de Agentes do FBI e policiais apareceu, e cavaram o jardim inteiro, sem encontrar nenhum corpo. Confuso, o velho escreveu uma carta para o filho contando o que acontecera. Esta foi à resposta: 'Pode plantar seu jardim agora, pai. Isso é o máximo que eu posso fazer no momento'. Estratégia é tudo! Nada como uma boa estratégia para conseguir coisas que parecem impossíveis. Assim, é importante repensar sobre as pequenas coisas, que muitas vezes nós mesmos colocamos como obstáculos em nossas vidas. 'Ter problemas na vida é inevitável, ser derrotado por eles é opcional'. Uma estratégia em forma de lição. Problemas todo mundo tem e

30

obstáculos também. As pequenas coisas jamais deverão ser colocadas como obstáculos - dizia o rapaz ao pai, mas muitas vezes nas pequenas coisas não encontramos soluções para atingirmos nossos objetivos. Em determinados momentos de nossas vidas os grandes obstáculos são superados com facilidade e isto vai depender do merecimento de cada um. Se você não for bafejado pelo merecimento não conseguirá vencer nem os pequenos, nem os grandes obstáculos e estarás irremediavelmente perdido. Porém não entre em desespero. O Desespero é compatível com conflitos domésticos, inspira as vítimas a pronunciar frases inoportunas, muitas vezes separando os entes amados, ao invés de uni-los. Use a estratégia para a prática do bem que será um grande vencedor. Pense Nisso!

31

A LICANTROPIA Antonio Paiva Rodrigues* Licantropia é uma palavra que têm origem num vocábulo grego composto de Lykos (lobo) e tropos (forma). Significa, segundo a crença popular, a transformação de um homem num lobo ou a metamorfose, de que determinados seres humanos se transformavam em lobisomem. Esta crença popular é antiga e teve sua origem na Idade Média, e segundo estudiosos está ligada diretamente a bruxarias. Existem alguns espiritualistas, que comprovada esta materialização de espíritos, em várias partes do mundo, experiências ou experimentações, já debatidas por alguns curiosos, é o que pode se chamar de um fenômeno ainda insuficiente esclarecido. Pode-se também classificar a ideia como lendas ou rumores. Supunha-se que esses lobos eram feiticeiras, possuídas do segredo de se transformarem em bestas, graças aos seus poderes mágicos. Milhares de pessoas, supostas de se entregarem a essas metamorfoses diabólicas, foram queimadas nesse período.

32

Queimaram-se até mesmo alguns “espíritos mais fortes”, que se recusaram a aceitar a existência dos lobisomens como tal ‘Guilherme de Lure’ em Poitiers, na França segundo relato do escritor “francês Ruffat” em La Superstition a travers lês ages (1977). Em 1573 um decreto do parlamento de Dôle na França, (região do Jura, perto da fronteira com a Suíça) determinava que fossem abatidos os lobisomens. Claude Seignolle em Lês evangiles Du Diable (1967) conta que no Perigord (perto de Burdeos) determinados homens, notadamente os filhos de padres, eram forçados, a cada lua cheia, a se transformarem em lobisomens. Era nessa noite que o mal os atingia. Eles só retornavam à forma humana depois de terem agredido ou assassinado suas vítimas. Existe alguma realidade nestes relatos? Seguramente a transformação do homem em lobo jamais existiu, mas temos fatos até recentes que nos oferecem certas explicações. O mais famoso licântropo de que temos referências históricas é do rei armênio Tiridat III (287- 330?), que foi curado pelo patriarca Gregório, o Iluminador. Mas escutemos a medicina atual. Licantropia, ou

33

Zoantropia, fenômeno de materialização do corpo astral ou perispiritual de determinadas pessoas, que surge por desejo próprio ou sem desejo algum. É o que foi denominado pelo povo de “lobisomem” (Lobishomem). Como é sabido e notório para que exista o fenômeno da materialização, se faz necessário à presença de médium doador da substância condenável a que foi dado o nome de ectoplasma. Dizem que esse revestimento tanto pode acontecer com espíritos desencarnados, entidades que não possuem corpo físico, como também com a alma semiliberta do próprio doador da substância. Descontado o quanto houver de fantasia em alguns casos, chega-se a acreditar não ser assim tão absurda a popular crença na existência de lobisomem. Você acredita? Ou não? É certo, que existe uma doença da qual temos conhecimento de alguns relatos históricos que confirmam esta crença. No castelo de Ambras, perto de Innsbruck, no Tirol austríaco, se conservam vários quadros que representam um adulto e duas crianças com o rosto coberto de cabelos e uma expressão feroz. Não são mitos ou imagens.

34

Os protagonistas destes retratos viveram realmente. O adulto chamava-se Pedro González e nasceu no seio de uma família, acomodada faz 400 anos, das ilhas Canárias. Depois de alcançar a puberdade, experimentou os sintomas de um hirsutismo feroz, uma hipertricose (crescimento de pêlos anormais do grego thrichós gernitivo de thrix pelo) desmesurada que cobriu inteiramente seu corpo de pêlos. O hirsutismo é o aumento de pêlos terminais como os pêlos da barba masculina. Pode ser acompanhada de uma anormalidade endócrina. A hipertricose é o aumento de pêlos locais sem causa hormonal e sem predileção especial por lugar de aparecimento. Pode ser idiopático (sem causa notável) ou decorrente de doenças ou remédios. Que fique bem claro, não estamos afirmando que seja verdadeiro o fenômeno, mas como fez corajosamente o sábio inglês, William Crookes, a respeito de materialização de espíritos. Nunca executamos tal experiência, porém, ressalte-se: a sua possibilidade é aceitável diante dos procedentes. Corpo, matéria e espírito (alma)

35

são componentes do homem e do corpo plástico (perispírito ou corpo astral), esse corpo espiritual plástico que pode desprender-se e apresentar-se a muitos quilômetros de distância. Depois de materializado toma a forma do pensamento ou vontade do sensitivo. Esse desprendimento pode acontecer no estado inconsciente é suscetível de receber sugestão. Voltando ao caso de Pedro, como resultado de sua enfermidade todos se afastavam dele. O chamava feto do diabo, aborto do inferno. Aos 25 anos viajou a Paris donde diziam que havia um doutor que poderia curar sua doença. Não deu certo. As pessoas fugiam atemorizadas, as crianças choravam ao vê-lo, os cachorros o perseguiam latindo. Somente uma mulher teve compaixão dele devido à sua doçura e carinho, recuperando a autoestima casou-se com ela. Mas o drama continuou porque os dois filhos nasceram com a mesma enfermidade por herdar os genes paternos. Recorreu Pedro ao professor Félix Plater de Basiléia, um dos melhores especialistas da época, tudo foi inútil. Não houve outro jeito a não ser que se tornassem bobos da corte do Imperador Fernando II da Áustria

36

mandou imortalizá-los em respectivas pinturas a óleo. Modernamente dá-se importância à outra doença mais comum: o lupus eritematoso (lobo vermelho). Não que transformasse todo o corpo em razão de que esta doença ataca o rosto, contornando-o como se fosse uma máscara de carnaval avermelhada em forma de borboleta, ou deixando as pessoas com aparência de lobos. Outro aspecto é o das convulsões devido à desordem neurológica que acompanha a doença, causando psicoses desequilibrantes. A doença afeta hoje a 1,4 milhões de americanos e um de cada 250 mulheres afro-americanas entre 18 e 65 anos. Além de seu aspecto, semelhante ao de um lobo, origem da designação, os doentes afetados por esta doença só saiam à noite, pois as radiações solares agravavam suas lesões. Além disso, essa doença é acompanhada às vezes, pelo hirsutismo. Era suficiente vislumbrar um paciente, à noite, para acreditar no lobisomem, que na literatura oriental seriam homens-tigre. Até o século XIX era hábito entre os camponeses evitar os passeios durante as noites de lua cheia.

37

Acreditava-se que, além de correrem o risco de encontrarem um lobisomem, poderia também se transformar em um deles. Com base neste mito, Stevenson (+1886) escreveu o seu romance The Strange case of Doutor Jekill and Mr Hyde. Segundo certos especialistas, como Jung, a influência do ciclo lunar sobre os impulsos sexuais agressivos pode ser explicada cientificamente. Mas no lupus tratam-se das doenças chamadas porfirinas grupo de enfermidades genéticas cuja causa é o mau funcionamento da sequência enzimática do grupo HEM ou HEMO da hemoglobina, o pigmento vermelho do sangue. Este grupo é o que transporta o oxigênio às células do organismo. Este grupo é um composto ferroso com protoporfirinas e de acordo com as leis de Mendel é dominante de modo que qualquer erro na herança produz as doenças chamadas de PORFÍRIAS. Os resultados destas doenças são: Foto-sensibilidade, produto da acumulação das porfirinas metálicas na pele ocasionando sérias lesões. HIRSUTISMO: para se proteger da luz o

38

organismo faz com que cresçam pelos no dorso das mãos nas bochechas e no nariz. O doente foge da luz do dia e só sai durante a noite. As porfirinas da pele absorvem a energia luminosa e transmitem essa energia ao oxigênio que provém da circulação. Com o excesso de porfirinas se libera oxigênio atômico ou monoatômico que é altamente reativo produz a destruição dos tecidos, à pele apresenta zonas de coloração e de descoloração e os dentes se tornam vermelhos; tudo o que o aproximava do lobo. Por outra parte, o lobo era temido na Europa pela doença da raiva. Os lobos provinham da Polônia ou da Baviera e eram capazes de percorrer grandes distâncias em poucos dias. Após atravessarem a Alemanha, entravam na França pela “via dos lobos”, situada entre Wissemburg e Sarreguermine (região das Ardennes perto de Metz), antes de se espalharem por todo o território. É precisamente donde se deu a maioria dos casos de bruxaria na França e Alemanha. Não queremos com essas afirmações dizermos que somos médico por usar tais terminologias

39

científicas, mas sim fruto de nossas curiosidades de pesquisadores que somos, aliás, todos os jornalistas com o passar do tempo se tornam grandes pesquisadores, hoje a maior parte dos estudiosos o são por excelência. André Luis, espírito de escol, que nos tem dado belíssimas e instrutivas mensagens através do saudoso Francisco de Paula Cândido Xavier, conta-nos o caso de um Espírito que tomou momentaneamente a força de um lobo, por forte sugestão de outro espírito. Se uma pessoa de instinto animalesco ou animal, se materializa, provoca ou não, no seu corpo astral impressões aparentes de lobo, cão ou mula (burro). A sugestão é capaz de provocar muitas alterações, inclusive doenças graves. Precisamente os lobos furiosos eram considerados como animais venenosos, segundo esta prece dirigida a S. Humberto: “Protegei-me dos lobos loucos, dos cachorros loucos e das víboras”. E o santo era o padroeiro da regi~o das Ardennes. A mesma doença que é chamada de hidrofobia. Como lemos em alguns relatos sobre o acesso de raiva de Pierre Boureville (1783) ao

40

olhar este pequeno regato ficou assustado e sentiu todo o corpo estremecer e não podia conter o movimento que o agitava. Morriam quatro ou seis dias, contados após o início dos sintomas. Pierre estremecia e emitia gritos que assustava a todos. Diante destas considerações vemos como o medo pode aumentar e até distorcer os fatos atribuindo a causas demoníacas coisas que hoje sabemos serem doenças biológicas. Um exemplo: o epiléptico do evangelho (Lc 9, 37-43). Por outra parte as manchas coloridas e os pêlos nascidos fora dos lugares comuns davam razão aos que diziam serem marcas do diabo. Na Bíblia temos o caso de Esaú a quem sua mãe imitou cobrindo os braços e pescoço do filho mais novo Jacó com uma pele de cabrito. O fato se explica caso Esaú tivesse a doença da hipertricose ou do hirsutismo idopático. O mito do Homem-Lobo se registra desde a Idade Média até nossos dias. Na Idade Média se cometia grande quantidade de crimes sádicos e sexuais que sempre terminavam por serem atribuídos a seres sobrenaturais, devido à superstição, e ao medo da gente. Alguns trabalhos curiosos

41

comparam esses delitos sobrenaturais antigos com os crimes sexuais seriais executados por criminosos contemporâneos, identificando as violações e os assassinatos atribuídos aos temidos homens-lobo com as barbaridades e sevícias levadas a cabo pelos assassinos de hoje. Em psiquiatria, a licantropia aparece como uma enfermidade mental com tendência canibal, onde o doente se imagina está transformado em lobo, inclusive, imitando seus grunhidos. Em alguns casos graves esses pacientes se negam a comer outro alimento que não seja carne crua e bem sanguinolenta. Isoladamente, tanto as tendências eminentemente sociológicas, quanto às psicológicas e orgânicas fracassaram. Hoje em dia fala-se no elemento bio-psico-social. Voltam a tomar força os estudos de endocrinologia, que associam a agressividade do delinquente, à testosterona (hormônio masculino), os estudos de genética ao tentar identificar no genoma humano um possível "gene da criminalidade”. Esses transtornos, normalmente diagnosticados como severas psicoses, apresentam concomitantemente um

42

alto grau de histerismo, cursando com ideias delirantes ou com mudança total da pessoalidade, como outras psicoses, não sendo possível separar a realidade do imaginado. Voltando ao que citamos anteriormente, quando sucede o paciente assim transitoriamente transformado em animal sair ferido por haver entrado em luta com alguém, o seu corpo material recebe o mesmo ferimento, podendo sobrevir-lhe a morte. É que o corpo astral mantém-se ligado ao corpo físico por um fio invisível (cordão de prata) aos nossos olhos. Aliás, nas sessões espíritas já se tem notado que o choque recebido por um espírito materializado repercute no médium de forma cruel ou crudelíssima. A respeito dessa transmissão de sensibilidade, vejamos o que escreveu o Dr. J. Lawrence em seu livro “Ocultismo Pr|tico”: “Assim, Maria de Agreda sentia desagradavelmente o calor ou o clima do país ao qual se transportava”. Santa Lidwina recebia sobre o corpo material as impressões recebidas ao longe pelo seu corpo fluídico. Passou vários dias sem poder caminhar, porque seu duplo fluídico tivera uma entorse no pé. Em

43

outra oportunidade, atravessando espinheiros, seu duplo fluídico picou-se na mão, e a santa, ao sair do êxtase, notou que um espinho achava-se metido na mão correspondente à do ferimento. Com Catarina Emmerich aconteceram fenômenos semelhantes. Os sonâmbulos, ou passivos, sentem não só as picadas que se fazem sobre as figuras de cera previamente por eles sensibilizadas, mais ainda ficam em seu corpo material com os sinais dessas picadas. A licantropia é um fenômeno anímico, todavia não se deve pensar que todos os outros sejam. Nem tudo é animismo, e as provas do que colocamos aqui, existem milhares. Nada melhor para atestar a existência de espíritos do que o fato de haver no homem uma alma que agita independentemente do corpo material. O animismo é a comprovação do Espiritismo, como muito bem acentuou e explicou o professor Ernesto Bozzano, por experiência própria apoiada em estudos de outros cientistas. Quando resolvemos pesquisar sobre licantropia durante a execução da mesma, as explanações aqui colocadas, uma palavra nos chamou a atenção, as porfirias. Antigamente,

44

sendo as psicoses de difícil tratamento, proliferavam psicóticos esquizofrênicos e outros doentes mentais, como os sádicos, necrófilos e psicopatas em geral, os quais ocorriam a licantropia como via de saída para seus delírios ou seus instintos mórbidos. Estes doentes se valiam, como ainda hoje, dos personagens da cultura e do folclore para solidificar a crença em poder transformar-se em lobo, e que, nas noites de lua cheia, seu corpo se cobria de pelo, seus dentes se tornavam pontiagudos e suas unhas cresciam até converter-se em garras. Possuídos por tais delírios, os doentes vagavam pelas ruas assediando suas vítimas, atacando, mordendo e, em algumas ocasiões, esquartejando e comendo partes de seu corpo. Hoje em dia a medicina conhece outros tipos de doenças que poderiam explicar parte do mito da licantropia, como por exemplo, a Porfiria Congênita. Esta doença se caracteriza por problemas cutâneos, foto-sensibilidade e depósitos de porfirina um pigmento dos glóbulos vermelhos que escurece os dentes e a urina, dando a impressão que o paciente esteve bebendo sangue. Outras doenças, como por

45

exemplo, a Hipertricose ou o Hirsutismo, as quais provocam o crescimento exagerado de pelos por todo o corpo, incluindo a face, eram interpretadas, antigamente, como qualidades sobrenaturais onde os pacientes podiam converter-se em bestas. Mas, por outro lado, ao longo da história têm surgido alguns criminosos considerados "homens-lobo" devido aos seus métodos canibais de matarem suas vítimas. As Porfirias são grupos de doenças genéticas cuja causa é um mau funcionamento da sequência enzimática do grupo Heme da Hemoglobina (a HEMOGLOBINA é o pigmento do sangue que faz que este seja vermelho, é composta pelo grupo Heme e varias classes de GLOBINAS, segundo circunstâncias, normais, que agora não veem ao caso). O grupo Heme é quem transporta o oxigênio dos pulmões ao resto das células do organismo, é um complexo férrico (em estado ferroso). Qualquer erro na hereditariedade que interfere na síntese do grupo Heme é capaz de produzir as doenças chamadas Porfirias.

46

Os sintomas das Porfirias são: 1) Fotosensibilidade, que se apresentam em todos os tipos, menos na chamada Forma Aguda Intermitente. (Esta Fotosensibilidade é o resultado do acúmulo de porfirinas livres de metal na pele produzindo sérias lesões: 1. a) Hirsutismo. Para o organismo proteger-se da luz, o pelo cresce exageradamente e em lugares não habituais, como no vão dos dedos e dorso das mãos, nas bochechas, no nariz, enfim, nos lugares mais expostos à luz. Evidentemente esses pacientes devem sair quase que exclusivamente à noite. 1. b) Pigmentação. A pele pode apresentar também zonas de pigmentação ou de despigmentação e os dentes podem ser vermelhos fazendo que o aspecto do doente se afaste cada vez mais do ser humano normal e se aproxime da idéia de um monstro. (2) As porfirinas acumuladas na pele podem absorver luz do sol em qualquer longitude, tanto no espectro ultravioleta, como no espectro visível e logo transferir sua energia ao oxigênio que proveem da respiração.

47

O oxigênio normalmente não é tóxico, mas com o excesso de energia transferido pelas porfirinas, o oxigênio se libera sob a forma de oxigênio altamente reativo. Este oxigênio altamente reativo produz destruição dos tecidos, predominantemente os mais distais e mais expostos, como é o caso das pontas dos dedos, o nariz, etc., oxidando essas áreas de forma violenta, com severa inflamação em forma de queimação. Assim sendo, quando esses pacientes se expõem à luz, suas mãos se convertem em garras e sua face, peluda em sua totalidade, mostra uma boca permanentemente aberta por lesões repetitivas dos lábios. Estando os dentes descobertos, adquirem aparência maior sugerindo presas. As narinas, pelos mesmos motivos das lesões, se apresentam voltadas mais para cima e como orifícios tétricos e escuros. Dessa forma teremos o lobisomem tal qual descrito pelo mito do Homem-Lobo. Imaginemos agora, na metade do século XIV, a possibilidade de encontrarmos em meio a uma noite escura, esse tipo de paciente que sai de noite para evitar o dano que produz a luz, com a aparência descrita acima. A natureza

48

genética das porfirias, juntamente com alguns costumes endogâmicos (casamento entre membros de uma mesma família) em alguns grupos étnicos da Europa Oriental, e entre a nobreza européia em geral, poderia ter desencadeado a doença em pessoas geneticamente ligadas. Pode vir daí a lenda da maldição familiar dos Lobisomens e/ou de ser Lobisomem o sexto ou sétimo filho do casal ou coisas assim. Aqui encerro este trabalho de pesquisa citando que além do que escrevemos consultamos as obras do Dr. J. Lawrence em seu livro “Ocultismo Pr|tico”, algumas observações do irmão e confrade Cristovam Marques Pessoa de seu livro “O Além e O Aquém”, editora e Gr|fica “ABC do interior”, caixa postal nº. 8 18.570.000-Conchas-São Paulo e muitos ensinamentos de oonlightbeasts. tripod.com//.

49

SABEDORIA DOS IDOSOS Os idosos possuem muita sabedoria acumuladas na vivência diária, e nos ensinamentos que a vida lhes proporciona. Em todos os dias que passam, em cada semana, a cada mês e a cada ano, a experiência aumenta com a mesma intensidade que aumentam seus cabelos brancos. A cada fio branco que surge é mais uma lição adquirida. O ser humano envelhece apesar do extinto de conservação, mas o espírito continua jovem. Não entendemos porque os filhos e parentes abandonam seus idosos em asilos de mendicidade, creches e sanatórios, como se o ser humano que auferiu aos seus dependentes, esforços, educação, amor, fraternidade e carícias mil fossem animais irracionais. Não devemos abandonar nossos idosos a própria sorte. Que bom seria se toda humanidade se conscientizasse do amor fraternal, que devemos dispensar aos nossos antepassados. O homem pelo seu egoísmo, pela sua arrogância e falta de amor só pensa em si e usufruir benefício próprio.

50

Jesus Cristo não passou pela velhice, mas ensinou aos anciões do templo muitas lições que ainda perduram nos dias atuais. O egoísmo humano está selado em seu ego, apesar do livre arbítrio dado por Deus. A Inteligência Suprema Causa Primeira de Todas as Coisas, foi boníssimo para o homem, dando-lhes inteligência, livre-arbítrio (escolha da prática do bem ou do mal) e de quebra o instinto, que é mais um atributo dos animais irracionais. Os idosos são nossos companheiros de vida orbital e a eles devemos todo respeito. “Os companheiros são sempre alavancas de apoio que devemos agradecer a Deus. Diante, porém, das tarefas a realizar, não exijas tanto dos amigos queridos que te estendas amparo”. “Ergue-te, enquanto é tempo, e faze, por ti mesmo, o bem que possas”. Se o teu semelhante não respeita seus idosos, esquece-se dele e cumpre o teu papel que Deus te destinou. Diante de tantas coisas maravilhosas que Deus deixou para o homem não conseguimos entender a violência de hoje. Ela está inserida na família, nas religiões, na

51

política, em todas as classes sociais, nas etnias, visto que em pleno século XXI, ainda existe discriminação de raças, da pobreza, da miséria, dos menos aquinhoados e estropiados. O auxilio proporcionado pelo homem de maneira espontânea se transforma em caridade. “Auxiliando a outros, obter|s igualmente auxílio”. É por esta razão que no Serviço ao Próximo encontrarás sempre o endereço exato do socorro mais urgente de Deus. “Tranquiliza quantos te desfrutam a convivência e faze-os felizes, tanto quanto puderes”. “Deus deixou duas leis infalíveis na Terra: a de ‘Aç~o e Reaç~o’ e ‘Causa e Efeito”, todos nós estamos sujeitos a elas dependendo do bem e do mal que praticamos aqui na terra. Vamos respeitar tratar bem nossos idosos, visto que um dia seremos um deles. Neste rol, neste écran vamos inserir as crianças, principalmente as menos favorecidas. Jesus amava as crianças e sempre dizia: “Deixai vir a mim as criancinhas, pois elas herdaram o reino dos Céus”. N~o façamos ouvidos de mercador, visto que a semente plantada e regada aqui os frutos serão

52

colhidos aqui mesmo e as bonanças serem aumentadas quando nos livrarmos da matéria grosseira que faz nosso casulo material. No uso fruto do bem se acumula pontos positivos, e na prática do mal aumentaremos pontos negativos. Não entendemos, mesmo com anuências e o bem pensar como o ser humano entra na escala negativa passando a roubar, furtar, sequestrar, matar por coisas banais, como dose de aguardente, pares de chinelos e até mesmo por um real. Temos que todos os dias aprender com os sábios e entre os sábios estão os seres humanos que nós os consideramos e chamamos de velhos e idosos, mas na verdade eles são sábios em potencial e nós aprendizes do tempo. O tempo colocado à disposição das boas ações se reverterá em bonanças.

53

LIBERDADE DE IMPRENSA Muitos profissionais de mídia confundem ética com liberdade de imprensa. Todos nós sabemos que o compromisso do jornalista é com a ética e a verdade. Na realidade, isto está difícil de acontecer. Sendo o microfone uma arma poderosa, alguns profissionais usam-na para criticar companheiros de profissão, denegrir a imagem, como se eles fossem donos da verdade e corretíssimos em suas ações profissionais. Chegaram as nossas mãos vários vídeos e um deles nos chamou a atenção pela baixaria e falta de ética que infelizmente está na moda nos meios televisivos. Um vídeo cujo título é Cajuru x Luciano do Valle. Meu Deus, nós jamais presenciamos tanta egolatria numa pessoa só. A vida particular de um profissional por mais errado que seja não dá direito ao outro, execrar o colega, jogando-o ao lixo e aos mutirões. Profissional sério é aquele que sabe se comportar com ética, diante das câmeras de qualquer emissora de televisão. O Cajuru mostra que é um crítico desequilibrado que não tem compostura diante das câmeras. Quem é Cajuru

54

para julgar Luciano do Valle? O mais ridículo é que ele aparece em cena com o olho direito tapado e alguns companheiros de profissão já sabem o que é, e o que se passou. Em todos os canais que se apresenta passa por vítima. É desbocado a ética nunca absolveu, e sim o rancor e o ódio, que sempre está estampado e presente nas palavras insuflantes que usa para chamar a atenção dos desconhecedores das nuanças jornalísticas. Quando nos formamos em jornalismo tínhamos uma visão diferente, mas com o passar do tempo fomos chegando à conclusão que o ambiente é o mais baldeado possível. É a lei do mais forte contra o mais fraco. Parecem até selvagem com fome querendo de qualquer maneira estraçalhar sua presa. Não estamos aqui a defender ninguém e nem temos o direito a isso, mas fatos desta natureza só envergonham a classe de jornalistas ou pretensos jornalistas, já que nessa profissão onde se encontra o maior número de intrusos apadrinhados pelas emissoras de televisão e rádio do país. Estas cenas cinematográficas do Cajuru contra seu colega de profissão não

55

queremos ver jamais. Dá nojo. É um lixo total. Visto que mostra a realidade do ser que é. Mesmo se imaginarmos ser Luciano do Valle o pior dos seres humanos, ele não tem o direito de julgar o companheiro de imprensa. A ética e os bons costumes passaram muito longe. Outro assunto que queríamos comentar está na mesma esfera. O colunista Ricardo Noblat, no “O Globo” de segunda-feira passada, afirmou que o seminário do Clube Militar, no Rio de Janeiro, “foi mais um ato de anarquia militar”. O jornalista Temístocles de Castro e Silva saiu em defesa dos militares, na seç~o “opini~o” do jornal O Povo de 16/08/2008. Desde quando senhor Noblat militar foi disciplinado na anarquia? Os militares sempre combateram a anarquia reinante no país, e estão muito serenos e envergonhados com a corrupção que acontece a olhos vistos pelo Brasil afora. Quem é Noblat mesmo? Os militares podem comparecer a qualquer reunião de interesse deles civilmente, e não existe lei que os proíba. Em qual momento os militares debocharam da inteligência alheia?

56

Alguns que se consideram “prejudicados pelo governo dos militares” aproveitam a ocasi~o para jogar brasa na fogueira como inocentes fossem. Estamos sim, vendo muitas anarquias por aí, nunca a Polícia Federal trabalhou tanto para descobrir as falcatruas, os corruptos brasileiros envolvidos na política. Senhor Noblat, o senhor que é globista procure ler o livro: “Afundaç~o Roberto Marinho I e II de Romero C. Machado” e depois: “A história secreta da Rede Globo” de Daniel Herz, quando Roberto Marinho diz: “Sim, eu uso o poder”. Hoje querem menosprezar e desvalorizar o trabalho dos militares brasileiros, cuja missão é muito árdua e de grande responsabilidade; são os responsáveis pela segurança externa do País e outras muito importantes, mas os cegos não querem ver. Senhor Noblat quando pensares em criticar os militares, primeiro pense e depois limpe a boca, visto que eles merecem respeito. Os militares fizeram muito em prol do Brasil, muitos são considerados heróis. Você blogista o que fizeste pela pátria amada? Por acaso você esteve como partícipe pelo menos em uma das duas guerras mundiais defendendo com altivez e

57

expondo a própria vida em defesa da nação brasileira? Infelizmente, muitos que criticam os militares têm memória curta. Falam com intuito de querer aparecer e nada mais.

58

NOTÍCIAS DIVERSAS Câmara vira balcão de venda de votos. Moeda de troca – Com a proximidade das eleições, instalase grande movimento de pessoas dispostas a vender o voto em troca de benefícios na Câmara de Fortaleza. Os vereadores afirmam que a iniciativa é comum, mas dizem ser contra esse tipo de cultura política. Será? Vício de campanha. – Eleitores negociam votos na Câmara. Legislativo municipal – Faltando menos de dois meses para a eleição, a Câmara Municipal vem sendo invadida todos os dias por eleitores que tentam obter algum benefício durante a campanha e, abertamente, oferecem o voto em troca de dinheiro ou favores dos candidatos. Vejam como tem certo tipo de gente sem cultura e que não sabe dar valor a seu voto. E ainda querem reclamar da política que está aí a nossa disposição. Coitadinho dos que vendem seus votos. Polícia Federal investiga suposta fraude em dívida da Frutam com o Banco do Nordeste do Brasil (BNB). Tragédia aérea abala a Espanha.

59

O avião MD-82 iria cumprir o voo 5.022, de Madri a Las Palmas, nas ilhas Canárias. Testemunhas viram a turbina esquerda pegar fogo na decolagem. Há suspeitas de que a aeronave apresentasse problemas antes de subir. O número de mortos é calculado em torno de 156 vítimas. Dolorosa notícia. Propaganda eleitoral vira opção durante almoço. Com o início do horário eleitoral gratuito, a propaganda dos candidatos a prefeito e vereador se tornou opção de divertimento para quem almoça diante da televisão. Tem cada coisa horrorosa My God! Refinaria começa em 2009. Ver para crer. Durante solenidade de assinatura do contrato para instalação da refinaria no Ceará, a Petrobrás informou que as obras começam em 2009 e o processo de licitação tem início em 120 dias. Na chegada a Fortaleza para o evento, o presidente Lula foi recepcionado pelas adversárias na disputa da prefeitura, Luizianne Lins e Patrícia Saboya, ambas aliadas do governo Federal Polícia descobre 10 rotas de fuga. Operação da Polícia mapeou 10 rotas de fuga usadas por ladrões de motoristas e pedestres no

60

entorno do Parque do Cocó. Policiais Militares (PMS) encontraram roupas, armas, objetos roubados, uma casa que servia de apoio para os assaltantes e até um local para planejamento das ações. Mandados de busca, apreensão e prisão serão solicitados nos próximos dias. Com 121 multas, maior infrator de trânsito segue aprontando nas ruas. O motorista acumula 121 multas de 2007 até agora, sendo 177 só neste ano. AMC montou esquema para deter o sujeito, rastreado até pelas câmeras do Ctafor. Informalidade cresce em ritmo mais acelerado do que emprego formal. Apesar da maior geração de empregos formais nos últimos anos em Fortaleza, a informalidade cresceu ainda mais em 2007 respondia por 55,9% dos trabalhadores. Sem vereadores, mais uma sessão deixa de ocorrer. Nesta semana, houve apenas um dia de trabalho no plenário da Câmara de Fortaleza. Ontem, o motivo foi à falta de parlamentares no legislativo municipais. E os vereadores não escondem: a tendência é piorar até a eleição. Brasileiro entre os mortos na Espanha.

61

O brasileiro é do Pará e sobrevivia como entregador de pizza em Londres. Ele viajava em lua de mel para as ilhas Canárias. Padre Cheregato é absolvido. Por cinco votos a zero, o padre José Severino Cheregato foi absolvido da acusação de ter assassinado dois soldados da Força Aérea. O crime, que ocorreu em setembro de 2004, continua sem solução. O Ministério Público Militar analisa a possibilidade de pedir a nulidade do processo. Padre Cheregato disse que continua orando pelas famílias das vítimas. Denúncias de agressões à mulher crescem 107,9%. Lei Maria da Penha – O levantamento, apresentado pela Secretaria Especial de Políticas para mulheres, no entanto, mostra que 61,5% das mulheres ainda sofrem agressões diariamente. A maior parte das agressões (63,9%) é praticada pelos próprios companheiros. General diz que resolverá todos os problemas da Mauritânia (Noroeste da África). Além de se comprometer a resolver todos os problemas da Mauritânia, o novo homem forte garantiu eleições presidenciais o mais breve possível. A Polícia

62

reprimiu manifestação a favor do ex-presidente Abdullahi. Lugo assume com 93% de aprovação. Antes da posse oficial, foi tocado o hino nacional em guarani e em espanhol e realizadas 21 salvas de canhão. O ex-bispo católico Fernando Lugo fez juramento como novo presidente do Paraguai. Insegurança não altera rotina dos candidatos. Apesar de o clima ser menos tenso dom que o do Rio de Janeiro, por exemplo, candidatos a prefeito de Fortaleza não dispensam o apoio de seguranças em atos públicos. A candidata à reeleição Luizianne Lins (PT), aparece com mais força nas regionais II, IV e VI, já nos bairros que ficam nas regionais I, III e V apontam tendência de votar na oposição, registrando os melhores desempenhos de Moroni Torgan (DEM) e Patrícia Saboya (PDT). É o que mostra a pesquisa recentemente efetuada pela Datafolha sobre intenções de voto em cada uma das seis regiões administrativas de Fortaleza. Lei Seca não reduz acidentes no interior. Dados divulgados pelo Instituto Doutor José Frota mostram que o número de atendimentos a pacientes vindos de outros

63

municípios subiu 19,1%, mesmo após a Lei Seca ter entrado em vigor, no último dia 20 de junho. A falta de fiscalização no interior é apontada como uma das causas. Apenas cerca de - 25% das cidades do Ceará têm o trânsito municipalizado. Que vergonha meu Deus. Querem tapar o sol com a peneira ou enganar a boa fé do contribuinte. Crescimento de Marta assusta os adversários. DEM e PSDB acreditam que será possível reverter à tendência de crescimento da petista nos programas de rádio e TV. O pior, nas avaliações internas, é que o apoio de Lula ainda poderá melhorar a situação para a candidata. Crack avança na classe média. A velocidade com que o Crack se espalha na cidade é a mesma com que vicia. Depois de se tornar a droga mais consumida na periferia, conquista agora as classes médias e altas. Nos primeiros setes meses de 2008, a polícia apreendeu 16,5 kg da droga na Capital, mais que o dobro do apreendido em 2007. Venda de lugares em filas é rotina. A venda de lugares nas filas em frente ao Instituto de Identificação do Ceará e à Santa Casa de Misericórdia começa na madrugada. Os locais são oferecidos por um

64

preço que varia de R$ 5 a R$ 20 reais, e os vendedores podem apurar até R$ 600 por mês. A prática é considerada crime contra a economia popular, com pena de seis meses a dois anos de detenção. O Brasil se dá ao luxo de ter vivaldinos de todos os matizes. É pobre explorando pobre. Aonde iremos chegar? Eles afirmam que o mundo é dos mais espertos. Mas, dizemos que eles fazem parte do ciclo de exploradores doas fracos e oprimidos.

65

POLÍTICA E OUTROS CONTEÚDOS Justiça determina mudança em placas. O juiz responsável pela propaganda eleitoral determinou a retirada da frase “Prefeitura trabalhando” das placas de obras promovidas pelo município. Ele acatou representação da coligação de Patrícia Saboya (PDT), que alegrou possibilidade de beneficio à candidata à reeleição Luizianne Lins (PT). Diferença entre salários de homens e mulheres cai 60%. Em dez anos, a diferença entre homens e mulheres passou de R$ 1 para R$ 0,40 por hora trabalhada, uma redução de 60%, segundo dados do Ipece (Instituto de Pesquisas do ceará). O estudo revela ainda que as famílias cearenses estão menores e que as mulheres possuem, em média, aproximadamente um ano de estudo a mais do que os homens. Multa para quem não usar o cinto no banco traseiro. Com base no Código Brasileiro de Trânsito, o DETRAN começa a multar motoristas flagrados conduzindo passageiros no banco traseiro de seus carros sem cinto de segurança. A legislação

66

estabelece que o equipamento seja obrigatório para todos os ocupantes dos veículos. A não utilização do cinto é infração grave e acarreta o pagamento de multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira. Denúncias contra policiais crescem 108%. De janeiro a junho foram abertos 503 processos na Corregedoria da Segurança Pública, número 108% maior do que 2007. Negocie o resíduo do financiamento. Nos próximos quatro anos, haverá um pico no número de contratos imobiliários antigos que apresentam resíduo ao final do prazo de financiamento, uma oferta de cinco mil vagas de trabalho até dezembro. A projeção do Sistema Nacional de Emprego?Instituto do Desenvolvimento do Trabalho (Sine/IDT) é que até dezembro deste ano sejam criadas cerca de - 55 mil oportunidades de trabalho no Ceará. Quem está à procura de uma ocupação deve começar a preparar o currículo o quanto antes. Quanto vale os vices? Nas três candidaturas que lideram as pesquisas de intenção de voto, vices com perfis bem diferentes assumem papéis estratégicos na disputa eleitoral em Fortaleza. Mais de mil

67

mortos no conflito. Tropas da Geórgia atacam a região separatista da Osséia do Sul. Forças da Rússia combateram forças georgianas e bombardearam base aérea desse país. Esvaziada, Assembleia não atinge quorum para sessão. Como somente 12 deputados compareceram a Assembleia Legislativa, não houve quorum de 16 deputados para realização de sessão ordinária. Parlamentares justificam que precisam viajar ao interior para se engajar em campanhas eleitorais de aliados políticos. Obama declara apoio ao Dalai Lama e tibetanos. Na mensagem ao Dalai Lama, Obama se solidariza com a missão dele e o seu povo em tempos tão críticos. McCain também se encontrou com o Dalai Lama. Prefeita reúne Tin e Cid pela primeira vez. A prefeita e candidata à reeleição Luizianne Lins (PT), seu novo vice de chapa, Tin Gomes (PHS), e o governador Cid Gomes (PSB) estiveram juntos pela primeira vez num palanque, no lançamento do comitê auxiliar de campanha, na Praça Portugal. Luizianne e Moroni têm 30%; Patrícia, 22% e 4% admitem mudar de voto. A pesquisa Data/Folha divulgou o resultado da pesquisa.

68

Primeira pesquisa sobre a sucessão em Fortaleza mostra que Luizianne e Moroni iriam para o 2º. Turno se a eleição terminasse agora. Mas muitos dos eleitores que já tem candidato ainda admitem mudar o voto. LongevidadePopulação de idosos é a que mais cresce no Ceará. De 1996 a 2006, a quantidade de pessoas com idade acima de 60 anos aumentou no Ceará. Enquanto isso, o número de crianças com menos de nove anos diminuiu. Entre os fatores para essa mudança, segundo especialistas, está à queda na taxa de fecundação das mulheres cearenses: de três filhos (2002) para 2.1 (2.006). Luizianne inaugura seu terceiro comitê de campanha. Para descentralizar a campanha, a prefeita Luizianne Lins (PT) inaugurou seu terceiro comitê eleitoral, agora em Messejana. Mais cinco espaços de militância devem ser inaugurados. Delegado admite auxílio de investigadores da ABIN. Protógenes Queiroz, que chefiou a Operação Satiagraha, que prendeu entre outras pessoas, o banqueiro Daniel Dantas, depôs ontem na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos grampos, na Câmara dos

69

deputados. Hiroshima pede fim de arma atômica. O prefeito de Hiroshima, Tadatoshi Akiba, lembrou que os Estados Unidos da América (EUA) foram um dos três países que rejeitaram a proposta do Japão na ONU (Organização das Nações Unidas) para abolição das armas nucleares. STF (Supremo Tribunal Federal) libera ‘ficha suja’. O Supremo Tribunal Federal liberou a candidatura de políticos com ‘ficha suja’, seguindo a interpretação do TSE de que apenas candidatos considerados em ultima instância poderão ser impedidos de disputar as eleições. A decisão tem efeito vinculante, ou seja, deverá ser seguida pelas instâncias inferiores. As picuinhas continuam e a população espera por melhoras que não acontecem. A violência continua e as guerras dão sinais de vida.

70

NOTÍCIAS QUE VIRARAM MANCHETE As notícias causam maiores ou menores impactos dependendo das circunstâncias e do torpor que elas causam. Quando a realidade parece ficção. Espelho nativo, de Phillip Bandeira, três linhas de organdi, de Glauber Filho, é um dos dois cearenses vencedores do concurso Doctv IV, do Ministério da Cultura. Foram selecionados 18 documentários do Nordeste, dos quais seis são apenas da Bahia, com o maior número de contemplações na região. Juiz quebra sigilo bancário para descobrir quem pagou outdoors. A Justiça Eleitoral determinou a quebra de sigilo bancário da Convenção de Ministros das Assembleias de Deus Unidas do Ceará (Comaduec). A decisão atende a uma representação da coligação de Luizianne Lins, que pedia investigações sobre o grupo evangélico que faz campanha contra a candidata do PT (Partido dos trabalhadores). Patrícia Saboya ataca gestão de Luizianne. O auditório do Othon Palace Hotel seria destinado para discutir demandas do setor de tecnologia da Informação

71

(TI). Não ficou só nisso. O encontro da candidata Patrícia Saboya (PDT) com representantes na área foi marcado por ataques à gestão da prefeita Luizianne Lins (PT) que busca a reeleição. Sem citar sua adversária diretamente, os alvos foram à saúde, a educação, as secretarias regionais e a falta de incentivos para atração de investimentos. Investimento previsto no Pecém supera R$ 1 bilhão. Empresa sueca apresenta equipamento de descarrego de minério de ferro para Cid Gomes. O governador disse que o investimento no Porto do Pecém deve ultrapassar R$ 1 bilhão. Russos anunciam retirada de tropas, mas Geórgia contesta. De acordo com a Chancelaria georgiana, faltam evidências de que as tropas de Moscou estejam sendo removidas do território da república, principalmente da cidade de Gori. O presidente russo Dmitri Medvedev, fez o anúncio da retirada sem fazer menção sobre deixar a Ossétia do Sul, região no centro do conflito entre Moscou e Tbilisi. Dezesseis motoristas são presos em blitz durante o feriadão passado. As prisões dos motoristas alcoolizados aconteceram nos municípios de

72

Itaitinga, Horizonte, Caucaia, Maranguape, Iguatu e em Fortaleza e resultaram de 20 autuações da operação integrada entre DETRAN, Companhia de Policiamento Rodoviário (CPRV), AMC e Polícia Rodoviária Federal (PRF). Congresso segura projetos anticorrupção. O desejo popular por medidas que auxiliem o combate à corrupção no País não tem encontrado eco no Congresso Nacional. Um total de 68 projetos de lei, que tratam da punição e prevenção à corrupção na política nacional encontram-se parados alguns há 15 anos, mesmo sendo classificados como prioritários e, portanto, dispensando exigências regimentais para serem votados. Polícia prende universitária acusada de matar a mãe. A universitária Lara França da Rocha, acusada de atear fogo na mãe adotiva, está na Delegacia de Capturas e será levada para o Presídio Auri Moura Costa. Palanque eletrônico – Campanha entra na fase decisiva. O horário eleitoral gratuito no rádio e televisão para a Prefeitura de Fortaleza começa. É a fase decisiva da disputa, principalmente para as três principais

73

candidaturas. A campanha entra na fase eletrônica. Começou dia 20 próximo passado o horário eleitoral gratuito no rádio e televisão para prefeito e, com ele, a fase decisiva da disputa. Cientistas criam material para invisibilidade. Pesquisadores da Universidade da Califórnia conseguiram criar um objeto capaz de dobrar a luminosidade “para tr|s”. Essa propriedade, a de refração negativa, não existe em nenhum tipo de material comum. Mas a invisibilidade ainda está longe de acontecer. Quer dinheiro? Prepare-se. Crédito – O seu negócio está precisando de uma força no caixa? Ou será que a grana está curta para custear a ampliação da empresa? Antes de recorrer ao crédito, planeje-se. Ministério promoverá mudanças no setor pesqueiro. O Ministério surge numa perspectiva de mudanças profundas no setor pesqueiro (Aquicultura). A distribuição do voto na capital. Pesquisas diversas mostram as diferenças na tendência de voto do eleitor nas seis diferentes regiões administrativas de Fortaleza e identifica onde estão os votos de cada candidato.

74

Pistolagem. Jovem de 18 anos acusado de seis mortes. Vida bandida. Genilson Torquato foi preso em Mombaça/CE com uma pistola e 73 carteiras de identidade roubadas. De acordo com o Ministério Público, ele é acusado de integrar grupo de pistoleiros no Jaguaribe e teria matado, só este ano, seis pessoas. A polícia sustenta que o jovem possui envolvimento com roubos, furtos e assassinatos, desde os 14 anos. Juiz quer saber se Mela é apoiado por algum candidato. Dos 19 integrantes do Movimento dos Eleitores de Luizianne Arrependidos (Mela) intimados a prestar depoimento, três foram ouvidos. A Justiça Eleitoral quer saber se o grupo recebe apoio de adversários da prefeita. Enquanto isso, a coligação da petista já faz sua própria investigação. Num rol de várias manchetes chegamos à conclusão que nada muda neste país de meu Deus. A política com suas nuanças sujas e desconfiantes, a violência continua reinando no nosso querido Brasil.

75

ORIGEM DAS TORTURAS Célio Miranda mostra sua indignação em resposta à matéria do jornalista Temístocles de Castro e Silva, sobre as supostas torturas no governo dos presidentes militares, conforme está inserido na seção opinião do jornal O Povo de 19/08/2008. Não sou a favor da pena de morte e nem a pratica de tortura, seja ela qual for. Aqui digo que o jornalista Temístocles de Castro e Silva tem razão, quando afirma que não houve ditadura no Brasil. Derivado da língua latina dictatura é a forma de governo em que todos os poderes se enfeixam nas mãos dum indivíduo, dum grupo, duma assembleia, dum partido, ou duma classe. Ditadura do proletariado regime político social e econômico desenvolvido teórica e praticamente por Lênin (v. leninismo), e que se baseia no poder absoluto da classe operária, como primeira etapa na construção do comunismo. Qualquer regime de governo que cerceia ou suprime as liberdades individuais. Excesso de autoridade; despotismo, tirania. Os militares eram contra o regime comunista que se

76

instalava no Brasil com muita força. Queria citar algumas nuanças do manual do Grupo Guararapes em que os militares afirmam: “Ontem, nós enfrentamo-los, expondo corajosa e lealmente o nosso próprio corpo para defesa de uma democracia com responsabilidade. Hoje, eles nos injuriam e nos difamam, além de tentarem covardemente nos apunhalar pelas costas ou de atingir mortalmente qualquer parte de nosso corpo sob o manto de um falso ambiente democr|tico”. Na covardia deles vê-se quanto fel se mistura com o prazer de vingança! (Grupo Guararapes). Quem não tem respaldos para falar é melhor ficar calado, principalmente quando está ao lado dos comunistas que perturbaram o regime democrático brasileiro. Algumas virtudes do governo dos militares: “Criaç~o de 13 milhões de empregos, a Petrobrás aumentou a produção de 75 mil para 750 mil barris/dia de petróleo”. Crescimento do PIB de 14%, criação do FGTS, PIS e PASP, Funrural, Embrapa, “implementaç~o” dos metrôs em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo

77

Horizonte, Recife e Fortaleza. Infraero, Porto de Itaqui, Pólos petroquímicos, Prospecção de petróleo no fundo do mar, Projeto Rondon, Mobral, Construção da ferrovia do aço (de Belo Horizonte a Volta Redonda, a Ponte Rio – Niterói), Banco Central, Polícia Federal, várias hidroelétricas e incalculáveis quantidades de obras. Estimado Célio Miranda se você voltasse na história a Igreja católica jamais teria perdão, pois no período das cruzadas e da Inquisição milhares de seres humanos foram dizimados em nome de “Deus”. E na guerra dos trinta anos entre católico-protestantes inúmeras vidas foram ceifadas. Os Direitos Humanos, amigo foram criados para humanos direitos e não para defender meliantes e bandidos.

78

ALGEMAS OU GEMAS Na prisão de vários corruptos, a Polícia Federal teve que fazer uso das algemas. “Foi um Deus nos acuda, visto que “as criancinhas” n~o queriam aparecer em público algemadas, pois era constrangimento”. Senhores corruptos nós estamos constrangidos, envergonhados com a atitude desonestas de vocês. O ministro Tarso Genro diz que PF vai analisar decisão do STF sobre uso de algemas. Discutir o quê? Se o Supremo Tribunal Federal (STF) já regulamentou o uso das famosas argolas. Como prevíamos algemas foram inventadas para uso na população pobre e carente que cometem deslizes. Colarinho branco no Brasil, além de surrupiar o dinheiro da nação, não podem usar algemas. São alérgicos. STF aprovou súmula que regula uso de algemas. Medida estipula que seja usada apenas em caso de risco à sociedade. O ministro da Justiça, Tarso Genro, afirmou na noite de quarta-feira (13) de agosto, que a Polícia Federal vai analisar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o uso de algemas, informou a Agência

79

Brasil, e como citamos anteriormente. Na quarta, o STF aprovou a súmula vinculante que proíbe a utilização das algemas durante operações policiais e julgamentos. A exceção fica para casos em que um suspeito represente risco à sociedade. “Vamos ter que examinar qual foi { discussão que fundamentou a súmula e a partir dessa decisão nós vamos traçar as normativas para a PF se comportar”. A ordem é cumprir rigorosamente a decisão da “Justiça” sempre. “O que tem que se ver é a forma operacional para isso, e para proteger o agente a fazer uma custódia bem feita”, afirmou à agência Tarso Genro em solenidade de posse de defensores públicos da União. O ministro do Supremo Marco Aurélio Mello, que também estava no evento, afirmou que a regra pode ser analisada de forma "subjetiva". “Sempre haver| o car|ter subjetivo e nós apostamos no bom senso dos policiais”. O que foi decidido pelo Supremo não pode servir de pretexto para se fechar os olhos à delinquência, ao cometimento de crimes; para se deixar de prender quem deva realmente ser preso. “Com a

80

súmula, simplesmente acertamos que o uso das algemas é sempre excepcional”, afirmou. “É claro que continuamos a aplaudir o trabalho que vem sendo desenvolvido pela Polícia Federal em prol dos cidadãos; mas devem ser afastados os exageros”, acrescentou o ministro, segundo a Agência. Os empresários e políticos corruptos podem roubar à vontade que a ação perniciosa não é considerada exagero? Não entendemos mais nada. Ferem a Constituição, a nossa Carta Magna nessas egolatrias, mas os diletos acham que apesar das ações insuflantes, os políticos são verdadeiros privilegiados? Onde ficou o artigo que afirma ser o direito igual para todos? Nossos deveres e direitos são obedecidos no Brasil de meu Deus? É uma obtusidade sem tamanho, sem proporções, os corruptos incandescem, mudam de cor impressionando o ministro da Justiça que esquece as enxovias para os criminosos do patrimônio público brasileiro, e ao sabor das pervagações procura uma solução mais viável para acomodar os “santinhos”. Na grande China,

81

o País das Olimpíadas o político corrupto além de usar algemas vai gemer demais, pois será castigado com a pena de morte e muitos deles praticam o suicídio antes. Com esta lambança toda a corrupção continuará, pois os mafiosos com mais dinheiro continuarão soltos, enquanto os boanas irão puxar cadeia por eles, os tubarões, as águias e as baleias. São verdadeiros sofistas repoltreados. Estamos em época de novas eleições e as promessas dos pretensos candidatos são as mesmas. Nada muda! Os alicerces psicológicos dos brasileiros estão balançando antevendo mais uma pizza com todos os temperos possíveis, pois no país do “Tudo ou Nada” o que pensarmos acontecer|. É o rico ficando mais rico e o pobre mais pobre. Como a estratégia que aí está os paradigmas jamais serão quebrados e tudo continuará “Dantes como no quartel de Abrantes”. O que se vê é muita discussão e pouco ação. Tosar e tosquiar a corrupção atualmente são ações sem respaldos é como “chover – no - molhado”, pois as rutilâncias estarão sempre ao lado dos mais “poderosos” em detrimentos dos mais fracos e

82

humildes. Ah! Brasil! Se Olavo Bilac estivesse vivo com certeza morreria de vergonha. Os túmulos onde estão sepultados os grandes homens que fizeram este país tremem de vergonha. O local mais adequado para os que furtam e não herdam é o umbral. O lugar de tratamento espiritual para quem pratica o mal aqui no orbe terrestre. Os brasileiros estão envergonhados, sofridos, depauperados, mas a fé ainda existe. A esperança é a última que morre e ela verá passar todos os corruptos brasileiros para seu destino final.

83

SER CRÍTICO OU ÉTICO! A crítica faz parte do cotidiano humano. Criticar exige sabedoria e respeito às pessoas criticadas. O senso de altivez pode prejudicar qualquer ser humano. Diz o clichê popular de que: “errar é humano”. N~o erramos pela simples vontade de errar, mas às vezes estamos tão atentos à matéria ou artigo, que o erro passa despercebido naturalmente. No site “Vote Brasil” da qual fazemos parte com muita honra, temos notado que um ser humano imperfeito, igual aos demais que povoam o orbe terrestre, quer aparecer e gozar em cima dos colunistas do site em epígrafe. Veja: Antonio Paiva Rodrigues -14/08/2008 22h04 - Fortaleza / CE - Resposta a um neófito crítico, Osvaldo Sintra -13/08/2008 - 18h48 Rio de Janeiro / RJ. Informação É Coisa Séria. Estimado crítico e homem de "estupenda sabedoria", críticas destrutivas jamais serão aceitas. Século tem metade sim. A sua inteligência rasteira, escalafobética e deletéria acabará lhe destruindo. Seja homem e não apenas um moleque atrevido. Tenha bom senso,

84

assim como temos. O Vote Brasil merece respeito e críticos abalizados. Sem comentários! Vejam o que ele escreveu: Osvaldo Sintra 13/08/2008 - 18h48 - Rio de Janeiro / RJ. Informação É Coisa Séria. Tentamos ler, logo vi a seguinte informação; "Surgida na segunda metade deste século, é considerada uma nova moléstia que assola a população mundial." Parei na hora! Estamos no século XXI, precisa se orientar quem escreveu a matéria, pois estamos no inicio do século. Osvaldo Sintra. A frase em alusão mostra a vontade de um doente que não quer aceitar o sucesso e o crescimento individual das pessoas. Na resposta que lhe demos no site colocamos uma ou duas palavras com deslizes, para ver a intenção de crítica do malicioso Sintra. A crítica em si é um instrumento muito útil no que diz respeito ao avaliarmos as situações e as obras humanas cotidianas. A crítica é um julgamento. Mas… se é assim, como é possível criticar e não pecar em nosso julgamento? Pecar é uma coisa, mas não inserir a educação na crítica é lamentável. Somente os hidrocéfalos agem assim.

85

Infelizmente tivemos que dar uma resposta à altura. Sem alicerces psicológicos e sem ambiência, vamos nos transformar em anencefálicos aspectado e arreglado nas ações que amesquinham os seres humanos que querem ejetar sua pretensa sabedoria, e mostrar ao mundo uma nuança emaciada cheia de egoísmo. Afigure albergando senso de responsabilidade e demonstre que recebeu de seus pais, o dom divino da educação. A incoerência mata e aniquila. A simplicidade é fruto dos homens educados, sensatos e sabem o que quer. Julgar por julgar não tem validade nenhuma. Demonstra com todas as letras as incisões e as anomalias do vernacular ao erudito. Incandesce suas ideias e usa-as para o bem, para a construção de alicerces cimentados no bem e no amor aos irmãos do orbe hominal. A inveja Deus condena. O homem não aceita que o invejoso pela sua ação exógena venha com mania hercúlea de sabichão e que os demais estejam errados. Seja meu caro Silas luminescente de ideias magnas, mas não abuse

86

da insuflante egolatria que emanas de seu coração ferino, e torturador. Sejas contributivo e agirá melhor consciencialmente, mourejando o paracleto que não usou o orgulho e sim a simplicidade, não como ser pusilânime, mas como simples e divino. Juízo senhor crítico Silas a simplicidade eleva o homem, a arrogância e “querer saber mais”, pode ser perigoso e inconveniente. Se souberes de tudo seu lugar não é aqui procures as academias de letras, de retóricas e dos sábios, pois ainda estamos engatinhando no saber com a força de Deus e à sublime proteção de Jesus Cristo chegaremos lá com certeza. Aqui nos associamos com todos os companheiros colunistas do site Brasil. Afirmamos que nos inserimos e formamos uma plêiade de homens sensatos, simples, mas que sabemos acoplar as injúrias com sabedoria e bom senso. Pense nisso!

87

AIDS A AIDS (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) tem causado muitas preocupações para jovens, adolescentes e pessoas adultas, no tocante a prática do sexo. Muitas pessoas não têm noção de como esta síndrome assustadora surgiu no mundo em que vivemos. Várias versões foram divulgadas, estudadas, mas nenhuma com o devido respaldo. Surgida na segunda metade deste século, é considerada uma nova moléstia que assola a população mundial. Afirmam os estudiosos que a mesma é causada por um vírus do tipo HIV, responsável pela extinção de milhões de vidas na África, a partir dos anos 50. Sorrateiramente foi difundida no orbe terrestre, e identificada nos Estados Unidos da América do Norte no ano de 1978, desde o seu descobrimento e conhecimento. Ao lermos determinada matéria esbarramos com uma notícia assaz interessante: “Homeopatia do Sangue” – “Cura para a AIDS - SIDA e outras doenças de difícil tratamento”. Ali|s, ela vem

88

apavorando o mundo, por duas razões plausíveis, sendo a primeira delas por ser uma doença sexualmente transmissível e a segunda pelo seu forte poder de destruição, desafiando a medicina todos os dias, o ano todo. Quando a liberação sexual estava bastante difundida na sociedade a prática sexual tornou-se quase espontânea e normal, com a liberdade e a liberação, com a dissolução dos usos e costumes, com a banalização da sexualidade, ela encontrou um vasto campo para atuar e fazer suas vítimas. Ressaltemos aqui que muitas pessoas foram infectadas através de recebimento de sangue de doadores portadores da doença. O “amor-livre”, uma moda dos tempos modernos, a homossexualidade, a busca do prazer pelo prazer de uma forma irracional, as prostitutas profissionais, as atrizes e atores de filmes pornográficos estavam numa escala de risco bem maior. Estes fatos fizeram que o vírus encontrasse neste campo uma fortaleza para suas ações daninhas se propagando com muita rapidez, devido ao aumento das relações sexuais, principalmente em homossexuais masculinos. As duas maneiras em que devemos

89

ter mais preocupação, em virtude de serem as preferidas do vírus são a relação sexual e a transfusão de sangue. É tido como científico que a AIDS é uma doença incurável, conforme a ciência da alopatia ou medicina química ou medicina oficial. As terapias naturais associadas à ciência da homeopatia consideram a AIDS curável. A mídia mundial anuncia que a AIDS é incurável. O portador do vírus da AIDS – SIDA quer acreditar que esta doença é curável. “Colocamos aqui mais uma conotaç~o de como surgiu esta terrível doença: O nome no nosso idioma é: Síndrome da Imuno Deficiência Adquirida” sigla SIDA (ou AIDS). A populaç~o brasileira e mundial precisa ficar sabendo que esta doença foi gerada após o surgimento de técnicas maciças de medicamentos químicos para suprimir as doenças como sarna, psoríase, eczemas, gonorreia, sífilis, tuberculose e alergias, entre outras. Com este processo as pessoas se fragilizaram no seu sistema imunológico e isto facilitou o campo para invasão do vírus da AIDS. As terapias naturais propõem o fortalecimento do organismo humano e limpeza interna dos órgãos ao invés

90

de continuar insistindo em combater os vírus da AIDS e eles se tornando cada vez mais fortes, resistentes, exigindo cada vez mais medicamentos químicos gerando pessoas mais frágeis no seu sistema imunológico. Nas terapias naturais não se combate o vírus, mas altera-se o campo, eliminando as impurezas internas, não facilitando a vida do vírus da AIDS. Como foi que a medicina oficial ajudou a desenvolver esta síndrome? Todas as doenças físicas vêm da sarna reprimida. A supressão da sarna causa milhares de novas doenças, que são tidas como independentes da repressão da sarna. A supressão da sarna facilita a entrada das gonorreias e da sífilis. A supressão destas duas últimas facilita a entrada do câncer, da tuberculose e finalmente da AIDS. O que se entende por supressão da sarna? A doença tem duas direções: ou está saindo do corpo ou está se interiorizando no corpo da pessoa. A doença sai do corpo humano pelas fezes, urina, transpiração, catarros, remelas, cerumes. Quando fica trancada no organismo vai se acumulando em vários órgãos e partes do

91

corpo. A medicina alopática faz todos os esforços visando impedir que a doença espontaneamente caminhe do interior ao exterior do corpo. Todos os esforços da medicina alopática são no sentido da doença caminhar do exterior para o interior, impedindo, dificultando, obstaculizando a saída das impurezas do organismo. Isto vai fragilizar o sistema imunológico. A SIDA (AIDS) surgiu nos humanos e se espalhou por grande parte da humanidade poucas décadas depois da grande descoberta científica dos antibióticos. Estes, aos matar os vírus, os micróbios, os vermes, os fungos, fragilizam o sistema imunológico. Estando fragilizado o sistema imunológico, os vírus, micróbios, fungos e as bactérias têm grande facilidade de penetrar, desenvolver e se multiplicar no interior do corpo humano. Gerada esta fragilidade, os organismos ficaram suscetíveis a receber vírus que somente conviviam em outras espécies animais. Assim, depois da descoberta dos antibióticos, os humanos, após receberem grandes cargas destes

92

medicamentos e mais a grande carga de vacinas, ficaram com seus sistemas imunológicos frágeis e isto facilitou, permitiu a SIDA nos humanos. Assim, pode-se compreender porque esta doença tem justamente este nome “Síndrome da Imuno Deficiência Adquirida” (SIDA), ela foi adquirida após o surgimento dos antibióticos. Adquirida de que forma? Adquirida com a fragilização do sistema imunológico. O modelo médico vigente, ao aplicar nos humanos doses maciças de antibióticos para combater a gonorreia, a sífilis, a tuberculose, enfraqueceram os humanos e assim o vírus da AIDS, que era especifico de determinada espécie de macaco, passou a encontrar campo fértil no interior dos seres humanos. Se a AIDS – SIDA foi fabricada nos humanos por meio dos tratamentos com alopatia, existe alguma fórmula de reverter esta situação e negativar os portadores deste vírus? Basta fazer o tratamento com a Homeopatia do Sangue que a SIDA se torna fraquinha pouco resistente e consequentemente abandona os hospedeiros. Qual é a orientação?

93

Há mais de cinco anos temos conhecimento desta fórmula. A questão é que a mídia mundial, orientada pelos “doutores tidos como cientistas”, afirmam que pelos métodos alopáticos esta doença é incurável. Pelo método alopático ela é na verdade incurável. Cada vez os humanos ficarão mais frágeis aos antibióticos e surgirão doenças mais graves do que a SIDA. Mas, associando o tratamento homeopático, esta “doençinha” se torna fraquinha, fraquinha e acaba desaparecendo do corpo humano. A homeopatia do sangue resolve vários tipos de doenças consideradas como incurável. É a terapia que consiste na retirada de uma pequena quantidade de sangue do dedo da pessoa e a confecção imediata de uma essência homeopática com a finalidade de estimular o sistema reticuloendotelial (SRE), com o consequente aumento de concentração dos macrófagos, produzindo, assim, a potencialização da imunocapacidade do organismo, o que desencadeia uma série de processos de cura. É um recurso terapêutico de baixo custo e simples: retira-se uma gota de sangue do dedo da pessoa e se faz uma solução

94

homeopática, sem nada acrescentar ao sangue. O sangue, tecido orgânico, estimula o S. R. E. A medula óssea produz mais monócitos que vão colonizar os tecidos orgânicos e recebem então a denominação de macrófagos. Antes da aplicação do remédio, em média a contagem dos macrófagos gira em torno de 5%. Após o tratamento a taxa sobe e chega a 22%. – Fontes: (www.stum.com.br) e (www.portalsaintgermain.com); Espiritismo de A / Z da Federação Espírita do Brasil (FEB). Como todos podem ver para qualquer problema sem solução existe sempre uma luz no final do túnel e devemos procurá-la com certeza, até esgotamento total das possibilidades de cura. Continuando a via crucis dessa temível doença, informamos mais uma vez, o contato sexual é a principal via de contaminação, constatada em 73% dos doentes com AIDS. É o mais fácil meio de contaminação, pois muitos não aderiram ao uso da camisinha ou simplesmente por achar incomodo o uso dela preferindo correr o risco de pegar a doença, pois a doença não escolhe cor e nem classe social. O esperma por ser composto por milhões de

95

células vivas é o caminho predileto e por onde ele se insere. Ele adora esse caminho para desenvolver sua sanha assassina. Na promiscuidade sexual, notadamente entre homossexuais masculinos, os bissexuais e heterossexuais com a mesma promiscuidade não estão isentos de serem presas fáceis do vírus. Outro perigo ronda os toxicômanos pelo uso de drogas através de seringas contaminadas usadas ao mesmo tempo por vários doentes e viciados. Os hemofílicos são (presas) fáceis do vírus, pelo uso de sangue contaminado. A mãe doente pode tranquilamente passar para seu bebê o vírus e pode ser constatado antes e depois do nascimento da criança. O cuidado deve ser geral e irrestrito, aliás, a vida não pode ser exposta com tanta facilidade, visto que ela é de grande valia para todos nós, seres humanos. Acredite se quiser!

96

DOAÇÃO A doação seja ela qual for é um atributo de amor. É bom sempre alertamos as pessoas que são doadoras, de que, o presidente da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos e Tecidos (ABTO), Valter Duro Garcia, diz que é preciso mudar o perfil do doador de órgão brasileiro. Segundo ele, há mais de cinco anos se discute a mudança desse perfil que consiste em utilizar os potenciais doadores na condição do que os médicos denominam de limítrofes (idosos, hipertensos, diabéticos). "Estamos atrasados". Isso já ocorre há muito tempo em países desenvolvidos. Que fique bem claro esse alerta. Doação é uma palavra de origem latina donatione e quer dizer: Ato ou efeito de doar; aquilo que se doou; dádiva; documento que legaliza e assegura a doação; doação inoficiosa; aquela que excede a legítima e mais a metade disponível. Os resultados de campanha organizados que incentivam as doações de órgãos, ainda são claramente tímidos. A Associação Brasileira de Transplantes (ABTO) analisa a lista de espera

97

por transplantes alcança a casa das setenta mil pessoas. Existem critérios a ser estudados, principalmente em casos de urgência. A doação é feita sempre que existe comprovação da morte encefálica. A doação de órgãos tem como respaldo a Lei nº. 9.434/97, que prever a autorização da doação dos órgãos e partes dos corpos de pessoas falecidas tem uma pendência importante. O conjugue ou parentes mais próximos podem autorizar a doação de órgãos do estagnado biologicamente. Essa doação independe de autorização judicial passada em cartório. Qualquer pessoa pode ser doadora, desde que haja autorização da família. Doe seus órgãos em vida e pratique uma ação de amor para com o seu próximo. O doador em potencial é aquele que se encontra nestas situações: “As partes do corpo ainda estão ligadas a aparelhos que as mantêm funcionando. No entanto, em 72 horas, se cada uma delas começa a apresentar falência”, sendo a única exceç~o {s córneas, que podem ser retiradas para o transplante no período máximo de seis horas, após qualquer tipo de óbito. No caso de morte encefálica

98

aparente é preciso muita cautela. Para o presidente da Associação dos Transplantados Cardíacos do Ceará, Carlos Damasceno, a Lei Seca não vai interferir na doação de órgãos. "Nós necessitamos de órgãos para doação, pois tem paciente na fila de espera, mas não queremos que as pessoas se matem no trânsito." Muito oportuna essa advertência do presidente da Associação de transplantados Cardíacos do estado do Ceará. O transplante de medula é um pouco diferente, ele pode ser feito com o doador em vida e está diretamente indicado para alguns casos. O de leucemia, o de transplante medular, linfomas e anemias congênitas sendo um procedimento clínico aparentemente simples, mas não pode ser efetuado sem anestesia geral, segundo afirmação de médicos especializados na área. Afirma que são duas incisões na bacia em cada um dos lados. Neste local são realizadas punções de células troncos. É simples como afirmamos, visto que o doador pode ter alta médica e ir para sua residência no dia seguinte.

99

Convém salientar que mesmo depois da alta o doador deve ter um repouso de uma semana no mínimo. Falamos em transplante nesta matéria e o que seria: segundo os estudiosos da área de saúde, o transplante é um procedimento cirúrgico que consiste na reposição de um órgão (coração, pulmão, rim, pâncreas, fígado) ou tecido (medula óssea, ossos, córneas) de uma pessoa doente (receptor) por outro órgão ou tecido normal de um doador, vivo ou morto. Falamos em morte encefálica, ela ocorre quando acontece a parada definitiva e irreversível do encéfalo (cérebro e tronco cerebral), provocando em poucos minutos a falência de todo o organismo. É a morte propriamente dita. O ser humano é um doador em potencial e as partes do corpo que podem ser doadas s~o: “os dois rins, dois pulmões, coração, fígado e pâncreas, duas córneas, três válvulas cardíacas, ossos do ouvido interno, cartilagem costal, crista ilíaca, cabeça do fêmur, tendão da patela, ossos longos, fascia lata, veia safena, pele”. Um único doador tem a chance de salvar, ou melhorar a qualidade de

100

vida, de pelo menos 25 pessoas. Vejam como é importante esse ato de doação, por isso afirmamos no início, de que a doação sempre será um ator de amor.

101

EDUCAÇÃO FAMILIAR Muitos pais pensam que, a porcentagem maior da educação está com as escolas. Ledo engano. A escola representa um complemento, um direcionamento, um viés, na complementação da educação familiar. Por mais que os educadores desempenhem papel primordial na orientação da criança, não exime os pais da responsabilidade maior na educação de seus pimpolhos. Uma idade ideal para os pais brindarem seus filhos com excelente educação vai dos zeros aos sete anos de idade. Dos sete aos 14 a situação complica um pouco. Depois dos 15 a educação fica meio tenebrosa, hostiliza os responsáveis pela formação, criação moral, e emocional da garotada. A coletividade surge quando a criança se ausenta do lar, forma turma, classes, e o somatório disto tudo é a escola. A educação visa à formação da autoestima, da personalidade e do caráter, aliados a personalidade que está nas diretrizes, nos azimutes traçados pelos pais. O desvio de conduta deve ser estudado com carinho.

102

Nessas nuanças a experiência educacional deve ser de suma importância, útil, principalmente quando a família começa a perder as rédeas na condução da educação dos filhos. É muito natural ouvirmos queixa dos filhos sobre determinado educador (a), deixando nos pais ou respons|veis, uma sensaç~o falsa de ‘injustiça’ contra seu filho. Antes de tudo, a diretoria da escola deve ser procurada de imediato. Outros acontecimentos do mesmo “Modus operandi” devem se do conhecimento do pai ou da mãe. A autoestima é a principal e mais importante base para encontrarmos um bom lugar no orbe terrestre. E, consequente à felicidade recíproca. A criança precisa sentir-se amada e não idolatrada. O amor tem que partir de dentro para fora e tornar a criança segura e obediente, à medida que ela cresce, a autoestima melhora. A harmonia do lar é primordial para ser ter um filho bem educado. Procure calma, pois o desespero é comparável a certo tipo de alucinação, estabelecendo as maiores dificuldades para aqueles que o hospedam na própria alma. Se seu filho desvirtuou o caminho

103

traçado não se desespere, mantenha a calma, mesmo que seja aparente. Nos eventos sociais em que se filho se encontre a prudência e serenidade são importantes. Medite nos momentos de doença, de intranquilidade, por motivos indesejáveis o coração materno deve agir em consonância com o bem estar ente filhos e pais. O pai é participe nos suplícios da família, é o (cabeça), o orientador e a mãe a conselheira, em cuja união de pensamentos deve partir o bom senso, o desenvolvimento da capacidade de serem felizes. Uma união feliz é o diamante lapidado é o ouro que fertiliza o bem estar e a prosperidade de qualquer família. A semente desta família deve ser de boa a excelente qualidade, basta que reguem com amor, o entendimento e o sentimento do dever cumprido. A paz e a união cimentada terão o aval divino. Energia e bons fluidos fazem parte desse encadeamento de ações direcionadas para uma exemplar educação. A união entre pais e escola é ponto fundamental para felicidade do casal e da família. Se agirmos assim,

104

alcançaremos à felicidade tão almejada, com acerto e final feliz.

105

A GRANDE CHINA A história da China é riquíssima, e seus imperadores fizeram a história. Também conhecidos como filhos dos céus, eles estiveram no auge até o ano de 1911 quando aconteceu a queda do último imperador. Conhecido como Puyi reinou do período de 1908 a 1911 era sobrinho de Guangxu. Várias dinastias dominaram a China até os dias atuais. A primeira dinastia chinesa foi a Qin. Segundo historiadores, livros e enciclopédias que narram à história chinesa - Qin Shi Huang Di - reinou de novembro/dezembro do ano de 260 A.C., a 10 de setembro, 210 A.C., foi rei do Estado chinês de Qin de 247 A.C. a 221 A.C., e posteriormente tornou-se o primeiro imperador de uma China unificada, de 221 A.C. a 210 A.C., reinando sob a alcunha de Primeiro Imperador. Parece até um meio complicado, mas isto denota as particularidades do calendário antes de cristo que vem em escala decrescente até ano o A.C., quando a escala começa a ascender. Tendo unificado a China, ele e seu primeiro-ministro, Li Si, iniciaram uma série de reformas

106

significativas com o intuito de fortificar e estabilizar a unidade política chinesa, ordenando projetos de construção gigantescos, como a própria Muralha da China - ainda não em suas dimensões máximas. Apesar de Qin Shi Huang ser considerado ainda hoje como um dos fundadores da China unificada, assim permaneceria com certas interrupções e diferenças territoriais, por mais de dois milênios, o imperador também é lembrado como um tirano autocrático. Qin Er Shi (229 A.C, - início de Outubro de 207 a.C.,), literalmente segundo Imperador da Dinastia Qin, nome de nascimento Huhai, foi imperador na China de 210 a.C. até 207 a.C.. Qin Er Shi era filho de Qin Shi Huang (o Primeiro Imperador, da Dinastia Qin), mas não era originalmente o herdeiro da coroa. Em 210 a.C., ele acompanhou seu pai por uma viagem ao Leste da China, na qual seu pai morreu subitamente. Sobconselhos do chefe eunuco Zhao Gao e do primeiro ministro Li Si, ele forjou um falso decreto de seu pai, que ordenava seu irmão mais velho e verdadeiro

107

herdeiro ao trono, Fusu, a cometer suicídio, além de apontar a si mesmo como o novo herdeiro. Aliás, o suicídio era e é um tipo de morte muito comum na China. Como imperador, ele não foi hábil o suficiente para conter as rebeliões crescentes a nível nacional. Dependia tanto de Zhao Gao que era praticamente um governante títere. Em 207 a.C., a Dinastia Qin estava à beira do colapso e Zhao Gao temia que Qin Er Shi pedisse que ele tomasse a culpa. Então, Zhao Gao conspirou junto com outros grupos o apoiavam, forçando o imperador a cometer suicídio. Um filho de Fusu, Ziying, foi feito de Qin por Zhao Gao. O próprio Ziying, pouco tempo depois, mataria Zhao Gao e se renderia a Liu Bang um ano depois. Concluída a dinastia Qin vem à dinastia Han Ocidental e a Han Oriental. A história de uma nação antiga não poderia ser aposta em uma ou duas laudas, mas numa enciclopédia bastante volumosa, visto ser a história chinesa rica em detalhes. Como falamos antes não daria para colocarmos todos os imperadores do começo do governo chinês até o

108

período atual, mas vamos citar as Dinastias, Reinos e períodos. Os três reinos de Wei, os três reinos de Wu e os três reinos de Shun Han. Depois desses reinos a China passou por um período de desunião onde predominaram as dinastias Jin Oriental e Ocidental. Logo a seguir as cinco dinastias de Ling posterior, Tang posterior, Jin posterior, Han posterior e Zhou posterior, seguido das dinastias Song do Norte e Song do Sul e logo após as dinastias de Yuan, Ming e Qing. Na Dinastia Qing podem ser inseridas conotações para os imperadores Shunzhi (1644 - 1661); Kangxi (1661 - 1722). Filho. Yongzheng (1723 - 1735). Filho. Qianlong (1736 - 1795). Filho. Jiajing (1796 - 1820). Filho. Daoguang (1821 - 1850). Filho. Xianfeng (1851 - 1861). Filho. Tongzhi (1862 - 1874). Filho. Tseu-Hi (Regente 1861-1908). Guangxu (1875 - 1908). Sobrinho de Xiangfeng. Puyi (1908 - 1911). Sobrinho de Guangxu. O Imperador Guangxu (chinês tradicional, chinês simplificado; pinyin, Wade-Giles: Kuang-hsü) - (14 de Agosto de 1873-14 de novembro de 1908) foi um

109

imperador chinês da dinastia Qing, que reinou sob a tutela da sua tia, a imperatriz regente Cixi, cuja política xenófoba (aversão a pessoas e coisas estrangeiras; xenofobismo) terminou com a intervenção militar das potências europeias, Japão e Estados Unidos da América em 1900. Faleceu em 1908, sendo sucedido por Puyi. Os acontecimentos desta época, do ponto de vista ocidental, foram descritos na novela Homens de Deus de Pearl S. Buck. A História da China está assim delineada: Três Augustos e os cinco Imperadores, Dinastia Xia, Shang e Zhou, primaveras e outonos, Reinos Combatentes, Dinastia Qin, Han Ocidental, Dinastia Qin, Três reinos, primeira Dinastia Jin, dezesseis Reinos, Dinastias do Norte e do Sul, Dinastia Sui, Tang e Zhou, Cinco Dinastias e dez reinos. Dinastia Song, Liao, Tangut. Segunda Dinastia de Jin, dinastia de Yuan, Ming e dinastia de Qing. Daí vem à República da China e a República Popular da China. Puyi - Pu Yi ou Pu-Yi, em chinês, também chamado Aising-Gioro, Aixinjueluo Puyi ou Henry Aisin Gioro Pu Yi (Pequim, 7 de fevereiro de 1906 - Pequim, 17 de

110

outubro de 1967) foi o 12º, e último imperador da China, de 1908 a 1912, quando foi forçado a abdicar. Subiu ao trono com os títulos imperiais de Hsüan-t'ung (ou Xuantong) e (Kiang - te). Escolhido e coroado em 1908, com a idade de dois anos, como sucessor da imperatriz Kuanghsü (ou Guangxu), sua tia, e reinou por quatro anos. Teve como preceptor, (aquele que ministra preceitos ou instruções; aio, mestre, mentor). Professor encarregado da educação de crianças no lar. Mestre ou comendador de ordem militar o escocês Reginald Fleming Johnston. – Xuantong; após o movimento revolucionário dirigido por Sun Yat-sen foi proclamada a República em 12 de fevereiro de 1912. No entanto, foi permitido a Pu Yi continuar morando na Cidade Proibida, a sede imperial, onde manteve algumas de suas prerrogativas, inclusive o título de imperador. Em julho de 1917, com a tentativa de restauração da monarquia pelo general Chang Hsün, durante a presidência de Li Yüan-hung, Pu Yi foi novamente colocado no trono, onde permaneceu nominalmente por doze dias.

111

Em 1924, quando as tropas do Kuomintang ocuparam Pequim, Pu Yi se refugiou na embaixada do Japão, primeiramente em Pequim e depois em Tientsin. Quando os japoneses invadiram a China setentrional, ocupando a Manchúria, em 1931, e mudando o nome da região para Manchukuo, Pu Yi ocupou o trono de 1°. - de março de 1934 a 1945, tornando-se imperador-fantoche dos japoneses e o último descendente da dinastia Manchu ou Qing 1934. (Wikipédia). A tão propalada Cidade Proibida foi bastante visitada nas olimpíadas Mundiais que acontecem em Pequim. Puyi em Manchukuo Após a derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, a Manchúria foi devolvida aos chineses. Pu Yi foi capturado pelos soviéticos, em 1945, e deportado com toda a sua família para a Sibéria. Liberado em 1949 foi entregue aos comunistas chineses, que o internaram no "campo de reeducação para criminosos de guerra" de Fushun, até o fim dos anos 1950. Liberado, instalou-se em Pequim, por autorização do Presidente Mao. A partir de 1959, passa a trabalhar como jardineiro no jardim botânico da cidade. Posteriormente

112

atuou como bibliotecário da "Conferência Consultiva Política do Povo Chinês". A partir de 1964, tornou-se membro dessa instituição. Escreveu uma autobiografia - A primeira metade de minha vida, traduzido em inglês como From Emperor to Citizen. Faleceu em 1967, em decorrência de um câncer renal. Sua vida inspirou o filme O Último Imperador, dirigido por Bernardo Bertolucci. A China hoje ocupa lugar privilegiado no cenário mundial, sendo uma das maiores economias do mundo. O povo chinês inventou a bússola, o papel (pergaminho), a pólvora e os tipos impressos. Sofreu recentemente um grande terremoto, que atingiu 7,8 graus pela escala Richter que abalou a China nesta segunda-feira (12) já matou 8.533 pessoas, segundo informação da agência oficial chinesa, a Xinhua. As autoridades estimam que 10 mil pessoas estejam feridas O epicentro do tremor foi localizado a 93 km ao noroeste de Chengdu, capital da província de Sichuan, na região central da China. Mas há relatos de que o tremor também foi sentido nas províncias de Gansu (noroeste), Yunnan (sul) e em Chongqing

113

(sudoeste). Depois desta grande tragédia está a China a sediar a mais rica Olimpíada que se tem conhecimento. Parabéns ao povo chinês e que esse exemplo sirva de lição para as outras nações mundiais.

114

LEI SECA UMA LEI QUE ENCHE O SACO A lei seca depois de sancionada pelo presidente Luis Inácio da Silva tem causado muita polêmica. Surge a primeira ação de inconstitucionalidade contra a lei. Não somos a favor de que o motorista dirija bêbado ao volante, mas que não se atribua à maioria de acidentes acontecidos na estrada à ingestão de álcool. Sabemos que os acidentes nas estradas têm outras causas mais graves, porém o governo quer tapar o sol com a peneira e deixar passar incólumes as péssimas condições das estradas brasileiras. Supremo recebe primeira ação contra a lei seca. Associação Brasileira de Bares protocolou ação direta de inconstitucionalidade no STF. Lei de tolerância zero ao álcool foi sancionada pelo presidente Lula no último dia 20. “Associaç~o Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) - entrou nesta sexta-feira (4) com uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) no Supremo Tribunal Federal (STF) contra a lei seca, de tolerância zero a motoristas flagrados com qualquer quantidade de |lcool no sangue”. É a primeira ação contra a lei, que entrou em

115

vigor no dia 20 de junho. Na ação, a Abrasel pede uma liminar suspendendo a lei, que considera inconstitucional. Pelas novas regras, o motorista que for flagrado dirigindo alcoolizado perde a carteira de habilitação por um ano é multado em R$ 957, 70, além de ter o veículo apreendido. Se a concentração de álcool por litro de sangue for igual ou superior a seis decigramas, a pena é detenção de seis meses a três anos, multa e suspensão ou da habilitação. Desde que a lei entrou em vigor, cerca de 300 motoristas já foram presos em rodovias federais por terem sido flagrados no teste do bafômetro. Na realidade se a lei foi criada para ser cumprida que ela tenha uma abrangência geral, porém, isto não vem acontecendo nas cidades periféricas e interioranas, por falta de fiscais e bafômetros. Sabemos que as capitais brasileiras têm as suas deficiências, mas no ‘interland’ a situaç~o se complica. Aplica-se aqui o velho clichê popular: “Ou calça de veludo ou bumbum de fora.”. Podemos também aqui enumerar alguns efeitos da lei: “Os efeitos da lei j| foram sentidos nos

116

bares e hospitais”. Em Brasília, por exemplo, um dos bares da cidade registrou queda de 40% no consumo de álcool após a nova lei entrar em vigor. Em São Paulo, segundo a Secretaria de Saúde, o atendimento a vítimas de acidentes de trânsito caiu, em média, 19%. No Hospital das Clínicas, o maior da América Latina, a redução chegou a 27%. “No Rio, a Secretaria de Saúde comparou o número de atendimentos em três hospitais dez dias antes e depois da lei seca”. A quantidade de vítimas de trânsito nas emergências caiu de 121 para 77. Em Goiânia, no último fim de semana, o Hospital de Urgências, o mais importante do estado de Goiás, registrou queda de 277 para 211 atendimentos. No Hospital de Pronto Socorro, em Porto Alegre também houve redução. Antes da Lei, eram 105 atendimentos e depois, 97. Uma estatística muito acanhada se levarmos em conta que o atendimento volta a crescer devido aos acidentes acontecidos nas rodovias que cortam o sertão brasileiro. O acidente com motos, bicicletas e atropelamentos tem aumentado substancialmente. O costume

117

brasileiro, a educação deve ser objetivo do governo, mas agir abruptamente não vai solucionar o problema. Os acidentes continuarão, pois querem fazer a - toque de caixa um serviço de grande responsabilidade social. Nas grandes capitais o número de bafômetros é muito pequeno para suprir a demanda. Sem contar com o efetivo para cobrir as blitzs. Unir o útil ao agradável seria a solução mais viável, tomar atitudes de impacto terá os resultados também de impacto, mas como a cultura do brasileiro está associada ao gosto de fazer com mais prazer às coisas proibidas a tendência é a lei ir do ostracismo ao esquecimento. Se o governo quer proibir o consumo de bebidas, por que as fábricas de bebidas alcoólicas estão todos os dias aperfeiçoando sua publicidade encantando cada vez mais os bebedores compulsivos brasileiros. Achamos que a propaganda de bebidas alcoólicas deveria ser mais rigorosa e não do jeito que está parecendo mais com mamão com açúcar.

118

O BRASILEIRO TEM PODER E FORÇA Se o povo brasileiro exercer seu dever de cidadania com honradez ética, e sem interesses mesquinhos, mostrará para os políticos e autoridades brasileiros, de que o povo ainda é responsável pela salvação e crescimento deste gigante adormecido. A aquarela brasileira nos traz muitos encantos, mas o rol da política desencantos e desencontros. Uma frase ficou marcada na história: “Brasileiro n~o ver|s nenhum país como este, ama com fé e orgulho a terra em que nasceste”. O leitor já está cansado, estressado, esgotado de saber que a pátria amada há muito se transformou no paraíso dos banqueiros, porém a cada dia os poderes constituídos adotam determinadas posturas que apenas amplia essa evidência. Esse privilégio foi imantado por uma determinada classe de políticos que só querem a locupletação e enriquecer fácil. Um determinado texto nos chamou a atenção e estamos inserindo-o nesta matéria para que todos tomem conhecimento do que se passa por esse Brasil afora. “Na cidade de Joinville houve um

119

concurso de redação na rede municipal de ensino”. O título recomendado pela professora foi: "dai p~o a quem tem fome”. Incrível, mas o primeiro lugar foi conquistado por uma menina de apenas 14 anos de idade. E ela se inspirou exatamente na letra de nosso Hino Nacional para redigir um lindo texto, que demonstra que os brasileiros verdes amarelos precisam perceber o verdadeiro sentido de patriotismo. Vejam o texto dessa jovem, que vem a ser uma demonstração pura de amor à Pátria e uma lição a tantos brasileiros que já não sabem mais o que vem a ser este sentimento cívico. “Certa noite, ao entrar em minha sala de aula, vi num mapa-múndi, o nosso Brasil chorar: O que houve meu Brasil brasileiro”? – Perguntei-lhe! E ele, espreguiçando-se em seu berço esplêndido, esparramado e verdejante sobre a América do Sul, respondeu chorando, com suas lágrimas amazônicas: - Estou sofrendo. Vejam o que estão fazendo comigo... Antes, os meus bosques tinham mais flores e meus seios mais amores. Meu povo era heroico e os seus brados retumbantes. O sol da liberdade era mais fúlgido e brilhava no céu a todo instante. Onde anda a

120

liberdade, onde estão os braços fortes? Eu era a Pátria amada, idolatrada. Havia paz no futuro e glórias no passado. Nenhum filho meu fugia à luta. Eu era a terra adorada e dos filhos deste solo era a mãe gentil. E era gigante pela própria natureza, que hoje devastam e queimam, sem nenhum homem de coragem que às margens plácidas de algum riachinho, tenha a coragem de gritar mais alto para libertar-me desses novos tiranos que ousam roubar o verde louro de minha flâmula. E não suportando as chorosas queixas do Brasil, saí de casa e fui para o jardim. Era noite e pude ver a imagem do Cruzeiro que resplandece no lábaro que o nosso país ostenta estrelado. Pensei... Conseguiremos salvar esse país sem braços fortes? Pensei mais... Quem nos devolverá a grandeza que a Pátria nos traz? Voltei à sala, mas encontrei o mapa silencioso e mudo. “Como uma criança dormindo em seu berço esplêndido.” Que exemplo! O texto nos remete a uma reflexão muito séria quanto ao nosso papel na sociedade, especialmente levando em conta o fato de sermos uma minoria absoluta no nosso querido Brasil de analfabetos.

121

O momento é mais do que oportuno para seguirmos o exemplo da jovem, tomando uma posição firme e decisiva nas campanhas eleitorais que estão por vir. Não é estranho para ninguém que nosso querido Brasil mergulhou numa crise sem precedentes, afetando direta e mais profundamente, exatamente os irmãos que têm pouca ou nenhuma educação e cultura que infelizmente, decidem efetivamente com seus votos o quadro político que estará (ou continuará a estar) à frente de nossos destinos. O que fazer? Ficaremos acomodados? Deixaremos as coisas como estão? Continuaremos apenas olhando o maior show de corrupção de nossa história? Seremos cúmplices (por omissão), de um quadro que chega às raias da criminalidade (em todos os sentidos)? Não dá mais para sermos apenas eleitores. Não basta cumprir com o dever cívico cravando um x em nosso candidato. O Brasil precisa dos que possuem esclarecimento um pouco acima da média. Nosso povo, especialmente o mais humilde, precisa de nossa orientação, nossa ajuda mesmo, com relação aos que se propõem ocupar as vagas públicas em todos os níveis. Só

122

nos resta uma revolução pacífica, porém intensa e generalizada, manifestada pela atitude patriótica na condução dos que ainda não sabem o melhor caminho e não têm a escolha certa com relação aos candidatos constantes das urnas. Assim como a jovem demonstrou seu amor à Pátria, redigindo um texto tanto patriótico quanto exemplar, devemos deixar o conforto de nossos lares e ir à luta, orientando cada brasileiro ainda em dúvida ou sem o esclarecimento necessário, fazendo com que nos livremos em definitivo dos “c}nceres” de nossa política e tenhamos em seu lugar, apenas aqueles comprometidos com o bem social. O Brasil pode vir a ser um dos melhores países do universo para morar e manter nossas famílias. Porém a atitude pró-ativa em busca dessa mudança, orientando os milhões de analfabetos que têm direito ao voto, mas que infelizmente não sabem da importância daquele ato simples de sinalizar um x no número do candidato. Talvez a única saída seja mesmo a luta corpo a corpo junto a esse universo excluído da formação educacional e sem o mínimo de condição para escolher os mais adequados ao

123

nosso Brasil, neste momento tão difícil, decisivo e importante para a solução de nossos problemas. Brasil: Mais do que nunca precisamos entoar o nosso hino: “Um filho seu n~o foge { luta”. Esse e-mail foi nos enviado por Renato Cardoso e retrata a situação de nosso país e o que ainda podemos fazer por eles, antes que nossas florestas virem savanas, antes que nosso ouro transforme-se em pó de péssima qualidade, antes que nossos mares sejam totalmente poluídos e que nossos céus façam jorrar lágrimas de vergonha e dor. Vemos nesta redação o valor da nossa juventude, mas infelizmente as autoridades não acreditam nelas. Infelizmente! Olavo Bilac na sua frase que ficou conhecida no país retrata bem a obrigação de todos os brasileiros, independente de raça, credo, e paixão partidária. Avante o Brasil espera por nós. A pátria do Evangelho sofre, mas Deus em sua magnitude irá orientar os homens de boa vontade a encontrarem um caminho para solucionar os problemas brasileiros. Deus é pai.

124

DIREITOS HUMANOS NO BRASIL O dever de afirmar em nossas conotações de que “Direitos Humanos” foram criados para “Humanos Direitos é mais plausível”. Partindo dessa premissa chegamos à conclusão de que o “Código da Inf}ncia e da Adolescência” foi criado e aprovado para ser usado em prol dos adolescentes que são vítimas de abusos e violência e não os que a praticam. O povo lamenta, chia, esperneia e afirma que “Direitos Humanos” no Brasil foram criados para defender meliantes e bandidos. Hoje já é comum o assaltante chamar suas vítimas de vagabundo. Isso se chama inversão de valores, e está em moda em nosso país. Fazemos também a indagaç~o: “A Polícia Federal trabalha duro e arduamente para prender os que querem enricar ilicitamente, através da corrupção desenfreada que assola nosso país, mas até agora ninguém est| preso e condenado”. Ali|s, soltinhos da ‘Silva’. Do jeito que eles querem, e gostam e no frigir dos ovos quem paga o pato somos nós contribuintes. Vejam o que chegou ao nosso conhecimento e foi pedido

125

para repassarmos: “DIREITOS HUMANOS JULGUE VOCÊ”! Em 1992 - Ação = Tropa de choque invade Carandiru para conter rebelião. Resultado = 111 marginais mortos e a reação = Comissão de direitos humanos - liderada por Eduardo Suplicy solicita urgente punição do cel. Ubiratan, faz visitas ao presídio e às famílias dos presos, manda rezar missa pelos presos. Outubro / Novembro 2003-Ação = Marginais do PCC metralham bases da PM porque estão querendo banho de sol, protetor solar, antisséptico bucal, encontros íntimos, resultado = diversos mortos e feridos, entre PM e Civis. Reação = Comissão de direitos humanos: não solicita urgente punição aos comandantes do PCC, não faz visitas aos postos baleados, não faz visita às famílias dos policiais mortos e feridos, não manda rezar missa pelos mortos, etc, ou seja, eles não fizeram nada. Será que somente os criminosos têm Direitos Humanos?“Vejam a comiss~o formada na época:” Parlamentares: Eduardo Suplicy, Marcos Rolim, Nelson Pelegrino, Luiz Eduardo Greenhalgh, Renato Simões, Orlando Fantazini, Lucila Pizani e Ítalo Cardoso. Artistas: Sérgio Mamberti, Letícia

126

Sabatella, Paulo Betti, Ester Góes, Chico César, Mano Brown, Ângelo Antonio. Jornalistas: Caco Barcelos (Globo), Gilberto Dimenstein (Folha SP), José Arbex Marina Amaral (Caros Amigos). Administração Pública: Helio Bicudo, Benedito Mariano, Elói Pietá. Religiosos: D. Paulo Evaristo Arns, D. Cláudio Hummes, Frei Betto, Padre Júlio Lancelloti, Frei João Xerri. Se você acha que deve continuar prestigiando esses intelectuais politicamente corretos, enquanto o povo tem que se trancar em casa, para fugir desses marginais, não leia essa mensagem. Mas se você acha que está na hora de mudarmos a nossa realidade leia e se quiser repasse. Infelizmente esse é o país que vivemos e tivemos a felicidade de nascer. Continuamos a sofrer, visto que os meliantes continuam dizimando pais de família, cidadãos de bem, assaltos de toda especialidade continuam, traficantes mostram as suas caras e governo se torna inoperante para combatê-los. As cadeias continuam superlotadas de pobres brancos e negros, enquanto corruptos recebem benesses da justiça. A nossa Constituição é rasgada, pisoteada todos os dias e ninguém de sã

127

consciência reclama. Temos o recordista em viagens oficiais e vai para o livro dos recordes. (O nosso presidente Lula). Não queríamos ver nosso país e nosso povo nesta desenfreada miséria. No Rio de Janeiro já começam a surgir às milícias armadas e as polícias estaduais são jogadas para escanteio sem direito a cobrança. A saúde, a educação e a segurança, a trindade em que pretensos políticos se agarram para conseguir votos está sucateada. Nossos bens foram privatizados ficamos mais pobres. Na verdade somos ricos de problemas, crianças morrem de fome no Norte e Nordeste e não fazem parte da estatística, pois não são registradas e consequentemente a família não consegue o atestado de óbito. Vem a Rede Globo com a “Criança Esperança” uma nova técnica de ganhar dinheiro, enquanto em Brasília os políticos sagazes pintam, bordam e não se fala mais em transposição do Rio São Francisco, visto que os desonestos querem continuar mamando nas tetas do governo e não desejam exterminar a indústria da seca. A Lei Seca está aí arrecadando dinheiro, mas esquecem de que as estradas brasileiras matam mais do que o

128

álcool. Vamos apelar para quem? Para os políticos honestos que estão na Câmara e no Senado Federal lutando pelos mais fracos, oprimidos e estropiados. Lamentamos, porém que estes políticos sejam a minoria, mas vamos continuar acreditando neles. O Brasil virou bagaço, o dengue fez o estardalhaço e a população passou por palhaço. Já mataram o Cel. Ubiratan, mas ninguém fala do assassino. Quero que fique bem claro que não somos a favor da morte e sim da vida, mas medidas drásticas devem ser tomadas, pois tem muito aproveitador querendo se passar por bom moço. “Nos domínios da alma, a Terra jaz repleta de divisões, barreiras, preconceitos, privilégios, prioridades, estabelecimento da harmonia e da segurança entre os homens” Isto é um sonho e não sabíamos.

129

O QUE ACONTECE COM A MAIORIA DAS RELIGIÕES Nossa formação e de toda a família teve com berço a religião católica. Por incrível que pareça este ser imperfeito começou a descobrir o excesso de dogmas que a religião em epígrafe ensinava a seus fiéis. Os sermões demorados não tinham o evangelho como ponto principal. A política era inserida nesta parte muito importante da cerimônia religiosa. É um senta e levanta, a posição genuflexa deixava nossos joelhos doloridos. Quando se deseja orar com fé, Deus não impõe posições a ninguém. Baseados no livre-arbítrio - podemos enunciar essas afirmações sem titubear e medo de errar. Na realidade somos seres imperfeitos em busca da evolução. O ecumenismo muito falado, retratado, badalado vai demorar a acontecer se for firmada e aceita essa intenção seria uma vitória para as religiões. Denotamos a cada dia que as religiões procuram a mídia para divulgar seus ensinamentos, mas no frigir dos ovos existe outro interesse por trás de tudo isto. O vil metal brilha as buscas

130

insensatas por esta materialidade estão se enraizado na mente dos pregadores, e nas pessoas que se julgam religiosas. Jesus pregava, ensinava e nada cobrava. O mais absurdo é que pessoas menos avisadas passam a vida cometendo horrores, matando, esfolando, assaltando e ao ingressarem em determinadas religiões dizem em alto e bom som que se entregaram a Jesus, e se julgam salvas. A salvação não é tão fácil assim. Como ficam as vítimas dessas pessoas de mentes vazias que se deixam iludir por palavras bonitas, mas cheias de maldades. Outros afirmam que são tementes a Deus. Se existissem tementes a Deus o mundo não estaria passando por situação tão drástica e lamentável. A verdade é que devemos amar e não temer, se a recíproca for verdadeira o amor a Deus só está presente da boca para fora. Afirmar ser temente a Deus é um erro capital. Jesus dizia quando lhes perguntavam, se era justo pagar tributo a César, ele prontamente respondia: “Dai a César o que é de César e a Deus o que é de Deus”.

131

Quando Jesus se norteava nessa prerrogativa não significava que Deus estava cobrando honorários ou dízimos. Deus não precisa de dinheiro, o que Ele almeja é que sejamos bons, irmãos, caridosos, amorosos que possamos perdoar nossos inimigos, praticarem a fraternidade e a caridade. A caridade é um dom, uma preciosidade e só poderá ser praticada fora quando aprendermos a praticá-la no seio de nossa família, principalmente no écran de nossos lares. A caridade sem fé é morta, de nada vale. Nos dias atuais a mídia está recheada de programas religiosos, quase toda mídia tem espaço para programações dessa extirpe, desse naipe. Somos pelo velho jarg~o popular: “Tudo demais é veneno”. A impregnação religiosa também provoca situações dolorosas para quem tem a mente fraca. Usar a mídia em demasia e tentar repassar ou empurrar os preceitos da religião de goela abaixo, vemos com certa hipocrisia e desconfiança, pois atrás dessas ações o intuito vai se imantar na recepção e acumulação do vil

132

metal, contrariando os preceitos de Jesus, que nada cobrava. O que vemos nos dias atuais: templos riquíssimos, enquanto fiéis passam necessidades e até fome, igrejas envoltas em ouro e luxo em profusão. Não foi com essa proposta que o Mestre veio ao mundo nos ensinar e mostrar sua metodologia. O que adianta estudar demasiadamente “as palavras de Deus”? Fazem-se de tudo ao contrário, para não dizer erradamente. Prometem curas meticulosas e absurdas. Correntes milagrosas, óleo santo, enfim muitos paradigmas existem, mas o azimute tem um só direcionamento, o vil metal. É certo que sem dinheiro nada se faz, mas não existe necessidade da exploração. Jesus cristo não criou nenhuma religião e sim seguidores. Ainda hoje se mata em nome de Deus. Dizem alguns fanáticos. Que Deus é este que manda executar seus próprios filhos. No Antigo Testamento vemos episódios que estarrece, preocupa e ainda dizem que é obra do “Deus Guerreiro”. No Novo Testamento o Deus j| muda de figura e comportamento é chamado de Pai Maior. No A.T, além de Deus da guerra é

133

nominado como Jeová, Iavé e Javé, o Deus de Abraão, Isaac e Jacó conseqüentemente o Deus de Israel. A transparência de duas personalidades pode não existir, mas quem lê com propriedade a Bíblia chega a essa triste conclusão. A fé, a caridade, a humildade, o perdão, o amor são antídotos da violência. Enquanto, essas ações benéficas não forem assimiladas pelo homem e colocadas em prática, ainda iremos conviver com muita violência, maldade, conflitos internos, externos e guerras sem fim. A palavra e os ensinamentos de Deus repassados por Jesus quando esteve no orbe terrestre parece inócuos a sensibilidade humana. Deus tende piedade de nós.

134

A REPORTAGEM NO RÁDIO A reportagem radiofônica se reveste de uma importância fundamental. Muitos cuidados devem ser observados durante a entrevista. Para isso se faz necessário à presença de um jornalista na coordenação das programações de rádio. O profissional do rádio chama-se radialista e sua importância para o sucesso de sua empresa de comunicação é fundamental. Ética, compromisso com os ouvintes e interação são pontos que não podem ser distorcidos. Numa rádio séria com teor e programação jornalística todos fazem o papel de repórter ou são repórteres. Essas nuanças podem ser balizadas desde o proprietário da emissora, a quem está ou não diretamente ligado a captar e produzir notícias. Os estudiosos em Comunicação classificam as emissoras de rádio em rádio quente ou viva e emissora burocrática ou anódina. Convém salientar que a palavra anódina tem como sinonímia de: “palavra derivada do grego granódynos, e do latim anodynu e tem como sentença adjetiva o que mitiga as dores

135

(medicamento); acesódino, antalgésico, ant|lgico, paliativo, insignificante, medíocre”. Que é pouco importante; secundário. Jamais desejaremos que uma emissora de rádio se encarte nessa classificação, mas apesar dos pesares, ainda a encontramos no ciclo radiofônico brasileiro. De acordo com a Constituição Federal de 1988, o prazo de concessão para serviço de radiodifusão sonora é de 10 anos e pode ser renovado pelo mesmo prazo por períodos sucessivos. O banco de dados da Anatel, que é também alimentado pelo Ministério das Comunicações, indica casos em que a validade das outorgas venceu há 11, 13 e até 17 anos. É inacreditável que isto esteja ocorrendo. As emissoras de rádio atualmente funcionam no sistema AM (Amplitude Modulada) – FM (Frequência Modulada), e frequência de ondas curtas, médias, ondas longas. O estúdio, onde é gerada a programação, é um sistema composto de diversas salas à prova de som, existem os mixers, ou misturadores, onde são harmonizadas as saídas das salas do estúdio e sala de controle para transmissão em cadeia se

136

for o caso. Quando a estação transmissora encontra-se distante do estúdio, um circuito especial (Chamado link) faz o enlace das duas, geralmente em Ultra Alta Frequência, ou modernamente via satélite. Nas salas do estúdio estão os microfones, estes captam os sons emitidos, vozes, músicas ao vivo, etc. São enviados aos equipamentos de mixagem e editoração, depois aos pré-amplificadores, amplificadores, moduladores, estágios de potência e finalmente às antenas, para ser irradiados em forma de ondas eletromagnéticas, capazes de viajar pelo espaço a longas distâncias. A onda de radiofrequência é a chamada onda portadora, no caso do AM, ou FM, pois em SSB não existe portadora, embora comumente não se use portadora suprimida para transmissão de radiodifusão. Esta parafernália trará benefícios, as reportagens e a outros programas, que fluirão com mais dinamismo. Na reportagem o som deve ser o mais limpo possível, sem ruídos e chiados. O bom repórter não pode ser apelidado de segurador de microfone. Uma excelente

137

reportagem deve ter sempre calma e cautela. Pare um pouco agora e leia com atenção as dicas a seguir, são elas: Preparar o ambiente, o coração em Deus, não deixe pra amanhã, capriche no título, deixe o visual atraente, cative o leitor no início, não deixe o conteúdo preso ao texto, seja original, parcial e pessoal, revise antes de publicar, finalize a reportagem e sucesso. Para escrever uma reportagem, preciso antes de qualquer coisa, sentar-me num local com um nível, no mínimo aceitável, de organização. Portanto, arrume bem o local aonde você vai escrever. Pense no que você vai precisar e deixe logo ao alcance para que não aconteça que venha a se dispersar várias vezes enquanto escreve e você acabe perdendo o “fio da meada” do que estava escrevendo. Temos vários tipos de reportagens. A reportagem investigativa segundo Fred Vasconcelos tem 28 cuidados especiais para torná-la uma reportagem de peso e medida. 1. Antes de iniciar uma investigação, esteja certo de que a publicação para a qual trabalha tem

138

interesse no tema e disposição para enfrentar resistências e coibir pressões. Esse cuidado aparentemente óbvio evita frustrações, desentendimentos posteriores com chefias e constrangimentos que poderão ser evitados. 2. É importante que haja compreensão dos riscos envolvidos e que seja assegurada a retaguarda jurídica para garantir ao repórter o exercício tranquilo de seu trabalho. 3. As reportagens devem ser realizadas com todos os cuidados para se evitar contestações, seja por meio de cartas, de desmentidos oficiais ou em ações de indenização e processos criminais. 4. Processos contra jornalistas podem ser usados para abortar o tratamento de casos rumorosos pela imprensa ou para tentar desqualificar o profissional. 5. Ações de reparação movidas contra empresas jornalísticas têm um custo muito elevado, mesmo antes de eventual indenização. Na prática, esses processos obrigam o jornalista a fazer uma segunda apuração, reportagem que não será publicada. Se os cuidados preliminares não foram tomados, haverá o desconforto da busca de provas que deveriam ter sido obtidas

139

antes da publicação, ou de solicitações incômodas para que revelações e afirmações obtidas off the recordes, em confiança, sejam repetidas formalmente perante um juiz. 6. Muitas vezes a imprensa "compra" a suposição de que as provas de um crime estão evidentes ou "vende" ao leitor a idéia de que essa comprovação virá na edição seguinte. Não são raras as reportagens a partir de simples depoimentos, sem provas, acenando com a perspectiva de que elas virão tão logo seja quebrado o sigilo dos suspeitos. Investigações preliminares tratadas como condenações públicas definitivas ajudam a alimentar a indústria das indenizações. Uma vez livres de inquéritos mal-instruídos, ou beneficiados por sentenças contraditórias, restará aos acusados "limpar o nome na praça" com ações de danos morais contra os jornalistas. 7. Ao tomar conhecimento de algum fato que mereça investigação, o jornalista deve procurar, antes de sair a campo, levantar todas as informações possíveis sobre o fato. Deve saber os eventuais interesses de quem está sugerindo

140

a reportagem e avaliar se há interesse público no que será investigado. É importante saber a quem a reportagem prejudicará e quem será beneficiado com a divulgação dos fatos. 8. O repórter deve manter saudável distanciamento das fontes. Mesmo que os interesses sejam legítimos, a fonte original não deve exercer influência no processo de apuração e nas conclusões da reportagem. O jornalista não pode depender de uma única fonte. Mesmo confiando plenamente no seu informante, é saudável ouvir a opinião de outras pessoas de confiança. Se possível, obter avaliação neutra sem citar as partes envolvidas. 9. As denúncias devem ser tratadas como material preliminar para a investigação jornalística. Declarações, mesmo gravadas, podem ter efeito limitado. Uma afirmação feita ao jornalista pode não ser sustentada, depois, diante do delegado de um inquérito. Uma afirmação no inquérito pode ser refeita ou negada perante o juiz. 10. É recomendável pesquisar em outras publicações sobre os personagens centrais. Os casos apurados geralmente têm ramificações. Se for uma disputa

141

judicial, é preciso conferir se há processos relacionados ao caso que não tenham sido informados ao jornalista. 11. É possível que chegue às mãos do repórter apenas uma peça de uma disputa mais ampla. Por isso, deve sempre ser feito um levantamento prévio de todos os envolvidos, consultando-se outros casos em que atuam os advogados das partes. Essa é uma forma de encontrar novas fontes, novos caminhos para uma matéria cuja apuração às vezes não avança. 12. O repórter deve pedir comprovante e cópias de documentos. É útil guardar tudo que não puder publicar. Sempre que possível, ter documentos na mão. Quando for recebido um documento por fax, tirar fotocópia e guardá-la. A cópia por fax costuma ficar ilegível. 13. Antes de começar uma entrevista, deve-se deixar bem claro o objetivo da reportagem. O entrevistado deve ter o tempo que for preciso para pensar, para voltar atrás, refazer suas respostas. É um direito seu. 14. Sempre se deve terminar uma entrevista perguntando ao entrevistado se ele gostaria de acrescentar alguma coisa que não tenha sido questionada pelo repórter. 15. Deve-

142

se pedir ao entrevistado que diga claramente qual o ponto que considera mais importante a ser ressaltado ou a afirmação que julgue mais relevante. É a opinião dele que deve prevalecer. 16. O jornalista deve guardar as fitas de gravações e sempre pedir permissão para gravar. A recusa à gravação pode ser um indicador da firmeza, ou não, de sua fonte ou de seu entrevistado. Costumo perguntar se a fonte ou o entrevistado sustentaria em juízo a informação ou opinião que me está passando. A reação ajudará a sopesar os fatos. 17. O repórter deve prestar muita atenção às datas. As contradições às vezes surgem na análise de detalhes. Recomenda-se ler e reler o material levantado, mesmo depois de publicada a primeira reportagem. 18. É importante trabalhar de forma organizada, registrando horário e datas de telefonemas e entrevistas. Considerando a possibilidade de processos futuros, é essencial poder comprovar as várias iniciativas tomadas para ouvir a parte contrária antes da publicação da reportagem. 19. As melhores reportagens são as mais equilibradas. A não ser nos casos em que essa prática impeça

143

a apuração, quanto mais cedo o jornalista procurar o "outro lado", mais amplo será o contraditório. Se a reportagem é relevante e exclusiva, o repórter deve permitir à parte acusada tempo suficiente para levantar informações, documentos. Esse cuidado servirá também para mostrar que o jornalista agiu de boa fé, dado essencial se houver um processo. 20. Se não conseguir ouvir a parte contrária, o jornalista deve procurar os advogados dos acusados. Se não tiver êxito, é prudente procurar manifestações anteriores em favor dos acusados ou a opinião de amigos dos acusados. 21. Ao redigir o texto, não se devem fazer acusações. É importante consultar especialistas, que poderão emitir pareceres. Deve ser pedida avaliação a mais de um profissional. É conveniente evitar adjetivos. 22. O repórter só deve escrever quando tiver total conhecimento sobre os fatos a serem reportados. Havendo dúvidas, deverá voltar a consultar as fontes. 23. É recomendável consultar advogados para identificar pontos

144

vulneráveis no texto. Expressões e formas de relatar os fatos podem ser substituídas no texto sem comprometer a reportagem. 24. Uma segunda leitura, feita por um colega da redação, sempre pode ajudar o repórter a tornar o texto mais claro e a eliminar duplas interpretações. 25. O repórter deve ajudar o seu editor, entregando o texto com sugestões de títulos, subtítulos e legendas de fotos. Muitas vezes os processos são movidos por causa de pequenos descuidos em títulos, artes ou em quadros explicativos. 26. O jornalista deve procurar ouvir a parte atingida tão logo a reportagem seja publicada. Além de demonstração de zelo, boa-fé e disposição para retificações, essa iniciativa pode manter a exclusividade na retomada do assunto. Se os procedimentos foram corretos na fase anterior, o acusado vai preferir que a sua versão estivesse no dia seguinte na mesma publicação. 27. Deve-se sempre manter a isenção, deixar claro que o trabalho é impessoal. Quanto mais espaço para garantir o contraditório, menor a

145

possibilidade de a reportagem vir a ser interpretada como perseguição. 28. Finalmente, deve-se estabelecer como meta realizar reportagens tão bem apuradas e equilibradas que desestimulem desmentidos, no dia seguinte, ou ações judiciais no futuro. Se, depois desses cuidados todos, ficarem comprovado o erro, o jornalista deve admitir o fato com naturalidade e honestidade e assumir sua responsabilidade. (fonte: http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha ). Siga estas exemplificações e seja um grande repórter e eleve bem alto o nome de sua emissora. O repórter trabalha com amor, dedicação e responsabilidade. Sem esses requisitos não haverá sucesso. Avante companheiros. A comunicação espera por vocês.

146

UMA LEI CAÍDA DO CÉU Se é que existe lei que caia do céu! Assim falam os críticos e os estudiosos nos assuntos ligados ao Direito Constitucional Brasileiro. Muitas coisas, muitos boatos, mas uma quantidade de notícias verídicas também rola e como rolam. Todos os dias ao amanhecer ao abrir minha caixa de e-mails veem as notícias e novidades que são repassadas para nós pelos amigos. Coisas boas e interessantes são enviadas, mas também são inseridas no ciclo de mensagens, coisas absurdas e intoler|veis. Observe: “Vejam que coisa boa é essa nova Lei”. Essa é muito boa para quem paga suas contas. Repassando, é importante! Lei nº. 5.190/08 Sua conta pode ser paga pela própria empresa que cobra... Amigos ontem lendo o (Jornal Extra) – tomamos conhecimento da lei que foi publicada no Diário Oficial. Uma Lei sancionada e já publicada no Diário Oficial que defenderá nosso direito quando uma correspondência de cobrança chega depois do vencimento ou no próprio dia. Antes a gente pagava a multa pelo atraso e ficava por isso mesmo, mas agora

147

recebemos uma multa quando isso acontece. Vejam a publicação: Empresas públicas e privadas que prestem serviços no Estado do Rio de Janeiro estão obrigadas a postar suas cobranças com o prazo de dez dias antes da data do vencimento. A medida consta da Lei 5.190/08, sancionada pelo governador em exercício, deputado Jorge Picciani (PMDB) publicada na edição do dia 15 de janeiro de 2008 (terça-feira), do Diário Oficial do Poder Executivo. Com o objetivo de garantir sua aplicação, a lei determina que as datas de vencimento e de postagem sejam impressas na parte externa da correspondência de cobrança. 'A lei garante o cumprimento do Código de Defesa do Consumidor, ao assegurar que as contas não cheguem vencidas à casa dos consumidores, que acabam arcando com o ônus de um erro cometido pelas prestadoras de serviços', defende a autora do texto, deputada Cidinha Campos (PDT). Em caso de descumprimento, será aplicada ao infrator multa no valor de 100 UFIR-RJ em favor do consumidor, a título indenizatório. De acordo com a parlamentar, a

148

proposta tem por finalidade vedar a emissão e remessa de títulos e boletos de cobrança com prazo de vencimento expirado. 'Tal prática, na maioria das vezes ocasiona ao devedor/consumidor, um ônus pelo pagamento de juros e mora que são indevidos', argumenta Cidinha. Como proceder: Quando a correspondência chegar à sua casa, verifique a data de postagem e a data de vencimento (que devem estar impressas no lado de fora da correspondência). Caso a conta tenha sido entregue no dia do vencimento ou após essa data e a postagem não foi feita com o mínimo de 10 dias de antecedência, pronto. Dependendo do valor da cobrança, a própria empresa acabará pagando a dívida já que o valor hoje de 100 UFIR-RJ é de R$182,58! Muito boa essa lei. Repasse a todo mundo (mas com cópia oculta para preservar a identidade e o e-mail dos seus amigos de span). Esse artigo foi publicado em vários jornais - LEI Nº 5190, DE 14 DE JANEIRO DE 2008. Dispõe sobre o prazo para envio de cobrança por parte das empresas públicas e privadas no estado do Rio de Janeiro. Que esta lei seja estendida aos

149

demais estados da Federação, pois o que pagamos de juros e multas não dar para rir e sim chorar. Até que enfim podemos dizer que um ato de bom senso embrionou e nasceu ao nosso favor, o povão brasileiro. Com muita fé e esperança esperamos dos políticos de valor deste país ações honrosas em prol dos fracos e oprimidos. “Diante desse ou daquele problema” que te aflija, perdendo forças inutilmente: se é doença no próprio corpo, a inquietação não se te fará remédio; se é enfermidade em pessoas queridas, a irritação que demonstres apenas lhes prejudicará o campo emotivo; se é dívida, tão somente a tristeza não se te erguerá em apoio real para a corrigenda devida. (um sábio). Tristeza não paga dívida, mas a alegria ameniza. Sejamos felizes sempre, custe o que custar.

150

O DIA FINAL A estagnação biológica faz parte da vida hominal. Todos, indistintamente passarão por ela, mais cedo ou mais tarde. Por isso, devemos amar a vida e fazer dela um viés para agradar o nosso criador. Deixar marcada de uma maneira ou de outra, nossa presença neste orbe terreno. Logicamente que queremos praticar o bem e voltar nossas ideias e pensamentos para os mais carentes e necessitados. Uma figura humana que se destacou e cumpriu com denodo e dedicação sua missão aqui na Terra foi nosso estimado jornalista, Artur da Távola, que trouxe do universo maravilhoso seu fluído vital ou cósmico para 72 anos de vida. O ex-senador e jornalista Paulo Alberto Monteiro de Barros, conhecido como Artur da Távola, 72 anos, morreu vítima de problemas cardíacos em casa, nesta tarde, na zona sul do Rio de Janeiro. Ele era presidente da rádio Roquette Pinto, conhecida como 94 FM, que pertence ao governo fluminense. O político foi senador de 1995 a 2003, também atuou como deputado federal e estadual. Logicamente que

151

esta homenagem apesar de tardia tem um cunho todo especial. Artur exercia a mesma profissão que a nossa a de jornalista. Além dela exerceu cargo político sendo senador da República. Como todo bom brasileiro que se destaca é de bom alvitre que se faça uma conotação da vida deste ser humano de qualidade, e que ao deixar esse mundo marcou com honradez sua passagem entre nós. Nascido no dia 3 de janeiro de 1936, Arthur da Távola começou sua vida parlamentar em 1960, como deputado federal do PTN. Ele foi cassado pelo Regime militar e viveu na Bolívia e no Chile, entre 1964 e 1968. Ao voltar ao País, o jornalista passou a usar o pseudônimo de Arthur da Távola. Távola foi um dos fundadores do PSDB e liderou a bancada tucana na Assembleia Constituinte, em 1988. Também na década de 80, ele presidiu a Subcomissão de Educação e Esporte na Câmara Federal, contribuindo para itens sobre atividades esportivas na Constituição Brasileira. Em 2001, o político ocupou o cargo de secretário das Culturas do município do Rio. O ex-senador

152

era o mais antigo funcionário em atividade da Rádio MEC, onde estreou em 1957, onde apresentava um programa sobre música clássica. Na TV Senado, o jornalista também teve um programa sobre o tema, chamado “Quem tem medo de música clássica”? Durante 15 anos, assinou uma coluna sobre televisão no jornal O Globo. Ele também trabalhou no extinto grupo Bloch Editores escreveu colunas semanais no jornal O Dia. O jornalista era escritor e publicou vários livros. Arthur da Távola se formou em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC). Esta pequena biografia desse grande homem teve como inspiração a (Redação Terra). “Nos domínios da alma, a terra jaz repleta de divisões, barreiras, preconceitos, privilégios, prioridades, convenções e classes, prejudicando o estabelecimento da harmonia e da segurança entre os homens”. A própria diplomacia, pode ser considerada por ciência destinada a erguer o entendimento e a simpatia entre as nações. Esta simpatia é papel do jornalista e do político que preza de bem estar de seu povo. De antemão queremos enviar a família de Artur da Távola os

153

nossos mais sinceros votos de pesar, mas fiquem cientes que ele está em bom lugar. Quando Jesus afirmava que na casa de meu Pai existem muitas moradas ele com certeza estará numa delas. Queremos deixar marcada nossa gratidão por mais um grande homem que se vai e que os outros políticos e jornalistas que ficam se espelhem nessa figura humana exemplar. Algumas nuanças sobre a sua vida terrena: “Uma nova biografia: Artur da Távola, pseudônimo de Paulo Alberto Monteiro de Barros, (Rio de Janeiro, 3 de janeiro de 1936 — Rio de Janeiro, 9 de maio de 2008) foi um político, escritor, jornalista brasileiro e um dos fundadores do PSDB [1]”. Atualmente era apresentador de um programa de música erudita na TV Senado. Iniciou sua vida política em 1960, no PTN, pelo estado da Guanabara. Dois anos depois, elegeuse deputado constituinte pelo PTB. Cassado pela ditadura militar viveu na Bolívia e no Chile entre 1964 e 1968. Tornou-se um dos fundadores do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e líder da bancada tucana na assembleia constituinte de 1988, quando defendeu

154

alterações nas concessões de emissoras de televisão para permitir que fossem criados canais vinculados à sociedade civil. No mesmo ano, concorreu, sem sucesso, à prefeitura do Rio de Janeiro. Posteriormente, foi presidente do PSDB entre 1995 e 1997. Exerceu mandatos de deputado federal de 1987 a 1995 e senador de 1995 até 2003. Em 2001, foi por nove meses secretário da Cultura na cidade do Rio. Como jornalista, atuou como redator e editor em diversas revistas, notavelmente na Bloch Editores e foi colunista de televisão nos jornais Última Hora [2], O Globo e O Dia, sendo também diretor da Rádio Roquette Pinto. Publicou ao todo 23 livros de contos e crônicas. Távola atualmente apresentava o programa Quem tem medo de música clássica, na TV Senado onde demonstrava sua profunda paixão e conhecimento por música cl|ssica e erudita. “No encerramento de cada programa ele marcou uma de suas mais célebres frases: Música é vida interior, e quem tem vida interior jamais padecer| de solid~o”. Seu compositor preferido era Vivaldi, a quem dedicou quatro programas especiais apresentando “Le quattro stagioni” em

155

sua versão completa e regida pela Orquestra Filarmônica de Berlim. Também exibiu com exclusividade execuções da Orquestra Sinfônica Brasileira no Festival de Gramado nos anos de 2003 a 2007. (http://pt.wikipedia.org). Vai em paz caro jornalista, e que Deus te receba através de seus anjos mensageiros. Que a semente que deixaste na terra seja regada sempre com carinho e amor.

156

AS POLÍCIAS JOGADAS PARA ESCANTEIO A decisão do Pronasci em relação às polícias é discriminatória. O patrimônio das polícias brasileiras já está sucateado e com destino traçado, o lixo. Em 13/07/2008 a União veta armas de guerra para polícia. No cotidiano estamos inseridos numa guerra crucial e desumana, a vida contra a morte. Viaturas caindo os pedaços deixam as capitais e vão quebrar o galho no interior do Estado. Pela decisão os policiais militares não poderão mais usar armas de guerra como fuzis, metralhadora passarão a usar estilingues ou baladeiras fabricadas artesanalmente na terra do Padre Cícero. Policiais Militares do Brasil devem nos unir e pedir a Deus proteção total, visto que o ministro da Justiça quer que sejamos o alvo principal dos meliantes e traficantes, transformando-nos em Filhos do Calvário. São Paulo - O secretário nacional de Segurança Pública, Ricardo Balestreri, enviará um ofício na segunda-feira a todos os Estados, informando que o dinheiro da União não poderá mais ser usado para comprar

157

armas de guerra para policiais, como metralhadoras e fuzis. A decisão foi tomada, segundo Balestreri, no âmbito do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci). Recebemos projetos de compras de metralhadoras, fuzis e granadas e não aprovamos porque não estão de acordo com o novo paradigma de segurança do governo Federal, afirmou. Balestreri destaca que a medida não tem a intenção de desarmar as polícias, mas dar a elas arma de apoio e não de guerra. Se acharmos que vivemos numa guerra, vale dar tiro que mata inocente, que atravessa parede. Vale metralhar carro parado, afirmou, fazendo referência à ação policial no Rio que matou João Roberto Amorim Soares, de três anos. Vivemos no rol de uma guerra diária como as polícias irão nos defender? Com arranjo de flores e arroz doce? Olhem de um fato isolado querem fazer estardalhaço costumeiro e político. Vejam que recentemente aconteceu à mesma coisa com a polícia americana, sem contar o fato que repercutiu com a polícia inglesa na morte de outro brasileiro.

158

“Menor letalidade - A ideia, explicou o secretário é que os policiais usem armas com menor poder de transfixação, ou seja, que não atravessem corpos nem paredes”. Como exemplos, ele citou pistolas. 40 e carabinas. 40 - para grupos especiais, seriam indicadas as carabinas. 556. Se começarmos isso agora, daqui há uns quatro ou cinco anos vamos conseguir reduzir a letalidade no Brasil. O secretário negou que a medida seja uma reação ao caso do Rio, mas disse que a hora é apropriada, porque o País está discutindo a questão do armamento policial. Enquanto isso, os chefes do tráfico se armam com unhas e dentes e não escolhem calibres como modelo. Quanto maior o estrago melhor para eles. Policial é só para arranhar, enquanto os traficantes botam para arrombar. Que secretário inteligente e de ideia genial. O dinheiro da união tem uma finalidade precípua. Sustentar políticos corruptos, funcionários fantasmas, bancar luxo de reitores e outras mazelas que cada vez mais afundam a nossa nação. O Rio de janeiro continua lindo, crivado de balas por todos os lados. O que vão fazer com as balas perdidas? Ricardo Balestreri deveria

159

participar de um curso de guerra nas selvas, acompanhar incursões das Polícias - militar e civil nas favelas paulistas e cariocas e deixar de demagogia barata. O Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci) vai fazer companhia aos Direitos Humanos e ao Código de Infância e da Adolescência. O Brasil está cheio de homens de ideias vazias. Já conseguiram calar as Forças Armadas, já ameaçaram a Polícia Federal e agora querem sucumbir às polícias Civil e Militar. Está do jeitinho que eles sempre planejaram. Senhor secretário, lembre-se que além dos grupos terroristas vamos ter que conviver com as milícias armadas, se as polícias não tiverem respaldos legais o fim será trágico. As capitais, as metrópoles ainda podem se coçar um pouco, mas as cidades interioranas, principalmente no Norte e Nordeste vivem e escapam pela abnegação dos policiais de vocação, pois na maioria dos municípios brasileiros as policias s~o verdadeiras creches e os “meninos” fazem suas traquinagem sabem que o poder de força das polícias está tão frágil que mandam e desmandam desmoralizando as forças.

160

Sempre afirmamos, passaram mais de vinte anos criticando os governos militares e a razão das críticas está ai para todo ver. O Brasil num mar de lama, num lamaçal de corrupção onde o ladrão passou a tratar o cidadão como meliante. Vejam a que ponto nós chegamos. Ricardo Balestreri: “Quando possas, trabalha na formação das pontes de amizade e da tolerância, onde estejas. Para isso, basta procures utilizar, simbolicamente, as vigas do serviço desinteressado ao próximo, o cimento do silêncio diante da discórdia e do mal, as paredes do perdão incondicional das ofensas, sob os planos e indicações da humildade”. Brasileiro não é tolo e nem burro, ele sabe o que quer. “Aja agora, depois n~o”. “Nem cedo, nem tarde”. O presente é hoje. O passado est| no arquivo. O futuro é uma indagação. Faze hoje mesmo o bem a que te determinaste. Se tiveres alguma dádiva a fazer, entrega isso agora. Se desejares apagar um erro que cometeste, consciente ou inconscientemente, procura sanar essa falha sem delongas. Caso te sintas na obrigação de escrever uma carta, não relegues semelhante dever no esquecimento. Na hipótese

161

de idealizares algum trabalho de utilidade geral, não retardes o teu esforço para trazê-lo a realização. Se alguém te ofendeu, desculpa e esquece, para que não sigas adiante carregando sombras no coração. Auxilia aos outros, enquanto os dias te favorecem. Faze o bem agora, pois, na maioria dos c Ricardo Balestreri casos, “depois” significa “fora de tempo”, ou tarde demais “(Um s|bio)”. N~o deixe que policiais virem escudos de bandidos, eles são seres humanos e merecem respeito. O respeito que os governantes têm com sua segurança é zero. Pensem nisso!

