P. 1
Estudo - 04 Caim e Abel

Estudo - 04 Caim e Abel

4.33

|Views: 3.229|Likes:
Publicado porapi-3827039
VISÃO PANORÂMICA BÍBLICA - Série de estudos simples e objetivos trazendo um conhecimento panorâmico da Palavra de Deus.
VISÃO PANORÂMICA BÍBLICA - Série de estudos simples e objetivos trazendo um conhecimento panorâmico da Palavra de Deus.

More info:

Published by: api-3827039 on Oct 18, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

Estudo – 04

14 CAIM E ABEL

Após terem sido expulsos do paraíso, Adão e Eva tiveram filhos. Os dois primeiros foram Caim e Abel. Abel foi Pastor de Ovelhas e Caim lavrador. A pergunta que muitos fazem com relação a este texto é: Porque Deus se agradou da oferta de Abel e não se agradou da oferta de Caim? É isto que vamos analisar hoje. Bom estudo e que o Senhor o esteja abençoando poderosamente na compreensão de Sua Palavra. Vamos Ler o texto de Hoje que está em Gênesis 4. 1- 24 Fatos importantes acerca desta história Bíblica e que nos ensinam como adorar a Deus e satisfazê-lo com nossa adoração; • Observa-se nos versículos 3 – 5 que ambos criam na existência de Deus. O texto nos mostra que ambos vieram trazer uma oferta ao Senhor. É bem possível que seus pais tivessem contado para eles várias vezes sobre o primeiro pecado e como Deus sacrificou um cordeiro para que da pele do animal fizesse roupas para eles. Eles compreenderam pela história que o sangue do cordeiro havia sido derramado. Eles sabiam qual era a oferta que agradava ao Senhor Deus. • Caim trouxe uma oferta segundo a sua própria vontade. Ele ofereceu para Deus o que quis, e não o que Deus esperava que oferecesse. (v. 3) A Bíblia nos afirma que o Senhor não se agradou da oferta de Caim. (v. 5) A Bíblia nos mostra claramente a forma correta de nos apresentarmos ao Senhor em Adoração. Caim conhecia a forma correta, mas preferiu adorar da forma errada. Ainda hoje muitos crentes estão apresentando ao Senhor uma adoração que não agrada a Deus. Tal adoração tem sido fruto do Eu, da carne, do egoísmo, da vanglória e muitas outras realidades que Deus reprova na vida de seus adoradores. • A Bíblia também nos afirma que diante da reprovação do Senhor, Caim ficou irado fortemente e descaiu o semblante. (v. 5) A atitude correta de Caim para com o Senhor, deveria ter sido a do arrependimento e submissão. Mas isto não aconteceu. Na verdade Caim deixou o inimigo plantar a semente da ira e ódio em seu próprio coração. O Senhor deseja ver em seus adoradores em humildade, submissão e reconhecimento de que necessitam da misericórdia e graça de Deus.

15 Deus orientou a Caim acerca da maneira que deveria proceder para que sua oferta fosse aceita. Deus alerta-o sobre o pecado que estava sendo gerado em seu coração, mas que somente Caim poderia dominá-lo. (v.7) Ao criar o homem, Deus colocou nele a capacidade de escolha, o livre arbítrio. Deus alertou a caim, contudo deixou claro que somente ele próprio poderia controlar a ira e ódio e em submissão tomar a decisão correta em oferecer a oferta que estaria agradando ao Senhor. Temos a capacidade de tomar decisões certas quando estamos na vontade do Senhor. Contudo, se virarmos as costas para Deus estaremos tomando decisões erradas e pagando o preço por tais decisões. Deus não intervém no livre arbítrio do homem.

