Você está na página 1de 19

Deixe o slide mover

sozinho
conforme a apresentação e
a música.
ÁFRICA
No início era escuridão
Em meio a solidão, Deus se
fez presente.
Clemente, criou, estrelas, planetas
e a Terra.
Na Terra, um centro,
E dentro dela, a ÁFRICA.
África que hoje soluça
Acusa e pede ajuda para
refazer,
Crescer, e continuar a merecer
Ser o centro da Terra
Sem guerras internas, em PAZ.
Capaz de ser no mundo
Um profundo, fértil coração.
Pois solidão foi só no início
E o início era escuridão.
ATÉ QUANDO ÁFRICA?

Até quando suas crianças vão ter que


chorar?
Até quando suas mulheres vão ter
que
esperar por nós?
Até quando suas mães vestirão o
luto?
Até quando conviverá com
a indiferença e intolerância?
Até quando assistirá seus filhos
partirem?
ÁFRICA !!!
Seus filhos hão de voltar.
Tu és majestosa !!!
Tu és fabulosa e
vislumbrante.
Tu és a mais linda mulher por
quem
o homem pode se apaixonar.
Tuas são as entranhas mais
aconchegantes.
E teus foram os seios dos quais
me
alimentei, fazendo-me o robusto
rapaz que hoje sou.
Havemos de voltar !!!
Teus filhos em breve estarão de
volta,
Trazendo-te os netos de todas as
raças.
Em nossa festa serão abertos
os livros das exilados
e neles acharemos as estrofes para
as
nossas canções, os versos da PAZ.
As armas terão que
silenciar
dando lugar aos
tambores.
As aldeias serão novamente
povoadas.
A fauna estará agradecendo.
Pelos Deuses seremos aplaudidos
e nossos mortos hão de comemorar
o RETORNO.

Texto de Abdu Ferraz


“ Nascemos para manifestar a glória do Universo
que está dentro
de nós.
Não está apenas em um de nós: está em todos nós.
E conforme deixamos nossa própria luz brilhar,
inconscientemente
damos às outras pessoas permissão para fazer o
mesmo.
E conforme nos libertamos do nosso medo,
nossa presença, automaticamente, libera os outros.

*
Nelson Mandela *

Criação: