P. 1
Umbanda - Pontos - Letras de Pontos de Ogun - Casa de Caridade Oxalá e Yemanjá

Umbanda - Pontos - Letras de Pontos de Ogun - Casa de Caridade Oxalá e Yemanjá

4.8

|Views: 22.973|Likes:
Publicado porapi-3822865

More info:

Published by: api-3822865 on Oct 18, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/13/2015

pdf

text

original

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ

Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

1

01 - OGUM GUERREIRO Sou bravo e forte, comando selvas e mares, Na mata virgem o meu grito é derradeiro, Sou a pedra, a natureza, o vento forte, Sou poderoso, sou o rei deste terreiro. A minha salva é a espada incandescente, Eu trago a paz, o amor e a verdade, Sou cacique, sou teu pai tão desejado. A minha espada já diz sou caridade. O vento forte soprando lá nas montanhas, Não te lamentes porque és o verdadeiro, Quando estiveres desolado e sozinho, Chama por mim que eu sou um justiceiro. Meu grito de guerra é muito forte, Auê, meu Pai, auê, aos angustiados, Saravá, as bandas e o terreiro, Dai força e luz aos que estão tombados. (bis) 002 - CLARINS DE GUERRA Romperam-se os clarins guerra, No quartel de Humaitá, São soldados de Ogum, Vão sair pra trabalhar. de

Que empunha sua espada, Pela Umbanda Sagrada, Ogum com seus soldados vai marchar. (bis) 003 - SÃO JORGE GUERREIRO Salve São Jorge guerreiro, Salve a sua espada de aço, São Jorge ilumina meus caminhos, É Ele quem clareia os meus passos. (bis) Salve São Jorge Guerreiro, Seu aniversário é 23 de abril, São Jorge ilumina meus caminhos, É Ele o Padroeiro do Brasil. Ogunhê!... Ogunhê!... Ogunhê meu Pai! 004 - FILHO DE UMBANDA O Jorge, o Jorge, Vem de Aruanda, Vem salvar os vossos filhos, São Jorge venceu demanda. Ogum, Ogum, Ogum meu Pai, Foi o Senhor mesmo quem disse: Filho de Umbanda não cai. (bis) 005 - MEU PAI É O SÃO JORGE Mas o meu Pai é o maior na espada, Vem comandando a sua cavalaria, Meu Pai é o São Jorge, A Estrela d’Alva é a sua guia. (bis) 006 - OGUM DA MATA VÍRGEM Quem é aquele lindo cavaleiro, Montado em seu cavalo branco, É o nosso Pai Ogum da Mata Virgem, Que vem para vencer toda demanda. O Pai Ogum lá da Mata da Guiné, Aqui veio saravá, para salvar filho de fé. (bis) 007 - OGUM DAS MATAS

Vai me conhecer, Eu sou lá das Matas, Sou eu, sou eu, sou eu. (bis) Eu venho lá das matas, De longe, muito longe, Aonde o galo cantou, Aonde folha da Jurema balanceou. Aonde folha da Jurema balanceou (bis) 008 - OGUM DA RUA Ogum da Rua, Ogum Baborixá, Ogum das Matas, Ogum Iemanjá, Os caminhos estão trancados, Foi seu povo quem trancou, Saravá Povo Chinês, Saravá meu Pai Xangô. Bis Em seu cavalo branco, Rei Ogum montou, Chegou nesta Seara, E não me saravou. (bis) 009 - OGUM BANDEIRA Ogum jurou bandeira, Ele tocou clarim... (bis) Ogum venceu demanda, Ao raiar do dia, Salve o Pai Ogum, E a sua cavalaria. (bis) 010 - OGUM BANDEIRA A benção a Jesus, E a Virgem Maria, Salve Ogum Bandeira, E a sua cavalaria. Oxóssi mora nas matas, Xangô lá na pedreira, Salve as tribos de Jurema, Mamãe Oxum nas cachoeiras. (bis) 011 - BEM-VINDO SEJAS

Montado em seu cavalo branco, Espadas que brilham no ar, Bandeiras desfraldadas, Tambores a rufar, Ogum com seus soldados vai marchar. Ele é... general, General da Lei de Umbanda, General que vem pra vencer demanda, Quer na terra, quer no mar. General, general,

Ogum das Matas... Sou eu, sou eu... Ogum das Matas... Sou eu, sou eu... Quem não me conhece,

Bem-vindo sejas, A esse terreiro, Trazes a fé, E nós daremos o amor, E ao sair daqui, Melhor te sentirás, 1

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

2

Levando a benção dos Orixás. Bis Ogum Bandeira nos ensina, Olhar pra frente, não vacilar, Leva contigo, sua doutrina, E as vibrações deste Congá. (bis) 012 - A BANDEIRA DE OGUM

Olha que Ogum está de ronda, auê, Olha que Ogum está de ronda, auê, Olha que Ogum está de ronda na Umbanda, Oi deixa Ogum rondar. (bis) 016 – QUEM VEM LÁ

Vá com Deus e a Virgem Maria. (bis) 020 - OGUM DE RONDA Corre ronda Pai Ogum, Filho quer se defumar, A Umbanda tem fundamento, É preciso preparar. Queima incenso e benjoim Alecrim e alfazema, Defumar filhos de fé, Com as ervas da Jurema. (bis) 021 - OGUM SETE ONDAS E OGUM BEIRA MAR Gira na Linha de Umbanda, Que eu quero ver, Ogum Sete Ondas, Gira na Linha de Umbanda, Que eu quero ver, Ogum Beira Mar, Gira na Linha de Umbanda, Que eu quero ver, Ogum Iara, Ogum Megê, Seu Sete Espadas, Ogum Dilê, Ora Banda Aruê. (bis) 022 - OGUM BEIRA MAR

Ogum olha a sua bandeira, Se ela é branca, verde ou encarnada, Ogum nos campos de batalha, Ele venceu a guerra e não perdeu soldado. (bis) 013 - OGUM MEGÊ A primeira espada, Quem ganhou foi Ele! (bis) Mas Ele é, Ele é Ogum Megê, Ele veio de Aruanda, Pra seus filhos proteger.(bis) Na porta da romaria, Eu vi um cavaleiro de ronda.(bis) Trazia um escudo no braço, E uma lança na mão. Ogum venceu a guerra, E matou o dragão.(bis) Saravá Ogum! Ogunhê meu Pai! 014-OGUM MEGÊ Ogum se o seu cavalo corre, A sua espada reluz. Bis Ogum, Ogum Megê, Sua bandeira cobre os filhos de Jesus. Bis Ogum se o seu cavalo corre, A sua espada reluz, Bis Ogum, Ogum Megê, Vem da Aruanda seus filhos proteger. (bis) 015 - OGUM DE RONDA Ogum meu Pai, Ogum Megê,

Quem vem lá, Quem vem lá, Quem vem lá, Ogum Megê que vem saravá.(bis) Quem vem lá, Quem vem lá, Quem vem lá, Ogum Megê que foi guerrear.(bis) Saravá Ogum Megê, Saravá Ogum Megê. (bis) 017 – NAS PORTAS DE HUMAITÁ Nas portas de Humaitá eu vi você, Calunga perguntou por vós, Ogum Megê. Auê, auê, auê, Ogum Megê, Auê, auê, auê, Ogum Megê. (bis) 018 - OGUM ITÁTI MALÊ Ogum Itáti Malê,... Malê Ogum, Ogum Itáti Malê,... Malê Ogum, Guerreiros, guerreiros, Guerreiros de Humaitá, Ogum venceu demanda, Vamos todos saravá. (bis) 019 - OGUM SETE ESPADAS Eu tenho Sete Espadas, Pra me defender, Eu tenho Ogum, Em minha companhia. (bis) Ogum é meu Pai, Ogum é meu Guia, Ogum vai baixar, Venha com Deus e a Virgem Maria. (bis) (quando Ogum tá subindo) Ogum vai subir,

Beira Mar venceu demanda, Nas portas de Humaitá, Beira Mar é Rei na Umbanda, Eu quero ver seu Beira Mar girar... Oi gira, gira neste terreiro de Umbanda, Oi gira, gira e torna a girar, Oi gira espada, oi gira flecha, Oi gira lança, Eu quero ver seu Beira Mar girar. (bis) 023 – OGUM BEIRA MAR Jerônimo C. Grossmann Beira Mar é lua cheia,... Beira Mar olha a maré,...(bis) Ogum vem girar na areia, Com os seus filhos de fé.(bis) A lua brilha no céu, Saudando o Povo do Mar, 2

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

3

O Reino da Mãe Sereia, De nossa Mãe Iemanjá. (bis) 024 - OGUM IARA O meu Pai é Ogum, Ogum, Ogum, Vencedor de demanda, Ele vem da Aruanda, Pra salvar filho de Umbanda. Ogum, Ogum, Ogum,... Ogum Iara, Ogum, Ogum, Ogum,... Ogum Iara, Lá nos campos de batalha, Saravou do Mar, Ogunhê, Ogum Iara, Ogunhê, Ogum Iara. (bis) 025 – OGUM BEIRA MAR Estrela clareia a terra, Estrela clareia o mar. (bis) Clareia o gongá de Beira Mar, clareia, Clareia os filhos no gongá. (bis) 026 - OGUM DILÊ Ogum Dilê, meu Pai, estou lhe chamando, Ogum Dilê, meu Pai, estou lhe esperando. (bis) Com a sua espada, sua lança na mão, Ogum Megê é vencedor de demanda. (bis) Cavaleiro supremo mora dentro da lua, Sua bandeira divina, É manto da Virgem Pura. (bis) Ogum, maiodé, Ogum maió, é popoiô, Sua banda lhe chama, Olha Ogum vai ao ló, Auê, sua banda lhe chama, Ogum vai ao ló. (bis) 027 - OGUM LUA BRANCA Ogum Lua Branca, Guardião das Sereias, Vencedor de demanda, Aqui neste terreiro.

