GUIDG.COM – PG.

1

5/7/2011 – CDI-1: Inequações, passo à passo, exercícios resolvidos.
TAGS: Exercícios resolvidos, Inequações, passo à passo, soluções, cálculo 1, desigualdades, matemática básica.

Exercícios iniciais: Determine o conjunto solução das inequações: i) x 2 + 1< 2x 2 @ 3 ≤ @ 5x : Solução: Resolvendo em partes: y1)
x 2 + 1 < 2x 2 @ 3 @x2 + 4 < 0 x2@ 4 > 0 w w w w w w w x = F p4 = F 2 y2)

2x 2 @ 3 ≤ @ 5x 2x 2 + 5x @ 3 ≤ 0 wwwwww`wwa wwwwwwwww wwwwwwwww wwwwwwww wwwwwawww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww ` w q @4 2 @ffFfffffffffff@fff 5ffff25fffffffffff 3 fffffffffffffffffff fffffffffffffffffff ffff ff ff x= 4 ww ww ww ww w w w w p 49 f ffffff @ffFfffff @ffffff 5fffffff ffffff 5F7 ffffffff ffff x = fffffffff ffffff = 4 4 1f f f x i = e x ii = @ 3 2 Logo o conjunto solução é a interseção de y1 e y2 , então montamos o diagrama:

S = x 2R |@3 ≤ x <@2

R

S

ou por intervalos S = @ 3, @ 2

B

c

Exercício para o leitor: ii) @ 5 < x 2 @ 3 < 1
S = x 2 R | @ 2 < x <2
R S

ou por intervalos

S = @ 2, 2

b

c

Fazer a representação gráfica. Noções de integração (5ª Edição. Limite.6 Exercícios. Livro: Calculo A – Funções. Diva Marília Flemming. podemos resolver da seguinte maneira: 3 @ x < 5 + 3x 3 @ x @ 5 @ 3x < 0 @ 4x @ 2 < 0 4x + 2 > 0 4x> @ 2 2f f f x >@ f 4 1f f x >@ f 2 f g 1f f S = @ f. + 1 2 . Determinar todos os intervalos de números que satisfaçam as desigualdades abaixo.COM – PG. revista e ampliada). 15) . Derivação. (Inequações) 1. 2 TAGS: Exercícios resolvidos.GUIDG. a 3 @ x < 5 + 3x a 1f 3xf 1ffff @f f ff ffff f ff ffxf f b 2x @ 5 < f+ ff+ ffff 3 4 3 a l x4 ≥ x2 a ffff x ffff ffff m fffff 4 < x @3 a c 2 > @ 3 @ 3x ≥ @ 7 a d a 5f 3f f f f f f f n o x < 4 e x ≤9 2 f x 2 @ 3x + 2 > 0 g 1 @ x @ 2x 2 ≥ 0 h a xffff ffff x fffff ffff f+ff ffff ffff f1 ffff a a fffff f3ff ffff ffff f 1f f f f f x@3 a 2ffffff ffffff ffffff ffffff 4+x >1 x@5 ≤2 a p x3 @ x2 @ x @ 2 > 0 q x 3 @ 3x + 2 ≤ 0 r a fffff fffff f1ff f3ff ffff ffff ffff ffff f f a a a 2@x < 3+x x+1 ≥ x@2 i x3 + 1 > x2 + x j k ab a s 8x 3 @ 4x 2 @ 2x + 1 < 0 a x2 @ 1 x + 4 ≤ 0 ≤ ≤1 a fffff xffff +2 f2ff fffff ffff ffff ffff ffff f c` t 12x 3 @ 20x 2 ≥ @ 11x + 2 a a x@2 x@2 Soluções: a a 3 @ x < 5 + 3x Por tratar-se de uma desigualdade simples. pg.1. Mirian Buss Gonçalves (Números reais.

