P. 1
Livro de Bolso de Anestesiologia

Livro de Bolso de Anestesiologia

|Views: 502|Likes:
Publicado porLiliana Lopes

More info:

Published by: Liliana Lopes on Nov 05, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

10/22/2014

pdf

text

original

NOTAS

________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________

Livro de Bolso
Anestesiologia

Enf. Nuno Tavares Lopes

Livro de Bolso de Anestesiologia

Livro de Bolso de Anestesiologia

1. ANESTESIA GERAL
1º Estádio – de analgesia: respiração superficial,
reflexos presentes;

Antes de cada doente
- Nível de anestésico; - Material de entubação; - Seringas com medicação rotuladas e colocadas por ordem de administração; - Permeabilidade e calibre do acesso venoso.

2º Estádio – de excitação/delírio: perda de
consciência, doente pode falar, respiração irregular, pode ocorrer vómito;

3º Estádio – de anestesia cirúrgica: início da
respiração regular até apneia: - Plano I: cessam movimentos musculares, respiração regular e automática, perda de reflexos ocular e faríngeo; - Plano II: fixação do globo ocular, ↓ tónus muscular, perda de reflexos laríngeo e peritoneal; - Plano III: paralisia dos músculos intercostais, respiração diafragmática, relaxamento da restante musculatura; - Plano IV: relaxamento muscular completo;

Após chegada do doente
- Identificação e consentimento; - Jejum; - Antecedentes pessoais; - Prótese dentária ou lentes de contacto; - Permeabilidade e calibre do acesso venoso; - Exames laboratoriais/imagiológicos; - Monitorização do doente; - Avaliar SV; - Posicionamento do doente; - Aspirador.

4º Estádio – de paralisia medular: paragem
respiratória central, colapso vasomotor, pupilas fixas e dilatadas, pele fria, ↓ TA, pulso imperceptível, este estádio deve ser evitado.

2. VERIFICAÇÕES PRÉ-ANESTÉSICAS
Antes do 1º doente do dia
- Rampa de O2 e N2O (protóxido azoto), bala de O2 de reserva; - Testar ventilador e nível de anestésico e fármacos; - Monitor e acessórios. 1
Enf. Nuno Tavares Lopes

3. TUBOS ENDOTRAQUEAIS (TET)
Tipos: com cuff, sem cuff (crianças até 9/10 anos),
aramados (decúbito ventral), pré-moldados (nasais e orais – quando os tubos ficam no campo operatório).

Cálculo de Calibres:
- 1 a 10 anos: (16 + idade) / 4 = calibre do TET a utilizar 2
Enf. Nuno Tavares Lopes

Livro de Bolso de Anestesiologia

Livro de Bolso de Anestesiologia

Calibres
- Prematuro: 2,5 - RN: 3 - 6 M: 3,5 - 18M: 4 - 3A: 4,5 - 5A: 5 - 6A: 5,5 Nota: colocar sempre um número acima e outro abaixo, nas naso-traqueais colocar sempre um tamanho 0,5 abaixo ao tabelado. - 8A: 6 - 12A: 6,5 - 16A: 7 - Grávidas: 7 - Mulheres: 7,5 - Homens: 8 – 8,5

Fármacos: - Sedativos/Hipnóticos (5cc): midazolam (1cc até 5ccSF-1mg/ml), diazepam (2cc até 10ccSF-1mg/ml); - Analgésicos Opiáceos (10cc): fentanil; - Anestésicos Gerais (20cc): etomidato, propofol, tiopental (este precipita, logo devem lavar-se sistemas e torneiras); - Relaxante Muscular (2cc): succinilcolina; - Relaxantes Musculares rocurónio, vecurónio; - Antibióticos; - Seringa 10 cc: 1 mg atropina (2 fórmulas) → ñ usada na cirurgia, aproveita-se para descurarizar o doente com neostigmina-0,04 a 0,07 mg/kg (inibidor colinesterase) lenta; - Anlagesia: quando se inicia a sutura; vigiar soros. (5cc): atracurium, cisatracurium,

4. MANOBRAS DE (ANESTESIA GERAL)
- Pré-oxigenar; - Se tiver SNG, aspirar antes da indução;

ENTUBAÇÃO
Entubação Traqueal em Obstetrícia
Tabuleiro: laringoscópio de cabo normal e curto com lâminas Macintosh e Mc Coy, pinça magyll grande e pequena, 2 condutores, seringa, adesivo (normal- tubo, hipoalergénico- olhos), pomada oftálmica, pomada de lidocaína, TET com cuff N.º 7, máscara, filtro, guedell, aspirador. Fármacos: NÃO SE UTILIZAM SEDATIVOS/HIPNÓTICOS -2 Atropinas e Efedrina (1cc até 10ccSF) -Anestésicos Gerais (20cc): etomidato, propofol, tiopental; - Relaxante Muscular (2cc): succinilcolina;

- Manobra de Sellick: considera-se sempre que o doente tem o estômago cheio, e para evitar a regurgitação esofágica é feita pressão na zona cricoesofágica; - Depois de colocar tubuladura não largar; - Confirmar por auscultação.

Entubação Traqueal no Adulto
Tabuleiro: laringoscópio com 3/4 lâminas, pinça magyll grande e pequena, 2 condutores, seringa, adesivo (normaltubo, hipoalergénico- olhos), pomada oftálmica, pomada de lidocaína, TET com cuff, máscara, filtro, guedell, aspirador. 3
Enf. Nuno Tavares Lopes

- Relaxantes Musculares (5cc): atracurium, rocurónio, vecurónio; - Analgésicos Opiáceos (10cc): fentanil (dps do nascimento); - Neuroléptico (5cc): droperidol; - Antibióticos; - Occitocina (2cc): após dequitadura: 10 Ui EV directos e 10 Ui em 500 cc (Dextrose 5%ou SF). 4
Enf. Nuno Tavares Lopes

aspirador e 2 atropinas.Agulha (25mm até 150 mm). Permeabilização das Vias Aéreas: entubação oro-traqueal.Atropina: 0. .5mg (1 fórmula) + SF até 5ml – 0. pomada de lidocaína.Neuro-estimulador (localização nervosa). Nuno Tavares Lopes 6 5 .45% ou a 0.Desinfectante da pele. seringa. . . filtro. quando efectuada no B. condutor fino. . TET sem cuff até 10 anos.Bain: > 18 Kg e adultos.Analgésico Opiáceo (10cc): alfentanil. adesivo (normal.Analgésicos Opiáceos (10cc): alfentanil.1mg/ml.. ligadura húmida para o tamponamento. PEQUENA CIRURGIA (Urgência Central e Ginecologia/Obstetrícia) Bloqueio de Plexo Anestesiar apenas o membro a intervencionar Material: Material Circuito Ventilatório: de Bain.10 cc de SF. Circuitos Ventilatórios: .2 seringas de 20cc com anestésico e 1 com SF.Soro: Dextrose em soro a 0. . . máscara laríngea. hipotensão. guedell. permite apenas manual. pomada oftálmica.Indutores (20cc): propofol. avaliar TA antes e depois de administrar fármacos e retirar soros de protocolo.Occitocina. aspirador e oxímetro de dedo ou orelha.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Entubação Traqueal em Pediatria Tabuleiro/Mala Pediátrica: laringoscópio fino (cabo de Miller). .olhos). máscara de ambú e venturi. copa.Campo (trouxa com 2 panos).O. Efeitos 2ºs: náuseas. ANESTESIA LOCO REGIONAL Preparar sempre Efedrina. guedell e aspirador. . luvas. Enf. sufentanil. máscara.Indutor (20cc): propofol. . dificuldade respiratótia (material de entubação pronto) 5. .Jackson Rees: até 16 ou 18 Kg. preenchimento vascular. hipoalergénico. vómitos. 6. lâminas de Miller (rectas) e Macintosh (curvas) pinça magyll grande e pequena. Fármacos: . Fármacos Preparar Sempre: material de entubação. tiopental. filtro. Nuno Tavares Lopes Enf. SUC: .tubo.15% em mais pequenos (microgotas em ambos).Antibióticos. compressas estéreis. Ginecologia/Obstetrícia: . . .Circular: ventilação automática. .

luvas. de ringer.1 agulha de cada e 1 seringa de 5cc para anestesia local e 1 seringa de 2cc para anestesia sequencial. Enf. lact.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Raquianestesia: Agulha de Raqui N. .Campo. Nuno Tavares Lopes 8 .Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal. jet .Circuitos Ventilatórios: de bain.Desinfectante para a pele.Kit sequencial + placa de reston. copa.Agulha de raqui (do 29G ao 22G). SF até 10cc Sequencial: Agulha de Raqui N. . anestésico local. . compressas estéreis. MEIOS DIAGNÓSTICO AUXILIARES DE Anestesia Epidural (entre o ligamento de flavum e a duramáter) Anestesiar/analgesiar da região inframamária para baixo até à região umbilical (depois dos três dedos de dilatação e plaquetas < 80 não faz) Material: . aspirador. 7 Enf. . .Preenchimento Vascular: SF. .º27 Anestesia da região umbilical para baixo (pode provocar retenção urinária) . bata. . sistema circular com manga de adulto. Notas: Existe carro de anestesia de apoio e frigorífico com relaxantes. . . rees. Material: . jackson ventilação. Nuno Tavares Lopes Endoscopias Respiratórias Localização: Piso 7.SF.Campo. luvas.º27 Anestesiar desde a região inframamária.1 agulha de cada e 1 seringa de 5 para anestesia local.Kit epidural + placa de reston. broncoscópio rígido com jet ventilação. compressas estéreis. .Campo (trouxa com 2 panos). 7. .Seringa de 2ml para anestesia. Material: . filtro.1 Fórmula de Efedrina: diluir com (cardiotónico com efeito anti-hipertensor). máscara laríngea. . Material: .Desinfectante da pele + placa de Reston. anestésicos epidurais para a mesa. gelofundina. gelofundina. . .Seringa de 5ml para anestésico local. anestésico local. máscara de ambú ou endoscopia. que combina a epidural e a raquianestesia . com introdutor de < calibre.Preenchimento Vascular: SF. luvas. lactato de ringer. ala direita do hospital (Pneumologia). . . .1 Fórmula de Efedrina: diluir com SF até 10cc. compressas estéreis.Agulha SC para anestesia local + agulha IM + diluição.Doente não deve levantar a cabeça nas 1ªs 24 h.Agulha de diluição para aspirar fármacos. guedell.Desinfectante para a pele.SF. anestésicos epidurais e perfusão.

Nuno Tavares Lopes .5mg diluída em SF até 5cc. . sistema circular com manga de adulto.Circuitos Ventilatórios: de bain. zona central do hospital.Opiáceo: alfentanil.Indutor: pentotal. aspirador.Relaxante: succinilcolina. . copa.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Fármacos: . 1cc de salbutamol (Ventilan®). atracurium. atracurium.Opiáceo: alfentanil. . Material: . sistema circular com manga pediátrica. zona central do hospital.Anestésico Inalatório: sevoflurano. junto à Urgência Geral.Hidrocortizona. vecurónio. Técnicas de Gastro Pediátricas Localização: Piso 1. . propofol (perfusão/bólus).Aerossol com: 10mg dexametasona. propofol. aspirador. . rocurónio.Atropina: 0. 9 Enf. Fármacos: . mas é necessário levar carro de apoio. .Relaxante: succinilcolina. fentanil. máscara laríngea. Material: . TAC e RMN Localização: Piso 2. existe frigorífico com relaxantes no recobro. Notas: Existe carro de anestesia. fentanil. fentanil. 10 Enf. . carro de apoio e frigorífico com hidrato cloral (sedativo/hipnótico de pediatria) e relaxantes. . rocurónio. máscara de ambú ou endoscopia.Relaxante: succinilcolina.Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal.Anestésico Inalatório: sevoflurano.Indutor: tiopental. . Fármacos: . ala direita do hospital. remifentanil (1mg em 20cc SF em perfusão). 1mg adrenalina. guedell. é necessário levar carro de apoio.Circuitos Ventilatórios: de bain. . Notas: Existe carro de anestesia.Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal. Técnicas de Gastro de Adulto Localização: Piso 1.Indutor: pentotal. etomidato. máscara de ambú ou endoscopia.Hidrocortisona. máscara laríngea. etomidato. filtro. Notas: Existe carro de anestesia.Opiáceo: alfentanil. filtro. . há frigorífico com relaxantes. Nuno Tavares Lopes . copa. guedell. rocurónio. . jackson rees. atracurium. . propofol. . vecurónio.Anestésico Inalatório: sevoflurano. 1cc de brometo de ipatrópio (Atrovent®).

Circuitos Ventilatórios: de bain.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Material: . jackson rees. máscara de venturi. sistema circular com manga pediátrica. máscara de venturi. Fármacos: .Circuitos Ventilatórios: de bain. filtro. Fármacos: . Notas: Existe carro de anestesia e frigorífico com relaxantes. sistema circular com manga pediátrica.Indutor: pentotal. sistema circular com manga de adulto/pediátrica. etomidato. . Biópsia Muscular Localização: Piso 7. jackson rees. . máscara laríngea. Dermatologia Localização: Piso 1. guedell. Braquiterapia Material: .Anestésico Inalatório: sevoflurano. Enf. Material: .Permeabilização da Via Aérea: máscara laríngea. máscara de ambú.Circuitos Ventilatórios: de bain. aspirador. máscara de ambú. . Material: . filtro. guedell. Serviço de Neurologia. máscara laríngea.Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal.Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal.Analgésico: paracetamol supositório.Anestésico Inalatório: sevoflurano. máscara de ambú. Serviço de Radioterapia. propofol. . Notas: É necessário levar carro de anestesia (com balas de O2 extra) e de apoio. . copa. Localização: Piso 1.Anestésico Inalatório: sevoflurano. .Hidrato Cloral a 20%. é necessário levar carro de apoio.Circuitos Ventilatórios: de bain. Fármacos: .Analgésico: paracetamol supositório. guedell. . guedell. aspirador. . Notas: É necessário levar carro de anestesia (com balas de O2 extra) e de apoio. filtro. copa.Permeabilização da Via Aérea: máscara laríngea. aspirador. aspirador. Nuno Tavares Lopes 11 12 Enf. sistema circular com manga de adulto. máscara de venturi. Nuno Tavares Lopes . jackson rees. filtro.