028 - OGUM MARTINATA Que cavaleiro é aquele, Que vem cavalgando, Pôr um céu azul, É seu Ogum Martinata, Ele é o rondeiro, Do Cruzeiro do Sul. Bis Batacorê ou iê iê, Batacorê ou iá iá, Salve seu Martinata, E as sete estrelas de prata. Com sua espora no pé, Sua espada na cinta, Seu escudo no braço, É seu Ogum Martinata, Ele é o defensor, Do peito de aço. Batacorê ou iê iê, Batacorê ou iá iá. Salve seu Martinata, E as sete estrelas de prata. (bis) 029 - CAVALEIRO OGUM Que cavaleiro é aquele, Que vem de Aruanda pra nos ajudar, Nos ajudar, nos ajudar! Ele é meu santo de fé, Meu Ogum vencedor de demanda,... De demanda, de demanda. Vamos todos saravá, Vamos todos saravá, Ele é quem vence demanda, Ele é filho de Iemanjá. (bis) 030 - OGUM HUMAITÁ Ele é general lá do Humaitá, Ele é general que vem saravá. Bis Pisou seu cavala branco, pisou, Na passa da Umbanda, pisou, Saravá nossa banda, pisou, Ele é general aiê, aiê, aiê, aiê, Aiê comandante do aiê, aiê, (bis) 031 – MEU ARUANDA PAI VEIO DE

Bis Oi gira, deixa a gira girar, Deixa a gira girar!... Saravá Iansã!... Pai Xangô, Iemanjá, Oyá!... Oi gira, deixa a gira girar, Deixa a gira girar!... Pai Xangô, Iemanjá, Oyá!... (bis) 032 - GUERREIRO DE OXALÁ Ogum é um grande guerreiro, Guerreiro de Oxalá, Ele é vencedor de demanda, Dos filhos deste Congá. Mas seu cavalo é pra mim, Tal como a flor de algodão, Seu capacete de aço, Com sua lança na mão, Com sua capa e sua espada, Vem nos trazer proteção. (bis) 033 Ogum Megê, Ogum Beira Mar, É sentinela da Oxum, É remador de Iemanjá. (bis) 034 Na porta da Calunga eu vi, eu vi, Um moço bonito a caminhar, Calunga de Anarauê, Calunga de Ogum Megê. (bis) 035 - QUEM MANDA Quem manda no terreiro é Ogum! Quem manda no universo é Oxalá! Qual é a senda meu Pai!? Qual é a senda!? É preciso ter pureza para amar. (bis) 036 Eu tenho sete guerreiros, Que vem lá de Aruanda, Mas Ele é meu São Jorge, Que vem pra vencer demandas, Mas o comando é de Oxalá, Vem no Terreiro, vem abençoar, Mas eu quero ver, Meu Pai, Ogum Megê. (bis) 037 3

Meu Pai veio de Aruanda, E a nossa Mãe é Iansã!

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

4

Salve Ogum, salve Ogum, Salve Ogum e sua cavalaria, Salve Ogum, salve Ogum, Nas glórias desse belo dia, São Jorge, Ele é guerreiro, Em alto céu é mensageiro, Ogum meu Pai, Malei, Malei, aqui neste terreiro. (bis) 038 Na linha de São Jorge, Eu venho saravá, Na linha de São Jorge, Eu venho trabalhar, Avança, lanceiro, avança, Porque São Jorge, Já venceu demanda. (bis) 039 Ogum é Rei, vencedor de demanda, Ele venceu com sua espada no ar, Ele ganhou sua lança de ouro, Ogum venceu demanda, Lá no Humaitá, Avança, avança, avança lanceiro, Pra vencer demanda, Ele é São Jorge guerreiro. (bis) 040 Verde, vermelho e branco, Foram as cores que usei, Pra vencer uma demanda, Com Ogum eu hei de vencer, Mas Ele tem a força do ar, Do fogo e da terra, A formação de Ogum, Esse Orixá da guerra. (bis) 041 Venceu demandas, Ele tocou clarim, Venceu demandas ao raiar do dia, Salve o Rompe Mato Salve a estrela guia. (bis) 042 Oxóssi assobiou, Pra passar no Humaitá, Oi pra saudar Ogum Megê, Mensageiro de Oxalá. (bis)

043 Ogum da Rua, Ogum vem de Aruanda, Ogum vem lá da rua, Pra vencer essa demanda. A sua capa é encarnada, A sua espada é cruzada, Quem quiser vencer demanda, Vá na sua encruzilhada. (bis) 044 Aí Ogum Dê, Ola Riê, Ilê, Ilê Ogum da Rua, A Coroa de Ogum Ola Riê, Ilê, Ilê Ogum da Rua. (bis) 045 – OGUM DA LUA Ogum da Lua, Mora na mata escura, Sentado num tronco, Ele olha e vê a lua, Uma cobra venenosa, Sucuri assobiou, Ogum da Lua, Ele é um vencedor. (bis) 046 Beira Mar olha a maré, O Beira Mar, Nos campos de Humaitá, A sua estrela brilha no raiar do dia, Beira Mar é filho da Virgem Maria. (bis) 047 Vem Pai Beira Mar, Trazer a proteção, Chegou Ogum Beira Mar, Com sua espada na mão. (bis) 048 Meu Pai Beira Mar, O que trouxe do mar, Ele vem girando, Vem sobre a areia, Na mão direita, Ele traz a guia da Mãe Sereia. (bis) 049

Na alvorada um cavaleiro surgiu, Com sua lança e seu escudo a brilhar, Seu capacete reluzia em pleno céu, Ele é Ogum, Ele é seu Beira Mar. Salve meu Pai Ogum, Ele vem trabalhar, Ele vence demandas, Salve seu Beira Mar. (bis) 050 Oi corre ronda meu Pai, Ogum Megê, Oi corre ronda meu Pai, Eu quero ver, Estão queimando pólvora, Estão queimando vela, Na linha de Umbanda, Ogum Megê vem trabalhar. (bis) 051 Linha, ó linha santa, Essa Linha de Ogum Megê.(bis) Linha, Linha das Almas, Essa é a linha, Para demanda vencer.(bis) Eu quero ver, eu quero ver, Eu quero ver, eu quero ver, O Rei Ogum girar, Eu quero ver o Rei Ogum girando, Com sua Falange aqui nesse gongá. (bis) 052 Ogum Megê, Ogum Megê, Ogum Iara, Ogum Megê, Ogum Megê, Ogum Iara, Saravá cavaleiro de Umbanda, A noite é linda, é de luar, Ogum Megê, Ogum Megê, Ele vai girar. (bis) 053 - ENGOROSSI (Congo Nagô) T - Nesta casa de guerreiro, R - Ogum!... T - Vim de longe pra rezar, 4

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

5

R - Ogum!... T - Louvo a Deus pelos doentes, R - Ogum!... T - Na fé de Obatalá, R - Ogum!... T - Povo salve a casa santa, R - Ogum!... T - Os presentes e os ausentes, R - Ogum! T - Salve nossas esperanças, R - Ogum!... T - Salve velhos e crianças, R - Ogum!... T - Nego velho ensinou, R - Ogum!... T - Na Cartilha de Aruanda, R - Ogum!... T - E Ogum não esqueceu, R - Ogum!... T - Como vencer a demanda, R - Ogum!... T - A tristeza foi embora, R - Ogum!... T - Na espada de um guerreiro, R - Ogum!... T - E a luz do romper da aurora, R - Ogum!... T - Vai brilhar neste Terreiro, R - Ogum!... 054 - CHAMADA DE OGUM (Congo de Ouro / Cabula / Barra Vento ) T – Ogum já venceu, já venceu, já venceu, Ogum vem de Aruanda e quem lhe manda é Deus... R – Ogum já venceu, já venceu, já venceu, Ogum vem de Aruanda, quem lhe manda é Deus... (bis) T – E ele vem beirando o rio, ele vem beirando o mar... R - Ele vem beirando o rio, ele vem beirando o mar... T – Oi salve Santo Antônio da Calunga, Benedito e Beira Mar... R - Oi salve Santo Antônio da Calunga, Benedito e Beira Mar... (bis) 055 - POR ENTRE MARES (Cabula)