162

INGRID BETTANCOURT “Nos domínios da alma, A terra jaz repleta de divisões, barreiras, preceitos, preconceitos, privilégios, prioridades, convenções e classes, prejudicando o estabelecimento da harmonia e da segurança entre os homens”. O ser hominal foi criado por Deus para vir a Terra e evoluir alguns predicados foram dados a ele, mas pela sua ignorância, intolerância e egoísmo, só agem tendo o mal como ponto essencialmente objetivado por ele. Hiatizando seus pensamentos, suas ações, seus alvos são incognoscíveis e suas ação além de deletérias são frígidas. Lemos em alguns noticiários o que se passou com este ser humano indefeso nas mãos das milícias colombianas. “Maus Tratos a Ingrid Bettancourt - A guerrilha Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) acorrentou a refém Ingrid Bettancourt a uma árvore e obrigaram-na a ficar sem as botas como forma de puni-la por ter tentado fugir do cativeiro, afirmou nesta semana uma pessoa que esteve presa junto dela”. Depois de passar seis anos nas mãos dos rebeldes, Bettancourt, uma

163

política franco-colombiana, encontra-se gravemente doente, sofrendo de hepatite e de outros males do fígado sem ter acesso a remédios suficientes para se curar, disse Luis Eladio Pérez, um ex-advogado libertado na quarta-feira com outros três reféns. Sofreu esta valorosa mulher o pão que o diabo amassou. O “Modus Operandi” dessas facções tem como princípio “ético” para eles maltratarem os sequestrados para através do sofrimento alheio chegarem aos seus objetivos macabros. A mulher sem defesa no meio masculino está sujeita a uma variedade de tipos de abusos, inclusive os sexuais. Segundo a UOL, houve essa tentativa de estupro e segundo o ex-refém Jhon Frank Pinchao, Ingrid tentou fugir do cativeiro com o ex-senador Luis Eladio Pérez, sem sucesso. Melhor sorte teve o policial Pinchao, que conseguiu escapar em maio de 2007, depois de quase nove anos de sequestro. Ele conta sua experiência no livro "Mi Fuga Hacia La Liberdad" ("Minha Fuga para a Liberdade"), que será lançado em breve na Colômbia.

164

Pela desobediência, Ingrid e Luis tiveram suas botas confiscadas, foram proibidos de conversar com outros reféns e mantidos amarrados durante meses. Ingrid se queixava de que alguns guerrilheiros a observavam durante o banho. Também confidenciou a Pinchao que sofreu uma tentativa de abuso sexual por parte de um combatente, de quem conseguiu se desvencilhar. Imaginamos o que essa heroína deve ter sofrido nas mãos desses malfeitores. Os milicianos usavam artimanhas do medo para dificultar a fuga dos sequestrados entre elas, ameaças com cobras e aranhas. Outra maneira de intimidar os reféns, além de ameaçá-los de morte, é deixar cobras, aranhas e até onças mortas no local onde dormem, para assustá-los com os perigos da selva. E desestimulá-los a tentar escapar. Isso aconteceu com a recémlibertada Clara Rojas e com Ingrid Bettancourt, ainda em cativeiro, depois de uma fuga frustrada. Nessas ocasiões as ações políticas têm uma importância vital para assegurar a vida de cidadãos e cidadãs que lutam por melhoras para sua pátria. Essas ações não podem ser dispensadas e podem servir de respaldos para

165

ajuda de países que querem exterminar o narcotráfico do orbe terrestre. No site: http://revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu - Consta que as ameaças constantes a Bettancourt e a vida dos reféns num campo de concentração da FARC eram para valer e todos eles corriam riscos de morrer. Os rebeldes colombianos das Farc que mantêm a excandidata à presidência Ingrid Bettancourt como refém, maltratam-na constantemente e a acusam de ser "burguesa e política", em resposta a atitudes rebeldes da franco-colombiana, revelou Luis Eladio Pérez, um ex-refém das guerrilhas libertado na quarta-feira. "Fui maltratado pela guerrilha porque sempre contestei; não vacilei e obviamente Ingrid fazia o mesmo, com dignidade e valentia excepcional", relatou Pérez à rádio Caracol da Colômbia. Pérez também disse que as condições do cativeiro "são as mesmas de um campo de concentração". O excongressista, que ficou seis anos como refém, disse que diante das atitudes rebeldes, os captores reagiam da mesma maneira: "Então, vinha à repressão, chamando-nos de burgueses, de políticos, gerando um clima muito

166

desagradável, os guerrilheiros sempre tentavam amargar nossas vidas em todos os aspectos", indicou Pérez. "A situação tornou-se muito complicada, o que gerou uma situação de maltrato permanente. Uma repressão tremenda (para Bettancourt), que ainda continua lá", acrescenta. Pérez assinalou que essas condições não mudaram, nem sequer após a divulgação, em novembro, de uma dramática foto que mostra Bettancourt abatida e visivelmente doente. “O ex-refém disse que em quatro de fevereiro conseguiu se encontrar por alguns minutos com Betancourt. A considerou abatida demais, tanto física e moralmente”. “Apesar de a terem tirado da solitária durante o dia, ela não conseguiu me contar se também era solta durante a noite”. “Acredito que isso n~o acontecia”, enfatizou. "Esse dia vi que a situação para ela até agora é a mesma. Por isso, faço um pedido ao Secretariado (líderes centrais) das Farc para que modifiquem as condições de reclusão em que ela é mantida", concluiu. Depois de marchas e contramarchas venceu o bom senso e à vontade dos cidadãos de

167

bem que desejam a todo custo eliminar da face da terra esse mal que aflige toda a humanidade. Agora Ingrid Betancourt está sã e salva e vamos torcer para que ela possa juntamente com seus aliados traçar os planos e num futuro bem próximo colocar em ação aquilo que planejou em prol do seu país. Avante! Os heróis e as heroínas merecem todo nosso apoio e nossa menção honrosa. Pensem nisso!

168

DESCUIDO COM A EDUCAÇÃO Educação nunca foi prioridade do governo brasileiro. Vejam o percentual que o governo destina para este setor, o mínimo possível. “O esquema de estudo, no recinto da escola, é o mesmo tesouro de luz para a coletividade dos aprendizes; cada aluno, porém, revela assimilação diferenciada.” Em verdade, o ensinamento do bem somente vale quando a criatura lhe substancializa a orientação. Será que essas nuanças, esses detalhes estão inseridos no ensino fundamental brasileiro? O jornal O Povo, edição de 31/07/2008 traz em sua primeira página a seguinte manchete: “Ensino médio: um em cada quatro alunos desiste de estudar”. Limemos todas as circunstâncias que levam as crianças e adolescentes a abandonarem os estudos. “Dados da secretaria da Educaç~o revelam que a taxa de evasão escolar no 1º. Ano do ensino médio é de 25%”. Quando se leva em consideração as reprovações, o percentual de estudantes que não concluem o primeiro ano de estudos chega a 37,9%. Por ano, são 40 mil

169

alunos que abandonam as aulas por desinteresse ou falta de conhecimentos básicos, como leitura e raciocínio lógico. Será que esse percentual de crianças ao ser constatado as irregularidades aqui enunciadas são encaminhadas a uma perícia médica? Se o desinteresse existe, esse deve ser causa de um motivo moderado ou grave. A Secretaria de Educação já investigou estas ocorrências? É notório e de fácil assimilação. Se o aluno não possui conhecimentos básicos, que se dê a ele referidos conhecimentos, e se o raciocínio não está sendo lógico que a causa seja estudada. A educação deve ser respaldada por uma boa assistência médica, mas infelizmente isso não acontece e nem os diretores de escolas comparecem as casas dos pais dos alunos para investigar e tomar conhecimento da ausência escolar. É o mínimo que se pode fazer para acabar com essas irregularidades. Muitas vezes os alunos matam as aulas para estarem nos sinais tentando ganhar alguns trocados como flanelinhas. Ou, estão fazendo aquilo que não devem o uso de drogas. O aluno

170

em regime escolar deve ser fiscalizado e orientado. Se essas atitudes não são tomadas, não chegaremos a um denominador comum. Infelizmente! As crianças das Regiões Norte e Nordeste estão sujeitas a essa chaga triste e destruidora que o governo ainda não conseguiu sarar. Dos 184 municípios cearenses, além da corrupção e falta de conhecimento político, noções básicas de administração, os prefeitos normalmente gastam as verbas sem obedecerem às normais legais e as instruções do Tribunal de Contas. Sem contarem com auxiliares a altura normalmente, têm suas contas desaprovadas. O índice de crianças sem escolas nos municípios mais pobres e as condições em que moram sem transporte escolar fazem com que esse percentual seja bem maior do que o estimado. Educação é coisa séria, mas parece que as autoridades não estão preocupadas com esse problema. Nos municípios pobres e com arrecadação suficiente é comumente vermos crianças na ociosidade, perambulando de um lado a outro de mãos estiradas, pedindo esmolas aos motoristas que percorrem este país de ponta

171

a ponta. A preocupação maior é com a vontade de saciar a fome. Se a fome continua, irão procurar o vil de metal, usando artimanhas e modos não apropriados para um ser pequenino indefeso. As crianças desnutridas não possuem capacidade para enfrentar uma sala de aula, principalmente se a escola se localizar muito distante de sua casa. Os neurônios desses seres já estão sem forças se esvaindo pouco a pouco. Os desnutridos brasileiros estão formando uma nova raça a dos nanicos inoperantes. A educação deve chegar aos mais longínquos lugares e deve ser repassada a toda população, independente de idade, de condição social, se é que existe. Pessoas com vontade de estudar e aprender tem demais, mas as escolas e professores não existem. Este é o écran brasileiro que não muda há anos, apesar das promessas dos políticos em época de eleição e depois dela. A educação no Brasil é a ausência das miríades da inoperância, somadas a expectante ou ao escamujar-se dos responsáveis por ela. Pensem nisso!

172

NADA MUDA Almejamos todos os dias fatos novos que tragam notícias diluidoras. Frustrantes são os noticiários midiáticos com notícias adornadas em fatos corriqueiros que fazem parte do rol cotidiano brasileiro. Lutamos bravejamos, mas a irresponsabilidade hominal parece banalizada na pátria brasileira. A exceção confirma a regra, mas não há regra sem exceção. Fomos tomados de surpresa com o tráfico de órgãos humanos, descoberto pela Polícia Federal. Médico e outros meliantes faziam parte da quadrilha, todos presos, mas até quando? Dois errados não somam um - certo. Não há ninguém tão ruim que não tenha alguma virtude. Lendo e pesquisando a cata de boas notícias vejo coisas que talvez só aconteçam aqui entre nós. A médica-legista do Instituto Médico-Legal (IML) de Curitiba, Lubomira Verônica Oliva, está sendo acusada de remover órgãos de cadáveres não identificados. A polícia encontrou três corações e vísceras humanas no porta-malas do carro dela. As investigações partiram do próprio IML que começou a

173

desconfiar da funcionária, devido a atitudes suspeitas. Segundo o tenente Mário Sérgio Garcez, da diretoria do IML, a médica saía quase todos os dias do IML com uma caixa de isopor. As polícias militar e civil, que participaram das investigações iniciadas em fevereiro deste ano, estão com imagens de monitoramento interno que mostram as saídas da médica do local de trabalho. Presa em flagrante, Lubomira foi encaminhada à Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) e autuada por remover órgãos humanos sem prévia autorização. A doação de órgãos ou corpos só é autorizada pelo IML após o prazo de 30 dias para apresentação de familiares, no caso de corpos não identificados, e mediante autorização judicial. (Bondenews notícias). Em que país nós estamos My God? É triste e lamentável convivermos com fatos deletérios como este: “Preso ex-chefe de transplantes de hospital do Rio”. Ali|s, o Rio de janeiro tem se tornado o centro das atenções da população brasileira e mundial. O ex-chefe da equipe de transplantes hepáticos do Hospital Universitário

174

Clementino Fraga Filho, o Hospital do Fundão, na Ilha do Fundão, subúrbio do Rio de Janeiro, foi detido por agentes da Polícia Federal nesta manhã. Além de Ribeiro Filho, os médicos Eduardo de Souza Martins Fernandes, Giuliano Ancelmo Bento, João Ricardo Ribas e Samanta Teixeira Basto são suspeitos de desviarem órgãos de 2003 a 2007, preterindo a lista nacional de transplantes de fígado. O Ministério Público Federal (MPF) denunciou à Justiça os cinco médicos, que vão responder por peculato, crime de desvio de recursos ou bens por servidor. A - pedido do MPF (Ministério Público Federal), a 3ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro expediu um mandado de prisão preventiva contra Joaquim Ribeiro Filho e nove mandados de busca e apreensão. Eles foram cumpridos pela Polícia Federal nesta manhã na operação batizada de Fura-Fila. A denúncia, proposta pelo procurador da República Marcello Miller, foi recebida pela Justiça, dando início ao processo penal. O procurador considerou a prisão preventiva de Ribeiro Filho, necessária à ordem pública e ao curso do processo, pois ele usaria

175

sua influência sobre a equipe de transplantes hepáticos para dificultar a apuração dos fatos. O MPF conseguiu na Justiça que os outros denunciados fossem temporariamente proibidos de fazer transplantes hepáticos. (Fonte: JB Online). É duro, triste convivermos com fatos dessa natureza. O nosso país chegou a uma condição tão aniquiladora que não confiamos mais em ninguém. Ficamos envergonhados com a maioria de nossos representantes que deveriam lutar pelo bem-estar do povo e alçar um lugar mais alto para nossa nação. O que se vê é a ambição pelo vil metal, o orgulho exacerbado, o egoísmo gritante e o materialismo sem fim. Querem tirar proveito de tudo seja como for, não importando o “Modus Operandi”. Uma avalanche de corrupção Causa Cáusica que tem origem nas classes mais beneficiadas, parece que o vírus do - ganha fácil se instalou em definitivo em todas as instituições e o cenário brasileiro vai enegrecendo com ações comburentes de autoridades do mais alto escalão e as arestas são alargadas com o furor da

176

ganância que tomou conta dos homens que deveriam dar bons exemplos para as camadas menos privilegiadas. Parece uma crescente fascinação à medida que os homens se aproximam do poder e se deixam envolver por ações criminosas em proveito próprio. A situação dolorosa vai continuar, pois apesar de existirem leis, elas não estão servindo para nada. O Brasil deveria ser - um buril - e seu povo conducente, mas o comburente desejo de enriquecimento fácil transforma nossa querida nação em desconexos desejos de inspiração do mal. “Brasileiro n~o ver| nenhum país como este ama com fé e orgulho a terra em que nasceste”. Infelizmente, o amor sumiu, tomou doril.

177

LOUCOS DE UMA VEZ Há de se prever, se esperar que nada de mal aconteça à população brasileira. Mas, se prenuncia um acontecimento que não esperamos, mas um risco poderá envolver centenas, milhares e milhões de pessoas no Brasil. Centenas de satélites orbitais, podem ser a causa da imensa quantidade de terroristas, corruptos, assaltantes, criminosos, pedófilos e outras excreções que agem livremente ao nosso redor. Motivações políticas, ambientais e econômicas são os combustíveis usados por seres que habitam estes satélites. Muitos chegam a transformar empresas do governo em verdadeiros reféns, para depois privatizá-las. O badalado delegado da Polícia Federal, Protógenes relata boicote na Polícia Federal (PF) à Satiagraha. A agência (Estado) de 28/7/2008 publicou às 07h39min um documento que colocou em xeque o orbe de corporação unida e compacta da PF na guerra ao crime organizado revela os bastidores da operação. Esta missão ficou famosa por ter

178

levado ao xadrez o sócio-fundador do Grupo Opportunity, Daniel Dantas. Uma mobilização de prende e solta deixou a população tonta sem compreender o que estava acontecendo. Um trabalho de investigação muito bem feito balançou os alicerces políticos da nação brasileira. O plano traçado pela Polícia Federal desmontou suposto esquema de desvio de recursos públicos, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha. O processo envolvendo Daniel Dantas é composto por 16 páginas subscritas por Protógenes Queiroz, o delegado que comandou a maior ação da PF (Polícia Federal) no ano até ser alijado do inquérito. No documento que confiou à Procuradoria da República, e no qual sustenta ter havido obstrução às investigações e boicote à Satiagraha, Protógenes denuncia que foi forçado a revelar informações sensíveis do caso e que resistiu por serem elas estrategicamente protegidas pelo sigilo. Olha que essa denúncia é gravíssima e compromete a cúpula da Polícia Federal. Muita coisa pode estar correndo por debaixo da ponte,

179

e talvez queiram abafar algo, pois as consequências da prisão causaram um verdadeiro maremoto em solo brasiliano. A revista “Isto É, em sua capa traz - uma matéria assaz controvertida, na edição de 23 de julho de 2008, nº. 2020/ano 31”, intitulada “Os trapalhões”. Vemos em primeiro plano Gilmar Mendes (presidente do STF), Tarso Genro (Ministro da Justiça) com um par de algemas, assediado por Luiz Fernando Corrêa (DiretorGeral da Polícia Federal), Protógenes Queiroz (Delegado da Polícia Federal) e no cantinho como rádio escuta o famigerado Daniel Dantas. “A briga interna da Polícia Federal e o conflito entre o governo e a justiça favorecerem a defesa de Daniel Dantas, mas a Receita e o Banco Central investigam o Opportunity”. My God até aonde vamos chegar? “Protógenes afirma ainda ter sido insultado por colegas instalados em postos elevados na hierarquia”. Punido com o rótulo da insubordinação, ele voltou a Brasília com a justificativa oficial de fazer um curso de especialização. O relatório reconstitui os instantes derradeiros da operação, marcados por um duelo interno. O momento crucial relata

180

Protógenes, se deu quando a operação preparava o bote as suas presas mais evidentes, entre elas Dantas e o investidor Naji Nahas, a quem a PF atribui o mando de organizações que se teriam associado para fraudes financeiras. Era a madrugada de oito de julho, terça-feira. Agentes e delegados se concentravam na sede da Superintendência Regional da PF, no bairro da Lapa. Às 4 horas começou a distribuição dos kits diligências, cópias dos mandados judiciais que autorizavam o efetivo a fazer buscas e prisões em escritórios e residências dos alvos da Satiagraha. "As dificuldades ocorreram antes, durante e depois da operação", acusa Protógenes. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. Aqui denotamos com todas as nuanças que a autoridade responsável pela operação sofrerá todas as consequências que o ato causou. Ficamos de orelha em pé, pois onde existe fumaça existe fogo. Esses detalhes, essas consequências já são conhecidas da população. Estamos envergonhados e queríamos saber até aonde vão chegar às ações delituosas que tomamos conhecimento todos os dias, o dia

181

todo. Jamais presenciamos na história do Brasil tamanho descaso com o dinheiro público e falta de respeito com o contribuinte. O Brasil é um verdadeiro Titanic que se não tomarem os devidos cuidados encontrará pela frente enormes icebergs e o final será trágico e sem retorno. Pensem nisso!

182

POLÍCIA MILITAR Compreenda-se o nihilismo do Cel. PM Raimundo Ferreira da Conceição. Em determinados pontos ele tem razão no que diz. Porém, reprochar de maneira veemente e agressiva não leva a nada. A Polícia Militar pode sim ter excelentes equipamentos e não existe vociferação para isto. A situação das polícias reflete o Brasil de hoje. As analogias estudadas e planejadas podem ser silentes de quem comanda o Estado. Não temos o direito de estigmatizar e discriminar de maneira vil e intolerável o aparelho humano que possuímos. Homens sensatos, de bem fazem o écran da briosa. A Polícia Militar se insere e se imanta nos problemas sociais do Estado e do País. As doutrinas de Administração, de Marketing, de Sociologia vão se unificar as de Max Weber, criador da burocracia, cuja missão era acelerar os serviços. Hoje é sinonímia de desorganização. Os deslizes estão imantados em todas as classes profissionais. As polícias não podem ter sinonímias de pórticos, visto que existem exceções. Caro amigo sua pessoa está fora do

183

aguilhão, pois camuflas sua posição de policial militar com a de professor da Academia de Polícia Militar General Edgard Facó. Queremos uma polícia de elite com conceito junto à sociedade. Criticar pode! Porém, de maneira educada e com discernimento. Queremos nossos soldadinhos suando e ganhando bem, com moradias condignas, trabalhando sem preocupações. O governo é isento de culpa? Não. E os legisladores? Também não. Se o devido apoio nos fosse dado não estaríamos na situação de desculpismos. A polícia não está morta, nem passou pela UTI, falta apenas um proveitoso diálogo. Consertar os erros do passado? Sim. Quem retirou a segurança do Estado do primeiro escalão e por repulsão inseriu no terceiro escalão, é mais culpado que os policiais infratores. Policiais estressados cometem malogros, e vão se juntar aos que estão na escala dos que descumprem leis e os ensinamentos recebidos. Quem vai resolver e sarar essas chagas? O governo do Estado e os deputados estaduais que legislam.

184

Estamos entregues a eles. Infelizmente. Um novo tipo de policiamento criado no governo Cid Gomes, alcunhado de “Ronda do Quarteir~o” está na mídia com todas às nuanças possíveis. O que é gasto com propaganda não está relacionado em nenhum gibi. Enquanto falam de Ronda, esquecem-se da Polícia Militar do Ceará. Político é assim mesmo. Não tem jeito. Queremos respaldar e elogiar os políticos honestos deste Ceará e do meu Brasil Varonil, apesar de serem poucos, mas trabalham com afinco tentando tapar os rombos homéricos causados pelos corruptos e corruptores que afanam dia a dia os cofres da União. O governo do presidente Lula está cheio, já têm corruptos vazando pelo ladrão.

185

UM PENSAMENTO UMA VISÃO No blog do jornalista Egídio Serpa, duas matérias despertou-nos a atenç~o. “Uma conclamação aos policiais militares do estado do Cear|”. Publicada {s: 20h09min do dia 07/07/2008. “A palavra convence, o exemplo arrasta!”, publicada em 10/07/2008, {s 19h48min. Na primeira matéria os reclamos são conhecidos por todos, mas tornam-se com o decorrer do tempo, em assuntos cavilosos onde a operância metamorfoseia-se em conto de fadas. Transformando-se em alicerces reforçados por ócios coletivos nas argamassas que endurecem as mentes indolentes dos representantes do povo como pungentes esquecidos e silentes. Os policiais militares sempre sonharam com uma vida digna, justa e que pudessem honrar com garbo, o compromisso que fazem perante o símbolo nacional. Com justiça formar uma família consistente, e que os filhos tivessem como parâmetros e espelhos a vocação transplantada de pai para filho. Infelizmente essa vocação morreu antes do nascedouro. Até

186

mesmo, o símbolo nacional não tremula com tanto vigor como antigamente. Anseia e é calcetado. Deifica sua missão, seu trabalho, sua responsabilidade, mas os surdos os colocam em situações de provações indescritíveis. Apesar, de todo ser humano ser imperfeito, o policial militar não pode errar, senão será execrado perante a opini~o pública, a mídia e os “Direitos Humanos”. Todo deslize envolvendo policiais, independente de posto ou graduação é assunto de primeira página, vira manchete. É prego batido com ponta virada. Pedimos permissão ao companheiro Egidio Serpa, para transportar seus pensamentos, sua visão para nosso orbe, para nosso convívio e sem rebuços mostrar fidelidade, anseios, que normalmente são transformados em escombros, sem desculpismos, mas com a sinceridade bendita que sempre norteou os integrantes da briosa e os líderes que lá estão. Coronéis ativos na Polícia Militar são muitos. A inatividade ou reserva não representa o fim, mas compreendemos a sinonímia empregada. No primeiro parágrafo o sentimento de respeito pode denotar aspecto de

187

fragilidade, a palavra respeito só perde sua finalidade quando evacuamos a nossa ética e nossas ações são reflexionadas. Não se pode perder o brio, com tanta facilidade; e a altivez onde fica? O homem foi criado para evoluir e não retrogradar. Se os galões correspondem a continências sem alma de quem é a culpa? Nossa. A hierarquia e disciplina não podem ser subjugadas com tanto desânimo e facilidade. O superior deve interagir com o subalterno, porém o respeito deve prevalecer entre ambos. Se a saudação está perdendo o sentido é porque o relaxamento natural está se infiltrando no ego, superego e id, dos que usam galões. O homem que deixa o brio se esvair, pode tornar sua vida um cipoal sem proporções. “Lembraram-se de quando eram cadetes, vieram as suas mentes, as palavras e a visão, firme de seus coronéis de outrora. Seus semblantes firmes, ordens, que eles seguiam e cumpriam cegamente”. Se o mesmo écran n~o acontece nos dias atuais é demonstração de fraqueza e nada mais. O posto não perdeu a áurea, quem está prestes a perder é o policial se continuar com esta mentalidade retrograda e de penúria. A

188

altivez, o brilho, o juramento, esvaíram-se sem motivos aparentes? Não acreditamos. O homem deve mostrar altivez nunca deixar transparecer fraqueza, pois o imo poderá contaminar toda a corporação. Sejamos fortes. O mais culpado de toda dolorosa situação não são os militares, pois estamos subordinados ao chefe supremo e comandante maior das forças policiais militares, o governador do Estado. Sobre os vencimentos existe uma parcela de culpa de nos policiais militares, visto que o soldo sempre foi preterido por uma gratificação mais gorda e portentosa. Comandar homens sempre foi uma missão árdua, um mister, um meritório prêmio. Fala-se em ultrajada. É uma palavra com significado forte, pois começa no ofender a dignidade de; difamar, injuriar, insultar, afrontar, ofender os preceitos, as regras de e algo mais. Diz o dito popular que: “n~o podemos e nem devemos marchar contra a maré”. Vemos uma insatisfação geral, mas o que brilha mais nestes pensamentos, nestes exemplos é o vil metal. Será que nossos policiais, nossos dependentes, familiares, amigos, quem gosta realmente da briosa não poderia se integrar e

189

vociferar em alto prado e forçar o governo e governantes a tratar com mais dignidade a segurança do Estado. Povo unido jamais será vencido. Neste momento crucial é o começo da ação estimuladora dos líderes. Dentre 17.000 homens todos podem ser aquinhoados com o título de “capachos”? De jeito nenhum. Somos defensores da sociedade é de sua ajuda que precisamos no momento. Será que fizemos por onde valer a querida aferição da sociedade? Acho que sim! Então vamos nos agarrar de unhas e dentes a ela, pois políticos em sua maioria estão preocupados com reeleição e interesses pessoais. Temos um aliado grandioso, por que não pedirmos socorro? Muitas nuanças inseridas na matéria são verdadeiras, mas se o desânimo tomar conta da corporação não é admissível, pois ela tenderá a falência moral e a morte. São essas doses de veneno que estão injetando na classe para que a morte venha de modo letal sem que percebam de imediato o perigo que estamos sujeitos. Não desmoronar jamais. Militar forte não pode repassar sinal de fraqueza. Diz o clichê popular de que o militar

190

sempre foi superior ao tempo. Eles, não são doninhos do Estado que governam. Eles passam, nós passamos e a Instituição fica. Devemos fortalecê-la mesmo com os míseros salários que ganhamos, pois muito dinheiro vicia o homem. Militar foi poder e um dia quem sabe poderá voltar a ser. De onde saem os corruptos do Brasil? Dos mais favorecidos com que respaldos eles podem ou pretendem exterminar uma instituição secular. Devemos fiscalizar cobrar de nossos governantes, pois cada governo gasta aquilo que arrecada com impostos dos contribuintes. Vemos com certa indignação a carta Magna ser rasgada, pisoteada todos os dias. Vemos corruptos presos pelas ações da Polícia, pernoitarem na cadeia e no outro dia saírem rindo dos próprios policiais. Quem os prende? Quem os solta? Todo mundo sabe! Nos presídios brasileiros o cenário é de penúria, visto que a população carcerária em sua maioria é de pretos e pobres. Devemos bravejar para não acontecer à privatização do País, aí seria o fim de tudo. Discordamos quando afirmam que éramos verdadeiros militares. Somos militares

191

de brio e que cada um procure cumprir com denodo, dedicação e amor à profissão abraçada lembre-se que juramos defender a sociedade com o sacrifício da própria vida. Senhores um dia é da caça o outro do caçador. O Brasil a qualquer momento pode ser palco de uma reviravolta e aí vamos inserir sem cuspe o jarg~o popular: “Rir melhor quem rir por último”. Avante policiais, a briosa está necessitando de nossa vocação e força que os reclamos sejam feitos, cobrados, mas não devemos nos deixar iludir por promessas de administradores incapazes não conseguem equilibrar receita e despesa, o básico da administração. Nestes termos estão a menos um. Gerencialmente mortos não querem ir só. Cuidado, visto que a vida é valiosa. Geralmente falamos muito e agimos pouco. A ação sem palavras é valiosa, mas as palavras sem ação se tornam inócuas. A pessoa trabalhadora, ativa, chama atenção pela força de seus atos. Sejamos sensatos, honestos e vamos à cata dos prejuízos. O que é do homem o bicho não come. Chorar jamais. Agir sempre. Quem madruga Deus ajuda. Acreditamos em

192

tudo e somos enganados. Governo das mudanças, onde elas estão? Ronda do Quarteirão é brincadeira de criança. Esse nome Ronda veio para enfraquecer o nome que já é patrimônio do Ceará, Polícia Militar. O que de bom o ronda tem são aproveitados pela mídia cearense, os custos com a publicidade. Juízo pessoal.

193

USO DE ALGEMAS Paulo Quezado e Jamile Virgínio falam sobre o uso de algemas no território nacional. Falam sobre a origem da palavra e sua destinação na época em que foi inventada. Inserem na matéria, alguns comentários jurídicos e nuanças sobre o uso de tal instrumento, no decorrer da história brasileira. Já os senadores brasileiros afirmam veementemente que algema foi feita para uso exclusivo em pobres e pretos. “Crianças” traquinas n~o podem ter a “primazia” e ser conduzidas com esses apetrechos alçados nos braços. É desonra. Os corruptos brasileiros além de surrupiarem os impostos pagos pelo povo, ainda se dão ao luxo de não serem algemados. Será que a lei só penaliza o pobre? Triste nação onde predomina a imunidade, a impunidade e outros viços que enlameiam o nome de nosso País e o coloca na condição de um dos mais corruptos do mundo. “O debate em torno do abuso na utilização de algemas tomou corpo, principalmente, após a Operação Dominó, desenvolvida pela Polícia Federal, na qual houve

194

exposição frente à mídia nacional de inúmeras prisões nas quais se lançava mão do artefato em estudo”. Aqui cabe uma indagaç~o: nessa operação estavam envolvidos pobres negros e cidadãos menos aquinhoados? O Brasil possui leis rigorosas, mas nunca são aplicadas. Esse deslize aumenta o poder de fogo, a audácia, a insensatez dos bandidos do colarinho-branco, pois sabem que terão a complacência da justiça, além de permanecerem com seus “patrimônios intactos”. “Mirabete nos ensina que: mesmo em época anterior a Beccaria, já se restringia o uso de algemas (ferros), permitido apenas na hipótese de constituírem a própria sanção penal ou serem necessárias à Segurança Pública.” Não precisamos nos espelhar em intelectuais para explicar o inexplicável. A Carta Magna é pisoteada todos os dias, rasgada, jogada ao lixo, e cheia de emendas, parecendo mais com um tabuleiro de pirulitos. Muito bonita a explicação das duas autoridades, mas normalmente esses ensinamentos passeiam fazem moradas nas faculdades e universidades brasileiras, onde se localizam os cursos de direito. “Através do Decreto” n° 4.824, de 22-11-1871, que

195

regulamentou a Lei n° 2.033, de 20-09-1871, promovendo a reestruturação do processo penal brasileiro, impôs-se, em seu art.28, sanção ao funcion|rio que conduzisse o preso “com ferros e algemas ou cordas” ressalvado os casos extremos de segurança, justificados pelo condutor; caso contrário, além das penas criminalmente previstas, seria “multado na quantia de dez a cinqüenta mil réis, pela autoridade a quem for apresentado o mesmo preso.”. É o novo esse Decreto! Continuando com os ensinamentos dos produtores da matéria: “Atualmente, o sistema constitucional contempla vários órgãos no capítulo sobre a segurança pública e, portanto, possibilita às diversas instituições valer-se de algemas”. Ressalte-se que o uso de algemas não é restrito, por lei, às corporações policiais ou órgãos de segurança pública, o que aumenta a gama de alternativas de sua utilização. Por inteligência do art. 22, I e do art. 144, parágrafo 7º, ambos da Constituição Federal de 1988, cabe à União, privativamente, legislar sobre direito penal, competindo à lei federal disciplinar o

196

funcionamento dos órgãos de segurança pública. A Lei de Execução Penal de 11-07-1984 sinaliza com o regramento do uso de algemas no art. 199, onde prevê a disciplina da matéria por Decreto Federal. Assim, “[...] a lei institui regra não autoaplicável referente ao emprego de algemas”. [“...] O sentido da norma é, exatamente, pela disciplina que se dará evitar o vexame e o constrangimento públicos que os presos algemados sofrem junto à comunidade, quando assim são vistos no traslado do estabelecimento penal para o foro, o hospital, etc”. No papel uma maravilha, mas na prática não funciona. É como dissemos antes, usar algemas é privilégio para pobres, negros e brancos menos aquinhoados. Se a própria Constituição é burlada, automaticamente o amparo dessas leis se torna inócuo. “A Constituição Federal, em seu art.5º, III, segunda parte, assegura que ninguém será submetido a tratamento degradante, e, em seu inciso X, protege o direito à intimidade, à imagem e à honra. A Carta Magna também consagra como princípio fundamental, o respeito à dignidade humana (CF, art.1º, III),

197

sendo obrigatória a sua observância pelos agentes públicos”. A palavra ninguém reforça nosso pensamento e nos dá ideia de que é um instrumento ilegal. O que é ilegal é proibitivo, então lixo nelas. Senhores se a Constituição fosse obedecida com rigor e respeito não estaríamos condenando determinadas conotações que tomaram vulto, visto que os envolvidos em falcatruas são banqueiros, políticos e assessores de “prestígio”, e altos funcionários do governo estadual, do municipal e federal junto a eles os devidos e costumeiros enganadores da população brasileira. Não iremos mais nos ater em Código Penal, visto que em nossa opinião já envelheceu e caducou. Só falta a estagnação biológica, após cessação do estado de letargia e catalepsia em que se encontra. O Brasil pode ser chamado de pátria mãe em determinadas ocasiões de mãe ingrata. Se incluirmos nesse rol os acontecimentos atuais envolvendo pretensos empresários, homens de bem que de bem nada têm. O bom e o bem se reverterão para eles. “No Rio de Janeiro, no âmbito do sistema penitenciário, vigora a Portaria nº. 288/JSF/GDG, de 10 de novembro

198

de 1976 (DORJ, parte I, ano II, nº. 421), que prevê a utilizaç~o de algemas “ao serviço policial de escolta, para impedir fugas de internos de reconhecida periculosidade”, devendo ser evitada nas pessoas contempladas com prisão especial pelo Código de Processo Penal Militar, ainda que estejam presas à disposição da justiça comum”. A referida Portaria ordena ainda que, se houver "servidores que de alguma forma tiverem necessidade de empregar algemas", deverão estes apresentar, após a diligência, ao chefe de Serviço de Segurança, relatório explicativo sobre o fato, sujeita sua não observância a penalidades administrativas. Consta, igualmente, referência ao assunto no Código de Processo Penal Militar, que prevê no art. 234: “O emprego de força só é permitido quando indispensável, no caso de desobediência, resistência ou tentativa de fuga”. Se houver resistência da parte de terceiros, poderão ser usados os meios necessários para vencê-la ou para defesa do executor, de seus auxiliares, inclusive a pris~o do ofensor. “De tudo se lavrar| autossubscrito pelo executor e duas testemunhas”. E disciplina, ainda, o §1º do

199

mesmo artigo: "O emprego de algemas deve ser evitado, desde que não haja perigo de fuga ou de agressão da parte do preso, e de modo algum será permitido, nos presos a que se refere o artigo 242" (grifo nosso). Note-se que na parte final do §1º do art. 234 o legislador escreveu mais do que devia. (Paulo Quezado e Jamile Virginio). Como podemos denotar na matéria em alusão, se esse privilégio continuar podem ter certeza que a corrupção quebrará os freios e ocupará todos os espaços vazios. É de espaços vazios que muitos estão à procura, quando quiserem tomar uma atitude mais rigorosa, a Inês já estará morta e sepultada. Veja que as regras mínimas da ONU para tratamento de prisioneiros, na parte que versa sobre instrumentos de coação, mais precisamente em seu nº. 33 estabelecem que o emprego de algema jamais possa dar-se como medida de punição. Trata-se de uma recomendação de caráter não cogente, mas que serve como base de interpretação. O CPP, em seu art. 284, embora não mencione a palavra "algema", dispõe que "não será permitido o uso de força, salvo a indispensável no caso de

200

resistência ou de tentativa de fuga do preso", sinalizando com as hipóteses em que aquela poderá ser usada. Dessa maneira, só, excepcionalmente, quando realmente necessário o uso de força, é que a algema poderá ser empregada, seja para impedir fuga, seja para conter violência da pessoa que está sendo presa. Quem garante que determinados infratores não tentarão fugir ou tramar uma fuga quanto estiver em plena liberdade. Essa liberdade é premio dado aos mesmos. Depois vem o arrependimento e o pedido de extradição. Aliás, no caso Cacciola quem foi o culpado pela sua ausência do país? O jeitinho brasileiro ainda é o ponto alto e faz um estrago tremendo. Se existe amparo legal nos Códigos não entendemos o porquê da burla cotidiana da Constituição de nosso país. Ela merece mais respeito minha gente. O Brasil é o país das doces punições, precisamos torná-las mais amargas, e já.

201

SITUAÇÕES ADVERSAS - Será que nossa sociedade está se tornando esquizofrênica? Nossas vidas são exemplos de novos comportamentos que se encaixam com perfeição ou mesmo com dificuldades nos diversos e múltiplos estilos, aliando-se aos preceitos de nossa vida. Muito se fala e se especula em “negoférias”, por ser um misto de negociações especiais imantado com férias. Muitos indagarão: isto dá certo? Claro que sim! Unir útil ao agradável sempre foi de bom alvitre. Trabalho, família, férias se transformam em mudanças econômicas. Bebida regrada e controlada, “controversa alternativa para alcoólicos anônimos (AA)”. Poderia de pronto esquecer de vez a violência das grandes metrópoles e ausência total dos programas televisivos que não mudam de tom. A cantiga da perua é uma só. Temos ouvido falar em “ambiç~o horizontal”, o que seria isto? Seria a oportunidade que nos levaria a procurar e encontrar valores mais altos do que apenas o sucesso “vertical”. Esse sucesso se transformaria juntamente com o “pragmatismo prematuro”,

202

que se apodera dos jovens com foco totalmente desordenado no futuro de sua economia. Palavra derivado do inglês pragmatism, na filosofia refere-se às doutrinas de C. S. Peirce (v. peirciano), W. James (v. jamesiano1), J. Dewey (v. deweyano) e do literato alemão Friedrich J. C. Schiller (1759-1805), cuja tese fundamental é que a verdade de uma doutrina consiste no fato de que ela seja útil e propicie alguma espécie de êxito ou satisfação. Caráter próprio do pragmatismo de C. S. Peirce (v. peirciano) que afirma que o conceito que temos de um objeto nada mais é que a soma dos conceitos de todos os efeitos concebíveis como decorrentes das implicações práticas que podemos conceber para o referido objeto; pragmaticismo nas formas usuais de ativismo, humanismo e naturalismo. O naturismo e a concepção daqueles que tudo espera das forças da natureza, a valorização excessiva dos agentes físicos naturais, como banhos, irradiações como métodos terapêuticos. Por falar em métodos terapêuticos nossa querida Fortaleza de Nossa Senhora da Assunção, a cada dia que passa se

203

descaracteriza, se transforma num planeta esburacado, de esgotos entupidos, saneamento básico inexistente, obras iniciadas que não se completarão, sem contar à sujeira que toma conta da loira e desposada do sol. A zona rica da cidade está suja, a zona pobre nem se fala. Na maioria das ruas e avenidas de Fortaleza existem buracos homéricos e já demos uma sugestão: colocar em cada um deles uma bandeira do PT (Partido dos Trabalhadores), só assim a cidade ficará com um colorido vermelho especial. Quando a sociedade se movimenta com muita rapidez os deslizes são notados com mais frequência. Nós precisamos um dos outros para viver bem e melhor, mas nossos governantes só querem sugar o povo com impostos absurdos e miseráveis. Viadutos na zona sul são limpos, enquanto na zona Oeste hospedam famílias desabrigadas e a sujeira toma conta do local. Sabemos que os direitos são iguais perante a lei, mas na prática esse direito inexiste e irá permanecer assim por longos anos.

204

A ambição política deveria ser horizontal. Não a ambição no sentido tradicional, vertical, de mais dinheiro e poder, mas no sentido de criar uma vida rica em relacionamentos e experiências, acreditando que o sucesso virá depois. Aprendi essas nuanças com o mestre Adam Hanft, escritor estrategista e crítico da mídia. A tendência de reversão só alcançará sucesso com denodo, dedicação, trabalho voltado para a sociedade independente de riqueza ou pobreza e não se desligar dos problemas da capital que são intermináveis. Essa é a Fortaleza de hoje. Esquecida, sofrida, suja, esburacada, infestada de feiras persas por todos os lados, praças depredadas, transporte precário, saúde sem saúde, educação deseducada e trânsito louco e desorientado e quem está para orientar, só serve para punir e multar. Saudades da Fortaleza de outrora. Quando se pensa em passear pelas ruas da Fortaleza “bela”, a alegria se une a vontade de chorar. Vamos chorar só assim aliviaremos as tensões do dia a dia. Fortaleza nossa querida capital dizimaram à sua beleza, as suas belas praças foram assaltadas, os ornamentos

205

sumiram, e nada nos locais vazios. Bem que as esculturas poderiam ser refeitas em pedra sabão ou cimento trabalhado, a praça dos leões hoje de leão nada existe. A da Lagoinha nem lagoa tem a Praça José de Alencar e da Sé, transformaram em feiras ambulantes. Faz pena e dó, e se não bastasse já estão matando o Parque do Cocó. É muita ironia, muito desprezo para com a quarta capital brasileira. As eleições vêm aí e nossa vingança será maligna. Bento Carneiro, vampiro brasileiro, vupt...

206

A NOSSA REVOLTA Nossas revoltas podem ser variadas. Elas se encadeiam e se transformam no dia-a-dia. Pensamos no que fazer e a solução mais plausível são vociferações. No alento da vida encontramos algumas soluções para os nossos dilemas. A unificação interna de nações altamente industrializadas, como as que compõem o G-8, beneficiou-se da tecnologia avançada, especialmente nos transportes, na comunicação e na exploração midiática. Não sabemos e não entendemos como um País tão rico, com uma extensão territorial imensa não sai da incômoda posição de terceiro mundo. O Brasil recentemente foi presenteado para sediar uma Copa do Mundo de Futebol, e já é pensamento dos que fazem o écran esportivo trazer as próximas olimpíadas para cá. Será que temos respaldos para tal? Olha, há poucos dias fomos ao Castelão assistir a uma refrega e saímos de lá decepcionados. Notamos e anotamos nuanças negativas que uma praça de futebol cotada para sediar jogos da copa não pode ter o que lá vimos é horripilante. A

207

situação do Castelão é lamentável. Cadeiras quebradas, sujas, banheiros que mais parecem pocilgas, comportamento inadequado das torcidas “organizadas”, eliminam a possibilidade da presença feminina. Sujeira que dá no meio da canela, vazamentos, estrutura abalada, comércio de bebidas alcoólicas, guloseimas que só servem para sujar e negativar a psicosfera do Castelão. Nosso futebol está entregue aos insetos daninhos, entre eles: moscas, mosquitos, muriçocas, ratos e baratas e de quebra aos baderneiros de plantão. Não importa como seja chamado o jogo do pé na bola é incontestavelmente o esporte mais popular do mundo. Verdade! Aqui, podemos sinonimizar como o mais desorganizado do mundo. Muita coisa deve ser feita, se almejam um futebol grande e de qualidade. A outra praça de esportes, o presidente Vargas está nas mesmas condições. Triste e desolado. A mídia esportiva não faz por onde merecer um futebol forte e combativo, visto que existe mais paixão do que profissionalismo. A catalepsia vai dizimando os clubes tradicionais do estado do

208

Ceará. Agir com rapidez, pensar com altivez, senão o pebol alencarino será a bola da vez. Incompetência geral é a nossa opinião.

209

A QUEDA DE UM GIGANTE “A civilizaç~o sempre cuida saber excessivamente, mas, em tempo algum, soube como convém saber. É por isto que, ainda hoje, o avião bombardeia, o rádio transmite a mentira e a morte, e o combustível alimenta a maquinaria de agress~o”. Uma enxurrada de acontecimentos tristes e deletérios toma conta da nação brasileira. O brasileiro cansado, triste, desanimado, com tantas prevaricações pergunta a si mesmo: o que fazer Meu Deus? O homem tem-se tornado um ouvinte passivo, visto que nossa sofrida nação está abarrotada de pessoas de elevada altitude. Normalmente quem pratica crimes seja qual for o “modus operandi” nunca assume seus atos e a primeira palavra a ser expelida de sua boca é: “sou inocente”! As pessoas de elevada altitude sempre estão às voltas com a corrupção e o mais horripilante, é que são impunes aos efeitos da justiça, ou a justiça é complacente com eles. São assassinos em potencial. Daniel Dantas, Naji Nahas, Salvatore Cacciola, Celso Pitta e um número incontável de afanadores do dinheiro

210

público, estão impunes e a holofotear as ações da Polícia Federal (PF). É uma ação de prende e solta, que o mais inteligente dos brasilianos não entende mais nada. Dinheiro e poder são as marcas desses “senhores”. E as vítimas s~o os carimbaços da vida. São alguns dos maiores criminosos financeiros do País. Estão no orbe dos maiores vilões e não entendemos porque estão soltos. Não difere em nada, dos Fernandinhos beira-mar. É a sanha assassina, o egoísmo exacerbado, a prepotência, a arrogância e a falta de respeito para com os consumidores, que pagam seus impostos honestamente. A artimanha destes bandidos são imbas, são verdadeiras cozinhas de ideias, que ao sabor e ao cheiro, deixam tontos e desnorteados os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Quem rouba galinha vai preso, autuado e desce de imediato para o presídio. Quem afana bilhões recebe como recompensa a liberdade, pois não podem ser algemados nem passar por vexames. O Brasil vive uma crise de conteúdo e está se exaurindo. Se medidas fortes e de efeitos morais

211

não forem tomadas, a queda do gigante será sem proporções.

212

O REVERSO DA MEDALHA O Rio de janeiro tem se tornado uma cidade sem lei. Entra governo, sai governo e a situação de penúria continua. O tráfico é o grande vilão da história. A decadência dos organismos sociais tem um culpado, todos sabem, mas ninguém toma providências. A pobreza e a miséria norteiam os caminhos do Brasil, e os escaninhos maltratam, transformando população brasileira numa sociedade ansiosa, medrosa e sem defesa. Para as barbáries que fazem parte do écran cotidiano das grandes e pequenas cidades brasileiras nenhuma atitude rigorosa é tomada e vão levando com a barriga. Não estamos aqui para julgar nem defender ninguém, mas para emitir opiniões, visto que se existe “democracia” no país, esse direito é de plenitude. Lamentamos a morte do pequeno e indefeso João Roberto Amorim Soares de três anos na noite de domingo (seis de julho) na Tijuca, Zona Norte do Rio. Perder um filho numa situação drástica é de estarrecer. É plenamente aceitável o desespero e a revolta dos pais da criança, aliás, onde estão os impostos que eles

213

pagam? A mídia nos últimos anos tem se tornado um organismo onde o sensacionalismo predomina. O poder de julgar pertence à justiça e não a nós. Se a justiça dos homens falha, a Divina não. É muito fácil um governante fazer charminho nos Meios de comunicação, dizendo que vai expulsar os bandidos que causaram a morte de uma criança inocente numa operação policial infeliz. Demagogia pura. Todos sabem que o Comandante Supremo das Polícias Militares são os governadores dos Estados. Quando um subordinado erra o comandante não se exime de culpa. Afinal ele est| ali para quê? Vejam: “criança é arrastada até a morte por assaltantes”. O Brasil tem acompanhado o império da morte sobre o Rio de Janeiro, como a mais recente. Há mortes, ocasionadas por uma política de segurança pública equivocada, de todos os lados e todos os dias. “As Polícias, Militar e Civil, do Rio de Janeiro são compostas em esmagadora maioria, por verdadeiros heróis, pois diante dos baixos salários e do pouco treinamento, procuram colocar em prática da melhor forma,

214

sua gloriosa missão, a de defender o cidad~o”. Diante de mais uma tragédia no Rio, tenta-se a todo custo, atribuir totalidade da culpa aos policiais. Que eles são culpados por muitas tragédias, isto é sabido, no entanto, a culpa maior vem de cima. Vem do Governador que não prestigia a polícia, pagando-lhe baixíssimos salários, uns dos mais baixos do Brasil, e não lhes dando treinamento adequado. Não adianta vir agora o Governador e o Secretário de Segurança Pública utilizar-se de frases de efeitos, tentando eximirem-se de culpa e jogarem os policiais no fogo. “N~o, n~o adianta”. Senhores estas acusações n~o s~o nossas estão inseridas num site de nome Holofote, e se intitula: “uma an|lise crist~ do cotidiano, por Paulo Teixeira” (RJ). Muitas críticas de autoridades contra ações da Polícia Federal na prisão dos três corruptos. Diziam que houve exageros e que as “crianças” não deveriam ter sido algemadas. Ficamos a pensar como será a geração brasileira no futuro. As drogas rolam soltas, a prostituição infantil aumenta a prostituição adulta também, medidas

215

educativas são esquecidas e a solução mais viável é penalizar ainda mais o combalido bolso do consumidor. Nem duas balinhas contendo licor o motorista pode saborear, que será autuado, preso, carro e carteira tomadas e ainda terá que pagar mais quando for liberar seu carro. Meu Deus que país é este. A polícia prende e a justiça solta. Aqui no Brasil temos de tudo, menos punição para ricos e poderosos. A “Trindade Social” arqueja, geme entra em estado de letargia. De quem é a culpa pelas intensas e imensas mortes de bebês na Santa casa de Misericórdia em Belém do Grão Pará? Das crianças, dos menores que estão nas ruas, dos pedófilos que não são punidos, da liberação do jogo do bicho, que é contravenção penal, das prostitutas e dos travestis que fazem trottoir nas ruas principais das grandes cidades, dos flanelinhas ameaçando motoristas indefesos. Da facilidade em que encontram gringos para entrarem no Brasil, enquanto cidadãos de bem são proibidos de adentrar em outros países. Vemos moças de classe média, universitárias vendendo seus corpos em sites da internet para

216

custear seus estudos, e por trás de tudo isso, os exploradores dessas jovens enchendo os bolsos engordando suas contas bancárias, mas nenhuma atitude é tomada. É triste ter que engolir e vomitar todas essas mazelas, enquanto isso, famílias de policiais mortos passam por privações em todo Brasil. Policial no Brasil é tratado como animal, pois pelo que ganham só podem morar em guetos e favelas. Nas favelas moram pessoas de bem, mas são nesses locais que meliantes, traficantes se escondem para praticar seus delitos, seus instintos bestiais. Enquanto isso acontece, nosso presidente ganha fama e vai para o Livro dos Recordes como a autoridade de um país que mais viajou em toda história política do mundo. As eleições vêm aí milhões e milhões serão gastos, mas se sabe que o cenário não mudará, pois as mesmas faces, as mesmas caras estarão nos enganando novamente. Outro assassino poderoso ainda está impune, o Aedes aegypti, o governo que não tem capacidade nem força para exterminar um mosquito, vai encontrar força aonde para resolver os insolucionáveis

217

problemas brasileiros? O Brasil hoje é com certeza uma nau sem rumo perdida num grande oceano, seu comandante burlado, enganado pela péssima assessoria que tem como afirma o dito popular de que o homem é o produto do meio, ele se imanta nessa enxurrada dorida também. Veja as coisas como são: muitas pessoas não podem se submeter a concursos por não possuírem o ensino fundamental completo, mas estamos sendo governados por um cidadão desse quilate. Temos pena da geração futura, pois a nossa vai ter que suportar até a morte as inescrupulosas ações daninhas de nossos representantes, aqueles que os colocamos lá através do voto popular. Meu Deus tenha dó dos brasileiros, pois os homens de boa vontade sumiram do mapa foram exterminados, tragados pela incompreensão e julgamentos exacerbados da mídia brasileira que só pensa nos picos de audiência. Quem patrocina o rico carnaval no Rio de Janeiro? No Brasil viva o luxo e morra o bucho. Já que o Brasil vai ser sede de uma Copa do Mundo de futebol, o governo do Rio de

218

Janeiro deve muitas explicações a FIFA (A Fédération Internationale de Football Association ou Federação Internacional de Futebol (FIFA)). As Forças Armadas já conseguiram desarmar se a Polícia Federal continuar prendendo e algemando corruptos poderá receber seu castigo. Um parlamentar custa para os cofres públicos aproximadamente 12 milhões de reais por ano e quem paga essa gente para nada fazer? Os consumidores. Pense nisso!

219

SER OU NÃO SER Uma das profissões mais questionadas nos dias atuais é a de jornalista. O jornalismo integra a Comunicação Social. Um dos quesitos para se exercer a profissão de jornalista é ter curso de nível superior com duração de quatro anos e a unidade acadêmica ser autorizada e reconhecida pelo MEC (Ministério de Educação e Cultura). Na conturbação atual, na salada, na mistura, na sopa, no caldo, no mingau que transformaram a profissão de jornalista, uma indagação seria de bom alvitre. Compensa ser jornalista nos dias atuais? “Jornalismo é a atividade profissional que consiste em lidar com notícias, dados fatuais e divulgaç~o de informações”. Também se define o Jornalismo como a prática de coletar, redigir, editar e publicar informações sobre eventos atuais. Jornalismo é uma atividade de Comunicaç~o. “Ao profissional desta área dá-se o nome de jornalista”. O jornalista pode atuar em várias áreas ou veículos de imprensa, como jornais, revistas, televisão, rádio, websites, weblogs, assessorias de imprensa, entre muitos outros. Poderíamos

220

nos estender mais na sinonímia de jornalismo, mas esta já está bem consistente. Muitos afirmam ser o jornalista um repassador de notícias, mas entendemos que o repassar da notícia é mais inerente ao profissional do rádio ou radialista. Muito se cobra do jornalista. Ética, seriedade, compromisso com a verdade, e obediência integral ao regulamento. Graduação, especialização, doutorado, pós-doutorado são cursos que o bom jornalista deve fazer os chamados (pós-graduação). O que se vê no dia a dia da mídia é um amontoado de pretensos profissionais que se passam por jornalistas, mas na realidade nem curso superior possuem. Sonhar em ter uma profissão definida nunca foi pecado. Conversando com um aluno de um determinado curso de jornalismo, ele disse o seguinte: “A respeito do mercado de trabalho, afirmou ser apertado, e por isso os aspirantes devem sair da universidade com um perfil empreendedor”. “O jornalismo tem uma máxima que diz: quanto mais velho melhor, ou seja, o jornalista fica muito tempo no meio de comunicação, então, n~o surge vaga para ninguém”. “Ele também

221

falou que o reconhecimento financeiro leva tempo”. Quando falamos em aspirantes, nós nominamos de focas. Essa afirmação de que é preciso ficar velho para se tornar melhor e tomar o lugar dos outros não condiz com a realidade. O jornalismo, medindo as devidas proporções é como a medicina, tem várias áreas, por isso a especialização é de suma importância, que opiniões como esta não sejam mal direcionadas. E não aconteçam jamais. Outro fato negativo, a concessão pública das emissoras de televisão e rádio que em sua maioria vai cair nas mãos de políticos e empresários. Muitos acadêmicos no afã de aparecer no doce pensar de que a profissão é rendosa e dá dinheiro, podem tirar o cavalinho da chuva, pois isso não acontece. As carinhas bonitas, os corpos esculturais são fábricas de fazer dinheiro. Os privilegiados pela natureza são os que ganham mais na mídia e não estão preparados para a árdua missão do jornalismo. Muitas vezes exercem alguma função e apresentam programas por paquerar, namorar ou casar com um dos grandes do meio

222

jornalístico. A invasão na profissão é clara e aqui indagamos: será que na medicina, na odontologia, no direito, na psicologia, alguém pode exercer estas profissões sem que esteja preparada? Duvidamos. No jornal O Povo de 08/07/2008 na seção opinião, a jornalista Adísia Sá manifesta-se sobre o assunto num artigo intitulado: “Diploma, Sim”. “A exigência de diploma para o exercício da profissão (atividade, funções) de jornalista tem sofrido críticas, inclusive de gente da área, alegando que assim se estaria limitando a liberdade de express~o”. Será? Fala sobre Constituição, definição de diploma e l| no encerramento explana: “Sobre isso a Constituiç~o Brasileira é imperativa: Art.5º.”. , XIII – “é livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a Lei estabelecer”. Para o jornalista “as qualificações profissionais” foram definidas no DL-972/69, em plena vigência. A exigência do diploma para o exercício da profissão de jornalismo é imperativo da sociedade contemporânea, que exige cada vez mais. Essa qualificação é fruto das escolas de

223

jornalismo... Comunicação. Se alguém chega às redações sem o preparo desejável, isto não se deve à exigência do diploma e sim à má qualidade dos cursos. Permita-nos estimada jornalista discordarmos de sua opinião, mas não chegaríamos a tanto. O que falta é bom senso e boa vontade dos que “fazem jornalismo” com responsabilidade e altivez. Em nossa modesta posição, opinião e pensar nós colocaríamos azimutes brilhantes como sugestões e opiniões para o que afirmas em seu artigo. Na formação de um profissional de jornalismo, o MEC deveria incluir mais um ano na carga horária. Esse seria totalmente voltado para a prática, mas infelizmente o ensino superior acompanha o fundamental, estão sucateados, em estado de letargia. As faculdades particulares também passam por este dilema. Continua a jornalista: “esse quadro, friso bem, não é privativo das escolas e de alunos de jornalismo”... Neste ponto se faz necessário salientar a importância do Conselho Federal de Jornalismo, porque a ele, dentre outros objetivos, compete acompanhar a criação

224

e o funcionamento dessas organizações universitárias, estrutura física, pedagógica, e, principalmente o seu quadro docente. Como não somos iguais e temos opiniões contrárias, deixamos aqui nossa lição para os grandes, os que fazem as leis. O jornalismo atualmente é tema de filme: “V|rios estranhos no ninho”. Nominação nossa. Pensem nisso!

225

A VIDA Viver é um dom divino, viver em paz é o desejo de todos. Uma boa vida é a esperança da totalidade dos seres humanos. Mas, a maioria não consegue atingir esse objetivo. O livrearbítrio deixou o homem a mercê de sua idoneidade moral, do bem e do mal. O que instiga as pessoas é o instinto animal que se apodera do homem. Vejam como os homens diferem em ações e pensamentos. O homem criou o decálogo, uma nova forma de viver e atuar conforme seus ideais e pensamentos. Neste decálogo estão inseridos os mandamentos da ideologia socialista. “O Socialismo é um sistema político-econômico ou uma linha de pensamento criado no século XIX para confrontar o liberalismo e o capitalismo. A idéia foi desenvolvida a partir da realidade na qual o trabalhador era subordinado naquele momento, como baixos salários, enorme jornada de trabalho entre outras”. Nesse sentido, o socialismo propõe a extinção da propriedade privada dos meios de produção e a tomada do poder por parte do proletariado e

226

controle do Estado e divisão igualitária da renda. Todo tipo de governo tem seu ideal e o idealizador ou idealizadores. No caso do socialismo o papel fundamental coube aos precursores dessa corrente de pensamento foram Saint-Simon (1760-1825), Charles Fourier (1772-1837), Louis Blanc (1811-1882) e Robert Owen (1771-1858), conhecidos como criadores do socialismo utópico. Outros pensadores importantes que se enquadram no socialismo científico são os conhecidos Karl Marx e Friedrich Engels. Esses personagens são deveras estudados no decorrer de nossa aprendizagem nos bancos escolares. O que nós apomos aqui não é criação nossa e jamais pensamos em produzir tamanha disparidade contra o trabalhador seja ele qual for. Aqui queremos citar o que foi escrito - em 1913, pelo líder revolucionário russo Vladimir Lênin, o pai do comunismo (sistema governamental ateísta). Os mandamentos do socialismo ensinado por este líder revolucionário russo tinham como ponto inicial, os detalhes aqui descritos. 1-Corrompa a juventude e dê-lhe liberdade sexual; 2- Infiltre e depois controle

227

todos os meios de comunicação; 3- Divida a população em grupos antagônicos, incitando-os a discussões sobre assuntos sociais; 4- Destrua a confiança do povo em seus líderes; 5- Fale sempre em democracia e em estado de direito, mas, tão logo haja oportunidade, assuma o poder sem qualquer escrúpulo; 6- Colabore para o esbanjamento do dinheiro público, coloque em descrédito a imagem do país, especialmente no exterior, e provoque o pânico e o desassossego na população por meio da inflação; 7- Promova greves, mesmo ilegais, nas indústrias vitais do país; 8- Promova distúrbios e contribua para que as autoridades constituídas não as coíbam; 9- Colabore para a derrocada dos valores morais, da honestidade e da crença nas promessas dos governantes; 10- Procure catalogar todos àqueles que têm armas de fogo para que a confiscação seja concretizada no momento oportuno tornando impossível qualquer resistência. Senhores analisem bem esses mandamentos vejam quais deles é constância no governo brasileiro. E depois de uma boa análise tirem suas conclusões. O mais assustador de tudo isso é que a maioria das

228

pessoas, principalmente as menos esclarecidas, veem toda essa imoralidade apenas sob o aspecto financeiro, não percebendo que o principal objetivo é um elaborado plano que visa destruir as nossas instituições. Instituições que, como a família, o estado de direito, o bem público, a religião entre outras. Que são os pilares que sustentam uma verdadeira democracia. Considerando que apenas 10% da população brasileira têm a intelectualidade necessária para entender essa realidade, nosso dever estaria por conta de levar essa verdade ao conhecimento de pelo menos mais nove pessoas. Isso não é muito, se pensarmos que convivemos diariamente com um número de pessoas muito maior que esse. Você poderá achar que tudo isso não tem absolutamente nada a ver com a nossa vida e a nossa família, mas pode acreditar que, se não fizermos a nossa parte, terá muito a ver com o futuro do nosso país, dos nossos filhos e netos. Infelizmente! E qualquer semelhança com acontecimentos atuais, quase 100 anos depois, “n~o é mera coincidência”. Algumas anotações

229

contidas nesse artigo tiveram como inspiração o site de excelente qualidade e de bom conteúdo; (http://mundoeducacao.uol.com.br/). Cabe uma pergunta ou indagação: será que estamos bem representados no governo atual? A política atual tem esse direcionamento político? São nuanças que devemos pensar repensar e tomar os devidos cuidados. Esses mandamentos nos chegaram às mãos através de um e-mail em forma de slide e achamos oportuno levar ao conhecimento da população e pincelar com nossas ideias e pensamentos sobre o assunto. A transparência e o ideal de cada um se não se tornar público morre no próprio nascedouro. O principal pensador do socialismo foi Karl Marx, para ele esse regime surgiu a partir do capitalismo e seus meios de produção, tendo seu controle desempenhado pelo proletário, assim como o Estado, que posteriormente seria extinto, dando origem ao comunismo que corresponde a uma sociedade sem governo, polícia, forças armadas entre outros, além de não possuir classes sociais e economia de mercado. Após o declínio do socialismo, a partir de 1991 com a queda da União Soviética, o

230

sistema perdeu força no mundo, atualmente poucos países são socialistas de fato e de direito, é o caso da China, Vietnã, Coréia do Norte e Cuba, mas outros países ainda estão pregando esta filosofia e tiveram como professor emérito o velho Karl Marx.