.Catéter de Pressão Venosa Central: se possível utilizar Kit Duplo de Artéria. Notas: É necessário levar mala e verificar material de entubação e introduzir relaxantes musculares. máscara de venturi.Opiáceo: alfentanil. filtro. Fármacos: .Circuitos Ventilatórios: de bain. succinilcolina. . . etomidato.Relaxante: vecurónio. etomidato. Material: . Material: .Preparar Kit de Artéria: com balão flexível de SF → 500cc com 500 UI de heparina (1cc de heparina + 9cc de SF e retirar da diluição 1cc para o balão flexível).Preparar material para linha arterial: catéter arterial + sistema de linha arterial (expurgado.Analgésico: paracetamol EV.Indutor: pentotal.Permeabilização da Via Aérea: máscara de ambú.Anestésico Inalatório: sevoflurano. . carro de apoio.Na canalização de veia periférica colocar prolongamento de 100cm com 3 torneiras. ANEURISMAS/POLITRAUMATIZADOS Notas: exige mobilização cuidada e minuciosa.Opiáceo: fentanil. sistema circular com manga de adulto. . . . . máscara de venturi. aspirador. Angiografia Localização: Piso 2. . . alfentanil.Permeabilização da Via Aérea: entubação oro-traqueal. Material: . Fármacos: . heparinizado – 1cc de heparina + 9cc de SF e retirar da diluição 1cc para o balão flexível – e com manga de pressão). frigorífico com relaxantes e manga de pressão para linha arterial com respectivo suporte. rocurónio. Serviço de Imagiologia. guedell.Indutor: pentotal.Catéter Central 2/3 vias.Coluna de 4 seringas em suporte e urimeter. Notas: Existe carro de anestesia. atracurium. atracurium. Enf. Serviço de Psiquiatria. . Nuno Tavares Lopes 13 Enf. 8. aspirador . rocurónio. Nuno Tavares Lopes 14 . . propofol. propofol.Relaxante: vecurónio.Indutor: pentotal.Relaxante: succinilcolina.Anestésico Inalatório: sevoflurano. propofol. .Circuitos Ventilatórios: ambú. fentanil. ElectroConvulsivoTerapia C T Localização: Piso 4. máscara de ambú. succinilcolina. guedell.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Fármacos: . . .

º Sonda: 04 05 06 08 10 12 14 14 Material . . . .Estetoscópio. tubo ET. ASPIRAÇÃO DE SECREÇÕES Relação TET – Sonda de Aspiração N. pinça de magyll (pequena grande). estéreis.: 50mg atracurium em 50cc SF. . 2 tempos → secreções espessas brônquios. no entanto há situações em que não se utilizam as aminas. de Miller) de vários tamanhos. 11.: 200-400mg em 50cc de SF ou Dextrose 5%.Ambú e Ventilador.Soros aquecidos.º TET: 2 3 4 5 6 7 8 8. . .Aspirador. Nota: no doente politraumatizado a abordagem é a mesma. guedell.Perfusão de Dopamina: ex.Ventimask / óculos nasais → O2 N. . seringa com ar. .Ampola de 10cc de SF (3-5cc: adultos / 0.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Fármacos: . 10.Carro de urgência. . seringa. . 12.: 250mg em 50cc de SF ou Dextrose 5%. . AUSCULTAÇÃO PULMONAR .Aspirador. .Aspirador e sondas de aspiração com controle em Y.Perfusão Curarizante: ex.Sibilos: agudos. .Ambú.Perusão de Dobutamina: ex.Estetoscópio. . .5-1cc: crianças).Sangue identificado e tipado: para transfundir antes da cirurgia.Adesivo e luvas.Carro/saco de urgência. máscara e filtro. ENTUBAÇÃO ENDOTRAQUEAL Material . .Dinitrato Isossorbido: ex.Luvas e compressas estetoscópio. 16 Enf.Laringoscópios e lâminas (Macintosh. 15 Enf. EXTUBAÇÃO 9. água destilada.5 Material . vetilador.Roncos: graves. condutor. . Nuno Tavares Lopes -Ambú para hiperoxigenar e libertar secreções muito espessas. Nuno Tavares Lopes . Mc Coy.: 20mg em 20cc. 2 tempos → obstrução pequenos brônquios.

hipersensibilidade. ventilação mecânica.Seringa de 20 ou 50cc. hipotensão arterial grave. ENTUBAÇÃO NASOGÁSTRICA Calibres -Neonato: 6. MONITORIZAÇÃO ECG Frequência (bat/min) -Neonato: 120–150. EET. . supra-ventriculares com resposta ventricular rápida. Grupo Terapêutico: anti-arrítmico. cabo de ECG e eléctrodos. SF. -Pediátrico: 10. 15. heparina.Onda T: repolarização ventricular. . Contra Indicações: cardiopatia isquémica. Enf. . Contra Indicações: hipersensibilidade. Incompatibilidade: diazepam. bloqueadores neuromusculares não Diluição: SF. broncodilatador. 20. 16. Amiodarona 14. . 18. 17 Enf. Atracúrio e Cisatracúrio (para dtes com história de anafilaxia) Material . . -Adulto:14. ampicilina. hemostático local. 8. Indicações: paralisia dos músculos esqueléticos. bicarbonato.Material de tricotomia. Diluição: dextrose 5% em água.Álcool 70% e compressas.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia 13. ranitidina. miastenia.Complexo QRS: despolarização ventricular. cimetidina. .Adulto: 60–100. . . bicarbonato. 12. .Estetoscópio. Incompatibilidade: aminofilia. broncodilatador. Indicações: arritmias ventriculares assintomáticas e incapacitantes. . Indicações: prolonga anestesia local por infiltração. hipo e hipercaliémia. gravidez e lactação. neuromusculares.Onda P: despolarização auricular. Contra Indicações: bloqueio AV 2º/3º grau e bradicardia. Diluição: dextrose 5% em água. HTA. SF. disfunção da tiróide.Gel lubrificante. choque e PCR. Material . Ondas . tiopental. Nuno Tavares Lopes doenças 18 . hipertiroidismo. doença pulmonar ou hepática grave. cefazolina. Incompatibilidade: aminofilina.Luvas e adesivo.Pediátrica: 100–120. taquicardia associada à síndrome de Wolff-parkinson-white.Sondas nasogástricas e clampe. Nuno Tavares Lopes Grupo Terapêutico: despolarizantes. FÁRMACOS Adrenalina Grupo Terapêutico: vasopressor. asmáticos. 14.Monitor.