T –Por entre matas, por entre mares e terras, Eu entendi o que meu Pai quis dizer... R - Por entre matas, por entre mares e terras, (bis) Eu entendi o que meu Pai quis dizer... T – Que Ogum não devia beber, Que Ogum não devia fumar, Mas a fumaça são as nuvens que passam, E a espuma as ondas do mar... R - Por entre matas, por entre mares e terras, Eu entendi o que meu Pai quis dizer... (bis) 056 -SAUDAÇÃO À OGUM MEGÊ (Gexá) T – Oxóssi assobiou pra passar no Humaitá... R - Oxóssi assobiou pra passar no Humaitá... T – Oi pra falar com Ogum Megê mensageiro de Oxalá... R - Pra falar com Ogum Megê mensageiro de Oxalá... (bis) 057 - SAUDAÇÃO À OGUM SETE ONDAS (Congo) T – Oh! Filho de Umbanda, Seu Sete Ondas vem do Humaitá!... Que bela surpresa, Vem de Aruanda nos abençoar... R – O bela surpresa, Bela surpresa como vai você?... Que bela surpresa, Vem de Aruanda pra nos proteger... 058 - SAUDAÇÃO À OGUM BEIRA MAR (Barra Vento) T - Auê, auê Ogum Beira Mar auê!... R - Auê, auê Ogum Beira Mar auê!... Auê, auê Ogum Beira Mar auê!... T – Iansã virou o tempo,

Pra Oxum não governar, Mas durante o barra vento, Oxum se pôs a cantar... R - Auê, auê Ogum Beira auê!... Auê, auê Ogum Beira auê!... T - Iansã virou o tempo, Pra Oxum não governar, Mas durante o barra vento, Oxum se pôs a cantar... R - Auê, auê Ogum Beira auê!... Auê, auê Ogum Beira auê!...

Mar Mar

Mar Mar

059 - BATISMO NA IRRADIAÇÃO DE OGUM (Congo de Ouro) T – Iemanjá cadê Ogum?... R – Foi com Oxóssi ao Rio de Jordão, Foram saudar São João Batista, E batizar Cosme e Damião... T – Iemanjá cadê Ogum?... R – Foi com Oxóssi ao Rio de Jordão, Foram saudar São João Batista, E batizar Cosme e Damião... 060 - FILHO DE PEMBA (Gexá) T – Filho de pemba bebe água no rochedo.. R – Filho de Ogum corre campo e não tem medo... T – Filho de pemba bebe água no rochedo.. R – Filho de Ogum corre campo e não tem medo... T – Vou pedir ao Criador, Que derrame seu amor, Aos nossos Guias e ao nosso Babalaô.. R - Aos nossos Guias e ao nosso Babalaô.. 061 - SAUDAÇÃO À OGUM DAS PEDREIRAS (Congo Nagô) T – Ogum guarda a pedreira!... Mandado por Oxalá!... 5

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

6

Com a espada e com a lança, Ogum... Seus filhos vem ajudar, Ogum... R - Ogum guarda pedreira!... Mandado por Oxalá!... Com a espada e com a lança, Ogum... Seus filhos vem ajudar, Ogum... 062 - SAUDAÇÃO À OGUM IARA (Congo de Ouro) T – Seu cavalo corre, Sua espada reluz, Sua bandeira cobre, Todos os filhos de Jesus... R - Seu cavalo corre, Sua espada reluz, Sua bandeira cobre, Todos os filhos de Jesus... T - Seu cavalo corre, Sua espada reluz, Auê, seu Ogum Iara, Aos pés da Santa Cruz... R - Seu cavalo corre, Sua espada reluz, Sua bandeira cobre, Todos os filhos de Jesus... 063 - SAUDAÇÃO A OGUM DE RONDA (Barra Vento) T - Quem beira rio, beira rio, beira mar, O que se ganha de Ogum, Só Ogum pode tirar... R - Quem beira rio, beira rio, beira mar, O que se ganha de Ogum, Só Ogum pode tirar... T – Seu Ogum de Ronda... R – É quem vem girar... T – E vem trazendo folhas... R – Pra descarregar... 064 - SUBIDA DE OGUM (Cabula) T – Oxalá está chamando, Ogum lá no Humaitá, Pra lhe dar uma bandeira, E mandar ele jurar... R - Oxalá está chamando, Ogum lá no Humaitá, Pra lhe dar uma bandeira, E mandar ele jurar...

T – Se ele é capitão... R – Ele vai jurar... T – E se ele for de Angola... R – Também vai jurar... T – Se for Ogum Dilê... R – Ele vai jurar... T – E se for de Nagô... R – Também vai jurar... 065 - DESPEDIDA DE OGUM (Gege Antigo) R – OOOOO... AAAA... OOOOO... Adeus Ogum!... T – Adeus Cavaleiro de Umbanda! R – Adeus Ogum!... T – Adeus Guerreiro de Aruanda! R – Adeus Ogum!... T – Ogum!... R – Ogum!... 066 - FECHAMENTO DE CORPO D. P. (Oração para fechamento) Justo Juiz de Nazaré, filho da Virgem Maria, que em Belém fostes nascido, entre idolatrias. Eu vos peço Senhor, pelo vosso sexto dia, e pelo amor de meu padrinho Cícero. Que o meu corpo não seja preso, nem ferido, nem morto, nem nas mãos da justiça envolto. Paquisteco, paquisteco, paquisteco. Cristo assim disse aos seus discípulos: - Se os meus inimigos vierem para me prender, terão olhos, não verão, terão ouvidos mas não ouvirão, terão bocas não me falarão. Com as armas de São Jorge serei armado, com a espada de Abraão serei coberto, com o leite da Virgem Maria serei borrifado, na arca de Noé serei arrecadado, com as chaves de São Pedro serei fechado aonde não me possam ver nem ferir, nem matar, nem sangue do meu corpo tirar. Também vos peço Senhor, por aqueles três cálices bentos, por aqueles três padres revestidos, por aquelas três hóstias consagradas, que consagrastes ao terceiro dia, desde as portas de Belém até Jerusalém. E pelo meu santo Juazeiro, que com prazer e alegria, eu seja também guardado

de noite como de dia, assim, como andou Jesus no ventre da Virgem Maria, Deus adiante, paz guia. Deus me dê a companhia que deu sempre à Virgem Maria, desde a casa santa de Belém até Jerusalém. Deus é meu Pai. Deus é meu Pai, Nossa Senhora das Dores, minha mãe, com as armas de São Jorge serei armado, com a espada de São Tiago serei guardado para sempre. Amém. 067 Jorge Guerreiro, meu Pai, Nesta Ceara venha trabalhar, Jorge Guerreiro já venceu demandas, Ele vem de Aruanda, Pra seus filhos abençoar. Esta espada, Que o guerreiro traz na mão, Ela é a chave do nosso coração. Salve o guerreiro meus irmãos, Prestem atenção, Este é o guerreiro que liquidou o dragão. Salve Ogum grande guerreiro, Salve a Linha de Umbanda, Salve o nosso Pajé, Vencedor desta demanda. Vem de Aruanda, vem de Aruanda. (bis) 068 Quem faz a ronda é, São Jorge, Seja na terra ou, no mar, Quem está de ronda é, São Jorge, Deixa São Jorge, rondar, São Jorge é guerreiro em qualquer lugar. 069 - OGUM EM NAÇÃO DE ANGOLA Roxe mucumbe taressa denguê Goia aê, aê, aê (coro) Goia aê. Roxe mucumbe taressa saulê Goia, aê, aê, goia aê aê (coro) Goia aê. Com senzala senza roxa, aê roxe Com senzala senza roxe aê roxe. Com senza eturá amor 6

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

7

Aê roxe. (coro) Com senzala eturá amor Camuquerê eturá amor Com senzala eturá amor Camuguerê eturá amor. 070 - CANTIGA DE OGUM Ogum auá, auá, auá é demene, Ogum auá, auá, auá é demene, Ogum auá, auá, auá é demene, Ogum auá, auá, auá é demene. Ogum auá é demene, patacori É demene, Ogum auá é demene, patacori É demene. Ogum Onirê, Onirê Ogum, Ogum de Ererê, Ogum Fará Maribodê, Ogum Fará Maribodê, Ogum Fará Maribodê. (bis) Ogum Dê Odê Mariô... (bis) Ogum Berê-Berê, Ogum Dê Odê Mariô E Ogum de Berê, Berê. Sarauê, Ogum Onirê Oreguedê, Sarauê, Ogum Onirê Areguedê... (bis) Ogum Onirê Comuká Lajou, Ogum Onirê Areguedê. Roxe Biolê Biolá... (bis) Roxe Biolé, Biolá Cajamingongo, Roxe Biolé e Biolá, Roxe Biolê e Biolá. 071 Ogum Megê, Ogum Dilê, Ogum Iara, Oxóssi é caçador, que veio de Aruanda, Ogum é sentinela de Iemanjá, Ogum venceu demanda, Aqui na terra e lá no mar. 072 Ele é soldado de cavalaria ! Ele é soldado de cavalaria ! É capitão ! É o maior do dia ! É capitão !