231

LEI SECA Nunca uma lei causou tanta polêmica no Brasil, como a lei seca. Até a pena de morte não provocou esse cisma tão indolente, que no pensamento da população, é mais uma maneira estrábica de vazar os bolsos combalidos dos habitantes do controverso país. Os malefícios das drogas lícitas e ilícitas deveriam ser ‘venturas ensinadas’ nas escolas, principalmente quando se sabe que um percentual muito grande da população, ingere tipos diferentes de bebidas alcoólicas e normalmente os filhos convivendo com familiares que bebem irão num futuro bem próximo participar desse orbe ou écran pernicioso. Ainda mantemos nosso ponto de vista, de que o percentual maior de bebedores compulsivos está na classe mais baixa da população, pois muitos não desejam ruir diante de tantos sofrimentos. A lei seca tão propalada para os motoristas não condiz com a realidade ou sinonímia da mesma. “Lei Seca é uma denominação popular da proibição oficial do período em que o fabrico, varejo, transporte,

232

importação ou exportação de bebidas alcoólicas se torna proibido ou ilegal.” Como podemos notar a lei seca não fala na ingestão de bebidas e tem muita gente trocando alhos por bugalhos. A definição se tornou famosa após a proibição ter sido adotada nos Estados Unidos em 16 de janeiro de 1919, quando foi ratificada a 18ª Emenda à Constituição do país, entrando em vigor um ano depois, em 16 de janeiro de 1920. Seu cumprimento foi amplamente burlado pelo contrabando e fabrico clandestino. A Lei Seca foi abolida em 5 de dezembro de 1933, tendo assim durado 13 anos, 11 meses e 24 dias. Como o brasileiro é instigado por natureza para burlar as coisas proibidas, a conscientização pode demorar anos a fio. Por que o governo não suspende a fabricação de bebidas por seis meses como medida preventiva? Muitos irão dizer que a fabricação de bebida alcoólica é muito fácil e rende muitos impostos para o governo. E quem afirma assim tem razão, visto que o contrabando de bebidas e a falsificação tem se tornado banal no Brasil. Em qualquer fundo de quintal pode-se fermentar

233

bebidas de toda espécie. Segundo especialistas e estudiosos no Brasil não existem leis. A Lei Seca é mais um dispositivo legal que vigorará durante a época das eleições. O período de proibição varia de acordo com a legislação de cada Estado. O expediente é usado também por muitas cidades numa tentativa de conter os índices de violência. Geralmente em dias úteis da semana, no período da madrugada, os bares são proibidos de funcionar e o comércio de bebidas, reprimido. Hoje a bebida alcoólica faz parte da vida do povo brasileiro, ela está sempre presente em solenidades variadas, casamentos, batizados, aniversários, em igrejas, nas universidades, nas escolas, nas praias, nos aviões, até no interior dos presídios. É uma cultura antiga retirá-la abruptamente irá causar muitos problemas ao governo. Em 20 de junho de 2008 foi aprovada a Lei 11.705, modificando o Código de Trânsito Brasileiro. Apelidada de "lei seca", proíbe o consumo de qualquer quantidade de bebida alcoólica por condutores de veículos. Vejam: qualquer

234

quantidade, a lei é clara, nenhuma quantidade de álcool. No site Terra encontramos a informaç~o seguinte: “Lei Seca: PRF prende 189 motoristas em todo o País”. No total, 255 pessoas foram multadas por dirigirem alcoolizadas. São Paulo - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 189 motoristas embriagados, entre as 21h de sexta-feira às 6h de domingo, nas rodovias federais de todo o País. O Código de Trânsito atual está amarrotado, pois foi lançado com uma força brutal e nem as bicicletas escaparam e no frigir dos ovos nada funcionou. No total, 255 pessoas foram multadas por dirigirem alcoolizadas. As prisões ocorreram dentro da Operação Grau Zero, a primeira realizada para fiscalizar o cumprimento da Lei 11.705, que proíbe a ingestão de álcool por quem dirige. Minas Gerais foi o estado com mais prisões: 34 no total. No Rio Grande do Sul, os agentes rodoviários federais prenderam 29 motoristas. Mato Grosso do Sul foi o terceiro colocado, com 17 prisões, seguido por Pernambuco (14) e Paraná (13). Minas Gerais também lidera o número de motoristas

235

multados durante a operação, com 44 autuações. Rio Grande do Sul aparece em seguida, com 37; depois vêm Santa Catarina (23), Bahia (21), Paraná (20) e Mato Grosso do Sul (20). Desde o dia 19 de junho, quando a lei foi sancionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a PRF já prendeu 296 motoristas e multou um total de 369. A Operação Grau Zero foi realizada nos 61 mil quilômetros de rodovias federais. A PRF empregou 700 policiais e 80 etilômetros (bafômetros). A cantilena vai continuar e a perua não vai deixar de cantar. No carnaval, nas eleições, em época de copa do mundo, nos estádios de futebol, nas boites, nas vaquejadas, nas festas do chitão, dos (as) padroeiras, nas festas de São João e São Pedro, as bebidas alcoólicas são vendidas abertamente. Nas ruas da cidade, nas calçadas, nos canteiros o álcool está em todo lugar. Não é multando e prendendo cidadãos de bem que vão resolver o problema. Se for para cumprir a lei o exemplo tem que partir do próprio governo. Será que nas festividades e comemorações no Palácio do Planalto não servem álcool? Duvidamos senhores. De tanto se

236

falar em bebidas alcoólicas temos que louvar uma instituição séria que têm recuperado muitos viciados, os AA (Alcoólicos Anônimos), voluntários que fazem seu trabalho por amor. Sem remuneração. A lei deve ter um objetivo precípuo. As propagandas de bebidas alcoólicas são as mais bonitas possíveis, isso impregna o homem pela sua mentalidade fraca, por causa genética e por ter ou tido no seio familiar bebedores inveterados na família. A nova Lei 11.705, que altera o Código de Trânsito Brasileiro, proíbe o consumo de praticamente qualquer quantidade de bebida alcoólica por condutores de veículos. A partir de agora, motoristas flagrados excedendo o limite de (0,2 grama) de álcool por litro de sangue pagarão multa de 957 reais, perderão a carteira de motorista por um ano e ainda terão o carro apreendido. Para alcançar o valor-limite, basta beber uma única lata de cerveja ou uma taça de vinho. Quem for apanhado pelos já famosos "bafômetros" com mais de (0,6 gramas) de álcool por litro de sangue (equivalente três latas de cerveja)

237

poderá ser preso. Entenda melhor a nova "Lei seca" brasileira. Não somos a favor do consumo de álcool, mas outras substâncias proibidas e a exploração das empresas imposta aos motoristas são causas de acidentes. Pneus velhos, carros com mais de dez anos de uso, falta de passarelas, estradas em péssimas condições de conservação, estradas sem acostamentos, falta de limpeza nas laterais das BRs, que não permitem uma visualização perfeita de quem dirige. Pontes, viadutos sem conservações, medo de assaltos são causas geênicas de acidentes. No lugar da Lei seca vamos substituí-la por lei cheia. Que se punam motoristas infratores, mas que se faça o mesmo com governo irresponsáveis, pois as estradas estaduais, federais e as ruas das grandes e pequenas cidades estão em condições de penúria. Vamos cobrar também multas pesadas dos gestores públicos que não zelam por suas cidades e acabar essa mania de sugar a população, pois já não suportamos o fardo pesado de impostos que somos obrigados a pagar. Senhores gestores o buraco é mais acima.

238

O MODERNO ANTIMODERNISTA A literatura brasileira ficou conhecida em três períodos distintos. Os pré-modernos, modernos e Antimodernista. O período considerado prémodernista vai de 1902 a 1922, vinte anos de duração. O Pré-Modernismo não pode ser considerado uma escola literária, mas sim um período literário de transição do Realismo/Naturalismo para o Modernismo. De caráter inovador, a maioria de seus membros não se enquadra como Modernistas por não terem sobrevivido o suficiente para participar ou terem criticado o movimento. Outro prémodernista, que se encontra em página separada foi Lima Barreto. Numa simples conotação diremos que o prémodernismo é o período anterior ao modernismo, pertencente ou relativo ao prémodernismo. Encontramos várias nuanças para classificação, com definição mais consistente de pré-modernismo. O pré-modernismo (ou ainda estética impressionista) foi um período literário brasileiro, que marca a transição entre o

239

parnasianismo e simbolismo e o movimento modernista seguinte. Já além-mar, em Portugal, o pré-modernismo configura o movimento denominado saudosismo. O termo prémodernismo parece haver sido criado por Tristão de Athayde, para designar os "escritores contemporâneos do neoparnasianismo, entre 1910 e 1920", no dizer de Joaquim Francisco Coelho. Representa, assim, um período eclético (que possui várias correntes de ideias, sem se fixar numa delas) e não uma escola ou movimento. Para os autores, o momento histórico brasileiro interferiu na produção literária, marcando a transição dos valores estéticos do século XIX para uma nova realidade que se desenhava, essencialmente pautado por uma série de conflitos como o fanatismo religioso do Padre Cícero e de Antônio Conselheiro, o cangaço, no Nordeste, as revoltas da Vacina e da Chibata, no Rio de Janeiro, as greves operárias em São Paulo, a Guerra do Contestado, além disso, a política seguia marcadamente dirigida pela oligarquia rural, o nascimento da burguesia urbana, a industrialização, segregação dos negros pós-

240

abolição, o surgimento do proletariado e, finalmente, a imigração europeia. Meio complicado esse período da literatura brasiliana, mas, além desses fatos somam-se as lutas políticas constantes pelo coronelismo, e disputas provincianas como as existentes no Rio Grande do Sul entre maragatos e republicanos. Queria abrir um espaço nesse contexto literário e falar de um escritor que se notabilizou no período de 1882 a 1948, seu nome Monteiro Lobato. Paulistano, nascido no interior paulista, mas precisamente na cidade de Taubaté, considerado um dos escritores brasileiros de maior prestígio, devido a sua grande atuação como intelectual, sua polecimidade e dedicação à construção de histórias infantis que fizeram grande sucesso. Sua luta está ligada também ao plano político e social. Seu aspecto moralista e doutrinador levou a frente seu ideal de transformar o brasileiro num povo com progresso moral e mental. Notabilizou-se pelo personagem Jeca Tatu, um tipo caipira mostrando a face do sertanejo brasileiro doente e com verminose. Sua paixão

241

pela escrita era grande demais, com isso fundou a Monteiro Lobato & Cia., a primeira nacional, sendo mais tarde transformada em Companhia Editora Nacional e a Editora Brasiliense. Defensor do meio ambiente e das reservas nacionais. Escreveu o escândalo do petróleo em 1936, autoridades brasileiras visando interesses internacionais, a velha corrupção. Preso durante a ditadura Vargas, em 1941. Com a prisão o país entristeceu. Regionalista e pré-modernista se destacou no ramo dos contos. Uma curiosidade: “José Bento Monteiro Lobato nasceu em 18/04/1882 como José Renato Monteiro Lobato e mudou seu nome mais tarde para poder usar a bengala com as iniciais JBML do pai”. Bacharel em Direito contra a vontade, dizia sempre o que pensava e defendia a verdade. Escreveu livros para crianças e iniciou o movimento editorial brasileiro. Meteu-se em encrenca ao afirmar que o Brasil tinha petróleo (e estava certo). Editou livros para adultos e, desgostoso, voltou à literatura infantil. Morreu a 04/07/48. Em Urupês aparece pela primeira vez à figura de Jeca Tatu. Seu

242

outro livro de contos muito famoso, que se junta a sua bibliografia de 30 obras é Cidades Mortas. Uma característica única de Monteiro Lobato é sua linguagem, simplificada, mais até do que a atual gramática oficial. Ficou famoso pelo artigo publicado no jornal o Estado de são Paulo em 1917, que tinha como título ‘Paranoia ou Mistificaç~o’? Criticou violentamente a exposição de pintura expressionista de Anita Malfattti, pintora paulista radicada na Europa. Chamou o trabalho da pintora de uma deformação mental. Na literatura infantil foi um dos pioneiros em nosso país e toda a América Latina. Personagens como Narizinho, Pedrinho, a boneca Emília, Dona Benta, a negra Tia Anastácia, o Visconde de Sabugosa e o porco Rabicó, tornaram-se conhecidos mundialmente. Por apresentarem uma obra significativa para uma nova interpretação da realidade brasileira e por seu valor estilístico, limitaremos o Pré-Modernismo ao estudo de Euclides da Cunha, Lima Barreto, Graça Aranha, Monteiro Lobato e Augusto dos Anjos. Assim, abordaremos o período que se

243

inicia em 1902 com a publicação de dois importantes livros - Os sertões, de Euclides da Cunha, e Canaã, de Graça Aranha e se estende até o ano de 1922, com a realização da Semana de Arte Moderna. A literatura brasileira atravessa um período de transição nas primeiras décadas do século XX. De um lado, ainda há a influência das tendências artísticas da segunda metade do século XIX; de outro, já começa a ser preparada a grande renovação modernista, que se inicia em 1922, com a Semana de Arte Moderna. A esse período de transição, que não chegou a constituir um movimento literário, chamou-se Pré-Modernismo. Escreveu “Imposto Único depois publicou seus primeiros livros: “Urupês”; “Cidades Mortas”; e “Negrinha”. Segundo Marisa Lajolo, Lobato nestes livros traz o melhor de sua literatura, principalmente em Urupês Negrinha’, nos quais, segundo ela, “comparecem os diferentes brasis que até hoje, sobdiferentes formas, assombram as esquinas da nossa história”. Os contos contam do trabalho do menor, do parasitismo da burocracia, da violência contra negros, imigrantes e mulheres,

244

da empáfia dos que mandam do crescimento desordenado das cidades, da degradação progressiva da vida interiorana; enfim, os contos contam do preço alto do surto de modernidade autofágica que desemboca na crise de 30.”. Os dois livros mostram a "aguda sintonia de Lobato com um tempo que reclamava novas linguagens" e marcam a vigorosa entrada no mundo literário brasileiro de um grande escritor que, segundo ele mesmo disse, "talento não pede passagem, impõe-se ao mundo". Logo depois ao glorioso início da carreira literária, Lobato viajou para os Estados Unidos, voltando somente em 1931. Lá enfrentou sérios problemas. Seu livro "O Presidente Negro e o Choque de Raças”; uma história que narra à vitória de um candidato negro à Presidência dos EUA; não foi muito aceito e acabou por custar-lhe grandes desgostos, mas aqui, sempre foi um ardoroso defensor daquele país, chegando a afirmar, em carta enviada a Érico Veríssimo, que considerava os "Estados Unidos como uma dessas famosas composições musicais que são

245

impostas a todos os grandes executantes a fim de tirar a prova dos noves fora do seu valor real, a rapsódia húngara de Lizt (sic), certas fugas de Bach". Nessa mesma carta, ao comentar o novo livro de Érico, Lobato afirmou: “Escrever bem é mijar”. “É deixar que o pensamento ‘flua’ com a vontade da mijada feliz.”. Aqui coloco a disposição dos que gostam dessa figura maravilhosa, muitos aspectos importantes sobre a vida desse maravilhoso escritor. Fui buscar detalhes na http://www.geocities.com. No belo site e bem elaborado como anotações valiosas. http://almanaque.folha.uol.com.br/monteirolob ato.htm e Wikipédia. Somos ardorosos fãs de Monteiro Lobato que sempre afirmava que a ciência não descobriu porque o escrito erra, mesmo depois de várias e várias revisões. Quando o livro é editado e o leitor Poe o olho, naturalmente ele vai encontrando erros quer sejam de digitação, falta de concentração ou mesmo de edição. Algumas histórias infantis: Reinações de Narizinho, Caçadas de Pedrinho e Hans Staden, Memórias de Emília e Peter Pan, Emília no País da Gramática, A Aritmética de Emília, O Poço do

246

Visconde, Geografia de Dona Benta, Histórias de Tia Anastácia, O Minotauro, O Marquês de Rabicó. Outras obras de Monteiro Lobato: Urupês (contos 1919); Ideias de Jeca Tatu (contos 1919); Cidades Mortas (contos 1919); Negrinha (contos 1920); A Chave do Tamanho; A Reforma da Natureza; aritmética da Emília; Bugio Moqueado; Dom Quixote das Crianças; Emília no País da Gramática; Giandanton; Histórias de Tia Nastácia; Negrinha; O Colocador de Pronomes; O Presidente Negro; Os Doze Trabalhos de Hércules; Sítio do Pica-Pau Amarelo Vol. 1 Reinações de Narizinho; Sítio do Pica-Pau Amarelo Vol. 2 Viagem ao Céu e Sítio do Pica-Pau Amarelo Vol. 3 e Caçadas de Pedrinho. Monteiro Lobato é uma verdadeira enciclopédia brasileira. Valeu meu estimado escritor e que Deus te abençoe, onde estejas.

247

O POVO BRASILEIRO ESTÁ PERDIDO! O aumento da criminalidade, da corrupção, da miséria e da fome nos dias atuais, em proporções alarmantes poder| “megafonear” e tornar-se num alarido sem proporções, com influências negativas ao orbe terrestre. As aberrações em epigrafe aqui enunciadas, estão provocando grande interesse pela Criminologia, que na concepção escorreita da palavra, era uma ciência circunscrita ao domínio dos especialistas. A violência sempre esteve presente no mundo, agora se alia a um inimigo mortal do povo brasileiro, a corrupção. Novos dias, novos casos de corrupções. A corrupção no Brasil tem se transformado na “universidade” da sujeira, da falta de caráter e da vergonha. Nessa universidade existem ‘muitos doutores’, especialistas e já se pensa num pós-doutorado, visto que com a nova tecnologia o “modus operandi” se aperfeiçoa. À medida que o tempo passa o povo de mãos atadas nada pode fazer, pois a posição do governo é uma só: sugar. Para cada orçamento

248

desordenado aplicação fraudulenta. Inventam novos impostos para cobrir rombos homéricos que aparecem. A estimada jornalista Cíntia Acayaba, já citada em outras oportunidades, tem-se sobressaído pelas excelentes informações prestadas à mídia nacional. Liminar mantém governador Cássio Cunha Lima no cargo - Cunha Lima se filiou ao PSDB em três de outubro de 2001. Foi eleito pelo partido em 2002. Antes, foi deputado federal e prefeito de Campina Grande pelo PMDB. Há 327 dias, o governador Cássio Cunha Lima (PSDB), 45, administra a Paraíba com a possibilidade de deixar o cargo a qualquer momento. O tucano foi cassado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral) em 30 de julho de 2007, sob a acusação de abuso de poder quando concorria ao segundo mandato. Dois dias depois, em agosto, obteve liminar no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) que suspendeu os efeitos da cassação até o julgamento de recurso. A aparente estabilidade durou pouco mais de quatro meses. Em dezembro de 2007, o tucano voltou a ter o

249

mandato cassado pelo TRE-PB, por abuso de poder. Mais uma vez, outra liminar do TSE suspendeu os efeitos da cassação. Na primeira cassação, o governador foi acusado de distribuir cerca de trinta e cinco mil cheques à população em ano eleitoral, sem que houvesse lei que regulasse um programa de assistência social do Estado. Para a defesa, há legislação sobre o tema. Na segunda decisão que o tirou do cargo, ação elaborada pelo Ministério Público Eleitoral dizia que Cunha Lima usou o jornal "A União", mantido pelo governo, para promoção pessoal e veiculação de propaganda. Vergonha por cima de vergonha é uma tira e bota promovido pela justiça que ninguém entende mais nada. E o pior é que normalmente os envolvidos em crimes e falcatruas se defendem dizendo que são inocentes. Isso se chama defesa ou julgamento próprio. Os advogados do governador consideram que o periódico "mostrou ações do governo, assim como faz a "Voz do Brasil", no caso da Presidência”. A dolorosa situaç~o e as circunstâncias em que se encontra a sociedade

250

brasileira, a Criminologia deixou de ser mera disciplina acadêmica, configurada nos círculos restritos de estudos e passou a ser peça fundamental no julgamento dos corruptos, aqueles que querem tirar proveito do sofrimento alheio. A impunidade e a imunidade parlamentar deveriam ser extinta já. Com sua extinção aqueles que burlam a lei no parlamento, ou fora dele, iriam direto para um julgamento sério. E quem sabe, esse câncer não mais se tornaria em metástase dolorosa e cruel. A população sairia ganhando, visto que os seus representantes procurariam trabalhar certinho, e com receio de responder processos na justiça comum, como os demais infratores. E o papel da criminologia subiria de cotação, já que as ações do governo têm um direcionamento diferente e o azimute magnético aponta para outro sentido, o da corrupção, dos desmandos administrativos e da prevaricação. Vejam que prevaricação é uma palavra muito forte e sinonímias variadas. Derivada do latim praevaricare, por praevaricari faltar ao dever, faltar, por interesse ou por má fé, aos deveres do

251

seu cargo, do seu ministério, torcer a justiça, agir ou proceder mal; incorrer em falta; errar, cometer o crime de prevaricação, perpetrar adultério, faltar (aos seus deveres), corromper, perverter e como tem autoridades pervertidas e corrompidas.

252

CORRUPÇÃO SE ESPALHA PELO BRASIL A função mais visada, apesar de ser ilegal e imoral é a corrupção. O vírus assoberbado pelo dinheiro público vem atacando uma grande maioria de políticos brasileiros se embrenhando no rol familiar. A corrupção tornou um mal, uma doença tal qual o dengue. Transmite rapidamente, mas não chega a matar. Gozar benesses com dinheiro público é crime, porém criminosos em nosso país podem responder processos em liberdade. O Brasil devido à frouxidão de suas leis passou a ser denominado como “A ilha da fantasia”. No Brasil o errado tomou conotação de certo. Infelizmente! Vejam mais uma: “Irm~o e genro de governadora do RN s~o acusados de fraude”. Conforme as investigações, o suposto esquema começou na administração de Garibaldi e fez com que o Estado deixasse de arrecadar cerca de R$ 65 milhões. Essa família Garibaldi na terra dos “papas-jerimuns é muito forte”, mas n~o recebe o aval do povo pacato e honesto do estado do Rio Grande do Norte. A corrupção quando começa se espalha de diversas formas.

253

Vejam a imoralidade e o que nossos representantes fazem com o erário público. Além de um filho e de um irmão envolvidos em suspeitas de desvios de recursos públicos e corrupção, outro irmão e um genro de Wilma de Faria (PSB), governadora do Rio Grande do Norte, são processados por acusações semelhantes. Lauro Maia, filho da governadora, foi preso pela Polícia Federal na semana passada sobsuspeita de receber propina para facilitar um suposto esquema de fraudes em licitações que teria gerado contratos irregulares de R$ 36 milhões. Carlos Faria, irmão de Wilma, já havia sido denunciado pela Promotoria por supostamente ter se beneficiado da contratação de shows "fantasmas" para o carnaval de 2006. No caso envolvendo Fernando Antônio de Faria (irmão de Wilma) e Carlos Monte Sena (genro), os dois e outras três pessoas ligadas ao governo no primeiro mandato da governadora (2003-2006) foram acionadas sobacusação de terem recebido R$ 343 mil para tentar influenciar a administração a manter um regime especial de tributação que garantia à American

254

Distribuidora de Petróleo a compra de combustível sem pagamento de ICMS. O regime não foi mantido. Nesta denúncia, de fevereiro deste ano é acionado ainda Fernando Freire (PMDB), vice-governador no governo Garibaldi Alves (PMDB, 1995 a 2002). Conforme as investigações, o suposto esquema começou na administração de Garibaldi fez com que o Estado deixasse de arrecadar cerca de R$ 65 milhões. A família que rouba unida, unida permanece. No regime especial dado em 2001 à distribuidora, o ICMS não seria mais retido no momento em que a empresa adquirisse combustível, mas quando ela vendesse o produto. Segundo a Promotoria, após as eleições, Fernando e Sena foram contatados pelos donos das empresas para manutenção do benefício, "em razão de suas condições pessoais" por terem "influência no governo". Em janeiro de 2003, a empresa pediu a manutenção do regime, mas, apesar do suposto lobby, a solicitação foi negada pelo governo. Segundo os promotores, mesmo com a negativa, houve divisão de propinas, depositados em nome de "laranjas" ou de outras empresas. Por outro lado

255

Fernando Antônio de Faria, irmão de Wilma de Faria, e Carlos Monte Sena, genro da governadora, negaram em audiências na Justiça, as irregularidades apontadas pelo Ministério Público. Ambos disseram ter conhecido a American Distribuidora de Combustíveis apenas por meio da imprensa. Em depoimento em 30 de abril, Fernando de Faria disse desconhecer a origem de depósito de R$ 25 mil feito em conta de sua empresa, a MF Gráfica e Editora, em dezembro de 2002. Que família altaneira, com tanto amor ao Estado que os abrigou como filhos, ainda se dão ao luxo de surrupiar o dinheiro público, enquanto fatos imorais dessa natureza acontecem o presidente do país quer criar mais imposto para a saúde. Incrível a sensibilidade desse povo. Afirmou que prestou serviços a candidatos do Estado nas eleições daquele ano, mas que não cuidava do setor financeiro de sua empresa. Para o Ministério Público, os pagamentos foram feitos pela American Distribuidora, por meio de empresas de fachada. Monte Sena também disse que os depósitos (um de R$ 20 mil e outro de R$

256

18 mil) feitos em 2002, nas contas da Engrenart, empresa da qual é sócio, foram por serviços prestados durante a campanha daquele ano. A jornalista Cíntia Acayaba tem feito belas críticas aos corruptos do Brasil. O vírus da corrupção impregna o País inteiro. Precisamos criar uma vacina contra este vírus letal e mafioso, visto que o vil metal é a principal vítima. A corrupção é uma violência contra os cofres públicos e aos impostos pagos pelo consumidor. Penas mais fortes para este tipo de pessoas. Imaginem se os corruptos brasileiros fossem julgados ao estilo chinês, o Brasil estaria cheio de pessoas com um braço só e a pena de morte seria a moda do momento. Sem punição a corrupção jamais passará por um expurgo. O Purgar representa completamente o purificar, tirar as sujidades a, limpar, corrigir, emendar, descascar, esburgar, esbrugar, apurar, polir. Livrar do que é nocivo ou imoral, livrar do que é supérfluo ou prejudicial e limpar-se, corrigir-se, apurar-se. Senhores vão expurgar o Brasil? O País merece. Muitos insetos são considerados daninhos porque transmitem doenças

257

(mosquitos, moscas), danificam construções (térmitas) ou destroem colheitas (gafanhotos, gorgulhos) e muitos entomologistas econômicos ou agronômicos se preocupam com várias formas de lutar contra eles, por vezes usando inseticidas, mas, cada vez mais, investigando métodos de biocentro. Vamos precisar de muitos pesticidas para acabar com as ervas daninhas, os insetos que fixaram moradias em Brasília.

258

AS DISCRIMINAÇÕES AO POVO BRASILEIRO O brasileiro é discriminador por excelência. Considera-se entendedor de tudo, mas na realidade falta muito para alcançar esse objetivo. Um país com desigualdades sociais gritantes e desumanas. Deus criou o homem sem distinção nenhuma, visto que todos seriam seus filhos amados. Para formalizar e concretizar sua existência mandou seu filho a Terra, para conhecer as nuanças de sua produção mais importante. Uma máquina de carne e osso, perecível, mas com todas as regalias divinas. Livre-arbítrio, inteligência e de quebra ou lambuja o instinto, que é mais inerente aos animais. O homem vive em ambiente aberto, não tem script e vive em sociedade e mata por prazer. O animal ao contrário do homem vive em ambiente fechado, mata quando é ameaçado ou para saciar a sua fome. É a lei da sobrevivência. Hoje, o que mais se comenta na mídia, seja ela qual for é a discriminação humana por desumanos. A palavra que mais se sobressai nos dias atuais, é a indolência. A Carta Magna não

259

está sendo exercida a contento. Dos Princípios Fundamentais, artigo 1º. – A república Federativa do Brasil, formada pela união indissolúvel dos Estados e Municípios e do Distrito Federal, constitui-se em Estado Democrático de Direito e tem como fundamentos: 1- a soberania; 2- a cidadania; 3- a dignidade da pessoa humana; 4- os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; 5-o pluralismo político. Parágrafo único. Todo o poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos direta ou indiretamente, nos termos da Constituição. Construir uma sociedade livre, justa e solidária. Muito bem! Enodoada a Constituição brasileira está retrogradando no tempo e no espaço, visto que é desrespeitada pelos próprios defensores do povo. Garantir o desenvolvimento nacional. O Brasil se arrasta há anos, o que mais cresce são a corrupção, tráfico de drogas e a incredulidade humana. Erradicar a pobreza, a marginalização e reduzir as desigualdades sociais, regionais são indispensáveis. As desigualdades regionais jamais acabarão, pois o Nordeste é a região onde seu povo é discriminado em seu próprio torrão

260

natal. O Brasil não é soberano todos metem a mão, surrupiam suas riquezas, as medidas são apenas modestas e paliativas. Nunca houve tanto desprezo a desigualdade humana nos dois governos, no anterior e no atual. Cidadania nem é bom falar, pois a vergonha nos entristece somos transformados em verdadeiros avestruzes. Os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa, sem comentários, o governo neste ponto é fogo-fátuo. Dos aspectos aqui enumerados o que realmente funciona é o pluralismo político macaqueado, o pula-pula de um partido para outro é espúrio. Quando se fala em cotas a palavra se torna nojenta e discriminadora. Os seres humanos são de tipos diferentes de raças, mas o artigo 5º. da Constituição (Carta Magna) é lindo somente no papel. “Sen~o” vejamos: “Todos s~o iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito a vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos da lei”. É uma gracinha

261

o artigo 5.º da Constituição, pois tudo é regiamente desobedecido. Por que o presidente não cumpre a Constituição se ao receber o cargo faz juramento prometendo segui-la com honradez e sem rebuços. A política brasileira é uma brasa mora! Todo dia estão queimando a Constituição isso é crime, mas no país das imunidades e impunidades nada acontece e só sobra para os menos aquinhoados negros pardos, os execrados pela insensatez dos que foram eleitos para defendê-los. Veja esse fato que enlameia cada vez mais a honorabilidade das autoridades brasileiras. Presidente da Câmara depõe na PF sobre caso BNDES. Ao ser questionado sobre o teor de seu depoimento, o vereador foi seco: "Não lhe devo satisfaç~o.” Em S~o Paulo - O presidente da Câmara de São Paulo, Antonio Carlos Rodrigues (PR), foi ontem à Polícia Federal para dar explicações sobre informações publicadas pelo jornal "O Estado de S. Paulo", na segunda-feira, de sua suposta participação no esquema de tráfico de influência e corrupção que manteve aberto o prostíbulo W. E. - base da quadrilha acusada de desviar dinheiro do Banco Nacional

262

de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), explorar prostituição e traficar mulheres para a Europa. Carlinhos repetiu a mesma versão dada ao jornal: confirmou que recebeu o lobista da organização, o coronel reformado da Polícia Militar Wilson de Barros Consani Junior, mas cortou o contato assim que descobriu que o flat e o bar da Rua Peixoto Gomide eram, na verdade, um dos mais exclusivos endereços da prostituição em São Paulo. Ali, um programa com uma garota podia custar até R$ 10 mil. Segundo a PF, Carlinhos foi intimado para depor na segunda-feira pelo delegado Rodrigo Levin, responsável pela Operação Santa Tereza, deflagrada em 24 de abril. "Fui eu quem procurou a PF e o Ministério Público", afirmou o vereador. Nervoso, Carlinhos disse querer esclarecer "o quanto antes tudo isso, para processar vocês". Ao ser questionado sobre o teor de seu depoimento, o vereador foi seco: "Não lhe devo satisfação." Escutas da PF flagraram o presidente da Câmara atendendo Consani em 1.º de abril.

263

Nos dias seguintes, Fabiano Alonso, genro e homem de confiança de Carlinhos, mantiveram cinco contatos com Consani, nos quais assegura que o sogro vai ajudar a manter o prostíbulo aberto. Diz que Carlinhos vai tratar do assunto com o prefeito Gilberto Kassab (DEM) - o vereador e Kassab, porém, negam que isso tenha ocorrido. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo. São estas falcatruas que o povo não aguenta mais, enquanto a Constituição preceitua normas e leis, os enganadores do povo vão rasgando-a sem dó e piedade.

264

CÔNSUL DA ESPANHA Fatos notórios acontecidos em Fortaleza envolvendo brasileiros e espanhóis repercutiram bastante na mídia. Primeiro uma ação desastrosa da Polícia, nominação dada pela imprensa cearense, e agora o cônsul da Espanha preso pela Polícia Federal e outras 16 pessoas em Santa Catarina, comercializando produtos contrabandeados utilizados em máquinas caçaníqueis. Foram ações envolvendo policiais e contrabandistas. O primeiro caso causou uma consternação cinematográfica, que abalou os alicerces da terra brasilis, e teve repercussão internacional. O ocorrido levou o governador a pedir desculpas aos estrangeiros. Em terras paulistas, dezessete pessoas foram presas na manhã do dia 04, durante a operação Cartada Final, da Polícia Federal, em quatro estados do país. Entre os presos está o cônsul honorário da Espanha na cidade de Joinville, em Santa Catarina, Antônio Escorza Antoñanzas, que seria o chefe da quadrilha, o filho dele e outras 15 pessoas, segundo a PF. O acontecido em alusão, apesar de

265

envolver um cônsul não teve a mesma repercussão que o incidente no Ceará. É de se estranhar que pessoas inescrupulosas tenham fácil acesso ao nosso país, que além de serem regiamente tratados, ainda se dão ao luxo de se embrenharem no contrabando de peças para máquinas de jogos de azar. É contravenção penal, mas o jogo continua e as ações policiais não são rotineiras, e os contraventores voltam a praticar o jogo novamente, como se nada tivesse acontecido. Cerca de 250 policiais federais cumpriram 19 mandados de prisões cautelares sendo quatro preventivas e 15 temporárias, 48 mandados de busca e apreensão, 96 sequestros de imóveis, apreensão de duas lanchas e diversos veículos, bem como sequestro dos valores de 33 contas bancárias, nos Estados de Santa Catarina, Bahia, Pernambuco e Rio Grande do Norte. Segundo a PF, a organização comercializava, mediante venda e aluguel, produtos contrabandeados utilizados em máquinas caçaníqueis. A quadrilha atuava há anos em vários Estados do Brasil, além de fabricar, vender e

266

exportar aquelas máquinas para o México, República Dominicana, Panamá, Venezuela, Colômbia, Peru, Bolívia, Argentina, Paraguai e Espanha. A jornalista Solange Spigliatti conta com ricos detalhes como operava a quadrilha aqui na terrinha. Os presos arrecadavam enorme quantidade de dinheiro, o que era ocultado do sistema financeiro brasileiro, através de depósitos e saques sem comprovação de origem. Foram identificadas inúmeras empresas fictícias abertas por "testas de ferro" do chefe da organização, visando blindar seu patrimônio. Desde o início de suas atividades, a quadrilha já adquiriu quase uma centena de imóveis nas cidades de Joinville, Balneário Camboriú e outras. Segundo a PF, 14 prisões aconteceram em Santa Catarina, duas em Salvador, na Bahia, e uma em Recife, em Pernambuco. Outras duas prisões serão efetuadas no Exterior, uma delas do advogado do cônsul. Agora indagamos se os integrantes dessa poderosa quadrilha se encontram presos e qual destino foi dado ao chefão, o espanhol bandido, Antônio

267

Escorza Antonãnzas. Se a operação policial aqui no Ceará falhou os policiais estavam no estrito cumprimento do dever legal e o cônsul no estrito cumprimento do dever ilegal. Local de bandido é na cadeia. Quando a transgressão não tem chefia brasileira, os gringos se aproveitam da fragilidade e impunidade de nosso país e passam a comandar o contrabando e a corrupção. Já pensaram se essa quadrilha tivesse um comando brasileiro agindo na Espanha que destino teria os integrantes e participantes da ação criminosa. O Brasil é um paraíso e todos querem participar das benesses que a pátria amada proporciona. Ficamos sabendo através de matéria veiculada na imprensa que o cônsul honorário da Espanha em Joinville, Santa Catarina, Antônio Escorza Antoñanzas, de 56 anos, foi afastado das funções em decisão anunciada pela Embaixada da Espanha no Brasil, que divulgou nota comunicando também a demissão de sua mulher, a vice-cônsul Débora Pinnow Escorza. A embaixada diz que a demissão do casal é necessária para "permitir a plena apuração das

268

imputações contra eles". O cônsul espanhol e sua mulher, além de seus filhos Diego, 27, e Victor, 24, estão entre os 18 presos pela "Operação Cartada Final", da Polícia Federal, que investiga uma quadrilha suspeita de crimes de contrabando de peças de máquinas caça-níqueis, exploração ilegal de casas de jogos e lavagem de dinheiro. Que lindo país esse nosso. Queremos saber se os bens da quadrilha serão confiscados. Brasileiro não verá nenhum país como este ama com fé e orgulho a terra em que nascestes, antes que estrangeiros ambiciosos façam.

269

DIA NACIONAL DE COMBATE ÀS DROGAS O dia nacional de combate às drogas tem um significado muito especial. A preservação da saúde dos jovens e viciados e a luta por uma sociedade melhor e mais humana. O homem a cada dia que passa parece se transformar em ser irracional. Ressalte-se que a inteligência no orbe é a semente imperecível, lançada ao bendito solo da vida física. Em nosso coração, reside o gérmem da Sabedoria Divina. Devemos conservar o sentimento por fonte cristalina de amor. Façamos deste mundo um palco de alegria, aproveitando todos os momentos, sem perder as oportunidades que Deus nos oferece. Hoje é o Dia Nacional de combate às drogas e a informação continua sendo o maior aliado dessa luta. Diversas atividades estão alertando a população sobre o perigo do uso de drogas. A ação das leveduras, minúsculos fungos (plantinhas de uma só célula) em presença dos açucares do vinho, frutos, cana-de-açúcar, cereais, batatas, madeiras, em suma, de qualquer substância que possa fermentar e produzir um líquido chamado álcool (nome derivado do

270

árabe-alkohol). Muitas são as variedades de alcoóis, pois vários são os processos e elementos empregados para a sua obtenção. Há alcoóis venenosos, como o derivado da fermentação da madeira, o álcool metílico, e os que são usados para fabricação de remédios, principalmente na homeopatia. No primeiro levantamento domiciliar sobre drogas, realizado pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad) e Centro Brasileiro de Informações sobre Drogas Psicotrópicas (Cebrid), foram ouvidas 8.589 pessoas de 12 a 65 anos, entre outubro e dezembro de 2001, nos 107 municípios com população superior a 200 mil habitantes. É uma prova de que o brasileiro sempre foi e continua sendo um grande consumidor de bebidas alcoólicas, daí o grande número de acidente com mortes, pois bebida e direção não combinam. As drogas são substâncias com as quais se preparam remédios. Os médicos usam milhares de espécies, cada uma com propriedades particularidades para combate de doenças. As anestésicas, como o clorofórmio suprime a sensibilidade. As narcóticas como o ópio, causam entorpecimento, já às anódinas ou

271

sedativas, como a aspirina, aliviam as dores. As antibióticas como as penicilinas destroem os germes. Existem drogas de origem animal, de origem mineral e as drogas heroicas, são aquelas que contêm princípios tóxicos, dos quais resultam medicamentos muito ativos que devem ser empregados em doses controladas, pequenos e pouco elevados, tais como: beladona, dedaleira, ópio, entre outras. Vejam como devemos ter um controle muito rigoroso sobre qualquer tipo de drogas, principalmente as legalizadas como o álcool. Tudo demais é veneno já dizia o clichê popular. A pesquisa mais recente sobre drogas verificou que 11,2 % da população brasileira são dependentes de bebidas alcoólicas, 9% de tabaco e 1% de maconha. Os traficantes estão barbarizando nosso país, muitas vítimas inocentes são exterminadas. Um jornalista da rede Globo, Tim Lopes foi vítima de traficantes. Será que estamos entregues ao acaso? Fatores da crise civilizatória ora em andamento, ao lado da preponderância de uma cidade ou de um povo sobre outras cidades ou outros povos ou mesmo a supremacia e superioridade conferida

272

aos mercados na determinação das políticas econômicas. O ambientalismo é o processo relativo ao, ou próprio do meio ambiente associado ao trabalho dos especialistas em assuntos ou problemas relacionados ao meio ambiente, a sua defesa e outras nuanças que o homem procura buscar para manter seu ambiente sadio, tornando-se para ele o sentido da própria vida. Nova estatística revela que homem branco, jovem e de classe A é maior consumidor de droga. Discordamos em parte desse levantamento trivial. “O Brasil tem um problema diferenciado se comparado, por exemplo, aos Estados Unidos”. L|, houve uma grande segregação racial e todo um movimento de cotas afirmativas. Políticas afirmativas é uma questão americana. “Mas o Brasil tem uma diferença muito grande em relação ao tratamento dado aos Estados Unidos, por que lá não houve essa miscigenação racial que existiu no Brasil”. A pobreza no Brasil diminuiu significativamente na década de 90. O número absoluto de pobres (pessoas com renda

273

per capita inferior a R$ 75, 50, em valores de 2000) encolheu em cinco milhões entre 1992 e 2001. Esses indicadores, no entanto, ocultam uma realidade perversa: no mesmo período, o total de negros pobres, na contramão da tendência, aumentou em 500 mil. Ou seja, para cada 11 não negros que escaparam da pobreza, um negro ficou pobre. Na estatística acima mencionada não fizeram parte da estatística, as pessoas que utilizam drogas esporadicamente. A frequência de uso diferencia o usuário ocasional do dependente. Nem todos os usuários de drogas vão se tornar dependentes. Alguns continuarão usando-as de vez em quando, enquanto que outros não conseguirão controlar o consumo, usando-as de forma intensa, em geral quase todos os dias agindo de forma impulsiva e repetitiva. O grande problema é que não se dá para saber entre as pessoas que começam a usar drogas, quais serão usuários ocasionais e quais se tornarão dependentes. O homem com sua mentalidade fértil e doentia sempre procura utilizar o álcool como também de certas drogas para outras finalidades. Finalidades muitas vezes

274

prejudiciais à saúde e a integridade física, como também servindo de ações não condizentes de um ser humano culto, educado e sabe o que quer. Procura se embrenhar no mal a qualquer preço só para fazer vontade as suas bestialidades em detrimento de outrem. A integridade física e os órgãos internos e os psicossomáticos sofrem horrores. Nota-se uma progressão no consumo de álcool entre adolescentes e até mesmo em crianças que têm as ruas como moradia. “Uma grande parte das pessoas se envolverá em uso ocasional, porém outra parte se tornará dependente, possivelmente devido a uma memória que a droga cria no cérebro”. Memória esta que é despertada principalmente em diversas situações emocionais e ambientais. Olhos que não veem; boca que não fala; corpo que não sente são situações pertinentes ao brasileiro que assustam a gente. “Um pobre rapaz, aparentando de 25 a 30 anos e conhecido como “Papoula” no bairro onde mora, nervoso, lábios e mãos trêmulas, o moço não cessava de chorar.” Em algumas ocasiões enxugava as

275

lágrimas com as costas das mãos, acompanhado de soluços, tentou falar. Não conseguia se debruçar sobre a mesa decorridos alguns minutos, mais aliviado se abriu. Fora um viciado em cocaína afirmava. E ainda não sei se estou livre dessa maldita droga. História como essas são contadas por inúmeros jovens que procuram escape ou desculpas na dependência que a droga proporciona. Há mais de quatro meses deixei de cheirar e não aguento mais. A droga provoca a síndrome da abstinência. Pela rua uma criança a brincar o futuro não existe além do sol quadrado. Essa situação acontece aos traficantes que deixam suas marcas fixadas na vida de jovens, adultos e até crianças que entram no mundo das drogas. Deixaremos exemplos como valorizar e acreditar num país desacreditado. É uma pena termos que enumerar essa assertiva sobre nosso querido Brasil. Aqui ninguém leva nada a sério. Infelizmente! “Quem consome drogas é o garoto de elite”. “S~o homens jovens e brancos solteiros, de alta renda, que vivem nas capitais do Sudeste e frequentam uma

276

instituição privada de ensino: 625 da classe A. com cart~o de crédito, segundo pesquisadores”. Jornal O Povo – Brasil, fale com a gente, 24/10/2007, pág. 12. Se a droga não for enumerada podemos aquilatar que mais de 90% da população brasileira está nesse écran, nesse rol, visto que o álcool apesar de ser a mais perigosa de todas é vendido abertamente e o governo arrecada milhões de impostos com o uso do álcool. Poderemos incluir nessa estatística o cigarro, já que o mesmo causa dependência nos usuários. Em valores atualizados a despesa média com drogas das pessoas declarou o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) o consumo se concentra na maconha, lança-perfume e cocaína são de R$ 750 por mês. É muito dinheiro jogado na lama, são cânceres que virão no futuro e deixarão muitas famílias órfãs. O governo precisa agir, visto serem as drogas o vetor mais forte da violência, da degradação da sociedade e da família brasileira. “Uma grande parte das pessoas se envolverá em uso ocasional, porém outra parte se tornará

277

dependente, possivelmente devido a uma memória que a droga cria no cérebro”. Memória esta que é despertada principalmente em diversas situações emocionais e ambientais. Nessas situações, através de mecanismos desconhecidos, o indivíduo sente necessidade da droga. “Existem v|rios modelos propostos para explicar este fenômeno, mas nenhum comprovado definitivamente”, afirma Ivan Braun, médico supervisor de residentes junto ao Grupo Interdisciplinar de Estudos de Álcool e Drogas (Grea), do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP). A toxicomania que nada mais é mania de usar tóxico é de todos os mais frequentes e sua vinculação ao álcool está associada ao grande número de infrações, inclusive o crime e a estatística aumentam gradativamente. No Brasil a violência de qualquer matiz está sempre vinculada ao consumo exagerado ao álcool. A predisposição biológica maior de algumas pessoas pode explicar, em parte, porque alguns usuários se tornarão

278

dependentes. Essa predisposição, de acordo com Braun, está relacionada a diferenças na metabolização das drogas, ou seja, o efeito das drogas sobre o cérebro, mais especificamente, sobre os sistemas de gratificação cerebrais. Há também a predisposição genética. A incidência de alcoolismo em filhos de pais dependentes de álcool é de três a quatro vezes maiores do que entre os filhos de não dependentes. Estudos em gêmeos também tendem a confirmar esta predisposição. Muito se discute na área relacionada com o reconhecimento de ser ou não a droga fator de agente criminológico. No entanto, estudiosos como Israel Drapkin, Mayorca, Sabater, Pelegrini, Carratala, Elliot, Gonzáles Carreteiro e outros que aludem á ação destrutiva dos tóxicos sobre o caráter dos seus adeptos. Normalmente se manifesta pela tendência a mentira, à dissimulação, à preguiça, em sua covardia, diante das responsabilidades da vida, anomalias que levam o toxicômano, à medida que vai degradando os costumes e atos desonestos, para em última instância, atingir a

279

esfera do delito. As substâncias que aumentam a atividade do cérebro, ou seja, estimulam o funcionamento fazendo com a pessoa fique "ligada", "elétrica" são as estimulantes do SNC. As principais são as anfetaminas, nicotina e cocaína. O terceiro grupo é constituído pelas drogas que agem modificando qualitativamente a atividade do cérebro. As drogas perturbadoras, tais como a maconha e os anticolinérgicos, fazem com que o cérebro funcione fora do seu padrão normal. A criminalidade evolui de forma muito semelhante na quase totalidade dos países industrializados. Nestes, a violência geralmente tem um desenvolvimento particularmente rápido. Autoridades do nosso Brasil alerta, senão o fim será trágico. O escopo das drogas tem como mira os viciados. Algumas nuanças aqui citadas tiveram como ponto alguns ensinamentos de Liliane Castelões. Os usuários de álcool em abundância podem ser vítimas da escatologia, formando um tratado acerca dos excrementos humanos.

280

Lembre-se que atrás de uma criança existe um traficante. Eles são cruéis, desumanos viciam os inocentes para depois sugar tudo que querem. São eternos vampirizadores estão pouco a pouco dominando a situação no Brasil. Os crimes aumentam, a violência se espalha o tráfico promove lutas titânicas entre policiais e traficantes. Achamos, porém que os dominadores do tráfico estão escondidos nas grandes mansões, nas grandes metrópoles formando um ciclo social onde possuem grande influência, enquanto (os laranjas) ficam a mercê das idealizações criminosas dessa classe de bandidos. Hoje, quase ninguém escapa da ação dos traficantes e usuários de drogas, mas o governo teima em deixar correr frouxo, visto que vivemos no país da imunidade e da impunidade. Ações exterminadoras contra traficantes não existem, visto que a miséria e a pobreza são os vilões que levam ao ócio e ao vicio. O que comemorar no dia nacional e internacional de lutas contra as drogas? Nada! Resta-nos aplaudir aqueles voluntários que se dedicam ao trabalho

281

insano e voluntário na recuperação de parte da sociedade que se encontra na lama e no meio de um areal movediço quase sem retorno. A droga vem gerando uma classe perniciosa no país, a dos pedófilos, os assassinos mirins, degredados da sociedade, criminosos insaciáveis, os comerciantes do sexo com crianças e jovens da sociedade, que expõem seus corpos em sites na internet cobrando horrores por um programa, pois são praticamente aliciadas, visto que têm que desembolsar certa quantia para fotógrafos e donos de sites. É ver para crer.

282

DESCRÉDITO TOTAL Lamentamos ter que ressaltar o descrédito da população brasileira com os descasos diários. A saúde arqueja no País das imunidades e impunidades. É uma vergonha! Onde aplicaram os bilhões que arrecadaram com a CPMF (Contribuição Provisória de Movimentação Financeira)? A falta de saúde, a deficiência de hospitais e profissionais de saúde continuam. Vejam a aberração que só acontece no Brasil: Promotor diz que hospital onde morreram 12 bebês no Par| tem “roedores por todos os lados.”. Um momento ideal para se colocar em prática e uso o Código da Infância e do Adolescente. "Foi uma tragédia anunciada", disse o promotor da Infância e Juventude do Ministério Público do Estado do Pará (MPE), Ernestino Silva, que apura as mortes de 12 bebês na UTI Neonatal da Santa Casa de Misericórdia, em Belém (PA), ocorridas no último final de semana. Silva já acompanha a situação do hospital desde dezembro do ano passado, quando ajuizou ação civil pública contra o Estado e o Município,

283

mostrando as condições precárias de funcionamento da instituição, que é ligada à Secretaria de Saúde do Estado (Sespa). “Fiz uma inspeção in loco e me deparei com um hospital sem nenhuma infraestrutura: insetos - fossa a céu aberto, roedores por todos os lados, roupas mal lavadas, etc.”. “Além disso, h| uma total falta de equipamentos e recursos humanos”, declarou o promotor, em entrevista exclusiva ao UOL. Já houve desvio de finalidade e ainda querem sugar o povo sofrido e calejado do Brasil com a gestação de um novo imposto para substituir outro de forma crudelíssima e absurda. Os nossos representantes, com algumas exceções aprovaram o criminoso imposto na Câmara dos deputados, encaminharam para referendo ou não do Senado Federal. Ficamos a pensar no sofrimento dessas mães, desses pais, e famílias que perderam seus entes queridos tão esperados e almejados. Operação Quixadá – Polícia caça mais dois e já apreendeu R$ 1,1 milhão. Dezenove pessoas já foram presas pela Polícia Federal (PF) por crimes contra o sistema

284

financeira na Operação Quixadá, realizada em Fortaleza. Outras duas ainda estão foragidas. A PF apreendeu, até o momento, cerca de R$ 1,1 milhão – R$ 655 mil, 142 mil euros e 80 mil dólares. O Povo apurou que um policial civil e um militar estariam no esquema, que envolve lavagem de dinheiro e prática de câmbio ilegal. São certas nuanças que não coadunamos com a mídia, ela cita o envolvimento de policiais e não cita a profissão dos outros, por se tratar de pessoas da nata e da elite. Mais uma manchete que causa surpresa e está editada em primeira página do jornal O Povo. Ronda é aprovada, mas furto e roubo aumentam. Pesquisa feita pela Secretaria de Segurança Pública revela que 83% dos fortalezenses estão satisfeitos com o – Ronda do Quarteirão, programa que completou seis meses de existência. Embora o sistema tenha mostrado resultados expressivos no período, com o aumento de 47,84% nas ocorrências atendidas. Pela Polícia, os roubos e furtos aumentaram e continuam na Capital. O povo não vai ter crença numa

285

pesquisa feita pelo próprio órgão responsável pela segurança e estampada em fontes bem grandes para chamar a atenção do público. Pulga atrás as orelha minha gente! A década de 90 marca o boom de trabalhos e ações provenientes de organismos multilaterais (FMI, OEA, Banco Mundial e OCDE) e de estudos acadêmicos sobre corrupção. Isso se deve, em parte, a maior percepção dos cientistas, principalmente dos economistas, sobre as graves consequências socioeconômicas desse fenômeno. Alguns teóricos defendem que, em algumas situações específicas, a corrupção pode ser um facilitador do crescimento ou do funcionamento do sistema econômico, servindo como uma espécie de óleo dentro de um ambiente com excessiva regulamentação e burocratização. Existem no Brasil muitas palavras para caracterizar a corrupção: cervejinha, molhar a mão, lubrificar, lambileda, mata-bicho, jabaculê, jabá, capilê, conto-do-paco, conto-do-vigário, jeitinho, mamata, negociata, por fora, taxa de urgência, propina, rolo, esquema, peita,

286

falcatrua, maracutaia, etc. A quantidade de palavras disponíveis parece ser maior no Brasil e em países onde a corrupção é visualizada cotidianamente. Originalmente, a palavra corrupção provém do latim Corruptione e significa corrompimento, decomposição, devassidão, depravação, suborno, perversão, peita. A corrupção, entretanto, dependendo do contexto, nem sempre assume uma conotação negativa. Ela constitui, por exemplo, a base para o desenvolvimento da linguagem: a língua portuguesa resultou de um "corrompimento", da modificação do latim, cuja variante brasileira é ainda mais dinâmica e viva (mais corrompida, portanto) do que o português de Portugal. Na linguagem política contemporânea, no entanto, a corrupção sempre assume uma conotação negativa, o que, visto numa perspectiva histórica, não foi sempre assim. Esses dados foram fornecidos por Antonio Inácio Andrioli. Historicamente, a corrupção esteve associada ao conceito de legalidade, ou

287

seja, corrupto era caracterizado aquele que não seguia as leis existentes. Mesmo determinados termos extremamente negativos que atualmente são usados para designar formas de corrupção, como a peita, o nepotismo e o peculato, não tinham essa conotação até a poucas décadas atrás: a peita estava instituído como um pacto entre os fidalgos e a plebe nos regimes monárquicos para garantir o pagamento de tributos do povo aos nobres; o nepotismo era reconhecido como um princípio de autoridade da Igreja na Idade Média, segundo o qual os parentes mais próximos do Papa tinham privilégios sociais aceitos pela sociedade da época. O termo peculato, originalmente, indica que o gado constituía a base da riqueza de determinados grupos sociais privilegiados e, posteriormente, a expressão "receber o boi" passou a ser usada para designar "troca de favores", pois o gado servia como uma forma de moeda em certas regiões rurais. O termo peculato, atualmente utilizado para caracterizar favorecimento ilícito com o uso de dinheiro

288

público, continua com essa referência histórica de que para ter acesso a determinados privilégios é necessário um favor em forma de contrapartida. Será que a maioria política do Brasil não se conscientizou da mudança sinonímica de corrupção? Como querem um país ordenado, equilibrado, se a desordem se espalha pelos quatro cantos do país. No Brasil se associa a esse contexto histórico a assim chamada Lei de Gérson, ou seja, o comportamento de querer "tirar vantagem em tudo", pressupondo que os sujeitos aguardam o máximo possível de benefícios, visando exclusivamente o benefício próprio. Esse tipo de comportamento, contudo, se adapta perfeitamente ao "espírito capitalista", como pré-condição esperada dos seres humanos numa sociedade centrada nos valores da economia de mercado. Adam Smith, por exemplo, caracterizava esse comportamento como a melhor forma de contribuir com o progresso social (Smith, 1990). É mentira Terta? Não! É verdade! Pensem nisso!

289

A FÉ DA JUVENTUDE Falar de fé requer sensibilidade, sentimentos de paz, amor, fraternidade e caridade. A juventude atual está muito diversificada, podemos até mensurá-la de várias formas, dependendo da classe social, o meio em que vive e participa seus hábitos e seu comportamento, perante a sociedade a que pertence. Normalmente, se afigura que o homem é produto do meio, mas não esqueçam que o meio é fruto do homem. Ele é responsável pelo meio em que habita e convive. Ele constrói o próprio meio em que vive. Uma reportagem muito interessante está implícita nas p|ginas da revista “Isto É”, nº. 2.016; ano 31 de 25 de junho de 2008. A fonte fala sobre ‘comportamento’ e insere o título: “A FÉ da juventude”. “Prossegue: Estudos inéditos revelam como os jovens se relacionam com Deus e apontam um descrédito das religiões”. Aqui podemos enaltecer a figura da contração da preposição (das) ou (nas) o que dá um sentido dúbio aos estudos. O jovem brasileiro dá mais valor à fé do que as igrejas.

290

Não concordamos e até achamos que a maioria dos jovens não se insere nas religiões, visto que a missão evangélica não é só frequentar, tem que participar. A fé não é simplesmente uma afirmação, como por exemplo, dizer, eu tenho fé e ponto final. A palavra deriva do latim fide, crença religiosa, conjunto de dogmas e doutrinas que constituem um culto, a primeira virtude teologal: adesão e anuência pessoal a Deus, seus desígnios e manifestações. Firmeza na execução de uma promessa ou de um compromisso, crença, confiança, asseveração de algum fato, testemunho autêntico que determinados funcionários dão por escrito acerca de certos atos, e que tem força em juízo. Será que aqueles que afirmam ter fé seguem a risca toda esta sinonímia? E ainda existem os tipos de fé. Fé conjugal, que é a fidelidade conjugal. Fé de ofício, fé pública e outras, mas a que se enquadra nesta matéria deixou a conjugal que é de suma importância para os casais de ontem, de hoje e do amanhã. A inserção de outras culturas no Brasil está mudando o

291

comportamento dos jovens, a badalação, a inversão de personalidade, as opções sexuais, estão afastando os jovens das instituições religiosas. A fé não é só o acreditar, ela deve está associada ao amor, ao próximo, ao perdão e as boas ações perante aos irmãos de crenças. Uma das coisas que precisa ser revista é a nominação de uma determinada religião, de evangélicos. Todos os cristãos são evangélicos, pois baseiam sua crença nos evangelhos de Jesus cristo. “Andréa Bahni diz que passa 20 minutos com Deus”. N~o acredita na história de Ad~o e Eva. Afirma que já foi da religião Wicca (Bruxos), frequentou o espiritismo, a igreja evangélica e, hoje, se diz uma crente sem religião. Ela afirma que foi induzida e proibida de muitas coisas e que tudo era atribuído ao demônio. Que pena quem prega dessa maneira, pois nenhuma religião tem o direito de amedrontar seus fiéis. É por isso que muitos se isolam e ficam a mercê do ócio religioso e ainda afirmam ter fé. Fé em quem? A camisinha é um dos pontos primordiais da matéria. Transar ou não com camisinha fica a critério de cada um, pois sabem de co e salteado

292

os riscos que correm. As doenças sexuais foram se acimentando na prevaricação do homem. A história conta com todos os detalhes essas nuanças. “Virgem sim. Beata n~o”. “Aparecida Luíza da Silva de 24 frequenta balada e barzinhos e gosta de dançar forró, mas, mesmo nesses lugares, não deixa de testemunhar sua fé por meio de sua atitude e entusiasmo.” Ela lê a Bíblia todos os dias. Vai à missa três por semana, mas não se diz beata. Católica praticante há 11 anos. Não queremos discriminar ninguém, mas esses predicados não são sinonímias de fé, visto que muitos confundem respeito com fé. Até a caridade sem fé é morta. A matéria é muito extensa, mas extraímos alguns pontos relevantes. As estatísticas inseridas na revista não condizem com a realidade. No caso do Espiritismo que muitos alcunharam de Kardecismo, o percentual de 47% não correspondem à realidade, pois os espíritas são contra a pena de morte. O termo é Espiritismo e nada mais, pois os menos avisados podem pensar que existem outros tipos de Espiritismo. Pode ter havido uma confusão entre espiritualistas e espiritistas. O espiritismo não

293

discrimina, mas achamos que a união entre pessoas do mesmo sexo não condiz com os ensinamentos dos Espíritos Superiores repassados a Allan Kardec. É de alarmar o percentual de 73%, alguma coisa falhou. Veja não se pode avaliar um posicionamento de uma pessoa que confunde o amor ensinado por Jesus com o amor carnal. “Suellen Rodrigues Róbias poder ser tudo, menos espírita, as suas afirmações jamais irão coadunar com os ensinamentos espíritas”. “Vejam que aberraç~o ela diz: “Quando Jesus falou em amar ao próximo, significa amar também a pessoa do mesmo sexo.” Este amor é o fraterno e n~o o carnal cara e distinta Suellen”. “Vamos chamar essas afirmações de heresia ou falta de conhecimento das doutrinações espíritas”. Espírita nenhum é a favor do aborto, os espíritas são a favor da vida. Olha uma revista como a “Isto é” com essa matéria escorregou na maionese e foi esbarrar no cúmulo dos cúmulos, nas inverdades das inverdades. Achamos que cada religião tem seus ensinamentos, mas a Doutrina Espírita não coaduna com essa estatística cruel e infame. Fazemos um convite

294

para o jornalista Rodrigo Cardoso frequentar um Centro Espírita para que tome ciência das distorções que cometeu na sua matéria. Aliás, ele tem o perdão, visto que os espiritistas não guardam rancor de ninguém.

295

FALTA SERIEDADE NA POLÍTICA BRASILEIRA É uma vergonha sem tamanho a psicosfera política do Brasil. Uma coisa rara e quase inexistente nesse écran são a seriedade e a honestidade. Fatos vergonhosos abalaram o Brasil de Norte a Sul, criaram CPIS (Comissões Parlamentares de Inquérito) nada foi apurado, ninguém condenado e preso. A cada dia um fato novo causa pânico à população. A Polícia Federal mostra sua força prendendo em flagrante delito, supostos criminosos, corruptos, com todos os apetrechos como CDS, computadores, telefones celulares, máquina de filmar, dinheiro, drogas formando aquela cena cinematográfica que termina com a prisão dos infratores nas cadeias ou xadrezes da Polícia Federal. Essa cena dura pouco e logo os infratores estão soltos e a menosprezar as leis brasileiras e se locupletando da impunidade que é grande demais. Querem ver um fato notável. Depois de marchas e contra marchas o grande escândalo envolvendo a governadora do Rio Grande do Sul causou no Brasil inteiro, alguns deputados gaúchos e federais queriam o impeachment de

296

Yeda Crusius. O PSOL e PV haviam baseado pedido em diálogos gravados. Deputado argumentou que CPI do DETRAN está em andamento e que PF não investiga Yeda. O pedido de impeachment se baseava em gravações de diálogos entre membros do governo ou pessoas ligadas à administração. Em uma delas, o chefe da Casa Civil, Cézar Busatto, dizia ao vice-governador, Paulo Afonso Feijó (DEM), que órgãos públicos como o DETRAN, a CEEE, o Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) e o Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) financiaram partidos políticos. Em outra, dois acusados pela fraude de R$ 44 milhões do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) discutiam uma maneira de abordar a governadora para saber se poderiam tomar instruções do então diretor da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) Delson Martini para resolver um impasse entre empresas que se beneficiavam dos desvios. No parecer em que determinou o arquivamento do pedido, o presidente da Assembleia argumentou que o requerimento não especificava que crime

297

a governadora teria cometido. Moreira argumentou que a CPI do DETRAN ainda esteja em andamento e que a Polícia Federal informou anteriormente que não está investigando a governadora. “N~o se pode confundir a apresentação de denúncia, visando o estabelecimento de processo investigativo, da protocolização de pedido de instauração de processo de impedimento da governadora. No primeiro, basta mero indício ou suspeita, enquanto que, no segundo caso é imprescindível a juntada de todo um conteúdo probatório, o que n~o se verifica no caso”, diz trecho do parecer. Enquanto, as discussões rolavam a governadora tranquila levava de roldão em seu gabinete os problemas de seu Estado. Ela tinha consciência que no Brasil brasileiro, corrupto não vai para cadeia. Se paga um bom advogado que encontra tal de brecha na lei e afirma que seu cliente é inocente. No final da história e no frigir dos ovos o presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, deputado Alceu Moreira (PMDB), arquivou nesta sexta-feira (20) o pedido de impeachment da governadora Yeda Crusius

298

(PSDB) feito pelo PSOL e pelo PV no dia 10 de junho. Esse episódio que envergonha mais uma vez os brasileiros, me faz lembrar uma senhora paupérrima que adentrou ao supermercado e furtou uma lata de leite. O fiscal do supermercado flagrou a senhora com a lata de leite nas mãos e conduziu-a a presença do gerente que chamou a polícia e a senhora foi autuada e encaminhada para o presídio feminino. Ela alegava que o leite era para amenizar a fome de seu filho que não se alimentava há dois dias. As indiferenças no Brasil são enormes e contínuas. Pobres, negros e ladrões de galinha estão presos, os corruptos que não fazem nenhuma diferença estão soltos. A corrupção se renova dia a dia e fica como está, pois surrupiar dinheiro público se tornou banal deixando de ser crime. Olha, o vírus da corrupção está tão violento que nenhuma classe social ou determinados profissionais escapam. No meio dessa parafernália a mídia não se exclui, visto que documentos não revelam quais os jornais ou colunistas que prestaram serviço sujo à máfia do DETRAN.

299

Diante da gravidade da denúncia, o Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande Sul enviou pedido à CPI que apura o caso para que sejam nominados os profissionais e veículos, "pois não é justo que toda a categoria seja colocada sobsuspeição". Já os jornais estaduais a rigor existem apenas dois (Zero Hora e Correio do Povo) que se fingiram de mortos diante da grave revelação do MPF. Até agora, a imprensa gaúcha simplesmente não citou o trecho do documento. Senhores jornalistas o que se aprende nos bancos das faculdades é que o compromisso do profissional da mídia é com a ética e com a verdade, nesse caso envolvendo a governadora do Rio grande do Sul, os senhores assassinaram os dois. Dinheiro é bom até determinado ponto, pois sem ele não faríamos absolutamente nada, mas o problema maior é a ganância, pois os possuidores ou responsáveis por cargos públicos, com raríssimas exceções, querem açambarcar o vil metal a rodo. Que vergonha meu Deus. Pensem nisso! Deixem disso, parem

300

com isso, pois o bom exemplo tem que partir dos que comandam esta nação sofrida e sugada.