Incompatibilidade: aciclovir. organofosforados. diazepam. doenças suicidas. Incompatibilidade: desconhecidas. relaxamento musculo-esqueléticos. KCl. lactato de ringer. doença cardíaca (arritmias). ligeira anestesia/amnésia. feocromocitoma. Incompatibilidade: atracúrio. Contra Indicações: hipersensibilidade ao fármaco ou solução lipídica. Diluição: SF. idosos. Fentanil Dobutamina Grupo Terapêutico: agente inotrópico. epilepsia. anticonvulsivante. gravidez. Diluição: dextrose 5% em água. SF. idosos e debilitados. doença pulmonar ou hepática. Indicações: indução de anestesia geral. gravidez e lactação. coma. Diluição: dextrose 5% em água. sufentanil. Indicações: ↑ DC. Contra Indicações: hipersensibilidade. Indicações: sedação pré-operatória. morfina. Contra Indicações: taqui-arrítmia. diabetes. antiarrítmico. Dopamina Grupo Terapêutico: agente inotrópico e cardiotónico. glaucoma. Nuno Tavares Lopes 20 . tiopental. Diluição: dextrose 5% em água. SF. insuficiência renal grave. estenose sub-aórtica hipertrófica ideopática. glaucoma. Etomidato Grupo Terapêutico: indutor de anestesia geral. EAM. Grupo Terapêutico: analgésico opióide (agonistas). 19 Enf. antimuscarínico. Diluição: SF. ↑ PIC. bicarbonato. Diluição: SF. depressão do SNC. Contra Indicações: hipersensibilidade. gravidez. hipotiroidismo. Incompatibilidade: tiopental. EET. decorrente da ↓ da contractibilidade por doença cardíaca ou intervenção cirúrgica. Contra Indicações: hemorragia aguda. Indicações: suplemento anestésico para anestesia geral.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Atropina Grupo Terapêutico: anticolinérgico. tumores do SNC. insulina. relaxante muscular. crianças. assistolia. RN e crianças com idade inferior a 6 meses. Incompatibilidade: tiopental. analgesia pré e pós-operatória. Contra Indicações: hipersensibilidade. lactação e crianças < 2 anos. lactato de ringer. gravidez. Indicações: bradicardia sinusal. taquicardia 2ª por ICC. insulina. hipovolémia. controle da síndrome de privação alcoólica. Indicações: controlo a curto prazo da IC. disfunção hepática. lactação. hipnótico. alcoolismo. sedativo/hipnótico. melhoria da circulação renal. choque que não cede à reposição de volémia. Incompatibilidade: aminofilina. heparina. dextrose 5% em água ou SF. suplemento da anestesia regional/local. Diazepam Grupo Terapêutico: ansiolítico. SF. dextrose 5% em água ou SF. Nuno Tavares Lopes Enf. ↑ TA. indução/manutenção de anestesia. hipersensibilidade. gravidez e lactação. propofol.

Contra Indicações: hipersensibilidade não administrar conjuntamente com relaxantes musculares despolarizantes (suxantemónio). estreptomicina. retenção urinária (miastenia grave pseudo-paralítica). Contra Indicações: hipersensibilidade. Indicações: arritmias ventriculares agudas. Noradrenalina Grupo Terapêutico: vasopressor. derivados do sangue. dextrose 5% em água. lactato de ringer. Contra Indicações: hipersensibilidade. bicarbonato. Incompatibilidade: não identificada. bloqueio AV avançado. gravidez. Diluição: sem diluição. ↑ PIC. Indicações: antagonista dos relaxantes musculares não despolarizantes. bicarbonato. Contra Indicações: epilépticos. Enf. hipertiroidismo. Diluição: SF. Diluição: SF. Nuno Tavares Lopes . antecedentes de convulsões. Indicações: reversão completa ou parcial dos efeitos das benzodiazepinas. dextrose 5% em água. Incompatibilidade: aminofilina. glaucoma. Indicações: vasoconstrição e estimulação após choque. Indicações: reversão da depressão respiratória e do SNC por suspeita de sobredosagem de opiáceos. Naloxona Grupo Terapêutico: antagonista dos opiáceos. doença cardiovascular e hipovolémia. omeprazol. obstipação atónica. sobredosagem com antidepressivos cíclicos. Incompatibilidade: bicarbonato. anestésico local. lactato de ringer. Nuno Tavares Lopes 21 22 Enf. Contra Indicações: gravidez. cefuroxima. gravidez e lactação. Neostigmina Grupo Terapêutico: anticolinesterásico. gravidez e lactação. anestésico local e de infiltração. tiopental. choque. Incompatibilidade: não identificada. derivados de sangue. doença pulmonar. doentes com obstipação mecânica do intestino ou do tracto urinário. indução. lactação e RN de mães narcótico-dependentes. ICC. Incompatibilidade: ampicilina. Contra Indicações: hipersensibilidade. Incompatibilidade: fenitoína. hipoxémia e hipercápnia graves.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Flumazenil Grupo Terapêutico: antídoto (antagonista das benzodiazepinas). Lidocaína Grupo Terapêutico: antiarrítmico. Indicações: sedação pré-operatória. gravidez. trombose vascular. Diluição: SF. Diluição: dextrose 5% em água. dextrose 5% em água. lactação. lidocaína. atonia intestinal pósoperatória. sedação em doentes ventilados ou em UCI. traumatismo craneano. doença cardiovascular.1mg/ml) Grupo Terapêutico: (benzodiazepinas). ansiolítico. dextrose 5% em água ou SF. insuficiência renal. doente narcótico-dependentes. Midazolam (diluir 1cc até 5cc de SF. doença hepática grave. hipertensão. sedação de curta duração e amnésia pós-operatória. dentes renais. sedativo/hipnótico Diluição: SF. furosemida. dexametasona.

dislipidémia. história de hipertensão maligna. miopatias (↑ CPK). dextrose 5% em água. rigidez muscular.Alterações do pulso e TA. furosemida. crianças e adolescentes. vancomicina. inicio e manutenção de sedação prolongada por perfusão contínua. náuseas. Nuno Tavares Lopes Sinais de Alarme de Toxicidade Anestésica . Octeótrido: Hormona hipotalâmica. hipovolémia. Incompatibilidade: atracúrio. anti-emético Rocurónio Grupo Terapêutico: despolarizante) bloqueador neuromuscular (não Diluição: SF. barbitúricos. Contra Indicações: hipertensão intracraneana. riso. ↓ dor préoperatória. derivados do sangue. EET. Incompatibilidade: soluções alcalinas. gravidez e lactação. doença hepática e/ou vias biliares. Fármacos Pré-Anestésicos Nome Suxametónio Grupo Terapêutico: relaxante muscular de acção periférica (despolarizante). Indicações: indução de anestesia geral. hidrocortisona. Efeitos Desejáveis Efeitos Indesejáveis depressão respiratória. . diazepam. Enf. Nuno Tavares Lopes 23 24 . logo deve limpar-se o sistema e a torneira. vómitos. ↑ relaxamento calma. analgesia. verborreia. Incompatibilidade: amoxicilina. Indicações: relaxamento do músculo esquelético (EET. ↑ relaxamento Benzodiazepinas (midazolam) Neurolépticos Analgésicos (fentanil. miastenia. Tiopental: precipita com muitos fármacos. hipercaliémia. lactato de ringer. doença cardiovascular.45%. ↓ motilidade gástrica tonturas e cefaleias depressão respiratória. Diluição: sem diluição. cefazolina. . tiopental. haemaccel. dexametasona. droperidol) ↓ ansiedade. choro. Contra Indicações: hipersensibilidade. paraplégicos.Contracções.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Propofol Grupo Terapêutico: anestésico geral. obesidade.Excitabilidade. Enf. Diluição: dextrose 5% em água ou em SF 0. técnicas rápidas. insuficiência renal. hipotensão Narcóticos (morfina) ↓ ansiedade.Dificuldade respiratória. Indicações: adjuvante de anestesia geral. endoscopias. glaucoma ou lesões profundas dos olhos. apatia. . . danos no SNC. ECT) e nos partos por cesariana com anestesia geral. insuficiência hepática. Contra Indicações: hipersensibilidade. lactato de ringer. relaxamento muscular. hipersensibilidade à gema de ovo e óleo de soja.Palidez. nafciclina. ↓ actividade motora. facilita complacência durante a ventilação mecânica.