É o maior do dia ! 073 Ogum Onilê, Onilê, Ogum ! A coroa, Onilê, Obá de Olorum ! 074 - OGUM ROMPE-MATO Ogum Iara, Ogum Megê, Olha Ogum Rompe - Mato, auê ! Ogum Iara, Ogum Megê, Tranca a engira da Umbanda, auê! 075 - OGUM MEGÊ E A VIRGEM MARIA Ouvi um toque de clarim na lua, Pois era o toque do maior do dia ! Ogum foi praça de cavalaria, Era ordenança da Virgem Maria ! Lará, lará, rá, rá, rá, rá, rá ! 076 - OGUM SETE ONDAS Estava na beira da praia, Quando vi Sete Ondas passar! Abra a porta ó gente, Que aí vem Ogum, No seu cavalo branco, Ele veio saravá ! 077 - OGUM IARA Se meu pai é Ogum, Vencedor de demanda, Quando chega no reino, É pra salvar filho de Umbanda. Ogum, Ogum Iara (bis) Salve os campos de batalha, Salve a sereia do mar, Ogum, Ogum Iara (bis) 078 - OGUM MATINADA

080 - OGUM MALÊ Ogum é todo malê ! Malê é linha nagô ! Ogum é todo Malê ! Malê é linha, oh ! 081 - OGUM DE NAGÔ E OGUM DE MALEI Saravá Ogum, E a coroa de Lei !(bis) Ogum de Nagô, Ogum de Malei !(bis) 082 Eu nasci na areia, Na água me criei, Eu sou o Beira Mar, Nesta ceara cheguei... Girei com Oxalá, Girei com Iemanjá, Girei em alto mar, Girei com a Estrela do Mar. 083 - PONTO PARA INÍCIO DA SESSÃO E CRUZAMENTO DO TERREIRO Olha Ogum tá de ronda!... Quem está, chamando é São Miguel!... Réu, réu, réu, na Mesa de Umbanda, Quem está chamando é São Miguel. (bis) 084 Olha Ogum tá de ronda, Eu não sei onde é, é ,é, Eu não sei onde é, é, é... (bis) Miguel está chamando. 085

Ele é Ogum Matinada, Oh, poranga ! Oh, poranga ! Guerreou na sua terra, Que acorda de madrugada, E venceu demanda ! Guerreou na sua terra, E firmou a Umbanda !

Abrindo os nossos trabalhos, Nós pedimos a proteção, A Deus Pai Todo-Poderoso, E a Mãe da Conceição. (bis) 086 Baixai, baixai, Ogum de guia... 7

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

8

Ó vem, ó vem, com sua espada... Vem salvar os vossos filhos, Que se acham em agonia. (bis) 087 - PONTO DE DEFUMAÇÃO Povo de Umbanda, Vem ver os irmãos seus, Defuma esses filhos, Nas horas de Deus. 088 - PONTO DE SÃO JORGE ( de ronda ) Quem está de ronda é São Jorge. São Jorge é quem está de Ronda. Quem está de ronda é São Jorge, São Jorge é quem está de Ronda. Quem está de ronda é São Jorge, E Nossa Senhora da Guia. Quem está de ronda é São Jorge, Meu pai, me diga o que é, Quem está de ronda é São Jorge, Velando os filhos de fé. Quem está de ronda é São Jorge, São Jorge é quem vem rondá. Deixa a falange de São Jorge entrá. 089 - OGUM GUERREIRO Em seu cavalo branco ele vem montado, Calçado de botas ele vem armado ! (bis) Oh ! Vinde, vinde nosso Salvador, Oh ! Vinde, vinde São Jorge, Nosso defensor !... (bis) 090-PONTO DE OGUM ( Caboclos ) Na sua aldeia tem os seus caboclos, Na sua mata tem a cachoeira, No seu saiote tem pena dourada, Seu capacete brilha na alvorada. (bis) 091 - PONTO DE OGUM MEGÊ Ogum... Ogum... Megê... É de Lei ! (bis) Olha seus filhos meu pai, Ogum Megê, Megê ! (bis) 092 - PONTO DE OGUM IARA

Ogum Iara, Ogum Megê, Olha Ogum Rompe-Mato, auê... Tranca gira de Umbanda, auê... Ogum Iara, Ogum Megê. 093 - PONTO DE OGUM BEIRAMAR Beira-Mar... auê Beira-Mar, Beira-mar... quem está de ronda. É militá ! Ogum já jurou bandeira, Na porta do Humaitá; Ogum já venceu demanda, Vamos todos Saravá. 094 - PONTOS DE OGUM Quando Ogum partiu para a guerra, Oxalá lhe deu carta branca, Para Ogum vencer batalha, E, seus filhos vencer demanda. (bis) 095 Ogum quando vem lá de Aruanda, Traz uma espada, E uma lança na mão. Ogum é um cavaleiro, Que venceu a guerra, E matou o dragão. Ele é, São Jorge Guerreiro, Guerreiro no Humaitá, No Terreiro de Umbanda, Vem seus filhos sarava. Ogunhê! 096 Deu Maitá, deu Maitá, É o Rei de Umbanda. Deu Maitá, São Jorge, Venceu demanda. (bis) 097 Ogum, Ogum de Timbiri, Ogum de mana Zâmbi de Luanda, As aves cantam, Quando ele vem de Aruanda, Trazendo pemba,

Para salvar filhos de Umbanda. Oh! Japonês, olha as costas do mar. Oh! Japonês, olha as costas do mar.(bis) 098 - PONTO DE OGUM (Na irradiação de Exú) Pisa no gongo ó Cangira! (bis) Pisa no gongo ó Cangira! (bis) Ogum seu Cangira Mungôngo, Pisa no gongo ó Cangira! 099 Funda agulha no mar, Funda agulha no mar, Com seus cavalos meu pai, Funda agulha no mar. (bis) 100 Seu Cangira Mungôngo, Olha sua terra Mungôngo, O mar(á)! Auê, auê, auê! Olha sua terra Mungôngo, O mar(á)! (bis) 101 - OGUM ROMPE-MATO Eu vi parar o dia; Eu vi estrela brilhar, Eu vi seu Rompe-Mato! Ogum das matas, Quer morar a beira-mar. 102 - OGUM NARUÊ Ogum Naruê chegou... Ogum Naruê baixou... Eu sou filho de Umbanda! Ogum já me saravou! 103 - OGUM DE NAGÔ E OGUM MALEI Saravá Ogum, E a coroa de Lei! Saravá Ogum, E a coroa de Lei! Ogum de Nagô, Ogum de Malei. 104 - OGUM COM SEREIA 8

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

9

Ogum, e Mãe Sereia, São dois cabos de guerra. Sereia é Rainha no Mar, Ogum é Rei na Terra. 105 - OGUM IÊ Ogum é um cavaleiro, Que traz sua espada na mão. Se és filho de Ogum, Eu quero ver, incorporação. Ogum, Ogum Iê, Filho de pemba, Não tem querer, Ogum, Ogum Iê. 106 - OGUM NHÊ Na lua nova, Na Umbanda ele é Ogum! Ogum Nhê, Zâmbi ele é Ogum! 107 No tropel do seu cavalo, A sua espada tiniu ! Com a espada e com a lança, O inimigo reduziu ! 108 - OGUM MATINADA Ele é Ogum Matinada, Oh, poranga! Oh, poranga! Guerreou na sua terra, Acorda de madrugada, Pra vencer demanda! Guerreou na sua terra, E firmou a Umbanda!(bis) 109 - OGUM IARA O meu pai é Ogum, Ogum!... Vencedor de demanda!... Ele vem de Aruanda, Pra salvar filhos de Umbanda! Ogum, Ogum, Ogum! Ogum Iara! (bis) Lá nos campos de batalha, Saravou povo do mar, Ogum, Ogum Iara! Ogum, Ogum Iara!