301

O MUNDO ATUAL “Larga soma de tempo gastamos habitualmente na Terra, na inglória tarefa de fiscalizar a execução do dever que compete ao arbítrio e a possibilidade dos outros”. Mas, se o outro n~o cumprir seu dever alienável para com a sociedade e ao país estaremos fadados ao insucesso e ao caos. O grande Mestre afirmou: Se junta a um bom e será um deles. No século XVIII, o naturalista de nacionalidade inglesa, Erasmus Darwin e o cientista francês Comte de Buffon iniciaram a célebre teoria dos caracteres adquiridos, a teoria em epígrafe diz que uma planta ou um animal adquire do seu meio ambiente novo caráter. Podendo legá-lo à sua descendência, proporcionando alterações que irão explicar a evolução, citando como exemplo a grossa pele, semelhante a uma armadura, que uma classe de animais desenvolve devido aos duros golpes que levaram. E repassaram esses caracteres à sua progênie (Origem, procedência, ascendência, geração e prole), que nasceu com a pele mais espessa ou grossa. Em 1859, Charles Darwin,

302

neto de Erasmus Darwin discorreu sobre a Origem das Espécies, que teve como diretriz a seleção natural. Essa origem diz que as diferentes espécies competem entre si na luta pela vida, cabendo ao vencedor à sobrevivência e qualquer variação de habilidade com mais vantagens, sobrando para os fracos o extermínio. Os mais aptos sobrevivem, repassando a sua descendência as variações benéficas. Isso representa a luta pela preservação da vida. Em 1901, portanto já no século XX, o botânico holandês Hugo de Vries observou que, ocasionalmente, algumas das plantas conhecidas como enoteráceas apareciam com estrutura incomum e que a sua descendência herdava as mesmas peculiaridades, as quais ele chamou de mutantes. A origem do homem revela segundo os fósseis uma evidente escala evolutiva, cujo elo inicial teria sido o Australopithecus ramidus, isso a 4,4 milhões de anos, até atingir o homem da atualidade. Eliseu F. da Mota Júnior nos dá uma excelente visão do mundo em seu livro “Que é Deus”. Esse fóssil foi encontrado em Aramis na Etiópia. Isso comprova que na

303

psicografia de Francisco de Paula Cândido Xavier repassada pelo espírito Emmanuel de que os primeiros habitantes da Terra faziam parte da casta egípcia. Logicamente a raça negra predominou sobre a terra por muitos anos. O Australopithecus afarensis surgiu com 3,5 milhões de anos, o Australopithecus africanus há três milhões de anos, o Australopithecus robustus a 2,5 milhões de anos, o Homo habilis a dois milhões de anos, o Homo erectus a 1,6 bilhões de anos, o Homo sapiens há 350 mil anos, até o homem atual. Vemos como tanta experiência tudo como os estudos foram realizados para se chegar a um ser imperfeito, criado simples e “ignorante” tendo como vetor principal o egoísmo e a inveja. Existem muitas e preciosas informações sobre o hominal e todas elas estudadas cientificamente e novas concepções estão surgindo e já começam a pensar qual o nome que terá o sucessor do homem atual. Essas nuanças sobre a vida humana tiveram aspectos interessantes e não se sabe ao certo como viviam e quais seus hábitos principais. O que faria o homem Australopithecus ramidus a 4,4 milhões de anos

304

atrás em comparação ao homem de hoje? Ainda podemos colocar o ponto de discórdia que existe entre teólogos e cientistas. Essa evolução humana não se pode negar, mas temos que guardar alguns conceitos e estudarmos melhor a conclusão dos cientistas. Se Jesus disse que somos deuses, porque não dizermos que somos sábios? Antigamente, a fé exibia nos tempos as vísceras fumegantes dos animais mortos, quando não imolava o sangue humano para aliciar a simpatia dos gênios inferiores categorizados à conta de anjo e deuses , nos santuários primitivistas. Vejam como era o procedimento de antigamente, a imolação estava presente em quase todos os atos, mas nós nos preocupamos com a violência de hoje, porque ainda não nos conscientizamos da importância que temos perante o Pai Maior. Vejam como uma palavra é forte: imolar (Deriva do latim immolare que tem como sinonímias matar em sacrifício; sacrificar, matar como vingança ou desforra, assassinar, matar, causar dano a; prejudicar, oferecer em sacrifício;

305

sacrificar, abrir mão de algo, ou perdê-lo em troca de outra coisa; sacrificar, realizar sacrifício, sacrificar-se e prejudicar-se. Pelo exposto de lá para cá mudou alguma coisa em termos de comportamento humano)? A conscientização do dever o homem tem, o difícil é aplicar. Diante da classificação dos hominais ainda temos que inseri-los nas fases da história e outras nuanças. As fases da PréHistória, cultura e arte pré-histórica, Paleolítico (Idade da Pedra Lascada), Mesolítico, Neolítico (Idade da Pedra Polida), a vida dos homens das cavernas, nômades e sedentários, origem da agricultura, arte rupestre entre outras. Deixaremos para os leitores como eles poderiam aquilatar diferenças entre o mundo antigo e o mundo atual com as devidas proporções.

306

POLÍTICA X POLÍTICA O senador Heráclito disse que Dilma precisa vir ao Congresso para esclarecer denúncias sobre a Varig e a Varilog. Heráclito se referia às recentes acusações, feitas pela ex-diretora da Agência nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu. Senador Heráclito Fortes (DEM-PI) defendeu, em discurso feito em Plenário nesta sexta-feira (6), que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, venha ao Congresso Nacional para prestar esclarecimentos sobre as denúncias relacionadas à venda da Varig. Heráclito se referia às recentes acusações, feitas pela exdiretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu, de que a ministra teria pressionado a Anac para aprovar a venda da Varig e da Varig Log (empresa de transporte aéreo de cargas) ao fundo de investimentos norte-americano Matlin Patterson. O senador afirmou que, "se for verdade o que a imprensa traz por meio de denúncias de uma exdiretora, a interferência direta do Palácio do Planalto em uma agência reguladora, além de inoportuna, é criminosa". - Isso não pode ficar

307

sem explicação - declarou ele, acrescentando que a base do governo "está querendo blindá-la para que não venha novamente ao Congresso". Nova crise diplomática - cearenses barrados em Portugal. Um grupo de 13 brasileiros, dentre eles pelos menos cinco cearenses, foi barrado ao tentar desembarcar no aeroporto de Lisboa. Os passageiros foram mandados de volta ao Brasil e as bagagens ficaram retidas em Portugal. A falta da documentação exigida e poucos euros seriam as razões para a proibição da entrada naquele país. Parte dos passageiros barrados na Europa desembarcou no Aeroporto Pinto Martins em Fortaleza. Brasil terá lista com empresas que usam trabalho infantil. O objetivo é identificar as empresas e impedi-las de ter acesso a financiamento do BNDS, a isenções fiscais ou a participar de licitações públicas. O Ministério do Trabalho está preparando raios-X da situação em todo país. Tarifas de telefones fixos - mais caras até 4,46% no mês de julho. O reajuste das tarifas de telefonia fixa, previsto para o início de julho, deve ser de 4,46%, valor referente ao

308

acumulado dos últimos 12 meses, segundo Anatel. PIB (Produto Interno Bruto) cresce 5,4%, melhor resultado dos últimos três anos. A economia cearense cresceu 5,4% de janeiro a março deste ano (2008), em relação à igual período do ano passado. Assim como o Brasil, o Ceará teve o melhor primeiro trimestre dos últimos três anos. Ainda sobre o problema da Varig e da Varilog o senador Heráclito Fortes (DEM-PI) defendeu, em discurso feito em Plenário que a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, venha ao Congresso Nacional para prestar esclarecimentos sobre as denúncias relacionadas à venda da Varig. Heráclito se referia às recentes acusações, feitas pela ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu, de que a ministra teria pressionado a Anac para aprovar a venda da Varig e da Varig Log (empresa de transporte aéreo de cargas) ao fundo de investimentos norte-americano Matlin Patterson. O senador afirmou que, "se for verdade o que a imprensa traz por meio de denúncias de uma ex-diretora, a interferência direta do Palácio do Planalto em uma agência reguladora, além de inoportuna, é

309

criminosa”. Esse caso Varig vai terminar sobrando para ex-diretora que é a que tem menos influência no governo federal. Petrobrás confirma no Rio de janeiro que investirá R$ 11 bilhões no Ceará. Segundo o diretor de abastecimento, Paulo Roberto costa, a meta da refinaria seria produzir derivados de petróleo para o mercado externo, principalmente, Europa. O projeto foi anunciado no Rio de Janeiro. Estacionamento em espaço público prejudica pedestre. Muitos estabelecimentos se apropriam da calçada e fazem dela estacionamento privativo. Essa ação traz problemas tanto para os pedestres como para os motoristas. Voltando novamente ao caso do senador ele afirma que isso não pode ficar sem explicação - declarou ele, acrescentando que a base do governo "está querendo blindá-la para que não venha novamente ao Congresso”. Em aparte, o senador Geraldo Mesquita Júnior (PMDB-AC) também defendeu a vinda de Dilma Rousseff ao Congresso, afirmando que ela "deve se apressar para prestar os esclarecimentos".

310

Já o senador Adelmir Santana (DEM-DF), em outro aparte, criticou a interferência do governo federal sobre as agências reguladoras, "as quais deveriam ser independentes". E o senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR), por sua vez, argumentou que quando um funcionário do governo é alvo de acusações, deve-se afastá-lo de seu cargo, abrir uma sindicância e, se ele for considerado inocente, permitir que retome o cargo. Ou confusão absurda esta que envolve governo, Varig e Varilog. Olha, em política tudo pode acontecer desde as crises mais simples até os aluviões. Nesses aluviões de protestos ouvem-se os tinidos das “armas” melhor fora que o homem voltasse seus olhos para o campo fraterno, antes da destruição que se fará consumar. Já estão se confirmando senhores, visto que a fraternidade não tem campo de atuação no parlamento. E quando os grandes políticos não se entendem quem sofre é o povo.

311

O BRASIL BRASILEIRO O ciclo natural da vida é este: nascer, crescer, desenvolver e morrer. Se o destino de todos os seres humanos será o mesmo, porque tanta prepotência, arrogância, orgulho, inveja e riquezas materiais. Quando o Senhor nos chama ninguém leva nada. A infância é a consequência óbvia das soberanas leis da criação que estabelecem diretrizes no orbe terrestre. Combater a violência no Brasil e no mundo é tarefa dificílima. A Bíblia no começo do mundo segundo pensamento de alguns religiosos que a defendem como Livro Sagrado afirmam que ele n~o possui deslizes. “Como é que Deus aprova a pena sumária, quando o irmão mata o outro por inveja e orgulho, abomina o sexo, quando o mesmo afirma: crescei-vos e multiplicai-vos”. São as alegorias, os simbolismos, visto que a Bíblia foi escrita por homens imperfeitos iguais a nós. Jesus, o grande Mestre da humanidade foi o único Espírito Puro que pisou o orbe terrestre. Não completou sua missão terrena pela imperfeição dos homens, que abarrotados de

312

inveja pensavam que Jesus queria tomar seus reinos. Se Jesus não criou nenhuma religião, por que existem inúmeras religiões cristãs. Os primeiros seguidores de Jesus não eram chamados de cristãos e sim seguidores do caminho. A inveja, o orgulho, a vaidade, a prepotência do hominal não é de hoje, é coisa antiquíssima. Uma frase empregada pelo Mestre Jesus ficou nos anais da história: ”Pai perdoa-lhes, porque eles não sabem o que fazem”. Essa introduç~o que estamos fazendo não tem intuito, nem pretensão de derrogar as palavras de Jesus, ele agia assim porque seu coração era bom e amava todos seus irmãos. Mas, o homem sabe o que está fazendo? Sabe sim. E como sabe! Existem as classes de homens em nosso Brasil brasileiro. O bondoso, o caridoso, o orgulhoso, o ambicioso, o materialista, o gnóstico, o agnóstico, os pretensos ao mal, os perversos, os desumanos assim iríamos completar uma enciclopédia das qualidades do hominais brasileiras. Quantas famílias pobres existem no Brasil? Inúmeras. Quantas têm o

313

direito que a Constituição lhes garante, como moradia, educação, saúde e segurança? Nenhum, somente os abonados aqueles que conseguem a todo custo equilibrar receita e despesa, cortando gastos desnecessários às vezes suprimindo até alimentações. O homem que se diz inteligente, o homem sapiens não assimilou aquilo que de mais sagrado Deus lhes deu, o livre-arbítrio. No livre-arbítrio estão inseridos o bem e o mal. Por que os hominais pendem mais para o mal em detrimento do bem? Porque pensam serem os soberanos seres superiores do universo. Ah! Se todo humano se conscientizasse de sua fragilidade, pediria todos os dias, o dia todo o amparo divino, mas, felizmente, uma pequena minoria ainda respeita os desígnios de Deus. São os homens de boa vontade. Por que o homem tira com tanta facilidade e crueldade a vida de seu irmão e em muitos casos a vida dos próprios pais e parentes? Falta de amor, falta de boa conduta, isenção de educação, ócio e na maioria das vezes preguiça que pode ser a mental ou a corporal. Parece até que a inteligência foi exterminada de algumas raças e

314

o instinto passou a dominar os homens. Nem os animais matam com tanta frequência como os homens, visto que os animais só atacam quando são ameaçados e quando estão famintos. Senhor tende piedade de nós humanos, estamos destruindo a própria natureza, mas nunca estamos satisfeito, sempre procurando sarna para se coçar. Criam comandos assassinos, grupos terroristas, grupos de extermínio, crime organizado, “guerras religiosas”; sequestros e outras mazelas abomináveis por todos aprovados por eles, incentivadores do mal. Deus deu ao homem o livre-arbítrio para cuidar de coisas importantes, visto que o homem é o vetor de todas as desgraças humanas enviou seu filho para pregar paz e harmonia, mesmo assim terminou seus dias brutalmente crucificado. Deus não intere na vida do homem, visto que lhes deu o livre-arbítrio. Temos que rogar a Jesus e ao próprio Pai, para que ele casse esse direito, já que as autoridades nas cumprem seus papéis, só pensam na locupletação, deixando o Brasil e a população a mercê das moscas e

315

mosquitos, com raras exceções. Os detratores, os homens do mal estão dominando o écran brasiliano, governando ao bel prazer tirando proveito de tudo. A desgraça vem com crianças abandonadas, uso de drogas, prostituição infantil e adulta, as doenças que assolam e matam a assistência médica falha em virtude da migalha que ganham os profissionais, enquanto políticos (nunca foi profissão) esbanjam dinheiro através das corrupções e as CPIS, outras nuanças imantadoras do vil metal. O homem só almeja a riqueza material e nada mais.

316

BRUTALIDADE RELIGIOSA Todos nós sabemos que a grande maioria das religiões do mundo cresceu sobre o clima da violência e da maldade de alguns de seus membros. A religião católica se notabilizou pela “Santa Inquisiç~o”, pelas cruzadas, j| os que se dizem evangélicos cresceram pelas raias violentas da Reforma Protestante. A religião Judaica institui um “deus” único, mas, que n~o passava de um espírito protetor de Abraão, Isaac e Jacó, que Abrão na época chamou-o de Jeová, Javé e Iavé. Já a Muçulmana apesar de ter um código bastante exigente, além de serem seguidores do profeta Maomé, e chamar Deus de Alá, está se notabilizando pelos atos terroristas que aterrorizam o mundo. A Bíblia, o Livro Sagrado das religiões católica e protestante em seu início insere a violência, onde por inveja um irmão assassina o outro. Caim matou Abel, mas a violência não parou continuou até chegar ao Novo Testamento, que por imposição religiosa passou a ser parte integrante da Bíblia. Fazendo pesquisas costumeiras encontramos matéria

317

assaz interessante, escrita por uma pessoa que adotou o pseudônimo de André. “Crist~os depredam templo espírita”. No preâmbulo de sua matéria ele afirma: “Em mais uma demonstração de barbárie, intolerância para com o próximo e selvageria, ovelhinhas do Senhor resolveram fazer aquilo em que são especialistas: Tumultuar o juízo dos outros”! Enquanto os religiosos vêm aqui dizendo para que nós, céticos, respeitemos suas estúpidas crenças, o que fazem os adeptos do Grão Cavaleiro do Burrico? Invadem um templo religioso e depredam tudo! É a velha história: “tudo posso naquele que me enlouquece”. Mesmo sem pertencer às religiões não coadunamos com as palavras chulas para qualificar os irmãos. Continua em sua matéria: “O palco da hostilidade foi um templo espírita do bairro do Catete, Rio de Janeiro”. Quatro jovens da igreja Geração Jesus Cristo invadiram e depredaram o templo Cruz de Oxalá, no início da noite de segunda-feira (03/06/08). Como não podia deixar de ser, a crentalhada maníaca chegou

318

berrando feito uns alucinados. Eram três rapazes e uma jovem, todos aparentando ter cerca de 20 anos, que invadiram insultando os fiéis do referido templo religioso. Os Psicóticos de Cristo quebraram todas as imagens e utensílios que estavam no local. Contidos pelos dirigentes do centro, os quatro foram levados para a 9ª DP (Catete), prestaram depoimento e foram liberados! Maravilhoso, não é? Eles causam perturbação da ordem, agem com preconceito, discriminam a religião em seu próprio lugar que os fiéis têm como sagrado e saem ilesos. Não queremos meter o bico nas agressões alheias, mas o fato em si merece uma ressalva. Os espíritas ou espiritistas não são melhores do que ninguém, mas o estimado André confundiu um culto afro com a Doutrina Espírita. A palavra Cruz de Oxalá está ligada ao Candomblé, Umbanda e Macumba, que respeitamos suas crenças, visto que tiveram uma enorme dificuldade em cultuar seus deuses, já que os portugueses que aqui aportaram eram católicos e abominavam essas crenças. Tiveram

319

de fazer seus cultos às escondidas e associar seus deuses aos santos da Igreja católica, por serem politeístas. Jesus, o Cristo não criou e nem fundou nenhuma religião, nos ensinou a amar, a perdoar, a praticar a caridade, a fraternidade e o perdão. Enquanto, a conscientização humana não chegar a um denominador comum e imantar com todas as forças o ecumenismo entre as religiões, as desavenças continuaram e a religião de uma determinada pessoa sempre será melhor do que a outra. Rezam, oram fazer reuniões, congressos, mas o bem nunca será o ponto primordial de determinados religiosos. Hoje temos uma verdadeira apoteose e overdose de religião nos meios de comunicaç~o. Jesus disse: “quando quiserdes orar recolhe-te ao silêncio do teu quarto”. Como Jesus falava através de parábolas, ainda hoje os fiéis interpretam de outra forma os ensinamentos do Mestre. Recolher ao silêncio do teu quarto, não é se isolar no quarto fechar a porta apagar as luzes e orar. Quanto Jesus

320

afirma recolhe-se ao silêncio de seu quarto é para que nós nos concentremos, onde estivermos e com muita fé trazer de dentro de nosso ego, na introspecção do coração a oração que queremos rezar e oferecê-lo. Normalmente essa oração partindo do nosso íntimo deve ser feita de improviso, visto que as preces repetitivas tiram à concentração e servem apenas como passa tempo. Irmãos, devemos nos unir para termos uma vida digna, saudável e que todos possam se cumprimentar com amor e sem ranços no coração.

321

MOMENTOS ATUAIS Não conseguimos entender porque determinadas pessoas, ainda se julgam superiores, quando nós sabemos que ninguém neste mundo é perfeito. Estamos evoluindo para isso, mas um percentual muito grande, principalmente os que residem na Região Sudeste do Brasil são verdadeiros discriminadores com suas exceções é claro. Se pudessem se fosse possível voltariam à velha inquisição e incentivariam a prática horrenda do holocausto contra os brasileiros que residem ou vivem em regiões menos favorecidas. Estariam na lista os nordestinos, os negros, os silvícolas, deficientes e pobres, idosos e favelados, moradores de rua e estropiados. O écran negativo brasileiro é cruel e desumano. Os seres aqui citados são ou não seres humanos? A cota nas universidades para estudantes negros é coisa demoníaca, pois os negros e os considerados ralés da sociedade injusta brasileira possuem direitos constitucionais, mas a falta de respeito com a Carta Magna é cruel e aparente. Enquanto existem discriminação e

322

injustiças sociais o Brasil jamais sairá do marasmo político que se encontra. Vemos com certa preocupação pretensos candidatos a cargos políticos usarem o parlamento para fazer críticas veementes aos gestores que estão terminando seus mandatos. A Assembleia senhores deputados tem outros objetivos a defender e aprovar. Os projetos sociais que irão beneficiar a população são prioritários. Até agressão verbal fazem o cotidiano na casa do povo. Governo quer remunerar PM (Policial Militar) que reduzir violência. Queremos aparentemente dizer que somos conta à pretensão governamental. Salários dignos e condignos seriam de bom alvitre, mas a desculpa é sempre a mesma. Se dermos um reajuste maior onerará a folha do Estado. Esta desculpa se escuta todos os anos. O Governo do Estado pretende gratificar os policiais que atuem em áreas onde os índices de criminalidade reduziram. Os estudos para implantação do benefício já estão adiantados e a medida pode ser aplicada ainda este ano. A

323

espécie de “Lei do Desempenho” também pode valer para professores, mas os critérios ainda estão em discussão. Todos nós sabemos que a violência brasileira está atrelada a fome e a miséria, com consequências drásticas na “Trindade Social”. Será que professores, policiais e profissionais de saúde não se empenham? Olha que esse giro pode se transformar em jirau. Já vimos esse filme em algum lugar e em determinado tempo. A política brasileira precisa de recauchutagem e principalmente de políticos novos com políticas apropriadas e aprovadas por uma comiss~o de alto nível. “Um adendo a Constituição Federal deveria exigir dos candidatos a cargos políticos uma formação superior em Ciências Políticas”. O que se vê hoje é o povo se sujeitando reclamando das decisões escabrosas e sugadoras dos governos, uma verdadeira maldade, visto que o servidor passa metade de sua vida pagando impostos, e ainda querem mais. A Lei da Oferta e da Procura é uma das mais fortes no Parlamento brasileiro, os partidos políticos querem açambarcar as mais

324

importantes posições com direito a escolha. Banco Central, Previdência, Ministérios, Banco do Brasil, do Nordeste entre outras. Seria possível mudar essas querelas? Sim! Mas, com presidentes preocupados com a situação do povo brasileiro. Acabar com o sofrimento de quem procura assistência médica, educação e segurança. Outra indagaç~o: “por que se mata tanto no Cear| e no Brasil”? Primeiro, a droga mais perigosa, o álcool rende milhões ao governo, os jogos de azar são metamorfoseados através da Caixa Econômica, orçamento de um setor é desviado para outro, acabar com a “profiss~o de político”, com a imunidade e a impunidade, mais respeito com eleitores e a população de um modo geral. Os descasos são grandes e estamos chegando à condição de miseráveis em determinadas cidades nordestinas a situação é idêntica ao que se vê nos países mais pobres da África. Saneamento básico não existe, as doenças proliferam, estradas esburacadas, intransitáveis, ruas cheias de lixo, água fétida, buracos, ratos, baratas e cupins. E os impostos que pagamos

325

vão para onde? A malfadada CPMF que era para uso na saúde não foi e o povo continua a sofrer, a morrer nas filas dos hospitais para ser atendidos ou remarcarem consultas para seis meses ou até um ano. Os Planos de saúde, além de explorarem os clientes agora estão com nova estratégica, cobrando por estacionamento dentro do próprio espaço do hospital. As autoridades, os cantores, os escritores reclamam da pirataria, ela só existe porque a falta de emprego é gritante e o comércio informal tende a engolir o formal. Muitas mazelas precisam ser revistas com carinho e zelo. O projeto do Metrofor data de 1997 e já estamos em 2008, só vemos placas e buracos e nada mais. Flanelinhas estão ameaçando os motoristas e as autoridades não tomam providências, em vários estados à presença deles não existe, visto que governadores e prefeitos proibiram e o povo aplaudiu a decisão, mas aqui eles continuam pintando e bordando em muitos casos abordam motoristas, bem como senhores e senhoras. Agem fumando maconha e as escondidas

326

cheirando cola. A cada cheiro um revezamento, os motoristas que se cuidem, pois solução drástica não virá tão cedo.

327

PROJETO PREVÊ PLANTIO DE ÁRVORE PARA CASAR OU SE DIVORCIAR Fatos inusitados de grande polêmica só acontecem no Brasil. É como afirmar que tudo tem dia e hora. A fruta só cai quando amadurece e a onda só quebra na praia. O que dar para rir dá para chorar, diriam os mais exaltados. Um projeto que seria de grande utilidade para o meio ambiente. Um projeto em tramitação na Câmara dos Deputados pode tornar obrigatório o plantio de mudas de árvores toda vez que alguém casar se divorciar, comprar carro zero quilômetro ou construir imóveis residenciais e comerciais. Alguns estudiosos sobre meio ambiente afirmam que este meio é o endereço do futuro para o qual haverá a maior convergência de demandas entre todas. Não é necessário realizar estudos muito profundos para se concluir que a qualidade da água se encontra fortemente ameaçada; que o clima tende a se transformar no próximo século por conta do efeito estufa, da redução da camada de ozônio, a biodiversidade tende a reduzir, empobrecendo o patrimônio genético,

328

justamente quando a ciência demonstra cada dia o monumental manancial de recursos para o desenvolvimento científico que a natureza alberga. O deputado Manato do PDT do estado do Espírito Santo pensou em estatística e casamento e fez a aliança dos dois, remetendo a apreciação da Câmara dos Deputados um Projeto de Lei, quiçá interessante. Pelo projeto, do deputado Manato (PDT-ES), noivos teriam que plantar 10 mudas de árvores para casar. No divórcio, a conta aumentaria: 25 mudas. No caso da compra de veículos, são 20 mudas para carros novos, 40 para os de médio porte e 60 para veículos pesados. Construtoras seriam obrigadas a plantar 10 mudas para cada imóvel residencial e 20 para cada unidade comercial. Da inteligência humana pode-se esperar tudo, enquanto ambientalistas sofrem para encontrar maneiras para combater a poluição, um deputado, homem do povo sai com esta ideia. Para completar o pensamento do deputado seria de bom alvitre que para combater a desertificação no Nordeste cada dono de terra e

329

moradores de cidades interioranas fossem obrigadas por lei a plantar árvores que suportem bem o calor nordestino e possam vencer todo esse período sempre bem verdinhas, e sem perder o viço. Juazeiro, mangueiras, cajueiros, oitizeiros, e outras plantas que suportam altas temperaturas, como também as infrutíferas, que não deem frutos para não sujar a cidade. Por uma conta conservadora com base em dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), sindicato da construção civil e dos fabricantes de veículos, se for transformado em lei, o projeto obrigará o plantio de pelo menos 65 milhões de árvores por ano pelo país. Segundo a entidade ambientalista SOS Mata Atlântica, isso equivaleria a ocupar com árvores uma área de 38.235 hectares, ou o equivalente a 46.346 campos de futebol com dimensões oficiais (8.250 metros quadrados). Como a ideia surgiu ou partiu de um político, o castigo para os corruptos seria a compra de plantas por parte dos mesmos, além de cultivá-las.

330

Só pela estatística do deputado Manato, a quantidade de árvores plantadas seria suficiente para recompor a mata ciliar de 6.366 quilômetros de rios brasileiros com uma faixa de 30 metros de vegetação em ambas as margens. Para efeito de comparação, o rio Amazonas tem 5.825 km de extensão. Para a SOS Mata Atlântica, toda iniciativa para incentivar o plantio de árvores é válida, mas nem sempre eficaz. De acordo com o coordenador de fomento florestal da entidade, Nilson Máximo, depois de plantada uma muda é preciso um acompanhamento de dois anos para que ela tenha chances de chegar à fase adulta. Para o deputado Manato, entretanto, o projeto vai ajudar a reduzir os efeitos do aquecimento global em longo prazo sem pesar no bolso do contribuinte. “Quem comprar um apartamento de R$ 100 mil, [a construtora] não vai pagar nem R$ 50 para o meio ambiente. Isso é irrisório. Acho que o valor para a gente é simbólico, mas para o meio ambiente é muito”, disse ao G1.

331

Às vezes queremos pensar que determinadas pessoas têm bolinhas na cabeça, mas pensando em efeito estufa, camada de ozônio a solução até que pode ser viável. O aquecimento global segundo cientistas persistirá durante vários séculos, embora às emissões de gases do efeito estufa sejam muito reduzidas. Os cientistas que participaram do simpósio sobre os efeitos da mudança climática nos oceanos, realizado na Espanha nesta semana, dizem acreditar que o processo é praticamente irreversível. Mesmo que se deixe de emitir totalmente CO2 na atmosfera, a temperatura média subiria dois graus durante os próximos 50 anos pela inércia adquirida pelo fenômeno, segundo os pesquisadores. Esses cientistas que participaram desse simpósio precisam conhecer urgentemente o projeto do deputado brasileiro Monato e achamos que eles mudarão de ideia. Alguns aspectos aqui expostos foram retirados e tiveram como fonte: Ambiente Brasil, Brasília, DF – 16 06 2008/Site: www.ambientebrasil.com.br/.

332

O deputado disse não se preocupar com o choque que pode ocorrer entre o projeto, se for aprovado, e as legislações de estados e municípios sobre normas para o plantio de |rvores. “É preciso começar por algum lugar. Tem que começar por uma lei federal”, afirmou. Como se encontra a tramitação do projeto: O projeto do deputado Manato (PDT-ES) já foi aprovado por duas das cinco comissões pelas quais deve ser apreciado. Como tramita em caráter conclusivo, pode ser enviado ao Senado sem sequer ser votado no plenário da Câmara. Para isso, é preciso que as outras três comissões também aprovem o projeto e que não haja recurso com mais de 51 assinaturas contra a proposição. Na defesa que faz de seu projeto, Manato relata os impactos que a produção de veículos e da construção de imóveis causa ao meio ambiente. Sobre o divórcio, diz que a “lógica é simples”. “Quando as pessoas se separam, as famílias se dividem. Isso resulta em aumento no número de residências, o que, por sua vez, leva a uma ocupação maior do espaço e também a um

333

consumo maior de energia e de |gua.” O projeto prevê a substituição do plantio pela doação de mudas ao órgão municipal de urbanização ou o pagamento de R$ 1 para cada muda devida. Da cabeça do brasileiro sai tanta coisa que muitas das vezes nos deixam, boquiaberto ou espantados ao mesmo tempo. Como instrumento para preservação ambiental, o ser humano tem as leis que regem a forma de agir com o meio ambiente. Embora muitas vezes estas leis sejam desobedecidas, temos que utilizar os meios existentes a fim de manter os recursos e ambientes naturais remanescentes. As leis que regem o comportamento de uma sociedade ou de um indivíduo nem sempre são consideradas justas. Inúmeras vezes nos vemos diante de afirmações populares como "tal lei serve para todos, mas não se aplica - a alguns”. Mas, essa se aprovada será aplicada a todos que participam desse écran.

334

DE MÃE PARA MÃE O dever maternal é o de a mãe defender a sua cria. Nuança que acontece no mundo animal, como no mundo hominal. Mesmo com essas afirmações, ainda acontecem imprevistos condenáveis por leis humanas e divinas. O que nos eleva acima dos animais é o pensamento, quando sofremos é porque não o usamos corretamente. É difícil resistir e subsistir com pouco ou quase nada numa sociedade gananciosa, discriminatória, materialista e orgulhosa. Sempre somos estimulados ao consumismo exacerbado, seja nos dias comemorativos, seja no dia a dia. Essa estratégia já está inserida no cotidiano brasileiro. A conquista está acima de tudo nas coisas simples, na vida financeira com seus grandes recursos e nos pequenos também. Que a simplicidade nata suplante as coisas simples em determinadas variáveis. O universo onde o planeta terra está inserido, a luta entre pobres e ricos é titânica. Nunca devemos nos envaidecer do conhecimento humano, pois nos jogaria fora do azimute da inteligência.

335

Dignidade acima de tudo e de todos seria a ação mais provável e correta. A reclamação, a desonestidade, a desconfiança está sempre atuando no ego humano. Como adeptos de uma boa escrita, a pesquisa é nosso ponto forte. Temos como ponto principal e primordial angariar muitos amigos que pertençam ao nosso rol. E-mail vai, e-mail vem, assim vamos levando o aprendizado à frente. Belo dia chegou as nossas mãos um e-mail quiçá interessante, era a história de duas mães que dialogavam. “Uma dizia a outra:” 'Hoje vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão contra a transferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEM em São Paulo, para outra dependência da FEBEM no interior do Estado. Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, das dificuldades e das despesas que passou a ter para visitá-lo, bem como de outros inconvenientes decorrentes daquela transferência. Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi que não só você, mas igualmente outras

336

mães na mesma situação, contam com o apoio de comissões, pastorais, órgãos e entidades de defesa de direitos humanos. Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender o seu protesto. Quero com ele fazer coro. Enorme é a distância que me separa do meu filho. Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e as despesas que tenho para visitálo. Com muito sacrifício, só posso fazê-lo aos domingos porque labuto, inclusive aos sábados, para auxiliar no sustento e educação do resto da família. Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que desempenha, para mim, importante papel de amigo e conselheiro espiritual. Se você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou estupidamente num assalto a uma vídeolocadora, onde ele, meu filho, trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite. No próximo domingo, quando você estiver se abraçando, beijando e fazendo carícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando flores no seu humilde túmulo, num cemitério da

337

periferia de São Paulo... Ah! Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e sustentando a casa, pode ficar tranquila, viu? Que eu estarei pagando de novo, o colchão que seu querido filho queimou lá na última rebelião da FEBEM'. Esse manifesto foi endereçado a minha pessoa e nos pediram que fizéssemos à circulação do mesmo, pois a intenção é que talvez a gente consiga acabar com esta inversão de valores que assola o Brasil! E que sirva de liç~o aos que fazem “Os Direitos Humanos”, pois muitas vezes eles desvirtuam a finalidade dos direitos. Aqui colocaremos o clichê popular que já está tomando conta do país: “Direitos humanos s~o para humanos direitos”! E, que o Código da Infância e da Adolescência seja para defender os menores que sofrem agressões, sequestros, assaltos de outros menores adolescentes, punir com rigor os menores, e adolescentes infratores, visto que normalmente acontece o contrário. Quem agride, mata, tem mais proteção do que as vítimas de menores infratores.

338

Como no Brasil o errado é que está certo o que podemos fazer é reclamar em altos brados. Nunca é tarde para sermos felizes. “Abstém-se de fixar as deficiências do companheiro e procura destacar-lhe as qualidades nobres, nas quais se caracterizam de alguma forma. Examina o bem, louva o bem e estende o bem quanto puderes”. A paz pode passar a residir hoje mesmo em nosso campo íntimo. Basta lhe ofereçamos o refúgio da compreensão e isso depende unicamente de nós. Aliás, muita coisa depende de nós e só iremos obter sucesso se a conscientização pousar e fizer morada em nossos corações.

339

A FELICIDADE E A PAZ É muito bonito, belo e esplendoroso ver uma pessoa dedicada e com seriedade com tudo que faz. Da mais simples a mais complicada missão. Uma boa causa e dedicação exclusiva ao bem. Todos nós desejamos e almejamos viver saudável. Ser felizes foi para esse atributo divino que o Pai nos criou. Se essa felicidade fosse almejada pela força da fé seríamos um povo repleto de paz e alegria. Quando buscamos essa felicidade fora de nós à situação se inverte. A felicidade fora de nós está na inserção dos prazeres da carne, na exacerbação da nossa aparência e no excessivo apego as riquezas materiais. A felicidade transita dentro de nós, em nosso ego, superego e independe de valores transitórios ou materiais. A felicidade em primeiro plano é apenas a satisfação das necessidades passageiras. A felicidade real e verdadeira é inabalável, duradoura, consciente e serena. Isto acontece porque está cimentada na prática da virtude, do bem, mas devido a nossa imperfeição tropeçamos aqui e acolá, mas são essas pedras

340

situações desconfortáveis ajustes benéficos que passamos com intuito de atingir uma feliz alvorada. Os homens de boa vontade permanecem firmes, resolutos e persistentes em qualquer situação e circunstância. As pedras de tropeços colocadas em nosso caminho são prenúncios de paz. Os homens de boa índole e adeptos da paz permanecem nessas circunstâncias, pois suas ações e seus corações são sustentados pela felicidade. Bendita paz faça parte de nosso écran queremos ser felizes mesmo que tenhamos que buscar o merecimento onde ele estiver.

341

NEM FREUD EXPLICA! Nem Freud explica a preocupação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com a ministra Dilma Rousseff. O presidente quer dar um de anjo da guarda da ministra, que mete os pés pela cabeça, burlando as leis para fechar negócios bilionários. Temos pena dos senadores em suportar tantas bobagens que saem da boca do presidente. Denise de Abreu uma indefesa nas mãos poderosa de uma ministra, que quer ser uma Dama de Ferro. Será que a ministra esqueceu o seu passado e o presidente as promessas feitas em palanque? Diz o jargão popular que o povo aumenta, mas não inventa. Será que os meios de comunicação que publicaram inúmeras e fartas matérias sobre o caso, estão causando pena ao presidente. O caso da Variglog está muito parecido com uma laranja, se espremer vai sair muito sumo. É falta de respeito para com o próximo explorar uma mulher indefesa e que sabe de muita coisa. Só Freud explica depoimento de ex-diretora da Anac, diz Lula. "Eu acho que precisa perguntar

342

para Freud. Só Freud explica tudo àquilo lá [o depoimento de Denise Abreu]", afirmou o presidente. A ex-diretora acusou a ministra Dilma de ter pressionado a agência a aprovar a venda da VARIGLOG para um fundo norteamericano. Então Freud vai ter que explicar aos redatores das revistas de maior circulação no Brasil, aquilo que só ele poderia explicar. Em primeiro lugar se Freud está morto ele não explicará nada, só se o Espírito dele se manifestasse no senado, através de algum senador espiritista. Na Folha on-line vem subscrito: A ex-diretora da Anac (Agência Nacional da Aviação Civil) Denise Abreu reafirmou hoje as denúncias de que houve pressão e ingerência do governo junto à agência para aprovar as vendas da Varig e da VARIGLOG para o fundo norte-americano Matlin Patterson. Em seu depoimento à Comissão de Infraestrutura do Senado, ela negou, no entanto, ter recebido ordens diretas da ministra Dilma Rousseff (Casa Civil). Denise centrou as denúncias em torno da secretária-executiva da

343

Casa Civil, Erenice Guerra, e do advogado Roberto Teixeira, compadre de Lula e representante do Matlin Patterson no caso. Lula também criticou a oposição por perder tempo ontem na audiência. “Oito horas e meia”... Quando eu vejo algumas pessoas perdendo oito horas e meia e perguntando coisas sem importância, eu penso que é para justificar a própria reunião. “Eu fico com pena”, disse Lula se referindo à duração da audiência com Denise Abreu. Senhor presidente estamos a quase oito anos esperando por suas promessas de campanha e até agora nenhuma foi cumprida. Inúmeras CPIS foram instauradas para punir os culpados pelos deslizes acontecidos em seu governo, mas no frigir dos ovos ninguém foi punido e o dinheiro sumiu. Na China quem rouba perde o braço e político corrupto enfrenta a pena de morte, aqui no Brasil acontece o contrário, o político aumenta os braços e de prêmio recebe a “pena da sorte”, visto que todos são absolvidos. Lula comparou o depoimento a uma "laranja sem caldo". “O que

344

eu percebi é que resultado é como se você espremesse uma laranja que n~o tivesse caldo”. “N~o sei como os senadores ficam tantas horas nisso.” Se laranja tivesse caldo presidente, o senhor iria conseguir o maior feito da história, pois espremendo laranjas teremos sumo e não caldo. Mas, se fosse outro tipo de laranja, com certeza teríamos confissões fabulosas. O presidente desafiou a oposição a usar seu tempo de forma mais produtiva para ajudar no desenvolvimento do país. "Eu penso que a oposição poderia fazer uma belíssima oposição apresentando propostas alternativas ao país, mostrando que as coisas que estamos fazendo estão erradas, dizendo o que deveríamos fazer: mais desenvolvimento industrial, mais salários. Isso é que daria um debate bom para o Brasil.”. Falou, rodopiou e não saiu do lugar. Nós confiamos na honestidade de Denise de Abreu, pois o que almejam é a crucificação da servidora. Presidente, Denise de Abreu é uma boana, o governo deveria sim procurar eliminar as chagas produzidas por tubarões e as aves de rapina de seu governo. A revista Isto É, como as

345

demais contam com todos os detalhes o já tão famoso caso Variglog. Os empresários envolvidos no processo afirmam que Denise falou a verdade. Não se governa um país com ameaças e falta de sintonia. O Brasil de hoje é uma nau sem rumo, pois o comandante cochilou e o cachimbo caiu. Queremos que o governo se entenda e o Brasil não seja prejudicado por picuinhas. O Brasil é forte e vencerá todas as mazelas que surgirem à sua frente. Canja e caldo de galinha, nunca fizeram mal a ninguém. Precisamos de interação já. Pensem nisso! O presidente atacou ainda a imprensa por dar crédito ao que ele chamou de mentira. "O problema da mentira é que quando contada uma vez, é preciso mentir a vida inteira para justificar. Fico pensando como é que algum jornal que acreditou nisso vai sair dessa." Todos vão sair dessa, pois a classe de jornalista no Brasil é unida e não publicam furos-furados, pois o compromisso maior é com a ética e a verdade.

346

QUERO SER UMA ESTADISTA! A ministra Dilma Roussef, escolhida pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como favorita a sua sucessão em 2010, quer mostrar serviço atropelando a todos que se colocarem em seu caminho. Na realidade ela pensa um dia ser a estadista brasileira, visto que tem a mania de interferir com mão pesada em negócios privados, e metendo o pitaco nas agências reguladoras e desobedecendo a legislação de seu País. Estadista é a pessoa de atuação notável nos negócios políticos e na administração de um país; homem ou mulher de Estado. Envolvida em escândalos e desta vez numa grave ação, permitiu que dados sigilosos em poder de seu gabinete na Casa civil fossem utilizados de maneira inconveniente para a elaboração de um dossiê com os gastos do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Duvidamos que ela queira que seus adversários políticos forneçam seu dossiê, na época do governo dos militares. Amiga e companheira de ideal do capitão Lamarca e do atual ministro do

347

meio ambiente, Carlos Minc não é essa flor que se cheire. O Ministro do Meio Ambiente (aliás 'JAIR', aliás 'JOSE', aliás 'ORLANDO') - Em 31 de Março de 1969, Carlos Minc Baumfeld, Fausto Machado Freire e outros assaltaram o Banco Andrade Arnaud, na Rua Visconde da Gávea, 92, na GB/RJ, roubaram à quantia de 45 milhões de cruzeiros, onde foi assassinado o comerciante Manoel da Silva Dutra. Em 18 de Julho de 1969, como militante da (VarPalmares) organização terrorista da qual participava a atual ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, participou da' Grande Ação', assalto ao Cofre da casa do Adhemar de Barros', em Santa Teresa/RJ. Assim, a ministra guerrilheira Dilma ganha um antigo aliado. E como! Eles foram 'companheiros de armas' - na organização terrorista Var-Palmares. Na prática, ela era sua chefa então. Já em 16 de Outubro de 1969, foi preso na Rua Ana Néri, 332, no Rio. O jornal Estado de São Paulo, a ex-diretora da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) Denise Abreu revelou que foi fortemente pressionada pela ministra Dilma e por sua secretária

348

executiva, Erenice Guerra. Denúncia contra Dilma: ela usa o poder para interferir, facilitar e consignar, usando a mão pesada para concretizar negócios bilionários privados, e que dependem de agências reguladoras. “Margareth Thatcher gostava muito de usar frases por ela construídas em seus discursos. Ser líder é como ser uma dama: se você precisa provar que é, então você não é. Está no poder é como ser uma dama. Se tiver que lembrar às pessoas que você é você n~o é”. Denise Abreu sofreu pressões para que favorecesse o consórcio formado pelo fundo americano Matlin Patterson por sócios brasileiros liderados pelo empresário Marco Antônio Audi na compra da Varig e da Variglog, uma empreitada que totalizou R$ 240 milhões de reais. Se não fosse a mão de ferro da ministra o negócio teria murchado. Em vários negócios bilionários ela estava presente. Da Petroquímica a telefonia, incursionando também pelo bilionário setor elétrico. E o presidente Lula o que diz das atuações da ministra? No caso da Variglog, a lei determina

349

que as empresas aéreas possam ter no máximo 20% de participação de capital estrangeiro. O ex-diretor Josef Barat define o episódio como “um exemplo bem did|tico de como n~o se deve agir com uma aç~o reguladora”. Antes mesmo de uma averiguação sigilosa a Anac deveria, com a participação dos órgãos competentes, Receita Federal e Banco Central para verificar a origem do dinheiro dos sócios brasileiros, para que a participação de laranjas fosse descartada. A ministra apressou o passo não permitindo que essa averiguação fosse realizada. Alguma coisa suja rolou por debaixo dos panos. O empresário Audi e os ex-diretores da Anac Barat e Lomanto confirmaram as denúncias de Denise Abreu. Aqui na terra brasilis quem quer trabalhar honestamente, sofre pressões de todos os lados. Como as ações delituosas da ministra não deram em nada, o presidente Lula já tem a sua pretensa sucessora, Dilma Roussef que sabe de todo o tráfico de influências no governo Lula. Eis alguns questionamentos que a ministra terá de explicar: Revista “Isto É de 11 /06/2008, nº.

350

2014 /ano 31.” Por que esteve com o sócio da Variglog no primeiro semestre de 2006 em seu gabinete no Palácio do Planalto. Por que levou representantes da variglog ao gabinete do presidente Lula, após o encontro em seu gabinete? Quais as “decisões favor|veis” a ministra tomou em favor do fundo americano Matlin Patterson e dos sócios brasileiros da variglog? Que motivos levaram a ministra a pedir aos diretores da Anac que não cobrassem os documentos que comprovariam a origem do dinheiro da compra das empresas? Oi - Telemar e Brasil Telecom-O governo decidiu que o país precisa de um grande grupo nacional no setor de telefonia. Mas, à falta de um capitalista, o BNDS injetou R$ 2,6 bilhões na venda da Brtelecom para a OI. O negócio depende de mudança do Plano Geral de Outorgas, um processo demorado. Tem mais coisas feias por aí. Achamos até que a saúde está sendo usada como pretexto e esse famigerado imposto que vem substituir a CPMF é para cobrir essa parafernália toda criada pela

351

ministra com aquiescência do presidente da República. O novo imposto, chamado de Contribuição Social para a Saúde (CSS), seria permanente e teria alíquota de 0,1% sobre toda movimentação financeira, o que garantiria aos cofres públicos uma receita a mais de R$ 10 bilhões. O ministro da Fazenda, Guido Mantega, defendeu a criação de um novo tributo para custear um possível aumento no orçamento da saúde, caso a regulamentação da Emenda 29 seja mesmo aprovada pelo Congresso. Ele afirmou ser favorável à destinação de mais recursos para a área, mas disse que os parlamentares, responsáveis pela regulamentação da emenda e também pela extinção da Contribuição Provisória sobre Movimentações Financeiras (CPMF), terão de achar uma solução para o assunto. O ministro Mantega quer passar manteiga no fiofó dos brasileiros, juntamente com a maioria dos deputados federais, da ministra Dilma e do presidente Lula.

352

MAIS UMA CPI Os políticos brasileiros são apaixonados e viciados em CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito). O senador Mozarildo Cavalcanti (PTB-RR) irá propor uma dessas malfadadas comissões, com intuito de investigar na Amazônia, as políticas federais de fronteira, indigenista e fundiária. O senador já se movimenta para colher assinaturas para a instalação da CPI. Mozarildo ao discursar no senado disse que o presidente Lula tem razão quando diz que a Amazônia parece pia de água benta, em que todo o mundo põe a mão, protestou Mozarildo. Seu posicionamento no parlamento foi cáustico ao afirmar que há muita picaretagem na região, por parte de ONGS (organizações não governamentais) desonestas, de compradores de floresta, de grupelhos brasileiros e estrangeiros com interesses escusos. É preciso passar pente fino nas políticas da Amazônia para que ela continue brasileira. O presidente Lula tem razão quando diz que a Amazônia parece pia de água benta, em que todo o mundo põe a

353

mão - protestou o senador. Mozarildo propôs uma mobilização nacional para estudar o que deve ser permitido fazer na Amazônia, sem esquecer o crucial aspecto da soberania, uma vez que o Brasil não possui contingentes da Polícia Federal ou do Exército em número suficiente para garanti-la. Ele disse que "está muito na moda" aproveitar-se de dados científicos, distorcendo-os ao bel prazer e culpar os amazônidas por todas as mazelas da região. Recente a imprensa noticiou que um sueco era dono de várias extensões de terra na Amazônia brasileira, com esse detalhe a Polícia Federal (PF) e a ABIN (Agência Brasileira de Investigação) investigam Johan Eliasch e várias ONGS por fraudes em terras públicas ricas em ouro e diamantes, biopirataria e lavagem de dinheiro. A notícia de que o sueco Johan Eliasch, criador da ONG Cool Earth, afirmara em uma reunião em Londres que apenas US$ 50 bilhões bastariam para comprar toda a Amazônia colocou o governo brasileiro em alerta. Isso porque a declaração de Eliasch não foi um mero arroubo imperialista. Além de anunciar publicamente que já comprou 160 mil hectares

354

de terras nos municípios de Itacoatiara e Manicoré, no Amazonas, Eliasch vem estimulando outros empresários a fazer o mesmo. O objetivo seria a "preservação da floresta" com iniciativas como a campanha de compra de créditos de carbono da Cool Earth, em que cada doador deve contribuir com 35 libras esterlinas para cada - 0,5 acre (0,20 hectares). Mas uma investigação da Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) aponta indícios de fraude nos negócios de Eliasch. As terras que ele afirma ter comprado não estão formalmente registradas nem em seu nome nem em nome da Cool Earth. Elas são terras públicas. Parte delas pertence ao Parque Estadual do Cristalino e parte à Força Aérea Brasileira (FAB). E, curiosamente, algumas áreas que Eliasch anuncia como suas estão em regiões ricas em ouro e diamante. E, segundo a ABIN, Eliasch não seria o único a praticar tais irregularidades. A Agência repassou à Polícia Federal uma série de relatórios sobre atividades de várias ONGS que atuam na Amazônia e estariam agindo de forma suspeita.

355

Num documento mais volumoso, a ABIN descreve a ação de 25 organizações estrangeiras. Em outros seis relatórios, detalha a ação daquelas com maiores indícios de suspeitas de irregularidade. Olha isso, é uma falta de respeito sem tamanho para com o povo brasileiro e os silvícolas que na realidade são os donos da terra, visto que quando os portugueses aqui atracaram os índios já estavam. Essas ONGs que trabalham na Amazônia são quadrilhas organizadas e estão de olho nas riquezas que a região dispõe. Inclusive vários produtos da região já foram surrupiados e patenteados lá fora, inclusive plantas que contribuem na cura de diversas doenças. Não entendemos o porquê do governo brasileiro só se manifestar e querer tomar providências, quando a casa já está arrombada e engomada. O senador protestou contra os dados publicados pelo Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE) segundo os quais Mato Grosso, com 70%, e Roraima, com 25%, aparecem como os dois estados que mais desmataram em abril de 2008 na região amazônica. Para Mozarildo, é preciso olhar com mais rigor esse dados, uma vez que a

356

Fundação Estadual do Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia (Femact) de Roraima afirma ser este o estado o mais preservado da região, com apenas 3% de desmatamento. Mozarildo disse, ainda, que a Femact garantiu haver evidências claras de que houve áreas cumulativas, ou seja, os números relativos ao desmatamento de 2007 foram somados aos de 2008, além de incorporarem savanas, campos naturais que nunca tiveram cobertura florestal, concluiu. Fonte: Laura Fonseca - Agência Senado. Hugo Marques diz que o caso de Eliasch e da Cool Earth assusta pelas conexões e pela afinidade de suas ações com o discurso de internacionalização da Amazônia que volta a crescer no mundo. Eliasch é nada menos que o conselheiro para desflorestamento e energias limpas do primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, ele também é dono do grupo Head NV, um dos grandes fabricantes de materiais esportivos, e é casado com uma brasileira, a socialite Ana Paula Junqueira. Ela, aliás, é a representante da Cool Earth no Brasil e também está sendo investigada pela ABIN e pela PF. Um exemplo do respaldo que o sueco tem no Reino

357

Unido foi um editorial elogioso publicado no Daily Telegraph dias depois que o jornal O Globo publicou, no início da semana passada, trechos do relatório da ABIN que detalhava as atividades suspeitas da Cool Earth na Amazônia. Segundo o Telegraph, a iniciativa de Eliasch de comprar terras na Amazônia e estimular outros empresários a fazer o mesmo é "louvável". Num raciocínio que parece voltar à lógica que no passado justificava o colonialismo britânico sobre a Índia e a África, o jornal sugere que apenas países com "condições de vida mais elevada" poderiam ter maior dedicação às questões ambientais. “N~o é possível, diante da realidade do Brasil, obrigar fazendeiros que buscam prosperar com suas produções e a proteger a floresta”. “Para os brasileiros, terras improdutivas significam menos prosperidade”, escreve o diário britânico. A ONG Cool Earth tem ainda o apoio do ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, David Miliband, como aponta o próprio relatório da ABIN. No governo Tony Blair, Miliband era o ministro do Meio Ambiente.

358

Nos final das contas e quando as irregularidades forem apuradas, não é de se estranhar que várias autoridades brasileiras estejam no écran das negociações. É o brasileiro querendo vender o Brasil.

359

MAIS UMA CONTRA O POVO O bem pede doação total para que se realize no mundo o bem de todos. A imoralidade já faz parte do écran brasileiro. Todo dia um caso novo movimenta o cenário político brasileiro. Uma frase muito sensata dita por Jorge Serrão está escrita bem ao estilo brasileiro. “Ser| que é verdade, ou será que como Roberto (professor) falou não se deve acreditar em tudo o que se recebe, mas pessoalmente desconfio do Presidente Lula”. “Acho que ele é capaz de fazer isso”. Vocês devem estar pensando qual seria a “bela notícia” preparada por Lula da Silva! Todas as notícias, mesmo sendo boatos merecem uma reflexão apurada e com responsabilidade. Imoral quer dizer tudo aquilo que for contrário às regras de conduta estabelecidas pela Sociedade considerada no tempo e local aprazados. A sinonímia de imoralidade é a qualidade que faz do indivíduo um dissoluto, um cínico, um indecoroso, um velhaco, um indecente levando-o à devassidão, à desonestidade e à indecência. Alguns comportamentos podem levar ao homem

360

a condição de imoral. Vícios, interessismo, maldade, nepotismo, clientelismo, fisiologismo, principalmente usados na política são considerados como atividades e atitudes imorais. Um jargão popular, um clichê muito usado diz que: “O povo aumenta, mas n~o inventa”. No governo n~o tem caos aéreo, documentos mostram que ministros usam jatos da FAB (Força Aérea Brasileira) para ir e voltar de suas casas e ainda dão carona para parentes e assessores. O governador do Ceará foi alvo dessa prática e a imprensa deu um destaque especial ao caso e parece que os voos da alegria onde estão: Hélio Costa, Dilma, Tarso, Orlando Silva, Marta e Patrus estão entre os que voltam para casa nos jatos da Força Aérea Brasileira. (Revista “Isto É, Nº. 2001 – Ano 31”.). Na busca do controle do Estado o ministro Geddel Vieira Lima conquista as bases políticas de Antonio Carlos Magalhães e atropela - aliados como o governador Jaques Wagner. Já está sendo alcunhado de: O novo coronel da Bahia. Veja senhores à aberração que correm os mares dantes navegáveis da internet. Golpe de Estado está saindo do forno! Por Jorge

361

Serrão – Exclusivo: Um organismo, sediado em Washington, que estuda e monitora a realidade da América Latina, enviou ao Senado brasileiro um documento em que chama a atenção para os próximos movimentos políticos do presidente Lula da Silva, rumo a um 'populismo socialista'. "Populismo socialista" no Brasil. O estudo adverte que Lula pretende lançar medidas populares de impacto, incentivando o consumo para seus eleitores de baixa renda. Segundo o dossiê, a intenção de Lula é consolidar seu poder de voto para uma futura reforma política que vai autorizar, a partir de 2008, a reeleição para um mandato de mais seis anos. O documento assinala que Lula prepara um dos maiores movimentos de reestruturação econômica, voltado para as classes populares, dentro do projeto de longevidade no poder. Segundo o estudo, os EUA estariam muito preocupados com este tipo de populismo no Brasil, que é um País continental e onde o povo é submisso, sem cultura e informação para avaliar as consequências políticas deste movimento rumo ao socialismo. O plano de Lula é

362

comparado ao do venezuelano Hugo Chávez. Segundo o estudo, conta com o apoio de grandes investidores europeus. O dossiê, vindo dos EUA com a classificação 'confidencial', foi analisado segunda-feira, com toda cautela, em uma reunião fechada, do colégio de Líderes do Senado. Alguns parlamentares o viram com ceticismo. Outros senadores chamaram a atenção para fatos objetivos já em andamento. Curiosamente, segundo observou um senador, os norteamericanos anteciparam o parecer de técnicos do Tribunal Superior Eleitoral, que constataram irregularidades insanáveis' na prestação de contas da campanha à reeleição. O PT recebeu R$ 10 milhões de empresas que têm concessões de serviços públicos, o que a lei proíbe, confisco tributário. O estudo norteamericano adverte para a possibilidade de um confisco tributário em fundos e em poupanças acima de R$ 50 ou 60 mil reais. Nos dois casos, o dinheiro só poderia ser movimentado de seis em seis meses, sob-risco de remuneração quase nula. Os fundos seriam tributados em 35% dos

363

ganhos. Segundo o documento, o Banco Central do Brasil tem um levantamento completo sobre os investimentos feitos por 36 milhões de pessoas, entre brasileiros e estrangeiros. O governo também quer investir pesado no segmento de moradias populares. Segundo dados oficiais, mais de 90% do gigantesco déficit habitacional de 7,8 milhões residências estão na faixa de famílias com renda de até cinco salários mínimos. No cenário desenhado pelos norteamericanos, uma coisa é certa. O governo vai criar por Medida Provisória um fundo para obras de infraestrutura com recursos do FGTS. Novidade ruim para o trabalhador A novidade ruim é que o risco do investimento ficará com o trabalhador. Os trabalhadores poderão investir até 20% dos saldos de suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço na construção de rodovias, ferrovias e portos, além de obras nos setores de saneamento básico e energia elétrica. O novo fundo será chamado de FI-FGTS. Terá orçamento inicial de R$ 5 bilhões, originários do patrimônio líquido do FGTS. Bolsa Carro? Além do plano para os fundos, os norte-americanos

364

revelam que Lula fechou acordo com uma companhia chinesa para financiar carros populares pela bagatela de R$ 5 mil. Os carros seriam subsidiados com financiamentos do BNDES, no prazo de 60 meses. Os veículos seriam de passeio e minivans para transporte de mercadorias. Outra idéia seria reduzirem impostos para aparelhos de consumo mais populares e aumentar ainda mais a carga tributária para bens não populares, como automóveis de luxo. Comissários do Povo? Um dos pontos mais polêmicos revelados pelos norte-americanos é que o governo Lula quer patrocinar um projeto de segurança voltado para a organização de milícias de bairros As milícias foram ideias copiadas da Venezuela. Na terra de Hugo Chávez, o síndico de bairro tem poderes de um xerife. O modelo lembra os velhos 'comissariados do povo', da extinta (porém mais viva que nunca na cabeça dos petistas) União das Repúblicas Socialistas Soviéticas. Fortuna do Lula O estudo revela que a fortuna pessoal de Lula da Silva é estimada

365

pela revista Forbes em 2 bilhões de dólares. O presidente estaria usando tal fortuna para comprar televisões a cabo, a fim de formar uma rede de comunicação com o filho Lulinha, que estaria administrando uma fortuna pessoal de R$ 900 milhões. (Vide contratação do - Lulinha pela Band) Lula espera comprar uma rede de televisão, para preparar uma rede pessoal de divulgação para sustentar o trabalho de comunicação do governo petista. Lula comprando jornalistas amestrados. E No estudo norte-americano, foi identificada a preocupação do presidente em manter várias redes de televisão sob seu controle. Segundo o dossiê, o presidente estaria pagando 'por fora' para jornalistas famosos, de grandes redes de tevê e jornais, especialmente escalados para analisar a notícia de uma maneira não contundente ao governo petista. O estudo também adverte que o presidente estaria comprando a oposição com ameaças de denunciar as mazelas dos opositores. A rede Globo já tirou os comentários do Arnaldo Jabor da CBN. A - Globo recebeu 800 milhões em

366

empréstimo camarada do PT através do Governo e do BNDES para pagar contas da rede de TV a Cabo NET-SKY que estavam falidas e devendo muito a redes americanas. Em troca, a Globo só mostra Lula SORRINDO ou em ÂNGULO FOTOGRÁFICO FAVORÁVEL em seus Telejornais. Serra só aparece em fotos SISUDO E/OU MAL HUMORADO. Junte a isso a PROPAGANDA DO 'três' do Banco do Brasil já semeando de forma podre, minando o povo não esclarecido que tudo que se relacione a 'três' é bom! Já a Petrobrás vai fazer campanha com 'três' e outras estatais também. (Obs.: Quando alguém faz um comentário que o Lula não gosta, como foi o caso do jornalista Boris Casoy, “democraticamente” o PT dá um jeito de afastá-lo do vídeo). (Assim eles vão dominando os meios de comunicaç~o no país de forma “bem democr|tica”.) Bolsa família Lula elevou a idade para receber Bolsa Família até 17 anos. Milhões de pobres recebendo 300,00 (dois por família), sem trabalhar, vão votar no Lula. Zé Dirceu e Governo afundaram a VARIG - Sabia que o maior

367

acionista da TAM é a mulher do Zé Dirceu? E o Governo ajudou a afundar a Varig para a TAM subir. Na verdade você acha que é a mulher do Zé Dirceu que é acionista da TAM ou ela é laranja da quadrilha do PT? E aí? Vai ficar parado? Mande também este aviso para toda a sua rede. Como somos precavidos vamos dar uma de São Thomé, ver para crê. Todo ser criado simples e ignorante é compelido a lutar pela conquista da razão, entre os homens é compelido igualmente a lutar a fim de burilar-se devidamente. Pensem Nisso!