Músc. Ocular Secreçã o Lacrimal Reflexo Palpebra l Reflexo Córneo Reflexo Faríngeo Reflexo Laríngeo Reflexo de Tosse Trabalho Cardíaco s/a ↑ ↑ nenhum nenhum nenhum nenhum ↓ ↓ ausente presente presente ausente ausente ausente ausente ausente presente presente presente ausente ausente ausente ausente Índice de trabalho sistólico ventrículo esquerdo Resistência vascular sistémica 45 a 60 ausente 900 a 1400 150 a 250 ausente ausente ausente Resistência vascular pulmonar ↑ ↓ TA s/a ↑ normal normal ↓ ↓ ↓ PVC s/a ↑ s/a ↑ 25 Enf.↓ s/ movim. respirat. Cardíaca Débito Cardíaco Referência 60 a 90 5a6 2.2 60 . VÁRIOS Quadro Descritivo das Fases da Anestesia Items Fase I mantida. diafrag. Esquel. perdida ausente ausente ausente ausente ausente Item Freq.90 40 a 65 Respira. Nuno Tavares Lopes 26 .Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia 16. s/a ou ↑ irregular rápida irregular regular regular. Nuno Tavares Lopes Enf. músc.8 a 4. ↓ percepçã o Tabela de referências hemodinâmicas Fase II Fase III Plano I Plano II Plano III Plano IV Fase IV Consci. tónus normal tónus ↑ peque. 1:2 diafragm. relaxado s contraída s grandes músc. s/ toráccica. relaxado s semidilatadas relaxame nto completo relaxame nto completo Pupilas reactivas dilatadas dilatadas dilatadas Índice Cardíaco Volume Sistólico Índice Sistólico Movim.

005 Alfentanil 0.5 Arilcicloexilaminas Cetamina Etomidato Propofol Imidazólicos Alquifenóis 27 Enf.05 Opióides Sufentanil 0.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Suporte Básico de Vida Indução e alterações hemodinâmicas Indução Grupo Droga PA M ↓ ≡ ≡ ≡ ≡ ↓ ↑ ≡ ↓ FC ↑ ≡ ↑ ↓ ↓ ↓ ↑ ≡ ↑ Entubação PA M ↑ ↑ ↑ ≡ ≡ ≡ ↑ ↑ ↑ FC ↑ ↑ ↑ ≡ ≡ ≡ ↑ ↑ ↑ (30 Barbitúricos Benzodiazepínicos Tiopetal Diazepam Midazolam Fentanil 0. Nuno Tavares Lopes 28 . Nuno Tavares Lopes Enf.

↓FC Enf.5 = 3mg Tabela de Fármacos Massagem do seio carotídeo .Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Suporte Avançado de Vida Adrenalina 1mg – 3/3min Atropina 6 x 0. Nuno Tavares Lopes 30 . Nuno Tavares Lopes 29 Enf.

»Classe II: Palato mole. Resposta Verbal. Obedece a comandos Localiza a dor Retira à dor Flecte à dor Extensão à dor Nenhuma (6) (5) (4) (3) (2) (1) »Classe I: Palato mole. Orientada Confusa Inapropriada Incompreensível Nenhuma (5) (4) (3) (2) (1) 3. Abertura Ocular. Espontânea Ao comando À dor Nenhuma (4) (3) (2) (1) 2. úvula e fauces. »Classe IV: Palato duro. Nuno Tavares Lopes Enf. Resposta Motora.Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Classificação de Mallampati Escala de Coma de Glasgow 1. pilares e fauces. 31 Enf. »Classe III: Palato mole e base da úvula. Nuno Tavares Lopes 32 . úvula.

Nuno Tavares Lopes Enf.Atropina 1mg EV (repetir se necessário até 0. Nuno Tavares Lopes . Escala de Coma de Glasgow: 1. C. Abertura Ocular. . 2. Normal Superficial (1) (0) Protocolo 3 Corticóide (hidrocortizona) + Antihistamínicos (hidroxizina) C.Elevar membros inferiores. . Frequência Respiratória (mpm).3cc (1-10 000 EV). pode repetir. B. . Esforço Respiratório.Senão responder – Adrenalina 0.Oxigénio por ventimask 10 L/min. Pressão Arterial Sistólica (mmHg). Enchimento Capilar. Protocolo 1 Corticóide (metilprednisolona) + Antihistamínicos (hidroxizina) Protocolo 2 Corticóide (metilprednisolona) B. Resposta Verbal. 3. .Elevar membros inferiores.Fluidoterapia endovenosa.Oxigénio por ventimask 10 L/min.04mg/Kg peso).Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia REACÇÕES ALÉRGICAS Escala de Trauma Protocolo de Pré-Medicação A.Fluidoterapia endovenosa. . >90 70 – 90 50 – 69 <50 Sem pulso carotídeo (4) (3) (2) (1) (0) Terapêutica das Reacções Alérgicas Hipotensão (isolada) . 34 33 Enf. Reacção Vagal (hipotensão e bradicardia) E. 10 – 24 25 – 35 >35 <10 0 (4) (3) (2) (1) (0) A. Normal >2 seg Nenhum (2) (1) (0) . D. Resposta Motora. .

.Nitroglicerina: 0.Ligeira: observação e antihistamínicos H1 (hidroxizina). 1ml (0. Livro de Bolso de Anestesiologia . .Nifedipina 10mg PO ou SL. 1ml (0.Adrenalina : . .Oxigénio por ventimask 10 L/min.1mg).Broncoespasmo (isolado) . . 2ml EV). lento em 2-5min. repetir 5-15 min depois. Nuno Tavares Lopes 35 Enf.Nitroglicerina: SL.5 SL.Fluidoterapia endovenosa muito lenta.Antihistamínicos: H1 (clemastina. . .5mg / Tópica. proteger a língua com tubo orofaríngeo. 1:1000: 0. .Oxigénio por ventimask 10L/min.Grave: antihistamínicos H1 (clemastina 2ml EV) + fluidoterapia EV (SF e lactato de ringer) + adrenalina 1:10 000 EV.Fluidoterapia EV (SF ou Lactato de Ringer).Oxigénio por ventimask 10 L/min.Elevar membros se TA ↓.Fluidoterapia endovenosa lenta (SF ou lactato de ringer).Aspirar via aérea se necessário.Adrenalina 1:10 000 EV. Livro de Bolso de Anestesiologia Angor . .2ml (0. . Edema Laríngeo .Oxigénio por ventimask 10 L/min.Proteger o doente. 1:10 000. .Corticóides: hidrocortizona 100-250mg EV ou metilprednisolona 250mg a 1g. . Convulsões .Salbutamol inalador. .1-0.1mg) lento + antihistamínicos H2 (ranitidina ou cimetidina) 36 Enf.Oxigénio por ventimask 10 L/min.se broncoespasmo progressivo e/ou ↓ TA EV. H2 (ranitidina. Urticária .Adrenalina 1:10 000 EV. . . . 1ml (0.2mg). 12mg/Kg ou cimetidina 300mg EV). EV lento. Reacção Anafilactóide .se TA normal e broncoespasmo mantido SC.1mg) lento em 2-5min. 1ml (0.Aspirar secreções. Nuno Tavares Lopes .1-0. .Oxigénio por ventimask 10 L/min.1mg) lento em 2-5min.discos de 5 ou 10mg. .0. HTA .Diazepam 5mg. .