110 - PONTO PARA DESCARGA, DESCARREGO NA VIBRAÇÃO DE OGUM Ó Jorge das praias do lado de lá, Vem fazer sua descarga, No terreiro, saravá. (bis) Ó Jorge das praias do lado de cá, Vem fazer sua descarga, Para os filhos de Oxalá. (bis) 111 - OGUM SETE ONDAS Estava na beira da praia, Quando vi Sete Ondas passar! Abra a porta ó gente, Que aí vem Ogum, No seu cavalo branco, Ele veio saravá! 112 Ogum onilê, Onilê Ogum! A coroa, onilê, Obá de Olorum! 113 - OGUM ROMPE-MATO Ogum Iara, Ogum Megê, Olha Ogum Rompe-Mato, auê! Ogum Iara, Ogum Megê, Tranca a engira da Umbanda, auê! 114 Ogum quando chega no reino, Todo mundo canta, quer saber quem ele é, Ele é Rompe-Mato de Umbanda, Ele vem de Aruanda, Salvar filhos de Umbanda, Ogum iê. 115 - SALVE OGUM

Ele foi, praça de cavalaria, Ele tinha sete espadas que me defendia, Eu quero Ogum em minha companhia. 117 - OGUM SETE ESPADAS (Sete Espadas de Ogum) Eu tenho Sete Espadas, Pra me defender... Eu tenho Ogum em companhia... Ogum é meu pai, Ogum é meu pai, Ogum é meu guia, Venha com Deus, E a Virgem Maria.

minha

118 – DIV. PONTOS DE OGUM CANTADOS NA TENDA MIRIM Ogum pai oropai, Ogum pai oyarê. (bis) 119 Ai odé diz Ogum está perinam, Ai odé diz Ogum está perinam, Diz Ogum está perinam, Diz Ogum está perinando odé! 120 Ele é praça de cavalaria! (bis) Quem me dera Ogum, Pra ser meu Guia! (bis) 121 No campo do Humaitá, Ogum é general! (bis) Ele arirê ele arirá, Ele arirê, Olha Ogum Rompe Ondas do mar! 122

Marchai, marchai, Ogum de guia, Estrela d’Alva e da Virgem Maria...(bis) Oh, vem com a vossa espada, Vem salvar os fossos filhos, Que se acham em agonia. (bis) 116 - GENERAL OGUM Senhor general Ogum,

Auê olha a costa do mar, Auê olha a costa do mar, Sua terra sua banda, Diz Umbanda caiu cangoura! 123 Beira-mar auê Beira-Mar! (bis) Ogum já jurou bandeira, 9

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

10

No campo do Humaitá. Ogum já venceu demandas, Vamos todos saravá! 124 Ogum Iara, Ogum Megê, Olha Ogum Rompe-Mato auê. Ogum Iara, Ogum Megê, Olha Ogum Rompe-Mato auê.(bis) 125 DESPEDIDA DE OGUM Ogum já me saravou,... Ogum já me saravou,... Filho de pemba, que tanto chora... É Ogum, que já vai embora. (bis) 126

O seu Cangira bambaia, Oi bambaia muzambê. Bambaia muzambê. Ele é Ogum Rompe-Mato bambaia. Seu Cangira bambaia, Oi bambaia muzambê. Ele é Ogum Megê bambaia. (bis) 129 Capitão Macieira!... Me segura Umbanda!... Umbanda com firmeza! 130 Capitão Macieira!... Me segura Umbanda!... Umbanda com certeza! 131

135 OGUM DILÊ Ogum Dilê, meu Pai, Estou lhe chamando!... Ogum Dilê, meu Pai, Estou lhe esperando!... Com sua espada, Sua lança na mão... Ogum Megê, É vencedor de demanda. Cavaleiro supremo, Mora dentro da lua, Sua bandeira divina, É manto da Virgem pura. Ogum, maiodé Ogum maió, É popoiô... Olha Ogum vai ao ló, Auê, sua banda lhe chama!... Ogum vai ao ló. 136

OGUM IARA Se meu pai é Ogum, Vencedor de demandas, Ele vem de Aruanda, Pra salvar filhos de Umbanda... Ele vem de Aruanda, Pra salvar filhos de Umbanda... Ogum, Ogum Iara! Ogum, Ogum Iara! Lá no campo de batalha, Salve a sereia do mar. Ogum, Ogum Iara! Ogum, Ogum Iara! 127 133 OGUM DE MALÉ Ogum é todo Malé, Malê é linha Nagô. Ogum é todo Malê, Malê é linha ô. Auê diz Ogum é de aço... Auê diz Ogum é de aço... Auê diz Ogum é de aço... Ó Cambinda me táta rebôlo, Ó rebôlo me táta Cambinda... Se meu pai é Ogum, Se minha mãe é Oxum, Diz Ogum é de aço! 128 O seu Cangira bambaia, Bambaia muzambê. O Jorge, o Jorge... Vem de Aruanda!... Vem salvar os vossos filhos, São Jorge venceu demanda! Ogum, Ogum, Ogum meu pai! Foi o senhor mesmo quem disse, Filho de Umbanda não cai! 134 OGUM MEGÊ Ogum... Ogum... Megê, É de Lei! (bis) Olha seus filhos meu pai... Ogum Megê, Megê! Capitão do mato mandou me chamar!... Tempo eu tenho caminho não há... Rê, rê, rê quem está de ronda é militar! 132 Ele é gunga Matinata ó paranga... Que zambura no cueté. (bis) Guerreou na sua terra caiu cangorá... Guerreou na sua terra caiu cangorá...

OGUM BEIRA MAR Ogum Beira Mar!... O que trouxe do mar!...(bis) Quando ele vem beirando a areia,... Na mão direita, Ele traz uma guia de Mamãe Sereia! Quando ele vem beirando a areia,... Na mão direita, Ele traz a guia de Mamãe Sereia! 137 OGUM SETE ONDAS Ele é Ogum Sete Ondas, Ele vem das ondas do mar. Ele é Ogum Sete Ondas, Ele vem das ondas do mar. Com a sua espada, Com a sua lança, Salve Ogum Beira Mar. (bis) 138 OGUM ROMPE MATO Ogum disse que ele é Rompe Mato, 10

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

11

É Rompe Mato auê... Ele é Rompe Mato, Porque rompe as matas auê... É Rompe Mato auê, Saravá Ogum Rompe Mato. 139 OGUM GENERAL Olha o homem que bebe e que fuma, Que fuma e que bebe, E que nunca se cansa, Traz uma guia na ponta da lança, Uma guia de Nossa Senhora, Mas ele é, General Guanabara, General de Umbanda. Mas ele é, General Guanabara, General de Umbanda. 140 PONTO DE OGUM ( São Jorge ) No alto da romaria, Eu vi um cavaleiro de ronda... No alto da romaria, Eu vi um cavaleiro de ronda... Mas ele é São Jorge, São Jorge o nosso defensor. (bis) 141 SÃO JORGE GUERREIRO De lança em punho, Em seu cavalo branco, Aí vem militar, sempre vencedor!... Ogum nosso defensor, Ogum macho...ê! Combatei Ogum... de lança em punho, No terreiro de Umbanda, Sede nosso defensor, Ogum macho ê... salve Ogum militar! Valente justiceiro, Que não sabe recuar, Maneja a tua espada, Defendendo teu terreiro, Chefe de cavalaria, Da falange de Umbanda, Não descansa um só dia. Ogum nosso defensor, Ogum macho ê...(bis)

142 Longe bem longe... Um cavaleiro surgia! Ele é São Jorge, Filho da Virgem Maria. A sua espada é de ouro, Sua coroa é de lei... Mas ele é São Jorge, Filho da Virgem Maria. 143 PONTO DE OGUM ( Abertura ) Vamos Saravá, Ogum, Ogum!... (bis) E a coroa de lei, E Ogum é meu pai! Coroa de andor, E Ogum é meu pai! Coroa de andor. E quem vem já, Quem vem já... É Ogum na areia! E quem vem já, E quem vem já... É Ogum na areia! 144 CHAMADA DAS FALANGES DE OGUM Pisa na linha de Umbanda, Que eu quero ver Ogum Sete Ondas... Pisa na linha de Umbanda, Que eu quero ver Ogum Beira Mar... Pisa na linha de Umbanda, Que eu quero ver Ogum Matinada... Pisa na linha de Umbanda, Que eu quero ver Ogum Rompe Mato... Pisa na linha de Umbanda, Que eu quero ver Ogum Iara, Ogum Megê, Ogum Iara, Ogum Megê. 145 Ogum Megê é caiçara no dendê,

Ê e e e, caiçara no dendê. Sete Marolas é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. Ogum Menino é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. Ogum Beira Mar é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. Ogum Rompe Mato é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. Ogum Mocinho é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. Ogum de Lei é caiçara no dendê, Ê e e e, caiçara no dendê. 146 Ogum ele é pequenino mas sabe rondar... Ogum ele é pequenino mas sabe rondar... A Mãe Iemanjá foi quem o corou, Foi quem o corou... Salve Ogum Beira Mar. (bis) 147 SÃO JORGE GUERREIRO Que cavaleiro é aquele, Que vem cavalgando, Pelo céu azul... Ele é São Jorge Guerreiro, Que vem cavalgando, Na Falange de Ogum... È, é, é, é, á.. É, é, é... Seu Cangira, Pisa no Gongá. 148 OGUM GENERAL General... General... General... No Humaitá jurou bandeira! General... General... General... No Humaitá bandeira jurou! (bis) 149 PONTOS DE OGUM Ogum é um homem, Que não pede licença. Na sua aldeia, 11

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

12

Ele tem que chegar. Mas ele é um rei, General de Umbanda, Seu Ariri, Ariri Rei do Mar. 150

Eu ouvi dois clarins tocar... Eles tocaram a parada, Do nosso General, Eles tocaram a aparada, Do nosso General Ogum. 156