368

O PROBLEMA DO SER Pela dificuldade se mede a eficiência. Suprime um erro em definitivo sem o clima da compaixão e ninguém encontra o clima da compaixão sem a luz do entendimento. Carl Gustav Jung desenvolveu a expressão "sombras" para denominar tudo aquilo que somos, mas ignoramos ser. É o "outro" lado de nós mesmos, o que se encontra no "mais escuro" de nossa alma. Da sombra igualmente fazem parte nossas capacidades em germe, que por algum motivo ainda não puderam ser despertadas. O ser hominal desde os primórdios está à cata da evolução, ela tem ocorrido com determinada constância. Essa palavra de origem latina é muito representativa, vem do latim constantia e tem uma sinonímia valiosa, visto que se refere à qualidade de constante, vigência, vigor, firmeza de ânimo, perseverança, persistência e ânimo. O homem teve oportunidade de crescer evoluir e mostrar ao mundo para que, veio realizar aqui. Diogo Mainardi em suas crônicas tem mostrado para o Brasil e o mundo fatos delituosos que têm causado certa insatisfação no governo e na

369

sociedade petista. "O Palácio do Planalto contratou a mulher de Olivério Medina, representante das Farc no Brasil. Enquanto uma fatia do estado brasileiro prendia um criminoso internacional, outra fatia o protegia, oferecendo { sua mulher um sal|rio de apaniguada” (Dispensar proteção a; favorecer; sustentar). Mainardi afirma que: “A mulher de Olivério Medina, o representante das Farc no Brasil, foi contratada pelo governo Lula. Agora só falta arranjar um emprego para a mulher de Fernandinho Beira-Mar, outro criminoso ligado {s Farc”. O governo Lula tem sido controvertido demais. Aceitou a tomada de decisão da ministra da Casa Civil Dilma Rousseff, em contratar conforme documento de 23 de novembro de 2006, a professora Ângela Maria Slongo, funcionária do governo do estado do Paraná, para assumir um cargo especial na Secretaria Especial da Aquicultura e Pesca como Oficial de Gabinete, código DAS 102.2, sem prejuízos de suas funções e reembolsada pela Casa Civil, conforme Decreto nº. 4.050, de 12 de dezembro de 2001. O jornalista em alus~o fala do seguinte aspecto: “O

370

deputado Rodrigo Maia pediu esclarecimentos sobre o caso. O senador Arthur Virgílio, por sua vez, encaminhou um requerimento ao Ministério da Pesca. Até agora, o governo Lula só emitiu uma nota sobre o assunto, prometendo me processar. É a escala de valores dessa gente: Olivério Medina - "el Pancho" - solto, e Diogo Mainardi - "o Pança" - condenado. Em sua nota, a assessoria de imprensa do Ministério da Pesca confirmou todos os dados relatados em minha coluna. Negou apenas que pudesse haver um elo entre o governo e as Farc. Eu ficaria muito surpreso se alguém admitisse o contr|rio”. Estamos inseridos na democracia tão propalada? A liberdade de imprensa onde fica? O presidente que em épocas de vacas magras, tempos de sindicalista afirmava que se chegasse à presidência da República mudaria o Brasil. Aposentados, inválidos não pagariam previdência... Nenhuma promessa de campanha cumpriu. Mudou, mas para pior. Com o - bolsafamília, ele criou uma nova classe social, a dos papudinhos, que não querem mais trabalhar e sim beber aguardente com o dinheiro dos impostos que pagamos. E as mulheres menos

371

aquinhoadas passaram a ter mais filhos para receber as benesses do governo. Um governo assistencialista jamais chegará a um denominador comum. As aberrações não param por aí: “O Brasil tem 50.000 assassinatos por ano”. Isso é o que importa quando se trata das Farc. Ignore a retórica esquerdista. Ignore a mística guerrilheira. Concentre-se no essencial. E o essencial é o tráfico de drogas. O Brasil é um grande mercado consumidor das drogas produzidas nos territórios dominados pelas Farc. “O Brasil é também um grande entreposto para o seu comércio internacional”. “O lulismo tenta passar a idéia de que as Farc dizem respeito apenas à Colômbia. E, marginalmente, à Venezuela e ao Equador. Mentira. O Brasil entra na guerra com sua monumental cota de assassinatos relacionados com o consumo e com o tráfico de drogas, e com todos os crimes que podem ser associados a eles: assaltos, contrabando de armas, jogo ilegal, lavagem de dinheiro. Cada um de nós, indiretamente, já foi assaltado pelas Farc. Cada um de nós conhece alguém que foi assassinado pelas Farc”.

372

O jogo do bicho é uma Contravenção Penal, mas corre solto em todo Brasil. Patrocina segundo alguns historiadores o carnaval do Rio de Janeiro. Enquanto policiais e traficantes trocam tiros e se matam os chefes do tráfico estão bem tranquilos, bebendo seu uísque tranquilamente nos luxuosos apartamentos da beira-mar carioca. Outra indagação de Mainardi: “Minha pergunta é a seguinte: um governo que contrata a mulher de um membro das Farc, com a ajuda direta da ministra da Casa Civil, em documento assinado por ela, demonstra estar solidamente empenhado no combate ao tr|fico de drogas”? Aguardo a resposta. O crime organizado contamina a política. Há uma série de sinais nesse sentido, do caso do exsecretário de segurança do Rio de Janeiro, que acaba de ser preso, aos atentados do PCC na última campanha presidencial, que afundaram a candidatura de Geraldo Alckmin; dos inquéritos sobre os perueiros, na campanha à prefeitura paulistana, ao pedido de propina de Waldomiro Diniz ao dono de um bingo”. “O governo Lula considera perfeitamente legítimo contratar, para um cargo de confiança, a mulher de um

373

criminoso internacional preso por pertencer a um grupo que pratica o terrorismo e o tráfico de drogas. Eu respondo lembrando os 50.000 assassinatos por ano. Sabe como é: na guerra entre os traficantes de drogas a lei é exercida por eles, e a pena é a morte”. Diogo Mainardi tem suas razões, em caso recente a Ministra Maria Silva deixou o ministério do Meio Ambiente e seu substituto era - aliado da ministra Dilma nas suas incursões criminosas na época da revolução e do assalto praticado a casa do ex-governador paulista, Adhemar de Barros. Olha quem já pertenceu ao time do presidente: José Dirceu, José Jesuíno, Waldomiro Diniz e muitos outros. Dá nojo citar os nomes. Esse não é o Brasil que queremos! A vida não te reclama atitudes sensacionais, gestos impraticáveis, espetáculos de súbita grandeza. Pede simplesmente sejas melhor para aqueles que te cruzem os passos. Pensem nisso!

374

PEDOFILIA E PEDÓFILOS Nome muito usado e conhecido nos dias de hoje. Quem pratica a pedofilia é alcunhado de pedófilo. Inúmeras indagações foram feitas acerca dos pedófilos. Seria um distúrbio da personalidade, um distúrbio mental ou uma cultura da exacerbação do sexo patrocinada de mídia e os meios de comunicações? Alguns estudiosos e curiosos a definem da maneira seguinte: “A pedofilia, atualmente, é definida simultaneamente como doença, distúrbio psicológico e desvio sexual (ou parafilia) pela Organizaç~o Mundial de Saúde”. Nos manuais de classificação dos transtornos mentais e de comportamento encontramos essa categoria diagnóstica. Caracteriza-se pelo ato e pelo fato da atração sexual de pessoas adultas ou adolescentes por crianças. O simples desejo sexual, independente da realização do ato sexual, já caracteriza a pedofilia. Não é preciso, portanto que ocorram relações sexuais para haver pedofilia. “O fato de ser considerado um transtorno, não reduz a necessidade de campanhas de esclarecimento visando à

375

proteção de nossas crianças e adolescentes e nem tira a responsabilidade do pedófilo pela transgressão das barreiras geracionais”. Perversão caracterizada pela atração sexual de adulto por criança, com prática de atos sexuais de adulto com criança que reflete uma atração erótica por crianças. A palavra deriva do grego ped (o)- + -filia caracterizando-se por uma forte parafilia representada por desejo forte e repetida de práticas sexuais e de fantasias sexuais com crianças pré-púberes. A parafilia é caracterizada por cada um de um grupo de distúrbios psicossexuais em que o indivíduo sente necessidade imediata, repetida e imperiosa de ter atividades sexuais, em que se incluem, por vezes, fantasias com objeto não humano, autossofrimento ou auto-humilhação, ou sofrimento ou humilhação, consentidos ou não, de parceiro. Deste grupo fazem parte o exibicionismo, o fetichismo, a frottage, a pedofilia, o masoquismo sexual, o sadismo sexual e o voyeurismo. A frottage é um tipo de parafilia em que um

376

indivíduo se satisfaz sexualmente esfregando-se contra outra pessoa, como, por exemplo, em aglomerações, e não há ocorrência de contato genital especifico. Para determinadas culturas esse modelo de esfregação chama-se “ato de pinar”. A pornografia infantil pode apresentar produzir, vender, fornecer, divulgar ou publicar, por qualquer meio de comunicação, inclusive rede mundial de computadores ou internet, fotografias, imagens com pornografia ou cenas de sexo explícito envolvendo crianças e préadolescentes. O atentado violento ao pudor é os dos casos de pedofilias mais conhecidos e praticados. O que seria atentado violento ao pudor?Embrenhando-se pelos caminhos tortuosos da internet, rede mundial de computadores, encontramos um site simples, mas muito proveitoso o http://www.mscontraapedofilia.ufms.br/. Ato violento ao pudor nada mais é do que a prática de atos libidinosos cometidos mediante violência ou grave ameaça. São considerados atos libidinosos aqueles que impliquem em

377

contato da boca com o pênis, com a vagina, com os seios, com o ânus, ou a manipulação erótica destes órgãos com a mão ou dedo. Também atos que impliquem na introdução do pênis no ânus, no contato do pênis com o seio ou na masturbação mútua. Só é considerada pedofilia os casos praticados contra menores de 14 anos. O perfil do pedófilo já é bastante conhecido e um cuidado maior com suas crianças se faz necessário, os pais jamais podem ser omissos. Rastreamentos feitos pela polícia mostram que jovens de classe média com idade entre 17 e 24 anos são considerados os principais produtores de imagens de crianças violentadas. Suas vítimas, na grande maioria dos casos, são menores de sua própria família. Os compradores dessa produção têm um perfil diferente. Normalmente são solteiros, tem pouco mais de 40 anos e são na maioria profissionais liberais. A pedofilia na internet é alimentada de formas variadas. De um lado estão as pessoas que produzem, vendem ou disponibilizam gratuitamente as imagens de sexo envolvendo criança, e do outro estão àqueles internautas

378

que consomem esse material. Um aspecto assustador hoje são as associações ativistas “pró-pedofilia” que argumentam que a pedofilia não é uma doença, mas uma orientação sexual e que a sociedade deve reconhecer e legitimar isso. Esses ativistas defendem intransigentemente os intercursos sexuais entre adultos e crianças. Já existe a disposição dos pais uma cartilha bem elaborada e bem feita, que ensina aos pais ou responsáveis como se prevenir dos pedófilos. Vejam as artimanhas usadas pelos pedófilos brasileiros que além de abusarem crianças, estão numa posição não muito boa para o governo. De acordo com a Associação Italiana para a Defesa da Infância, o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking mundial de sites dedicados à pornografia infantil (a entidade trabalha com informações do FBI, a Polícia Federal americana). Matéria publicada na revista “Isto É”, em março de 2006, mostra que no ano 2000 o mercado mafioso da pedofilia movimentou cinco bilhões de dólares em todo o mundo. Em

379

2005 a estimativa é que esse mercado tenha movimentado 10 bilhões de dólares, ou seja, dobrou em apenas cinco anos. Nesses 10 bilhões está embutida a venda de fotografias e vídeos que mostram crianças sendo abusadas e fazendo sexo com adultos e até com animais. Pasmem: “Uma foto de criança sendo violentada chega a valer 100 dólares. Um vídeo de 5 minutos vale até 1000 dólares. Quanto menor a idade, maior o valor da foto ou vídeo”. A denúncia é de muita valia e você pode denunciar nos seguintes órgãos: Proteger as crianças é dever de todos nós. Quem denuncia salva! No Brasil o órgão responsável por fiscalizar e investigar a prática de pedofilia na internet é a Polícia Federal. Porém, as denúncias também podem ser encaminhadas a outras entidades, que rapidamente as repassam ao órgão competente. Outros órgãos estão na lista: no âmbito estadual CDDH e Ministério Público Estadual, a nível nacional Polícia Federal, Safernet Brasil, Ministério Público Federal/Site Censura e na área internacional a Interpol e a FBI e denúncias de Lan Houses - Polícia Militar: 181 (disque denúncia).

380

SÓ DEUS RESOLVERÁ BRASILEIROS

OS

PROBLEMAS

De todos os princípios, não paira nenhuma dúvida de que a existência de Deus como inteligência suprema, causa primária ou primeira de todas as coisas é tudo que importa, e que seja considerada antes de qualquer coisa a base de tudo que existe. Chegamos à conclusão de que o Brasil é hoje o País onde a corrupção campeia solta e todas as artimanhas são usadas para que os corruptos não sejam punidos, principalmente quando pertencem à política brasileira. Aliás, quem surgiu primeiro? O corrupto ou o corruptor! O jornal O Povo de Fortaleza, em sua edição de três de junho de 2008, traz entre em manchetes principais a seguinte aberraç~o: “Eleições 2008 – 76 prefeitos na lista suja”. - Dos 184 prefeitos do Ceará, 76 tiveram suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). Destes, 44 concorrem à reeleição neste ano e podem ter suas candidaturas barradas pela Justiça Eleitoral. No relatório do tribunal constam 1.701 gestores e ex-gestores de todo o

381

Estado, entre prefeitos, ex-prefeitos, presidentes de câmaras municipais e diretores de órgãos públicos locais. "No governo FHC do PSDB, no qual o PFL não passava de esquadrão lambebotas, o verdadeiro crime organizado não tinha o que temer. As máfias enclausuradas nas mansões à beiramar e nos jardins paulistanos, ou turismando mundo afora, se mantiveram intocáveis. FHC quase fechou as portas dos principais setores da PF, que, em seu governo da impunidade, mal servia para expedir passaporte. A média de prisões efetuadas pela Polícia Federal no governo FHC foi de apenas 27 por ano. Num país com as dimensões do Brasil, acho que isso representa um índice abaixo do que pode ter ocorrido, por exemplo, no Haiti.” (Por Fernando Soares Campos em 29/5/2007). Garotinho é denunciado por formação de quadrilha. Justiça considera ilegal reajuste do plano de saúde por faixa etária. Na capital, pelo menos 15 liminares proibindo o aumento por faixa etária foram concedidas pela justiça. Área desmatada na Amazônia em abril foi igual ao

382

tamanho do Rio de Janeiro. Que vergonha My God! Dizem que a corrupção já existia antes de cristo, afinal Judas o traidor vendeu sua informação. Certamente, a corrupção é um dos grandes males que afetam a sociedade brasileira, especialmente a administração pública. Nossa história mostra que as práticas ilícitas do desvio de recursos, do favorecimento de amigos e parentes e da troca de favores têm nos condenado a um estado de subdesenvolvimento crônico. Essas nuanças são ditas todos os dias pelas mais variadas pessoas que já não acreditam numa reviravolta brasileira, visto que a metástase da Constituição já se disseminou no mundo inteiro. O Brasil está numa situação tão complicada que em vésperas de eleições uma prática já conhecida de todos voltou com força total, às invasões. Entidades falam sobre invasões de áreas públicas na capital. Um clichê popular já tomou proporções enormes e já faz parte do diaa-dia do brasileiro, ela está respaldada na seguinte afirmaç~o: “T~o grave quanto { própria

383

corrupção é a naturalização dos comportamentos antiéticos que são traduzidos em ditos populares como “rouba, mas faz”. O bom uso da máquina pública não deve ser vista como uma cortesia, mas como uma obrigação do governante eleito”. A última dos políticos brasileiros e sobre os cartões corporativos, fizeram tanto barulho que no andar da carruagem não deu em nada. Como sempre acontece no écran político brasileiro. Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassa o mandato da vereadora Nelba Fortaleza. Nelba, ex-integrante da gestão Juraci Magalhães, é acusada de distribuir apartamentos populares do conjunto habitacional Tatu-Mundê em troca de votos. A imprensa mundial acabou de publicar matéria sobre a escalada da corrupção mundial, apontando o Brasil na condição de um país onde a mencionada criminalidade representa sério e irremediável problema. Da mesma forma, os veículos de comunicação brasileiros têm denunciado as falcatruas, os descalabros e os vergonhosos atos de corrupção. A fama se

384

espalha, o presidente viaja e os que aqui ficam praticam as piores diabruras e o povo sofre, pois o que o governo suga a população não está escrita em nenhum gibi e o brasileiro passa a metade da vida pagando impostos para sustentar a corrupção infreável que domina o País e um único remédio para desastroso mal, só Deus!

385

SEMANA DO MEIO AMBIENTE O dia do meio ambiente é comemorado no dia 5 de junho de cada ano. É um dia de conscientização para todos os brasileiros, de meditação e de uma avaliação do que estamos fazendo para melhorar o ecossistema e se curvar diante dos erros cometidos por imprudência ou falta de conscientização. Preservar o meio ambiente é muito importante para que possamos ter um planeta saudável e rico em recursos naturais no futuro. Vamos aproveitar esse dia e listar quantas ações poderemos fazer realizando com amor e dedicação atos benéficos em prol da natureza, e no sentido de colaboração e de preservação do meio ambiente. Se todo mundo fizer um pouquinho, podemos contribuir um montão para o mundo! Aliás, o que fazemos de prejudicial aqui no orbe terrestre refletirá no clima, na camada de ozônio, com efeitos danosos no oceano, deixando-o infectado e poluído. Os rios, riachos, lagoas e açudes merecem uma atenção toda especial. O lixo deve ser reciclado e não jogado nas ruas e avenidas. Devemos ter uma atenção

386

especial com a coleta seletiva e que se tenha uma atitude feérica. Programe a coleta seletiva na sua casa. É muito fácil, basta separar os lixos em: material orgânico, papel, metal, vidro e plástico. Desta forma, você estará fazendo uma grande contribuição à mãe natureza, já que este material será reciclado, ou seja, será reaproveitado para a fabricação de novos produtos. Se não procedermos com atitudes sensatas; traremos a doença para dentro de nossos lares acompanhada de animais peçonhentos e insetos indesejáveis como moscas, mosquitos, muriçocas, ratos e baratas. Todo cuidado é pouco minha gente. Lamentamos que não tenhamos pessoas capacitadas para chefiar um Ministério de muita importância para todos os brasileiros. Porque a Ministra Marina Silva deixou o cargo? O novo Ministro, que trabalhará em estreita articulação com a Ministra da Casa Civil e "mãe do PAC", Dilma Roussef, e com o Ministro das Minas se Energia, Edison Lobão, assumiu ciente de que terá de enfrentar pressões e

387

contrapressões envolvendo a Amazônia, atualmente a síntese de todos os problemas ambientais no Brasil. A tarefa mais imediata do novo ministro é acelerar a concessão de licenças ambientais para as hidrelétricas de Santo Antônio e Jirau, no Rio Madeira, em Rondônia, que já receberam a licença ambiental prévia para a elaboração do projeto; Belo Monte, no rio Xingu, Marabá, no Rio Tocantins e São Luiz, no rio Tapajós, todas no Estado do Pará. O Ministro das Minas e Energia acredita que a presença de Carlos Minc no Ministério do Meio Ambiente vai facilitar a emissão de licenças ambientais, principalmente das obras do Complexo do Madeira. "Tenho esperança muito grande de que isso possa melhorar", afirmou Lobão. Além da licença ambiental prévia, já concedida às usinas do Madeira, é necessária a licença de instalação e, posteriormente, a licença de operação. No contraponto da notícia alguém há de perguntar quem é o atual Ministro do meio ambiente do governo Lula e quais as suas ações no passado? O Ministro do Meio Ambiente (aliás

388

'JAIR', aliás 'JOSE', aliás 'ORLANDO') - Em 31 de Março de 1969, Carlos Minc Baumfeld, Fausto Machado Freire e outros assaltaram o Banco Andrade Arnaud, na Rua Visconde da Gávea, 92, na GB/RJ, roubaram à quantia de 45 milhões de cruzeiros, onde foi assassinado o comerciante Manoel da Silva Dutra. Em 18 de Julho de 1969, como militante da (Var-Palmares) organização terrorista da qual participava a atual ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, participou da' Grande Ação', assalto ao Cofre da casa do Adhemar de Barros', em Santa Teresa/RJ. Assim, a ministra guerrilheira Dilma ganha um antigo aliado. E como! Eles foram 'companheiros de armas' na organização terrorista VarPalmares. Na prática, ela era sua chefa então. Já em 16 de Outubro de 1969, foi preso na Rua Ana Néri, 332, no Rio. Ele acabou informando o local do aparelho da VPR, (além de tudo traidor e fraco) na Rua Toroqui, 59, em Vila Kosmos, no Rio, onde então residiam ele com sua amante Sônia Eliane Lafoz e Eremias Delizoikov, que, resistindo a tiros à voz de prisão; morreu no local. Alguns dias depois, a VPR distribuiu um panfleto clamando por vingança aos seus

389

mortos, particularmente o Eremias, e ameaçando os militares do Exército: “podem esperar, nós vamos enchê-los de chumbo quente". Em 15 de Junho de 1970, foi um dos 40 militantes comunistas banidos para a Argélia, em troca do Embaixador da Alemanha, sequestrado pela organização. Em fins de 1970 a 1971, fez curso em Cuba, onde permaneceu durante dois anos. De volta ao Brasil, foi Deputado Estadual pelo PV/RJ. Até a pouco, foi Secretário do Meio Ambiente do Rio de Janeiro e agora é ministro da pasta em substituição à Marina Silva. Pode Freud? O povo brasileiro precisa conhecer mais amiúde a vida de seus políticos e assessores do presidente da República. Será que o meio ambiente está bem representado? Diante de tais ocorrências a crítica ao governo dos militares tinha um ideal, a frouxidão e a delineação da corrupção no Brasil. Já ouvimos alguém dizer: ou seja, com toda essa bandidagem no poder, o Brasil não necessita absolutamente de inimigos externos para veres ameaçados a sua democracia e a sua soberania como nação independente.

390

MEIO AMBIENTE O meio ambiente é o local onde vivemos. Só para destacarmos a palavra meio, temos que usar uma imensidão de palavras que no frigir dos ovos são sinonímias. Derivada do latim “mediu”, quer dizer por via popular, um ponto equidistante, ou mais ou menos equidistante, dos extremos; metade, ponto equidistante, ou mais ou menos equidistante, de diversos outros em sua periferia; centro, momento equidistante, ou mais ou menos equidistante, do início e do fim; metade, posição intermediária entre dois seres ou objetos, lugar onde se vive com suas características e condicionamentos geofísicos; ambiente. Corpo ou ambiente onde ocorrem determinados fenômenos especiais. Conjunto de exercícios que, sem apoio de barra, os bailarinos executam no meio da sala de aula. Meio ambiente é o conjunto de condições naturais e de influências que atuam sobre os organismos vivos e os seres humanos. No estudo da biologia o meio ambiente desempenha um papel primordial e preponderante, sobretudo na ecologia, o meio

391

ambiente inclui todos os fatores que afetam diretamente o metabolismo ou o comportamento de um ser vivo ou de uma espécie, incluindo a luz, o ar, a água, o solo (chamados fatores abióticos) e os seres vivos, que coabitam no mesmo ambiente que é chamado de biótopo. Os seres vivos ou os que recentemente deixaram de viver constituem o meio ambiente biótico. Tanto o meio ambiente abiótico quanto o biótico atuam um sobre o outro para formar o meio ambiente total dos seres vivos e dos ecossistemas. Abiose é a ausência de vida e o biótico é o relativo aos seres vivos, ou induzido, ou causado por eles. No estudo dos fatores abióticos, isoladamente, o importante é entender o efeito deles sobre os seres vivos, como fator limitante, e como eles se adaptam, daí podemos tirar lições para a própria sobrevivência dos seres humanos para aumentar a produção dos animais e vegetais domesticados, pois o crescimento é máximo quando o organismo possui os fatores ecológicos no seu valor ótimo. A ação humana, construindo grandes centros urbanos, pode modificar a temperatura do ambiente. As

392

cidades são verdadeiras "ilhas de calor", mais quentes que as áreas naturais que as cercam. Já o biótipo (BIO = vida) - são fatores ocasionados pela presença de seres vivos ou suas relações. As relações entre os organismos que vivem ou visitam o costão, se faz mais importante na distribuição destes a partir do médio litoral, passando a fator determinante do padrão de zonação no (infralitoral). Existem três fatores que estão relacionados com o biótipo, o comensalismo, o mutualismo e o parasitismo, os três com suas particularidades. A USP (Universidade de São Paulo) classifica cada um com suas características básicas. O comensalismo ocorre quando uma das espécies é beneficiada na relação e a outra, aparentemente, não é prejudicada e nem se beneficia. Neste caso, encontramos algumas espécies de algas epífitas que se fixam sobre a carapaça de animais (caranguejos, cracas), mas não interferem na atividade da espécie "hospedeira". O mutualismo é um tipo de simbiose em que ambas as espécies se beneficiam na relação, mas de forma

393

permanente e indispensável 'a sobrevivência dos indivíduos associados. No supralitoral encontramos um exemplo: os liquens, organismos formados pela associação de algas azuis e fungos. As algas, através da fotossíntese, produzem matéria orgânica utilizada pelo fungo que, por sua vez, facilita a absorção de água e nutrientes, aproveitados pelas algas. O parasitismo ocorre quando a relação entre as espécies favorece uma delas e prejudica a outra, pois, a espécie "parasita" vive e se alimentas à custa da espécie "hospedeira". Entretanto, esta relação não deve causar grandes prejuízos, pois, caso o hospedeiro morra, significará a morte do - parasita também. Nesta semana, que começa no dia 30 de maio e vai até o dia 05 de junho de 2008, estamos vivenciando a semana do meio ambiente. No dia 05 de junho como acontecem todos os anos estará sendo comemorado o dia mundial do meio ambiente, data extremamente importante para a conservação da natureza. A preocupação com a conservação da natureza vem se acentuando nos dias atuais em função das atividades humanas, as quais têm ocasionado

394

seríssimos problemas de degradação ambiental, a ponto de comprometer, caso não sejam tomadas medidas emergenciais, os recursos naturais, as condições de vida e conseqüentemente, toda a vida futura no planeta. Ressalte-se a importância da conservação do meio ambiente para os homens, animais e plantas. Estamos entre dois mundos o que está acima de nós e o que está na mesma superfície ou abaixo, os céus e os mares. Eles merecem toda nossa atenção, visto que se forem maltratados pelo homem a resposta pode ser tenebrosa e fatal. Em 1962, uma nova obra veio a causar grande impacto no meio científico e social, isto é, o livro Silent Spring (Primavera Silenciosa) escrito por Rachel Carson nos Estados Unidos que foi o primeiro brado de alerta, contra o uso indiscriminado de pesticidas que teve repercussão mundial, contribuindo para que práticas conservacionistas como o Manejo Integrado de Pragas (MIP) passasse a ser “implementado”. Nesse processo de evoluç~o

395

das ideias e de comportamentos, surge a Declaração sobre o Ambiente Humano foi estabelecida na Conferência de Estocolmo em 1972, cujos princípios tinham o objetivo de servir de inspiração e orientação à humanidade para a preservação e melhoria do ambiente humano, a qual foi seguida 20 anos depois, pela Conferência do Rio de Janeiro, a Rio 92, e mais recentemente pela de Johanesburgo na África do Sul, a Rio +10. Sérgio Luiz de Carvalho um estudioso no assunto mostra com detalhes tudo o que se possa imaginar sobre meio ambiente. Infelizmente, os seres humanos parecem estar fazendo o possível — em todas as partes do nosso planeta — para produzir um impacto negativo sobre os mares e, conseqüentemente, em nós mesmos. Os anos 90 representam a década do meio ambiente, não por decisão nossa, mas porque os acontecimentos quase fogem ao nosso controle. A ecologia profunda vê os seres humanos como apenas um fio na teia da vida. Reconhece que estamos todos ligados à natureza e somos dependentes dela. Cada organismo — da diminuta bactéria, passando pela vasta gama de plantas e animais, até chegar

396

aos seres humanos — é um todo integrado e, portanto, um sistema vivo. A falta de conscientização ambiental. A agricultura avançada com muita produção tecnológica e o desperdício, bem como a agressão ao ar e a água. Escolhemos esses pontos para falar sobre meio ambiente, mas para conseguirmos um trabalho bem específico seria necessária a construção de uma enciclopédia.

397

A SEMENTE DO MAL Sejamos responsáveis e conscientes, nada pior e mais horrendo que lidar todos os dias com um ser humano inconsequente, que não é capaz de assumir responsabilidades, e, quando resolve assumir, não responde pelo que assumiu, não chega a corresponder aos que esperam por suas atitudes, chegam a abandonar a nau, o barco e o navio sem nenhuma explicação. São covardes e enganadores dos pobres, oprimidos e estropiados. Em contrapartida, há os que dão exemplo, dão show de responsabilidade. São os condutores de Mensagem a Deus, e um bom exemplo deles é Jesus, que nunca desaponta as missões e responsabilidades que lhes foram confiadas pelo Pai maior. Outros fazem pior, plantam a semente do mal e regam todos os dias para que ela cresça e se desenvolva rapidamente. São os homens-animais regidos pelo instinto e contrários à vontade de Deus. Essa semente tem uma gama imensa de sinonímias e quanto mais nós procuramos seus significados mais preocupados ficamos. Escolhemos uma delas

398

para expor nossa indignação diante dos acontecimentos infaustos do dia a dia, a corrupção. A corrupção no Brasil assumiu o verbete de impunidade e imunidade e atos desta natureza, só nos causam vergonha e entretecimento. A Assessoria da Polícia Federal distribui nota e a imprensa em geral divulgou: “Justiça decreta prisão de Policiais Rodoviários Federais envolvidos em Operação nominada Diamante Negro”. Foi decretada a pris~o preventiva dos demais Policiais Rodoviários Federais envolvidos no esquema investigado pela Polícia Federal (PF) e deflagrado na Operação diamante negro. Os oito - PRFS tiveram sua prisão decretada pelo Juiz da 1ª. Vara criminal Federal de Três Lagoas, Dr. Jairo da Silva Pinto no dia 29 do mês de maio passado. Eis a lista: Nilson Moreira Barros, Adelino Brandão dos Santos, Diógenes Soares de Oliveira, Ednilson Teotônio Farias, Enio Vaz, Nathan Consoli, José Carnaúba de Paiva e Alan Peter Bachi. Desse total, sete já estão presos e seguem para a custódio da Superintendência da

399

Polícia Federal de Campo Grande/MS. Apenas Nathan Consoli ainda não foi localizado. Ao todo 13 Policiais Rodoviários tiveram a prisão decretada na - “Operaç~o Diamante Negro”. Máfia da Carteira de Habilitação agia em sete Estados; 19 são presos. Esquema envolvia policiais, despachantes, médicos, donos e funcionários de 17 autoescolas de 11 cidades de S~o Paulo. Marcelo Godoy do jornal “O Estado de S~o Paulo” faz ampla cobertura sobre o assunto. Esquema de propinas envolve alguns delegados e investigadores das Circunscrições Regionais de Trânsito (Ciretrans) de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo, e do Departamento Estadual de Trânsito (DETRAN) de São Paulo - incluindo a Corregedoria, suspeita de achacar os envolvidos no esquema. Em duas oportunidades, donos de autoescolas e funcionários de Ciretrans acabaram flagrados conversando sobre a arrecadação de dinheiro para os corregedores. Ou seja, quem tinha obrigação de fiscalizar participava da corrupção. “O Modus Operandi” se realizava quando da renovação da carteira de habilitação. Milhares de carteiras já teriam sido incluídos como

400

comercializadas ou vendidas. Só na CIRETRAN de Ferraz, oito mil processos estão sob suspeita. Um dos maiores indícios das fraudes foi detectado por meio de um dispositivo que obriga quem vai renovar a carteira a se identificar por meio da impressão digital. Assim, o Gaerco descobriu que 1.305 motoristas usaram apenas 64 digitais para tirar as carteiras. Uma mesma digital, por exemplo, foi usada para 150 carteiras de motorista. Só a falsificação desse lote rendeu R$ 2,3 milhões ao esquema. Vejam o absurdo: “Todas as vezes que algum problema acontecia, o grupo recorria aos seus contatos no DETRAN de São Paulo ou na política”. Isso ocorreu quando a carta de Joal da Silva foi apreendida em Franca (SP), sob a suspeita de falsificação. Ele era analfabeto, mas assinava com letra legível o documento. O problema não terminava aí: quem assinou por Joal ainda errou o nome, escrevendo João. “Um inquérito foi aberto, o que contrariou o grupo”. Em conversa gravada, os suspeitos dizem que o responsável pelo caso devia “se virar, mover o deputado dele”, caso contr|rio seria engolido, pois j|

401

estava tudo “acertado com o delegado de Joaquim”. Dizem que a pessoa j| havia derrubado um “seccional”, em referência ao titular responsável pela polícia na região. O esquema teria influência na polícia, pois seria capaz até de provocar o afastamento de delegados. Eis mais um motivo usado pelos promotores para que fosse decretada a prisão temporária, por cinco dias, dos acusados. “Soltos, eles destruirão provas e tentarão corromper agentes públicos.” Afinal vamos acreditar em quem? Todo dia surge um esquema de corrupção novo. É verdade que somos imperfeitos, conseqüentemente todos erramos, mas continuar no erro é burrice. Existem erros involuntários e os propositais, esse último, realmente comprometedor quando se comete. O primeiro passo, a caminho da nossa grandeza, está no reconhecimento de nossas fraquezas e da nossa pequenez. Temos que dizimar a semente do mal custe o que custar.

402

DRAMAS SOCIAIS Os dramas sociais crescem a passos largos complicando a situação das famílias brasileiras. A desorganização mundial tem levado muita gente ao estupor, mesmo naqueles que não conseguiram atingir a maturidade. O estupor é uma palavra de origem latina ”stupore” em psiquiatria corresponde ao estado em que, estando à consciência desperta, o doente não reage nem a perguntas, nem a estímulos externos, permanecendo imóvel, numa só posição. Pode ser qualquer paralisia repentina em pessoas de má qualidade, ou muito feia. A frase estupor os dentes é a sensação de estarem embotados. A sinonímia de embotados representa o engrossar o fio de corte a, tirar o gume a, rebotar, tirar a energia a, enfraquecer, fazer perder a sensibilidade, insensibilizar, perder o fio, o gume. Perder a energia; enfraquecer (-se), perder a sensibilidade e insensibilizar (-se). Toda essa gama de sinônimos vão se unir aos dramas sociais, causando ao individuo e a sociedade em geral

403

preocupações exarcebadas fazendo com que as ações no país não tenham bom aspecto, sendo o bem aniquilado pelo mal. Esse mal poderá gerar malefícios facilmente assimilados pelos menos avisados, pelos menos aculturados, pelos desempregados, que ao sentirem o dilema, notoriamente o da fome vão se aproximar de uma nuvem negra que encobrirá suas consciências levando-os a prática de crimes, como o roubo, o assalto e os sequestros planejados. A pobreza e o desemprego são os maiores dramas sociais, combatê-los é uma obrigação do governo de qualquer país e qualquer nação. A globalização pode ter sido um drama social para os países mais pobres, principalmente os do terceiro mundo. Quando analisamos mesmo na forma superficial, os quadros de desarmonização das pessoas, quando as causas são estudadas para se chegar ao inicio desse flagelo, muitas vozes entonam e alardeiam a culpabilidade dos veículos de comunicação de massa. Os meios de comunicação de massa nesta justaposição são

404

responsáveis pelos programas que apresentam, onde a violência está presente, a exploração erótica e as cenas de sexo explícito independente do horário em que esses programas são levados ao ar. Vale ressaltar a figura do grande Victor Turner como um dos mais interessantes antropólogos do século XX. Sua maior contribuição teórica para a antropologia social é seu conceito de drama social. Em sua definição, essa categoria analítica aparece como uma representação de papéis sociais pré-determinados em um campo específico de ação, o que pode ser a reprodução ou a inauguração de alguns mitos socioculturais, através de atores que incorporam determinados gêneros de desempenho. O caráter simbólico de um drama, podendo ser cristalizado em um ou mais ritos de passagem, remete-nos a sua propriedade de reprodução inconsciente de ações e papéis num determinado palco ou teatro de operações. Nós seres humanos vivemos quase toda a nossa existência num palco de operações traçando estratégias e procurando nos livrar dos afetados

405

pelos dramas sociais. Os que se encontram as margens da sociedade são verdadeiramente nossos inimigos, mesmo que possamos um dia ajudá-los. O vício e a desordem social levam o homem aos pódromos da crudelidade, que é uma espécie de prefácio, preâmbulo, uma preliminar, um fenômeno clínico que revela o início de uma doença uma propatia. Estamos no meio de um arsenal, dum campo minado, onde uma explosão pode acontecer a qualquer momento levando de roldão inocentes e culpados pelos dramas sociais. A prostituição infantil e a adulta, a pedofilia são fatos consumados, mas a polícia afirma que a lei deixa brechas para os carcomamos agirem ao bel prazer. É triste vermos na internet moças, jovens de classe média e até universitárias, expondo o que de mais belo Deus lhes deu, o corpo e a beleza por uma quantia estipulada que vai dos R$ 200,00 aos quinhentos reais. O drama social é vasto e seu campo de atuação é notório, pois o homem é um ser imperfeito sempre voltado para o mal e agindo constantemente pelo

406

instinto. Ele mata seu semelhante por R$ 1 real, por um par de chinelos, por uma dose de cachaça ou por um local que lhe renda alguma quantia em dinheiro. São os donos do ponto de estacionamento de carros em festas, futebol ou quaisquer outros eventos. São os (flanelinhas) se matando e ameaçando os motoristas que lhes negam dinheiro. Todo esse écran macabro está aí para todos sentirem e ver. A desordem social também pode se tornar em dramas sociais e os crimes envolvendo familiares são coisas banais. O incesto é outro drama que levam os praticantes aos mais baixos níveis da humanidade. Pense nisso!

407

POLÍTICA E POLITICAGEM Nos dias atuais o que se vê mais no Brasil é a politicagem em detrimento da política. Certos políticos querendo aparecer abrem a boca e soltam uma infinidade de baboseiras, esquecendo-se de quando estiveram governando seus Estados fizeram à mesma prática. O senador Tasso Jereissati na sua arrogância habitual diz que secretariado do atual governador Cid Gomes é muito fraco. Em entrevista na estreia do programa Coletiva, o senador Tasso fez suas primeiras críticas ao governo estadual. Apesar de elogiar o governador Cid Gomes (PSB), Tasso Jereissati classificou o secretariado como “muito fraco” e disse que est| chegando { hora de o PSB (Partido Socialista Brasileiro) apontar falhas e fazer cobranças. O senador também atacou duramente a administração municipal de Fortaleza. Esquece citado cidadão que no governo das mudanças, slogan de seu governo o Ceará passou por momentos difíceis e teve as maiores privatizações acontecidas na terra de José de Alencar. Coelce, Telemar, Banco

408

do Estado do Ceará (BEC) estão no rol das privatizações, cujo dinheiro seria para a previdência do Estado. Privatizaram tudo a previdência uma das sementes apodreceu. Deixou um legado para o Ceará, obras faraônicas inacabadas, como Metrofor, Porto do Pecém, Castanhão entre outras que tinham previsão para conclusão em 1997 e já estamos em 2010 e nada. O ex-governador Tasso Jereissati pode ter sido muito bom para seus amigos empresários. Deixou carimbado que o porto do Pecém receberia uma refinaria e veio o presidente Lula reafirmando que a refinaria seria do estado de Pernambuco. Alguns políticos cearenses falam demais e agem de menos. Refinaria no Ceará é hora da pressão. Com a decisão técnica da vinda de uma refinaria da Petrobrás para o Ceará, conforme o jornal O Povo anunciou com exclusividade, abre-se uma nova etapa nessa bandeira para o Estado. Chegou o momento da definição política. Para isso, falta apenas os representantes cearenses retomarem o movimento de pressão que

409

garanta o maior investimento para o Estado nas últimas décadas. Ressalte-se que a refinaria que prometeram ao Ceará é a menor de todas, pois o ministro Lobão foi mais esperto e açambarcou a maior. O problema é a escassez de líderes no Estado. Nesse momento os cearenses sentem saudades do tempo dos coronéis. Jazida de ferro do Ceará indica até 200 milhões de toneladas e existe viabilidade da exploração do minério conforme anunciou governo do Estado. De acordo com as negociações ocorridas até agora, Ceará deve receber uma refinaria de médio porte e o Maranhão de grande porte. E a siderúrgica sai ou não sai? A politicagem anda a solta Brasil afora e o que seria essa politicagem no Brasil? faz-se mais politicagem do que política? Política x Politicagem, eis a questão! O que seria essa politicagem? Acordos milionários; a troca de cargos e de apoios políticos e vários outros tipos de atos ilícitos que corrompem a política brasileira. Um caso recente de politicagem é a dificuldade de Lula de dar os cargos de seu governo para os partidos que lhe apoiaram nas eleições de 2006. Muita

410

gente para pouco cargo. Tanto que Lula foi obrigado a criar vários ministérios, chegando a mais de 30 ministros e secret|rios. “Um conhecido jargão popular diz: Criticar é fácil, fazer é difícil”. Tanto é verdade que as promessas de campanha passam despercebidas e os eleitores enganados por infinidade de vezes. O que é política? – Entende-se por esta palavra a ciência que trata do governo e também da arte de governar. Como ciência, a Política trata das relações do Estado e dos cidadãos, da legislação, das finanças, da administração interna, das relações dos povos entre si. A verdadeira política tem como objetivo realizar, pelo governo de um Estado, a justiça e o interesse geral dos cidadãos. Política e politicagem são coisas distintas? Sim! Política é fazer do poder um instrumento para alcançar o bem comum; politicagem é instrumentalizar o poder em benefício próprio à custa do bem comum. Política é serviço; politicagem é crime. Então o número de criminosos no Brasil aumenta a passos largos, visto que poucos

411

políticos fazem realmente política séria e honesta. Aqui lembramos com muita altivez o comportamento no parlamento do senador Jefferson Peres de saudosa memória.

412

O DENGUE ESTÁ COM OS DIAS CONTADOS O dengue é uma doença infecciosa causada por um arbovírus. Segundo alguns estudiosos: na Colômbia, na Bolívia já existe um novo tipo de vírus mais cruel e matador, o cinco. Seria de bom alvitre que as autoridades brasileiras tomassem o devido cuidado para que essa praga não chegasse ao Brasil. À doença é transmitida por dois tipos de mosquitos, o Aedes Aegypti e o Aedes albopictus, que picam durante o dia. O dengue é uma enfermidade causada por um arbovírus da família Flaviviridae, gênero Flavivirus, que inclui quatro tipos imunológicos: 1, 2, 3 e 4. A dengue tem, como hospedeiro vertebrado, o homem e outros primatas, mas somente o primeiro apresenta manifestação clínica da infecção e período de viremia de aproximadamente sete dias. Nos demais primatas, a viremia é baixa e de curta duração. O Instituto Butantã anunciou nesta segundafeira (2) que deu início ao desenvolvimento da produção de uma vacina contra dengue. Segundo o presidente da fundação, Isaias Raw, a previsão é que em 2010 o Brasil já possua a

413

vacina para ser utilizada na rede pública de saúde em crianças e em jovens. Raw afirmou, em entrevista na tarde de segunda no auditório do Museu Biológico do Instituto, na Zona Oeste de São Paulo, que em dois anos o instituto deve passar a produzir entre 20 milhões e 30 milhões de doses da vacina por ano. A expectativa é que a vacina seja barata. “Nossa intenç~o é vender a vacina barata para que o governo dê para todo mundo de graça”, disse. A vacina será preventiva, tetravalente, protegendo contra quatro tipos de vírus da dengue. Resta agora às autoridades arregaçarem as mangas para evitar que o vírus cinco chegue ao Brasil. Segundo o presidente do Butantã, as negociações para a produção da vacina no Brasil começou h| três anos, “antes de a epidemia ficar muito avançada”. Ele conta que pelo menos dois tipos de vacina já foram criados no mundo, mas se mostraram ineficazes. “Acreditamos que essa tem tudo para dar certo”. Uma esperança, um alívio para a população brasileira, mas enquanto a vacina não chega os cuidados com a prevenção devem ser mantidos.

414

O mosquito Aedes aegypti tem origem africana. Ele chegou ao Brasil junto com os navios negreiros, depois de uma longa viagem de seus ovos dentro dos depósitos de água das embarcações. O primeiro caso da doença foi registrado em 1685, em Recife (PE). Até 1953, o dengue era considerado uma virose benigna, sem letalidade, até haver um surto de dengue hemorrágico nas Filipinas. A prevenção é à base de tudo como não estamos afeitos a esse procedimento, achando que vai acontecer com os outros e não conosco, deixamos para lá. Em 1692, o dengue provocou duas mil mortes em Salvador (BA), reaparecendo em novo surto em 1792. Veja como o dengue é uma doença antiga, mortal, e passado tantos anos nenhuma descoberta para exterminar foi descoberta. Incrível. Estamos inserindo um histórico sobre a doença com todas as nuanças possíveis. Em 1846, o mosquito Aedes aegypti tornou-se conhecido quando uma epidemia de dengue atingiu o Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador. Entre 1851 e 1853 e em 1916, São Paulo foi atingida por

415

epidemias da doença. Em 1923, Niterói, no estado do Rio, lutou contra uma epidemia em sua região oceânica. Várias incursões foram feitas no combate ao mosquito, mas nos sentimos frustrados quando o governo Federal resolveu exterminar “os mata mosquitos” e criar a Sucam. Em 1903, Oswaldo Cruz, então Diretor Geral da Saúde Pública, implantou um programa de combate ao mosquito que alcançou seu auge em 1909. Em 1957, foi anunciado que a doença estava erradicada no Brasil, embora os casos continuassem ocorrendo até 1982, quando houve uma epidemia em Roraima. Ledo engano e é por isso que apelidamos o mosquito do dengue de “mosquito inteligente”. “Contamos com o efetivo apoio dessa matéria que tem o tom de pesquisa com o apoio irrestrito do site:”http://www.combateadengue.com.br/. J| bem recente um novo surto assolou a nossa terra, em 1986, foram registradas epidemias nos estados do Rio de Janeiro, de Alagoas e do Ceará. Nos anos seguintes, outros estados brasileiros foram afetados. Ficamos a imaginar qual a afinidade que o mosquito tem com os estado do

416

Rio de Janeiro, visto que esse Estado é o mais procurado pelos mosquitos e o número de mortes é bem mais acentuado. Encerrando queríamos afirmar que o Ministério da Saúde faça valer e mostrar para a população brasileira com que foi gasto os bilhões de reais arrecadados com a antiga CPMF (Contribuição Provisória de Contribuição Financeira). E o pior, querem a ressuscitação com outra sinonímia. No Rio de Janeiro (Região Sudeste) ocorreram duas grandes epidemias. A primeira, em 1986-87, com cerca de 90 mil casos; e a segunda, em 1990-91, com aproximadamente 100 mil casos confirmados. A partir de 1995, o dengue passou a ser registrado em todas as regiões do país. Em 1998 ocorreram 570.148 casos de dengue no Brasil; em 1999 foram registrados 204.210 e, em 2000, até a primeira semana de março, 6.104. Atualmente, o dengue na forma hemorrágica está entre as dez principais causas de hospitalização e morte de crianças em países da Ásia tropical. Nas Américas, a primeira epidemia de dengue hemorrágico que se tem notícia

417

ocorreu em Cuba, em 1981. Neste ano de 2008, ela se alastrou e causou um grande número de mortes não poupando classe social, raça, credo, ela veio com força total, querendo dizimar por completo a população brasileira.

418

TRANSTORNO BIPOLAR O transtorno bipolar é uma doença psicossomática que pode se apresentar de diversas maneiras. O bipolar na sua sinonímia natural refere-se às coisas, aos objetos que têm dois pólos, aquilo que se passa nas duas regiões polares, ou é relativo ou pertencente a elas. Dizse, também do fuso que, durante a cariocinese, apresenta dois pólos. Que tem ou que requer o uso de um bipolo. Na eletrônica diz-se de dispositivo cuja operação depende essencialmente de elétrons e buracos como portadores de carga. Na outra variante o transtorno está diretamente ligado à esquizofrenia, transtorno de personalidade, toc (transtorno Obssessivocompulsivo) hipomania, depressão e a já tão conhecida síndrome do pânico. Esses transtornos causam sofrimentos danosos aos portadores e se fazem necessárias uma avaliação médica e um tratamento rigoroso. Cariocinese o mesmo que mitose que na citologia vem ser o processo mediante o qual o material genético é duplicado com precisão,

419

gerando dois novos conjuntos de cromossomos iguais ao original; cariocinese. Existe ainda a mitose anastral e citológica que é a mitose sem ásteres nem centríolos e que ocorre nas células vegetais. O conjunto de microtúbulos que convergem radialmente em direção a um centríolo, chamase ásteres. A psicose - maníaco – depressiva é o transtorno bipolar do humor caracterizado pela hipomania, a ciclotimia e o transtorno misto do humor. Quando se fala em cura torna-se difícil afirmar, mas existe controle. Os fatores biológicos ligados à genética, problemas psicológicos, genéticos e sociais contribuem para exacerbação da doença. Não podemos deixar de observar se esses transtornos têm algo em comum com a tendência familiar à doença, os fatores biológicos são relativos a neurotransmissores da síndrome. O estresse social e psicológico pode manter ou desencadear a doença. Por isso, devemos ter uma vida tranquila evitando se possível às preocupações e o desprendimento total das energias para que não

420

tenhamos que amargar um estresse emocional muito assoberbado e uma psicose sem tamanho. O transtorno afetivo bipolar era denominado até bem pouco tempo de psicose maníacodepressiva. Esse nome foi abandonado principalmente porque este transtorno não apresenta necessariamente sintomas psicóticos, na verdade, na maioria das vezes esses sintomas não aparecem. Os transtornos afetivos não estão com sua classificação terminada. A alternância de estados depressivos com maníacos é a tônica dessa patologia. Muitas vezes o diagnóstico correto só será feito depois de muitos anos. Uma pessoa que tenha uma fase depressiva receba o diagnóstico de depressão e dez anos depois apresente um episódio maníaco tem na verdade o transtorno bipolar, mas até que a mania surgisse não era possível conhecer diagnóstico verdadeiro. O termo mania é popularmente entendido como tendência a fazer várias vezes à mesma coisa. Mania em psiquiatria significa um estado exaltado de humor que será descrito mais detalhadamente

421

adiante. A depressão do transtorno bipolar é igual à depressão recorrente que só se apresenta como depressão, mas uma pessoa deprimida do transtorno bipolar não recebe o mesmo tratamento do paciente bipolar. O Dr. Rodrigo Marot médico psiquiatra trata a fobia social, a depressão o pânico, o toc e a ansiedade. O Dr. Rodrigo Marot afirma que como característica desta síndrome - o início desse transtorno geralmente se dá em torno dos 20 a 30 anos de idade, mas pode começar mesmo após os 70 anos. O início pode ser tanto pela fase depressiva como pela fase maníaca, iniciando gradualmente ao longo de semanas, meses ou abruptamente em poucos dias, já com sintomas psicóticos o que muitas vezes confunde com síndromes psicóticas. Além dos quadros depressivos e maníacos, há também os quadros mistos (sintomas depressivos simultâneos aos maníacos) o que muitas vezes confunde os médicos retardando o diagnóstico da fase em atividade. Como toda doença o transtorno bipolar não fugiria a regra e

422

teria sem dúvidas seus tipos característicos com suas nuanças e procedimentos. O psiquiatra médico especialista para lidar e tratar essa síndrome é demais importante para o doente e seus familiares. Uma boa conversa, a maneira certa de agir e cuidar do doente são providências que só o profissional pode repassar. Se aceita a divisão do transtorno afetivo bipolar em dois tipos: o tipo I e o tipo II. O tipo I é a forma clássica em que o paciente apresenta os episódios de mania alternados com os depressivos. As fases maníacas não precisam necessariamente ser seguidas por fases depressivas, nem as depressivas por maníacas. Na prática observam-se muito mais uma tendência dos pacientes a fazerem várias crises de um tipo e poucas do outro, há pacientes bipolares que nunca fizeram fases depressivas e existem deprimidos que só tiveram uma fase maníaca enquanto as depressivas foram numerosas. O tipo II caracteriza-se por não apresentar episódios de mania, mas de hipomania com depressão. Mesmo com essas

423

observâncias de grande valia para doentes, familiares e estudiosos no assunto o Dr. Rodrigo Marot diz que outros tipos foram propostos por Akiskal, mas não ganharam ampla aceitação pela comunidade psiquiátrica. Akiskal enumerou seis tipos de distúrbios bipolares que iremos apenas enunciar seus nomes específicos na medicina. A fase maníaca, a fase depressiva, sintomas maníacos, nesses estados o doente alterna momentos de alegria ou irritação agressiva. No outro tipo as ideias fluem com dificuldades, a capacidade física é comprometida, e falta de prazer para tudo. É bom lembrar que os que convivem com pessoas maníacas que elas mal conseguem acabar de expressar uma idéia e já está falando de outra numa lista interminável de novos assuntos. Em alguns momentos ela se aborrece para valer, não se intimida com qualquer forma de cerceamento ou ameaça, não reconhece qualquer forma de autoridade ou posição superior a sua. Como vemos é um dilema interminável para famílias que tem em seu seio pessoas com essa síndrome, é preciso bastante

424

calma, saber lidar com o doente e levá-la constantemente ao médico psiquiatra para uma avaliação rigorosa, visto que o doente será tratado à base de medicamentos e estes não podem ficar ao alcance das crianças. Esses pacientes são normalmente tratados com lítio conforme expressam os especialistas, mas é preciso muito cuidado, pois o estado obsessivo pode ser o primeiro caminho para o suicídio.

425

MAIS CORRUPÇÃO, MAIS CORRUPTOS. A corrupção é uma chaga, um câncer, um mal sem remédio que causa atrasos e preocupações para o País. Será que o brasileiro já absorveu esse processo pernicioso que assola o Brasil de ponta-a-ponta? A corrupção tem efeito de uma mina de guerra, quanto menos se espera, ela explode. A Polícia Federal vem fazendo um trabalho de investigação bem feito, mas muitos setores ainda precisam ser investigados, visto haver falcatruas soltas no ar. Garotinho exgovernador do estado do Rio de Janeiro, e excandidato à presidência da República, é denunciado por formação de quadrilha. Como ‘garotinho’ age assim, imaginem quando crescer! A corrupção policial tem sempre um viés, um direcionamento, onde pessoas da alta e com boas condições financeiras, conseguem através de o suborno conseguir tão almejado plano do mal, e que é bem arquitetado. Operação da Polícia Federal prendeu ontem o deputado estadual do Rio de Janeiro Álvaro Lins (PMDB) e denunciou o ex-governador Anthony Garotinho (PMDB). Diante de tantas corrupções e CPIS

426

(Comissões Parlamentares de Inquérito), vamos acreditar em quem? A ambição, o egoísmo, o poder material do vil metal causam obsessões ao ser humano. Garotinho que se diz evangélico (protestante) foi cair nessa esparrela. É duro, mas é verdade pelo que anunciam os investigadores do caso. O deputado estadual e ex-chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Álvaro Lins, o ex-sogro e a ex-mulher do parlamentar estão entre os presos durante a operação Segurança Públicos S/A. É a corrupção familiar que começa a imantar adeptos. Sete agentes e um delegado da PF chegaram a cumprir mandados de busca e apreensão, no fim da manhã do dia 29/05/2008, na casa do ex-governador, em Laranjeiras, zona sul do Rio. Garotinho juntamente com policiais corruptos, protegia os contraventores Rogério Andrade e Fernando Ignácio na guerra pelo controle de caça-níqueis no estado do Rio de Janeiro. Até delegacias estratégicas foram usadas, a de Proteção ao Meio Ambiente, para as ousadas ações. Bens eram adquiridos em nome de

427

familiares e conhecidos. Os do deputado foram sequestrados e os do ex-governador? Como tudo no Brasil vira pizza o abacaxi vai terminar sobrando para o deputado e sua gente. Alegam que o deputado não podia ser preso por possuir imunidade parlamentar, mas nesse caso pode! O vereador de Barra Mansa (RJ) Francis Bullos; a ex-mulher dele, Luciana Gouveia dos santos; Marcílio Freitas e os policiais civis: Alcides campos Sodré Ferreira, Fábio Menezes de Leão, Jorge Luiz Fernandes e Mário Franklin Leite Mustrange de Carvalho são participes. O exchefe da Polícia Civil, Ricardo Hallack, e os também policiais civis Hélio Machado da Conceição e Luiz Carlos dos santos envolvidos no caso estão foragidos. Se a Polícia Federal chegou a desarticular esse esquema bem estruturado poderá extinguir o jogo do bicho que é contravenção, e se fizer um estudo mais apurado chegará aos chefões do tráfico, visto que os traficantes das favelas são apenas laranjas. É só fazer um levantamento dos enriquecimentos rápidos e ilícitos, bem como descobrir quem patrocina o carnaval no Rio e São Paulo. Com boa vontade e apoio

428

governamental o País poderá voltar a respirar mais tranquilo. Vamos acabar também com a impunidade e a imunidade parlamentar, visto que não existe a função de político como funcionário. E o pior de tudo é que eles têm as mesmas vantagens dos funcionários, mais mordomias, outras querelas e ainda aparecem demagogos apelidando os barnabés estaduais de marajás. Lugar de corrupto é na cadeia.

429

ALTANEIRO E SOFREDOR Altaneiro uma palavra de derivação espanhola ‘altanero’, tem como significado levando-se em conta a adjetivação da mesma se especifica com as pessoas que se elevam muito; são altanados; aquelas que voam muito alto; são pessoas soberbas e altivas. O mundo está repleto dessa classe de pessoas, mas na maioria os seres que querem uma elevação sempre a procuram para tirar proveito em benefício próprio. Os seres humanos são possuidores de energias, mas energia diferenciada, como moral, coragem, educação e boa formação familiar. A energia moral antissituações aflitivas ou difíceis, levam o homem a lidar com a coragem e com confiança em si mesmo. E as pessoas que possuem esses predicados, devem ver seus irmãos mais fracos e oprimidos, por outro prisma, o da caridade e da fraternidade. Incluindo-se nesse rol os que estão desprovidos de tudo, os esmoleres. Falar a verdade no Brasil incomoda e chega a doer e provocar certo clima de tensão, entre autoridades que governam nosso País. Diz o

430

clichê popular, principalmente o usado no orbe militar, de que ordem errada ou equivoca não se executa, mas não podemos interpelar bruscamente a autoridade que recebe ordens, não seria justo. Em 10 de dezembro de 1948, a Assembleia Geral das Nações Unidas adotou e proclamou a Declaração dos Direitos do Homem. Essa declaração tem como objetivo e finalidade primordial despertar em todos os povos do mundo a consciência de suas responsabilidades em relação à pessoa humana, incentivando a liberdade, a justiça, a paz, combater o espírito de opressão e tirania com intuito de fortalecer a amizade entre os povos. O artigo primeiro da declaraç~o diz que “Todos os seres humanos nascem livres e iguais em dignidade e direito”. No segundo, afirma: ”Toda pessoa tem todos os direitos e liberdades proclamados pela declaração, sem distinção de raça cor, sexo, idioma, religião, opinião pública, ou de qualquer índole, origem nacional ou social, posição econômica, nascimento ou qualquer outra condiç~o”. No terceiro est| implícito que todos os seres humanos têm

431

direito a vida, à liberdade e a segurança da pessoa. Uma declaração bem feita com noções básicas de sociabilidade humana, mas na prática ficam a desejar e às vezes certas autoridades de vários países não as cumprem se fazem de neófitos, sabem e não querem colocá-la em uso. Vamos nos basear nos famosos e contraditórios “Direitos Humanos”, que em nossa opini~o é para beneficiar humanos direitos, bem como, o Código da Infância e da Adolescência que tem como visão principal os adolescentes que sofreram crimes, violência, ou atos irreparáveis para eles, mas aqui, acontece o inverso e o inadmissível. Em termos do que preconiza a ONU (Organização das Nações Unidas) o Brasil ainda está longe de alcançar esse patamar. Em primeiro lugar a sugação do governo é tão grande, que passamos metade de nossas vidas pagando impostos e os vampiros ainda querem mais. Estão ressuscitando a CPMF (Contribuição Provisória de Movimentação Financeira) com outra sinonímia, mas a intenção principal é a mesma da CPMF. Segundo economistas, somente no mês de janeiro deste ano, o primeiro

432

mês depois do fim da CPMF, a arrecadação superou em 20% o que foi arrecadado no mesmo período do ano passado. A arrecadação de impostos em janeiro foi de R$ 62,6 bilhões, em 2007, no mesmo período, o arrecadado foi de aproximadamente R$ 51,66 bilhões, ou seja, um aumento de mais de R$ 10 bilhões na arrecadação de impostos. A proposta do governo seria substituir seis impostos por dois com mais fome e apetite. A proposta prevê a junção de seis impostos em dois com o nome de IVA. Ela deve ser divulgada até o final deste semestre. O Ministério da Fazenda iniciou a proposta de reforma tributária e uma das ideias prevê a junção de seis impostos em dois e ambos teriam o mesmo nome: Imposto sobre Valor Agregado (IVA). A proposta deve ser divulgada até o final do semestre ou mais tardar em novembro próximo. A diferença entre os dois impostos é que um seria federal e o outro estadual. O primeiro agregaria quatro tributos: ICMS, IPI, PIS, COFINS e Cide. O segundo incorporaria o ICMS e ISS - teria regras uniformes para todos os Estados e, para evitar a

433

sonegação, projeto do governo prevê que o IVAE continuasse sendo recolhido no Estado de origem. O tributo estadual seria referendado apenas pelo Senado, depois de acordo firmado pelas 27 unidades da federação no Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária). Estes impostos só poderiam entrar em vigor após uma fase de transição, que poderia levar de dois a três anos para o IVA-F e até cinco anos para o IVA-E. É absurda, desumana, visto que as ideias governamentais nunca beneficiam a população, mas somente os cofres do Erário Federal. São ideias descabidas, vampirizadoras, gananciosas e desequilibradas. O povo sempre levando chibatadas de um governo cruel e diabólico. Essa parafernália toda é só para custear as malfadadas mordomias de integrantes do governo. A saúde no Brasil é zero a esquerda, e nem os planos de saúde cumprem a missão de receber e tratar bem os doentes clientes seus. O que fez a extinta CPMF para a saúde que continua a penúria de sempre. O novo imposto faz parte da Emenda 29, ele será alcunhado de Contribuição Social para a Saúde (CSS), seria

434

permanente e teria alíquota de 0,1% sobre toda movimentação financeira, o que garantiria aos cofres públicos uma receita a mais de R$ 10 bilhões. E de quebra o trabalhador ficará com os bolsos mais furados ainda. Que reforma é essa? Parece que saímos de um regime muito criticado por alguns políticos de rabo preso e passamos a viver juntinhos à inquisição (29) do presidente Luis Inácio Lula da Silva. A democracia morreu e ninguém tomou conhecimento.

435

QUEREMOS PAZ E AÇÕES BÁSICAS Quantas vezes procuramos o caminho da paz para a nossa alma e ficamos aturdidos, diante de um cipoal de problemas dos quais não encontramos saídas, desanimando, sofrendo e sendo corroídos pela amargura e intolerância dos que controlam os destinos desse sofrido País. Às boas iniciativas enfrentam enormes dificuldades, mas contam felizmente como o apoio e carinho de pessoas sérias e bondosas, dedicadas e que estão a nos prestigiarem sempre. O apoio delas é indispensável. Esse viés traz apoio, a coragem aumenta e o entusiasmo se redobra, visto que contamos com uma força especial a nosso favor. Além do mais, o cotidiano faz o seu marco com as nuanças que a vida nos proporciona. São fatos alegres e tristes que fazem a psicosfera de nossas vidas. Tremores atingem a capital do Ceará e vão continuar. Dois abalos sísmicos, com magnitude de 4,2 e 3,9 na escala Richter, causaram pânico na cidade de Sobral, epicentro do tremor, susto em Fortaleza, que também foi atingida pelo

436

fenômeno. Os terremotos continuarão a acontecer nos próximos meses e podem vir em intensidades ainda maiores, dizem especialistas. Técnicos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte chegam ao Estado para estudar o caso. Mais de 50 novos abalos preocupam sismólogos. Mais de 50 tremores de terra foram registrados na Zona Norte do Estado. Especialistas da UFRN estão no Ceará para estudar o caso. Mostraramse preocupados com a intensa atividade sísmica que permanece na região. Fenômeno que eles ainda não conseguem compreender. Desde janeiro já aconteceram mais de mil abalos. Governo analisa a instalação de uma estação sismológica em Sobral. Dor de cabeça afeta 30 mil pessoas por dia em Fortaleza. A demanda por atendimento por causa da dor de cabeça é maior do que os serviços de saúde conseguem atender. A espera pela consulta com neurologista pode durar um ano. O hospital Geral de Fortaleza (HGF) realizou o mutirão da Dor de cabeça, oferecendo atendimento a 200 pacientes. Mato Grosso gera 60% do desmatamento. Estudo do Instituto

437

Nacional de Pesquisas Espaciais que será divulgado em breve apontará o Mato grosso como o maior responsável pelo desmatamento da Amazônia. Carlos Minc recomendou que o governador Blairo Maggi, tome atitude enérgica. Avaliação do MEC (Ministério de Educação e Cultura) ressalta os bons exemplos da educação no Ceará. Quinze experiências exitosas, em escolas do interior do Ceará, foram incluídas no Banco de Experiências Inovadoras em Gestão Educacional do Ministério da Educação (MEC). A referência é o reconhecimento do MEC a projetos inovadores e de eficiência comprovada na reversão de baixos índices de aprendizado. Juizado abriu 1.400 inquéritos em quatro meses. A maior parte dos casos que chegam ao Juizado de Violência Doméstica tem relação com o consumo de drogas. Atriz brasileira é vencedora em Cannes. Sandra Corveloni levou o prêmio de melhor atriz pelo filme “Linha de Passe”, dirigido por Walter Salles e Daniela Thomas. ONGS - Organizações não governamentais perdem com a boa imagem do Brasil.