0 S b c f 20f ff ff f f . f 3 3 a 2xf 5f 1f 3xf 1ffff @x ff f f ff ffff ff f f ff ffff f f f @ < + f + ffff 1 1 3 4 3 m A m A c 1.GUIDG. 3 1f 3xf 1ffff @f f ff ffff f ff ffxf f b 2x @ 5 < f+ ff+ ffff 3 4 3 Solução: a c 2 > @ 3 @ 3x ≥ @ 7 Solução: 2 > @ 3 @ 3x ≥ @ 7 5 > @ 3x ≥ @ 4 @ 5 < 3x ≤ 4 5f 4f f f f @ f< x ≤ f 3 3 f G 5f 4f f f f S = @ f. vemos que os valores que tornam a desigualdade verdadeira é a união de dois intervalos: S = @1 . Pela última desigualdade queremos a parte menor que zero (negativa): y1 a @ 3x + 20 < 0 @ 3x + 20 = 0 @ 3x = @ 20 20f ff ff f f x= 3 y2 a 4x< 0 x =0 Então montamos o diagrama de sinais: Logo.3.4 = 12 24xfffff<ffffffff4fffff ffffffffffffffffffffff fffffffffffffffffffff fffffffffffffffffffff ff@ 60 f 4 + 9x + f@ 4x 12 24x @ 60 @ 4 @ 9x @ 4 + 4x < 0 19x @ 68 < 0 68f ff f f x < ff 19 f g 68f ff ff f f S = @1 .+1 3 g . 19 a 5f 3f f f f f f f b c d x < 4 Solução: 5f 3f f f f f f f @ <0 x 4 20fffff ffffff ffffff ffffff f@ 3x <0 x4 ou c @fffffff b 3x + 20 ffffffff ffffffff ffffffff < 0 inequação quociente 4x Análise do comportamento de sinais das funções.COM – PG.

GUIDG.COM – PG. 4 e x2 ≤ 9 x2@ 9 ≤ 0 b c 2 x 2 @ 3 ≤ 0 produto notavel. diferença de quadrados ` a x + 3 A x @ 3 ≤ 0 inequação produto a` a b c Análise do comportamento de sinais das funções: y1 a x+3≤0 x + 3 = 0 [ x =@3 y2 a x @3 ≤ 0 x @3 =0[x =3 E assim montamos o diagrama de sinais: Portanto encontramos os valores que tornam esta inequação verdadeira: S = x 2 R | @ 3 ≤ x ≤ 3 ou por intervalos S = @ 3.3 R S B C .

2 2 V W . Para que valores a função é maior que zero? A resposta é a parte cinza do gráfico.1 S 2.COM – PG. que é conhecida como fórmula de Bhaskara.GUIDG. 5 f x 2 @ 3x + 2 > 0 x 2 @ 3x + 2 = 0 a Para resolver. a F G 1f 1f f f f f S = x 2ℜ|@1 ≤ x ≤ ou por intervalos: @ 1. mas veja que o sinal de a é negativo. portanto você deve memorizar! Substituindo os valores na fórmula temos: wwwwwwwwww wwwwwwwwww wwwwwwwwww wwwwwwwwww wwwwwwwwww wwwwwwwww wwwwwwwww wwwwwwwww ` a q` a2 ` a` a @fffffffff@fffffffffffff @ 3 F fff @ 4 A 1 f 2 ffffffffffffffffffffAffff ffffffffffffffffffffffff fffffffffff3 ffffffff fff ` a = = x 2 1 3fffffffff F p9 @ 8 3ffffff F p1 3ffff F1 ffffffffff fffffffff fffffffff ffffff ffffff ffffff ffff ffff ffff = = 2 2 2 www www www www www www www ww w w w w w Resolvendo. encontramos os valores de x : S = { 1. b = -3. 2 } Mas o exercícios não quer os valores de x . é importante saber! x= wwwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww qb2 @ 4 A a A c @ffFffffffffffff b ff ffffffffffffffff ffffffffffffffff ffffffffffffffff 2a Agora substituímos nessa fórmula. Agora podemos responder a pergunta. que identifica se a parábola esta para cima (positivo) ou para baixo (negativo). veja que só precisamos dos valores de x e do sinal de a . daqui pra frente será muito útil. O processo de resolução é o mesmo. precisamos comparar com a equação do segundo grau: ax² + bx + c = 0 . e sim os valores de x para os quais a função é maior que zero (símbolo >). assim identificamos os valores de a = 1. mas você também deve aprender a fazer o gráfico sem a ajuda do computador. + 1 ou ainda S = x 2 R | x 2 1 < x < 2 6 g 1 @ x @ 2x 2 ≥ 0 Este fica como exercício para o leitor. c = 2 . ou b c b c R S S = @1 . então a parábola esta para baixo. Isso se repetirá sempre. então fazemos o gráfico para melhor visualizar: O software Geogebra gera esse gráfico facilmente.