Gluconatos e Sulfatos Esmolol Bólus 1 amp. em 100cc Dextrose Bólus Heparina 1 a 2 cc . em 50cc SF Aminofilina Diluído em 100cc de SF Bólus Perfusão 1 amp. em 100cc SF Propanolol 1cc até 10cc de SF Bólus Bólus 10 ou 20cc de SF Tenoxicam Diluir até 10cc de SF Bólus Bólus Em 100cc de SF Tramadol Diluir até 100cc de SF Bólus Perfusão 5mg Bólus 1cc até 10cc de SF Salbutamol 1mg directo e lento Perfusão Bólus Dobutamina Dopamina Noradrenalina Bólus Midazolam Diluído em 50cc SF 1cc até 5cc de SF Bólus Perfusão 1cc até 20cc de SF Adrenalina 1cc até 10cc de SF Bólus Ampicilina Cada 1g em 20cc de SF Bólus Diazepam Metilprednisolona (500mg) Isoprenalina 1cc até 5cc de SF – Indução 2cc até 10cc de SF – Ansiedade Bólus Diluir em 10cc de SF Perfusão Diluir em 250cc de SF Netilmicina 150mg em 100cc de SF Bólus Meropenem 1g em 100cc de SF Bólus Perfusão Gentamicina Variável 37 1amp.Bólus Perfusão 1 amp. em 100cc de SF 38 .Vascular Bólus Adenosina Rápido com SF Digoxina Diluído em 100cc de SF Bólus Ácido Aminocapróico Acetilsalicilato de Lisina Cloretos. em 50cc Dextrose Dinitrato Isossorbido Bólus Perfusão Variável Perfusão Variável Amiodarona 2 amp.

Bólus Clindamicina Diluir em Dextrose Bólus Flucoxacilina 1g em 10cc de SF Vancomicina Claritromicina Eritromicina Bólus Diluir em água Administrar em balão de 250cc SF 39 .

antiarrítmicos e antimuscarínicos) Dexametasona Glucocorticóides Corticosteróides Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica Diazepam Ansiolíticos. antipirético. Analgésicos e antipiréticos Anti-inflamatório não esteróide sistémico. relaxamento musculo-esquelético. ECT. Clemastina Anti-histamínicos Anti-alérgico. Bloqueador neuromuscular para paralisia dos músculos esqueléticos. profilaxia da paragem cardíaca e choque. Analgésico e antipirético Analgésico. tais como a asma aguda e crónica. do enfarte do miocárdio e da nefropatia diabética. asmáticos. Bloqueador neuromuscular para paralisia dos músculos esqueléticos. antiinflamatório e inibidor da adesividade plaquetar. para o tratamento da obstrução reversível das vias aéreas. 41 . arritmias ventriculares assintomáticas e incapacitantes. espasmos da musculatura lisa. habitualmente. organofosforados. ligeira anestesia/amnésia. estados Cetorolac Amiodarona Antiarrítmicos (prolongadores da repolarização) Arritmias supraventriculares com resposta ventricular rápida. EET. taquicardia associada ao síndrome de Wolf-ParkinsonWhite. ventilação mecânica. EET. broncodilatador. anticonvulsivantes e relaxantes musculares 40 Sedação pré-operatória. Bisoprolol Brometo de Ipatrópio Brometo de Rocurónio Anti-hipertensores (bloqueadores beta selectivos cardíacos) Crises hipertensivas. Anestésicos gerais Anestesia geral. da insuficiência cardíaca congestiva.reduz convulsões) e nos partos por cesariana com anestesia geral. apenas são sensíveis aos analgésicos narcóticos. EET. Atropina Besilato de Cisatracúrio Parassimpaticolíticos (anticolinérgicos. ventilação mecânica. analgesia cirúrgica ou neuroleptanalgesia. endoscopias. Quando utilizado em simultâneo com agonistas beta inalados. ventilação mecânica. assistolia. incluindo as que. Bloqueio da condução de longa duração ou anestesia epidural quando a adrenalina está contra indicada e não é necessário um relaxamento muscular potente. bronquiectasias. antipruriginoso. Bupivacaína Anestésicos locais Simpáticomimético com acção cardíaca e vascular Hemostático. Clonixina Cloreto de Suxantemónio Desflurano AINE’s Sindromas dolorosas. Atenolol Anti-hipertensores (bloqueadores beta selectivos cardíacos) Crises hipertensivas. algias diversas. Acetilsalicilato de Lisina Ácido Acetilsalicílico Ácido Aminocapróico Adrenalina Anticolinérgicos (antibronquíticos vago-selectivos) Analgésico e antipirético Dores e hipertermia. Amlodipina Anti-hipertensores (bloqueadores dos canais de cálcio) Crises hipertensivas e profilaxia da isquémia. Relaxamento do músculo esquelético (EET. Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica (não despolarizante) Antifibrinolítico Hemostático. Atenua o esforço de expectoração e facilita manobras de broncoaspiração em anestesia e no pós-operatório. sedativos/hipnóticos. Bradicardia sinusal. Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica (despolarizante) Atracúrio Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica Bloqueador neuromuscular para paralisia dos músculos esqueléticos. Anestesia por infiltração para efeito prolongado. prolongamento da anestesia local por infiltração. no tratamento da dor pós-operatória. Tratamento da hipertensão. bronquite asmática e crónica.Acetilcisteína Fluidificante e expectorante Enfisema. controle da síndrome de privação alcoólica. Captopril Anti-hipertensores (inibidor da enzima de conversão da angiotensina) Aminofilina Antiasmático (xantinas) Asma brônquica.

hipnóticos Indução EET. prurido e medicação em cirurgia. Furosemida Diuréticos (da ansa) Edemas e hipertensão arterial. Etomidato Anestésicos gerais. pré- Esmolol Anti-hipertensores (bloqueadores beta selectivos cardíacos) Crises hipertensivas. náuseas e vómitos. Vasodilatadores (antianginosos) Angina pectoris instável e vasospástica. Dopamina Simpaticomiméticos (com acção cardíaca e vascular) Hipertensor para estados de shock de qualquer etiologia. dinamizador sistema cardiocirculatório.Diclofenac AINE’s Anti-reumatismal. anticoagulante no enfarte do miocárdio. Dobutamina Simpaticomiméticos (com acção cardíaca e vascular) Fenobarbital Fentanil (alfenta e sufenta) Flumazenil Antiepilépticos e anticonvulsivantes Profilaxia da ECT. Fenilefrina Descongestionantes nasais (contendo vasoconstritores) Descongestionante nasal. e anti- Hidroxizina Ansiolíticos. cirurgia a coração aberto. Anticoagulantes Profilaxia da doença tromboembólica. Narcóticos Antídoto das benzodiazepinas. tromboses venosas profundas. agente antiinflamatório e analgésico. Droperidol Neurolépticos Intervenções de longa duração. ICC. adjuvante de anestesia geral e local. Etilefrina Simpaticomiméticos (com acção cardíaca e vascular) Hipotensão sintomática ortostática. 43 . ICC. analgésico em anestesia geral com EET e loco/regional. hipertensão renovascular. Antes do tratamento com a dopamina a hipovolémia deve estar corrigida. Indapamida 42 Diuréticos (osmóticos) Hipertensão e edemas. sedativos e hipnóticos Ansiedade. choque séptico e choque cardiogénico. agudo. Suporte inotrópico no tratamento da insuficiência cardíaca associada com enfarte de miocárdio. ENT. Analgésicos narcóticos Neuroleptanalgesia. hemodiálise. embolia pulmonar aguda. hipertensão renovascular. enfarte agudo do miocárdio e insuficiência cardíaca esquerda aguda. Heparina Efedrina Cardiotónico Crises hipertensivas. sem perda de Hidroclorotiazida Anti-hipertensores (inibidor da enzima de conversão da angiotensina) Hipertensão essencial. Hidrocortizona Glucocorticóides Corticosteróides Epinefrina Relaxantes musculares de acção central e outros Anti-reumatismal traumático. Espironolactolona Diuréticos (poupadores de potássio) Diurético potássio. ou do Diltiazem Dinitrato Isossorbido Anti-hipertensores (bloqueadores dos canais de cálcio) Crises hipertensivas e gota. Domperidona Antieméticos e antivertiginosos Dispepsia. Enalapril Anti-hipertensores (inibidor da enzima de conversão da angiotensina) Hipertensão essencial. da anestesia geral. cardiomiopatias.

