Você está na página 1de 175

Produtos

Habitualmente
Usados em Pediatria
2008

9451e-21x18_Capa MedicamentosCS1 1 17.10.08 17:39:38


Novo NAN PRO.
Nutrição e proteção durante
o primeiro ano de vida.1-13

NAN 1 PRO – Favorece as defesas NAN 2 PRO –


imunológicas.1-5 Contribui para a proteção
do lactente no momento da
Composição única de nutrientes introdução da alimentação
que promove uma microbiota intestinal complementar.6-13
protetora com predominância As culturas de probióticos BL*:
da Bifidobacteria1-3
Prolongam a presença
Adição de LC-PUFAs (DHA e ARA) para de uma microbiota intestinal protetora6
a modulação da resposta inflamatória4
Estimulam o sistema imunológico7-10
Imunonutrientes protetores, favorecendo
a função das células imunológicas Reduzem a incidência de diarréia11-13
intestinais5
*Combinação de L. rhamnosus e B. longum.

NOTA IMPORTANTE: AS GESTANTES E NUTRIZES PRECISAM SER INFORMADAS QUE O LEITE MATERNO É O IDEAL PARA O LACTENTE, CONSTITUINDO-SE A MELHOR NUTRIÇÃO E PROTEÇÃO PARA ESTAS CRIANÇAS. A MÃE DEVE SER ORIENTADA QUANTO À IMPORTÂNCIA
DE UMA DIETA EQUILIBRADA NESTE PERÍODO E QUANTO À MANEIRA DE SE PREPARAR PARA O ALEITAMENTO AO SEIO ATÉ OS DOIS ANOS DE IDADE DA CRIANÇA OU MAIS. O USO DE MAMADEIRAS, BICOS E CHUPETAS DEVE SER DESENCORAJADO, POIS PODE TRAZER
EFEITOS NEGATIVOS SOBRE O ALEITAMENTO NATURAL. A MÃE DEVE SER PREVENIDA QUANTO À DIFICULDADE DE VOLTAR A AMAMENTAR SEU FILHO UMA VEZ ABANDONADO O ALEITAMENTO AO SEIO. ANTES DE SER RECOMENDADO O USO DE UM SUBSTITUTO
DO LEITE MATERNO, DEVEM SER CONSIDERADAS AS CIRCUNSTÂNCIAS FAMILIARES E O CUSTO ENVOLVIDO. A MÃE DEVE ESTAR CIENTE DAS IMPLICAÇÕES ECONÔMICAS E SOCIAIS DO NÃO ALEITAMENTO AO SEIO – PARA UM RECÉM-NASCIDO ALIMENTADO
EXCLUSIVAMENTE COM MAMADEIRA SERÁ NECESSÁRIA MAIS DE UMA LATA POR SEMANA. DEVE-SE LEMBRAR À MÃE QUE O LEITE MATERNO NÃO É SOMENTE O MELHOR, MAS TAMBÉM O MAIS ECONÔMICO ALIMENTO PARA O LACTENTE. CASO VENHA A SER TOMADA
A DECISÃO DE INTRODUZIR A ALIMENTAÇÃO POR MAMADEIRA É IMPORTANTE QUE SEJAM FORNECIDAS INSTRUÇÕES SOBRE OS MÉTODOS CORRETOS DE PREPARO COM HIGIENE RESSALTANDO-SE QUE O USO DE MAMADEIRA E ÁGUA NÃO FERVIDAS E DILUIÇÃO
INCORRETA PODEM CAUSAR DOENÇAS. OMS – CÓDIGO INTERNACIONAL DE COMERCIALIZAÇÃO DE SUBSTITUTOS DO LEITE MATERNO. WHA 34:22, MAIO DE 1981. PORTARIA Nº 2.051 – MS DE 08 DE NOVEMBRO DE 2001, RESOLUÇÃO Nº 222 – ANVISA – MS DE
05 DE AGOSTO DE 2002 E LEI 11.265/06 DE 04.01.2006 – PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA – REGULAMENTAM A COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS PARA LACTENTES E CRIANÇAS DE PRIMEIRA INFÂNCIA E TAMBÉM A DE PRODUTOS DE PUERICULTURA CORRELATOS.

Referências Bibliográficas: 1) Bruck WM, Kelleher SL, Gibson GR, Nielsen KE, Chatterton DE and Lonnerdal B. rRNA probes used to quantify the effects of glycomacropeptide and alpha-lactalbumin supplementation on the predominant groups of intestinal bacteria of infant rhesus monkeys challenged with enteropatogenic Escherichia
coli. J Pediatr Gastroenterol Nutr 2003; 37: 273-280. 2) Heine WE. Protein source and microflora. In Hanson LA, Yolken RH, eds Probiotics, other Nutritional factors, and Intestinal Microflora. Philadelphia: Nestlé Nutrition Services/ Lippincott-Raven. 1999:42:175-188. 3) Yazawa K, Tamura Z. Search for sugar sources for selective increase of
bifidobacteria. Bifidobacteria Microflora 1982;1:39-44. 4) Calder PC. Polyunsaturated fatty acids, inflammation, and immunity. Lipids 2001;36:1007-24. 5) Duggan C, Gannon J and Walker WA. Protective nutrients and functional foods for the gastrointestinal tract.Am J Clin Nutr 2002; 75(5): 789-808. 6) Walker WA. Role of nutrients and bacterial
colonization in the development of intestinal host defense. J Pediatr Gastroenterol Nutr 2000;30Suppl 2;S2-S7. 7) Isolauri E, Sutas Y, Kankaanpaa P,Arvilommi H, Salminen S. Probiotics: effects on immunity.Am J Clin Nutr 2001;73:444S-50S. 8) Yamazaki S,Tsuyuki S,Akashiba H et al. Immune response of Bifidobacterium-monoassociated mice.
Bifidobacteria Microflora 1991;10:19-31. 9) Namba K, Yaeshima T, Ishibashi N, Hayasawa H, Yamazaki S. Inhibitory effects of Bifidobacterium longum in enterohemorragic Escherichia coli O157:H7. Bioscience Microflora 2003;22:85-91. 10) Takahashi T, Nakagawa E, Nara T, Yajima T, Kuwata T. Effects of orally ingested Bifidobacterium longum
on the mucosal IgA response of mice to dietary antigens. Biosci Biotechnol Biochem 1998;62:10-5. 11) Guarino A, Canari RB, Spagnuolo MI, Albano F, DiBenetto L. Oral bacterial therapy reduces the duration of symptoms and viral excretion in children with mild diarrhea. J Pediatr Gastroenterol Nutr 1997;25:516-19. 12) Szajewska H, Kotowska
M, Mrukowicz JZ, Armanska M, Mikolajczyk W. Efficacy of Lactobacillus GG in prevention of nosocomial diarrhea in infants. J Pediatr 2001;138(3):361-65. 13) Vanderhoof JA, Whitney DB, Antonson DL, Hanner TL, Lupo JV, Young RJ. Lactobacillus GG in the prevention of antibiotic-associated diarrhea in children. J Pediatr 1999;135(5):564-68.

9451e-21x18_Capa MedicamentosCS2 2 17.10.08 17:39:53


Caro (a) Pediatra,

É com grande satisfação que publicamos a edição de 2008 do Manual


de Produtos Habitualmente Usados em Pediatria.

Com o objetivo de facilitar a sua prática clínica, Nestlé Nutrition uniu


as informações do tradicional Manual de Medicamentos Habitualmente
Usados em Pediatria com a composição das Fórmulas Infantis Nestlé
em uma única publicação. Acreditamos que, desta forma, estaremos
contribuindo ainda mais para a sua rotina diária.

Tenha um ótimo aproveitamento

Marília Rosado
Diretora de Nestlé Nutrition
MEDICAMENTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

NOTA
As doses e o conteúdo médico deste manual foram checadas com muita
acurácia. Todavia, muitas dosagens de drogas podem ter sido modificadas
após a publicação deste texto. Recomenda-se que sejam confirmadas as
informações dos produtos e literaturas especializadas para mudanças nas
doses, especialmente para novos medicamentos.

"É proibida a reprodução total ou parcial, por qualquer meio ou processo."


2008. Nestlé Brasil Ltda. Avenida das Nações Unidas, 12.495. São Paulo/SP (Brasil).
COORDENAÇÃO:
Prof. Dr. Fernando José de Nóbrega*

PARTICIPAÇÃO:
Dr. Manoel de Nóbrega**

*Professor Titular de Pediatria da Universidade


Federal de São Paulo - Escola Paulista de Medicina
(aposentado)
Diretor Executivo da International Society of
Pediatric Nutrition.
Coordenador do Núcleo de Ensino e Pesquisa de
Nutrição Humana do Instituto de Ensino e Pesquisa
do Hospital Israelita Albert Einstein.
Orientador do Curso de Pós-Graduação de Nutrição
da Universidade Federal de São Paulo - Escola
Paulista de Medicina (UNIFESP/EPM).

**Doutor em Ciências pela UNIFESP/EPM.


Professor Afiliado do Departamento de
Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e
Pescoço da UNIFESP/EPM.
Presidente do Departamento de
Otorrinolaringologia da Sociedade Brasileira de
Pediatria (biênio 96/98, triênio 98/2000).

A coordenação das informações sobre medicamentos


foi realizada pelo Professor Fernando José de Nóbrega
e Dr. Manoel de Nóbrega.
A coordenação das informações sobre Fórmulas
Infantis Nestlé foi realizada por Nestlé Nutrition.
MEDICAMENTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Índice
A. Relação de Medicamentos
Analgésicos e Antitérmicos ................................................... 01
Anestésico Tópico ................................................................... 07
Ansiolíticos e Hipnóticos ........................................................ 08
Antiácido ................................................................................. 09
Antibióticos ............................................................................. 10
Anticonvulsivantes ................................................................. 37
Antieméticos ........................................................................... 41
Antiespasmódicos .................................................................. 44
Antifúngicos ............................................................................ 46
Anti-helmíticos ........................................................................ 55
Anti-histamínicos .................................................................... 66
Antiinflamatórios .................................................................... 74
Antiparasitários ....................................................................... 79
Anti-tussígenos e Mucolíticos ............................................... 87
Antiviróticos ............................................................................ 92
Broncodilatadores .................................................................. 94
Ceruminolítico ......................................................................... 101
Digitálicos ................................................................................ 102
Diuréticos ................................................................................ 103
Fibrose Cística ......................................................................... 106
Hormônios ............................................................................... 107
Laxantes .................................................................................. 111
Profiláticos da Asma Brônquica ............................................ 112
Profiláticos da Rinite Alérgica ................................................ 116
Quimioterápicos Antibacterianos .......................................... 118
Surfactantes Pulmonares ....................................................... 120
Vitaminas e Ferro .................................................................... 122
B. Bibliografia .............................................................................. 131
C. Composição Nutricional das Fórmulas Infantis Nestlé ....... 133
D. Anotações ................................................................................ 165
ANALGÉSICOS •ANTITÉRMICOS
ORIGEM
NÃO OPIÁCEOS Acetominofen (paracetamol) (01)
Ácido acetilsalicílico (aspirina) (02)
Ácido mefenâmico (02)
Cetoprofeno (02, 75)
Diclofenaco (03)
Dipirona (04)
Ibuprofeno (04)
Naproxeno (05)
Naproxeno Sódico (05)
Nimesulida (06)

OPIÁCEOS Morfina (05)


Petidina, Cloridrato (06)
Tramadol (06)

1 ACETAMINOFEN (PARACETAMOL) - Genérico


POSOLOGIA: • de zero a 3 meses: 40 mg
• de 3 meses a 1 ano: 60 a 120 mg (1/2 a 1 copo-medida de 5 ml); de 1 a
6 anos: 120 a 240 mg (1 a 2 copos-medida de 5 ml); 6 a 12 anos: 240 a
480 mg (2 a 4 copos-medida de 5 ml); estas doses podem ser repetidas
até 4 vezes ao dia com intervalo mínimo de 4 horas entre elas.
• Tylenol® gotas: 1 gota por kg de peso; Tylenol® bebê: 0,10 a 0,15 ml/kg;
Tylenol® criança líquido: 0,4 ml/kg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Calpol Glaxo Wellcome gotas 24 mg/ml
Dorico Sanofi-Synthelabo gotas 200 mg/ml
comprimidos 500 e 750 mg
Pacemol Gemballa gotas 200 mg/ml
comprimidos 500 e 750 mg
Tilekin Kinder gotas 100 mg/ml
gotas 200 mg/ml
comprimidos 500 e 750 mg
Tylenol Janssen-Cilag gotas 200 mg/ml
gotas em suspensão 100 mg/ml
líquido em suspensão 160 mg/5 ml
comprimidos 500 e 750 mg

1
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

2 ÁCIDO ACETILSALICÍLICO - Genérico


POSOLOGIA: • como antipirético ou analgésico: 30 a 65 mg/kg/dia, de 4/4 ou 6/6 horas;
• como antiinflamatório: 80 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas;
• dose média: 160 a 480 mg/dose; dose máxima: 3 g.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
AAS adulto Sanofi-Synthelabo comprimidos 500 mg
AAS infantil Sanofi-Synthelabo comprimidos 100 mg
Ácido Acetil Salicílico Royton comprimidos 100 ou 500 mg
Aspirina adulto Bayer comprimidos 500 mg
Aspirina infantil Bayer comprimidos 100 mg
Endosprin gotas GlaxoSmithKline gotas 10 mg/gota

3 ÁCIDO MEFENÂMICO
POSOLOGIA: • acima de 14 anos: 500 mg, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ponstan Pfizer comprimidos 500 mg

4 CETOPROFENO - Genérico
Ver em Antiinflamatórios, página 75

2
5 DICLOFENACO - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 14 anos, quando utilizar via oral, parenteral e retal:
50 mg, 8/8 ou 12/12 horas
• gel: aplicar na área afetada, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, tópico, parenteral e retal.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Artren Merck cápsulas 100 mg
ampolas 75 mg
supositórios 50 mg
Benevran Legrand gotas 15 mg/ml
drágeas 50 mg
Biofenac Aché gotas 15 mg/ml; frascos com 20 ml
comprimidos laqueados entéricos 50 mg
comprimidos de crono liberação prolongada 75 mg
comprimidos de desagregação instantânea 50 mg
cápsulas 100 mg
Cataflam Novartis gotas 0,5 mg/gota (15 mg/ml)
ampolas 75 mg/3ml
drágeas 50 mg
supositório adulto 75 mg
supositório pediátrico 12,5 e 75 mg
suspensão oral 2,0 mg/ml
emulgel (uso tópico) 1 g
Fenaren União Química suspensão oral 15 mg/ml
comprimidos 50 e 100 mg
injetável 75 mg/3 ml
Flanakin Kinder suspensão oral 15 mg/ml
comprimidos 50 mg
comprimidos dispersíveis 44,3 mg
Flexamina Climax comprimidos 50 mg
supositório 50 mg
ampolas 75 mg/3 ml
Flogan Merck gotas 15 mg/ml
comprimidos 50 mg
comprimidos solúveis de 12,5, 50 e 100 mg
ampolas 75 mg
Inflamax Elofar comprimidos 50 mg
Ortoflan Medley comprimidos 50 mg
ampolas 75 mg
Voltaren Novartis comprimidos laqueados com
revestimento entérico 50 mg
comprimidos retard 100 mg
comprimidos SR 75 mg
ampolas 75 mg/3 ml
supositórios 50 mg
emulgel (uso tópico) 1 g

3
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

6 DIPIRONA - Genérico
POSOLOGIA: • 6 a 16 mg/kg/dose; crianças menores de 6 anos - não ultrapassar
1,5 g/dia; criança de 6 anos -12 anos - não ultrapassar 3 g/dia;
maiores de 12 anos - não ultrapassar 4 g/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, parenteral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Analgesil Kinder gotas 500 mg/ml
comprimidos 100, 200 e 500 mg
Conmel Farmasa frascos 500 mg/ml
comprimidos 500 mg
Dipirona Abbott gotas 500 mg/ml
Dorpinon Ariston solução injetável 500 mg/ml e 1.000 mg/2 ml
Findor Climax supositório infantil 300 mg
gotas 500 mg/ml
comprimidos 500 mg
ampolas 500 mg/ml
Magnopyrol Farmasa gotas 500 mg/ml (20 gotas)
solução oral 50 mg/ml
comprimidos 500 mg
supositórios 300 mg
Maxiliv Aché gotas 500 mg/ml
comprimidos 500 mg
Nofebrin Legrand gotas 500 mg/ml
Novalgina Aventis Pharma gotas 500 mg/ml
solução oral 50 mg/ml
comprimidos 500 mg
ampolas 500 mg
supositório infantil 300 mg

7 IBUPROFENO - Genérico
POSOLOGIA: • 30 a 40 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas; na febre, 10 mg/kg/dose,
até de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Artril Farmasa comprimidos 300 e 600 mg
Dalsy Abbott suspensão oral 100 mg/5 ml
gotas 200 mg/ml
comprimidos 400 mg
Doretrim Novartis cápsulas 400 mg
comprimidos 200 mg
suspensão oral 100 mg/5 ml
Maxifen Janssen-Cilag solução oral 50 mg/ml
Spidufen Zambom envelopes com grânulos de 400 e 600 mg
Uniprofen União Química comprimidos 600 mg

4
8 MORFINA
POSOLOGIA: • 0,3 a 0,6 mg/kg/dose a cada 12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Dimorf Cristália comprimidos 10 e 30 mg
solução oral 10 mg/ml
ampolas de 0,2 mg/ml, 10 mg/ml e 1 mg/ml
Dimorf LC Cristália cápsulas 30, 60 e 100 mg

9 NAPROXENO
POSOLOGIA: • crianças acima de 2 anos: 10 mg/kg como dose inicial,
seguidos de 2,5-5 mg/kg, de 8/8 horas. A dose não deve exceder
15 mg/kg/dia após o primeiro dia.
• adultos: 500-1000mg/dia, de 12/12 horas ou dose diária única de
500 a 1000 mg. A dose total diária não deve exceder 1250 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Naprosyn Roche comprimidos de 250 e 500 mg

10 NAPROXENO SÓDICO
POSOLOGIA: • crianças de 1 a 3 anos: 2,5 ml, de 8/8 horas; de 4 a 7 anos:
5 ml de 8/8 horas, de 8 a 12 anos: 5 a 10 ml de 8/8 horas.
• adultos: 550 mg inicialmente, seguidos de 275 mg a cada 6-8 horas.
Pode-se utilizar dose única diária de 550-1100 mg. A dose total diária
não deve exceder 1375 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Flanax Roche suspensão 25 mg/ml
comprimidos 275 e 550 mg