. temos os valores que satisfazem a inequação e podemos ver neste esboço. então: ` a` a ` a xf+fffffffffffffffff ffffffffffffffffffff fffffff+ffffffffffff fffff3fffffffff@ x f f 1 f f x < x 2 fff ` a` a 2@x 3 + x 2 2xfffffffff ffffffffff ffffffffff fffffffff f + 2x + 3 <0 @ x2@ x + 6 Inequação quociente. 6 h a xffff ffff x fffff ffff f+ff ffff ffff f1 ffff 2@x < 3+x Solução: Veja que x ≠ 2 e x ≠ @ 3 (veja que o denominador não pode ser zero) . isto é. Resolvendo o denominador: y2 @ x 2 @ x + 6 < 0 @ x2@ x + 6 = 0 wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwwa www`wwww wwwwwww www www w a` q1 @ 4 @ 1 6 1ffffffffffffffff 1ffff Fffffffffffffff ffff F5 ffffffffffffffff ffff ffffffffffffffff ffff ff x= = @2 @2 x i = @ 3 e x ii = 2 Logo. Logo a função é positiva para todo x pertencente aos reais. @ 3 S 2. + 1 c . as raízes são números complexos.GUIDG.. resolvendo o numerador: y1 2x 2 + 2x + 3< 0 2x 2 + 2x + 3 = 0 www www www www ww ww ww @ffffffffffffffff @ffFffwwwf 2 F q4 @ 4 2 3 2 ffffffff @ 20 fffffffffffffffff fffffffffff fffffffffffffffff ffffffffff ffffffffffffffff ffffpfffff x= = 4 4 wwwwwww wwwwwww wwwwwww wwwwwww wwwwwwa wwwwww wwwwww wwwwww ` a` a Como vemos deu raiz negativa e isso implica que não existem raízes Reais tais que tornem a equação verdadeira. (em vermelho os valores de x): a A solução é dada após montarmos o diagrama de sinais: Então os valores que tornam a inequação verdadeira é o conjunto: R S b c b S = x 2 ℜ | x< @ 3 e x>2 ou por intervalos S = @1 .COM – PG.

7 i x3 + 1 > x2 + x Solução: x3 + 1 @ x2@ x > 0 ` a ` a x2 x @ 1 @ 1 x @ 1 > 0 b a x2@ 1 x @ 1 > 0 a c` a y1 x 2 @ 1> 0 x 2 @ 1 w0 = w w w w p1 = F 1 x =F y2 a x @1>0 x @1 =0 x =1 Montamos o diagrama de sinais de y1 com y2 : Portanto o conjunto de números que satisfazem a inequação: S = x 2 R | @ 1 < x < 1 e x >1 ou por intervalos S = @ 1.1 C B C . + 1 j ab R S b c b c x2 @ 1 x + 4 ≤ 0 c` a Inequação produto.1 S 1. resolvendo: y1 a x2@ 1 ≤ 0 x2@ 1 = 0 y2 a x+4≤0 x +4=0 x =@4 Montando o diagrama de sinais temos: Portanto o conjunto de números que satisfazem a inequação: S = x 2 R | x ≤ @ 4 e @ 1 ≤ x ≤ 1 ou R S b @1 .GUIDG. @ 4 S @ 1.COM – PG.

GUIDG. + 1 b C b c Agora. concluímos: S 2 = @ 1 . resolvendo o lado direito: xf+fff ffff ffff ffff f2 ≤1 x @2 xf+fff ffff ffff ffff f2 @1 ≤ 0 x @2 4 fffff ffff ffff ffff ≤0 x @2 b mmc e simplificação c Pelo gráfico da função do denominador. 8 k a fffff xffff +2 f2ff fffff ffff ffff ffff ffff f x@2 ≤ x@2 ≤1 Solução: Resolvendo cada inequação separadamente.2 b c . visualizando o digrama de sinais: Logo S 1 = @ 1 .0 U 2. com x ≠ 2 : 2 +2 fffff xffff ffff fffff ffff ffff ffff ffff ≤ x @2 x @2 2fffffff @x @2 ffffffff fffffff fffffff ≤0 x @2 zy 1 | ~ ~x ` a @x ffffffff ffffffff ffffffff ffffffff ` a ≤0 x~ } { @ 2~ ~ ~ ~ ~y y2 b passando ao lado esquerdo e simplificando c c b ineq A prod A Pelo gráfico das funções podemos concluir.COM – PG.

COM – PG. + 1 S 0 b C B c PQ . @ 1 S 1. 0 b C l x4 ≥ x2 Solução x4 ≥ x2 x4@ x2 ≥ 0 b cb c x2 + x x2@ x ≥ 0 y1 x 2 + x ≥ 0 x2 + x = 0 x= wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww q12 @ 4 A 1 A 0 @ffFffffffffffff @ffffff 1 ff 1F1 ffffffffffffffff ffffff ffffffffffffffff ffffff fffffffffffffff ffffff a y2 x 2 @ x ≥ 0 1fffffffffffffffff 1ffff F q ff1fff 4 f1f0 f ffff F1 fffffffff@ffffAfff ffff ffffffffffffff ff ffff ffff@ f fffA fff x= = 2 2 x i = 1 e x ii = 0 x2@ x = 0 wwwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww ` a2 a 2 x i = 0 x ii = @ 1 = 2 Montando o diagrama de sinais: E assim: S = @1 . lembrando que x ≠ 2 para não zerar no denominador: A única solução (ou o domínio) que satisfaz simultaneamente as duas inequações é a interseção das soluções: S = x 2R | x ≤ 0 a R S ou S = @1 . 9 Comparado as soluções: S 1 = @ 1 .0 U 2. + 1 S 2 = @ 1 .2 b c b C b c Visualizando por intervalos.GUIDG.

b c .GUIDG. exceto as bordas x = -14 e x = -4 .3 U 4. c b c S = @1 . @ 4 . 10 a fx ff ffff ffff f m fffff 4 < x @3 Ficabcomo exercício para o leitor. Isto é. a inequação é verdadeira para todo x pertencente a este intervalo. + 1 1f f f f f x@3 a 2ffffff ffffff ffffff fffff n 4+x >1 1f 1f 6f f f f f f f f x @ 3 fxffff @f ffffff ffffff ffffff ffffff fffff f 2 2ffffff 2ffffff 4+x = 4+x @ 1>0 4+x xffff @f ff ff ffff ff6 fff ffff f2fff ffff f ff f @ 1>0 xffff ffff @6 1 fffff ffff ffff ffff ffff ffff A @ 1>0 2 4+x 8 + 2x xfffff @6 fffff fffff fffff @ 1>0 xfffff 8fffff @f + 2x fffff fffff fff6f fffff fffff fffff @ >0 8 + 2x 8 + 2x xffff@ff@fff f@fffffffff fffffffffff ff6 ff8 ff2x f ffffffffff >0 8 + 2x @ffffff fffffff fffffff fx fffff ff@ 14 >0 8 + 2x Da última desigualdade temos: y1) -x-14 > 0 -x -14 = 0 -x = 14 x = -14 y2) 8+2x > 0 2x +8 = 0 x = -8/2 = -4 Logo.COM – PG. os valores de x que tornam a desigualdade verdadeira é o intervalo aberto: S = @ 14.