E só pode brilhar. Na sua morada, Que lhe deu Iemanjá, Seu Ogum Beira Mar, Vem a seu filho ajudar. 162 OGUM SETE ESPADAS (Sete Espadas de Ogum) Eu tenho Sete Espadas, Pra me defender... Eu tenho Ogum em minha companhia... Ogum é meu pai, Ogum é meu guia, Filho de Deus e da Virgem Maria. 163 OGUM ROMPE MATO Orion!... Orion!... Porque me chamas!(bis) Olha o sol, olha a lua, Ventania de Aruanda, Cavaleiro da floresta, Ele é filho de Umbanda.(bis) 164 OGUM NARUÊ Ei!... Gente de Umbanda!... Sopra o vento do mar!... Baixou Ogum Naruê... Chegou a falange dos filhos de Umbanda, Baixou Ogum Naruê. 165 SUBIDA DE OGUM Oi diz Ogum... já me adorou... Oi diz Ogum... já me adorou... Filho de Umbanda porque é que chora... É meu pai Ogum que já vai embora...(bis) 166 Ogum sela seu cavalo que já é hora, Ogum meu pai, já vai embora. (bis) 12

Ogum é um homem que foi para a guerra, Se mete com ele que eu quero ver. Ogum é um homem que venceu a guerra, Se mete com ele que eu quero ver. (bis) É um Táta, é um Táta! (bis) Se mete com ele que eu quero ver. 151 Foi lá no Humaitá, Aonde Ogum guerreou. (bis) Foi lá em alto mar, Que Iemanjá o coroou. (bis) 152 Se sua espada é de ouro, Sua coroa é de lei... Ogum é um Táta de Umbanda, Seu Cangira de Umbanda, Ogum Nhê. Ogum é um Táta de Umbanda, Seu Cangira de Umbanda, Ogum Nhê. 153 Salve Ogum Megê, Ogum Rompe Mato, Ogum Beira Mar! (bis) Ogum de lê, lê, lê. Ogum de lá, lá, lá. Olha seus filhos meu pai... Salve Ogum Beira Mar. 154 Ogum não devia fumar... Ogum não devia beber... (bis) A fumaça representa as nuvens, E a espuma, as ondas do mar. 155 Foi lá no Humaitá, Eu ouvi dois clarins tocar... Foi lá no Humaitá,

Ogum é General de Umbanda, Ogum vem pra seus filhos abençoar. Com a sua espada, Com a sua lança, Venceu demanda, No campo do Humaitá. (bis) 157 Seu Ogum é Rei de Umbanda, Seu Ogum protege os filhos seus. Seu Ogum é meu pai, Seu Ogum é meu guia... Seu Ogum é meu pai... Venha com Deus, E com a Virgem Maria. (bis) 158 OGUM MEGÊ Ogum Megê, Vem salvar seus filhos... (bis) Ogum Megê, Vem salvar seus filhos... Ogum Megê, Auê, auê, auê, Ogum Megê. (bis) 159 Olha a Umbanda lelê, Olha a Umbanda lalá, É Ogum Megê meu pai, Que baixou pra demandá 160 OGUM BEIRA MAR Minha espada é de aço, Minha espada vai brilhar, Minha espada é de fogo, É Ogum é o Beira Mar. (bis) 161 Sua espada brilha, E rebrilha no mar. Seu Ogum é guerreiro,

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

13

167 OGUM MATINATA DEFENSOR DO CRUZEIRO DO SUL Que cavaleiro é aquele, Que vem cavalgando pelo céu azul, É seu Ogum Matinata, Que é defensor do Cruzeiro do Sul. Rê, rê rê Rê, rê rá Rê, rê rê, seu cangira, Pisa na Umbanda. (bis) Seu cangira tá de ronda, Toda noite, todo o dia, Seu Ogum com sua espada, Era quem nos defendia, cangira. Rê, rê rê Rê, rê rá Rê, rê rê, seu cangira, Pisa na Umbanda. (bis) Quando Ogum foi para a guerra, Oxalá deu carta branca, Para Ogum vencer batalha, Seus filhos vencer demanda, cangira. Rê, rê rê Rê, rê rá Rê, rê rê, seu cangira, Pisa na Umbanda. (bis) 168 RAIAR DO DIA Se a sua espada, Brilha no raiar do dia, Ogum é praça, É filho da Virgem Maria. (bis) Seu Beira-Mar, Beira-Mar é, Seu Beira-Mar é filho da Virgem Maria. (bis) 169 OGUM SETE ONDAS Tava na beira da praia, Quando vi Sete Ondas passar. (bis)

Abre a porta oi gente, Que aí vem Ogum, Em seu cavalo marinho, Ele vem saravá. (bis) 170 OGUM MANDOU ORAR Quando Ogum partiu guerra, Ele mandou orar. Oxalá deu carta branca, Ele mandou orar. Orar, orar, orar, orar, Orar, orar, orar, orar. 171 OGUM MATINATA Em seu cavalo baio, Seu capacete e espada.(bis) Ele é Ogum Matinata, Rondando de madrugada. (bis) Ai odé mas seu guerreando! Ai odé mas seu guerreando!(bis) 172 OGUM BEIRA-MAR Ogum já jurou bandeira, Nos campos de Humaitá.(bis) Ogum já jurou bandeira, Vamos todos saravar seu BeiraMar. Beira-Mar auê Beira-Mar. (bis) Oi Beira-Mar auê Beira-Mar. (bis) É Beira-Mar é Beira-Mar beirando a areia! É Beira-Mar é Beira-Mar beirando a areia! (bis) 173 OGUM LÁ NA ARUANDA Ogum Ogum tá tá para a

Meu Pai Ogum não me deixe sofrer, Que eu sou seu filho. (bis) Quando eu morrer me leve pra Aruanda, Pra ver Ogum, Saravá na nossa Banda. (bis) 174 CAMPOS DE HUMAITÁ Nos campos de Humaitá, Ogum guerreou e venceu. (bis) Suas divisas de general, Foi São José e Maria quem lhe deu. (bis) 175 OGUM MATINATA Quatro horas da manhã, Clarim tocou alvorada. (bis) Avança lanceiros, avança, Ele é Ogum Matinata. (bis) Laiá, laiá, laiá, Lá lá lá laiá lá laiá laiálalaiá... 176 GIRA DE OGUM Segura essa gira Ogum, Não deixa a demanda entrar. (bis) É hora, é hora, é hora Ogum. É hora de trabalhar. (bis) 177 OGUM OIÁ Ogunhê! Ogunhê! Batacorê Ogum! Ogum Oiá, Ogum Oiá é de menê. (bis) Ogum Oiá é de menê, Batacorê é de menê. (bis) Ogum guerreiro de Umbanda, 13

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

14

Seu ponto veio afirmar.(bis) Ele pede ao sol e a lua, Ó Paranga, Para lhe ajudar.(bis) Se a sua coroa de ouro mariou.(bis) Diz Ogum é táti é táti, Coroa de ouro é mariou.(bis) Ogum Oiá, Ogum Oiá é de menê. (bis) Ogum Oiá é de menê, Batacorê é de menê. (bis) Ogum guerreiro de Umbanda, Seu ponto veio afirmar.(bis) Ele pede ao sol e a lua, Ó Paranga, Para lhe ajudar.(bis) Se sua coroa de ouro mariou.(bis) Diz Ogum é táti é táti, Coroa de ouro é mariou.(bis) 178 ORDENANÇA MARIA DA VIRGEM é é

Nos campos de Humaitá.(bis) 183 Oi gira deixa a gira gire, Oi gira deixa a gira girar. Nos campos de Humaitá, Ogum guerreou e venceu.(bis) Suas divisas de general, Foi São José e Maria quem lhe deu.(bis) 179 OGUM IARA Ogum em seu cavalo corre, E a sua espada reluz. (bis) Ogum, Ogum Iara, Sua bandeira cobre os filhos de Jesus. (bis) 180 BEIRA-MAR E A SEREIA Seu Ogum Beira-Mar, O que trouxe de lá. (bis) Quando ele vem, Vem beirando a areia, Na mão direita ele traz, Uma guia da Mamãe Sereia. (bis) 181 TOQUE DE CLARIM Ogum pisa na gira de Umbanda, Ogunhiê, Ogum pisa na gira de Umbanda, Ogum Megê. 185 CAPACETE DE OGUM Seu capacete é de ouro, Sua espada é dourada.(bis) Na ponta de sua lança, eu vi, Um laço de fita encarnada.(bis) Ogum Iara, Ogum Megê, Ogum Iara, Ogum Megê, Ogum Beira Mar, auê, Entrem na gira de Umbanda, Pro seus filhos proteger.(bis) 186 14 OGUM PISA UMBANDA NA GIRA DE AS COSTAS DO MAR DE OGUM Olha as costas do mar de Ogum, Olha as costas do mar de Ogum, Ogum é pai de toda, Ogum é pai de toda, É pai de toda a lei, tumbá. (bis) Quem quer Ogum Sereia, Ele dá, ele dá, ele dá. (bis) Ogum mariô... Ogum mariô... Ogum mariô... Quem quer Ogum, ê... Quem quer Ogum, ê... Quem quer Ogum, ê... De mim chororô... De mim chororô... De mim chororô... 184

Ele é Ogum Matinata, Ó paranga, Chama no arirê, Caindé guerreou. (bis) Na sua banda caiu Gongorá. (bis)

(refrão) Quem me dera Ogum, Para ser meu guia. (bis) Ogum é praça da cavalaria, È ordenança da Virgem Maria.(bis) (refrão) Quem me dera Ogum, Para ser meu guia. (bis) Ogum é praça da cavalaria, É capitão é o maior do dia.(bis) (refrão) Quem me dera Ogum, Para ser meu guia. (bis) Ogum é praça de cavalaria, Ele é Orixá, é o capitão do dia. (bis) Ogum venceu a guerra,

Ouvindo um toque de clarim na lua, Era o toque do Major do Dia, Ogum foi praça de cavalaria, Foi ordenança da Virgem Maria, Ogunhiê. Laiá lá rá, lará, lará, lará, lalalalalaiá. 182 CARRUAGEM DE OGUM Oh, que céu tão estrelado, Oh, que noite tão formosa. (bis) Carruagem tão bonita, Carruagem tão bonita, Que Ogum ganhou. (bis).

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

15

CAPACETE DE OURO OGUM ROMPE MATO Capacete de ouro, Espada de prata, Auê, auê, Salve Ogum Matinata. A marola do mar vem rolando, Salve Ogum Beira-Mar, Que vem chegando. 187 SELEI, SELEI SELA CAVALO (subida de Ogum) (subida de Ogum) Sela cavalo, Pé no estribo, Monta garupa, Que Ogum vai embora, Are re re vai embora, Are re re vai embora. (depois de Ogum subir) Sela cavalo, Pé no estribo, Monta garupa, Que Ogum foi embora, Are re re foi embora, Are re re foi embora. 188 OGUM VAI AO LÓ (subida de Ogum) Ogunhê ! Abenção meu Pai ! Mandei selar meu cavalo, Para Ogum viajar. (bis) Vai pra terra de Nossa Senhora da Glória, Ele vai, mas torna a voltar. (bis) (depois de Ogum subir) Ogunhê ! Abenção meu Pai ! Mandei selar meu cavalo, Para Ogum viajar. (bis) Foi pra terra de Nossa Senhora da Glória, Ele foi, mas torna a voltar. (bis) 189 Selei, selei, Seu cavalo selei. (bis) Oi, Ogum já vai embora, Seu cavalo selei. (bis) (depois de Ogum subir) Selei, selei, Seu cavalo selei. (bis) Oi, Ogum já foi embora, Seu cavalo selei. (bis) 191 P SUBIDA DE OGUM MAREMAR A lua brilha no céu, O sol desponta a aurora.(bis) E já é hora, Seu Orixá chamou! Adeus meus filhos, Seu Ogum já vai embora.(bis) Fiquem com Deus, E a Nossa Senhora. (bis) 192 CHAMADA GERAL DE TODAS AS BANDAS (cantado na Umbanda de Omolocô) Acorda, acorda, Quem tá dormindo, acorda (bis) Tava dormindo, na porteira do gongá, Tava dormindo, na porteira do gongá. Quem tem inimigo não dorme, Levanta vem trabalhar. Acorda moleque, vem curimbá, Eu vi o raiar do dia, Eu vi estrela brilhar, Eu vi seu Rompe Mato, Ogum das Matas, Vem louvar e trabalhar. 190

Vem tirar ponto pra Ogum e Oxalá.(bis) Meu São Miguel, segura seu cangilá, Quem tem inimigo não dorme, Levanta pra vigiá. (bis) 193 ORAÇÃO DE SÃO JORGE Eu andarei vestido e armado com as armas de São Jorge para que meus inimigos tendo pés, não me alcancem; tendo mãos, não me peguem; tendo olhos não me vejam e nem em pensamentos eles possam me fazer mal. Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, facas e lanças se quebrem sem o meu corpo tocar, cordas e correntes se arrebentem sem o meu corpo amarrar. Jesus Cristo me proteja e me defenda com o poder de sua santa e divina graça, Virgem de Nazaré me cubra com o seu manto sagrado e divino, protegendo-me em todas as minhas dores e aflições, e Deus com sua Divina Misericórdia e grande poder seja meu defensor contra as maldades e perseguições de seus inimigos.Glorioso São Jorge, em nome de Deus, estenda-me o seu escudo e as suas poderosas armas, defendendo-me com a sua força e com a sua grandeza, e que debaixo das patas de seu fiel ginete meus inimigos fiquem humildes e submissos a vós. Assim seja com o poder de Deus, de Jesus e da falange do Divino Espírito Santo. 194 PRECE DE OGUM Pai, que minhas palavras e pensamentos cheguem até vós em forma de prece e que sejam ouvidas. Que esta prece corra mundo e universos e chegue até os necessitados em forma de conforto para suas dores. 15

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

16

Que corra os quatro cantos da terra e chegue aos ouvidos de meus inimigos em forma de brado e advertência, de um filho de ogum que sou e nada temo pois sei que a covardia não muda o destino. Ogum padroeiro dos agricultores e lavradores, fazei com que minhas ações sejam sempre férteis, como o trigo que cresce e alimenta a humanidade nas suas ceias espirituais para que todos saibam que eu sou teu filho. Ogum senhor das estradas, fazei de mim um verdadeiro andarilho e eu seja sempre um fiel caminheiro seguidor do teu exército e que nas minhas caminhadas só hajam vitórias e mesmo quando aparentemente derrotado eu seja um vitorioso, pois nós os vossos filhos não conhecemos derrotas, porque sendo o senhor o "Deus da Guerra", nós, vossos filhos, não conhecemos a luta, como esta que eu trago agora, embora sabendo que é só o começo, mas tendo o senhor como meu pai a minha vitória será certa. Ogum, meu grande pai e protetor, fazei com meu dia de amanhã seja tão bom quanto o de ontem e hoje, que as minhas estradas estejam sempre abertas, que no meu jardim só haja flores, que os meus pensamentos sejam sempre bons e que aqueles que me procuram consigam sempre remédios para os meus males. Ogum vencedor de demandas, que todos aqueles que cruzarem a minha estrada, que cruzem com o propósito de engrandecer cada vez mais a ordem dos cavaleiros de Ogum. Pai, dá luz aos meus inimigos, pois se eles me perseguem é porque vivem nas trevas, e na realidade perseguem a luz que vós me destes. Senhor, me livra das pragas, das doenças, das pestes, dos olhos grandes, da inveja, das mentiras, das vaidades que só levam à destruição.

E que todos aqueles que ouvem esta prece e também aqueles que a tiverem em seu poder estejam livres da maldade do mundo. Ogum, que eu possa sempre dizer para aqueles que me pedem a bênção: Meu Pai te abençoe! 195 Corre ronda Pai Ogum, Filho quer se defumar, A Umbanda tem fundamentos, É preciso preparar, Com incenso e benjoim, Alecrim e alfazema, Defuma filho de fé, Com as ervas da Jurema. (bis) 196 OGUM – CD 03 Batacurê Ogum ! Na lua nova, Na Umbanda ele é Ogum. (bis) Ogunhê ! Zambi ele é Ogum ! Ogunhê ! Zambi ele é Ogum ! Bis 197 Batacurê Ogum ! E se Ogum está no céu ? Não está não ! E se Ogum está na lua ? Não está não ! (bis) Lelê, lelê, lelê ! Disse Ogum está de ronda no Humaitá ! Lelê, lelê, lelê ! Disse Ogum está de ronda no seu congá ! Bis 198 Batacurê Ogum ! Se meu pai é Ogum,

Vencedor de demanda, Quando chega no reino, É pra salvar filho de Umbanda. (bis) Ogum ! Ogum Iara ! (bis) Salve os campos de batalha, Salve a Sereia do Mar ! Ogum, Ogum Iara. (bis) Batacorê Ogum ! 199 CD – PONTOS DIVERSOS 19-CANTO A OGUM Olha vamos Saravá, Ogum no terreiro, E olha vamos Saravá, Ogum no terreiro, E olha vamos Saravá, Ogum no terreiro, E olha vamos Saravá, Ogum no terreiro, E olha vamos Saravá, Seu Beira-Mar, E olha vamos Saravá, Ogum Megê, E olha vamos Saravá, Seu Ogum de Ronda, E olha vamos Saravá, Seu Ogum de Malê, E olha vamos Saravá, Ogum Nigéria, E olha vamos Saravá, Seu Rompe Mato, E olha vamos Saravá, Seu Matinata, E olha vamos Saravá, Ogum da Lua, E olha vamos Saravá, Ogum da Guerra, E olha vamos Saravá, Seu Naruê, E olha vamos Saravá, Ogum Iara, E olha vamos Saravá, Seu Orion, E olha vamos Saravá, Seu Rompe Ondas, E olha vamos Saravá, Ogum Menino, 16

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

17

E olha vamos Saravá, Seu Sete Espadas, E olha vamos Saravá, Ogum Nagô, E olha vamos Saravá, 200 20-OGUM MEGÊ No espaço iluminado, Pelo clarão do luar, Com as suas armas poderosas, Ogum Megê é quem vai rondar, Enviando sua proteção, Para nós os filhos de fé, Em nome de Pai Oxalá, Que é Jesus de Nazaré. Em nome de Pai Oxalá, Que é Jesus de Nazaré. Enquanto o Santo Guerreiro, Valente e ligeiro está a rondar, O seu mensageiro na gira, Este corre gira e vem trabalhar, Sem vasos e sem sacrifícios, Desfaz malefícios e dos mais cruéis, E trás novamente a paz, Que volta a reinar entre nós os fiéis E trás novamente a paz, Que volta a reinar entre nós os fiéis. 201 – VAMOS BATER CABEÇA Sou filho de Umbanda, Estou(tô) chegando agora, Sarava Ogum, Yemanjá minha senhora. (bis) Filhos de Umbanda, Salve a Estrela Guia, Salve os Pretos Velhos, Que chegaram da Bahia. (bis) Vou bater cabeça, Nos pés do congá, Vou pedir axé, Pra Ogum e Yemanjá.(bis) 202 5-a) OGUM DA GUIA

b) DEIXA A GIRA GIRAR c) VENCEDOR DE DEMANDA Ogunhê ! Saravá Ogum ! Quem me dera Ogum, Para ser meu guia. (bis) Mas ele é praça de cavalaria, É Ordenança da Virgem Maria. (bis) Ogum é praça de cavalaria, Ele é capitão é o maior do dia. (bis) Ogum venceu a guerra, Nos campos de Humaitá. (bis) Cangira deixa a gira gire, Cangira deixa a gira girar. (bis) Nos campos de Humaitá, Ogum guerreou e venceu. (bis) Suas divisas de general, Foi São José e Maria quem lhe deu. (bis) 203 6-a) OGUM OIÁ b) OGUM GUERREIRO c) COROA DE OURO Ogunhê ! BatacorêOgum ! Ogum Oiá, Ogum Oiá é de menê. (bis) Ogum Oiá é de menê, Batacorê é de menê.(bis) Ogum guerreiro de Umbanda, Seu ponto veio afirmar. (bis) Ele pede ao sol e a lua, paranga, Para lhe ajudar. (bis) Se a sua coroa é mariô. (bis) Diz Ogum é tati é tati, Coroa de ouro é mariô. (bis) 204 7-a) POPOLOGUNDÊ b) OGUM DAKE c) OGUM MEGÊ

Ogunhê ! Ogunhê ! Saravá Ogum ! Auê, auê, auê só Popologundê. (bis) Popologundê, Popologundê. (bis) Ogum daquela, daqueleiaô, Ogum daquela, daqueleiaê. (bis) Serfo, serfo Ogum ô, Vá Ogum Megê, Ogum Megê, Ogum Megê. (bis) 205 8-a) OGUM VAI AO LÓ b) É MADRUGADA c) SEU CAVALO SELEI d) IMAGEM DE OGUM Ogunhê ! Abenção meu Pai ! Mandei selar meu cavalo, Para Ogum viajar. (bis) Vai pra terra de Nossa Senhora da Glória, Ele vai, mas torna a voltar. (bis) É madrugada fatiada a rum, Toca alvorada, Que aí vai Ogum. (bis) Seu Ogum Sete Ondas, Abênção meu Pai, Quem é filho de Ogum, Roda, balança e não cai. (bis) (Ogunhê! Abênção meu Pai!) Selei, selei, Seu cavalo selei. (bis) Olha Ogum já vai embora, Seu cavalo selei. (bis) Seu ordenança mandou avisar, Que seu cavalo está pronto para viajar, Mas como é lindo no clarão da lua, Seu cavalo branco co’a imagem sua! 206

17

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

18

3) SAUDAÇÃO À SÃO JORGE E OGUM DA RONDA (Isaura da Bahia) Saravá Ogum ! Ogunhê meu Pai ! Eu venho de alta cidade, Venho saudar a Terreira de Umbanda, Estou saudando São Jorge Guerreiro, E a Aldeia de Ogum da Ronda. (bis) PONTOS DE TRONQUEIRA 207-OGUM DE MALÉ Ogum é todo Male, Male ô Linha Nagô, Ogum é todo Male, Malé ô Linha ô. (bis) 208-A VIRGEM DA PIEDADE Ovelhas abnegadas, Do rebanho de Maria. (bis) Salve o Sete Encruzilhadas, Salve a Estrela da Guia, Salvai, salvai, Doce nome de Maria, A Virgem da Piedade, Há de ser a nossa guia. 209-OGUM A HORA É BOA Ogum que abalou as estrelas, Que abalou as areias, E as ondas do mar, Ogum, Ogum a hora é boa, Abre os meus caminhos, Firma esse gongá, Ogum. 210-OGUM NARUÊ Olha Ogum Naruê chegou! Olha Ogum Naruê baixou! Sou filho de Umbanda, Ogum já me saravou. 211-COMANDO DE OGUM Ele jurou bandeira, Ele tocou clarim, E o exército todo, É comandado por Ogum. Salve Ogum Iara,

Salve Ogum Megê, Salve Ogum Matinata, Salve Ogum Naruê. 212- NA PONTA DA ROMARIA Na ponta da romaria, Eu vi um cavaleiro de ronda...(bis) Trazia a espada na cinta, E uma lança na mão, Ogum venceu a guerra, Matando o dragão. 213-OGUM ARRANCA TOCO

Com um laço de fita encarnada, Amarrado na ponta da lança. 217-CAPITÃO DO MAR (descarga) Capitão do Mar, É Barabara, É com chuva, é com vento, Ele vai navegar. Ele vai, ele vai... É com chuva, é com vento, Ele vai navegar. 218-OGUM MACUMBAUÊ

Ele vem com a justiça de Xangô, Ele traz Iansã e Yemanjá, Ele vem com Oxóssi das matas, Ele traz o amor de Oxalá. (bis) Ogum, vencedor de demanda, Estrela clareou sua banda, Na sua aldeia ele é caboclo, Ogum Arranca Toco. 214-OGUM É GENERAL General Tátá de Umbanda, Ogum é general, Se ele é Ogum Iara, Ogum é general, Se ele é Ogum Matinata, Ogum é general, Se ele é Ogum Rompe Mato, Ogum é general, Se ele é Ogum Naruê, Ogum é general, Se ele é Ogum Megê, Ogum é general. 215-RONDA A TERRA, RONDA O MAR O ronda a terra, O ronda o mar, Cavaleiros de Umbanda, Mensageiros de Oxalá. (bis) Ogum de Lei, Ogum Iara, Olha Ogum Rompe Mato, Ogum Megê, Olha Ogum Beira Mar. (bis) 216-QUEM NUNCA SE CANSA Quem anda por mar, Quem anda por terra, E nunca se cansa,

Ogum Dê, De Arerê, Ogum Dê, Macumbauê. (bis) Louvamos o céu, Louvamos o mar, Louvamos a terra, De nosso Pai Oxalá. (bis) Ogum, sempre Ogum, De Arerê Xangô, Ogum Macumbauê. (bis) 219-DE GANGA MACAIA Eu sou do mato, De Ganga Macaia.(bis) Eu sou do mato, Meu pai é Rompe Fogo, Ai não me corte a Macaia, Ai não me mate a Coral. 220-COM LICENÇA DE OGUM MEGÊ Com licença de Ogum Megê, Nós vamos sarava, Ogum Iara, Ogum Nagô, Ogum Rompe Mato, Ogum Beira Mar. 221-OGUM MANDA NOS FILHOS Seu Ogum diz, Que não é rei de Umbanda, Mas diz que manda, Nos filhos seus. (bis) Seu Ogum é meu Pai, 18

CASA DE CARIDADE OXALÁ E YEMANJÁ
Av. do Riacho, 2159 – Tel. 0**51 664 2914 – B. G. Vargas – Torres - RS

19

Seu Ogum é meu Guia, Seu Ogum é meu Pai, Vivo com Deus e a Virgem Maria. 222-OGUM BEIRA MAR Montado em seu cavalo branco, Ele vem beirando o mar, Traz no peito uma estrela dourada, Traz nos braços Mamãe Yemanjá. (bis) Sarava Ogum, Sarava Ogum, Sarava Ogum Beira Mar. (bis) 223-OGUM DA MATA Quem chegou nesse gongá, Saravando seu irmão. (bis) Ele é capitão, Ele é capitão, Nas matas da Jurema, Ele é capitão. 224-SÃO MIGUEL CHAMANDO ESTÁ

Olha Ogum está de ronda, Quem está chamando é São Miguel. Lê, lê, lê na linha de Umbanda, Quem está chamando é São Miguel. 225-OGUM MEGÊ No campo de Humaitá, Ogum Megê, Eu vi uma nação florir, Ogum Megê, Auê, auê, auê, Ogum Megê. 226-

19

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->