Deus se agradou da oferta de Abel. Abel como Adorador de Deus tinha intimidade com o Senhor. Ele sabia qual a oferta estaria tocando o coração de Deus. Abel entendeu plenamente que era necessário trazer ao Senhor um cordeiro para ser sacrificado. Em Hebreus 11.4 nós lemos que: ”pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho das suas ofertas, e por meio dela, depois de morto, ainda fala”. Que maravilha irmãos; Abel creu pela Fé através dos Atributos que ele via em Deus. Abel cria na Promessa que Deus havia feito aos seus Pais Adão e Eva de um dia enviar o “Salvador que estaria libertando os homens do pecado”. O primeiro homicídio Ao invés de ouvir as Palavras do Senhor, Caim deixou que a inveja, a ira e o ódio viessem a dominá-lo. Lemos na Palavra do Senhor que: “Disse Caim a seu irmão Abel: vamos ao campo. Estando eles no campo, Caim se levantou contra o seu irmão Abel, e o matou”. As conseqüências do pecado que Caim cometeu: • A mentira – Quando Deus pergunta a ele onde Abel estava; ele responde que não sabia. E fica irado com Deus. V.9 Deus deu a Caim a oportunidade de confessar o seu pecado quando pergunta a Caim onde Abel estava. Mas Caim não confessa diante desta realidade o Senhor o sentenciou a sofrer uma maldição. Teria de viver longe de sua casa, enfrentaria trabalhos maiores e seria também condenado a vagar pela terra sem destino. (v.11,12) Diante do lamento de Caim, (v.14) Deus, manifesta a Sua misericórdia dando a ele um sinal de sua proteção. (v.15)

16 Dos versículos 17-26, vemos a realidade da primeira civilização que foi constituída pelos descendentes de Caim. Jabal adquiriu gado e foi chamado de o pai da agricultura e também dos que habitam em tendas. Jabal se tornou o pai dos que tocam harpas e flautas. Tubalcaim se tornou o mestre de toda a obra de cobre e de ferro. Ele inventou ferramentas e armas. Esta com certeza foi a fase embrionária das indústrias. Contudo, vemos uma civilização distante de Deus e envolvida com a violência e pecados. A história de Lameque é um forte exemplo. (v. 23)

A Mulher de Caim. Umas das perguntas muito freqüentes dos que estudam a palavra de Deus é: Se a Bíblia apresenta Caim e Abel como filhos de Adão, Quem é essa mulher que se casou com Caim? Encontramos a resposta ao analisarmos a realidade vivida pelo ser humano neste período da história. Apenas os homens eram contados na genealogia. Portanto, cremos que além de Caim e Abel, Adão e Eva tiveram também outros filhos e filhas. Pela cronologia histórica, o assassinato de Abel se deu aproximadamente uns 130 anos depois da criação. Nesse período casamentos entre irmãos ainda não havia sido proibido. Isso só veio acontecer uns 2500 anos mais tarde. (Lv. 18.6) – Chegamos então a conclusão de que caim se casou provavelmente com uma de suas irmãs. Conclusão: A história de Caim e Abel nos revela de forma maravilhosa que Deus espera ofertas de seus servos. Aprendemos que a oferta oferecida deve ser feita de acordo com a vontade e querer de Deus. Muitos crentes querem ofertar ao Senhor seguindo o caminho de Caim. São ofertas vazias, cheias de prepotências, ofertas da carne e não do Espírito. Deus não aceita esse tipo de oferta. O crente precisa ofertar como Abel ofertou Senhor. Esta é a oferta do coração, do quebrantamento, da humildade, da sinceridade, Realizada pela Fé em Deus. Com toda a certeza se assim estivermos procedendo, Deus aceitará o nosso culto, Ele aceitará a nossa oferta. Grandiosos milagres acontecerão na vida de nossas igrejas e também em nossas vidas. ______________________. BIBLIOGRAFIA: - A BÍBLIA EXPLICADA – S.E. Macnair – Editora CPAD - O PENTATEUCO – HOFF Paul – Editora Vida. Pr. Waldyr Silva do Carmo.

IGREJA CRISTÃ EVANGÉLICA “CASA DE ORAÇÃO” Rua Hélio Modesto de Sá, s/n – Chácara do Cruzeiro. Laje do Muriaé. RJ Córrego Fundo, s/n – Zona Rural. Laje do Muriaé.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->