sedativos e hipnóticos Para sedação pré-operatória. em doenças crónicas malignas e no EAM. Nimesulida AINE’s Anti-inflamatório. analgésico pós-operatório e antipirético.Isoflurano Anestésicos gerais Anestesia geral. técnicas rápidas. Infiltração local (regional e percutânea). Antagonista dos relaxantes musculares ñ despolarizantes. coronário e Protamina Heparinas Antídoto para tratamento das sobredosagens com heparina. Antídoto para reversão da depressão respiratória e do SNC por suspeita de sobredosagem de opiáceos. 44 45 . analgesia cirúrgica ou neuroleptanalgesia. caudal e lombar) e periférico. indução. Noradrenalina Simpaticomiméticos (com acção cardíaca e vascular) Vasoconstrição e estimulação após choque. dor no pré e pós-operatório. Analgésicos e antipiréticos anilídicos Analgesia e piréxia. Naloxona Narcóticos Propofol Anestésicos gerais Indução de anestesia geral. Nifedipina Anti-hipertensores (bloqueadores dos canais de cálcio) Tratamento hipertensão. Oxibuprocaína Anestésicos locais Nas pequenas cirurgias para extracção de corpos estranhos e nas observações oftalmológicas. obstipação atónica. Mepivacaína Anestésicos locais Omeprazol Antiulcerosos (inibidores da bomba de protões) Antiulceroso Metildopa Anti-hipertensores (antiadrenérgicos de acção central) Hipertensão arterial: moderada e grave. sedação de curta duração e amnésia pósoperatória. dinamizador do sistema cardiocirculatório. bloqueio nervoso central (epidural. anestesia regional. anestesia eperidural. dinamizador sistema cardiocirculatório. Metilprednisolona Metoclopramida Glucocoticóides Corticosteróides Oxiefedrina Vasodilatadores Insuficiência coronária. Isoprenalina Simpaticomiméticos (com acção cardíaca e vascular) Hipotensão sintomática ortostática. Neostigmina Parassimpáticomiméticos e anticolinesterásicos Propanolol Anti-hipertensores (bloqueadores beta não selectivos cardíacos) Crises hipertensivas. Midazolam Prednisolona Glucocoticóides Corticosteróides Morfina Analgésicos narcóticos Propacetamol Analgésicos e antipiréticos anilídicos Tratamento sintomático de curta duração da dor e febre. ligeira. angina de peito e EAM. Antieméticos e antivertiginosos Náuseas e vómitos Paracetamol Ansiolíticos. ou do Nitroglicerina Antianginosos Vasodilatadores Lidocaína Anestésicos locais Anestesia local por infiltração. bloqueios nervosos. atonia intestinal pós-operatória. sedação em doentes ventilados ou em UCI. inicio e manutenção de sedação prolongada por perfusão contínua. retenção urinária (miastenia grave pseudo-paralítica). Tratamento de processos dolorosos de grave intensidade.

esofagite de refluxo. endoscopias. Verapamil Anti-hipertensores (bloqueadores dos canais de cálcio) Tratamento hipertensão. nos pós-operatórios. úlcera duodenal associada a infecção por Helicobacter pylori. incluindo a úlcera associada a AINE’s. controlo da dor aguda e analgesia em pediatria. traumatismos. Vasodilatadores Tiopental Anestésicos gerais Tramadol Analgésicos Trinitrato Glicerilo Vecurónio Antianginosos Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica Bloqueador neuromuscular para paralisia dos músculos esqueléticos. hipnose e no controlo de estados convulsivantes. EAM. problemas circulatórios. ECT) e nos partos por cesariana com anestesia geral. Remifentanil Analgésico narcótico Ropivacaína Anestésicos locais Anestesia cirúrgica. alívio do refluxo gastro-esofágico. Situações dolorosas de média e alta intensidade de carácter agudo e crónico tais como: tumores. dor no pré e pós-operatório. da Antiulcerosos Antiulceroso Curarizantes e relaxantes musculares de acção periférica (despolarizantes) Relaxamento do músculo esquelético (EET. Salbutamol Antiasmáticos (adrenérgicos) Crises asmatiformes broncospasmos. úlcera pós-operatória. coronário e Ranitidina Antiulcerosos (antagonistas dos receptores H2) Úlcera duodenal e úlcera gástrica benigna. hipertensão renovascular. em neurocirurgia reduz a PIC. EET.Ramipril Anti-hipertensores (inibidor da enzima de conversão da angiotensina) Hipertensão essencial. e Sevoflurano Sucralfato Suxantemónio Anestésicos gerais Indução e manutenção anestesia geral. Indução da anestesia geral ou para a produção de anestesia completa de curta duração. ventilação mecânica. ICC. 46 47 . síndrome de Zollinger-Ellison Tratamento de processos dolorosos de grave intensidade. inflamações.

Compressas. penso.Adesivo. . lâmina de bisturi. 1 seringa de 5cc + 1 agulha IM.9%.Campo (trouxa com 2 panos). solução dérmica de iodopovidona. . Nuno Tavares Lopes 49 . . . . . .Campo (trouxa com 2 panos) + bata + luvas + 2 taças pequenas (Iodopovidona e SF) + luvas + compressas. .Imobilizar mão com rolo. Cloreto de Sódio 0. Glucose a 5% em Água e Polielectrolítico Indicações: desidratação Contra Indicações: não utilizar em AVC isquémicos agudos Cloreto de Sódio 20%. .para a artéria/outro.Livro de MATERIAL PARA LINHA ARTERIAL Bolso de Anestesiologia Cloreto de Sódio Indicações: hipernatrémias graves Livro de Bolso de Anestesiologia .Seda 2/0 ▲ para a pele.Catéter arterial (seldinger ou B. lâmina de bisturi. .Soros para lumens médio e proximal + torneiras estéreis + prolongamentos de 25cm.Catalogar via.Catalogar a via.1 ebonite para os lixos. . .Soro heparinizado + manga de pressão + transdussor.para PVC 48 Enf. .Catéter central (triplo lúmen) + Kit de PVC. penso. luvas. Nuno Tavares Lopes Sódio Indicações: manutenção do volume de líquidos Potássio Indicações: modulação da excitabilidade e repolarização celular Cálcio e Magnésio Indicações: processos de contractibilidade muscular Cloro Indicações: acompanhante do sódio Voluven Indicações: choque hemorrágico (possui macro moléculas de eliminação lenta-16h) Gelofundina Indicações: expansor sem potássio Haemacel Indicações: expansor com potássio Enf. Soro Heparinizado: 1cc heparina+9cc SF – Retirar 1cc Lúmen Distal: para PVC Lúmens Médio e Proximal: Soros Kit duplo: prolongamento.Adesivo. .Braun G20) + Kit de artéria. . Glucose 5% em SF e Polielectrolítico Glucosado Indicações: reposição de electrólitos MATERIAL PARA CATÉTER CENTRAL E PVC .Seda 2/0 ▲ para a pele.Soro heparinizado + manga de pressão + transdussor.1 porta agulhas.