e 1 é o coeficiente a da função polinomial. ±2} a(1): {±1} Q f P f f Possíveis raízes: df: F 1. e de a.COM – PG. + 1 b c .GUIDG. @ 5 U b c F 13 ff ff ff f 2 . F 2 a Agora utiliza-se o dispositivo de Briot-Ruffini para dividir o polinômio pelas possíveis raízes e achar a primeira que reduza o grau: 1 1 1 1 -1 0 -2 1 b 1 -1 2 -1 -1 1 1 c` -2 -3 -3 0 a F F V E re-escrevemos a função polinomial como: x 2 + x + 1 A x @ 2 = 0 Mas estamos procurando por valores tais que: y1 a b x2 + x + 1 A x @ 2 > 0 c` a x @2>0 x @2 =0[x =2 y2 a x 2 + x + 1>0 x2 + x + 1 = 0 wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwww wwwww wwwww @fffffffffffffff 1 F p1 @ 4 A 1 A 1 ffffffffffffffff fffffffffffffff fffffffffffffff x= 2 b c + logo 9 x 2 R as raízes são números complexos Como y2 é maior que zero para todo x pertencente aos Reais. temos que: S = 2. na fração d/a . e é assim: (-2) é o coeficiente d. As possíveis raízes são os divisores inteiros de d.+1 g p x3 @ x2 @ x @ 2 > 0 x3@ x2@ x @ 2 = 0 a O método para encontrar as raízes de polinômios como este se chama Pesquisa de raízes . 11 o a fffff f3ff ffff ffff f x@5 ≤2 Fica como exercício para o leitor. Divisores de Divisores de d(-2): {±1. S = @1 .

12 q x 3 @ 3x + 2 ≤ 0 Neste caso a soma dos coeficientes resulta num valor igual a zero: a = 1 .3x + 2 x-1 -x³ + x² x² + x .2 = 0 + x² -3x + 2 -x² + x = 0-2x + 2 +2x . b = -3 . Logo podemos escrever: x³ -3x + 2 = (x -1)(x² + x -2) ≤ 0 y1) x-1 ≤ 0 x -1 = 0 x=1 a y2) x² + x -2 ≤ 0 x² + x – 2 = 0 wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwww wwwwwwwa wwwwwww wwwwwww ` 2 q @ffFfffffffffffffff @ffffff 1 ff 1 @ 4.GUIDG.2 = 0+0 Então 1 é raiz. @ 2 U 1 b C P Q . Divisão de polinômios.1 A @ 2 1F3 ffffffffffffffffff ffffff ffffffffffffffffff ffffff ffffffffffffffffff ffffff x= = 2 2 x i = 1 e x ii = @ 2 Portanto o intervalo que satisfaz a inequação é: S = @1 . c = 2 a+b+c = 0 Conclui-se que 1 é raiz da equação. método da chave: x³ .COM – PG. para mais informações consulte o exercício “t”. Prosseguimos realizando a divisão de polinômios.

COM – PG. @ f S @ 1.2 . 2 f . as raízes são xi = @ 1 Com isso montamos o diagrama: c G 5f b f Logo os valores de x que satisfazem a inequação é o intervalo S = @ 1 . ` a ` a xffffffffffffff @2 @3 x + 1 fffffffffffffff ffffffffffffff ffffffffffffff ` a` a ≥ x+1 1 ffff fffff ffff f3ff ffff ffff ffff ffff f @ x @2 ≥0 0 x + 1 x @2 xffffffffffff @ 2 @ 3x @ 3 fffffffffffff ffffffffffff ffffffffffff ≥0 2 x @ 2x + x @ 2 x2@ x @ 2 @fffffff ffffffff ffffffff ffffffff f2x @ 5 ≥0 Resolvendo a última desigualdade: y1) -2x -5 ≥ 0 -2x -5 = 0 -2x = 5 2x = -5 x = -5/2 y2) x² -x -2 ≥ 0 x² -x -2 = 0 Vamos resolver esta equação de segundo grau usando Soma e Produto. e dois números multiplicados que são iguais à P: bf @ff 1 f f fff ff S = @ f= @ fff 1 = a 1 cf 2f f f f P = f= @ f= @ 2 a 1 xi = @ 1 e x ii = 2 e P: 1 A @ 2 = @ 2 e x ii = 2 ` a Pois S: @ 1 + 2 = 1 Logo. 13 r a fffff fffff f1ff f3ff ffff ffff ffff ffff f f x+1 ≥ x@2 Solução: Verificando o denominador vemos que: x ≠ -1 e x ≠ 2 . isto é dois números somados que são iguais à S.GUIDG.

