Você está na página 1de 1

C N C

Comissão de Normalização Contabilística

DEMONSTRAÇÃO DAS ALTERAÇÕES NO CAPITAL PRÓPRIO NO PERÍODO N
U N I D A D E M O N E T Á R I A (1): Capital Prestações suplementares nominal de capital Posição no início do período Primeira adopção do referencial contabilístico (a) Alterações de políticas contabilísticas (b) Aumentos / reduções de capital Aumentos / diminuições no excedente de valorização de activos fixos Realização do excedente de valorização de activos fixos Aumentos de reservas por aplicação dos resultados Distribuição de reservas Outros aumentos / diminuições de reservas Distribuição de lucros / cobertura de prejuízos Aumentos / diminuições de valor em investimentos disponíveis para venda Outros aumentos / diminuições de valor em instrumentos financeiros Correcções relativas a períodos anteriores Ajustamentos por reconhecimento de impostos diferidos Diferenças de conversão de balanços expressos em moeda diferente Outros ganhos / perdas reconhecidos directamente no capital próprio Transferências (c) Total dos aumentos/diminuições directos no capital próprio Resultado líquido do período Distribuição antecipada de lucros Interesses minoritários ( d) Acções (quotas) Prémios de emissão Reservas não distribuíveis distribuíveis Reservas Excedente de valorização de activos fixos Ajustamentos ao valor de activos financeiros acumulados Resultados Resultado líquido do SUB-TOTAL período minoritários Interesses

MOVIMENTOS NO PERÍODO

e out. instrum. próprias

TOTAL

Posição no fim do período
(1) - O euro, admitindo-se, em função da dimensão e exigências de relato, a possibilidade de expressão das quantias em milhares de euros

OBSERVAÇÕES ÀS RUBRICAS DA DEMONSTRAÇÃO DAS ALTERAÇÕES NO CAPITAL PRÓPRIO: (a) (b) (c) (d) Linha relativa aos movimentos resultantes dos ajustamentos relativos à data do balanço inicial / “de abertura”, na transição para o referencial contabilístico IAS/IFRS, ou para as futuras NCRF, em cumprimento da IFRS 1. Linha relativa a movimentos por alterações de políticas contabilísticas que, nos termos da IAS 8, se repercutam directamente no capital próprio. Linha destinada à evidenciação de movimentos de transferência dentro das rubricas de capital próprio, que não sejam mostrados ou incluídos noutras linhas. Linha destinada a evidenciar movimentos nas rubricas de “Interesses minoritários”, reflectidas em resultados líquidos do período ou directamente em rubricas de capitais próprios, distinguindo-os da coluna com o mesmo nome, que reflecte a posição