5
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

11 NIMESULIDA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 12 anos: comprimidos 50 a 100 mg, 12/12 horas;
comprimidos dispersíveis 100 mg, 12/12 horas; supositórios 50 a
100 mg, 12/12 horas; granulado 50 a 100 mg, 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Nisalgen UCI-Farma gotas 50 mg/ml
suspensão oral 10 mg/ml
comprimidos 100 mg
Nisulid Aché gotas 50 mg/ml - 1 gota = 2,5 mg
suspensão oral 10 mg/ml
granulado 100 mg
comprimidos 100 mg
comprimidos dispersíveis 100 mg
supositórios 50 e 100 mg
Scaflam Schering-Plough gotas 50 mg/ml
suspensão oral 10 mg/ml
comprimidos 100 mg
granulado 100 mg

12 PETIDINA, CLORIDRATO
POSOLOGIA: • 1 a 1,5 mg/kg. Dose máxima: 100 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: subcutânea e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Dolantina Aventis Pharma ampolas 100 mg/2 ml
Dolosal Cristália ampolas 100 mg/2 ml
Dornot União Química ampolas 50 mg/ml

13 TRAMADOL
POSOLOGIA: • Crianças acima de 14 anos: 5 mg/kg/dia. Máximo: 400 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, parenteral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Dorless União Química cápsulas 50 mg
ampolas 50 mg/ml e 100 mg/ml
Sylador Sanofi-Synthelabo gotas 50 mg/ml
comprimidos 50 mg
ampolas 50 e 100 mg
Tramadon Cristália solução oral 100 mg/ml
cápsulas 50 mg
comprimidos retard 100 mg
ampolas 50 mg/ml
Tramal Pharmacia gotas 50 e 100 mg/ml
cápsulas 50 mg
ampolas 50 e 100 mg
supositórios 50 mg
comprimidos retard 100 mg

6
ANESTÉSICO TÓPICO
1 LIDOCAÍNA - PRILOCAÍNA
POSOLOGIA: • Creme: Pele: Recomenda-se aplicar uma camada espessa de EMLA,
de aproximadamente 1,5 g por 10 cm2, sobre a pele cobrindo-a com
a bandagem oclusiva, a qual deverá ficar por um período de
1 a 3 horas. A duração da anestesia é de, no mínimo, 1 hora após
a remoção da bandagem; para pequenos procedimentos cirúrgicos,
tais como inserção de agulha e cirurgia de lesões localizadas,
recomenda-se meio tubo (2,5 g), com uma aplicação mínima de
1 hora; para procedimentos em áreas maiores, tais como retirada
de enxerto de pele, recomenda-se uma camada espessa de
aproximadamente 1,5-2,0 g/10 cm2 de pele, durante no mínimo
2 horas.
Em crianças entre 3 a 12 meses de idade: recomenda-se aplicar uma
camada espessa do creme cobrindo-a com uma bandagem oclusiva
e deixá-la durante pelo menos 1 hora antes do procedimento. A dose
total não deverá exceder 2 g, nem a área total de aplicação na pele
ser maior de 16 cm2. O tempo de aplicação não deverá exceder de
4 horas.
• Precauções: Até que uma documentação clínica mais ampla esteja
disponível EMLA não deve ser utilizado em crianças menores de
3 meses de idade e em crianças entre 0 e 12 meses de idade que
estejam sendo tratadas com substâncias indutoras de
metahemoglobinemia.

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: tópica.


NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Emla AstraZeneca creme

7
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANSIOLÍTICOS • HIPNÓTICOS
CLOBAZAM (08) HIDRATO DE CLORAL (08)
DIAZEPAM (08, 38) MIDAZOLAM (08)

1 CLOBAZAM
POSOLOGIA: • crianças: 0,5 a 1,5 mg/kg/dia, em 2 a 3 tomadas.
• adultos - dose usual: 10 a 60 mg/kg/dia, fracionados em 2 tomadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Frisium Aventis Pharma comprimidos 10 e 20 mg
Urbanil Aventis Pharma comprimidos 10 e 20 mg

2 DIAZEPAM - Genérico
ver em anticonvulsivantes (pág 38)

3 HIDRATO DE CLORAL
POSOLOGIA: como sedativo: 25 a 50 mg/kg/dia divididos a cada 6 a 8 horas,
com máximo de 500 mg/dia.
para procedimentos: 25-100 mg/kg/dose em sedação.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cloral Hidratado frasco 100 mg/ml

4 MIDAZOLAM
POSOLOGIA: • de 6 meses a 5 anos: 0,05 a 0,1 mg/kg/dose a cada 2-3 minutos
até 6 mg EV.
• de 6 a 12 anos: 0,025 a 0,05 mg/kg/dose a cada 2-3 minutos até
10 mg EV.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Dormonid injetável Roche ampolas: 5 mg/5ml, 15 mg/3 ml, 50 mg/10 ml
Dormire Cristália ampolas: 5 mg/5ml, 15 mg/3 ml, 50 mg/10 ml
Dormium União Química ampolas: 5 mg/5ml, 15 mg/3 ml, 50 mg/10 ml

8
ANTIÁCIDO
OMEPRAZOL (09)

1 OMEPRAZOL
POSOLOGIA: • Na esofagite de refluxo grave em crianças a partir de 1 ano: de 10
a 20 kg, 10 mg 1 vez ao dia, a dose pode ser aumentada para 20 mg;
acima de 20 kg, 20 mg 1 vez ao dia, a dose pode ser aumentada
para 40 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Losec AstraZeneca ampolas de 40 mg
Losec Mups AstraZeneca comprimidos revestidos 10, 20 e 40 mg

9
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

RELAÇÃO DOS ANTIBIÓTICOS


SISTÊMICOS POR ORDEM ALFABÉTICA
DE SEU NOME CIENTÍFICO:

1. Amicacina (11) 23. Espiramicina (20)


2. Amoxicilina (11) 24. Gentamicina (20)
3. Ampicilina (13) 25. Imipenem/cilastina sódica (21)
4. Azitromicina (14) 26. Levofloxacina (21)
5. Aztreonam (14) 27. Lincomicina (21)
6. Cefaclor (15) 28. Linezolida (22)
7. Cefadroxil (15) 29. Meropenem (22)
8. Cefalexina (15) 30. Nitrofurantoína (22)
9. Cefalotina (16) 31. Oxacilina (23)
10. Cefazolina (16) 32. Oxitetraciclina (23)
11. Cefepima (16) 33. Penicilina cristalina (23)
12. Cefixima (16) 34. Penicilina G benzatina (23)
13. Cefotaxima (17) 35. Penicilina V (24)
14. Cefprozil (17) 36. Sulfa + Trimetoprima (24, 119)
15. Ceftazidima (17) 37. Rifampicina (24)
16. Ceftriaxona (18) 38. Roxitromicina (25)
17. Cefuroxima (18) 39. Sultamicilina (25)
18. Claritromicina (18) 40. Teicoplanina (25)
19. Clindamicina (19) 41. Telitromicina (25)
20. Cloranfenicol (19) 42. Tetraciclina (26)
21. Doxiciclina (19) 43. Tobramicina (26)
22. Eritromicina (20) 44. Vancomicina (26)

10
ANTIBIÓTICOS DE USO SISTÊMICO

1 AMICACINA - Genérico
POSOLOGIA: • 15 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas, para pacientes com
função renal normal.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular ou intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Amicacina Ariston ampolas 100 , 250 e 500 mg/2ml
Aminocinar BioChimico ampolas 500g/2ml
Amicacina Royton ampola de 100, 250 e 500 mg/2ml
Bactomicin Sigma Pharma ampolas 100, 250, 500 ou 1000 mg
Novamin Bristol-Myers Squibb ampolas 100, 250 e 500 mg/2ml, 1 g/4ml

2 AMOXICILINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com menos de 20 kg - 20 a 50 mg/kg/dia, de 8/8 horas;
com mais de 20 kg - 250 a 500 mg/dose, de 8/8 ou de 12/12 horas;
• infecções leves e moderadas – de 2 a 6 anos (13 a 21 kg): 200 mg/dose,
de 12/12 horas; de 7 a 12 anos (22 a 44 kg): 400 mg/dose, de 12/12 horas;
• infecções mais sérias – de 2 a 6 anos (13 a 21 kg): 400 mg/dose, de
12/12 horas; de 7 a 12 anos (22 a 44 kg): 800 mg/dose, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Amoxibron Kinder suspensão oral 250 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
Amoxil GlaxoSmithKline suspensão 125, 250 e 500 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
Amoxil BD GlaxoSmithKline suspensão oral 200 mg/5 ml e 400 mg/5 ml
comprimidos 875 mg
Flemoxon Solutab Merck comprimidos solúveis 750 mg
Hiconcil Bristol-Myers suspensão 125, 250 e 500 mg/5 ml
Squibb cápsulas 500 mg
Novocilin Aché suspensão 250 mg/5 ml e 400 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
comprimidos 875 mg
Penvicilin Gemballa suspensão 125, 250 e 500 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
Uniamox União suspensão oral 250 mg/5 ml e 500 mg/5 ml
Química cápsula 500 mg
Velamox Sigma Pharma suspensão oral 250 e 500 mg/5 ml
comprimidos 500 mg e 1 g mastigáveis
frasco-ampola de 1 g
Velamox BD Sigma Pharma suspensão oral 400 mg/5 ml

11
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

2.1 AMOXICILINA + CLAVULANATO DE POTÁSSIO -Genérico


POSOLOGIA: • crianças com menos de 20 kg - 20 a 50 mg/kg/dia, de 8/8 horas;
com mais de 20 kg - 250 a 500 mg/dose, de 8/8 ou de 12/12 horas;
• otite média recorrente ou persistente ou suspeita de infecção por
pneumococo resistente – amoxicilina: 90 mg/kg + ácido clavulânico:
6,4 mg/kg, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral ou intravenosa.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Clavulin amoxicilina GlaxoSmithKline frasco-ampola
500 a 1000 mg; 500 e 1000 mg
ácido clavulânico
100 e 200 mg
Clavulin amoxicilina 125 mg; GlaxoSmithKline suspensão oral
ácido clavulânico 125 mg/5 ml
31,25 mg/5 ml
Clavulin amoxicilina 250 mg; GlaxoSmithKline suspensão oral
ácido clavulânico 250 mg/5 ml
62,5 mg/5 ml
Clavulin amoxicilina 500 mg; GlaxoSmithKline comprimidos
ácido clavulânico 500 mg
125 mg
Clavulin BD amoxicilina 200 mg; GlaxoSmithKline suspensão oral
ácido clavulânico 28,5 mg 200 mg/5 ml
Clavulin BD amoxicilina 400 mg; GlaxoSmithKline suspensão oral
ácido clavulânico 57 mg 400 mg/5 ml
Clavulin BD amoxicilina 875 mg; GlaxoSmithKline comprimidos
ácido clavulânico 125 mg revestidos 875 mg
Clavulin ES amoxicilina 600 mg; GlaxoSmithKline suspensão oral
ácido clavulânico 42,9 mg 600 mg/5 ml
Novamox amoxicilina Aché suspensão oral
250 mg; ácido 250 mg/5 ml
clavulânico 62,5 mg
Novamox amoxicilina Aché comprimidos
500 mg; ácido revestidos
clavulânico 125 mg 500 mg
Novamox 2X amoxicilina 400 mg; Aché suspensão oral
ácido clavulânico 57 mg 400 mg/5 ml
Novamox 2X amoxicilina Aché comprimidos
875 mg; ácido revestidos
clavulânico 125 mg 875 mg
Sigma-Clav BD amoxicilina 400 mg; Sigma-Pharma suspensão oral
ácido clavulânico 400 mg/5 ml
57 mg/5 ml; comprimidos
amoxicilina 500 mg; revestidos 500 mg
ácido clavulânico comprimidos
125 mg; amoxicilina revestidos
875 mg; ácido 875 mg
clavulânico 125 mg

12
2.2 AMOXICILINA + SULBACTAM
POSOLOGIA: • suspensão - menores de 2 anos: 1 ml/kg/dia de 8/8 horas;
2 a 6 anos: 10 ml de 8/8 horas; 6 a 12 anos: 5 a 10 ml de 8/8 horas;
acima de 12 anos: 500 mg de 8/8 horas;
suspensão BD: 40 mg/kg/dia de 12/12 horas
• comprimidos - acima de 12 anos: 500 a 1000 mg de 8/8 horas.
• injetáveis - crianças com menos de 12 anos: 60 a 75 mg/kg/dia por via IM
ou IV (direta ou por infusão) em 2 ou 3 aplicações; acima de 12 anos:
1 frasco ampola (1500 mg) de 8/8 horas, IM ou IV (direta ou por infusão).

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intravenosa (direta ou por infusão) ou intramuscular.


NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Trifamox IBL Bagó suspensão oral 50 mg ou 100 mg/ml
comprimidos 500 mg e 1 g
frasco ampola 750 e 1500 mg
Trifamox IBL BD Bagó suspensão oral 250 mg/ml
cápsulas 875 mg

3 AMPICILINA - Genérico
POSOLOGIA: • parenteral: crianças com menos de 10 kg: 50 a 100 mg/kg/dia;
com mais de 10 kg: 100 a 200 mg/kg/dia de 6/6 horas.
• oral: crianças com menos de 20 kg - 50 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 horas;
acima de 20kg: 250 a 500 mg, 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular ou intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Amplacilina Eurofarma suspensão oral 250 mg/5 ml
cápsulas 250 e 500 mg
solução injetável 0,5 e 1,0 g
Binotal Bayer comprimidos 500 mg e 1 g
Bipencil BioChimico cápsulas 500 mg
ampolas 500 mg e 1 g
Cilinon Ariston cápsulas 500 mg
solução injetável 500 e 1000 mg
Optacilin Altana Pharma solução injetável intramuscular
frasco-ampola de 250, 500 mg e 1 g
Uniampicilin União suspensão oral 250 mg/5 ml
Química cápsulas 500 mg
comprimidos 500 mg
solução injetável de 500 e 1000 mg

13
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

3.1 AMPICILINA ASSOCIADA À SULBACTAM


POSOLOGIA: • recém-nascidos e crianças: 150 mg/kg/dia,
(correspondendo a 50 mg/kg/dia de sulbactam e
100 mg/kg/dia de ampicilina), usualmente a cada 6 ou 8 horas;
• recém-nascidos durante a primeira semana de vida (especialmente
prematuros), a dose recomendada é de 75 mg/kg/dia (correspondendo
a 25 mg/kg/dia de sulbactam e 50 mg/kg/dia de ampicilina), a cada 12 hs.

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular ou intravenosa.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Unasyn Sulbactam Pfizer pó para solução
injetável 1,5 e 3,0 g

4 AZITROMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • 10 mg/kg/dia em dose única diária.
O número de dias de tratamento deve ser individualizado.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Azi Sigma Pharma suspensão oral 200 mg/5 ml
comprimidos sulcados 500 e 1000 mg
Azimix Ativus suspensão oral 200 mg/5 ml
comprimidos revestidos 250 e 500 mg
frascos 600 e 900 mg em suspensão
Azitrax Farmoquímica suspensão oral 200 mg/5 ml
comprimidos 500 mg
Novatrex Aché suspensão oral 200 mg/5 ml
comprimidos revestidos 500 mg
Zitromax Pfizer suspensão oral 200 mg/5 ml
comprimidos revestidos 500 mg
cápsulas 250 mg

5 AZTREONAM
POSOLOGIA: • recém-nascidos com mais de 7 dias: 30 mg/kg, de 6/6 ou
8/8 horas; crianças acima de 2 anos, com infecção grave: 50 mg/kg,
de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Azactam Bristol-Myers Squibb frasco-ampola 0,5 e 1,0 g

14
6 CEFACLOR - Genérico
POSOLOGIA: • 20 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas; infecções mais graves -
40 mg/kg/dia, de 12/12 horas; não ultrapassar 1g/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ceclor Lilly suspensão oral 250 e 375 mg/5 ml
cápsulas 250 e 500 mg
Ceclor AF Lilly drágeas 375 e 750 mg (ligeração prolongada)

7 CEFADROXIL - Genérico
POSOLOGIA: • crianças: 25 a 50 mg/kg, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cefadroxil Abbott suspensão oral 250 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
Cedroxil Legrand cápsulas 500 mg
suspensão 50 mg/ml
Cefamox Bristol-Myers suspensão oral 250 e 500 mg/5 ml
Squibb cápsulas 500 mg
comprimidos 1g

8 CEFALEXINA - Genérico
POSOLOGIA: • 25 a 60 mg/kg/dia; para infecções graves e crônicas:
100 mg/kg/dia (máximo de 4 g/dia); 3 a 6 anos: 125 a 250 mg, 4 vezes
ao dia ou 250 a 500 mg, 2 vezes ao dia; 7 a 12 anos: 250 a 500 mg,
4 vezes ao dia ou 500 a 1 g, 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cefagran Legrand suspensão oral 250 mg/5 ml
cápsulas 500 mg
Celexin Schering-Plough cápsulas 500 mg
Keflex Lilly gotas 100 mg/ml
suspensão oral 250 mg/5 ml
drágeas 500 mg e 1g
Unicefalexin União suspensão oral 250 mg/5 ml
Química comprimidos 500 mg

15
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

9 CEFALOTINA - Genérico
POSOLOGIA: • recém-nascidos até 7 dias: 40 mg/kg/dia, de 12/12 horas; com mais de
7 dias: 60 mg/kg/dia, de 8/8 horas; crianças: 75 a 125 mg/kg/dia, de 4/4
ou 6/6 horas; infecções muito graves - 12g/dia, de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cefalotil União Química frasco-ampola 1g
Kefalotin BioChimico frasco-ampola 1g
Keflin ABL frasco-ampola 1g

10 CEFAZOLINA - Genérico
POSOLOGIA: • recém-nascidos até 7 dias: 30 mg/kg/dia, de 12/12 horas;
com mais de 7 dias: 30 a 60 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas;
crianças: 25 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas;
não ultrapassar 100 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular ou intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ceftrat União Química frasco-ampola 1g
Cezolin BioChimico frasco-ampola 1g
Kefazol ABL frasco-ampola 1g IM/EV
para via parenteral
frasco-ampola 500 mg
para via intramuscular

11 CEFEPIMA
POSOLOGIA: • crianças com mais dois meses de idade e peso menor que 40kg:
50mg/kg, de 8/8 ou 12/12 horas;
• crianças com mais de 40kg: 500mg a 1g/dose, de 8/8 ou 12/12 horas;
• infecções graves: 2 g, IV, a cada 12 horas. Infecções muito graves ou
com risco de vida: 2 g, IV, a cada 8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Maxcef Bristol-Myers Squibb frasco-ampola 500 mg, 1 e 2g

12 CEFIXIMA
POSOLOGIA: • cápsulas: 400 mg, dose única diária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Plenax Merck cápsulas 400 mg

16
13 CEFOTAXIMA - Genérico
POSOLOGIA: • prematuros: dose máxima - 50 mg/kg/dia; crianças com menos de
12 anos: 50 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 à 12/12 horas; infecções severas:
150 a 200 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ceforan União Química frasco-ampola 1,0 g
Claforan Aventis Pharma frasco-ampola 0,5 e 1,0 g
Kefoxin BioChimico frasco-ampola 1,0 g

14 CEFPROZIL
POSOLOGIA: • 30 mg/kg/dia, em duas doses iguais apenas para maiores de 6 meses.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cefzil Bristol suspensão oral 250 mg/5 ml
Myers-Squibb comprimidos 500 mg

15 CEFTAZIDIMA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com idade superior a 28 dias de vida e sem
comprometimento infeccioso do sistema nervoso central, a dose
recomendada é 100 mg/kg/dia de 8/8 horas. Nesta mesma faixa etária
quando há comprometimento infeccioso do sistema nervoso central, a
dose deve ser 150 mg/kg/dia. Este último parâmetro é um fator que
influencia marcantemente o sucesso terapêutico desta droga.
• O Ceftazidime é um antimicrobiano do grupo das cefalosporinas de
terceira geração com ação contra bactérias do gênero Pseudomonas;
por isso, seu uso é reservado para o ambiente hospitalar e muitas
vezes para o tratamento de infecção nosocomial. O uso excessivo
poderá deflagrar resistência bacteriana.