QRS alargados ou alterados Extrassístoles Ventriculares 1 ectópico: Onda P quase imperceptível e QRS alargado Bigeminismo: 1 caótico. Zona de Enfarte: onda Q Patológica Disrritmias Auriculares (Bradi. Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Enfarte Agudo do Miocárdio B. 1 normal Trigeminismo: 2 caóticos.Atropina se < 45bpm Extrassístoles Supra-Ventriculares 1 Onda P Ectópica Taquicárdia Supra-Ventricular Paroxística ↑FC (150-250bpm). achatamento de T Hipocalcémia Prolongamento de QT Enf.> 100) .G.AVALIAÇÃO DO E. Zona de Lesão: supradesnivelamento do segmento ST D. mas normal. QRS normal Flutter Auricular ↑FC (250-350bpm). ritmo irregular Hipercaliémia Onda T apiculada. Nuno Tavares Lopes 51 . se ↑ torna-se FV Taquicárdia Ventricular ↑FC (100-250bpm). 1 normal.Onda P prematura.Soco pré-cordial + lidocaína + cardioversão Fibrilhação Ventricular Sem ritmo regular. Zona de Isquémia: onda T invertida C. depressão de ST. onda “U” Hipercalciémia Encurtamento QT. Onda P imperceptível. alargamento do QRS. Onda F (dentada) Fibrilhação Auricular ↑FC (100-180/300-350) Onda P mal definida. QRS bizarro . sem onda P e QRS caótico Hipocaliémia Onda T achatada e/ou invertida. onda S profunda. sem onda P. ritmo regular. Nuno Tavares Lopes 50 Enf. . aumento do intervalo QT. achatamento ou aumeto da onda P Disrritmias Ventriculares .C.< 60 / Taqui.

e evitar hipotensões.Hemograma: 3cc.Politraumatizado PREPARAÇÃO DE FÁRMACOS Reconstituições: com água bidestilada (ex.Ionograma: 5cc.Colocar adesivo para proteger a via. antibióticos) Diluições: com SF (ex.Livro de Bolso de Anestesiologia MATERIAL PARA COLHEITA DE SANGUE EMERGÊNCIAS OBSTETRÍCIA .Coagulação: 3cc.Fractura de baço e fígado .Fazer flush para lavar a via e a torneira. Nuno Tavares Lopes 49 . DE OBSTETRÍCIA Levar relaxantes musculares.05mg/ml Sufentanil: 0. etomidato) Occitocina: em Dextrose pelo jejum prolongado . gelafundina e haemacel.ª-↓ pressão na veia cava inf. .O. . 48 Enf.Prolapso do cordão . 0 Rh Negativo PLASMA AB Rh Positivo VÁRIOS Bionector: retirar porque provoca alt.Peritonite biliar . . .Seringa de 5cc .(…) DADORES UNIVERSAIS SANGUE REGRA 1º aspirar o SF ou água bidestilada e depois o fármaco DEPOIS DE ADMINISTRAR RELAXANTE Colocar o “code” e contabilizar 2min de relaxante B.Descolamento de placenta . Em Insuficientes Renais: não utilizar haemacel porque tem potássio.005mg/ml Enf. fentanil.Gasimetria: linha arterial.s (hemólise). .Ruptura uterina .Aneurisma roto Livro de Bolso de Anestesiologia .Compressas. . elevar a grávida ligeiramente à esq.5mg/ml Fentanil: 0. Seringa de 10cc . no sangue OPIÁCEOS Alfentanil: 0. midazolam. Nuno Tavares Lopes Garrotes: MS: 1h30’ / MI: 2h00’ – administrar antibióticos antes do início do garrote.retirar 2cc antes.(…) BLOCO DE URGÊNCIA CENTRAL .

Classe IV .doença sistémica moderada c/ limitação funcional . Nuno Tavares Lopes 51 .Classe I – doente sem patologia associada . Nuno Tavares Lopes Cristalóide Cristalóide Cristalóide Colóide Cristalóide Colóide Fonte: INEM.doença sistémica grave associada a risco de vida . 2004 50 Enf.E – se o procedimento é de emergência acrescenta-se a letra E à classe de risco atribuída ao doente.30% 30 . Classificação do Choque Hipovolémico PERDA SANGUÍNEA (ml) PERDA SANGUÍNEA (%) FREQUÊNCIA CARDÍACA (pul/min) PRESSÃO ARTERIAL PREENCHIMENTO CAPILAR FREQUÊNCIA RESPIRATÓRIA (Ciclos/min) DÉBITO URINÁRIO (ml/hora) CLASSE 1 CLASSE 2 CLASSE 3 CLASSE 4 HEMORRAGIA DIGESTIVA Até 750 750 .40% >40% <100 >100 >120 >140 Normal Normal Diminuída Diminuída Normal Diminuído Diminuído Diminuído 14 .Classe III .CLASSIFICAÇÃO ASA Livro de Bolso de Anestesiologia CHOQUE ANAFILÁCTICO Livro de Bolso de Anestesiologia .30 30 .moribundo com sobrevida estimada < 24h .15 Pratica/ ausente ESTADO MENTAL Ligeira/ ansioso Moderada/ ansioso Ansioso Confuso Confuso Letárgico FLUIDOTERAPIA Cristalóide (regra 3:1) Colóide (regra 1:1) Enf.2000 > 2000 Até 15% 15 .30 5 .Classe VI – dador de órgãos em morte cerebral .20 20 .Classe V .40 >35 30 ou mais 20 .1500 1500 .Classe II –doença sistémica ligeira s/ limitação funcional .

Nuno Tavares Lopes 52 Enf. Nuno Tavares Lopes 53 .Livro de Bolso de Anestesiologia EDEMA AGUDO DO PULMÃO Livro de Bolso de Anestesiologia CONVULSÕES E ALTERAÇAO DO ESTADO DE CONSCIÊNCIA Enf.

Nuno Tavares Lopes 54 Enf.FIBRILHAÇÃO AURICULAR Livro de Bolso de Anestesiologia POLITRAUMATIZADO Livro de Bolso de Anestesiologia Enf. Nuno Tavares Lopes 55 .

REACÇÃO ANAFILÁCTICA Livro de Bolso de Anestesiologia Livro de Bolso de Anestesiologia Enf. Nuno Tavares Lopes 57 . Nuno Tavares Lopes 56 Enf.

Nuno Tavares Lopes 59 .5 F: 2.Livro de Bolso de Anestesiologia GASIMETRIA Livro de Bolso de Anestesiologia Arterial 7.5 Ca2+: 8.35 – 7.41 30 – 40 mmHg 41 – 51 mmHg 22 – 29 mEq/l 60 – 85 % 0 a +4 Na+: 135-145 K+: 3.5-5.5 Cl: 97-107 Ph alto: CO2 baixo: alcalose respiratória HCO3 alto: alcalose metabólica Ph baixo: CO2 baixo: acidose respiratória HCO3 alto: acidose metabólica Enf.45 80 – 120 mmHg 35 -45 mmHg 21 – 25 mEq/l 95 – 100 % -2 a +2 Item pH pO2 pCO2 HCO3SaO2 EB Venosa 7. Nuno Tavares Lopes 58 Enf.5-4.31 – 7.5-10.

NOTAS ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ NOTAS ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ ________________________________________________ .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->