14 s 8x 3 @ 4x 2 @ 2x + 1 < 0 Uma das formas de resolver este exercício é fatorando o polinômio: a 8x 3 @ 4x 2 @ 2x + 1 = 4x 2 2x @ 1 @ 2x @ 1 <0 ` 2x @ 1 4x 2 @ 1 <0 ab c ` a ` a Resolvendo a última desigualdade: y1) 2x-1< 0 2x-1= 0 2x= 1 x=1/2 y2) 4x² -1 < 0 4x²-1 = 0 4x² = 1 x² = ¼ ww w w w w w w w 1f 1f f f f f f x = ±s = F 4 2 então: x i = @ 1f f f e 2 1f f x ii = f 2 Então montamos o diagrama: Logo. -1/2) . os valores que tornam a desigualdade verdadeira é o intervalo: S = (-∞ .COM – PG.GUIDG.

±3. na fração d/a . ±6. ±2} Divisores de a(12): {±1. Divisores de d(-2): {±1. chama-se Pesquisa de raízes. Solução: 12x3 @ 20x 2 + 11x @ 2 ≥ 0 12x 3 @ 20x 2 + 11x @ 2 = 0 Agora devemos fatorar o polinômio e precisamos das raízes. e 12 é o coeficiente a da função polinomial. e de a . ±4. mas funciona. ±2. f. f. e resumimos o conjunto em: 1f 1f 1f 1f 1f 2f df f f f f f f f f ff ff f : F 1. . F ff. F 1f F 1f F 1f. infelizmente são poucos os alunos que tenham estudado este assunto no ensino médio. F f. F 1f F ff. F f. portanto se você não entender deverá estudar Polinômios e equações polinomiais. F 2. F 2. 15 t 12x 3 @ 20x 2 ≥ @ 11x + 2 O procedimento já foi visto na resolução do exercício ( p ) . f . f . F 2f F 2f . ff a 2 3 4 6 12 2 3 4 6 12 V W Percebemos que algumas são equivalentes. a Pesquisa de raízes: (-2) é o coeficiente d . O procedimento é um pouco longo.GUIDG. F 2f F 2f F 2f. F f. ±12} 1f f f f f f f f f f f ff ff f f f f f f f ff ff Possíveis Raízes: df: F 1. As possíveis raízes são os divisores inteiros de d .COM – PG. F f 2 3 4 6 12 3 a V W Agora utiliza-se o dispositivo de Briot-Ruffini para dividir o polinômio pelas possíveis raízes e achar a primeira que reduza o grau: 12 12 12 12 -20 -8 -32 -14 11 3 43 4 -2 1 -45 0 1 -1 1/2 F F V Logo podemos re-escrever a função polinomial como um produto: b 1f f f 12x @ 14x + 4 A x @ = 0 2 2 cf g Mas estamos procurando por valores tais que: b 12x 2 @ 14x + 4 A x @ cf 1f f f ≥0 2 g . F f.

ajude-nos a melhorar este manual de soluções.hd1.guidg. os valores de x que tornam a inequação verdadeira é o intervalo: S = {1/2} U [2/3 . +∞ ) Encontrou erros? Envie sua sugestão.com. guilhermedg@hotmail.COM – PG. montamos o diagrama: Logo.GUIDG.br . 16 b 1f f f 12x @ 14x + 4 A x @ ≥ 0 2 2 cf g Resolvendo a última desigualdade: a 1f f y1 x @ f≥ 0 2 1f f x @ f= 0 2 1f f x= f 2 y 2 12x 2 @ 14x + 4 ≥ 0 12x 2 @ 14x + 4 = 0 6x 2 @ 7x + 2 = 0 wwwwwww wwwwwww wwwwwww wwwwwww wwwwww wwwwww wwwwww wwwwww F1 7fffffffffffffff 7ffff F p 49 @ 4 A 6 A f fffffffffffff2f fffff fffffffffffffff ffff ffffffffffffff ffff = x= 12 12 xi = 12 8f f ff 2f ff f ff = 3 e x ii = 12 6f f ff 1f ff f ff = 2 a Então.com | www.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful