Você está na página 1de 1

TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO 2 CMARA Processo TC N 09017/11 Objeto: Penso Relator: Conselheiro Flvio Stiro Fernandes Responsvel: Joo

Bosco Teixeira Interessado: Maria Fernandes da Silva Penso concedida beneficiria Maria Fernandes da Silva, viva do ex-servidor Jos Rodrigues da Silva, Motorista, matrcula n 37.761-9, tendo como fundamento o artigo 40, 7, inciso I, e 8 da Constituio Federal, com a redao dada pela Emenda Constitucional n 41/2003, c/c o artigo 5 da Emenda Constitucional n 41/2003. Preenchidos os requisitos constitucionais, legais e normativos, considera-se regular o ato concessivo e correto o clculo da penso, concedendo-lhes o competente registro. ACRDO AC2 TC 02237/11 Vistos, relatados e discutidos os autos referentes penso vitalcia por morte do servidor Jos Rodrigues da Silva, Motorista, matrcula n 37.761-9, concedida beneficiria Maria Fernandes da Silva, viva do ex-servidor, por ato da lavra do Ilmo. Sr. Presidente do IPSEM, acordam, por unanimidade, os Conselheiros integrantes da 2 Cmara do TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DA PARABA, em sesso realizada nesta data, na conformidade do voto do relator, em CONCEDER-LHE o competente registro, em face de sua legalidade. Assim decidem, tendo em vista que o ato foi firmado por autoridade competente e teve como fundamento o artigo 40, 7, inciso I, e 8 da Constituio Federal, com a redao dada pela Emenda Constitucional n 41/2003, c/c o artigo 5 da Emenda Constitucional n 41/2003; a interessada faz jus ao benefcio ora apreciado pelo Tribunal e o pronunciamento da douta Procuradoria pugnou pela regularidade do ato. Presente ao julgamento o Ministrio Pblico junto ao Tribunal de Contas TCE Sala das Sesses da 2 Cmara Mini-Plenrio Conselheiro Adailton Coelho Costa. Joo Pessoa, 11 de outubro de 2011.

Conselheiro Arnbio Alves Viana Presidente

Conselheiro Flvio Stiro Fernandes Relator


Presente:
Representante do Ministrio Pblico Especial