438

O Terceiro Setor – Recursos direcionados para projetos desenvolvidos por entidades brasileiras estariam sendo desviados para outros países, devido o cenário novo na economia nacional. Responsáveis por ONGs com atuação no Ceará queixam-se da situação. Até quando o País aguenta a inflação? A inflação voltou a sacudir a economia brasileira. O preço dos alimentos e do petróleo está em trajetória crescente e o consumidor a frear os gastos. Esse cenário assusta o setor de serviço e do comércio, que sofre com o aumento da taxa de juros. Na contramão do medo, especialistas afirmam que o fenômeno é passageiro. O sertão do Ceará vai virar ferro? O minério de ferro descoberto na região dos Inhamuns está atraindo empresas do mundo inteiro. Geólogos brasileiros e estrangeiros concentrando investimentos em infraestrutura energética. A empresa Vale do Rio Doce, maior mineradora do País, está pesquisando o potencial da região há pelo menos quatro anos. Ceará: começa o ciclo do ferro. Jazida de minério de ferro nos Inhamuns está atraindo investimentos milionários do mundo inteiro, incluindo a Vale

439

do Rio Doce, Maior mineradora do País. Segundo Governo, a exploração está prestes a começar e o minério ser vendido para o exterior e para a siderúrgica do Pecém. A energia elétrica para a extração foi garantida por subestação da CHESF. Quando não houver mais desemprego, quando houver escola de graça para todos, quando não houver assaltos, quando houver terra para todos, quando houver assistência médica, quando houver assistência à saúde para cada cidadão, quando não houver mais fome, quando não houver mais limites de Países tudo será muito bom. Com certeza o mundo viverá melhor e a paz e as opções básicas estarão à disposição de todos e a felicidade passará integrar em peso o ciclo mundial.

440

O ÉCRAN BRASILIANO Todos nós somos falíveis. O ser humano luta a vida inteira com o assédio das tentações e, às vezes, cai nas ciladas que suas próprias ilusões e pensamentos lhes preparam, trazendo-lhe danos irreversíveis que apenas o tempo, os séculos das dores expiatórias podem reparar. “Os idiotas e os cretinos devem forçosamente ter cérebros imperfeitos, ou seja, de matérias muito grosseiras que o espírito acumulou, para suportarem a expiação de suas faltas; quem sabe se diminuição ou aumento de volume do cérebro e irregularidades em suas circunvoluções minoravam os problemas” (Cairbar Schutel). O assunto mais badalado nos dias atuais é a insegurança. O caso Isabella ainda repercute e está gravado na memória da maioria da gente brasileira. O mais hilariante é que advogados de defesa usam todas as artimanhas para inocentar o casal Nardoni. Se conseguirem seu intento, quem matou Isabella? Talvez, os acusados queiram induzir que a própria Isabella tramou toda a cena culminando com a sua morte. Outros

441

indagam? Se os Nardoni não mataram Isabella onde estará o criminoso. George Sanguinetti, médico alagoano ficou famoso por contestar a causa mortis de Paulo César Farias (tesoureiro da campanha do ex-presidente Collor) em Maceió, no estado das Alagoas, foi antiético ao declarar que os laudos do IML (Instituto de Medicina Legal) e do IC (Instituto de criminalista) paulistas s~o “medíocres”. Nem ele e nem a perita Delma Gama apresentam conclusões. Aliás, quem matou Paulo César Farias? A justiça brasileira tem em suas mãos uma responsabilidade muito grande é chegada à hora de mostrar competência no caso em que ela não está cega como muita gente apregoa. Olha! Um país onde se mata por um real, por um par de chinelos, por uma dose de cachaça, por latrocínio, por vingança, por perversidade, leva o Brasil à condição de um país com a maior diversificação de crimes, e muitos deles hediondo. As autoridades em sua maioria nada levam a sério, visto que a população leva a metade de sua vida pagando impostos e os que estão no poder não chegam a um denominador

442

comum. A violência, a fome, a miséria, levam grande parte da jovialidade brasileira a ingressar no mundo do crime e da marginalidade. O que os senhores pensarem em termos de violência, no “modus operandi” ele faz eco em todos os rincões brasileiros. É crime de toda natureza. O governo está preocupado com o aumento da pedofilia, mas não coíbe as locadoras de alugarem filmes pornográficos, a venda explícita de revista com conteúdos proibidos para menores de 18 anos nas bancas de revistas, não impede que a mídia apresente filmes violentos com cenas de sexo explícito, jogos violentos, propagandas de bebidas e cigarros em horários impróprios e ainda temos que aturar programas policiais em horário de almoço. O desemprego leva o homem ao ócio e conseqüentemente ao vício. O vício é a grande chaga da sociedade brasileira na atualidade, vemos com tristeza o álcool circulando no orbe das igrejas quando acontecem casamentos de pessoas abonadas. O brasileiro precisa ajudar o brasileiro, pois no frigir dos ovos estamos à

443

beira de um abismo. Tomem ciência de que o desespero, entretanto, é a sobretaxa de sofrimento que a pessoa impõe a si mesma, complicando todos os processos de apoio que a conduziram à tranquilidade e ao refazimento. As religiões também falham no exercício da cidadania, pela capitalização de recursos dos fiéis seja de que maneira for. Se a Receita Federal aliada a Polícia Federal fizessem devassas em determinados setores religiosos iriam encontrar muitas irregularidades com certeza. Por que isso não acontece? Uma boa pergunta para uma excelente resposta. Enquanto esses comezinhos não forem solucionados a situação no Brasil continuará a mesma. Lamentável por sinal. O desespero é comparável a certo tipo de alucinação, estabelecendo as maiores dificuldades para aqueles que o hospedam na própria alma (Emmanuel). Com essa assertiva diremos sem medo de errar que a população brasileira está alucinada e desesperada. Só Deus resolverá e amenizará nossos sofrimentos.

444

O QUE SE PASSA PELO BRASIL “A fala humana, ao mesmo tempo em que é uma benção, pode pôr a perder, com grande facilidade, nossos esforços evolutivos”. O ser humano por ser imperfeito e além de querer saber mais e dar pitaco em tudo, pode se posicionar na casa dos “s|bios, sabidos e sabichões”. A facilidade que julga os semelhantes é diferente de um ponto de vista e os comentários de má fé e má vontade, bem como deboches ironias e cinismos são sinais de pauperismo e de comprometimento para com os irmãos que vislumbram a paz e daqueles que sofrem agressões. Errar é humano, mas permanecer no erro é burrice. Lamentavelmente! Cesta básica vira semana 20% mais cara. Alguns itens da cesta básica cearense ficaram mais caros na última semana e continuam com tendência de alta. Tomate, cenoura, e batata inglesa tiveram os preços elevados no período. A expectativa é que a partir de junho, com as safras de produtos regionais e o fim da quadra invernosa no Ceará, os preços caiam ou se

445

estabilizem. Ceará é o segundo produtor de moda íntima no Brasil. Trabalhar o fortalecimento das marcas e consolidar as vendas para o mercado internacional é um desafio para as empresas de moda íntima do Ceará. Em junho, de 2008 foi realizado um evento com expositores e desfiles de marcas. Brasil precisa continuar o “exercício de sobriedade”. Em visita a Fortaleza para o lançamento do Prêmio Delmiro Gouveia, o economista e ex-diretor do Banco Central (BC), Nelson Carvalho, disse que a receita para manter o grau de investimento recentemente conquistado pelo Brasil é a manutenção de uma gestão correta de finanças. Empresa incentiva leitura e reflexão sobre realidade. O Estímulo à leitura e à reflexão levou a Guararapes a incentivar seus seis mil funcionários de Fortaleza a participarem do curso Responsabilidade Social e Sustentabilidade. Estado do Ceará realiza o primeiro implante de coração artificial. O paciente que recebeu o circulador mecânico

446

aguarda, no Hospital de Messejana, a doação de um coração para ser transplantado. Caso Banco Central (BC) tem 16 processos com 96 denúncias. O furto milionário ao BC de Fortaleza chaga a 16 processos, com 96 denúncias de envolvidos à Justiça Federal. Juiz Martônio Vasconcelos assume a Prefeitura interinamente. Após liminar que retirou do cargo Martônio Mont’ Alverne, juiz da Fazenda Pública toma posse como prefeito de Fortaleza. Homem é amarrado em carro e arrastado por quase 1 km. A vitima foi arrastada até a morte. Segundo a polícia, o crime, que chocou Juazeiro do Norte, teria ocorrido por vingança. Crueldade! É como se pode definir a maneira bárbara como foi assassinado José Pereira da Silva Filho, que registrava antecedentes criminais. Ele foi atropelado propositadamente por um Del Rey no Bairro Aeroporto. O carro era dirigido Evilásio Rufino da Silva, 19 anos que se encontra foragido. Dengue continua aterrorizando no Ceará e já são 1.991 casos notificados em apenas uma semana. Com a palavra as autoridades da

447

saúde no estado do Ceará. Presidente do STF condena ataque de índios a engenheiro. Gilmar Mendes cobrou punição também para quem atiça os atos de violência, como a agressão ao engenheiro da Eletrobrás. O presidente do Supremo Tribunal Federal disse que a legislação permite que os índios aculturados sejam responsabilizados. Preparese para envelhecer bem. Já parou para imaginar como será sua vida aos 60 anos? Em tempos onde a expectativa de vida cresce, uma nova etapa começa aí. Mas fique esperto! Para curtir a melhor idade numa boa é preciso planejar desde cedo e se sentir de bem com o mundo. Dona Joana, a cearense de 120 anos. Aos 120 anos, a maranguapense conta histórias, canta marchinhas de carnaval e dá gargalhada ao falar da vida. Incrível! Dogmas não podem impedir avanços científicos, diz presidente do Supremo Tribunal Federal (STF). Homofobia na internet tem aumento de 166%. De janeiro a abril deste ano, foram detectadas 931 páginas virtuais contra gays, ante 350 do mesmo período. No Orkut, crescimento foi de 200%.

448

Segurança do governador de Minas Gerais se acidenta. Um acidente de moto vitimou na praia do Icarazinho, em Amontada, um dos componentes da comitiva do governador de Minas Gerais, Aécio Neves, que aproveitou o feriado prolongado com mais três amigos para circular de moto pelo litoral Oeste cearense. O Segurança do governador foi trazido de helicóptero para o IJF. José Raimundo dos Santos caiu da moto e sofreu traumatismo craniano. Foi conduzido de Amontada para Fortaleza no helicóptero da Polícia Militar, onde deu entrada às 9 horas. “N~o existe tanta necessidade de expansão por parte das potências imperialistas. O que existe é a dilatação do espírito agressivo dos povos considerados fortes, em virtude das conquistas fáceis da fruta bruta e do capitalismo exacerbado”. Enquanto, n~o se tomar uma medida drástica os grandes continuarão a sugar os pequenos e assim o tempo vai passando e a humanidade menos aquinhoada sofrendo com as consequências cruéis e desumanas.

449

UM CAMINHO DESEJÁVEL Um caminho certo sem transtornos, sem barreiras, sem sofrimentos e agruras seria o desejado pela maioria da população. Para se atingir esse objetivo é necessário que o ser humano faça por onde merecer, e está a sua disposição imenso rol de opções, onde as barreiras não existem, pois dependem apenas de um bom coração que verta amor, compreensão e perdão. Algumas almas nobilíssimas trouxeramnos num esforço generoso as grandes ideias dos seus tratados de filosofia social e política. As diversas religiões que movimentam milhões de fiéis estão tentando cumprir determinadas missões que seus antepassados deixaram como legado para cada uma delas. São Matheus narra nas Sagradas Escrituras que vemos Deus muitas vezes comunicar-se com os homens por meio de sinais na natureza: a brisa da tarde no Paraíso, o arco-íris após o dilúvio, a sarça ardente, a diáfana nuvem de santo Elias entre outras. Nem sempre tudo é bonança nas religiões. Elas ainda não convenceram totalmente os seres humanos, visto que existe um grande número de ateus,

450

agnósticos, e religiosos não praticantes. Existe algo que se possa fazer para reverter essa dolorosa situação? Claro que existe. O poder ecumênico seria um dos caminhos, mas esbarra no orgulho, na vaidade, no despreparo e na ambição geênica de algumas religiões querendo suplantar outras. Ou seja, a de um ser sempre será melhor do que a outra. É cada uma querendo puxar a brasa para a sua sardinha. Ainda sobre a posição de Matheus ale afirma nos Evangelhos que Jesus mesmo em seu nascimento, quis usar um sinal no Céu: a estrela de Belém e a presença dos Reis Magos naquela data festiva. Cada uma com seus dogmas sejam eles de fé ou filosófico. A chaga crucial da sociedade em que participamos, ainda é a falta de Deus no hominal. E Ele está pertinho de nós, em nossa própria consciência. Basta senti-lo e vivê-lo. A religião representa quase tudo, tanto no diz respeito à vida e a morte do ser humano. Por milhares de anos, muitas pessoas têm buscado um direcionamento, um sentido, a verdade de sua própria natureza e do Universo. As religiões

451

são matizes dessa busca. Infelizmente hoje vemos um écran totalmente distorcido do que pregou o Nazareno, a humildade e simplicidade. Igrejas monumentais, templos grandiosos, ricos e deslumbrantes, embora seus fiéis estejam vazios, carentes e são docilmente enganados por aqueles que veem na religião um meio de vida, um crescimento descomunal do patrimônio e não foi isso que Deus nos ensinou. A exacerbação do patrimônio religioso entristece a Jesus e exalta a figura do deus Mamon. A imperfeição do homem leva-o a situação de um ser criado simples e “ignorante”, visto ter o livre-arbítrio (bem ou mal) a inteligência e instinto a sua disposição. O que define o religioso? Diversas conotações estão explicitas nessa assertiva entre elas, a contradição e a incapacidade de traduzir os ensinamentos que as religiões proporcionam. A venda da imagem de Deus é banal nos dias de atuais e a mídia é o canal receptivo e propagador da comercialização dessa imagem. A religião para determinadas seitas tem transformado seus pastores em verdadeiros capitalistas e

452

todos sabem que vender a imagem de Jesus é crime hediondo, bárbaro e incompreensível. “Daí de graça aquilo que recebeste de graça, “é dando que se recebe”, amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo”, quem faz isso? Rolam correntes, descarregos, vendas de indulgências, óleo santo de Israel, fogueira santa, areia do Monte Sinai, vidrinhos de água e até panos fazem o curso da arrecadação de milhões em nome de Deus e Jesus cristo. Assim caminha a humanidade! São os charlatões inseridos nas religiões. São as malfadadas lavagens cerebrais iludindo os neófitos, os incautos e os ingênuos. Deus que vê tudo deixa o homem agir pelo seu livre-arbítrio. Uma igreja em cada esquina, muitas delas vazias e fechadas. Vamos pregar o amor tão propalado pelo Mestre Jesus, ajudando aos pobres e aos menos aquinhoados com ilação. A violência domina o mundo e pasmem a própria religião é um ponto forte para essa abominação. Como poderemos pensar em acabar esse câncer, se nas próprias escrituras que dizem ser a palavra de Deus, do inicio da criação até os dias em que foi escrita, a violência

453

está presente tanto no Velho, como no Novo Testamento. Judeus e Palestinos, Mulçumanos e Árabes, Católicos e Protestantes, as Guerras “Santas”, a Reforma Protestante, a Inquisição em nome de “Deus”, est~o nesse ciclo macabro. Deus perdoa-lhes, pois eles não sabem o que fazem, disse o grande Mestre Jesus!

454

DEFINHAMENTO DO ESTADO DE DIREITO O jornal O povo do dia 15/05/2008, traz um assunto assaz interessante, no caderno opinião (artigos) de Pedro Henrique Chaves Antero, professor de Ciências Políticas. Nos prolegômenos, palavra derivada do grego prolegómena, 'coisas que se dizem antes'. Como também se refere à exposição preliminar dos princípios gerais de uma ciência ou arte, e a introdução geral de uma obra com prefácio longo. Em suas conotações iniciais Pedro Henrique Antero diz: “Ricardo Moderno e Ives Gandra, membros da Academia Brasileira de Filosofia, em artigo recente, expuseram suas preocupações em torno da perda de forças; emagrecimento, abatimento e peco do Estado de Direito em nosso País, ou seja, um definhamento”. Para eles, somos menos um Estado de Direito que Democrático. Convenhamos afirmar que a base estrutural para que um estado seja realmente Estado de Direito não é apenas a lei, mas também a obediência aos princípios fundamentais que dão

455

garantias ao cidadão. Enquanto a lei não possui raiz e pode ser mudada a qualquer momento, os princípios são imutáveis, pois é ele o fundamento de todo o ordenamento jurídico. Já o Estado Democrático de Direito, procura-se estabelecer inicialmente uma noção acerca do Estado Democrático de Direito, enquanto transformador da realidade e fomentador da participação pública. Tratando-se ainda, a questão da concessão e permissão dos serviços públicos, bem como a multa a ser aplicada pelo excesso de consumo de energia e seus limites constitucionais. Ressaltese que o Estado Democrático de Direito surge no século XVIII, através dos valores fundamentais da pessoa humana, a exigência de organização e funcionamento do Estado enquanto órgão protetivo daqueles valores. O princípio da legalidade, por si só, já deixou de ser o único princípio que determina o Estado democrático de Direito, isto porque, nem todas as leis são justas e as constantes mudanças sociais, a falta de garantias legais estatuídas pelos legisladores levou este princípio a ficar

456

sobsuspeita. Aqui o eminente professor de Ciências Políticas ressalta a invasão do campus da UFC (Universidade Federal do Ceará), pelos movimentos apelidados de “movimentos sociais”, em que os dois filósofos afirmam que o movimento é patrocinado pelo esquerdismo marxista que está em voga no Brasil. O livro de Lênin citado na matéria “o Estado e a Revoluç~o”, na opini~o dos filósofos, prega o definhamento do Estado de Direito como derrocado do “Estado Burgês”, enquanto expressão máxima de democracia. O movimento dos sem teto e sem terras pode ser considerado um Estado de Direito? Todos sabem que esses movimentos usam a força e a desordem para alcançar seus objetivos e o governo alheio às interpelações. Outro fato citado na matéria é sobre a violação dos direitos dos brasileiros que estão na região Raposa Serra do Sol, amparados pelo Decreto Lei 1351, de 16 de junho de 1939, do presidente Getúlio Vargas e que o Ministério da Justiça está expulsando da região. Outro fato citado na matéria é que o STF (Supremo Tribunal Federal)

457

mantém a questão fundiária subjúdice. Pelo andar da carruagem o cenário cinematográfico brasileiro repassa uma política hostil e as aberrações rolam soltas e as punições passam em branco, isto desde 1988. Dizer empregar a “justiça social” onde a invas~o, a baderna, o roubo, a humilhação e a morte estão presentes não se justifica. Ali|s, no Brasil “o errado é que est| certo”. Salientamos que um homem pode ser mais justo que outro; uma sociedade, não, pelo simples fato de que a sociedade abrange tanto os autores quanto as vítimas de injustiças, e chamá-la de injusta ou justa seria colocá-los no mesmo saco. Pedro Henrique acerta em cheio quando afirma que nossos governantes são omissos, e reforça a posiç~o dos filósofos de que a “solidariedade” não se conquista com o joio. Olavo de Carvalho afirma no dogma dos gurus desconstrucionistas que o desconstrucionismo é por demais autoritário, e prepotente que se autodenomina “a Teoria”, com ênfase no artigo e na inicial maiúscula, quer dizer, a única teoria que existe ou tem o direito de existir. Boyd cita a

458

propósito o crítico Christopher Ricks: “O império da Teoria é zelosamente inquisitorial com relação a todos os outros impérios exceto o dele próprio.”. Diante dessas nuanças nunca iremos criar uma nação grande e forte com alicerce no ódio e no preconceito. “Um dia a humanidade vai rir dessas coisas, como hoje ri do positivismo comtiano, da filosofia marxista da História ou do cientificismo racista de Ernst Haeckel e Thomas Huxley”. Mas até l| ainda haverá muito que chorar ante a devastação que a luta dos monstros vai produzindo na inteligência humana. Classificamos de excelente a matéria de Pedro Henrique Chaves Antero – professor de Ciências Políticas.

459

ACONTECIMENTOS DIÁRIOS Os acontecimentos diários são noticiados pela mídia escrita, falada e televisada. Um dos aspectos que têm levado muitos midiáticos a banca rota é o furo de reportagem. O furo muitas vezes destrói a ética tornando-se um furo-furado e tem muita gente respondendo processos judiciais por essas nuanças jornalísticas. O jornalismo, a Comunicação Social é uma das áreas mais procuradas por pessoas que não frequentaram faculdade de jornalismo e escrevem com intuito de se tornar famoso e conhecido. Um jornalista não pode exercer a função de médico, dentista ou outra qualquer, mas qualquer um quer usar o jornalismo como válvula de escape. E como tem aproveitadores passando-se por jornalista. Vejam a importância que a mídia proporciona as pessoas de outras profissões. Mercado muda perfil para atender novo cliente da casa própria. As empresas de construção civil estão buscando consumidores com perfis específicos, adaptando-se às mudanças na

460

população. Jovens solteiros, casais sem filhos e divorciados e consumidores em busca de moradias próximas de amigos e parentes estão entre os públicos-alvo, que recebem tratamento diferenciado. Existem também aqueles que jogam a execração pública qualquer cidadão que tenha conceito e que tenha cometido pequeno deslize, levando o cidadão à condição de meliante ou marginal, com as devidas proporções. Absolviç~o “foi vergonha”, diz biógrafa. Além de irmã Dorothy, Binka Le Breton tinha escrito outro livro sobre religioso assassinado, o padre Josino Tavares, morto há 21 anos, no Maranhão. Como no caso Doroty Stang, os acusados como mandantes foram inocentados pela justiça. Ressalte-se que o júri popular exerce papel preponderante na condenação e na absolvição e não temos o direito de colocar culpa somente na justiça. Prefeita de Fortaleza Luizianne Lins desabafa e ataca deputados do PSDB (Partido Socialista e Democrático Brasileiro). Na sua irritação a prefeita criticou ações do PSDB que a acusam de ter utilizado propaganda partidária do PT (Partido dos trabalhadores) para fazer

461

campanha eleitoral. A petista ironizou que os tucanos precisam tomar “lexotan, fazer terapia e praticar tai chi chuan”. Brasil “atravessa deserto”, diz o presidente Lula. A ‘implementaç~o’ da política industrial vai depender da edição de medidas provisórias (MP). O presidente Lula comentou que a edição das MPs será necessária para o novo programa não sofrer atrasos. Fernando Hugo em tom arrogante disse que Luizianne tem “síndrome paranoica”, receitou gardenal, Hadol e reivindicou aos deputados a exclusividade do direito de pronunciar baixarias. O deputado em alusão não é dono do mundo e não da verdade, bem como parece não ter ética política e ficar colocando síndromes em pessoas e ao mesmo tempo receitando em público e ao vivo. Política é ciência e não baixaria como quer Fernando Hugo. A realidade é que já não acreditamos mais na maioria dos políticos e principalmente aqueles que adoram aparecer. Será que o deputado em alusão não sabe que os maiores problemas que levaram os políticos ao descaso público por corrupção, lavagem de dinheiro e outras mazelas que enlamearam a

462

política brasileira, tem gente de seu partido. Deputado Fernando Hugo a carga tributária onera 32,8% da renda dos mais pobres. Luta por essa classe e deixe de discutir com a prefeita, pois nenhum dos sois são perfeitos. A Assembleia Legislativa do Ceará tem uma grande plêiade de médicos e por que os senhores não mudam ou melhoras as condições de saúde no Estado, que além de dolorosa é lastimável. Conta de água mais cara 6,11 por cento. A Agência Reguladora de Fortaleza autorizou reajuste de 6,11 por cento nas tarifas de água e esgoto para o consumidor residencial. Para o comércio, indústria e iluminação pública os reajustes serão de 6,98% e 7,26%, respectivamente. Os reajustes nas tarifas começam a vigorar a partir de 15 de junho. O mais hilariante de tudo isso é que todo aumento que beneficie empresas do governo são maiores do que a inflação e superiores ao reajuste dos funcionários públicos. Isso, não pode! Jornal inglês sugere que Amazônia tenha controle estrangeiro. Em editorial, jornal The

463

independent diz que “esta parte do Brasil é importante demais para ser deixada aos brasileiros”. Jornais de todo o mundo abordaram saída de Marina Silva do Ministério do Meio Ambiente. Veja deputado Fernando Hugo um assunto muito importante para ser debatido na Assembleia. Hélio Leitão presidente da OAB/CE diz que prefere as mentiras de Dilma às verdades do Agripino, embora reconheça que o senador nos legou uma lição preciosa: a de que a moral, até ela, pode ser cínica. Vemos cinismo nas afirmações do presidente da OAB/CE. Redução das chuvas amplia risco de dengue. Advogado é denunciado por lavagem de dinheiro do Banco Central (BC). Quatro pessoas foram denunciadas por envolvimento no esquema de lavagem de dinheiro furtado em Fortaleza. Dentre eles um advogado paulista Márcio de Souza Silva de 31 anos de idade. Caixa econômica vai financiar 100% do imóvel usado. Pagamento foi elastecido para 30 anos, o limite na capital é R$ 100.000, reais. Terminais vazios fizeram o caos em Fortaleza, devido à greve de

464

motoristas, fiscais e cobradores. Aborto e estupro voltam a preencher as folhas dos jornais da cidade. Além da queda coice. O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) diz que agentes devem voltar ao trabalho enquanto isso guardas municipais são preparados para o árduo trabalho ao combate ao mosquito. O jornalista Ítalo Gurgel em seu artigo “Erros da Imprensa” diz que existem erros de toda ordem, imperdoáveis, alguns inexplicáveis e todos merecem ser objetos de correção. O grande escritor Monteiro Lobato diz que nem a ciência descobriu o fato dos escritores errarem, mas afirmou que o escritor revisa seus erros e coloca à disposição de um revisor de confiança e o primeiro a identificar o erro é o leitor. Meu estimado jornalista no Brasil todo mundo erra e não seria a imprensa o Cristo dos acontecimentos midiáticos. Será que o senhor nunca errou? Duvido! Mais crédito e menos impostos fazem indústrias ganharem fôlego, mesmo assim no final que sai perdendo é o pobre do consumidor. Onde te requisitem a opinião, sobre determinado

465

assunto, fala para o bem, esquecendo o mal. Responde com serenidade aos que te interpelem sobre qualquer assunto, mantendo, tanto quanto possível, a disponibilidade de quem deseja ser útil.

466

OS DESCASOS AUMENTAM No esforço científico e na perquirição filosófica, o hominal pode gastar indefinido tempo à procura das causas profundas do destino e do ser. Pode gastar o tempo necessário para auferir objetivos, mas a intenção está muito distante da realidade, e as causas profundas do destino e do ser vão tomando dimensões incontroláveis. Vemos com imensa tristeza e preocupação as entradas principais de Fortaleza, as BRs 222 e 116. Estão em estado calamitoso, cheias de buracos, sem retornos, péssima iluminação e o lixo se acumulando as margens das citadas rodovias federais. Outras cidades do Nordeste de menor porte impressionam pela beleza e conservação de suas estradas, limpas, vegetação abundante, e canteiros bem definidos com plantas ornamentais e até flores. Uma sinalização de trânsito moderna e sem flanelinhas para perturbar a paciência dos motoristas. Bem que as coisas boas poderiam ser imitadas. Parece-nos efetivamente que o caminho, a diretriz e o azimute mais fácil para o

467

hominal desse mundo é colher preciosidades efêmeras, aplaudir a mentira que lhe conquiste prazeres, nada fazer no campo do sacrifício, seguir normas estabelecidas, estudar lucros prováveis, buscar as vantagens imediatas, selecionar as alegrias e deixar a tristezas para outrem, perseguir flores passageiras, entronizar fantasias e nada fazer no campo do sacrifício com sentimento voltado para os pobres e miseráveis. Aprendemos essas nuanças com um homem simples, sem estudo, mas sua virtude era ajudar os miseráveis. Ah! Se todo político pensasse assim! A população já cansada e sofrida parece que quer fazer um tipo de revolução diferente, a da sua própria vontade. Se todos os seguimentos sociais estão falidos a população vai ter que planejar ações para diminuir seu sofrimento. Paralisação de motoristas – vandalismo e revolta, o dia em que Fortaleza parou. Motoristas e cobradores de ônibus da Capital paralisaram ontem em todos os terminais da cidade, numa reivindicação por melhores salários. Os pneus dos coletivos foram furados,

468

terminais fechados e o trânsito caótico. A expectativa é que a frota só circule normalmente dois dias depois da paralisação. Prefeitura e empresários precisam planejar uma maneira mais viável para a população que se desloca de ônibus, pois no frigir dos ovos, passageiros e motoristas são os que sofrem mais com determinadas aberrações. Empresário só se completa com empresário e a população que se lixe. Essa é a triste e calamitosa realidade. Nossa cidade encontra-se no esquecimento. No centro da cidade a sujeira já se tornou banal. A população tem sua parcela de culpa, visto que quando se desfazem de alguma coisa a tendência natural e jogá-la nas ruas. Minha terra tem buracos, crateras e está mais para Marte, do que para Terra. Os proprietários de veículos pagam impostos exorbitantes, mas as condições de tráfego não existem. Greve de ônibus vira desafio para eleitor, foram prejudicados por não comparecer a Justiça eleitoral. A dengue ainda faz estragos na cidade. As autoridades da saúde já não são capazes de combater epidemia. Um governo, uma prefeitura

469

que não conseguem vencer a luta contra um mosquito é demonstração de fraqueza, inércia e irresponsabilidade. Falando em vírus acontece uma coisa interessante na medicina e na informática. Se você chegar a um hospital de emergência a primeira palavra do médico, é virose (doença causada por vírus). Se seu computador pifou, deu pane, você leva-o até um técnico de informática e a primeira palavra que sai de sua boca, é vírus. Temos que formatá-lo, muitas vezes a preguiça se junta à falta de vontade e surge o não querer ter o trabalho de salvar os arquivos do cliente. A realidade é que o senso de responsabilidade do profissional de qualidade está se esvaindo e caindo no marasmo. Lemos com certa preocupação a seguinte nota: “terminais vazios – o caos continua”. Cadê a Lei? Jornal O Povo de 08/05/2008. Será que só existe lei para os que lutam por melhores salários e aí indagamos: Onde está a Lei e o braço curto da justiça? Ela não consegue segurar os corruptos, corruptores e os poderosos brasileiros, bem como traficantes e terroristas, dizer que os

470

terroristas acabaram e nadar e morrer na praia. Saber governar é um dom e esse dom foi execrado, morto e sepultado. Infelizmente!

471

DRAUZIO VARELLA O médico contratado da Rede Globo de Televisão, Dráuzio Varella, fala sobre um assunto polêmico, controverso e de muitas nuanças que cientistas tentam explicar, mas não conseguiram a atingir seus objetivos. Em artigo publicado na Internet ele afirma o seguinte: Éramos todos negros – “A você que se orgulha da cor da própria pele (seja ela qual for), tenho um conselho: n~o seja ridículo”. Queríamos de antemão dizer ao doutor em epígrafe que ele não é dono da verdade e não têm o direito de soltar o verbo e cognominar todas as pessoas de ridículas. Aliás, citado médico sente-se orgulhoso, portentoso por estar no écran da Rede Globo. Faz a seguinte conotação em sua matéria: “Até ontem”, éramos todos negros. Você dir|: se gorilas e chimpanzés, nossos parentes mais chegados, também o são, e se os primeiros hominídeos nasceram justamente na África negra há 5 milhões de anos, qual a novidade? A novidade é que não me refiro aos antepassados remotos, do tempo das cavernas (em que

472

medíamos um metro de altura), mas as populações europeias e asiáticas com aparência física indistinguível da atual. Trinta anos atrás, quando as técnicas de manipulação do DNA ainda não estavam disponíveis, Luca CavalliSforza, um dos grandes geneticistas do século 20, conduziu um estudo clássico com centenas de grupos étnicos espalhados pelo mundo. Com base nas evidências genéticas encontradas e nos arquivos paleontológicos, Cavalli-Sforza concluiu que nossos avós - decidiram emigrar da África para a Europa há meros 100 mil anos. Como os deslocamentos eram feitos com grande sacrifício, só conseguiram atingir as terras geladas localizadas no norte europeu cerca de 40 mil anos atrás. A adaptação a um continente com invernos rigorosos teve seu preço. Como o faz desde os primórdios da vida na Terra sempre que as condições ambientais mudam, a foice impiedosa da seleção natural ceifou os mais frágeis. Quem eram eles? Filhos e netos de negros africanos, nômades, caçadores, pescadores e pastores que se alimentavam predominantemente de carne

473

animal. Dessas fontes naturais absorviam a vitamina D, elemento essencial para construir ossos fortes, sistema imunológico eficiente e prevenir enfermidades que vão do raquitismo à osteoporose; do câncer, às infecções, ao diabetes e às complicações cardiovasculares. Há 6.000 anos, quando a agricultura se disseminou pela Europa e fixou as famílias a terra, a dieta se tornou, sobretudo vegetariana. De um lado, essa mudança radical tornou-as menos dependentes da imprevisibilidade da caça e da pesca; de outro, ficou mais problemático o acesso às fontes de vitamina D., para suprir as necessidades de cálcio do esqueleto e garantir a integridade das demais funções da vitamina D, a seleção natural conferiu vantagem evolutiva aos que desenvolveram um mecanismo alternativo para obter esse micronutriente: a síntese na pele mediada pela absorção das radiações ultravioletas da luz do sol. A dificuldade da pele negra de absorver raios ultravioletas e a necessidade de cobrir o corpo para enfrentar o frio deu origem às forças seletivas que privilegiaram a sobrevivência das crianças com

474

menor concentração de melanina na pele. As previsões de Cavalli-Sforza foram confirmadas por estudos científicos recentes. Na Universidade Stanford, Noah Rosemberg e Jonathan Pritchard realizaram exames de DNA em 52 grupos de habitantes da Ásia, África, Europa e Américas. Conseguiram dividi-los em cinco grupos étnicos cujos ancestrais estiveram isolados por desertos extensos, oceanos ou montanhas intransponíveis: os africanos da região abaixo do Saara, os asiáticos do leste, os europeus e asiáticos que vivem a oeste do Himalaia, os habitantes de Nova Guiné e Melanésia e os indígenas das Américas. Quando os autores tentaram atribuir identidade genética aos habitantes do sul da Índia, entretanto, verificaram que suas características eram comuns a europeus e a asiáticos, achado compatível com a influência desses povos na região. Concluíram, então, que só é possível identificar indivíduos com grandes semelhanças genéticas quando descendem de populações isoladas por barreiras geográficas que impediram a miscigenação. No ano passado, foi identificado um gene, SLC24A5, provavelmente

475

responsável pelo aparecimento da pele branca européia. Num estudo publicado na revista "Science", o grupo de Keith Cheng sequenciou esse gene em europeus, asiáticos, africanos e indígenas do continente americano. Tomando por base o número e a periodicidade das mutações ocorridas, os cálculos iniciais sugeriram que as variantes responsáveis pelo clareamento da pele estabeleceram-se nas populações europeias há apenas 18 mil anos. No entanto, como as margens de erro nessas estimativas são apreciáveis, os pesquisadores tomaram a iniciativa de sequenciar outros genes, localizados em áreas vizinhas do genoma. Esse refinamento técnico permitiu concluir que a pele branca surgiu na Europa, num período que vai de 6.000 a 12 mil anos atrás. A você, leitor, que se orgulha da cor da própria pele (seja ela qual for), tenho apenas um conselho: não seja ridículo. Doutor Dráuzio Varella - Não somos e nem seremos ridículos e nem temos direito de aceitar essa discriminação feita por um estudioso e que se supõe tenha a ética devida para lidar com o

476

ser humano. Em determinadas conotações feita em sua matéria concordamos com o que foi dito, mas que a raça não foi à causadora da mistificação e responsável pela formação de outras raças. Sabemos que a raça negra foi uma das primeiras raças a povoar o orbe terrestre, mas não teve a primazia de ser a única. A história do homem começa a cerca de 6 milhões de anos, quando aconteceu uma bifurcação entre antropoides (ancestral comum de macacos e o homem) e os hominídeos. A mais importante mudança adaptativa foi à postura ereta. O ancestral aceito como mais antigo é o Australopithecus anamensis, de cerca de 4,1 milhões de anos. Ainda está por se descobrir se o Sahelanthropus tchadensis é um hominídeo ou um gorila fóssil. Sua idade é de 6 a 7 milhões de anos! O gênero humano tem a sua história, mas varia de pesquisador a pesquisador, isto por sermos imperfeitos jamais poderemos chegar às mesmas conclusões e sempre existirá um diferencial. Aproveitando um gancho que a Doutrina espírita nos oferece temos a dizer o seguinte: “Em c|lculos geológicos, a Terra surgiu h| 4,5 bilhões de anos”. De acordo com André

477

Luis, em Evolução em Dois Mundos, há 1,5 bilhões de anos apareceram às primeiras células e só por volta de 200 mil anos nossa espécie teve início. Por fim, os registros mais antigos da civilização datam de apenas 6 mil anos A evolução dos antropoides ao homem não foi linear. Uma grande variedade de espécies foi surgindo e se extinguindo no decorrer de milhões de anos. Um exemplo são os comedores de vegetais Robustus, com seus grandes molares e fortes músculos. Há 2 milhões de anos, eles conviveram na África com o Homo habilis, primeiro do nosso próprio gênero, o homo. A grande árvore dos hominídeos foi se ramificando, o galho que finalmente sobrou foi a nossa espécie, Homo sapiens, com menos de 200 mil anos. Na Europa, os Neanderthais estiveram lado a lado com os Homo Sapiens até serem extintos há 30 mil anos. Recentemente, a genética literalmente mudou o rumo da história. Dois pesquisadores norte-americanos, Rebecca Cann, antropóloga da Universidade de Berkeley, na

478

Califórnia, e Alan Wilson, bioquímico da mesma universidade, fizeram uma extraordinária descoberta, publicada num artigo da revista britânica Nature. A partir da análise genética da placenta de mulheres etnicamente diversas foi construída uma árvore genealógica de seus ancestrais comuns. O resultado foi surpreendente. Toda a população da Terra, mais de 6 bilhões de habitantes, descende de um pequeno grupo de negros africanos de140 mil anos - e este período de tempo não é suficiente para estabelecer qualquer alteração biológica ou de inteligência importantes na população humana atual. A partir do grupo original, os Homo sapiens migraram pelos continentes dando origem às diversas etnias. Por volta de 40 mil anos atrás, eles percorreram grandes distâncias. Alguns deles caminharam para a China, originando os povos de cor amarela. Outros segundo Emmanuel povoaram continentes perdidos como Atlântida e Lemúria (veja quadro na pág. 27), e as Américas. Outra parte migrou para o Oriente Médio, dando

479

origem aos povos de cor branca. As diferenças étnicas e biológicas, geneticamente triviais, estão relacionadas às condições ambientais, os hábitos alimentares e a separação desses grupos por algumas dezenas de milhares de anos. Outros segundo Emmanuel povoaram continentes perdidos como Atlântida e Lemúria, e as Américas. Para a ciência atual, vários enigmas estão sem solução. Um deles é o rápido surgimento das civilizações há 6 mil anos. O Homo erectus viveu pelo mundo durante 2 milhões de anos até sua extinção, dez vezes mais tempo que a nossa espécie. Eram caçadores e consumiam muita carne vermelha. Eles cooperavam entre si, comunicava-se por gestos, conheciam os padrões migratórios dos rebanhos. Desenvolveu machadinhas lascando pedras - o interessante é que essas ferramentas foram utilizadas praticamente sem modificações por um milhão de anos -, e nossa própria espécie, Homo sapiens, fez poucas evoluções desde 200 mil até por volta de 10 mil anos. A ciência oficial não tem explicações, mas os textos mediúnicos e as

480

regressões de memória revelam uma causa surpreendente: o salto evolutivo da humanidade foi realizado com a ajuda de espíritos expulsos de um planeta que passava por transformações morais. A tradição dos primeiros povos e os registros espirituais, como revelou Emmanuel em A Caminho da Luz - Obra cujo subtítulo é exatamente A história da civilização à luz do Espiritismo, localizam esse orbe no sistema da estrela Capela ou Cabra, da constelação de Cocheiro. “H| muitos milênios, um dos orbes de Capela, que guarda muitas afinidades com o globo terrestre, atingira a culminância de um dos seus extraordin|rios ciclos evolutivos”. As lutas finais de um longo aperfeiçoamento estavam delineadas, como ora acontece convosco, relativamente às transições esperadas no século 20. Alguns milhões de espíritos rebeldes lá existiam, no caminho da evolução geral, dificultando a consolidação das penosas conquistas daqueles povos cheios de piedade e virtudes, mas uma ação de saneamento geral os alijaria daquela humanidade.

481

“Aquelas entidades que se tornaram pertinazes no crime aqui na Terra longínqua, aprenderiam a realizar, na dor e nos trabalhos penosos do seu ambiente, as grandes conquistas do coração e impulsiona, simultaneamente, o progresso dos seus irmãos inferiores", esclareceu Emmanuel, no livro acima citado. Queremos reafirmar que sempre existirão ideias controversas entre cientistas e religiosos, mas a Doutrina Espírita tem explicações plausíveis, visto que tudo que aqui está escrito foram repassados por Espíritos Superiores aos médiuns da Terra. Há mais de 10 mil anos, a maioria desses milhões de espíritos reencarnou, progressivamente, no grupo humano de cor branca da região que posteriormente seria conhecida como Pérsia atualmente Irã, até os limites das montanhas do Pamir e do sul da Rússia. Esse grupo ampliou a agricultura de grãos, criação de animais, construção de casas, difundiu uma diversidade de objetos e ferramentas, a escrita e os cultos religiosos. Além de ciência, filosofia e religião, os exilados

482

de Capela trouxeram terríveis paixões em sua bagagem. A maioria dos capelinos usou seu conhecimento para dominar os povos primitivos, estendendo por milênios esses hábitos derivados do egoísmo, orgulho e causas originais da índole rebelde do exílio de Capela. Aos poucos eles se dividiram em tribos, respeitando os grupos sociais aos quais pertenciam em Capela. Naturalmente ocorreu uma explosão demográfica, e eles migraram pelos continentes encontrando outros humanos que lá habitavam. As figuras bíblicas de Adão e Eva simbolizam esses acontecimentos, pois quando expulsos do paraíso, povoaram a Terra, momento em que seus descendentes encontraram outros povos. Os espíritos exilados deram origem a quatro principais grupos: as castas da Índia, a civilização do Egito antigo, os arianos dos povos indo-europeus e o povo de Israel, os hebreus. Além disso, povoaram a Suméria (região sul da Mesopotâmia), e alguns reencarnaram na China milenar, entre outras nações. Foram eles os responsáveis por dar um grande impulso no

483

conhecimento para toda humanidade. Poderíamos acrescentar ainda a esse rol os Árias percorrendo a Europa, O Espírito da Índia, a fantástica Civilização do Nilo, e o futuro da humanidade. Aos poucos, os espíritos exilados de Capela e os nativos da Terra promoveram uma miscigenação espiritual. Certamente, alguns sacerdotes brahmins renasceram párias. Já não faz sentido distinguir as pessoas pela cor, ocupação ou condição social. Todos pertencem à humanidade universal. Não basta evolução tecnológica e de instrução, uma civilização só estará completa pelo desenvolvimento moral. "Vocês acreditam ser mais adiantados pelas suas grandes descobertas, maravilhosas invenções, por morar e se vestir melhor do que os selvagens. Todavia, não podem verdadeiramente se chamarem civilizados senão quando houver banido de sua sociedade os vícios que a desonram e quando viverem como irmãos, praticando a caridade cristã. “Até ent~o, ser~o apenas povos esclarecidos, tendo percorrido somente a primeira fase da civilizaç~o”,

484

explicaram os Espíritos, em O Livro dos Espíritos. (Alguns ou a maioria dos dados anunciados foram extraídos da Revista (Universo Espírita) (Publicações Lachâtre) Jesus encarnou na Terra para esclarecer essa verdade, superando os equívocos das primeiras civilizações). O Espiritismo surgiu para retomar as ideias do mestre. A solução parece simples. A chave do progresso individual está na máxima "conhece a ti mesmo"; e os deveres sociais no preceito de amor ao próximo ensinado por Jesus. Depois Kardec explicou que a prática dessa sabedoria se dá pela caridade. É apenas isso. Logo, nosso mundo passará por uma transformação como aquela que ocorreu há 10 mil anos no orbe de Capela. "O coração e o amor têm que caminharem unidos à ciência. Sim, meus filhos, o mundo está abalado. Dobrai-vos à rajada que anuncia a tempestade, a fim de não serdes derrubados. (...) A revolução que se apresenta é antes moral do que material", esclareceu o Espírito Fénelon, em O Evangelho Segundo o Espiritismo. Infelizmente, aquele que insistir em seus defeitos vai continuar sua

485

evolução num outro local. Serão muitos os exilados da Terra! Sua tarefa será estabelecer a civilização num distante planeta primitivo, orbitando uma entre bilhões de estrelas que vemos no céu. Dr. Dráuzio Varella respeitamos seu estudo de pesquisa e seu ponto de vista, mas como todo bem estudioso tem que ouvir outras versões e principalmente por inspirações divinas que sobrepõem às humanas. Resolvemos rebater o seu escrito, só por uma frase má colocada Éramos todos negros – “A você que se orgulha da cor da própria pele (seja ela qual for), tenho um conselho: n~o seja ridículo”. Nós espíritas nunca discriminamos nenhuma raça, pois nos consideramos irmãos de vida material e espiritual.

486

EDUCAÇÃO A palavra educação como a maioria das palavras é de origem latina. Educatione tem como sinonímia o ato ou efeito de educar ou educarse, cujo processo de desenvolvimento da capacidade física, intelectual e moral da criança e do ser humano em geral, visam à sua melhor integração individual e social. Essas experiências têm respaldos nos conhecimentos ou as aptidões resultantes de tal processo, o preparo. Proporciona um cabedal científico e os métodos empregados na obtenção de tais resultados como a instrução, o ensino, bem como proporciona um nível ou tipo de ensino de boa qualidade e um aperfeiçoamento integral de todas as faculdades humanas. Um dos fatos de relevância e importância está no conhecimento e prática dos usos de sociedade; civilidade, delicadeza, polidez, cortesia, a educação também pode ser definida como uma arte de ensinar e adestrar animais. Adestramento somado ou adicionado à experiência ou a arte de cultivar as plantas e de fazê-las reproduzir nas melhores condições possíveis para se auferirem bons resultados.

487

Como podemos denotar a educação é vasta e de uma importância fundamental em todos os setores da vida. Uma novidade nos dias atuais e uma das mais novas formas de educação, que vem sendo bem aceita pelos alunos tratam-se da educação à distância. Uma forma mais antiga e que emplacou foi a tele-educação e a educação especial. Formas e modalidades de educação escolar, oferecida preferencialmente na rede regular de ensino, para educandos portadores de necessidades especiais. A educação segundo alguns estudiosos com experiência em educação afirmam que na concepção tradicional de Educação, o aluno chega | escola com a ‘cabeça vazia’, cabendo { escola colocar-lhe um conjunto de conhecimentos factuais e habilidades intelectuais, testando periodicamente a aquisição destes conhecimentos através de provas e exames. As habilidades intelectuais mais valorizadas são a linguística que tem como finalidade a capacidade de ler, compreender e escrever textos e a lógico-matemática que é a capacidade

488

de processar informação quantitativa. Deste modo, o aluno atravessa um percurso, em que etapa após etapa, dum modo previamente estabelecido lhe são despejados conhecimentos que tem de assimilar com o objetivo único de passar para a próxima fase. Deste modo, o conjunto de fartos fatos que lhes eram transmitidos não eram sinônimos de conhecimento adquirido, porque basicamente este método apenas incentivava a memorização dos fatos e não as capacidades cognitivas tais como a interpretação, julgamento e decisão dos fatos, ignorando os estilos individuais de aprendizagem de cada aluno. Essas nuanças são João Pedro Matos da Costa, e desse que vos escreve, durante os anos em que estivemos envolvidos diretamente com a educação, aliás, a educação é para toda vida. A educação no Brasil não tem o devido respeito das autoridades que governam o País, pois aqui coisa séria é transformada em brincadeirinhas. Quantos analfabetos que querem estudar, mas infelizmente falta vontade política. Quantas crianças estão nas ruas se prostituindo por falta

489

da educação familiar e do governo? Vamos retirar todas as crianças de rua, das ruas e colocá-las no local devido, a escola. Educando a criança hoje estaremos livres de um marginal no futuro. Quanto mais crianças educadas menos meliantes teremos no rol das ruas das grandes capitais. ‘A idéia orientadora é ‘moldar’ o aluno e a aluna para o mundo desconhecido que os espera, usando técnicas semelhantes a uma linha de montagem; salas de aulas isoladas e limitadas em recursos; mesas e cadeiras alinhadas em filas; o professor desempenhando a função de dono e empregador principal do conhecimento; e a apresentação da informação limitada aos livros-texto e do quadro negro duma forma linear e sequencial. Neste modelo de educação, há poucas oportunidades para a simulação de eventos naturais ou imaginários, tanto para aumentar a compreensão de conceitos complexos como para estimular a imaginação. Outro grande, inconveniente deste modelo, é o fato de haver uma grande divisão do conhecimento da

490

matemática, geografia, história, física, não havendo a possibilidade de ver os possíveis inter-relacionamentos entre eles. A educação tem como ponto de partida a família e continua com a formação escolar aonde o aluno irá se inteirar das atualidades e do que acontece no mundo todo. O vetor principal da educação é o professor – profissional de educação que tem uma responsabilidade irrefutável, amor à profissão, mas que não merece o respeito devido das autoridades envolvidas na educação. Existe o Ministério da Educação, mas infelizmente o número de crianças, adolescentes e pessoas da melhor idade que querem sair do analfabetismo irá encontrar as dificuldades costumeiras, causadas pela falta de verbas e desprezo pelo ser humano mais carente. Podemos até afirmar que imantaram no Brasil também o Ministério da desocupação. Pensem nisso!

491

UMA POLÍCIA PARTICULAR Vemos com certa tristeza o esquecimento do nome Polícia Militar do Ceará dos écrans noticiosos e do meio policial. A briosa como é carinhosamente conhecida está sendo ocultada pela polícia do governador “Ronda do Quarteir~o”. Diz o clichê popular de que n~o se faz mais polícia como antigamente. O policial do nosso tempo era profissional e hoje vemos que a maioria deles faz bicos para sobreviver. É triste e lamentável. O comando da Polícia Militar deixou de ser forte e passou ser um mero executor de ordens, muitas vezes descabidas e sem plenitude policial. Desmistificaram a briosa e na psicosfera da segurança pública vemos policiais com aparência de colegiais, visto que a missão policial tem como principio mostrar presença e intimidar o adversário. E um desses apetrechos é o fardamento, o equipamento policial e a estatura humana. Vemos homens raquíticos, ansiosos, preocupados e sem um preparo adequado para o mister da função. A polícia inglesa não usava

492

armas, mas quando o vírus da violência por lá se instalou foi necessário uma ação mais enérgica e com armamento especial para lidar com os meliantes e terroristas. As viaturas do “Ronda do Quarteir~o” n~o tem distinç~o e o nome polícia está estampado em todas. A estampa das viaturas está mais para um bloco carnavalesco do que para um instrumento de segurança. O que se fala a boca miúda é que os “Ronda” ganham mais do que os policiais que fazem o serviço a pé e que se torna mais cansativo e desgastante. Um fato estranho e até pitoresco têm chamado a atenção dos leitores de matutinos da cidade. As manchetes policiais agora não saem em primeira página e sim no bojo dos cadernos e num local bem reservado e que por muitas vezes passa despercebido. Os programas televisivos policiais mostram ao vivo e em cores que a violência no Estado continua efervescente e em alto índice. Enquanto o “Ronda” roda os meliantes v~o { forra. A aquisição dessas viaturas teve uma conotação de crítica por alguns deputados que fazem o parlamento do Estado. A nossa

493

autoridade maior recentemente foi fazer uma “Ronda” bem mais extensa, fora do quarteir~o e vai ter que arcar com o uso do dinheiro público para passeios turísticos com a família e amigos. Ainda não perderam a mania de doninhos do Estado. Aberrações são vistas a “olhos nus”. Determinado deputado afirmou que a policia do Ceará não merecia viaturas tão portentosas por ser a segunda mais mal paga do Brasil. Se essa particularidade for verdadeira tiramos de imediato à conclusão de que segurança não é o ponto forte do governo. Alia, a esse pensamento a educação, a saúde. É triste sabermos que um governo não tem condições de lutar pari e passo com um mosquito e ainda do sexo feminino que vem pouco a pouco dizimando a população pobre e de classe média do estado tupiniquim. Nosso Estado precisa de homens com seriedade explícita e trabalhadores com visão panorâmica para enxergar os problemas cruciais da população carente. Hoje senhores os pedidos de promessas nem os santos estão aceitando. O Ceará carece, padece e precisa de uma estrutura

494

política forte e viável e que num futuro bem próximo não tenhamos que amargar mais dissabores, tristezas e preocupações. Chega de sofrimento, a população não suporta mais tantas dilacerações, os hospitais estão abarrotados de doentes e o atendimento é precário, até os corredores servem de enfermarias e o pior acontece no interior do Ceará, nas cidades onde a deficiência é geral os doentes vêm buscar assistência na capital. O Brasil para pensar em se tornar sério tem que acabar com a corrupção, eliminando corruptos e corruptores, com procedimentos iguais ao da Índia e da China. Os criminosos devem pagar por seus crimes e a cadeia é o lugar mais adequado para eles. Se estes procedimentos não surtiram efeitos que o criminoso pague da mesma forma pelos atos praticados. Somos contra a pena de morte, mas de jeito que está à morte será uma pena.

495

ISABELLAS O caso Isabella tem causado um frenesi muito grande na mídia brasileira. Um crime hediondo, como muitos que acontecem Brasil afora. Os órgãos de divulgação deveriam dar uma trégua. Nossas mentes já se encontram impregnadas com tantos rumores e suposições. O caso em si está tomando uma dimensão incontrolável, visto ter acontecido no eixo Rio e São Paulo. Se tivesse ocorrido em outro Estado da Federação as notícias seriam normais e até corriqueiras. A mídia televisiva se sustenta em fatos dessa natureza, mas diríamos nos fortalecendo no clichê popular: “tudo demais é veneno”. A Bíblia em uma de suas passagens fala da figura alcunhada de Moloque. Quem era esse Moloque? Moloque era o deus Amonita do fogo. Muito popular e muito colorido. Seguidores de Moloque muitas vezes pintavam o seu corpo com chamas. Muitos homens costumavam fazer suas barbas desenhadas, de maneira que estas representassem chamas de fogo. Moloque era um deus muito exigente, e

496

uma de suas exigências era o sacrifício de crianças. A fim de saciar e acalmar Moloque, uma criança tinha que, de tempos em tempos, ser queimada até a morte. Era comum que deuses pagãos exigissem sacrifício humano. Mas a religião hebraica era muito diferente. Deus chamou as pessoas para separá-las, para fazê-las diferentes de seus vizinhos. Enquanto os deuses pagãos exigiam sacrifícios humanos, na religião hebraica era exatamente o contrário: Deus seria sacrificado pelo homem (Isaías 53). Veja, o livro que se diz sagrado já apontava essas anomalias inserindo essas e outras aberrações, o que podemos concluir? Que pela história antiga a violência era mais preponderante que nos dias atuais. A diferença daquela época para a atual é a inserção da tecnologia da Comunicação Social (Jornalismo) e por via de regra a imprensa. Como gosta de inserir em seu bojo fatos dantescos, horrorosos e impressionantes nossa mídia! Que se divulguem os fatos, mas a exploração causa torpor e espanto deixando a população nervosa e apreensiva. Meios de

497

comunicação afirmam que a violência é hereditária. Não pensamos assim: diríamos que a falta de vontade política em educar o povo, colocar as crianças em seus devidos lugares, acatar o que está escrito na Carta Magna, são imperativos para uma sociedade tranquila e humana. O ócio deixa qualquer ser humano desorientado e exposto à prática de barbáries de diversos matizes. Nos países asiáticos o índice de criminalidade é quase zero. Será que os causadores do mal aderiram ao tal Moloque? Quem sabe! Dos 2.899 casos de violência contra crianças pesquisadas e confirmadas em 2007, atingiram o alto índice de 73% e pasmem: Na maioria dos casos os praticantes são os pais que além da violência corporal abusam sexualmente de seus próprios filhos. Deus foi muito complacente com o ser humano deu-lhe a inteligência, o livre-arbítrio (a prática do bem ou do mal) e de quebra o instinto, Mas pela sua natureza o homem teima em agir pelo mal em detrimento do bem e pelo instinto, isolando completamente o bem. Para fortalecer o que foi citado – na cidade de Jardim interior do Estado, menina é estuprada e morta por vingança.

498

Maria Luana de Jesus Amorim Miranda, quatro anos, foi estuprada seviciada, e morta num crime bárbaro que chocou toda a cidade de Jardim e adjacência. O caso em si já virou passado caiu no esquecimento. A impunidade política é outro vetor causador da violência. As drogas, o álcool, a corrupção, os feriados prolongados, as festas no final de semana aumentam a estatística da violência no Estado e no País. Vivemos num mundo de provas e expiações em busca de um mundo mais humano, o de regeneração, mas enquanto o hominal não se conscientizar de que o amor, a fraternidade, a caridade e o perdão são antídotos do mal, a tendência será o agravamento da situação caótica e deletéria que passamos e lembre-se que muitas Isabellas no Brasil estão sofrendo com a mesma brutalidade da Nardoni. E não será a primeira e nem a última. Infelizmente!

499

MEDO DE BARATAS Será que medo de baratas é uma questão de sobrevivência? Para muitas pessoas parecer ser! Um inseto resistente, horrendo, imundo e assaz, capaz de unir toda a classe feminina para exterminá-lo. Assim, é como o sexo feminino vê esse inseto feio e insultante. Conseguiu sobreviver as mais variadas formas atômicas, como armas, experiências e bombas e se encontra em grande quantidade na famosa selva amazônica. Adora lugares úmidos e quentes e de vez em quando, prega peças com tremendas revoadas pela casa inteira. Existem muitos jargões e clichês populares sobre a barata, principalmente a de cor esbranquiçada. Afirma-se de quem as vê é sinal de casamento. Será? O pânico que a marronzinha causa às mulheres e a determinados marmanjos não está escrito em nenhum gibi. Certa vez, vimos em determinada matéria que se Hitler ou Stalin soubessem do pânico que as baratas causam ao sexo feminino, elas seriam escolhidas e acolhidas como o grande inimigo a combater. “Assim, todas as mulheres desviariam suas atenções para a eliminação das baratas, e os poderosos ditadores poderiam continuar suas crueldades e guerras por poder na maior tranquilidade. Além do mais, as mulheres empregariam os homens

500

como exterminadores de “inimigos”, j| que as mesmas não teriam coragem de combatê-las em campo aberto”. Seria mesma esta intenção de Hitler e Stalin? Não sabemos, mas poderíamos imaginar. Aliás, aquela gosma que ela solta ao ser pisada é uma tremenda porcaria, um horror. O medo a este inseto e a outros pode ser a fobia específica, e é caracterizada como um medo persistente e acentuado, excessivo e irracional, de objetos ou situações claramente discerníveis e circunscritas. “A exposiç~o ao estímulo fóbico, provoca uma resposta de intensa ansiedade e sofrimento, que pode chegar a um ataque de p}nico”. A pessoa afetada reconhece que seu medo é irracional ou excessivo, porém, esta característica pode estar ausente em crianças e adolescentes. A situação fóbica é evitada ou suportada com intenso sofrimento. A evitação, antecipação ansiosa ou sofrimento na situação temida interfere significativamente nas rotinas normais da pessoa. São explicações dadas por especialistas em fobias e que aqui repassamos. Segundo as afirmações de Geraldo J. Ballone - o distúrbio do medo patológico pode se apresentar como Fobia Específica, quando o pavor tem um objetivo certo, como, por exemplo, medo de animais, de escuridão, de água, altura, etc. Pode ainda se apresentar como

501

Fobia Social, na qual o horror é de sentir-se objeto de observação e avaliação pelo outros como, por exemplo, falar em público, escrever diante da observação dos outros - comer em público. Pode também surgir sob a forma de Ataques de Pânico, onde o paciente passa a ser acometido, de uma hora para outra, de sintomas físicos terríveis, sem que saiba identificar exatamente o que o ameaça. A barata pode provocar toda essa celeuma com certeza. Cientistas em estudo afirmam o poder de vida desse inseto e dizem mais, que a barata habita a Terra desde milênios antes do homem, e com certeza habitará por muito tempo após o fim de humanidade. Ela não sente dor! Isso é um absurdo! Ela vive em esgotos, está exposta a bactérias, a todo tipo de doença fatal ao ser humano, mas não morre! Dizem que há cerca de 500 baratas para cada pessoa no planeta. Ela invade qualquer lugar, resiste a tentados terroristas, e não há bomba atômica ou mesmo o mais novo invento humano chamado LHC (Grande Colisor de Hádrons) que começou há funcionar esta semana na Suíça o maior acelerador de partículas já construído que acabe com elas. Um dos objetivos desse aparelho é tentar simular, em menor escala, o que teria acontecido logo após o "big bang", a explosão que segundo certas teorias teriam dado origem

502

ao universo. A palavra "partícula" tem sua origem do latim 'particula, ae' e designa uma minúscula parte de algo. No campo da física, "partícula" se refere à parte elementar de um sistema. É mole ou quer mais. Que bichinho sem vergonha essa tal barata! E a miudinha é um horror para as donas de casa. Minha gente fobia tem tratamento. A entomofobia é a fobia a insetos e quem tem medo de baratas pode ser considerado um entomofóbico. Já pensaram que nome auspicioso para um medroso (a). O tratamento mais eficaz segundo os médicos para as fobias seria a terapia cognitivo–comportamental, tendo este um alto índice de sucesso. Nesta forma de psicoterapia (tratamento psicológico), utilizam-se técnicas de exposição ao vivo e na imaginação, relaxamento muscular, reestruturação cognitiva, etc., que visam à modificação do comportamento e do pensamento disfuncional, aliviando desta forma, os pacientes de seus sintomas fóbicos. Para o sucesso do tratamento, um diagnóstico preciso deve ser feito, e se houver além da fobia específica, outros transtornos associados, estes também devem ser tratados. Cognitivo é relativo à cognição que deriva do latim cognitione e está relacionado à aquisição de um conhecimento, percepção, fase processual duma demanda, em que o juiz toma conhecimento do pedido, da

503

defesa, das provas, e a decide em contraposição à fase executória e o conjunto dos processos mentais usados no pensamento, na percepção, na classificação, reconhecimento. Alguns cálculos atuais mostram que em torno de 25% da população teve, tem ou terá, em algum momento da vida, um episódio de Fobia. No Brasil, como de praxe, não há números nacionais a respeito do assunto. Hoje em dia se aceita, com um pouco de incerteza, que esse distúrbio atinge duas vezes mais mulheres que homens. Como afeta nossas vidas o medo mórbido a qualquer coisa, e estamos sujeitos a ele sem distinção de classe, religião, e raça. Quer uma barata em sua casa? Não deseje isto a seu pior amigo.

504

PEDOFOBIA A pedofilia é muito comentada e praticada nos dias atuais. Será uma doença ou uma perversão sexual? Não sabemos. Alguns estudiosos dizem ser a pedofilia simultaneamente definida como doença, distúrbio psicológico e desvio sexual (ou parafilia) pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Nos manuais de classificação dos transtornos mentais e de comportamento encontramos essa categoria diagnosticada. Assim fica definida a classe dos pedófilos como doentes. Então, além da prisão para estes seres humanos, o tratamento psicológico se faz necessário e tratado convenientemente. Como se procede com os portadores de síndromes e doenças de distúrbios psicológicos. O mal deve ser cortado pela raiz, antes que se alonge e se dissipa. Sublimes atitudes venturosas ações, devem nortear o caminho para intercessão dos praticantes possuidores dessa doença perniciosa as crianças do Brasil e do mundo. Assim como existe a pedofilia, existe também a pedofobia. Qual a diferença sinonímica entre as duas? A pedofobia é a

505

aversão, repulsa horror e medo mórbido irracional, considerado como algo desproporcional persistente e repugnante às crianças. Será que neste mundo de meu Deus, alguém de sã consciência tem medo de crianças? Claro que sim! Trata-se de um distúrbio que, embora esteja sendo pouco estudado e quase nunca tratado, tem sido a causa de inúmeros conflitos sociais geralmente relacionados a problemas familiares, dentro de escolas ou da vizinhança. Diante dessa dinâmica é outra doença ou distúrbio que surge para complicar a vida do ser humano. É um caso que merece estudo apurado, pois o medo pode gerar violência, terror e consequências drásticas. Inúmeras crianças são todos os anos vítima dos mais hediondos assassinatos, espancamentos e crueldades, palavras de especialistas. Tais delitos costumam ser agravados por motivo fútil, pois as causas apontadas pelos agressores seriam de que a vítima estivesse fazendo algum barulho ou mesmo manifestando a sua agitação natural. São duas situações pungentes e que

506

devem ser tratadas com multifárias ações e cuidados pelos especialistas e por autoridades governamentais. Oticada ela causaria menos danos à sociedade. Além de paradoxos pode ser um pélago para quem tem crianças na família. Segundo estatísticas nos “Estados Unidos da América do Norte, tem-se notado o crescimento da pedofobia no meio social”. Homens solteiros não podem mais sentar ao lado de crianças em aviões. “Em Nova Iorque, uma senhora foi presa por está sozinha em um parquinho vendo as crianças brincarem, pois a legislação norte-americana atualmente proíbe alguém observar crianças brincando”. Vejam com que seriedade as crianças são tratadas em países do primeiro mundo. Continuam os estudiosos: “Desde 1925, naquele país, o assassinato de crianças até 4 anos de idade aumentou seis vezes, e o assassinato de crianças entre 5 a 14 anos dobrou”. Foi verificado que a maioria dessas crianças é morta por adultos, um terço delas são assassinadas por seus próprios pais. Já na Nova Zelândia, nos últimos 20 anos, o número de

507

crianças assassinadas pelos seus responsáveis aumentou em 58%. Essa é uma tendência mundial. Vejam que com todos os cuidados o fato acontece. Isso serve de alerta aos países que demonstram desleixos, descuidos com suas crianças, e as transformam em excludentes. Uma dolorosa situaç~o nos espera? “N~o existe um crime intitulado “pedofilia” na legislação brasileira”. “As consequências do comportamento de um pedófilo é que podem ser - consideradas crime”. Sendo analisada, observada e estudada { ‘atraç~o sexual - de adultos ou adolescentes’ por crianças, como doença ou mesmo crime, ainda não se concretizou a elaboração de uma legislação para combater esta disfunção sexual. O simples desejo sexual, independente da realização do ato sexual, já caracteriza a pedofilia. Não é preciso, portanto que ocorram relações sexuais para haver pedofilia. “O fato de ser considerados transtornos, não reduz a necessidade de campanhas de esclarecimento visando à proteção de nossas crianças e adolescentes e nem tira a responsabilidade do pedófilo pela transgressão das barreiras

508

geracionais”. Só est~o inseridos na |rea de risco da pedofilia crianças até os quatorzes anos de idade, de 15 até 18 anos incompletos são considerados adolescentes. Aos praticantes da pedofilia são atribuídos os crimes de atentado violento ao pudor, estupro, pornografia infantil. A pedofobia apesar de se tratar de apenas uma fobia não perde o caráter que se afigurem apenas anomalias, pois podem surgir desta fobia assassinatos, extermínio e outras mazelas consubstanciadas ao caso. Todo cuidado é pouco aos pais ou responsáveis. Pensem nisso!

509

OLIMPÍADAS As olimpíadas nos dias atuais têm um papel preponderante na aproximação dos países, de seus povos e a disseminação da cultura. O diálogo mesmo em línguas diferentes e desconhecidas não atrapalhou a comunicação dos participantes dos jogos olímpicos. Tanto a abertura como a finalização foi de uma beleza rara e fora do comum. A China demonstrou sua evolução também nos esportes, visto que desbancou a terra do Tio San, ficando em primeiro lugar no quadro de medalhas. Em sua 29ª edição, já pode ser considerada a maior olimpíada da era moderna, pois contará com delegações de 205 países que disputarão as medalhas em mais de 300 competições. A palavra “olimpíada” tem sua origem no grego ‘olympi|s, adis’, que se referia no passado { competição que acontecia na cidade de Olímpia, na Grécia. Nos dias atuais, uma olimpíada é um evento que reúne diversas nações a cada quatro anos para a disputa de várias competições em diferentes esportes. Surgida no fim do século XIX, a olimpíada da era moderna em seu

510

princípio só contava com atletas amadores, o que deixou de acontecer no século XX, com a abertura de espaço também para profissionais em determinados desportos. As olimpíadas trouxeram alegria em alguns esportes para o Brasil tendo o destaque sido das mulheres. Com as medalhas conquistadas em sua maioria de bronze, o Brasil mostra com todas as letras que não investe no esporte e nem partilha esta ideia, alguns atletas que lá estiveram são de famílias classe média alta e muitos já treinavam nas Universidades dos EUA (Estados Unidos da América do Norte). A decepção maior dos esportes olímpicos para o Brasil foi sem sombra de dúvidas o futebol masculino, jogadores mascarados, não se arriscaram em bolas divididas faltou raça e sangue. Foram os verdadeiros pernas de pau, do também incompetente “Dunga”. As olimpíadas ficaram conhecidas como o conjunto dos jogos competitivos que se realizavam na Grécia antiga, originariamente na cidade de Olímpia, em honra a Zeus; Jogos Olímpicos, disputados no espaço de quatro anos

511

que permeava duas celebrações consecutivas dos jogos olímpicos. Na realidade ou na verdade os jogos Olímpicos, ou olimpíadas como queiram tiveram na sua história aspectos muito importantes para a Grécia e para o mundo. Sua origem foi na Grécia, país que cultuava os esportes e a cultura física. A organização oficial data do século IX a.C., embora muitos séculos antes já se registrassem competições esportivas pan-helênicas. Foram extintos no século II a.C., e recriados em Atenas em 1896, por iniciativa de Pierre de Coubertin, como a “primeira Olimpíada da era moderna". Desde então, segundo o modelo grego antigo, são disputadas de quatro em quatro anos (foram interrompidas durante as duas guerras mundiais), e tem como sede, em cada nova edição, uma cidade escolhida entre várias candidatas pelo Comitê Olímpico Internacional. O chamado ideal olímpico, de congraçamento através do esporte, é representado na bandeira olímpica por cinco argolas entrelaçadas, de cores diferentes, representando os cinco continentes. Durante toda a competição a

512

bandeira fica hasteada, e arde a chama olímpica, acesa em Atenas e transportada por atletas em revezamento até o estádio central. A China gastou um montante considerável de dólares ou euros, mas deixaram marcados na história a organização, o brilho e um ensinamento para os países do primeiro mundo, de como se organizam determinados eventos com, denodo, amor e dedicação. Parabéns a China e ao seu povo. O Brasil sediará a próxima.

513

VOCÊ ACREDITA! COPA 1998 - DIVULGADO O QUE TODO MUNDO SUSPEITAVA. Talvez, isso explique a razão do jogador Leonardo ter declarado a seguinte frase: 'Se as pessoas soubessem o que aconteceu na Copa do Mundo, ficariam enojadas’. Todos os brasileiros ficaram chocados e tristes por terem perdido a Copa do Mundo de futebol, na França. Não deveriam. O que está exposto abaixo é a notícia em primeira mão que está sendo investigada por rádios e jornais de todo o Brasil e alguns estrangeiros, mais especificamente Wall Street Journal of Americas e o Gazzeta delo Sport e deve sair na mídia em breve, assim que as provas forem colhidas e confirmarem os fatos. Fato comprovado: O Brasil VENDEU a copa do mundo para a FIFA. Os jogadores titulares brasileiros foram avisados, às 13h00min do dia 12 de Julho (dia do jogo final), em uma reunião envolvendo o Sr. Ricardo Teixeira (na única vez que o presidente da CBF compareceu a uma preleção da seleção), o Técnico Mário Zagallo, o Sr. Américo Faria, supervisor da seleção, e o Sr. Ronald Rhovald, representante da patrocinadora Nike. Os jogadores reservas permaneceram em isolamento, em seus quartos ou no lobby do hotel. A princípio muito

514

contrariados, os jogadores se recusaram a trocar o pentacampeonato mundial por sediar a Copa do Mundo. (A aceitação veio através do pagamento total dos prêmios, US$70.000,00 para cada jogador, mais um bônus de US$400.000,00 para todos os jogadores e integrantes da comissão, num total de US$ 23.000.000,00 vinte e três milhões de dólares) através da empresa Nike. Além disso, os jogadores que aceitarem o contrato com a empresa Nike nos próximos 4 anos terão as mesmas bases de prêmios que os jogadores de elite da empresa, como o próprio Ronaldo, Raul da Espanha, Batistuta da Argentina e Roberto Carlos, também do Brasil. Mesmo assim, Ronaldo se recusou a jogar, o que obrigou o técnico Zagallo a escalar o jogador Edmundo, dizendo que Ronaldo estava com problemas no joelho esquerdo (em primeira notícia divulgada às 13h30min no centro de imprensa e, logo depois, às 14h15min, alterando o prognóstico para problemas estomacais). *A sua situação só foi resolvida após o representante da - Nike ameaçar retirar seu patrocínio vitalício ao jogador, avaliado em mais de US$90.000.000,00 (noventa milhões de dólares) ao longo da sua carreira.

515

Assim, combinou-se que o Brasil seria derrotado durante o 'Golden Goal' (prorrogação com morte súbita), porém a apatia que se abateu sobre os jogadores titulares fez com que a França, que absolutamente não participou desta negociação, marcasse, em duas falhas simples do time brasileiro, os primeiros gols. O Sr. Joseph Blatter, novo presidente da FIFA, cidadão franco-suíço, aplaudiu a colaboração da equipe brasileira, uma vez que o campeonato mundial trouxe equilíbrio à França num momento das mais altas taxas de desemprego jamais registradas naquele país, que serão agravadas pela recente introdução do euro (moeda única européia) e o mercado comum europeu (ECC). Garantiu, também, ao Sr. Ricardo Teixeira, através de seu tio, João Havelange, ** que o Brasil teria seu caminho facilitado para o pentacampeonato de 2002. *Por gentileza passem esta mensagem para o maior número possível de pessoas, para que todos possam conhecer a sujeira que ronda o futebol! Desde, já agradeço, Um abraço. Gunther Schweitzer Central Globo de Jornalismo*

516

A ILUSÃO DO ETERNO O aprendizado me foi dado, pelos meus pais e mestres no dia-a-dia de minha vida de criança, na esperança de um alvorecer fasto de venturas, no caminho indefectível do saber. Com esforços e sofrimentos nunca perdi a vontade de vencer. De marcha e contramarchas aqui estou. Conheci uma pessoa nobre, inteligente, competente e com seu intelecto, mostrava em versos, sua arte emérita de transformar seus pensamentos em belas poesias. Companheiro de caserna e academia reluzia com simplicidade, estribandose na aura celeste dos grandes seres, com sua eloquência fazia referências às artes das celebridades e grandes intelectuais. Mais uma vez fui escolhido para impulsionar o versejar de um poeta piauiense, de Luzilândia no vizinho estado do Piauí. Piauí terra querida filha do sol e do Equador, seu nome deriva de um tipo de gado bovino de pequeno porte e dotado de cornos desenvolvidos. “Gado Piauí”, cambindas (Dança na quais os dançadores, de cócoras, se movem ao som da música), e no levantar e torcer o sabugo da cauda de uma rês, para derrubá-la ou encostá-la ao mourão a fim de ser facilmente ferrada. Do Tupi vem pi'au, piau, nome genérico de vários peixes nordestinos. Piauí, rios dos piaus. Esse peixe em transformação virou poeta de verve com grande

517

extasia que arrepia os mais endurecidos corações. Waldir Rodrigues é seu nome, um carvalho em deslumbramento, nos momentos inspiradores sara as dores de qualquer acumpliciado, com o belo e o eterno. Mais uma obra prima que me fascina e satisfaz, com amor e deslumbramento de outro coment|rio: “Rosas do Nunca mais”. É um cavaleiro alado, através dos enlevos da imaginaç~o. Waldir sempre afirmava que “A ilus~o do Eterno”, era uma de suas melhoras obras, além de fascinante tinha o brilho constante dos grandes diamantes, a reluzir em seu coração. Uma coletânea de crônicas que emanam da alma desse grande homem do saber, do pensamento fácil e solto, revolto aspira adentrar através de uma ciranda nos fulgores da eternidade. Menezes de Carvalho retrata com nuanças as grandes conquistas e as velhas esperanças, dos momentos vividos e que marcaram a vida de Waldir. Ele se manifesta, através de duas palavras ricas em dinâmica, ressalta as asperezas da vida que teve de passar, sentir na pele o ardor de exames dolorosos. Pensa nos sofrimentos do Mestre Jesus, no seu martírio, mas vê de repente com certo torpor a fisionomia de um doutor calvo, de óculos bifocais, cabeça baixa, ao examinar seu laudo pericial. Com uma

518

bela arquitetura desenhou um pequeno coração, com duas artérias enormes e multiformes, parecendo uma aberração de tamanha disparidade, para um ser frágil, mas viril. Mesmo com trejeitos, sabia que carregava no peito um coração desafinado, cujo repertório de batidas poderiam se exaurir de uma hora para outra. Uma pergunta soou no ar: irremediável doutor, perguntou Waldir? Infelizmente! Amigo, respondeu. A dúvida veio a calhar o pensamento: quantos dias, horas, semanas, meses ou anos insanos - terei que passar! Waldir tirou de letra e ainda fez graçinhas com a atendente, levantando a cabeça e olhando para os céus, algumas estrelas acenaram para um irmão cheio de emoção, em sua aflição, de repente sentiu o aceno das amigas de Aldebarã. Sentiu-se recompensado e ressuscitado, pois um grande poeta não pode ser esquecido e iludido por um coração moroso. Saltitou, beliscou a sua mente e de repente seu subconsciente começou a emanar, velhas crônicas, amareladas pelo tempo, porém no momento certo do intelecto, não se fez de rogado, colocou o espólio do seu triste inventário, mas de um rico imaginário pertencente a um ser valente, competente, inteligente, persistente escritor, doutor das letras, dos poemas. Descobriu que a vida tinha

519

que continuar jamais se entregar, sua destinação era vencer tudo, já estava escrito. Maktub! Nome de origem do núcleo |rabe: “Maktub”, “Insch’ ‘allah”, “Mulher espetaculosa” e “Arder no m|rmore do inferno” s~o palavras que se popularizaram com bastante rapidez. A obra “Ilus~o do Eterno” é composta de crônicas avulsas e crônicas amorosas, de rara beleza e n~o me sobraria espaço para “aquarelar” tamanha formosura. Nada desperdicei e com a alma endógena retratei, pois um sentimento de amor e ternura veio aferir meus pensamentos e num belo momento despertei. Qual a mais bela? Não sei! E para não cometer desatinos, fiz o meu expurgo intelectual, se esquivando das injustiças, fiz uma relaç~o haurida e nominal: “A vida começa amanhã; Envelope azul; Irreverência; Divagação; Meu filho! Meu filho!; Fatalidade; Rondó para o meu pai morto; Discriminação; A crônica que não sei escrever; Rubens; Quanto os plátanos florescem; Saulo! Saulo!; História da estupidez humana; Matusalenidade; Buchada de bode; Trapalhada de defunto; Manjar do céu; Porre divino; Ato penitencial; Carta a um poeta luzilandense; Recado para Solange; Desencontro e Luiz Gama”. Essas são as feéricas crônicas avulsas que repulsam os ingratos e insensatos que não desejam nada do saber, desistem de imantar o

520

entreter. Para encerrar os comentários de um grande escritor faço com amor e paixão, pois sou fã ardoroso desse divino poeta, escritor e douto das letras, delegado sem encrencas, não gera polêmicas, pois além de acadêmico das letras é um grande defensor da sociedade. Nas crônicas amorosas deparei-me com coisas gostosas que fiz reviver meus velhos tempos de rapazola inexperiente, mas de identidade segura, pois era no futuro que me amarrava. “Cartas; Prelúdio de amor e de paix~o; Rosas murchas; lugar de sempre; Crônicas do tempo perdido; Graham Bell; Crônica do amor não vindo”. Com esse repertório nobélico de uma direç~o a um “Oscar”, da poesia, n~o é fantasia, nem ilus~o. “S~o fatos nascidos, de um coraç~o ferido, batendo descompassado, mas embelezado por essa obra prima que exprime um amor paterno”. “Na minha astuta esperança, desejo sempre a lembrança de um dia ter lido e comentado - A ilus~o do Eterno”. Parabéns, Waldir Rodrigues, podes não ser uma rocha, mas és um carvalho alto e potente que alegra a gente com suas aposições coloquiais, belas e eternas como “A Rosa do Nunca Mais”.

521

TRAFICANTES E TERRORISTAS Normalmente os banhos são saudáveis para a saúde e para esse fator de higiene, usamos a água para limpeza corporal. Os traficantes e terroristas seres desumanos, desalmados matam sem dó e piedade humanos inocentes pelo instinto do prazer. Eles querem saborear através do terror animalesco, o banho de sangue. Em tela plana se galanteiam com o suplício, a dor, o desespero estampado no rosto de milhares de famílias vítimas da crueldade e da bestialidade hominal. O Rio de Janeiro, sede dos jogos Pan-americanos teme por uma ameaça diabólica e cruel, por parte dos traficantes, que já dominam trechos da cidade. Que vergonha! As estratégias usadas por estes monstros são parecidas e a diferenciação está entre um atentado e outro. A criança não tem o direito inalienável de brincar e conhecer sua cidade. Os idosos já não podem mais desfrutar das conversas e dos bate-papos com os amigos. Não se pode andar só e nem acompanhado, pois existe uma estratégica do mal, o arrastão. São calculistas, perversos, não agem sem estratégias, mesmo que tenham que esperar dias, anos a fio, mas o dia da vingança chegará e o saldo cruel é a carnificina.

522

Queimam transportes coletivos atacam delegacias de polícias, quartéis da Policia Militar e das Forças Armadas, mas ninguém toma providências. Onde estamos? Atormentados e preocupados com a banalidade da violência, que se enraíza em cidades de pequeno porte do Brasil. A miséria e a má distribuição de renda tornam nossa pátria cada vez mais desumana. Banalizaram a violência! Na mídia televisiva ela é uma constância, quer em programas policiais, quer em filmes que colocam a nossa disposição todos os dias. Até a fé dos incautos já está sendo usada com intuito de formar bilionários donos do poder e entre outras mazelas, as construções de templos suntuosos desvirtuando o que pregou Cristo aqui na terra. A lavagem cerebral também faz parte da violência e quem as executam podem ser rotulados de terroristas e traficantes.

523

MILENA Recebi do amigo, confrade e camarada Waldir Rodrigues, companheiro de milícia, Aci e Alomerce, uma novela quiçá interessante. “Milena”, a sua obra novelística. Fiquei com a visão emoldurada, imaginando acicatadamente as nuanças, que o poeta na sua ótica e perspicácia, disporia para nosso deleite e admiração. Aspectos multifários de um nome aconchegante e acolhedor. O que sai da introspecção de Waldir Rodrigues de Carvalho promanam de um dom divino cujo destino é sempre apologia. Um homem com caráter ubertoso e de ideias viçosas nos alerta na abertura, no introito com a seguinte explanação: “Algumas vezes descuida-se o raciocínio para que se divirta a esperança com que sonha a imaginaç~o”. Citação de (Antonio Solis). Pensei numa mulher bonita, corpo escultural, olhos azuis, coração divinal e de destreza magistral. Na apresentação fiquei espantado, um pouco desconfiado pela sequência natural que a descrição tomava forma. Falava em viagem, Montevidéu, em atestado de óbito de uma vida conjugal. Falava de certo coronel e de casais brasileiros que iam à cata de soluções para as agruras matrimoniais na República Oriental.

524

Começou a turismar estrelas, no cavalo de pau de sua infância, transpôs sideral com ânsia veloz, galáxias foram vencidas. Mantos azuis dos sonhos de infância foram para lá do fim dos mares, sempre ao galope da imaginação, cabe à culpa ao cavalo que jamais retirou os pés do chão? Rebuscando as coisas velhas, sentou-se a cadeira de palhinha para amenizar as crises hemorróidicas, encontrou a novela que do segundo capítulo não passava. Ficou no último par|grafo: “Marinheiro nasci, mas em terra me criei e no cais da esperança em vão navios sonhei...”. Frustrado por ter dedicado 30 anos a Polícia Montada do que os sabores ondulantes das ondas do mar. Sonho de criança que não vingou, mas não desassanhou. Maldizia-se que a “cada gal~o” colado ao ombro era um assombro, frustração total. Não tinha mais anus para enfrentar a batalha. Nem com caxiagem conseguiu transpor os umbrais do segundo capítulo, mas o mar não lhe saía da cabeça. Da Republica Oriental veio consigo a dona encrenca, a Mafalda do coronel que sempre empertigava nos dias de corridas e de lauréis. Depois de reler o que escrevera num tom poético e escalafobético, respondeu; “V| { merda!” Aquele casal vivia em desarmonia e ditou para a empregada, hoje nem água leve

525

para aquele cachorro. Mafalda com a convivência mostrou ao coronel o dom de ser infiel. Depois de passes e repasses minha vibração cerebral se desnorteou, pois descobri que Milena, não era o tipo de mulheres fogosas, formosas e de olhares ardentes, mas sim uma égua impertinente que corria léguas nas competições cavaleirísticas, mas que alegrava muita gente. Desandou, consegui chegar ao terceiro capítulo. Num momento de esplendor escreveu: “Ent~o nas docas do sonho, construí até o fim o meu navio de velas, transatlântico ou bergantim e do porto do desterro zarpei em busca de mim...” Coronel vai gostar de mar assim na baixa da égua. Como sinfonia para dar luz à ilusão usava o Mar Egeu em profusão. Sempre relembrava o passado com a companheira Mafalda braba como uma égua, mas diferente de Milena, que cativava o coronel com suas astutas atuações no hipódromo de sua preferência. Alfafa balanceada era sua refeição, um haras no quintal causava polêmica e confusão. Ela sempre ganhava e quando empatava havia brigas e mortes pela falta de sorte dos apostadores. Milena de égua virou mito e dona Mafalda com grito e reza pedia que aquela égua perdesse um dia, para que o velho coronel acabasse com seu orgulho arredio. Fazia de tudo! Treinava Jóqueis,

526

e endeusava demais a sua cria. Milena pouco a pouco ia distanciando o coronel de sua Mafaldinha. Conversava muito mais com Milena do que com a própria mulher. Um dia fez “Forfait” ganhando com dois corpos de vantagem. Momentos antecediam a uma nova competição, foi uma de gala, mas Mafalda notou que o coronel não queria pegar frete com a cegonha, daí surgindo um macabro plano, encomendou a Viturina a empregada da casa esmero no almoço. O coronel demorou e então Mafalda fazendo-se de vítima almoçou com o jóquei Ramón. Malveira seu amigo foi procurado, visto que notava que seu barco estava furado. Mafalda num momento de êxtase sexual tirou o atraso com um homem sensual deixando o coronel coçando a cabeça, pois ali foi plantado com todo ardor e rigor um par de chifres. Arrependido, desiludido com tal situação foi até Milena para se vingar de Mafalda e ao som de uma poesia disse: “Senhora Dona Milena, por favor, me permitais, introduzir o com que mijo no por onde vós mijais”. Feito o c~o a comer mariola o coronel esbugalhou os olhos, abriu a boca e gritou em altos brados: Mafalda, Mafalda... Era tarde, Mafalda sumiu. Deixou o coronel a ver navios e com dor de cabeça profunda, pois notava que algo estranho assanhava a sua

527

cabeça, para complicar a situação soube que seu amigo Manuel havia flagrado sua noiva, fazendo sexo com um ricaço da Vila. “O que d| para rir também d| para chorar” e diante de tanto sofrimento o coronel ciumento colocou o sabugo no lugar errado, o resultado da cena, sai chifrado. Malveira será que nenhum dramaturgo irá falar nessa história verídica, nem Otelo ou o infeliz Clariano? A exultação aparece depois de um período maroto que o coronel passou de feliz para escroto, esquecendo o amor humano pelo animal e foi triste o seu final. Caos no relacionamento. Quando tomava cevada com leite lembrava-se de Malfada e do bom deleite. Tempo vai, tempo vem e o coitado nas ondas cavaleiriças perde o amigo que a saltar do cavalo fratura a base do crânio. O navio dos sonhos atracava no porto dos desesperos. Viturina fiel escudeira cuidava do coronel que perdera a mulher, o amigo querido e ainda teve que amargar a derrota da deusa Milena. Certo dia amanhecera feliz por que Milena deu a volta por cima prevendo a infelicidade e sofrimento do fiel amigo coronel. Uma crise de psicose-maníaca depressiva se instalou no já debilitado coronel que ao receber a notícia da grande vitória de sua Milena querida, sentiu-se mal, arriou na cadeira e sentiu seu (anus) sofrido reclamar, fica atordoado, com

528

aperto no coração, chega pensar em sonrisal e em outros santos, mas sente um grande desabrochar de botões hemorróidicos de lombrigas despertadas. Torna-se vampirizado e um grito veio tremer as bases e os muros do quartel, a três metros de distância, a voz bradou, hoje tem páreo Coronel! De olhos arregalados, notou através da panorâmica de sua memória o repassar de toda sua vida conjugal que abominara: as discórdias, as brigas, desatinos e adultérios. Quando cessaram as angustias, as dores internas, as luzes se acenderam, um clarão do entendimento projetou-se pela porta afora, a mesma porta por onde sua bem-amada-consorte acabara de entrar... Moral da novela: Todo castigo para corno é pouco. Pelo que li, assimilei e compreendi Waldir com sua capacidade de criador, mostra com nuanças e temperanças a vida de um coronel, que foi a Montevidéu procurar seu céu, mas se deixou levar pela paixão de Milena, a égua famosa e eleita por ele como uma deusa, trocando o sagrado dever de marido. Iludido se tornou. “Foi cornado, chifrado e maltratado por outra mulher de nome esquisito, “hemorroidas”, com quem conviveu a vida inteira”.“Pela escotilha dos sonhos; vislumbrou sinais de terra; nos tempos de marécheia; e os sonhos de ventura; pela escotilha dos

529

sonhos que n~o esqueço jamais”, Senhora Dona Milena, por favor, me permitais, introduzir o com que mijo, no por onde vós mijais”. A história não é de Troncoso, mas de um poeta famoso, que a milícia cearense o acolheu. De Luzilândia à Fortaleza foi uma destreza, um caminho traçado pelo Divino, nosso bom Deus. Parabéns, amigo Waldir Rodrigues esse é o comentário simples de um amigo que muito te admira. “Fica com Deus irm~o”.

530

PINTANDO O SETE “Apologia dos setes pecados capitais, invocaç~o dos sete dons do Espírito Santo”. (Waldir Rodrigues). O poder da palavra são símbolos poderosos que podem mudar a nossa vida. Devemos torná-lo alegre, sutil, brejeiro, engraçado, maitaca para uns e escolho para outros. Usar bem as palavras é dar-lhe conotação esplendorosa transformando-as na força conquistadora da simpatia. Os homens metamorfoseiam-se em intelectuais das prosas, dos versos e das poesias, da verve que imantam do berço, os dons da sabedoria e da glória no seu mais brilhante sentido. Aprenda a sorrir para estender a fraternidade com Waldir. Eleve seu vocabulário para o intercâmbio com o amor e o reluzir. Uma vez mais, somos responsáveis pela missão esplendorosa de mostrar para os adeptos e apaixonados por rimas “diamantizadas”, acrescidas de risos e gargalhadas, a obra do camarada. Reiterada de fastos positivos, que emanam das leituras de uma obra com seu aspecto de sanar problemas - esclarecer com serenidade, sem destacar a perturbação, calando às mágoas dos insensatos, mas reservando seus colóquios com Deus. A qualidade espelhada desse piauiense

531

emanante, descendente dos ancestrais lusitanos, num passe de mágica transforma uma questão polêmica num livro de bolso, que se abre com a chave da simpatia. Poeta de Luzilândia, cearense de coração, suas conotações diluidoras ilaiste, pintando “O Sete”, num gracejo mostras a ira, a avareza, a inveja, a preguiça, a mentira, a luxúria, a gula, que são pecados capitais e ainda mais, fazes rutilâncias entre entendimento, piedade, conselho, ciência, sabedoria, fortaleza e Temor a Deus. Estimado Waldir Rodrigues - recebeste o carinho de Ana Raquel Dantas, de Arleni Portelada, que num raio de luz acenaram para o “pocket book”, n~o esquecendo a poeira estelar de suas ultimas turismadas em Aldebarã, e ainda desfrutando dos acalantos suscitados de “poeta amargo”, apontando a sua pena novamente para o gol, no jogo das palavras com regras definidas, como um veterano craque das letras, usando o diálogo interior para reprogramar-se positivamente. Da laranja quero um gomo do limão quero um pedaço, da poesia mais bonita quero mostrar o seu gingado. Jamais use a permissão senescência, és jovem de Espírito e de coração e num piscar de olhos inseriste quatorze sonetos (sete mais sete) que compõem a apologia dos sete pecados capitais e a invocação dos sete

532

dons do Espírito Santo. “A ira cega { raz~o mata o amor”. Se você j| nasceu violento e forte, retenha sua ira, prefira o amor que é consolador. A avareza é uma tristeza. Se tu és mão fechada renitente, abra-as e dê um adeus prá gente! Se a inveja penetrou em sua vida, não lhe dê guarida providencie a sua partida; Se você é preguiçoso de nascença ainda resta uma esperança, alie-se a beligerância; a mentira é uma sólida invenção, mas vamos torná-la liquida e cheia de bênção; a luxúria comparada a um filme pornográfico no asilo fica fora de estilo pela Lei do Senhor; Gosta-se de comer uma costeleta, ou devorar um boi sozinho, com chifre e tudo, é sinal que adoras a gastronomia, cuidado, poderás apreciar a astrologia, e transformar-se num astro bem redondinho. “Buscar o entendimento é promover a paz, então vamos Pazear”. Esta faculdade ora como a fonte do conhecimento verdadeiro, e então é oposta ou à sensibilidade ou à imaginação, ora como a faculdade de conhecimento discursivo, e neste caso opõe-se à razão, que cumprirá uma etapa superior de conhecimento? O homem e a razão. A piedade apaga por caridade os pecados alheios e os nossos também; o conselho se fosse bom ninguém daria, vendia. A Ciência chega a ser a excrescência do homem, pois todos eles querem adquirir o saber divinal. A Fortaleza é uma

533

muralha forte. Temos o dever de vencer os desatinos da vida, com altivez. Temor a Deus seria ignomínia, não devemos temê-lo e sim amá-lo. Meu Jesus dos condenados me ergue com tua mão, tenho os joelhos dobrados implorando-te perdão. “Dante operam rei illicitae imputantur etiam quae extra volutatem ejus eveniunt (As coisas ilícitas, mesmo que aconteçam contra a vontade, imputam-se a quem as fez)”. Parabéns, amigo Waldir Rodrigues, sós as grandes inteligências e os verdadeiros intelectuais são capazes de usar o poder da síntese, para transformar um assunto tão polêmico em belas poesias. Como amigo companheiro de caserna e de Academia de Letras admirou suas obras pelo amor que inseres. Respiro profundamente quando tenho a felicidade de comentar obra poética de sua autoria e que vem com identidade dos perfumes franceses. Mais uma vez parabéns e seja feliz, do santo a meretriz serás capaz de enaltecer e encontrar qualidades meritórias em cada um dos retratados.

534

COMENTÁRIOS SOBRE O LIVRO STERNENREISENDER- (STERNENREISENDER, traduzido do alemão para o português significa “o viajante das estrelas”). Ao comentarmos a obra de um autor pela sua interatividade visual, quando este procura denotar de pronto suas nuances qualitativas, verbalizadas em nosso cenho, pela sua inteligência privilegiada. Procuramos no intimo de nossos corações a resposta para essas aposições. É divino? Sim é divino. A alegria é o somatório de atos e ações que nos levam aos píncaros da glória. Altruísta, enobrecedora, faz com que nosso ego superlote; encha-se de alegrias brilhantes e uma boa-nova venha a calhar em nossos sentimentos. Gosto de colorir meus pensamentos, minhas ideias, com palavras que tenham vínculos espirituais, pois é a partir de Deus que a referência vem iluminar meus sentimentos para realizar um trabalho. Um julgamento justo isenta as energias imantadoras, assimiladas pelo corpo humano através do contato com o ser, que passamos a conhecer, conviver e apormos em nosso rol de

535

amigos e que serão partícipes de nossa amizade. Passamos a analisar suas qualidades vernaculares que lemos e assimilamos dessa leitura sadia, salutar, tranquila e cativante, pelos termos risonhos e reconfortantes, inseridas na obra de um gigante. Recordo-me feliz quando afirmou Jesus: “Eu vim para que tenham vida e vida em abund}ncia”. Cristo demonstra muito bem que, sob os auspícios, o homem viverá a vida intensamente, com salutar euforia. Eu diria querido amigo Waldir Rodrigues, companheiro de Academia, não importa o lugar onde estejamos, os recursos que possuímos as condições em que nos encontramos a idade que tenhamos, o homem logrou a compreensão da vida; vive sempre em harmonia com as magnânimas leis que regem a natureza. E no altar tudo expressa, em cânticos de louvor, a alegria da vida. Você, como ser iluminado, alegre, não acabrunhado, dotado e abençoado, lançou ao ar do mundo eterno das poesias, sua semente de sabedoria que germinará regada pelos olhos reluzentes dos poetas, dos competentes, dos seres viventes, que se

536

alimentam dos frutos que só os poetas colocam a disposiç~o da gente. “Esperança Tardia, Contemplando Aldebarã, Soneto de Partilha, Elegia do Infarto (poema lírico de tema terno ou triste), Soneto da Ilusão Passageira, da Esperança, Soneto para a Divindade, Confidencial, Soneto da Estrela Azul, da Surpresa, Homenagem ao Poeta Afonso Rocha, Soneto do Poeta delegado, da Consolação, Soneto para as duas Santas, para Mário Gomes, Soneto da Desesperança, da Gratidão, Soneto da imortalidade, Eterna Divina, Soneto para o teu Vulto, Vitória Régia, Combustão, Indiscrição, Soneto da demora, Barco à Deriva, Lembrete para minha mãe, Musa ingrata, Trocadismo, Navegante da ilusão, Tarde demais, Soneto da Resolução, Nova Vênus, Sonambulismo, Integração, Soneto do Poeta inadimplente, do amor sem fim, do Poeta Gravador, Pescadores de Ilusões, da Ressurreição; Gaiola de Ouro, Natal diferente”. Calcificando a minha mente com misturas excelentes de rimas diferentes, procurei na indiscrição, na imortalidade, no soneto da demora, da gratidão pedir-te a mão por

537

intermédio da ação, deixando de lado as musas ingratas, navegantes da ilusão; lembrei-me da gaiola de ouro onde guardava um tesouro que fugiu às mãos. Num natal diferente, lembrei-me de uma eterna divina, Vitória Régia de meu coração, com o barco à deriva e sem combustão, tarde demais quando a esperança se esvai e num momento tristonho de dor e de tristeza, não com aspereza ou gaiola de ouro, com trocadismo sem sonambulismo, pensando no soneto gravador, deixei de lado as Vênus. Pensei no amor sem fim, aliei ao soneto da ressurreição e como não sou pescador de ilusão, pedi a meu irmão que me oferecesse lembretes para minha m~e. Querido irm~o: “de cabo a rabo”, como se diz no jarg~o popular, quem sou eu para julgar uma obra popular! Popular de alta qualidade, cheia de quilates, de brilhos reluzentes que alegra a tanta gente, que tem a primazia de pertencer a este orbe de pessoas nobres, não de riquezas, mas com certeza de serem possuidores de uma obra indelével. Palavras bonitas, eruditas, que não são privilégios, nem sacrilégios eu afirmar; penso em te igualar às grandes criaturas e não seria

538

irreverente se te dissesse: tua obra merece os olhares aficionados de um Drumonnd, de um Buarque, de uma Cacilda, de uma Cecília e da controvertida Clarisse Lispector. Haverá maior alegria para o agricultor que a colheita? A Medicina moderna já afirma que o estado psicológico do individuo atua positiva ou negativamente sobre o corpo físico, proporcionando-lhe saúde e equilíbrio ou acarretando-lhe enfermidades. Senectude não é sinônimo de tristeza. Costumam afirmar que os poetas sentem na pela a senilidade; refletindo nestas máximas, concluímos que necessitamos: Saber pedir; Agradecer sempre; Louvar dignificando. É preciso saber pedir, para que não venhamos a fazer solicitações indevidas e infantis. Geralmente, o homem pede a Deus facilidades e benefícios materiais, quando deveria rogar entendimento e perseverança para conquistálos. O fato de viver já é motivo suficiente para agradecer ao Pai. Viver em sabedoria, escrevendo com harmonia, dilatando suas ideias geniais que somadas serão jornais, de

539

conhecimentos, de alimentos para os incultos. O escritor é um doutor com todas as regalias, de antemão já sabe colocar e onde vai rimar suas belas poesias. Quando começou, não sei. Espero que estas doçuras não se tornem amarguras; elas devem viajar mundo afora, para que hoje e agora estas páginas belas sejam as aquarelas que irão enfeitar com seus encantos, causando espantos àqueles que não conhecem um grande ser humano batizado por Waldir. Orgulho da briosa Polícia Militar já se podem ensaiar cantos de gratidão a este ser humano de ideias belíssimas e encantadoras que adrenalizam nossos corações. Com frases de estremecer e alterar as emoções, que elas sejam colocadas no patamar mais alto, do já tão sofrido galardão policial militar. Este é o lugar onde o sol brilhará incansável, onde a chuva abençoa e fecunda, onde a natureza tudo louva e bendiz as Leis do criador. Vamos dar votos de louvor a este escritor de escol que, com sua simplicidade, generosidade, amizade e jeito meigo de falar, vão implantando sua sabedoria, sua intelectualidade, que por prazer e não por

540

vaidade mereceu da cristandade o seu mister e por sabedoria ou por coincidência da divina providência abençoou para todo mundo ver e ler. O que chamamos de Sternenreisender, seu autor Waldir Rodrigues é mais um PM (Policial Militar) de fé. Em nossa vida cotidiana, negamos, desejamos, aceitamos ou recusamos coisas, pessoas, situações. Fazemos perguntas como “que horas s~o”, ou “que dia é hoje?”. Dizemos frases como “ele est| sonhando”, ou “ela ficou maluca”. Fazemos afirmações como “onde h| fumaça, h| fogo”, ou “n~o saia na chuva para n~o se resfriar”. Avaliamos coisas e pessoas, dizendo, por exemplo, “esta casa é mais bonita do que a outra” e “Maria est| mais jovem do que Glorinha”. “Numa disputa, quando os }nimos estão exaltados, um dos contendores põe-se a gritar ao outro: mentiroso! Eu estava lá e não foi isso o que aconteceu”. E alguém, querendo acalmar a briga, pode dizer: ”Vamos ser objetivos, cada um diga o que viu e vamos nos entender”. Usando estes prepostos, digo o que vi na obra deste grande escritor que

541

honra a instituição a qual pertence: a Polícia Militar do Ceará; sua obra é digna de nota dez com louvor, obras desta natureza, dessa extirpe n~o se encontram em qualquer lugar. “Talvez somente nas mãos do autor, dos amigos e na Academia de Letras dos Oficiais da Reserva do Cear| (AORECE)”.

542

DOCE AMARGURA Nas curtas viagens do dia a dia, todos nós encontramos o próximo, para cuja dificuldade, o próximo será o mais próximo. Circula energia no ar, perfumes de rosas abrem caminhos para a felicidade dos incautos e dos inocentes, que ferem com os seus sofrimentos o coração da gente. A virtude é símbolo de brandura, aonde a ternura veio fazer morada e num estratagema de folguedos e delírios veio morar comigo no lar da doce amargura. Repleto de sonetos açucarados salpicados de ternura veio a florescer na minha mente e de repente lembreime de um amigo paciente, prudente, influente e radiante. Dileto, intelectual, contista, poeta, romancista, escritor e para reforçar doutor das letras, e da advocacia, que tem por mania a arte e a destreza de mensurar belezas em forma de sonetos e poesias. ...E, eu, a espiar pela janela aquele quadro com o qual sonhei gravar um dia o retrato dela. Sonho acalentado, transtornado, inacabado, cheio de esperanças e nas nuanças

543

foi diluindo a minha mente e sob um sol caliente transpiro amor e fantasias. Waldir Rodrigues é seu nome, recebido na pia batismal, com o tempo tornou-se imortal, e com seu cabedal de conhecimento e sabedoria lançou mais uma pérola de encantar os mais desdenhosos e orgulhosos, com uma vitrine inquebrantável, encheu a dinastia dos mestres da poesia com um dicionário de louvor, uma obra prima de amor, um marfim com doçura que nominei de “Doce Amargura”. Sternenreisender (o viajante das estrelas), a deusa da ventura, infinitude, soneto adocicado, fuga, soneto dos passos que passaram soneto da gruta de Ubajara, canção de ninar, soneto de minha Árvore Genealógica, soneto do Amor não Vindo, Presente do Aniversário que passou despedida, soneto do Conformismo, da Universalidade, do Floral Sublime, soneto para o Primo, Veredicto Cruel, soneto da Louvação, Transcendental. Apologia da Dor, Soneto Atávico, Bolsa de Valores, Soneto do Encontro, Balada para depois do Último Dia, Contradição, Oferenda, Soneto da natividade, Reverso, Teus Cabelos, Teus Olhos,

544

Tua Boca, Tuas mãos, Teus Seios, enfim o corpo inteiro para nos deliciar, acariciar e sentir o perfume sem queixumes e receios, mas com o coração cheio de amor para petiscar. Confissão, tristeza Íntima, Premonição, Noite Branca, Soneto Metafórico, Soneto para a Divindade, do Tempo Perdido, do Homem sem Deus, Saltimbanco, Meã Culpa, Soneto do Ângelus, Tarde Demais, Fogueira, Soneto Amargo, do Floral da Vida, O Viajante das Estrelas, Reflexão, carnaval da vida, Soneto do Desencontro, do Amor Perdido, Homenagem a Vinícius, soneto a Duas mãos, reflexão, súplica e último desejo. Com gracejo e muita esperança quero afixar na lembrança, essa tórrida formosura, que por senso recatado sinto-me lisonjeado a falar e comentar este lindo erigir de encantamento e devoção. Waldir profundamente fincado ao solo gentio que defende e faz questão de registrar-se como representante, não é apenas o poeta das estrelas, como foi denominado no meio literário, mas o poeta da constelação que encheu o coração deste comentarista com brilho e luz, fazendo pulsar o coração a cada batida no teclado deste felizardo computador.

545

Amigo e confrade achei-me pequeno diante de tanta grandeza, mas com esperteza e sabedoria que o Pai Maior me deu quero afirmar-te que esta obra é uma arte que jamais o mundo há de esquecer. Se tiveres insônia não sinta vergonha leia Waldir ele é a vitamina de Luzilândia no vizinho e querido estado do Piauí, de antropólogo a delegado sempre teve o cuidado de bem servir. Honra a briosa Polícia Militar do Ceará onde se formou. De cadete a oficial sempre teve moral de cativar com seu jeito de falar e de tratar indistintamente sem discriminação de cor e credo, mas afirma com convicç~o: “O poeta que só sabe rir é falso”. O poeta que só chora, é doido. Por isso aprendeu a ser feliz com sua tristeza. É o se lema. Fiel à sua simplicidade recusou todos os convites para ingressar em Academias Literárias. Porém rendeu-se a ALOMERCE (Academia de Letras dos Oficiais da Reserva do Ceará), por não poder deixar órfã a corporação que o recebeu de braços abertos e argênteos.Querido amigo, dileto confrade a miséria socioeconômica, que entulha as avenidas do mundo, mistura-se à de natureza moral, que atulha os edifícios e

546

residências de luxo como os guetos da promiscuidade libertina. O que posso fazer parece-me quase um sentido ou significação, tão grande e volumoso é o problema. Apesar disso não me escuso de auxiliar, e este foi o meu desejo, a minha alegria de ter em minhas mãos esta obra prima que parece uma menina desabrochando para o amor. Siga em frente companheiro, torne-se conhecido; os rincões de nossa pátria não merecem esta atitude de modéstia, leva a frente este potencial que é sublime e sai de ti, mereces ser conhecido do Oiapoque ao Chuí. Os poetas te adoram, mas as donzelas choram quanto falo de ti. Bênçãos irmão.

547

MINICONTOS. Senhor ilumina minha visão, aumenta minha consciência, minha concentração. Que seja eu, um justo Juiz. Para julgar a obra de um construtor cearense de coração, emissário da sabedoria, da inteligência, da perspicácia, advogado dos aflitos, dos tristonhos que num passe de mágica, os transformam em risonhos, com seus minicontos debochados e escrachados para certas donzelas, mas para os gnosiológicos é cultura e saber. Acredite se puder; Camelô: Despedida; Dolores; Fogo selvagem; O Assalto; O Bem-Aventurado; O Contrabandista; O Descasado; O Enigma; O Envelope Azul; O Homem de Vidro; O Lançamento; O Progresso; o Tabagista; O VagaLume; Pantaleão; Pescaria; Rabo de Saia e Traquinagens do Vavá são de arrasar e de palpitar qualquer coração. Considero-o meu amigo, companheiro de milícia, confrade de Academia. É uma fábrica de sorrisos, alegrias e gargalhadas. Quando leio “o Homem de vidro”, que tem um pouquinho de todos nós fica na nossa memória a lembrança singela aposta nas

548

p|ginas da “Sentinela” para os que n~o tiveram o privilégio de abraçar sua obra singular. Poetas e filósofos negaram a existência daquela que era o seu fanal. Ele era transparente, mais transparente do que cristal de rocha. Em suas artérias pulsava um sangue azul celeste, refletindo o brilho das estrelas que se apagaram há milênios. Mas, as rainhas, as princesinhas e as fadas madrinha com suas varas de condão, parecendo refletores, colocaram o homem de vidro em lugar de destaque, nas páginas de uma enciclopédia pequena e virtual, mas que reflete com todos os benfazejos o desejo ardente de um poeta caliente, que cativa à gente de maneira divinal e magistral. Waldir Rodrigues descortina a senda que reconduz a verdade e descerra, aos olhos dos novos adeptos, e esquecem os céticos que residem em antros de ódio e separação, nas cavernas do egoísmo, carregando os espinheiros do orgulho, recheados pelos venenosos poços da vaidade, ocultos em si mesmos. Que te ouçam com presteza e alegria o que as tuas obras

549

irradiam, sejam contos ou poesias, seja na simplicidade edificante, mas que sejam brilhantes como as estrelas do céu. Neste final de ano, onde se comemora o natal queria deixar um sinal da minha gratidão, peço a Deus que ilumine teu caminho, nada de espinhos, só flores, e nesta oração que vem do coração te saúdo e parabenizo assim: Rei Divino, na palha singela, por que Te fizeste criança, diante dos homens, quando podias ofuscá-los com a grandeza do Teu Reino? Soberano da Eternidade, por que estendeste braços pequerruchos e tenros aos pastores humildes, mendigando-lhes proteção , quando o próprio firmamento Te saudava com uma estrela sublime, emoldurada de melodias celeste? Certamente, vinhas ao encontro de nosso coração para libertá-lo. Procuravas o asilo de nossa alma para convertêla em harpa nas Tuas mãos. Preferias esmolar segurança e carinho para que, em Te amando, de algum modo, na manjedoura esquecida, aprendêssemos a amar-nos uns aos outros. Amém. Muitas pessoas acreditam poder

550

esconder a verdade por tempo indeterminado, crendo assim livrarem-se de problemas imediatos e futuros. São pessoas que perderam a fé na verdade por viverem onde predomina e prevalece a mentira. Querido Waldir Rodrigues, jamais se deixe vencer, a batalha é uma parte da guerra que se encerra com a vitória. Ela é a glória para muitos ciclos, é você com esta simplicidade, jeito diferente de falar, na caneta eis doutor na alegria e na tristeza vem o louvor que herdaste do Pai Divino. Que o transformaste no ser belicoso, jocoso e que num piscar de olhos, num pensamento refinado, transformando o seco no molhado, na sua literatura transformada em poesia, ofertando alegrias aos carentes transformandoos como por encanto num acalanto, que jamais esquecerão. É verdade. Ela, sobretudo, por mais que doa, sempre dói menos no presente que no futuro, quando a mentira, o orgulho, a inveja, já pode ter feito estragos irreversíveis, desdobrando-se em outras mentiras. A verdade ilumina a realidade e garante a estabilidade da vida, por isso pode ser adiada, jamais apagada. Parabéns meu amigo e camarada, você merece.

551

ROSAS DO NUNCA MAIS José Waldir Rodrigues de Carvalho é Oficial da Polícia Militar, membro da Associação Cearense de Imprensa (ACI) e advogado integrante da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Acadêmico da ALOMERCE (Academia de Letras dos Oficiais da Reserva do Estado do Ceará), escritor, poeta, romancista nascido na cidade de Luzilândia no vizinho estado do Piauí, cearense de coração como costuma afirmar. No olhar exprime toda simpatia de uma terra modesta que vive em festa celebrando seus heróis, de noite e de dia confeccionando os mais belos versos e poesias. Salve! Terra que os céus arrebatam; Nossas almas nos dons que possuis: A esperança nos verdes das matas, A saudade nas serras azuis. Piauí, terra querida, Filha do sol do Equador, Pertencem-te a nossa vida, Nosso sonho nosso amor! As águas do Parnaíba, Rio abaixo, rio arriba, Espalhem pelo sertão, E Leve pelas quebradas, Pelas várzeas e chapadas, Teu canto de exaltação! Desbravando-te os campos distantes, Na missão do trabalho e da paz, A

552

aventura de dois bandeirantes, A semente da pátria nos traz. Sob o céu de imortal qualidade, Nosso sangue - vertemos, por ti, Vendo a Pátria pedir liberdade, O primeiro que luta é o Piauí. Possas tu, no trabalho fecundo, E com fé, fazer saber melhor, Para que, no concerto do mundo, O Brasil seja ainda maior. Possas tu, conservando a pureza. Do teu povo leal, progredir, Envolvendo na mesma grandeza, O passado, o presente e o porvir. Waldir do rio abaixo do rio arriba do Parnaíba, trouxe encanto e saber enriqueceu Fortaleza, com sua singeleza como escriba experimentado, contista de mão cheia e dos gêneros de prosa glosa as suas escrituras com amor que vem da introspecção do coração, dom dado pelo Divino foi o seu destino que nos encantou. Na sua imponente “O Viajante das Estrelas” Sternenreisender é bilíngue (português-alemão) o mais novo livro deste douto das letras com tradução de Sérgio Krieger Barreira. O poeta aborda a vida: partidas, infartos, datas, sentimentos e tudo mais que acomete o ser de forma lírica, lirismo este que toma seu ápice em “Soneto de Amor sem fim” ou (Sonett der

553

Unendlichen Liebe). Poeta que versa desde a simplicidade da rima até os sonetos com citações mitológicas, torna a obra universal. Está na Biblioteca Nacional da Alemanha. O poeta não se acanha e nas suas entranhas lança ao mundo intelectual mais uma obra prima: “Rosas do Nunca Mais” uma colet}nea de Sonetos Avulsos, Sonetos Amargos e Poemas diversos onde o intelecto está inserido do Cavalo Troiano passando por Soneto Amargo, e vai até desabafo é um retrato, natureza viva, dúvida, reencarnação, contraste, despedida, lágrimas, violeiro e o tarado nos dias de repouso domingueiro, mas nas noites de insônia, o amor total, morde-lhe a língua e os peitos pra mamar nos seios dos imortais. Nas rosas do nunca mais soma o hilariante com deslumbramento o amor com o abandono, a dúvida com o desabafo, mas elejo de fato como obra prima que destinam alegrias, sensações de paixões aos mais alegres corações. A importância desta obra em verso e prosa faz efeito acrescido de sonetos de qualidade, foi importante para o autor que inseriu sangue e suor e nos ofereceu o melhor de sua fantasia. Ó

554

Rosas da primavera, Cuja presença me traz, esse perfume de espera, dos dias de nunca mais. E viveremos em paz, A rosa dos dias idos, Nas rosas do nunca mais!... Esta obra insere tudo, aprendizado da vida, ilusão perdida, cidade querida, reflexão que enche o coração deste comentarista que não é artista apenas admirador deste grande autor. Waldir é iluminado e serás no futuro idolatrado e lembrado Pelas “Rosas do Nunca Mais”. Parabéns.

555

MORAL E ÉTICA Nada mais belo e cativante quando buscamos inspiração para executarmos uma tarefa, por mais singela que seja. São nessas obrigações acadêmicas que temos a oportunidade de mostrar, aquilo que foi assimilado em sala de aula, a dedicação de quem repassa e a assimilação de quem aprende. Falar em moral nos dias atuais é meio complicado ou complicado e meio, seria talvez uma deletéria função que destrói ou danifica; prejudicial, danoso: nocivo à saúde: que corrompe ou desmoraliza, para os que não são acostumados a ela, e bastante altruístas para quem prima pela mesma. É como espírito de responsabilidade e funcionalidade que estou tentando “apor” os questionamentos, em número de nove, a disposição de minha memória incontida, mas muitas vezes falha. A realidade é o preço da dignidade humana. É estimulo para os doentes de presunção. É a bússola imantada à busca do azimute magnético (direcionamento). É tudo. Que é o Senso Moral? Dê exemplos?

556

É uma situação que o ser humano passa nascendo ou evoluindo de uma opção para que não classificar de uma dicotomia, método de classificação em que cada uma das divisões e subdivisões não contém mais de dois termos. Uma repartição dos honorários médicos, à revelia do doente, entre o médico assistente e outro chamado por este. Aspecto de um planeta ou de um satélite quando apresenta exatamente a metade do disco iluminada. Divisão lógica de um conceito em dois outros conceitos, em geral contrários, que lhe esgotam a extensão. Ex.: animal = vertebrado e invertebrado. Tipo de ramificação vegetal em que a ponta do órgão (caule, raiz, etc.) se divide repetidamente em duas porções idênticas, e que é próprio dos talófitos e briófitos, sendo muito raramente observado nas plantas floríferas; dicopodia. Princípio que afirma a existência única, no ser humano, de corpo e alma. É bom frisar que algumas dessas significações não se enquadram bem, principalmente no assunto que estamos diluindo. No nosso caso seria o bem e o mal. O

557

exemplo que mais se afine com o questionamento (opinião nossa), seria o livrearbítrio.Podemos nos prolongar ainda acrescentando que também são ações que dependem de nós mesmos, de nossa capacidade de avaliar e desenvolver e discutir, nesta aposição poderá ser citado como exemplo à educação familiar, a colegial, o meio social, os amigos, vícios e os procedimentos de cada ser. No Senso Moral não somos levados a agir por outros ou obrigados por eles. É visível esta colocação, se somos levados a agir por outros ou obrigados por eles, à consequência natural será a exterminação cruel de nosso Senso Moral, transformando-o em imoral com certeza. Nos assassinatos por encomenda o mandante consegue dominar o Senso Moral do que vai efetuar o crime, domina seu senso moral através do convencimento e do dinheiro, mesmo que isto venha a lhe custar caro. Pode ser a avaliação do certo e errado, esta avaliação será feito por mim ou por outrem. A conduta do ser humano é constantemente avaliada, juízes todos são, mérito não se compra, adquire e com muito sacrifício e grandeza da

558

alma depende de muitos fatores, sociais e religiosos. Que é a Consciência Moral? Dê exemplos? Quando o Senso Moral falha a Consciência moral se ressente e de pronto. Quando fazemos algo de errado vem o sentimento de culpa, nossa consciência fica atribulada, nossas atitudes acabrunhadas, o resultado para combater a resultante é o arrependimento, é dar a volta por cima praticando boas ações. A educação familiar, o convívio, as amizades, uma boa escolarização e uma relação saudável, a ausência de estresse, angústias, preocupações, depressões e outras mazelas contribuem para convivermos bem ou mal com a consciência moral. As nossas decisões extemporâneas, os conflitos, devem assumir a consciência pelos atos que praticamos. Não poderemos deixar que a avaliação, certa ou errada transforme nossa vida e passarmos a outro fator chamado dilema moral. Pelo que expomos chegamos à conclusão que normalmente um fato, uma consequência tem ligação direta ou são compactuadas.

559

A que se refere o Senso Moral e a Consciência Moral? Como citamos antes nas entrelinhas deste trabalho estas duas palavras estão interligadas e vai desembocar de maneira violenta ou não ao Senso Moral. A importância é por demais real que põe em prova nossa consciência moral, a idéia de liberdade do agente causador e paralelamente às relações que mantemos com os outros, ou seja: O sujeito moral. É muito comum pessoas confundirem moral com costumes, com a tradição cultural de um determinado povo, com código de leis, regras, com as obrigações e deveres impostos pela sociedade, pela igreja e pelo governo. Boa pergunta: quem seria o sujeito moral na minha ótica, posso até estar equivocado, mas é a pessoa que convive diariamente com estas nuances e sofrendo as consequências delas. Quais nossas relações com a Moral? É uma situação estritamente, vinculante. Muitas das vezes não conseguimos fazer distinção e desvencilharmos, é um ponto sem nó, apesar de a nossa consciência trabalhar com responsabilidade e avaliar e julgar nossas ações, o nosso agir passa

560

sempre pelo crivo da análise e avaliação dela. Parar para pensar é bom, não, é ótimo. Só que as pessoas de um modo geral possuem a velha preguiça mental. Qual o principal pressuposto da Consciência Moral? A consciência moral é resultado operativo de nosso Senso Moral. É a subjetividade valorativa que adquirimos no processo de formação familiar, escolar e nas relações cotidianas. O ser humano está nesta batalha dia a dia, poderá torná-lo forte, experiente ou então totalmente desvalorizado. Quantas vezes julgamos a conduta das pessoas? Inúmeras vezes. Podemos também afirmar que as ações podem ser legais ou não, lícitas ou ilícitas dependendo de quem as praticam. Se nos damos conta de que isso está presente em nossa vida, esta intuição nos leva a questão central da moral. Os principais pressupostos da Consciência Moral são as próprias morais, pois se a moral não existisse não existiriam também as ações. Consciência é natural de nosso ego, da introspecção, ele vem de dentro para fora e de

561

fora para dentro. Esta na qualidade do ser, nos sentimentos morais, nas avaliações de conduta, nas decisões que tomamos por nossa livre e espontânea vontade e agir de acordo com normas e decisões e responder perante elas e perante os outros. É o assumir o que fez, é a responsabilidade. O que é Juízo de Fato e de Valor? Dê Exemplos? São dois juízos que se confrontam e podem causar polêmicas. Coisa ou ação feita; sucesso, caso, acontecimento, feito. Aquilo que realmente existe que é real. Fato jurídico. Acontecimento de que decorrem efeitos jurídicos, independentemente da vontade humana (por oposição a ato). De fato. Com efeito; realmente, efetivamente; de feito, e estar ao fato de ciência com o que acontece; ser sabedor da distinção do que seria fato e valor? Leitura atenta dá para decifrar e incluir ou nominar a sinonímia correta. Já o valor pode ser considerado como qualidade de quem tem força; audácia, coragem, valentia, vigor; qualidade pela qual determinada pessoa ou coisa é estimável em maior ou menor grau;

562

mérito ou merecimento intrínseco; valia; importância de determinada coisa, estabelecida ou arbitrada de antemão; o equivalente, em dinheiro ou bens, de alguma coisa; preço; poder de compra; papel; validade; estima apreço; importância, consideração; significado rigoroso de um termo; significância. Mas na concepção dos estudiosos: juízo de fato é aquele que diz algo que existe, diz o que as coisas são como são e porque são. Imitando o velho jargão popular: “matando a cobra e mostrando o pau”. J| o Juízo de Valor pode avaliar as coisas, pessoas, ações, experiências, acontecimentos, sentimentos, estado de espírito, intenções e decisões. Pelo que vemos e notamos o Juízo de Valor e é mais criterioso não desconsiderando o de fato. Tem outras qualidades entre elas às normativas e avaliativas. As diferenças entre um e outro pode estar na natureza e na cultura das pessoas, da população, das classes sociais, na sociedade que tende a neutralizá-los, isto porque a sociedade em si é injusta e egoísta. Por que os juízos de Valor são Normativos Este questionamento praticamente já foi respondido, mas nunca é tarde revisar conceitos. Por que

563

enunciam normas que determinam o dever ser de nossos sentimentos, atos e comportamentos. É um regulamento, é uma lei que obriga todos andarem na linha, corretos, obediente, conhecedores de seus direitos e deveres e não agir assim será com certeza discriminada pela sociedade e por ela punida. Eles avaliam as nossas intenções e ações do correto e do incorreto para não dizer errado, nos dizem o que é bem e mal ou o que são; o mal e a felicidade. Os normativos também estão entre os éticos: sentimentos, intenções, atos e comportamentos devem ter ou fazer para alcançarmos o bem e a felicidade; olha que não é fácil. O povo brasileiro está carente de afeto e a fraternidade e a caridade cairiam muito bem neste momento crucial. A origem destes juízos está nos atos e fatos do cotidiano, e no sentimento e na responsabilidade dos que fazem as leis que nos julgam absolvendo ou punindo, toldando nossa liberdade. Explique origem da diferença entre Juízo de Fato e Juízo de Valor? A diferença entre um e outro já pode está inserida nas entrelinhas, porém vamos tentar colocar da maneira mais

564

simples a diferente dos dois, e que, não sejam prolixos, nem rebuscados. O juízo de fato é aquele que exprime sensação de concreto, algo que está ao nosso alcance, às coisas são como foram feitas, nem existe variáveis para elas, e de lambuja ainda se dá o direito de uma explicação gratuita de como são (Constituição, formação, qualidade). É um tiro certeiro, não há meio termo. Já o Juízo de Valor é mais intelectualizado, atingem e avaliam as nossas coisas, pessoas, ações, experiências, acontecimentos, sentimentos, estados de espírito, intenções e decisões. Tem poder de decisão pelo exposto acima. O que é Naturalização da Vida Moral? A naturalização da vida está arraigada nos pressupostos aqui enunciados, é um somatório do que chamamos de moral, sendo que esta moral pode ser qualidade e destrinchada, caso haja necessidade. Somos educados para enfrentar a vida moral ela está abarrotada por sentimentos de solidariedade, fraternidade e respeito pelo ser humano. A moral se forma na história de vida cotidiana. Podemos até citar uma passagem bíblica quando Jesus afirma:

565

“Amar o próximo como a si mesmo”. Quem pratica com avidez e seriedade as normas acima enunciadas pode ter certeza de que está naturalizando a Vida Moral, quem não procede assim vai esbarrar no Dilema e na Consciência Moral. Explique o Sentido das Palavras Moral e Ética. Explicar moral e ética pode gerar um conflito de opiniões: porém existem nuanças que diminuem ou extinguem estas particularidades. Moral pode ser definida a nossa consciência e as qualidades boas que temos entre elas o respeito pela vida, ao ser humano, fraternidade, solidariedade e a moral é formada numa universidade da vida: “O Cotidiano”. Pode variar de pessoa a pessoa, pois todo ser humano não possui as mesmas qualidades, há uma variação muito grande, talvez exagerada. Ética nada mais é do que o estudo dos juízos de apreciação referentes à conduta humana suscetível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal, seja relativamente a determinada sociedade, seja de modo absoluto. Está cimentada no bem e na moral. Para confeccionar este trabalho tive que usar a moral, o senso moral, a ética, a

566

consciência e fazer um trabalhado relativo, senão iria cair no dilema moral. Comentários: Não tenho dilema moral, pois não posso julgar o esquecimento momentâneo, como moral, e sim mais de constituição orgânica. Apesar de ser possuidor desta síndrome procuro sempre está abalizado, lendo, relendo para que minha memória e consciência não atinjam um patamar dilacerante. Este trabalho foi um trabalho misto de pesquisa, de sabedoria, de conotação própria e de uma qualidade que não podemos colocar em xeque. Foi nove questionamentos bem preparados, que nos deixou a vontade para “apormos” nossas ideias e também emitir opiniões sobre o assunto. Estamos precisando cada vez mais de tarefas deste naipe. Aqui assimilamos o que é de bom no comportamento do ser humano, bem como saber como ele é possuidor de um livre-arbítrio. Seus sentimentos, suas ações, personalidade, educação, sociedade e o permeamento de homem com a finalidade que Deus o criador, de sempre evoluir e não retrogradar.

567

Convém ressaltar que esse trabalho não contém biografia, visto que as fontes estão inseridas no rol das matérias, comentários e crônicas que reluzem e faze a psicosfera desse instrumento de conhecimento de muitas nuanças que acontecem no orbe brasileiro. Aqui colocamos nossa opinião que poderá ser diferente da dos leitores. Temos que salientar que somos imperfeitos e o diferencial está naquilo que pensamos e escrevemos. Esperamos que os leitores façam bom proveito da obra epigrafada. Fiquem com Deus. O AUTOR

568

FINAL: Ao encerrarmos “Crônicas, Críticas e Coment|rios” queremos agradecer aos leitores, e nos colocarmos a disposição de todos para alguns esclarecimentos, ou responder a críticas construtivas que queiram nos formular. “Estamos abertos para di|logos e dizer que o ser humano, além de imperfeito foi criado simples e “ignorante”, em busca da evoluç~o”. Queríamos agradecer a todos os meus familiares, amigos pelo incentivo, para que essa obra fosse desenvolvida e concluída. “Tenho procurado a perfeiç~o”! Procuro-a desde que minha vazão se iluminou, no merencório palor da luz da lua, na onda do fogo que do sol jorrou e por todos os planetas se insinua desde o “Faça-se”! Que Deus proporcionou. Sinto-me realizado e para ilustrar as minhas conotações adicionei algumas frases do poeta José Alves Figueiredo. Agradecemos a Deus e que Jesus Cristo, o Mestre nos ilumine em todos os trabalhos que coloco a disposição dos leitores. Antonio Paiva Rodrigues

569

FORTALEZA-(BEIRA-MAR)

570

571

572

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->