Você está na página 1de 9

Pontos Cantados de Caboclos

Caboclo Sete Flechas

Rê, rê, rê
Caboclo Sete flechas no gongá
Sarava seu Sete flechas
Que ele é o Rei das matas
Com sua bodoque atira, ho baramba
Sua flecha mata
bis
bis

Caboclos da Jurema

Oxalá mando
Oxalá mando
Ele já mandou buscar
Os caboclos da Jurema
Lá na Juremá
Pai Oxalá
Ele é o Rei do mundo inteiro
E já deu ordem à Jurema
Para enviar seus Capangueiros bis
bis

Cabocla Jurema

Jurema, seu saiote é muito lindo


Seu capacete é azul
Como brilha o seu diadema
Jurema, ê, ê
Jurema, ê, á
Jurema, filha de Tupinambá
bis
bis

Caboclo Oxosse

Eu vi chover
Eu vi Relampear
Mas, mesmo assim, o ceú estava azul
Firma seu ponto na folha da Jurema
Oxosse reina de norte a sul
Ponto de Zambi (Deus)

Só Zambi é quem governa o mundo


Só Zambi sabe governar
Só Zambi é quem governa o mundo
Só Zambi sabe governar
Foi Zambi quem deu a estrela
que guiou Oxóssi lá no Juremá
Foi Zambi quem deu a estrela
que guiou Oxóssi lá no Juremá

Mas ele é rei, ele é rei, ele é rei


Mas ele é rei, ele é rei Orixá

Ponto do Caboclo do Mato

Caboclo do Mato trabalha


com São Cirpiano e Jacó
Caboclo do Mato trabalha
com São Cirpiano e Jacó
Ele trabalha com a chuva e com o vento
Ele trabalha com a lua e com o sol
Ele trabalha com a chuva e com o vento
Ele trabalha com a lua e com o sol

Ponto da Estrela Guia (ponto de Jesus)

Estrela do céu
que guiou nosso pai
Guiai esses filhos
no caminho que vai
Viva Jesus
Nosso pai redentor
Que na santa cruz
o seu sangue derramou

Ponto da Cabocla Jandira

Quem quer viver sobre a terra


Quem quer viver sobre o mar
Salve a Cabocla Jandira
Salve a Sereia do Mar
Ê-ruê-ruê-ruê
ê- ruê-ruê-ruá
ê-ruê-ruê-ruê
Jandira

OXÓSSI
(Ponto de chamada - Neutro)

Caboclo não tem caminho pra caminhar, )


Caboclo não tem caminho pra caminhar, ) bis

Ele caminha por baixo da folha, )


Por cima da folha, )
Em qualquer lugar. ) bis

A lua quando desce, )


Já vem rompendo a aurora; ) bis
E clareou o seu (nome do caboclo)
Lá na choupana.
Aonde Oxóssi mora.
(Ponto de saudação)

Oh meu caboclo, que mata é a sua,


Oh meu caboclo, que mata é a sua,
Mas que mata é a sua,
A de lá, ou a de cá
Aonde pia a cobra, também canta o sabiá,
Tu és caboclo, és da tribo do guará,
Veio cá na minha terra.
Os filhos descarregar.
(Ponto de identificação)

Caboclo, Caboclo, )
Tu é filho da guiné; ) bis
Se teu Pai é Rei, )
Tu és príncipe, és. ) bis
(Ponto de Louvação)

Oi lá na mata uma coral piou, )


Ele atirou, a sua flecha certeira, ) bis

Ele atirou, ele atirou, ele atirou, )


Atira caboclo, lá na mata da Jurema. ) bis
(Neutro)

Ele atirou, ele atirou ninguém viu, )


Ele atirou, ninguém viu, ) bis
Oi lá nas matas da Jurema,
Aonde a flecha caiu. (quando Caboclo dá sinal e não incorpora)
Ele estava na mata, estava na mata,
Estava bem escondidinho,
Ele estava na mata, estava na mata,
Caçando seu passarinho.

Tambor, tambor,
Vai buscar quem mora longe;
Tambor, tambor,
Vai buscar quem mora longe:

Vai buscar Oxóssi na mata,


Xangô lá na pedreira,
Yemanjá na beira d'água, e Oxum na cachoeira.

Oxóssi mora, embaixo da gameleira,


Oxóssi mora, embaixo da gameleira,
Ogum, mora na lua,
Xangô na sua pedreira.

Ele atirou, ele atirou, ele atirou, )


Atirou na juriti, )
Na mata da Juremá; ) bis
Oi, Salve Oxóssi,
Salve Ogum e Yemanjá,
Salve as cores do saiote,
Do meu Pai Cobra Coral.

Oi, não me mexa na espada de Ogum,


E não me mexa na machada de Xangô;
Ai não me toque, no bodoque de Oxóssi,
Lá na mata tem, o Rei dos caçador.

Dentro da mata virgem


Uma linda cabocla eu vi
Com seu saiote
Feito de penas
É a Jurema filha de Tupi
Com seu saiote
Feito de penas
É a Jurema filha de Tupi
Jurema. Jurema , Jurema
Linda cabocla, filha de Tupi
Ela vem, lá da Juremá
Vem firmar seu ponto
Nesse congar
Ela vem, lá da Juremá
Vem firmar seu ponto
Nesse congar

==========================

Caboclinha da Jurema
Onde é que você vai ?
Vou pra casa de Odé, no terreiro de meu Pai
De Aruanda êee
De Aruanda aah
De Aruanda êee caboclinha de pemba
De Aruanda aah

===============================

Caboclo roxo
Da pele morena
É Seu Oxóssi
Caçador lá da Jurema
Ele jurou e tornou a jurar
E ouviu os conselhos
Que a Jurema vai lhe dar

==========================

Quem manda na mata é Oxóssi


Oxóssi é caçador
Oxóssi é caçador
Eu vi meu pai assobiar
Eu já mandei chamar
Eu vi meu pai assobiar
Eu já mandei chamar
É de Aruanda êeee
É de Aruanda aaaa
Seu Junco Verde é Aruanda
É de Aruanda aaaa

===========================

Não chores não caboclinho


Pra que chorar
A casa é sua caboclinho
Prá trabalhar
Oi olhe agora
E venha receber
Ogum de Ronda
Meu Pai Baluaê

==============================

Curimbembê, Curimbembá
Sete Flechas um grande orixá
Com sete dias de nascido
A Jurema o encontrou
Deitado na folha seca
O caboclo ela criou
Curimbembê, Curimbembá
Sete Flechas um grande orixá
Nasceu na mata de Oxóssi
Na aldeia de Juremá
O caboclo Sete Flechas
Iluminado por Oxalá

=====================

Oxóssi êeee
Oxóssi aaaaa
Oxóssi é marambolê, marambolá
Quem é aquele que vem lá de Aruanda
Montado em seu cavalo
Com seu chapéu de banda
Ele é Oxóssi de Aruanda eeeeee
Ele é Oxóssi de Aruanda aaaaa

===============================

Caboclo venceu demanda


Para o povo de Umbanda
Na ponta da sua flecha
Quando veio de Aruanda
Venceu...
Caboclo venceu...
No fundo da mata virgem
Oxalá gritou
- Esse filho é meu !!!
Esse filho é meu !!!

===============================

Onde está a Jurema?


A Jurema a onde está ?
Tá procurando os capangueiros
Que ainda estão na Juremá
Quem mandou chamar
Em nome do Pai Oxalá?
Foi seu Oxóssi caçador
Que já baixou nesse congar
Salve todo o povo da Jurema
Salve sua luz
Seu jacutá
Levando a todos lares e seus filhos
Trazendo paz e amor
Na fé de Oxalá

=========================

Oxalá chamou !
Oxalá chamou e já mandou buscar
Os caboclos da Jurema
Pro seu Juremá
Pai Oxalá
É o rei do mundo inteiro
Já deu ordens pra Jurema
Chamar seus capangueiros
Mandai, Mandai
Minha cabocla Jurema
Os seus guerreiros
Essa é a ordem suprema !!

===============================
Ogan segura o toque
Com Deus e a Virgem Maria
Ogan segura o toque
Com Deus e a Virgem Maria
Por Oxalá Meu Pai
Saravá Seu Ventania
Por Oxalá Meu Pai
Saravá Seu Ventania

===============================

Um grito na mata ecoou


Foi seu pena branca que chegou
Com sua flecha
Com seu cocar
Seu Pena Branca vem nos ajudar
Com sua flecha
Com seu cocar
Seu Pena Branca vem nos ajudar
=================================

Saravá seu Pena Branca


Saravá seu apache
Pega flecha e seu bodoque
Pra defender filhos de fé
Ele vem de Aruanda
Trabalhar neste casuá
Saravá Seu Pena Branca
No terreiro de Oxalá
Sua flecha vai certeira
Vai pegar no feiticeiro
Que fez juras e mandingas
Para o filho do terreiro
Pega o arco , atira a flecha
Que esse bicho é caçador
Além de ser castigo
Ele é merecedor

===============================

Ele atirou
Ele atirou e ninguém viu
Só seu Flecheiro é que sabe
A onde a flecha caiu
Ele atirou!

=================================

Tupinambá é canga na batalha


Tupinambá ee Tupinambá
Tupinambá guerreiro de Oxóssi
Tupinambá ee Tupinambá
Tupinambá vem defender seus filhos
Tupinambá ee Tupinambá
Só não apanha
Folha da Jurema
Sem ordem suprema
Do Pai Oxalá
Só não apanha
Folha da Jurema
Sem ordem suprema
Do Pai Oxalá
==============================
Tava na beira do rio
Sem poder atravessar
eu chamei pelos caboclos
Caboclo Tupinambá
eu chamei pelos caboclos
Caboclo Tupinambá
Tupinambá chamei
Chamei tornei chamar eaahhh
Tupinambá chamei
Chamei tornei chamar eaahhh
==============================

Ele é caboclo ele é


Flexeiro
tumba la catunga
e matador
de feiticeiro
tumba la catunga
ele vai firma seu ponto
ele já firmo é na Angola
oi tumba la catunga