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.


NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cefazima BioChimico frasco-ampola 1,0g
Cetaz União Química frasco-ampola 1,0g
Fortaz GlaxoSmithKline frasco-ampola 1,0 e 2,0 g

17
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

16 CEFTRIAXONA - Genérico
POSOLOGIA: • recém-nascidos até 14 dias: 20 a 50 mg/kg/dia, dose única diária;
lactentes e crianças menores de 12 anos: 50 a 80 mg/kg/dia,
dose única diária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ceftriaxona BioChimico frasco-ampola para infusão intravenosa 1,0 g
Ceftriax Sigma Pharma frasco-ampola 250, 500 e 1000 mg
Rocefin Roche frasco-ampola para injeção
intramuscular 250, 500 e 1000 mg
frasco-ampola para infusão ou injeção
intravenosa 500 e 1000 mg
Triaxin Eurofarma frasco-ampola para infusão
intramuscular 500 e 1000 mg
frasco-ampola para infusão
intravenosa 500 e 1000 mg
Trioxina União Química frasco-ampola 1,0 g IV ou IM

17 CEFUROXIMA
POSOLOGIA: • via oral: maioria das infecções 125 mg (ou 10 mg/kg) até o máximo
de 250 mg/dia, 2 vezes ao dia; otite média aguda (acima de 2 anos):
250 mg (ou 15 mg/kg) até o máximo de 500 mg/dia, 2 vezes ao dia;
amigdalite ou faringite: 125 mg (ou 10 mg/kg) até o máximo
de 250 mg/dia, 2 vezes ao dia;
• via intramuscular e intravenosa: lactentes e crianças maiores -
75 a 150 mg/kg/dia, de 8/8 horas (média: 60 mg/kg/dia);
• recém-nascidos: 20 a 60 mg/kg/dia, de 12/12 horas.
Nas primeiras semanas de vida, a meia-vida sérica pode ser
3 a 5 vezes maior que a do adulto.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Zinacef GlaxoSmithKline frasco-ampola 750 mg
Zinnat GlaxoSmithKline suspensão oral 250 mg/5 ml
comprimidos 250 mg e 500 mg

18 CLARITROMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • 7,5 mg/kg/dose, de 12/12 horas; máximo: 1000 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenoso.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Klaricid Abbott suspensão pediátrica 125 e 250 mg/5 ml (50 mg/ml)
comprimidos revestidos 500 mg
ampolas 500 mg

18
19 CLINDAMICINA
POSOLOGIA: • crianças com mais de 1 mês de vida: infecções
moderadas ou devido a microorganismos patogênicos altamente
sensíveis: 10 a 15 mg/kg/dia, em 3 ou 4 doses iguais; infecções
moderadamente graves: 15 a 25 mg/kg/dia, em 3 ou 4 doses iguais;
infecções graves: 25 a 40 mg/kg/dia, em 3 ou 4 doses iguais - nas
infecções graves, recomenda-se que as crianças recebam não menos
que 300 mg/dia, qualquer que seja o peso corporal.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Clindabiotic União Química ampolas 300 e 600 mg
Dalacin C Pfizer frasco-ampola 150 mg/ml
cápsulas 300 mg

20 CLORANFENICOL - Genérico
POSOLOGIA: • recém-nascidos com menos de 2 semanas de vida:
25 mg/kg/dia, de 12/12 horas; com mais de 2 semanas: 50 mg/kg/dia,
de 12/12 horas; crianças: 50 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Arifenicol Ariston frasco-ampola 1,0g
Quemicetina Pfizer xarope 156 mg/5 ml
drágeas 250 e 500 mg
Sintomicetina Medley cápsulas 250 mg
frasco-ampola 1g

21 DOXICICLINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com mais de 8 anos e menos de 50 kg: 4 mg/kg/dia,
no 1º dia; após, 2 mg/kg/dia, de 12/12 horas; crianças com mais de 8 anos
e mais de 50 kg: 100 mg, de 12/12 horas, no 1º dia; após, 100 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Protectina* Gross S/A cápsulas100 e 200 mg
Uni Doxicilin União Química drágeas 100 mg
Vibramicina Pfizer drágeas 100 mg
comprimidos solúveis 100 mg
*a Protectina está contra-indicada em crianças menores de 8 anos e com menos de 45 kg.

19
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

22 ERITROMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • 30 a 50 mg/kg/dia, de 6/6 ou 12/12 horas não ultrapassando
2g/dia. Para infecções mais graves, esta dose pode ser dobrada.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Eriflogin Evolabis suspensão oral 125 e 250 mg/5 ml
drágeas 250 e 500 mg
Eritrex Aché suspensão oral 125 e 250 mg/5 ml
comprimidos 500 mg
Ilosone ICN gotas 100 mg/ml
suspensão 125 e 250 mg/5 ml
drágeas 500 mg
cápsulas 250 mg

23 ESPIRAMICINA
POSOLOGIA: • dose para crianças é 40 a 50 mg/kg/dia em 4 tomadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Periodontil Metronidazol 125 mg Aventis-Pharma comprimidos 250 mg
Rovamicina Aventis-Pharma comprimidos 1,5 mUI

24 GENTAMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • se nascidos com 29 semanas de gestação ou menos: 5 mg/kg cada
48 horas;
• se nascido entre 30 e 33 semanas de gestação: 4,5 mg/kg a cada 36 horas;
• se nascido com 34 semanas de gestação ou mais: 4 mg/kg/dia;
• com mais de 7 dias de vida até 12 anos: 7,5 mg/kg/dia, 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Garamicina Schering-Plough solução injetável 20 e 40 mg
Gentamicina Ariston solução injetável 20 mg/ml, 60 mg/1,5 ml,
80 mg/2 ml, 160 mg/2 ml, 280 mg/2 ml,
120 mg/1,5 ml
Gentax Luper ampolas 20, 80 e 280 mg

20
25 IMIPENEM/CILASTINA SÓDICA
POSOLOGIA: • acima de 3 meses e peso < 40 kg: 15 mg/kg/dose, de 6/6 horas; máximo
de 2 g/dia; adulto: 1 a 2 g/dia, de 6/6 ou 8/8 horas; infecções graves:
máximo de 4 g/dia ou 500 mg/kg/dia (o que for menor).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Tienam Merck Sharp & frasco para infusão IV 500 mg
Dohme frasco-ampola + diluente para infusão IM 500 mg
frasco "monovial" para infusão IV 500 mg

26 LEVOFLOXACINA
POSOLOGIA: A segurança e a eficácia da utilização do levofloxacino em crianças e
adolescentes em fase de crescimento não foram estabelecidas, portanto,
a utilização do levofloxacino nessas faixas etárias não é recomendada.
• uso adulto: a dose depende do tipo e severidade da infecção,
variando de 250 a 500 mg/dose de 12/12 ou 24/24 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Levaquin Janssen-Cilag comprimidos 250 e 500 mg
Tavanic Aventis Pharma comprimidos 250 e 500 mg

27 LINCOMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • via oral - crianças acima de 1 mês: 30 a 60 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas
• via IM - crianças acima de 1 mês: 10 mg/kg/dia, de 24/24 horas
• via IV - crianças acima de 1 mês: 10 a 20 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Frademicina Pfizer cápsulas 500 mg
solução injetável 300 mg/ml e 600 mg/2 ml
xarope 250 mg/5 ml
Lincoplax Royton ampolas 300 e 600 mg
Lincotax Luper ampolas 300 e 600 mg

21
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

28 LINEZOLIDA
POSOLOGIA: • crianças acima de 5 anos: 10 mg/kg, de 12/12 horas, até a dose
máxima de 600 mg, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Zyvox Pfizer comprimidos revestidos 600 mg
solução para infusão 2 mg/ml

29 MEROPENEM
POSOLOGIA: • para crianças acima de 3 meses de idade e até 12 anos: a dose
intravenosa é de 10 a 40 mg/kg a cada 8 horas, dependendo do tipo
e da gravidade da infecção, da sensibilidade conhecida ou esperada
do patógeno e das condições do paciente. Em crianças com peso
superior a 50 kg, deve ser utilizada a posologia para adultos.
Exceções: Episódios de febre em pacientes neutropênicos - 20 mg/kg
a cada 8 horas. Meningite/fibrose cística - 40 mg/kg a cada 8 horas;
• adultos: a faixa de dosagem é de 1,5 g a 6,0 g diários, divididos em
três administrações. Dose usual: 500 mg a 1g a cada 8 horas,
dependendo do tipo e da gravidade da infecção, da sensibilidade
conhecida ou esperada do patógeno e das condições do paciente.
Exceções: Episódios de febre em pacientes neutropênicos - 1 g a cada
8 horas. Meningite/fibrose cística - 2 g a cada 8 horas.
• Precauções: não há dados disponíveis que comprovem a eficácia em
crianças com função renal alterada.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Meronem AstraZeneca frasco para infusão intravenosa de 500 mg ou 1g

30 NITROFURANTOÍNA
POSOLOGIA: • crianças: 5 a 7 mg/kg/dia, de 6/6 horas, tomadas as refeições;
• adultos: 100 mg, de 6/6 horas, tomadas as refeições;
• profilaxia: 1 a 2,5 mg/kg/dia, 1 a 2 vezes por dia, tomadas as refeições.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Hantina Apsen suspensão oral 5 mg/ml
Macrodantina Schering-Plough cápsulas 100 mg

22
31 OXACILINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com menos de 40 kg - 50 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 horas;
• crianças com mais de 40 kg - 250 mg a 1g/dose, de 4/4 ou 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Oxacil BioChimico frasco-ampola 500 mg
Staficilin-N Bristol-Myers frasco-ampola 500 mg
Squibb

32 OXITETRACICLINA
POSOLOGIA: • crianças com mais de 8 anos: 15 a 25 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas,
até o máximo de 250 mg a cada 12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Terramicina Pfizer cápsula 500 mg
solução IM 50 mg/ml
xarope 25 mg/ml

33 PENICILINA CRISTALINA
POSOLOGIA: • recém-nascidos até 7 dias: 50.000 UI/kg/dia, de 12/12 horas;
recém-nascidos com mais de 7 dias: 75.000 UI/kg/dia, de 8/8 horas;
crianças: 50.000 a 250.000 UI/kg/dia, de 4/4 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intravenosa.
Somente em apresentação hospitalar

34 PENICILINA G BENZATINA - Genérico


POSOLOGIA: • crianças com menos de 25 kg - 50.000 UI/kg, dose única;
crianças com mais de 25 kg - 1.200.000 UI em dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Benzatron Ariston frasco-ampola 600.000 e 1.200.000 UI
Benzetacil Eurofarma frascos-ampolas 600.000 e 1.200.000 UI
Longacilin Biolab Sanus frascos-ampolas 600.000 e 1.200.000 UI

23
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

35 PENICILINA V - Genérico
POSOLOGIA: • 25.000 a 50.000 UI/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Meracilina Aché comprimidos 500.000 UI
Oracilin Legrand suspensão oral 400.000 UI/5 ml
Penicigran Legrand comprimidos 500.000 UI
Pen-v-oral Eurofarma líquido 400.000 UI/5 ml
comprimidos 500.000 UI

36 SULFAMETOXAZOL +TRIMETROPRIMA -Genérico


ver em Quimioterápicos Antibacterianos (pág 119)

37 RIFAMPICINA
POSOLOGIA: • via oral: no tratamento da tuberculose - a dose diária é de 450 mg para
crianças com menos de 50 kg e de 600 mg com mais de 60 kg. Para
crianças até 12 anos: 10 a 15 mg, não superando a dose diária de 600 mg,
em uma única administração. Em infecções inespecíficas - a dose diária
aconselhada é de 20 mg/kg em uma ou duas administrações;
• via intramuscular: 6 a 30 mg/kg, em duas a três doses;
• via intravenosa: para crianças com peso inferior a 25 kg, a dose será de
10 a 30 mg/kg/dia de 8/8 ou 12/12 horas ou administradas por perfusão lenta.
Para crianças com peso acima de 25 kg e adultos: 500 mg a 1 g diluídas em
soro fisiológico ou glicosado isotônico, gota a gota, fracionada a cada 12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Rifaldin Aventis Pharma suspensão oral 20 mg/ml
gotas pediátricas 150 mg/ml
cápsulas 300 mg
Rifocina Aventis Pharma solução injetável (IV) 50 mg/ml
Rifocina M Aventis Pharma solução injetável (IM) 250 mg

24
38 ROXITROMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • menos de 20 kg: 50 a 200 mg, de 24/24 horas; mais de 20 kg:
100 a 300 mg, de 24/24 horas; média: 5 a 10 mg/kg/dia, dose única
diária; adultos: 300 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Floxid Pharma comprimidos revestidos 300 mg
Roxitron Biolab Sanus comprimidos revestidos 300 mg

39 SULTAMICILINA
POSOLOGIA: • menos de 30 kg: 25-50 mg/kg/dia dividida em duas doses orais;
• acima de 30 kg: utilizar dose usual de adultos: 375-750 mg, 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Unasyn oral Pfizer comprimidos revestidos 375 mg
pó para suspensão oral 250 mg/5 ml

40 TEICOPLANINA
POSOLOGIA: • menores de 2 meses: dose de ataque de 16 mg/kg no primeiro dia;
doses diárias subseqüentes de 8 mg/kg; acima de 2 meses de idade
a 16 anos: em infecções graves ou em crianças neutropênicas, a dose
inicial (para as primeiras 3 doses) deve ser de 10 mg/kg a cada 12 horas,
sendo as doses subseqüentes de 6 mg/kg em injeções únicas
intravenosas ou intramusculares.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Targocid Aventis Pharma frasco-ampola 200 e 400 mg

41 TELITROMICINA
POSOLOGIA: • crianças com 13 anos ou mais: 800 mg (2 comprimidos) 1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ketek Aventis Pharma comprimidos revestidos 400 mg

25
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

42 TETRACICLINA, Cloridrato e Fosfato


POSOLOGIA: • via oral: crianças acima de 9 anos - 25 a 50 mg/kg/dia, de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Teraciton Ariston cápsulas 500 mg
Tetrex Bristol-Myers Squibb cápsulas 500 mg

43 TOBRAMICINA
POSOLOGIA: • recém-nascidos com menos de 7 dias: 4 mg/kg/dia,
de 12/12 horas; com mais de 7 dias: 3 a 5 mg/kg/dia, de 8/8 horas;
crianças: 6 a 7,5 mg/kg/dia, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Tobramina Lilly ampolas 75 e 150 mg

44 VANCOMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • recém-nascidos até 7 dias: 15 mg/kg, de 12/12 horas;
de 7 a 14 dias: 15 mg/kg, de 8/8 horas; acima de 14 dias:
10 mg/kg, de 8/8 horas; crianças: 10 mg/kg de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Vancocid BioChimico frasco-ampola 500 mg
Vancocina ABL frasco 500 mg e 1g
Vancotrat União Química frasco-ampola 500 mg

26
ANTIBIÓTICOS DE USO TÓPICO

USO DERMATOLÓGICO Ácido fusídico (28)


Bacitracina com associação (28)
Cloranfenicol com associação (28)
Eritromicina (28)
Gentamicina sem associação (29)
Gentamicina com associação (29)
Gramicidina com associação (29)
Mupirocina (29)
Neomicina sem associação (30)
Neomicina com associação (30)
Polimixina B com associação (31)
Rifampicina sem associação (31)
Rifampicina com associação (31)

USO OFTALMOLÓGICO Ciprofloxacina, cloridrato sem associação (32)


Moxifloxacino (32)
Ofloxacino (32)
Tobramicina sem associação (33)
Lágrimas artificiais (33)

USO OTORRINOLARINGOLÓGICO
Ciprofloxacina, cloridrato (34)
Cloranfenicol sem associação (34)
Cloranfenicol com associação (34)
Clorfensina (35)
Neomicina, sulfato com associação (35)
Polimixina B, sulfato com associação (36)
Tirotricina com associação (36)
Higienizador nasal (36)

27
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

USO DERMATOLÓGICO

1 ÁCIDO FUSÍDICO
POSOLOGIA: • deve ser aplicado sobre a área afetada, 2 a 3 vezes ao dia,
geralmente, por um período de 7 dias.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Verutex Roche creme 2%

2 BACITRACINA - Associações - Genérico


POSOLOGIA: • aplicar sobre a região afetada uma fina camada do produto,
2 a 5 vezes ao dia com o auxílio de uma gaze.
O tratamento deve ser mantido por mais 2 a 3 dias, após os sintomas
terem desaparecido.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cicatrene neomicina, Farmoquímica creme
L-cisteína, glicina
DL-treonina
Cicatrizan neomicina, Johnson & creme
L-cisteína, etc Johnson pó
Nebacetin neomicina Altana Pharma pomada

3 CLORANFENICOL - Associações
POSOLOGIA: • o médico deverá ajustar devidamente as aplicações para cada caso;
as aplicações são, em média, de 12 em 12 horas.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fibrase fibrinolisina Pfizer pomada dermatológica
desoxirribonuclease
Fibrinase fibrinolisina Cristália pomada
desoxirribonuclease
Iruxol colagenase Abbott pomada
Kollagenase colagenase Cristália pomada

4 ERITROMICINA
POSOLOGIA: • deve ser aplicado duas vezes ao dia, após a pele ter sido bem lavada
com água morna e sabão e enxuta.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Eritrex A Aché solução tópica/creme
Eryacnen Galderma gel
Ilosone Tópico Solução ICM solução

28
5 GENTAMICINA, Sulfato
POSOLOGIA: • adultos e crianças acima de 1 ano: aplicar na área afetada,
3 a 4 vezes ao dia.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Garamicina Schering-Plough creme
Gentagran Legrand creme
Gentamicina Allergan creme

6 GENTAMICINA, Sulfato - Associações - Genérico


POSOLOGIA: • uma pequena quantidade de creme ou pomada deve ser aplicada
suavemente nas lesões, 2 ou 3 vezes por dia. A freqüência da
aplicação deverá ser baseada na gravidade da afecção.
A duração do tratamento será determinada pela resposta do paciente.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Diprogenta dipropionato de Schering- creme
betametasona Plough pomada
Quadriderm betametasona Schering- creme
(valerato), tolnaftato Plough pomada
e clioquinol

7 GRAMICIDINA - Associações - Genérico


POSOLOGIA: • aplicar uma fina camada sobre a área afetada 2 a 3 vezes ao dia.
Deve-se limitar o uso de corticosteróides tópicos em crianças e estas
devem ser acompanhadas em relação aos sinais e sintomas de efeitos
sistêmicos.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Omcilon-A “M” acetonido de Bristol-Myers creme
triancinolona, Squibb pomada
neomicina base,
nistatina

8 MUPIROCINA
POSOLOGIA: • aplicar uma camada sobre a área afetada, 3 a 5 vezes ao dia, durante
5 a 14 dias.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Bactroban GlaxoSmithKline pomada

29
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

9 NEOMICINA, Sulfato
POSOLOGIA: • aplicar duas ou três vezes ao dia; este medicamento não erradica as
bactérias das lesões.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Pomada de Dermopen pomada
Neomicina
Neocetrin Bunker pomada
Neogecim Gemmballa pomada
Neopon União Química pomada

10 NEOMICINA, Sulfato - Associações - Genérico


POSOLOGIA: • aplicar sobre a região afetada uma fina camada do produto,
2 a 5 vezes ao dia com o auxílio de uma gaze.
O tratamento deve ser mantido por mais 2 a 3 dias, após os sintomas
terem desaparecido.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Cicatrene bacitracina, Farmoquímica creme
L-Cisteína, glicina
DL-Treonina
Esperson N desoximetasona Aventis-Pharma pomada
Locorten flumetasona Novartis creme
pomada
Naderm cetoconazol Cristália creme
betametasona pomada
Nebacetin bacitracina Altana Pharma pomada
Neotricin bacitracina Legrand pomada
Novacort cetoconazol, Aché creme
betametasona, pomada
neomicina
Novaderm clostebol Farmasa creme
Omcilon-A “M” acetonido de Bristol- creme
triancinolona, Myers pomada
gramicidina, Squibb
nistatina
Thiabena tiabendazol UCI-Farma pomada
Trofodermin clostebol Pharmacia creme
Xilodase lidocaína, Apsen pomada
hialuronidase

30
11 POLIMIXINA B, Sulfato - Associações
POSOLOGIA: • aplicar 1 a 3 vezes ao dia sobre a região afetada uma fina camada do
produto, com o auxílio de uma gaze; o tratamento deve ser mantido
por mais 2 a 3 dias, após os sintomas terem desaparecido.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Anaseptil bacitracina, Farmasa pó
neomicina,
sais de zinco
Terra-Cortil oxitetraciclina Pfizer pomada
hidrocortisona

12 RIFAMPICINA - Genérico
POSOLOGIA: • pulverizar a área afetada a cada 6-8 horas, ou a critério médico.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Rifocina Aventis-Pharma spray 10 mg

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Rifocort prednisolona Medley pomada

31
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

USO OFTALMOLÓGICO
1 CIPROFLOXACINO, Cloridrato
POSOLOGIA: • colírio: instilar 1 ou 2 gotas a cada 4 horas por um período
aproximado de 7 dias. Durante as primeiras 24 a 48 horas,
a dosagem pode ser aumentada para 1 ou 2 gotas a cada 2 horas,
de acordo com o critério médico.
• Pomada oftálmica: aplicar uma pequena quantidade no saco
conjuntival inferior, 3 a 4 vezes por dia, ou a critério médico.
Para maior comodidade o colírio poderá ser utilizado durante o dia
e a pomada à noite, ao deitar-se. No tratamento de blefarites, aplicar
1 cm da pomada no saco conjuntival inferior, 3 a 4 vezes ao dia,
ou a critério médico, recomendando-se reduzir gradativamente
a dosagem em tratamentos prolongados.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Biamotil Allergan colírio e pomada
Ciloxan Alcon colírio e pomada

2 MOXIFLOXACINO, Cloridrato
POSOLOGIA: • 1 gota 3 vezes por dia por 7 dias

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Vigamox Alcon colírio

3 OFLOXACINO - Genérico
POSOLOGIA: • 1 a 2 gotas, no(s) olho(s) afetado(s), a cada 2 a 4 horas, nos primeiros
dois dias de tratamento.
A seguir: 1 a 2 gotas, quatro vezes por dia, pelo período de até dez
dias. A dose pode ser aumentada ou diminuída, de acordo com a
intensidade do caso e a critério médico.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Ofloxacino Alcon colírio

32
4 TOBRAMICINA - Genérico
POSOLOGIA: • Colírio: nos casos leves a moderados, instilar uma ou duas gotas
no olho afetado a cada 4 horas. Nas infecções graves, instilar duas
gotas no olho de hora em hora até obter melhora.
A partir desse momento, a freqüência das instilações deve ser
reduzida antes de sua suspensão.
• Pomada: nos casos leves a moderados, aplicar aproximadamente
um centímetro da pomada no olho afetado 2 a 3 vezes por dia.
Em infecções graves, aplicar um centímetro da pomada no olho a
cada 3 ou 4 horas até obter melhora. A partir desse momento a
freqüência das aplicações deve ser reduzida antes de sua suspensão.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Tobramicina 0,3% Alcon colírio
Tobragan Allergan colírio e pomada
Tobrex Alcon colírio e pomada

LÁGRIMAS ARTIFICIAIS
POSOLOGIA: • 1 ou 2 gotas nos olhos afetados sempre que se fizer necessário.

NOME COMERCIAL SUBSTÂNCIA ATIVA LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Lacrima Plus Duasorb contendo dextrana 70 Alcon colírio
0,01g e hipromelose 0,003g
Trisorb Dextrana 70, Hipromelose, Alcon colírio
Glicerol

33
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

USO OTORRINOLARINGOLÓGICO

1 CIPROFLOXACINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • instilar 3 gotas no ouvido afetado, 3 a 5 vezes por dia, ou a critério
médico.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Biamotil Allergan colírio e pomada
Biamotil-D dexametasona Allergan colírio e pomada
Ciloxan hidrocortisona Alcon solução otológica
Cipro-HC hidrocortisona Alcon solução otológica
Ofoxin Zambon solução otológica
Otociriax hidrocortisona Farmoquímica solução otológica

2 CLORANFENICOL
POSOLOGIA: • pingar 4 a 5 gotas, 2 a 3 vezes ao dia.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Cloranfenicol Allergan gotas otológicas
Solução Otológica

3 CLORANFENICOL – Associações
POSOLOGIA: • instilar no ouvido em média, 2 a 3 gotas, 3 vezes ao dia, ou de acordo
com o critério médico.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Otomicina lidocaína Medley gotas otológicas

34
4 CLORFENSINA
POSOLOGIA: • antes de administrar o produto, deve-se proceder à limpeza do
conduto auditivo externo, com um pedaço de gaze ou um lenço
macio e seco ou, no máximo, umedecido em água filtrada e fervida.
Após a limpeza, que se destina à remoção do excesso de cerúmen
ou secreções, secar bem o local com outro pedaço de gaze ou um
lenço macio e então instilar 3 a 4 gotas, 3 a 4 vezes ao dia, ou seguir
as determinações do médico. O produto poderá também ser aplicado
em curativos oclusivos, usando-se para isso uma mecha de algodão
ou gaze umedecida com algumas gotas do produto, a qual deverá
permanecer no conduto auditivo externo por 12 a 24 horas,
conforme orientação médica. Em crianças, basta aplicar 2 a 3 gotas,
3 ou 4 vezes ao dia. Ao aplicar o produto deve-se evitar que a ponta
do gotejador toque no ouvido. O paciente deverá manter a cabeça
inclinada para o lado oposto ao da aplicação, com o ouvido na
posição horizontal, durante a aplicação e assim permanecer durante
alguns minutos, para facilitar a penetração do medicamento.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Oto-Betnovate betametasona Farmoquímica gotas otológicas
tetracaína

5 NEOMICINA, Sulfato - Associações


POSOLOGIA: • instilar três ou quatro gotas no ouvido, 2 a 4 vezes ao dia.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Elotin fluocinolona, Elofar gotas otológicas
polimixina B, etc.
Otocort fluocinolona, Gemballa gotas otológicas
polimixina B
Otodol fludocortisona, etc. Farmion gotas otológicas
Otosporin polimixina B, Farmoquímica gotas otológicas
hidrocortisona
Otosynalar fluocinolona, Roche gotas otológicas
polimixina B, etc.
Oto-xilodase lidocaína, Apsen gotas otológicas
hialuronidase
Panotil polimixina B, etc. Zambon gotas otológicas

35
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

6 POLIMIXINA B, Sulfato - Associações


POSOLOGIA: • instilar três ou quatro gotas no ouvido, 2 a 4 vezes ao dia.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Elotin fluocinolona, Elofar gotas otológicas
lidocaína, neomicina
Lidosporin lidocaína Farmoquímica gotas otológicas
Otocort acetonido de Gemballa gotas otológicas
fluocinolona,
neomicina, etc.
Otodol sulfato de neomicina, Farmion gotas otológicas
fludocortisona, etc.
Otosporin neomicina, Farmoquímica gotas otológicas
hidrocortisona
Otosynalar acetonido de Roche gotas otológicas
fluocinolona, neomicina
Panotil neomicina, etc. Zambon gotas otológicas

7 TIROTRICINA - Associações
POSOLOGIA: • instilar três ou quatro gotas no ouvido, 3 a 4 vezes ao dia, geralmente
por 5 a 7 dias.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Oturga ácido salicílico, Legrand gotas otológicas
ácido bórico, etc.

8 HIGIENIZADOR NASAL - Associações


POSOLOGIA: • conforme orientação médica.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Rinofluimucil acetilcisteína, Zambon solução nasal
cloreto de
benzalcônio
Rinosoro cloreto de Farmasa gotas nasais
benzalcônio nebulizado
Salsep soro fisiológico Libbs solução nasal
Sorine Infantil cloreto de Aché solução nasal
belzalcônio

36
ANTICONVULSIVANTES

ÁCIDO VALPRÓICO (37) FENOBARBITAL (39)


BARBEXACLONA (37) LAMOTRIGINA (39)
CARBAMAZEPÍNICOS (38) OXCARBAZEPINA (40)
CLONAZEPAM (38) TOPIRAMATO (40)
DIAZEPAM (38) VIGABATRINA (40)
FENITOÍNA (39)

1 ÁCIDO VALPRÓICO - Genérico


POSOLOGIA: • inicial: 15 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas.
Quando necessário, aumentar semanalmente 5 a 10 mg/kg/dia,
até 60 mg/dia, de 8/8 horas; dose média: 30 a 60 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Depakene Abbott xarope 250 mg/5 ml
cápsulas 250 mg
comprimidos revestidos 300 e 500 mg
Depakote Abbott comprimidos revestidos 250 e 500 mg
Epilenil Biolab Sanus xarope 250 mg/5 ml
cápsulas 250 mg
Valpakine Sanofi-Synthelabo solução oral 200 mg/ml
comprimidos revestidos 200 e 500 mg

2 BARBEXACLONA
POSOLOGIA: • 5 a 8 mg/kg/dia; lactentes: 25 a 50 mg/dia, máximo de 100 mg;
1 a 2 anos: 50 a 100 mg/dia, máximo de 150 mg; 2 a 5 anos:
100 a 200 mg/dia, máximo de 250 mg; 5 a 12 anos: 200 a 400 mg/dia,
máximo de 800 mg; acima de 12 anos e adultos: 200 a 400 mg/dia,
máximo de 800 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Maliasin Abbott drágeas 100 mg

37
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

3 CARBAMAZEPÍNICOS - Genérico
POSOLOGIA: • crianças menores de 4 anos: iniciar com 20 a 60 mg/dia,
aumentar 20 a 60 mg a cada 2 dias, de 8/8 ou 12/12 horas;
crianças maiores de 4 anos: pode-se iniciar com 100 mg/dia,
com aumentos semanais de 100 mg, de 8/8 ou 12/12 horas;
manutenção: 10 a 20 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Carbamazepina Abbott comprimidos 200 e 400 mg
Tegretard Cristália comprimidos 200 e 400 mg
Tegretol Novartis suspensão oral a 2%
comprimidos sulcados 200 e 400 mg
Tegretol CR Novartis comprimidos divisíveis
de liberação lenta 200 e 400 mg
Uni carbamaz União Química suspensão oral a 2%
comprimidos 200 mg

4 CLONAZEPAM
POSOLOGIA: • dose inicial: 0,01 a 0,03 mg/kg/dia, de 8/8 horas
• dose de manutenção: 0,1 a 0,2 mg/kg, 8/8 horas
• dose máxima: 0,05 mg/kg/dia.
• a dose não deve ser aumentada mais do que 0,25-0,5 mg a cada 3 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Rivotril Roche gotas 2,5 mg/ml (1 gota = 0,1 mg)
comprimidos 0,25, 0,5 e 2 mg
Uni clonazepax União Química gotas 2,5 mg/ml
comprimidos 0,5 e 2 mg

5 DIAZEPAM - Genérico
POSOLOGIA: • via oral: dose média: 0,1 a 0,8 mg/kg/dose, 6/6 horas ou 8/8 horas
• via intravenosa e intramuscular: dose média: 0,04 a 0,2 mg/kg/dose
• dose máxima: 0,6 mg/kg/dose a cada 8 horas
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intravenosa e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Diazepam EMS comprimidos 5 a 10 mg
ampolas 10 mg
Kiatrium Gross comprimidos 5 e 10 mg
Uni diazepax União comprimidos 5 e 10 mg
Química injetável de 10 mg/2 ml
Diempax Sanofi-Aventis comprimidos 5 e 10 mg
Valium Roche comprimidos 5 e 10 mg
ampolas 10 mg/2 ml

38
6 FENITOÍNA
POSOLOGIA: • oral: crianças até 6 anos - 5 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas,
até 300 mg/dia; acima de 6 anos - 300 mg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas;
dose diária de manutenção - 4 a 8 mg/kg/dia; dose máxima - 300 mg/dia
• injetável: a dose é de 2,0 a 2,5 mg/kg/dose. Se necessário, repetir a
dose, aguardando ao menos 15 minutos. A dose em 24 horas não
deve exceder 15 mg por quilograma de peso.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Epelin Pfizer suspensão oral 100 mg/5 ml
cápsulas 100 mg
Fenital Cristália comprimidos 100 mg
ampolas de 250 mg/5ml
Hidantal Aventis-Pharma comprimidos 100 mg
ampolas 50 mg/ml

7 FENOBARBITAL
POSOLOGIA: • 2 a 3 mg/kg/dia, dose única ou fracionada; dose média
por via oral e retal: 3 a 5 mg/kg/dia, como anticonvulsivante
e 6 mg/kg/dia como tranqüilizante e hipnótico.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, retal, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Edhanol Solvay Farma comprimidos 100 mg
Fenocris Cristália comprimidos 100 mg
ampolas 200 mg/2 ml
gotas 40 mg/ml
Gardenal Aventis-Pharma comprimidos 50 e 100 mg
gotas 40 mg/ml
ampola 200 mg

8 LAMOTRIGINA
POSOLOGIA: • Crianças acima de 12 anos: para crianças que não estejam tomando
Valproato de Sódio, a dose inicial é de 50mg, 1 vez ao dia, por
2 semanas, seguidos por 100 mg/dia, em 2 tomadas, por 2 semanas.
Dose de manutenção: 300 a 500 mg/dia, em 2 tomadas.
Para pacientes que estejam tomando Valproato de Sódio,
a dose inicial é de 25 mg em dias alternados por 2 semanas,
seguido de 25 mg 1 vez ao dia por 2 semanas; após isso, a dose de
manutenção é de 100 a 400 mg/24 horas, em 1 ou 2 tomadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Lamictal GlaxoSmithKline comprimidos 25, 50 e 100 mg
Neural Cristália comprimidos 25, 50 e 100 mg
Neurium Solvay Farma comprimidos 50 e 100 mg

39
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

9 OXCARBAZEPINA
POSOLOGIA: • para crianças acima de 3 anos, iniciar com 10 mg/kg/dia, divididos
em 2 doses; se indicado, aumentar a dose semanalmente em
10 mg/kg/dia (dose máxima: 60 mg/kg/dia). Dose de manutenção
usual: 30 mg/kg dia, de 8/8 ou 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Auram Aché comprimidos 300 e 600 mg
Trileptal Novartis suspensão oral a 6%
comprimidos divisíveis de 300 e 600 mg

10 TOPIRAMATO
POSOLOGIA: • crianças: iniciar o tratamento com 1 mg/kg/dia; à noite, durante
a primeira semana. A seguir, aumentar em 1 a 3 mg/kg/dia a cada
2 semanas, até uma dose média de 5 a 9 mg/kg/dia. A dose ideal
e a adequação da dose devem ser feitos de acordo com a resposta do
paciente; em crianças, doses de até 30 mg/kg/dia foram toleradas.
• adolescentes e adultos: iniciar o tratamento com a dose de 25 mg
à noite. Aumentar a dose em 25 mg a cada 2 semanas, divididas em
2 tomadas diárias. Dar a dose mais alta à noite. Em geral, a dose total
diária varia de 200 a 400 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Topamax Janssen-Cilag comprimidos 25, 50 e 100 mg
cápsulas 15 e 25 mg

11 VIGABATRINA
POSOLOGIA: • crianças de 3 a 9 anos: dose inicial 40 mg/kg/dia, aumentando
para 80 a 100 mg/kg/dia, dependendo da resposta terapêutica;
maiores de 10 anos: 2 g, diariamente; adultos: iniciar com 2 g,
diariamente. Dose máxima de 2 g/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Sabril Aventis-Pharma comprimidos 500 mg

40
ANTIEMÉTICOS
ALIZAPRIDA (41) DOMPERIDONA (42)
BROMOPRIDA (41) METOCLOPRAMIDA (43)
CLORPROMAZINA (42) ONDANSETRONA (43)
DIMENIDRINATO (42)

1 ALIZAPRIDA
POSOLOGIA: • 5 mg/kg/dia, subdividido em 3 tomadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Superan Sanofi-Synthelabo gotas 12 mg/ml
comprimidos 50 mg
ampolas 50 mg/2 ml

2 BROMOPRIDA - Genérico
POSOLOGIA: • solução oral: 0,5 a 1 ml/kg/dia, fracionados conforme
orientação médica;
• gotas: crianças acima de 30 kg: média de 30 gotas, 3 vezes
ao dia; crianças abaixo de 30 kg, conforme tabela posológica da bula
ou orientação médica;
• comprimidos: 1 comprimido 3 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bromopan UCI-Farma gotas 4 mg/ml
solução oral 1 mg/ml
cápsulas 10 mg
Digecap zimático Sigma Pharma comprimidos 10 mg
Digesan Sanofi-Synthelabo gotas 4 mg/ml
solução oral 1 mg/ml
cápsulas 10 mg
cápsulas retard 20 mg
ampolas 10 mg/2ml
Pangest Farmasa cápsulas 10 mg
Plamet Libbs Farmacêutica gotas 8 mg/ml
solução oral 10 mg/10ml
comprimidos 10 mg
Pridecil Farmalab-Chiesi gotas 4 mg/ml
cápsulas 10 mg

41
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

3 CLORPROMAZINA
POSOLOGIA: • crianças maiores de 2 anos: 1 mg/kg/dia, de 8/8 ou
12/12 horas; dose diária não deve exceder 40 mg em crianças
menores de 5 anos e 75 mg em maiores de 5 anos.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e parenteral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Amplictil Aventis-Pharma comprimidos 25 e 100 mg
ampolas 25 mg/5 ml
gotas 1 gota/1 mg
Longactil Cristália comprimidos 25 e 100 mg
ampolas 25 mg/5 ml
gotas 40 mg/ml

4 DIMENIDRINATO
POSOLOGIA: • Dramin solução oral: 0,5 ml/kg, cada 6 a 8 horas.
Crianças de 2 a 6 anos: não exceder 30 ml em 24 horas;
de 6 a 12 anos: não exceder 60 ml em 24 horas.
• Dramin B6 solução oral (gotas): crianças acima de 2 anos: 1,25 mg/kg
(1 gota/kg) a cada 6 a 8 horas. Dose máxima para crianças de
2 a 6 anos: 75 mg/dia (60 gotas); de 6 a 12 anos: dose máxima
150 mg/dia (120 gotas).
• Dramin B6 comprimidos revestidos: crianças de 6 a 12 anos 25 a
50 mg (1/2 a 1 comprimido) a cada 6 a 8 horas; dose máxima de
150 mg/dia (3 comprimidos).
• Dramin B6 solução injetável: crianças acima de 2 anos 1,25 mg/kg
a cada 6 horas; dose máxima de 300 mg/dia.
• Dramin B6 DL: 1,25 mg/kg até 4 vezes ao dia; dose máxima de
300 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intramuscular.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Dramin Altana Pharma solução oral 12,5 mg/5 ml
comprimidos 100 mg
Dramin B6 vitamina B6 Altana Pharma gotas 25 mg/ml
comprimidos 50 mg
ampolas 50 mg (IM)
Dramin B6 DL vitamina B6 Altana Pharma ampolas 30 mg/
10 ml (IV)

5 DOMPERIDONA
POSOLOGIA: • crianças: 2,5 ml de suspensão para cada 10 kg de peso
corporal, administrados 3 vezes ao dia, cerca de 30 minutos antes das
refeições, e, se necessário uma dose ao deitar. Utilizar pipeta dosadora;
• adultos: 1 comprimido de 10 mg, 3 vezes ao dia, cerca de 30 minutos
antes das refeições, e, se necessário, uma dose ao deitar.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Peridona UCI-Farma suspensão 1 mg/ml
comprimidos 10 mg
Motilium Janssen-Cilag suspensão 1 mg/ml
comprimidos 10 mg

42
6 METOCLOPRAMIDA - Genérico
POSOLOGIA: • 0,5 mg/kg/dia, de 8/8 horas; não ultrapassar 15 mg/dia;
crianças com menos de 6 anos não devem receber mais do que
0,1 mg/kg por dose.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Emetrol Gemballa comprimidos 10 mg
gotas pediátricas 4 mg de metoclopramida
e 10 mg de vit. B6 por ml
gotas adulto 10 mg/ml
Eucil Farmasa comprimidos 10 mg
gotas pediátricas 4mg/ml
gotas adullto 10 mg/ml
supositórios 5 e 10 mg
xarope 5 mg/ml
Aristopramida Ariston solução injetável 10 mg/2 ml
Plasil Aventis-Pharma solução oral 5 mg/5 ml
comprimidos 10 mg
injetável 10 mg/2 ml
gotas pediátricas 4 mg/ml (21 gotas)

7 ONDANSETRONA
POSOLOGIA: • na profilaxia e tratamento de náuseas e vômitos induzidos por
quimioterapia citotóxica e radioterapia: crianças com mais de 4 anos:
5 mg/m2 diluídos e injetados intravenosamente durante 15 minutos,
imediatamente antes da quimioterapia, seguida de dose oral de
4 mg, 12 horas após. Pode se continuar com 4 mg oralmente,
2 vezes ao dia, por até 5 dias após o tratamento.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Nausedron Cristália comprimidos 8 mg
ampolas 4 e 8 mg
Zofran GlaxoSmithKline comprimidos 4 e 8 mg
ampolas 4 e 8 mg

43
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIESPASMÓDICOS
A. NÃO - ASSOCIADOS
1 DICICLOVERINA
POSOLOGIA: • lactentes: 5 mg, de 6/6 ou 8/8 horas; crianças: 10 mg,
de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bentyl Medley frascos com 20 mg/ml

2 DIMETICONA - Genérico
POSOLOGIA: • lactentes: 4 a 6 gotas, 3 vezes ao dia
• até 12 anos: 6 a 12 gotas, 3 vezes ao dia
• acima de 12 anos: 16 gotas, 3 vezes ao dia (total de 48 gotas ao dia).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Finigas Apsen gotas 75 mg/ml
comprimidos 40 mg
Flagass Aché emulsão oral 75 mg/ml
comprimidos 40 mg
Flatex Farmasa gotas 75, 150 mg/ml
comprimidos 40, 80, 150 mg
Flatol Legrand gotas 75 mg/ml
comprimidos 40 mg
Mylicon Janssen-Cilag gotas 75 mg/ml

3 ESCOPOLAMINA
POSOLOGIA: • gotas: lactentes 10 gotas, de 8/8 horas;
crianças de 1 a 6 anos: 10 a 20 gotas, de 8/8 horas; crianças acima de
6 anos e adultos: 20 a 40 gotas, de 6/6 ou 8/8 horas;
• drágeas: crianças acima de 6 anos e adultos: 1 a 2 drágeas de 6/6 ou
8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Buscopan Boehringer gotas 10 mg/ml
Ingelheim drágeas 10 mg

44
4 HIOSCINA
POSOLOGIA: • via oral: lactentes: 10 gotas/dose, de 8/8 horas.
Crianças acima de 1 ano: 10 a 20 gotas/dose, de 8/8 horas.
Crianças em idade escolar: 30 gotas/dose, de 5/5 ou 8/8 horas
• via subcutânea, intramuscular ou intravenosa: lactantes e
crianças pequenas: um quarto de ampola, via subcutânea ou
intramuscular. Crianças em idade escolar: uma ampola,
intramuscular ou intravenosa.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, subcutânea, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Uni Hioscin União Química injetável 20 mg
comprimidos 10 mg

B. ASSOCIADOS - Genérico

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Buscopan composto dipirona Boheringer comprimidos 10/250 mg
Ingelheim gotas 6,67/333,4 mg/ml
Dorscopena clorofenotiazinilsco- Ariston solução oral: 1,5 mg de
pina, dipirona clorofenotiazinilscopina e 500mg
dipirona
comprimidos: 0,75 mg de cloro-
fenotiazinilscopina e 500mg dipirona
solução injetável: 1,5 mg
clorofenotiazinilscopina e
1 g de dipirona
Flagass Baby dimeticona, Aché dimeticona 80 mg/ml,
metilbrometo metilbrometo de homatropina 2,5 mg/ml
de homatropina
Lisador dipirona, Farmasa gotas: 500mg/1,5ml dipirona, 5mg/
cloridrato de 1,5ml de prometazina e 10mg/1,5ml
prometazina, de adifenina
cloridrato de comprimidos: 500mg dipirona, 5mg
adifenina de prometazina e 10 mg de adifenina
injetável: 750mg de dipirona, 25mg
de prometazina e 25mg de adifenina
Tropinal bromidrato Sigma Pharma cada 1 ml (20 gotas) e cada comprimido
de hioscina, contém 1 mg de metilbrometo de
butilbrometo de homatropina; 104 mcg de bromidrato de
escopolamina, hioscina; 6,5 mcg de butilbrometo de
dipirona escopolamina e 300 mg de dipirona

45
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIFÚNGICOS

AGENTES ANTIFÚNGICOS
ANTIFÚNGICOS SISTÊMICOS
Anfotericina B (46)
Cetoconazol (47)
Fluconazol (47)
Griseofulvina (47)
Nistatina (48)
Terbinafina (48)

ANTIFÚNGICOS TÓPICOS (isolados e associados)


Ácido Undecilênico (49)
Cetoconazol (49)
Ciclopiroxolamina (50)
Clioquinol e Fludroxicortida (50)
Clotrimazol (50)
Miconazol (51)
Nistatina (51)
Oxiconazol (52)
Sertaconazol, Nitrato (52)
Terbinafina (53)
Tioconazol (53)
Tolnaftato (54)

ANTIFÚNGICOS SISTÊMICOS
1 ANFOTERICINA B
POSOLOGIA: • iniciar com 0,5 a 1 mg/kg/dia, em infusão lenta (2 a 6 horas),
aumentando-se progressivamente em 0,5 mg/kg/dia. Dose máxima:
de 1,5 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Abelcet Bagó frasco com 100 mg

46
2 CETOCONAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • crianças até 20 kg: 50 mg, de 24/24 horas; de 20-40kg:
100 mg, de 24/24 horas; acima de 40kg: 200 mg, de 24/24 horas.
• crianças de 2 anos ou maiores é de 3,3 a 6,6 mg/kg/dia.
• dose máxima 800 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Candoral Aché comprimidos 200 mg
Cetonax Janssen Cilab comprimidos 200 mg
Micoral Elofar comprimidos 200 mg
Nizoral Janssen comprimidos 200 mg
Nizoretic Kinder comprimidos 200 mg

3 FLUCONAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • para candidíase de mucosa: 3 mg/kg/dia. Uma dose de ataque de
6 mg/kg, pode ser utilizada no 1º dia para alcançar o estado de
equilíbrio mais rapidamente;
• candidíase sistêmica e infecções criptocócicas, a dose recomendada é
de 6 a 12 mg/kg/dia, dependendo da gravidade da infecção;
• para a prevenção de infecções fúngicas em pacientes imunocomprometidos,
considerados de risco, a dose deve ser de 3 a 12 mg/kg/dia,
dependendo da extensão e da duração da neutropenia induzida;
• na insuficiência renal a dose diária normal deve ser reduzida.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Candizol Aché cápsulas 150 mg
Triazol Biolab Sanus cápsulas 50, 100 e 150 mg
frasco 200 mg/100 ml para infusão IV
Unizol Farmoquímica cápsulas 150 mg
Zoltec Pfizer cápsulas 50, 100 e 150 mg
solução injetável (bolsa plástica) 2 mg/ml

4 GRISEOFULVINA
POSOLOGIA: • crianças: a dose diária é de 10 mg de griseofulvina por quilograma de
peso corpóreo, em dose única ou fracionada, após as refeições.
• maiores de 2 anos: 20-25 mg/kg/dia, 1 ou 2 vezes ao dia.
• adultos: 500 mg a 1 g por dia.
• dose máxima: 1 g/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fulcin AstraZeneca comprimidos 500 mg
Sporostatin U/F Schering-Plough comprimidos 500 mg

47
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

5 NISTATINA - Genérico
POSOLOGIA: • prematuros: 100.000 U, de 6/6 horas; lactentes: 100.000 a 200.000 UI,
de 6/6 horas; crianças: 100.000 a 600.000 UI, de 6/6 horas; nos
lactentes e nas crianças menores, deve-se colocar metade da dose de
cada lado da boca.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Micostatin Bristol-Myers suspensão oral 100.000 UI/ml
Squibb drágeas 500.000 UI

6 TERBINAFINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com menos de 20 kg: 62,5 mg/dia;
entre 20 e 40 kg: 125 mg/dia; acima de 40 kg: 250 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Funtyl Cristália comprimidos 125 e 250 mg
Lamisil Novartis comprimidos 125 e 250 mg

48
ANTIFÚNGICOS TÓPICOS

1 ÁCIDO UNDECILÊNICO
POSOLOGIA: • aplicar quantidade suficiente para cobrir a área afetada, 2 vezes
ao dia. A medicação deve ser continuada por 2 semanas, após
os sintomas terem desaparecido.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Andriodermol ácido propiônico, União líquido
hexilresorcinol etc Química pó

2 CETOCONAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • creme: aplicar nas áreas infectadas uma vez ao dia. O tratamento
deve ser feito por períodos adequados, estendendo-se por mais
alguns dias após desaparecerem os sintomas e as lesões.
Observam-se resultados favoráveis após 4 semanas de tratamento,
dependendo do tipo de micose, extensão e intensidade das lesões.
• shampoo: aplicar nas áreas afetadas da pele ou cabelo, deixando agir
por 3 a 5 minutos antes de enxaguar.
• tratamento com shampoo de:
- pitiríase versicolor: 1 aplicação ao dia, durante 5 dias;
- dermatite seborréica e caspa: 1 aplicação, duas vezes por semana,
por 2 a 4 semanas.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Arcolan Galderma shampoo
creme
Capel Aché shampoo
Cetonax Janssen-Cilag shampoo
creme
Micoral Elofar creme
Nizoral Janssen-Cilag shampoo
creme
Nizoretic Kinder creme

49
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

3 CICLOPIROXOLAMINA
POSOLOGIA: • esmalte: aplicar uma fina camada em dias alternados no 1º mês.
A aplicação deve ser reduzida a não menos que 2 vezes por semana
no 2º mês e a 1 vez por semana do 3º mês em diante. A duração
da aplicação depende da gravidade da infecção, mas um período
de 6 meses de tratamento não deve ser excedido.
• solução ou creme: devem ser aplicados, sobre a região cutânea
afetada, 2 vezes ao dia (de manhã e a noite), até o desaparecimento
dos sintomas. Se não houver melhora do quadro clínico após
4 semanas de tratamento, a medicação deverá ser suspensa
e o diagnóstico da doença deverá ser reavaliado.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fungirox UCI-Farma creme
solução
esmalte
Loprox Aventis-Pharma creme
solução
esmalte

4 CLIOQUINOL E FLUDROXICORTIDA
POSOLOGIA: • aplicar nas áreas afetadas uma camada fina, em geral 2 - 3 vezes ao
dia, dependendo da gravidade da doença. O tempo médio do início
da ação nas dermatoses é de 7 dias.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Drenifórmio fludroxicortida Biolab Sanus creme

5 CLOTRIMAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • creme: aplicar em camada fina 2 a 3 vezes por dia, friccionando
delicadamente.
• spray: aplicar em camada fina duas vezes por dia.
• solução: aplicar em camada fina 2 a 3 vezes por dia, friccionando
delicadamente.
• pó: a área afetada é polvilhada com o pó 2 a 3 vezes por dia.
– Continuar o tratamento por cerca de duas semanas após
o desaparecimento dos sintomas subjetivos.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Baycuten-N dexametasona Bayer creme
Canesten Bayer creme
spray

solução
Clomazen União creme
Creme Química
Clotrimix Evercil creme
Dermobene Legrand creme
solução
Kinasten Kinder creme

50
6 MICONAZOL, NITRATO - Genérico
POSOLOGIA: • creme: em dermatofitoses e em infecções por Candida, aplicar
quantidade suficiente do produto para cobrir a área afetada, 2 vezes
ao dia.
• loção: deve ser usado em pequenas quantidades nas áreas
intertriginosas para evitar a maceração. A loção é a apresentação
especialmente recomendada para ser utilizada nessas áreas.
A Tinea versicolor e as cromofitoses podem ser tratadas com uma
única aplicação ao dia.
• pó: aplicar uma quantidade suficiente para cobrir a área afetada,
2 vezes ao dia. Geralmente 2 semanas de tratamento são suficientes.
Pacientes com infecções nos pés devem ser tratados por quatro
semanas para prevenir recorrência.
• gel oral: aplicar sobre a área afetada 4 vezes por dia, até o
desaparecimento da lesão.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Daktarin Janssen gel oral
loção cremosa
Micofim Elofar creme
Vodol União Química loção
creme

7 NISTATINA - Genérico
POSOLOGIA: • creme ou pomada: aplicar depois do banho e a cada troca de fraldas,
após a lavagem e secagem cuidadosa da pele. Quando usada para
irritação em outras regiões da pele, aplicar duas ou mais vezes ao dia
nas áreas afetadas.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Benzevit óxido de Zinco Elofar creme
Dermodex óxido de Zinco Bristol-Myers pomada
em plastibase Squibb
Nistatina Medley creme
Omcilon-A'M' neomicina base, Bristol-Myers pomada
acetonido de Squibb creme
triancinolona,
gramicidina

51
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

8 OXICONAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • deve ser aplicado sobre as lesões cutâneas, uma vez ao dia, de
preferência à noite, ou a critério médico. A duração do tratamento
depende de cada caso, porém em termos gerais, não deve ser inferior
a três semanas. Para prevenir a recorrência, o tratamento deve ser
mantido por uma a duas semanas após a completa recuperação da pele.
• creme: deve ser levemente esfregado com o dedo sobre a área afetada.
• solução: deve ser aplicada entre os dedos dos pés, e sobre o couro
cabeludo.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Oceral Roche creme
solução
Oxipelle Valeant creme
solução

9 SERTACONAZOL, Nitrato
POSOLOGIA: • a duração do tratamento para se obter a cura varia de um paciente
para outro, em função do agente etiológico e da localização da
infecção. Em geral, recomenda-se 4 semanas de tratamento para
assegurar uma cura completa no aspecto clínico e microbiológico
e o desaparecimento de recidivas, embora, em muitos casos, esta
cura clínica e microbiológica manifeste-se antes, entre duas e quatro
semanas de tratamento. Se não for observada melhoria clínica após
4 semanas de tratamento, deve-se reconsiderar a etiologia do
processo.
• creme: aplicar o creme 1 a 2 vezes ao dia (preferencialmente
à noite ou de manhã e à noite), suave e uniformemente sobre
a lesão, procurando abranger 1 cm de pele íntegra ao redor da
zona afetada.
• pó e solução: aplicar o pó ou solução 1 ou 2 vezes ao dia
(preferencialmente à noite ou manhã e à noite), de forma suave
e uniforme sobre a lesão, procurando abranger com a nebulização
uma superfície de pele íntegra ao redor da zona afetada.
• gel: aplicar nas áreas afetadas da pele, pêlos ou cabelos duas vezes
por semana, durante 2 a 4 semanas, deixando o produto atuar
durante 3 a 5 minutos antes de enxaguar.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Zalain Pharmacia creme dermatológico

solução
gel

52
10 TERBINAFINA - Genérico
POSOLOGIA: • creme:
– pé de atleta, tinea da virilha e tinea do corpo: aplicar 1 vez ao dia
durante 1 semana.
– ptiríase versicolor: aplicar 1 ou 2 vezes ao dia durante 2 semanas.
– candidíase cutânea: aplicar 1 ou 2 vezes ao dia durante 1 semana,
porém um período de tratamento mais longo (duas semanas) pode
ser necessário em alguns casos.
• solução tópica e spray:
– pé de atleta, tinea da virilha e tinea do corpo: aplicar 1 vez ao dia
durante 1 semana.
– ptiríase versicolor, aplicar 2 vezes ao dia durante 1 semana.
• gel:
– pé de atleta, tinea da virilha, tinea do corpo e ptiríase versicolor:
aplicar 1 vez ao dia durante 1 semana.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Lamisil Novartis creme
solução
spray
gel
Funtyl Cristália creme

11 TIOCONAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • o período de tratamento necessário para curar a infecção varia de
paciente para paciente, dependendo do agente causador e do local da
infecção.
• creme: deve ser aplicado suavemente 1 ou 2 vezes ao dia, pela manhã
e/ou à noite, nas áreas afetadas da pele e regiões vizinhas.
• loção: deve ser aplicada 1 ou 2 vezes ao dia, pela manhã e/ou à noite,
nas áreas afetadas da pele e regiões vizinhas, utilizando os dedos ou
uma gaze limpa e nova.
• pó: deve ser aplicado 2 vezes ao dia, diretamente sobre as áreas
afetadas da pele e regiões vizinhas. Não aplicar o pó em quantidade
excessiva para evitar esfoliação (descamação) da pele.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Tralen 1% Pfizer pó 30 g
loção 30 g
creme 30 g

53
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

12 TOLNAFTATO - Associação - Genérico


POSOLOGIA: • uma pequena quantidade de creme ou pomada deve ser aplicada
suavemente nas lesões, 2 ou 3 vezes por dia. A freqüência da
aplicação deverá ser baseada na gravidade da afecção e a duração do
tratamento será determinada pela resposta do paciente.

NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Quadriderm betametasona, Schering- creme
sulfato de Plough pomada
gentamicina
Quadrikin betametasona, Kinder creme
sulfato de pomada
gentamicina,
clioquinol

54
ANTI-HELMÍNTICOS
ANCILOSTOMÍASE (56) Albendazol (56)
Cambendazol, Associado (56)
Mebendazol (57)
Pirantel, Pamoato de (57)

ASCARIDÍASE (58) Albendazol (56, 58)


Levamisol (58)
Mebendazol (57, 58)
Pirantel, Pamoato de (57, 58)

ENTEROBÍASE (59) Albendazol (56, 59)


Mebendazol (57, 59)
Pamoato de Pirvínio (59)

ESQUISTOSSOMÍASE (60) Oxamniquina (60)


Praziquantel (60)

ESTRONGILOIDÍASE (61) Albendazol (56, 61)


Cambendazol (61)
Cambendazol, Associado (56, 61)
Ivermectina (61)
Tiabendazol (62)

HIMENOLEPÍASE (63) Praziquantel (60, 63)

TENÍASE (64) Albendazol (56, 64)


Cambendazol, Associado (56, 64)
Mebendazol (57, 64)
Praziquantel (60, 64)

TRICOCEFALÍASE (65) Albendazol (56, 65)


Cambendazol, Associado (56, 65)
Mebendazol (57, 65)

55
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANCILOSTOMÍASE
1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg/dia, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Albendazol Abbott suspensão oral 400 mg/10 ml
comprimidos mastigáveis 400 mg
Alin Millet-Roux suspensão oral 400 mg/10 ml
comprimidos mastigáveis 400 mg
Monozol Legrand suspensão oral 400 mg/5 ml
comprimidos 400 mg
Parasin Aché suspensão oral 40 mg/ml
comprimidos mastigáveis 400 mg
Vermital Elofar suspensão oral 40 mg/ml
comprimidos 400 mg
Zentel GlaxoSmithKline suspensão oral 400 mg/10 ml
comprimidos mastigáveis 200 e 400 mg
Zolben Sanofi- suspensão oral 400 mg/10 ml
Synthelabo comprimidos 400 mg

2 CAMBENDAZOL, Associado
POSOLOGIA: • 5 mg/kg de cambendazol e 400 mg de mebendazol.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Exelmin UCI-Farma suspensão oral 150 mg (Cambendazol) +
400 mg (Mebendazol)/30 ml
comprimidos 75 mg (Cambendazol) +
200 mg (Mebendazol)

56
3 MEBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • Suspensão oral: no tratamento da ascaridíase, oxiuríase,
ancilostomíaase, tricocefalíase e infestações mistas: 5 ml 2 vezes por
dia, durante 3 a 4 dias, independentemente do peso; no tratamento
das teníases: 10 ml 2 vezes por dia, durante 3 a 4 dias,
independentemente do peso.
Deve-se repetir a medicação após 2 semanas para um tratamento
completo.
• Cápsulas: no tratammento da ascaridíase, oxiuríase, ancilostomíaase,
tricocefalíase e infestações mistas: 1 cápsula 2 vezes por dia, durante
3 a 4 dias, independentemente do peso; no tratamento das teníases:
2 cápsulas 2 vezes por dia, durante 3 a 4 dias, independentemente do
peso.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Eraverm Gemballa suspensão oral 100 mg/5 ml
comprimidos 100 mg
Kindelmin Kinder suspensão oral 100 mg/5 ml
comprimidos 100 mg
Moben Elofar suspensão 100 mg/5 ml
comprimidos 200 mg
Necamin Aché suspensão 100 mg/5 ml
comprimidos 100 mg
Panfugan Altana Pharma suspensão oral 100 mg/5 ml
cápsulas 100 mg
Pantelmin Janssen-Cilag copo-medida 100 mg
comprimidos 500 mg
Pluriverm Medley suspensão oral 100 mg/5 ml
comprimidos 100 mg
Sirben União Química suspensão oral 100 mg/5 ml
comprimidos 100 mg

4 PIRANTEL, Pamoato - Genérico


POSOLOGIA: • para ancilostomíase: dose 20 mg/kg por 3 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ascarical Farmoquímica suspensão oral 250 mg/15 ml
comprimidos 250 mg

57
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ASCARIDÍASE
1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 200 mg/dia, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Ancilostomíase, página 56)

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Vermital Elofar comprimidos 200 mg

2 LEVAMISOL - Genérico
POSOLOGIA: • menores de 1 ano: 40 mg; de 1 a 7 anos: 80 mg;
acima de 7 anos: 150 mg, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ascaridil Cilag comprimidos 80 e 150 mg

3 MEBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 100 mg, de 12/12 horas, por 3 dias consecutivos,
para qualquer idade. Repetir após 3 semanas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Ancilostomíase, página 57)

4 PIRANTEL, Pamoato - Genérico


POSOLOGIA: • 10 mg/kg, uma única tomada; máximo - 1 g;
repetir após um mês, se necessário.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Ancilostomíase, página 57)

58
ENTEROBÍASE

1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg/dia, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO:oral.

(ver em Ancilostomíase, página 56)

2 MEBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 100 mg, 2 vezes ao dia, por 4 dias consecutivos;
• Repetir após 2 semanas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO:oral.

(ver em Ancilostomíase, página 57)

3 PIRVÍNIO, Pamoato - Genérico


POSOLOGIA: • 10 mg/kg dose única; repetir após 15 a 20 dias.
Dose máxima 700 mg
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Pyr-Pam UCI-Farma suspensão oral 10 mg/ml
drágeas 100 mg

59
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ESQUISTOSSOMÍASE
(forma hepatoesplênica ou intestinal)

1 OXAMNIQUINA
POSOLOGIA*: • crianças até 15 anos: 20 mg/kg, dose única;
• adultos: 15 mg/kg, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Mansil Pfizer suspensão oral 50 mg/ml
cápsulas 250 mg
*Ministério da Saúde - Programa de Controle da Esquistossomose (PCE) – 2005

2 PRAZIQUANTEL - Genérico
POSOLOGIA*: • crianças até 15 anos: 60 mg/kg, dose única;
• adultos: 50 mg/kg, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cestox Merck comprimidos 150 mg
Císticid Merck comprimidos 500 mg
*Ministério da Saúde - Programa de Controle da Esquistossomose (PCE) – 2005

60
ESTRONGILOIDÍASE
1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg/dia, durante 3 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO:oral.
(ver em Ancilostomíase, página 56)

2 CAMBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 5 mg/kg, em dose única. Repetir o tratamento após 10 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cambem UCI-Farma comprimidos 180 mg
suspensão 6 mg/ml

3 CAMBENDAZOL - Associado
POSOLOGIA: • 5 mg/kg de cambendazol e 400 mg de mebendazol.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Ancilostomíase, página 56)

4 IVERMECTINA - Genérico
POSOLOGIA: • 15-24 kg: meio comprimido; 25-35 kg: 1 comprimido;
36-50 kg: 1 comprimido e meio; 51-65 kg: 2 comprimidos;
66-79 kg: 2 comprimidos e meio; 80 kg ou mais: 200 µg/kg
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Revectina Sintofarma comprimidos 6 mg

61
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

5 TIABENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • crianças: 25 mg/kg, de 12/12 horas, por 2 a 3 dias;
• adultos: 500 mg, de 12/12 horas, por 5 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Helmiben mebendazol Eurofarma comprimidos 166 mg tiabendazol
e 100 mg mebendazol
suspensão oral 33,20 mg/ml tiaben-
dazol e 20 mg/ml mebendazol
Helmiben NF mebendazol Eurofarma comprimidos 322 mg tiabendazol
e 200 mg mebendazol
Thiaben UCI-Farma suspensão 250 mg/5 ml
comprimidos 500 mg

62
HIMENOLEPÍASE

1 PRAZIQUANTEL - Genérico
POSOLOGIA: • 15 a 20 mg/kg, dose única. Repetir após 10 dias, principalmente em
comunidades fechadas. (observar que a dose é diferente da do
tratamento de esquistossomose)
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Esquistossomíase, página 60)

63
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

TENÍASE
1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg, dose única diária, por 3 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Ancilostomíase, página 56)

2 CAMBENDAZOL - Associado
POSOLOGIA: • 5 mg/kg, dose única. Repetir após 10 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Ancilostomíase, página 56)

3 MEBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg/dia, de 12/12 horas, por 5 dias consecutivos.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Ancilostomíase, página 57)

4 PRAZIQUANTEL - Genérico
POSOLOGIA: • 5 a 10 mg/kg, dose única. (observar que a dose é diferente da do
tratamento de esquistossomose e himenolepíase)
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
(ver em Esquistossomíase, página 60)

64
TRICOCEFALÍASE

1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • criança acima de 2 anos: 2 comprimidos mastigáveis de 200 mg
ou 1 comprimido mastigável de 400 mg/dia ou 10 ml da
suspensão/dia, por 3 dias.

(ver em Ancilostomíase, página 56)

2 CAMBENDAZOL - Associado
POSOLOGIA: • 5 mg/kg em dose única. Repetir após 10 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Ancilostomíase, página 56)

3 MEBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 100 mg, de 12/12 horas, por 3 dias consecutivos.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Ancilostomíase, página 57)

65
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTI-HISTAMÍNICOS
ANTI-H1
Azelastina (tópico) (66)
Cetirizina (67)
Clemastina, fumarato de (67)
Desloratadina (68)
Dextroclorofeniramina, maleato de (68)
Dextroclorofeniramina, maleato associado à Betametasona (68)
Ebastina (69)
Epinastina, cloridrato (69)
Fexofenadina, cloridrato (69)
Hidroxizina, cloridrato (70)
Levocabastina, cloridrato (70)
Loratadina (70)
Pimetixeno (71)
Prometazina, hidrocloreto de (71)

ANTIALÉRGICOS DE
ANTI-H2 USO OFTAMOLÓGICO (72)
Cimetidina (67) Cromoglicato dissódico (72)
Famotidina (69) Emedastina, Difumarato (72)
Ranitidina (71) Lodoxamida, Trometamina (72)
N-Acetil Aspartilglutamato de Sodio 72)
Olopatadina, Cloridrato (72)

ASSOCIAÇÃO ENTRE ANTI-HISTAMÍNICOS


E DESCONGESTIONANTES (73)

1 AZELASTINA - Tópico nasal - Genérico


POSOLOGIA: • crianças acima de 6 anos: 1 aplicação em cada narina, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: tópico nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Rino-Azetin UCI-Farma spray nasal 1 mg/ml
Rino-lastin Asta Medica spray nasal 1 mg/ml

66
2 CETIRIZINA - Genérico
POSOLOGIA: • de 2 a 6 anos: 2,5 ml, pela manhã e à noite; de 6 a 12 anos: 5 ml, pela
manhã e à noite; acima de 12 anos: 10 ml ou 1 comprimido, 1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cetrizin Solvay Farma gotas 10 mg/ml
comprimidos 10 mg
Zetalerg UCI-Farma solução oral 1 mg/ml
comprimidos 10 mg
Zetir Abbott gotas 10 mg/ml
solução oral 1mg/ml
comprimidos 10 mg
Zyrtec GlaxoSmithKline comprimidos 10 mg
solução oral 1 mg/ml

3 CIMETIDINA
POSOLOGIA: • 20 a 40 mg/kg/dia, de 6/6 ou 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Tagamet GlaxoSmithKline comprimidos 200 e 400 mg
solução injetável 300 mg
solução oral 200 mg/5 ml
Ulceracid Luper solução oral 4 g/100 ml
comprimidos 200 mg
Ulcimet Farmasa comprimidos 200 mg
solução injetável 300 mg/2 ml

4 CLEMASTINA, Fumarato - Genérico


POSOLOGIA: • crianças até 1 ano: 2,5 ml, 12/12 horas; 1-3 anos: 2,5 a 3 ml,
12/12 horas; 3-6 anos: 5 ml, 12/12 horas; 6-12 anos: 7,5 ml,
12/12 horas; maiores 12 anos: 10 ml, 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Agasten Novartis comprimidos 1 mg
xarope 0,75 mg/15 ml

67
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

5 DESLORATADINA
POSOLOGIA: • 6 meses a 11 meses: 2,0 ml, dose única diária; 1 ano a 5 anos:
2,5 ml, dose única diária; 6 anos a 11 anos: 5,0 ml, dose única diária;
acima de 12 anos: 5 mg ou 10 ml, dose única diária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Desalex Schering-Plough comprimidos 5mg
xarope 0,5 mg/ml

6 DEXTROCLOROFENIRAMINA, Maleato - Genérico


POSOLOGIA: • de 2 a 6 anos: 1/4 de comprimido ou 1/4 de colher de chá,
de 8 em 8 horas; de 6 a 12 anos: 1/2 de comprimido ou 1/2 de
colher de chá, de 8 em 8 horas; acima de 12 anos: 1 comprimido
ou 1 colher de chá, de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Alermine Royton suspensão oral 2 mg/5 ml
comprimidos 2 mg
Polaramine Schering-Plough líquido 0,4 mg/ml
comprimidos 2 mg
drágeas 6 mg

6.1 DEXTROCLOROFENIRAMINA, Maleato


associado com BETAMETASONA - Genérico
POSOLOGIA: • de 2 a 6 anos: 1/4 a 1/2 colher de chá, de 8/8 horas;
de 6 a 12 anos: 1/2 colher de chá ou 1/2 comprimido, de 8/8 horas;
acima de 12 anos e adultos: 1 a 2 comprimidos ou 1 a 2 colheres
de chá, de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Celestamine betametasona Schering-Plough xarope 0,05 + 0,4 mg/ml
dextroclorofeniramina
betametasona comprimido 0,25 + 2 mg
dextroclorofeniramina
Celestrat betametasona União Química xarope 0,05 + 0,4 mg/ml
dextroclorofeniramina
betametasona comprimido 0,25 + 2 mg
dextroclorofeniramina

68
7 EBASTINA
POSOLOGIA: • crianças de 2 a 6 anos: 2,5 ml, 1 vez ao dia;
de 6 a 12 anos: 5 ml, 1 vez ao dia; acima de 12 anos e adultos:
1 comprimido (10 mg), 1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ebastel Eurofarma xarope 1 mg/ ml
comprimidos 10 mg

8 EPINASTINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • crianças de 6 a 12 anos: 5 a 10 mg 1 vez ao dia;
acima de 12 anos: 10 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Talerc Boehringer - xarope 10 mg/5 ml
Ingelheim comprimidos revestidos 10, 20 mg

9 FAMOTIDINA
POSOLOGIA: • adultos: 20 a 40 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Famoset Solvay Farma comprimidos 20 e 40 mg
Famox Aché comprimidos 20 e 40 mg

10 FEXOFENADINA, Cloridrato - Genérico


POSOLOGIA: • rinite alérgica: crianças de 6 a 12 anos: 30 mg, de 12/12 horas;
crianças acima de 12 anos e adultos - 60 mg, de 12/12 horas,
ou 120 mg, 1 vez ao dia;
• na urticária: crianças de 6 a 12 anos: 30 mg, de 12/12 horas; crianças acima
de 12 anos e adultos - 180 mg, 1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Allegra Aventis-Pharma comprimidos de 30, 60, 120 e 180 mg
Fexodane UCI-Farma cápsulas 60 mg
comprimidos 120 e 180 mg

69
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

11 HIDROXIZINA, cloridrato - Genérico


POSOLOGIA: • dose anti-histamíca:
0-2 anos:0,5 mg/kg ou 0,25 ml xarope/kg, a cada 6 horas, se necessário;
2-6 anos: 25-50 mg/dia ou 12,5-25 ml xarope/dia, dividir em 2 ou 4 tomadas;
6-12 anos: 50-100 mg/dia ou 25-50 ml xarope/dia, dividir em 2 ou 4 tomadas;
acima de 12 anos: 25-100 mg, 3 a 4 vezes ao dia;
• dose sedativa:
0-2 anos: 0,6 mg/kg ou 0,3 ml xarope/kg, dose única;
2-6 anos: 0,6 mg/kg ou 0,3 ml xarope/kg, dose única;
6-12 anos: 1 mg/kg ou 0,5 ml xarope/kg, dose única;
acima de 12 anos: 50-100 mg, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Hixizine Theraskin xarope 2mg/ml
comprimidos sulcados 25 mg
Prurizin Darrow solução oral 2 mg/ml
comprimidos 10 mg
cápsulas 25 mg

12 LEVOCABASTINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • crianças acima de 6 anos: 0,54 mg/ml (1 dose de spray)
em cada narina, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: tópico nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Livostin Tópico Nasal Janssen Cilab spray nasal 0,54 mg/ml

13 LORATADINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças com menos de 30 kg: 5 mg, 1 vez ao dia;
crianças com mais de 30 kg: 10 mg, de 1 vez ao dia.
A segurança e eficácia em crianças abaixo de 2 anos não foi
estabelecida
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Alergaliv Legrand xarope 1 mg/ml
comprimidos 10 mg
Claritin Schering-Plough solução oral 5 mg/5 ml
comprimidos 10 mg
Histadin União Química xarope 5 mg/5 ml
comprimidos 10 mg
Loralerg Farmasa solução oral 5 mg/5 ml
comprimidos 10 mg
Loranil Libbs Farmacêutica comprimidos 10 mg
xarope 1 mg/ml
Loremix Ativus xarope 5 mg/5 ml
comprimidos 10 mg

70
14 PIMETIXENO
POSOLOGIA: • crianças acima de 1 ano: 1 gota/kg, de 8/8 horas;
1 a 5 anos: 5 a 7,5 ml, de 8/8 horas; 5 a 10 anos: 7,5 a 10 ml,
de 8/8 horas; acima de 10 anos: 10 a 15 ml, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Muricalm Novartis gotas 1 mg/ml
xarope 0,5 mg/5 ml
Sonin Evolabis xarope 0,5 mg/5 ml

15 PROMETAZINA, Hidrocloreto
POSOLOGIA: • via oral - crianças de 2 a 6 anos: 2,5mg, 3 a 5 vezes ao dia; crianças
acima de 6 anos: 2,5mg, 4 a 6 vezes ao dia;
• via intramuscular: para os casos de urgência - asma e reação
anafilática.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fenergan Expectorante Aventis-Pharma xarope pediátrico 2,5 mg/5 ml e 5 mg/5 ml
Pediátrico
Fenergan Aventis-Pharma ampolas 50 mg/2 ml
Prometazina Cristália ampolas 50 mg/2 ml

16 RANITIDINA - Genérico
POSOLOGIA: • dose oral: 2 a 4 mg/kg, 2 vezes ao dia, até no máximo 300 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Antak GlaxoSmithKline xarope 150 mg/10 ml
comprimidos 150 e 300 mg
comprimidos efervescentes 150 e 300 mg
ampolas 50 mg/2 ml
Label Aché solução oral 15 mg/ml
comprimidos revestidos 150 e 300 mg
Ranidin União Química comprimidos de 150 e 300 mg
Ulceridina Kinder comprimidos 150 e 300 mg
Ulcoren Medley comprimidos 150 e 300 mg
Zadine UCI-Farma comprimidos 75, 150 e 300 mg
Zylium Farmasa comprimidos 75, 150 e 300 mg
ampolas 50 mg/2 ml

71
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIALÉRGICOS DE
USO OFTALMOLÓGICO

1 CROMOGLICATO DISSÓDICO - Genérico


POSOLOGIA: • 1 a 2 gotas em cada olho, 4 vezes ao dia.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Maxicrom Alcon solução oftalmológica 2 e 4%

2 EMEDASTINA, Difumarato
POSOLOGIA: • crianças acima de 3 anos: 1 gota (0,5 mg/0,05%)
em cada olho afetado, 2 vezes ao dia.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Emadine Alcon colírio

3 LODOXAMIDA, Trometamina de
POSOLOGIA: • 1 ou 2 gotas em cada olho, 4 vezes ao dia.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Alomide Alcon solução oftálmica

4 N-ACETIL ASPARTILGLUTAMATO DE SÓDIO


POSOLOGIA: • 1 ou 2 gotas em cada olho, 4 vezes ao dia.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Naabak Allergan colírio
Naaxia Allergan colírio

5 OLOPATADINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • crianças acima de 3 anos: 1 gota (1 mg/0,1%) em cada olho
afetado, 2 vezes ao dia com a criança acordada.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Patanol Alcon colírio

72
ASSOCIAÇÃO ENTRE ANTI-HISTAMÍNICOS E DESCONGESTIONANTES
APRESENTAÇÃO DOSE RECOMENDADA *
NOME COMERCIAL ANTI-HISTAMÍNICO DESCONGESTIONANTE LABORATÓRIO
2 a 6A 6 a 12A ADOL/ADUL
Allegra-D Fexofenadina Cloridrato de Pseudoefedrina Aventis- Comprimidos — — 1 (12/12 hs)
60 mg 120 mg Pharma

Bialerge Maleato de Bronfeniramina Cloridrato de Fenilefrina Elofar Elixir 1/2 a 1c. chá 1 c. chá —
(de 3 a 6 anos) (acima de 6 anos)
Comprimidos
— — 1 a 2 comprimidos

Cedrin Maleato de Azatadina Sulfato de Pseudoefedrina Schering Xarope (de 1 a 6 anos)


0,5 mg/5 ml 30 mg Plough 2,5 ml (12/12 hs) 5 ml (12/12 hs) 10-20 ml (12/12 hs)

Claritin-D Loratadina Cloridrato de Pseudoefedrina Schering Xarope — abaixo de 30 kg: —


5 mg 120 mg Plough 2,5 ml/dose
acima de 30 kg:
5,0 ml/dose
(12/12 hs)
1mg/ml 12 mg/ml Drágeas — — 1 (12/12 hs)
Disofrol Maleato de Sulfato de Schering
Dextrobromofeniramina Pseudoefedrina Plough
6 mg 120 mg Cápsulas — — 1
Loralerg-D Loratadina Cloridrato de Pseudoefedrina Farmasa Xarope — abaixo de 30 kg: —
1 mg/ml 12 mg/ml 2,5 ml/dose
acima de 30 kg:
5 ml/dose
(12/12 hs)
5 mg 120 mg Comprimidos — — 1 (12/12 hs)
Loremix D Loratadina 1 mg/ml Pseudefedrina 12 mg/ml Ativus Xarope — abaixo de 30 kg: —
2,5 ml/dose
acima de 30 kg:
5 ml/dose
(12/12 hs)
Loratadina 5 mg Pseudefedrina 120 mg Comprimidos — — 1 (12/12 hs)
Loranil-D Loratadina Cloridrato de Pseudoefedrina Libbs Xarope — abaixo de 30 kg: —
1 mg/ml 12 mg/ml Farmacêutica 2,5 ml/dose
acima de 30 kg:
5 ml/dose
(12/12 hs)
5 mg 120 mg Comprimidos — — 1 (12/12 hs)

73
* Dose recomendada pelos fabricantes: xarope e comprimidos: 2 a 3 vezes ao dia. Drágeas A. P. e comprimidos de liberação lenta - 2 vezes ao dia. Adaptado de Bierman C.W. et al., 1980
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIINFLAMATÓRIOS
ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO-HORMONAIS

Ácido acetilsalicílico (aspirina) (02, 75)


Benzidamina (75)
Cetoprofeno (75)
Diclofenaco (oral, tópico) (03, 76)
Etofenamato (tópico) (76)
Ibuprofeno (04, 76)
Indometacina (76)
Naproxeno (05, 76)
Nimesulida (06, 77)
Piroxicam (77)

ANTIINFLAMATÓRIOS HORMONAIS (107)

ANTIINFLAMATÓRIOS DE AÇÃO LENTA (78)


Antimaláricos
Hidroxicloroquina (78)

FÁRMACOS ESPECIAIS (78)


Colchicina (78)
Penicilamina (78)

ANTIINFLAMATÓRIOS DE USO OFTALMOLÓGICO (78)


Diclofenaco sódico (78)

74
1 ÁCIDO ACETILSALICÍLICO (ASPIRINA) - Genérico
POSOLOGIA: • como antipirético ou analgésico: 30 a 65 mg/kg/dia, de 4/4 ou 6/6 horas;
• como antiinflamatório: 80 a 100 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas;
• dose média: 160 a 480 mg/dose; dose máxima: 3 g.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


AAS adulto Sanofi-Synthelabo comprimidos 500 mg
AAS infantil Sanofi-Synthelabo comprimidos 100 mg
Antifebrin Royton comprimidos 100 ou 500 mg
Aspirina adulto Bayer comprimidos 500 mg
Aspirina infantil Bayer comprimidos 100 mg
Aspirina efervescente Bayer envelopes 500 mg
Aspirina buffered Bayer comprimidos tamponados 500 mg

2 BENZIDAMINA
POSOLOGIA: • até 6 anos - 1,5 mg/kg/dose, cada 6/6 ou 8/8 horas; de 6 a 14 anos -
50 mg/dose, cada 12/12 ou 24/24 horas; acima de 14 anos -
50 mg/dose, cada 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Benflogin Asta Medica solução oral 30 mg/ml
drágeas 50 mg
Benzitrat Biolab Sanus colutório 1,5 mg/ml

3 CETOPROFENO - Genérico
POSOLOGIA: • acima de 1 ano: 1 gota/kg, de 6/6 ou 8/8 horas; crianças de
7 a 11 anos: 25 gotas, de 6/6 ou 8/8 horas; acima de 11 anos: 50 gotas,
de 6/6 ou 8/8 horas; adultos: 200 a 300 mg/dia, de 8/8/ horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: tópico, oral e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Artrinid União cápsulas 50 mg
Química injetável 100 mg
Artrosil Aché cápsulas de liberação prolongada 160 e 320 mg
Profenid Aventis-Pharma gotas 20 mg/ml
cápsulas 50 mg
supositórios 100 mg
entérico 100 mg
retard 200 mg

75
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

4 DICLOFENACO - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 1 ano: 0,5 a 2,0 mg/kg/dose, de 8/8 ou
12/12 horas; acima de 12 anos: 50 mg, 8/8 ou 12/12 horas
• gel: aplicar na área afetada, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, tópico, parenteral e retal.

(ver em Analgésicos, página 03)

5 ETOFENAMATO - TÓPICO
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bayrogel Bayer gel

6 IBUPROFENO - Genérico
POSOLOGIA: • 30 a 40 mg/kg/dia, de 6/6 ou 8/8 horas; na febre,
10 mg/kg/dose, até de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Analgésicos, página 04)

7 INDOMETACINA
POSOLOGIA: • crianças de 2 anos ou maiores: 1 a 2 mg/kg/dia de 8/8 horas.
• dose máxima: a menor entre 4 mg/kg/dia e 200 mg/dia
• adultos: 50-150 mg/dia, 2 a 4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Indocid Merck Sharp cápsulas 25 e 50 mg
supositórios 100 mg

8 NAPROXENO
POSOLOGIA: • somente para crianças com 2 anos ou maiores 5 a 7 mg/kg, de 8/8 ou
12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Naproxeno Teuto comprimidos 250 e 500 mg

76
9 NIMESULIDA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 12 anos: comprimidos 50 a 100 mg,
12/12 horas; comprimidos dispersíveis 100 mg, 12/12 horas;
supositórios 50 a 100 mg, 12/12 horas; granulado 50 a 100 mg,
12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
(ver em Analgésicos, página 06)

10 PIROXICAM - Genérico
POSOLOGIA: • acima de 1 ano: 0,4 a 0,6 mg/kg/dia, de 24/24 horas. Feldene®:
indicado para tratamento de dismenorréia primaria em pacientes
maiores de 12 anos: 40 mg, em dose única diária, no 1º e 2º dias; se
necessário: 20 mg em dose única diária no 3º, 4º e 5º dias do ciclo menstrual;
acima de 12 anos: 20 mg de 12/12 ou 24/24 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, retal, intramuscular e tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Feldene Pfizer comprimidos solúveis 20 mg
cápsulas 20 mg
comprimidos de dissolução instantânea 20 mg
solução injetável 40 mg/2 ml
supositórios 20 mg
gel a 0,5%
Flogene Aché gotas: 10 mg/ml
cápsulas 20 mg
Inflanan Marjan Farma comprimidos revestidos 20 mg
Inflax Ativus comprimidos revestidos 20 mg
solução injetável 40 mg/2 ml
Lisidema Climax comprimidos revestidos de 10 e 20 mg
Piroxene Sintofarma comprimidos revestidos 10 e 20 mg

77
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIINFLAMATÓRIOS DE AÇÃO LENTA


ANTIMALÁRICOS
1 HIDROXICLOROQUINA
POSOLOGIA: • 8 mg/kg/semana; não ultrapassar 400 mg/semana.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Plaquinol Sanofi-Synthelabo comprimidos 400 mg

FÁRMACOS ESPECIAIS
1 COLCHICINA
POSOLOGIA: • 0,5 mg de hora em hora ou 2/2 horas; profilaxia: 0,5 a 1g/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Colcitrat UCI-Farma comprimidos 0,5 mg

2 PENICILAMINA
POSOLOGIA: • Doença de Wilson: crianças: 30 a 40 mg/kg/dia de 6/6 ou 8/8 horas;
dose máxima 1,5 g/dia; adultos: 1 a 1/5 g/dia de 8/8 ou 12/12 horas.
• Cistinúria: recém-nascidos e crianças jovens: 30 mg/kg/dia de 6/6
horas; dose máxima 4g/dia; crianças maiores e adultos: 1 a 4 g/dia
de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cuprimine Merck Sharp cápsulas 250 mg

ANTIINFLAMATÓRIO
DE USO OFTALMOLÓGICO
1 DICLOFENACO SÓDICO
POSOLOGIA: • instilar 1 gota no saco conjuntival 4 a 5 vezes ao dia, ou aplicar
pequena quantidade de pomada no saco conjuntival 2 a 3 vezes ao dia.
Pode-se utilizar o colírio durante o dia e a pomada à noite, ao deitar.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Still Allergan colírio 1 mg/ml
pomada oftálmica 1 mg/g

78
ANTIPARASITÁRIOS

AMEBICIDAS (80)
Etofamida (80)
Metronidazol (80)
Secnidazol (80)
Teclosan (81)
Tinidazol (81)

ANTIMALÁRICOS (82)
Cloroquina (82)
Hidroxicloroquina (82)
Pirimetamina (82)

GIARDICIDAS (83)
Albendazol (56, 83)
Furazolidona (83)
Metronidazol (80, 83)
Nimorazol (83)
Secnidazol (80, 83)
Tinidazol (81, 83)

ANTITOXOPLÁSMICOS (84)
Espiramicina (84)
Pirimetamina (82, 84)

ESCABICIDAS/PEDICULICIDA (85)
Benzoato de Benzila (85)
Deltametrina (85)
Ivermectina (61, 85)
Monossulfiram (86)

79
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

AMEBICIDAS

1 ETOFAMIDA
POSOLOGIA: • 20 mg/kg/dia, 8/8 horas por 3 dias.
• adultos: 2 comprimidos ao dia durante 3 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Kitnos Pfizer comprimidos 500 mg
suspensão 20 mg/ml

2 METRONIDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 20 mg/kg/dia, de 8/8 horas, por 10 dias.
• adultos: 750 mg/dose, 2 vezes ao dia por 10 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Flagyl Aventis-Pharma suspensão pediátrica 40 mg/ml
injetável 500 mg (Frascos c/ 100 ml
e bolsa plástica 100 ml)
comprimidos 250 e 400 mg
Canderme EMS comprimidos 250 e 400 mg
suspensão 40 mg/ml

3 SECNIDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • amebíase intestinal: crianças menores de 12 anos - dose única de
30 mg/kg/dia, máximo 2 g (1 ml/kg/dia); maiores de 12 anos:
4 comprimidos de 500 mg, dose única ou 2 comprimidos de 1 g;
• amebíase hepática: crianças menores de 12 anos - 30 mg/kg/dia,
máximo 2 g, por 5 a 7 dias; maiores de 12 anos: 1 comprimido de
500 mg, 3 vezes ao dia, por 5 a 7 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Deprozol Aché comprimidos 500 e 1000 mg
Secfar Elofar suspensão oral 450 mg/15 ml e 900 mg/30 ml
comprimidos de 1000 mg
Secnidal Aventis-Pharma suspensão oral 450 mg/15 ml
comprimidos de 500 e 1000 mg
Secni-plus Farmoquímica suspensão oral 30 mg/ml
comprimidos de 500 e 1000 mg
Secnizol UCI-Farma suspensão oral 30 mg/ml
comprimidos de 500 e 1000 mg
Tecnid Ativus suspensão oral 450 mg/15 ml e 900 mg/30 ml
comprimidos de 1000 mg

80
4 TECLOSAN - Genérico
POSOLOGIA: • crianças de 1 a 3 anos: 2 ml, 3 vezes ao dia; crianças 4 a 7 anos: 4 ml,
3 vezes ao dia; crianças 8 a 12 anos: 5 ml (ou meio comprimido de
100 mg), 3 vezes ao dia.
• acima 12 anos: 10 ml ou 1 comprimido 100 mg, 3 vezes ao dia.
• adultos: 1 comprimido de 500 mg, 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Falmonox Sanofi- comprimidos 100 e 500 mg
Synthelabo suspensão 10 mg/ml

5 TINIDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • adultos: 50 mg/kg, dose única, por 3 dias consecutivos.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Amplium Farmasa comprimidos 500 mg
Facyl 500 Medley comprimidos 500 mg
Pletil Pharmacia Pfizer comprimidos revestidos 500 mg

81
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIMALÁRICOS
1 CLOROQUINA
POSOLOGIA: • via oral: dose inicial de 10 mg/kg, seguir com 5 mg/kg,
6,24 e 48 horas após a dose inicial;
• via intramuscular: 2 a 3 mg/kg. Pode-se repetir após 6 horas;
• a dose total não deve exceder 5 mg/kg/dia;
• uso profilático (via oral): menores de 1 ano - 37,5 mg/semana;
de 1 a 3 anos - 75 mg/semana; de 4 a 6 anos - 100 mg/semana;
de 7 a 10 anos - 150 mg/semana; de 11 a 16 anos - 225 mg/semana;
• deve ser tomado 2 semanas antes e durante 6 a 8 semanas após
visita à área de malária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e parenteral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Diclokin Kinder comprimidos 150 mg
ampolas 150 mg/3 ml

2 HIDROXICLOROQUINA
POSOLOGIA: • 8 mg/kg/semana; não ultrapassar 400 mg/semana.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Antiinflamatórios de Ação Lenta, página 78)

3 PIRIMETAMINA
POSOLOGIA: • crianças com menos de 4 anos: 12,5 mg; crianças de
4 a 6 anos: 25 mg; crianças de 7 a 9 anos: 25 a 37,5 mg; crianças
de 10 a 14 anos: 50 mg, doses semanais, uma semana antes
e durante 6 a 8 semanas após visita à área de malária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Daraprim sem associação Farmoquímica comprimidos 25 mg
Fansidar sulfadoxina Roche comprimidos 25 mg
ampolas 25 mg

82
GIARDICIDAS

1 ALBENDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 400 mg/dia, durante 5 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Ancilostomíase, página 56)

2 FURAZOLIDONA
POSOLOGIA: • para crianças até 6 anos: 5 ml, de 12/12 horas, durante 7 dias
consecutivos; de 7 a 12 anos: 1/2 comprimido; 200 mg, de
12/12 horas, após o café e ao deitar, durante 7 dias consecutivos.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Giarlam UCI-Farma suspensão oral 50 mg/5 ml
comprimidos 200 mg

3 METRONIDAZOL - Genérico
POSOLOGIA: • 35 a 50 mg/kg/dia, 2 vezes ao dia, por 10 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.

(ver em Amebicidas, página 80)

4 NIMORAZOL (NITRIMIDAZINA) - Genérico


POSOLOGIA: • 15 a 20 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas, durante 5 a 7 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Naxogin Pharmacia comprimidos 500 mg
xarope 250 mg/10 ml

5 SECNIDAZOL - Genérico
(ver em Amebicidas, página 80)

6 TINIDAZOL - Genérico
(ver em Amebicidas, página 81)

83
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTITOXOPLÁSMICOS

1 ESPIRAMICINA
POSOLOGIA: • crianças em idade escolar: 250 a 500 mg, 6/6 horas, até por 48 horas
após o desaparecimento da doença.
• adultos: 4 a 6 comprimidos de 500 mg, divididos em 2 ou 3 tomadas.
• Crianças acima de 20 kg: 500 mg a cada 10 kg de peso/dia, dividido
em 2 ou 3 tomadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Rovamicina Aventis-Pharma comprimidos 500 mg

2 PIRIMETAMINA
POSOLOGIA: • crianças com menos de 4 anos: 12,5 mg; crianças de 4 a 6 anos:
25 mg; crianças de 7 a 9 anos: 25 a 37,5 mg; crianças de 10 a 14 anos:
50 mg, doses semanais, uma semana antes e durante 6 a 8 semanas
após visita à área de malária.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Antimaláricos, página 82)

84
ESCABICIDAS/PEDICULICIDA

1 BENZOATO DE BENZILA - Genérico


POSOLOGIA: • líquido: aplicar à noite após o banho sobre a pele ainda úmida,
nas lesões. Deixar secar, fazendo logo nova aplicação e, sem enxugar,
vestir-se ou deitar-se. Na manhã seguinte, tomar novo banho e mudar
as roupas do corpo e da cama. Sabonete: lavar cuidadosamente a
parte afetada pela escabiose ou pediculose.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: uso tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Miticoçan Asta Medica líquido e sabonete

2 DELTAMETRINA - Genérico
POSOLOGIA: • pediculose: aplicar por 4 dias, repetindo após 7 dias, por mais 4 dias
• Escabiose: aplicar por 4 dias.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: uso tópico.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Deltacid sem associação Solvay Farma shampoo, loção
e sabonete
Deltacid Plus butóxido Solvay Farma shampoo e loção
de piperonila

3 IVERMECTINA - Genérico
POSOLOGIA: • 200 µg/kg, dose única. Repetir em 2 a 3 semanas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

(ver em Estrongiloidíase, página 61)

85
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

4 MONOSSULFIRAM - Genérico
POSOLOGIA: • Escabiose: em crianças, antes da aplicação, diluir uma parte de
TETMOSOL solução em três partes iguais de água. O corpo do
paciente deve ser previamente lavado com água e sabonete comum
e, após enxaguá-lo e secá-lo totalmente, aplicar a solução nas áreas
afetadas deixando-a secar. Aproximadamente dez minutos são
necessários para que a solução seque naturalmente e em seguida
o paciente pode se vestir. Em alguns casos este procedimento pode
ser repetido sucessivamente por dois ou três dias.
TETMOSOL sabonete pode substituir o sabonete comum na profilaxia
da escabiose.
• Pediculose: lavar a área infestada com TETMOSOL sabonete, enxaguar
e aplicar com uma esponja a solução de TETMOSOL previamente
diluída, ou seja, para uma parte de TETMOSOL solução, 3 vezes a
mesma quantidade de água. Depois de 8 horas, lavar
a área infestada para remover o líquido aplicado. Em seguida,
passar um pente fino para remover os parasitas. Após sete dias,
repetir o tratamento a critério médico. Deve-se tratar todos os
familiares para se evitar a transmissão dos parasitas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: uso tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Tetmosol AstraZeneca solução e sabonete

86
ANTI-TUSSÍGENOS E MUCOLÍTICOS
ACETILCISTEÍNA (87)
AMBROXOL (88)
BROMEXINA (88)
CARBOCISTEÍNA (89)
CLOBUTINOL, CLORIDRATO (89)
CLOBUTINOL, CLORIDRATO - ASSOCIADO (89)
CLOPERASTINA, FENDIZOATO (89)
CODEÍNA (90)
DEXTROMETORFANO, BROMIDRATO - ASSOCIADO (90)
DROPROPIZINA (90)
LEVODROPROPIZINA (91)
PIPAZETATO (91)
SOBREROL (91)

1 ACETILCISTEÍNA - Genérico
POSOLOGIA: • xarope - até 3 meses: 1 ml, de 8/8 horas;
de 3 a 6 meses: 2,5 ml, de 12/12 horas; de 6 a 12 meses: 2,5 ml,
de 8/8 horas; de 1 a 4 anos: 5 ml, de 8/8 ou de 12/12 horas; acima
de 4 anos: 5 ml de 8/8 horas;
• granulado 100 mg - 1 envelope (dissolvido em meio copo d'água)
2 a 4 vezes ao dia, conforme a idade;
• Fluimucil solução nasal - instilar 1 a 3 gotas, ou mais, em cada narina,
3 a 4 vezes ao dia;
• Fluimucil a 10% - Aerossolterapia: utiliza-se 1/2 a 1 ampola em cada
sessão, diluída em soro fisiológico, efetuando-se 1 a 2 sessões por
dia, durante 5 a 10 dias, de acordo com a necessidade.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, tópica nasal e inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fluimucil Zambom xarope 40 mg/ml
granulado 200 e 400 mg
ampolas para inalação de 100 mg/ml
comprimidos efervescentes 600 mg

87
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

2 AMBROXOL - Genérico
POSOLOGIA: • gotas: crianças até 2 anos: 25 gotas (1 ml), de
12/12 horas; de 2 a 5 anos: 25 gotas de 8/8 horas;
de 5 a 10 anos: 50 gotas, de 8/8 horas;
• xarope: crianças até 2 anos: 2,5 ml, de 12/12 horas; de 2 a 5 anos:
2,5 ml, de 8/8 horas; de 5 a 10 anos: 5 ml, de 8/8 horas;
• gotas para inalação: crianças menores de 5 anos: 1 a 2 inalações/dia
com 50 gotas (2 ml); maiores de 5 anos e adultos: 1 a 2 inalações/dia
com 50 a 75 gotas (2 a 3 ml);
• aerossolterapia: colocar a metade de um flaconete (marca de
1/2 dose) no recipiente do aparelho - 1 ml - a cada administração,
1 ou 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ambroxol Abbott xarope pediátrico 15 mg/5 ml e 30 mg/5 ml
solução oral 7,5 mg/ml
Anabron Millet Roux xarope pediátrico 3 mg/ml
xarope adulto 6 mg/ml
Broncoflux Farmasa xarope pediátrico 15 mg/5 ml
xarope adulto 30 mg/5 ml
Fluibron Farmalab Chiesi xarope 15 mg/5 ml
gotas 1 ml = 20 gotas = 7,5 mg
Fluibron A Farmalab Chiesi suspensão para aerossolterapia:
flaconete de ml, com 7,5 mg
Fluxol UCI-Farma xarope pediátrico 3 mg/ml
xarope adulto 6 mg/ml
Mucibron Medley solução oral 7,5 mg/20 gotas
Mucolin Abbott xarope pediátrico 15 mg/5 ml
solução oral 7,5 mg/20 gotas
comprimidos 30 mg
xarope adulto 30 mg/5 ml
Mucosolvan Boehringer xarope 15 mg/5 ml e 30 mg/5 ml
Ingelheim gotas 7,5 mg/ml

3 BROMEXINA, cloridrato
POSOLOGIA: • crianças de 2 a 6 anos: 20 gotas, 8/8 horas; de 6 a 12 anos: 30 gotas,
8/8 horas; acima de 12 anos e adultos: 60 gotas (4 ml), 8/8 horas;
• gotas para inalação: crianças menores de 2 anos: 5 gotas, 12/12 horas;
de 2 a 6 anos: 10 gotas, 12/12 horas; de 6 a 12 anos: 15 gotas (1 ml),
12/12 horas; acima de 12 anos e adultos: 30 gotas (2 ml), 12/12 horas;
• xarope pediátrico: crianças menores de 2 anos: 1,25 ml, 8/8 horas;
de 2 a 6 anos: 2,5 ml, 8/8 horas; 6 a 12 anos: 5 ml, 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bisolvon Boehringer gotas 2 mg/ml
Ingelheim xarope 4 mg/5 ml (pediátrico)
xarope 8 mg/5 ml (adulto)

88
4 CARBOCISTEÍNA - Genérico
POSOLOGIA: • gotas - crianças de 1 a 5 anos: 2 gotas/kg, de 8/8 horas;
• xarope (5 a 10 ml, de 8/8 horas) - crianças de 1 a 5 anos: 2,5 ml,
de 8/8 ou 12/12 horas; crianças de 6 a 12 anos: 5 ml, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Mucofan Whitehall gotas 50 mg/ml
xarope pediátrico 50 mg/ml
xarope adulto 20 mg/ml
Mucoflux Merck suspensão oral 100 e 250 mg/5 ml
Mucolitic Altana Pharma gotas 50 mg/ml
xarope pediátrico 100 mg/5 ml

5 CLOBUTINOL, cloridrato
POSOLOGIA: • gotas: crianças de 2 a 3 anos: 10 gotas, 8/8 horas;
de 3 a 6 anos: 10 a 15 gotas, 8/8 horas; de 6 a 12 anos: 15 a 20 gotas,
8/8 horas; acima de 12 anos e adultos: 20 a 40 gotas, 8/8 horas;
• xarope: crianças de 2 a 3 anos: 1/2 copo-medida, 8/8 horas; 3 a 6 anos:
1/2 a 3/4 de copo-medida, 8/8 horas; 6 a 12 anos: 3/4 a 1 copo-medida,
8/8 horas; acima de 12 anos e adultos: 1 a 2 copos-medida, 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Silomat Boehringer gotas 60 mg/ml
Ingelheim xarope 40 mg/10 ml

6 CLOBUTINOL, cloridrato - Associações


POSOLOGIA: • gotas: crianças de 2 a 3 anos: 5 a 10 gotas, 8/8 horas;
de 3 a 12 anos: 10 a 20 gotas, 8/8 horas; acima de 12 anos e adultos:
20 gotas, 8/8 horas;
• xarope: crianças de 2 a 3 anos: 1/4 a 1/2 copo-medida, 8/8 horas;
3 a 12 anos: 1/2 a 1 de copo-medida, 8/8 horas; acima de 12 anos e
adultos: 1 copo-medida, 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Silomat Plus Boehringer gotas 48 mg clobutinol + 9 mg succinato
Ingelheim de doxilamina/ml
xarope 40 + 7,5/10 ml

7 CLOPERASTINA, fendizoato
POSOLOGIA: • 2 mg/kg/dia (1 ml de xarope ou 2 gotas), divididos em
4 doses: uma pela manhã, uma à tarde e duas à noite.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Seki Zambon gotas 20 mg/ml
xarope 2 mg/ml

89
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

8 CODEÍNA
POSOLOGIA: • crianças - de 30 meses a 5 anos: 4 mg pela manhã e à noite;
de 5 a 10 anos: 10 mg pela manhã e à noite; de 10 a 15 anos:
20 mg pela manhã e à noite; acima de 15 anos, esta posologia
pode ser dobrada ou 0,5 mg/kg de 4/4 ou de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Codein Cristália solução oral: 3 mg/ml
comprimidos 30 e 60 mg
Setux Aventis-Pharma suspensão aquosa: 2 mg de codeína e
0,67 mg de feniltoloxamina
Setux Expectorante Aventis-Pharma suspensão oral: 2 mg de codeína,
8,18 mg de guaiacolato de glicerina e
0,67 mg de feniltoloxamina

9 DEXTROMETORFANO, Bromidrato
POSOLOGIA: • crianças de 6 a 12 anos: 1 colher das de chá ou 1 pastilha,
de 4/4 horas; crianças acima de 12 anos e adultos: 2 colheres
das de chá, ou 2 pastilhas, de 4/4 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Silencium succinato de Aventis-Pharma xarope 5 mg/5 ml
doxilamina, pastilhas 5 mg
citrato de sódio,
cloreto de cetilpiridínio

10 DROPROPIZINA
POSOLOGIA: • 0,45 mg/kg/dose, de 6/6 horas ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Atossion Elofar xarope pediátrico 7,5 mg/5 ml
xarope adulto: 15 mg/5 ml
Eritós Biolab Sanus xarope pediátrico 7,5 mg/5 ml
xarope adulto 15 mg/ml
Vibral Solvay Farma xarope pediátrico 7,5 mg/5 ml
xarope adulto 30 mg/10 ml
gotas 30 mg/ml

90
11 LEVODROPROPIZINA
POSOLOGIA: • xarope: crianças acima de 2 anos: 1 mg/kg, até
3 vezes ao dia, dose diária de 3 mg/kg; acima de 12 anos:
10 ml, até 3 vezes ao dia, em intervalos de, no mínimo, 6 horas;
• gotas: crianças acima de 2 anos: 1 mg/kg, até 3 vezes ao dia,
dose diária de 3 mg/kg (1 gota = 3 mg); acima de 12 anos: 20 gotas
(60 mg), até 3 vezes ao dia, em intervalos de, no mínimo, 6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Antux Aché gotas 30 mg/ml
xarope 30 mg/5 ml
Zyplo Bagó gotas 60 mg/ml
xarope 6 mg/ml

12 PIPAZETATO
POSOLOGIA: • lactentes: 5 gotas ou 1/2 supositório ou 5 ml, de
8/8 horas; crianças: 10 a 15 gotas ou 1 supositório ou 10 ml,
de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Selvigon Aché gotas 40 mg/25 gotas
xarope 10 mg/5 ml

13 SOBREROL
POSOLOGIA: • aerossol: 40 mg/dose, 2 vezes ao dia;
• xarope: acima de 2 anos: 10 ml, de 12/12 horas;
• supositório: acima de 2 anos: 1 a 2 supositórios ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Sobrepin Farmasa xarope 40 mg/5 ml
supositórios 100 mg
aerossol: 40 mg/3 ml

91
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

ANTIVIRÓTICOS
ACICLOVIR (92)
AMANTADINA (92)
DIDANOSINA (93)
IDOXURIDINA (IDU) (93)

1 ACICLOVIR - Genérico
POSOLOGIA: • via oral: no tratamento e profilaxia de infecções por Herpes
simples em crianças imunodeprimidas, com mais de 2 anos de idade -
200 mg, 5 vezes ao dia, com intervalos de 4 horas, omitindo-se a dose
noturna. Crianças com menos de 2 anos: metade da dose;
• tópico: aplicar o creme 5 vezes ao dia, a intervalos de 4 horas,
omitindo-se aplicação noturna;
• oftálmico: aplicar 1 cm de pomada no saco conjuntival inferior, 5 vezes
ao dia, com intervalos de 4 horas, omitindo-se a aplicação noturna;
• via intravenosa: de 3 meses a 12 anos - crianças com infecções por
Herpes simples (exceto meningoencefalite): 250 mg/m2 a cada 8 horas.
Crianças imunodeprimidas ou com meningoencefalite: doses de
500 mg/m2 a cada 8 horas, se a função renal não estiver comprometida.
Recém-nascidos: 10 mg/kg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, oftalmológico e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Aviral Medley creme 50 mg/g
comprimidos 200 mg
Exavir UCI-Farma creme 5%
comprimidos 200 mg
Uni Vir União Química creme 50 mg/g
comprimidos 200 mg
frasco-ampola 250 mg
Zovirax GlaxoSmithKline pomada oftálmica 3%
creme 5%
comprimidos 200 mg
frasco-ampola 250 mg

2 AMANTADINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • crianças de 1 a 9 anos: 4 a 9 mg/kg/dia, de 8/8 ou 12/12 horas,
não ultrapassar 150 mg/dia; crianças de 9 a 12 anos:
200 mg/dia, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Mantidan Eurofarma comprimidos 100 mg

92
3 DIDANOSINA
POSOLOGIA: • dose média recomendada: 120 mg/m2, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Videx Bristol-Myers solução oral 4 g
Squibb comprimidos 25, 100 e 200 mg
frasco com 4 g pó para solução
Videx EC Bristol-Myers cápsulas 250 e 400 mg
Squibb

4 IDOXURIDINA (IDU)5- IODO -


2-DEOXIURIDINA
POSOLOGIA: • 3 a 4 aplicações ao dia até 3 a 5 dias após o desaparecimento
das lesões.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: uso tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Herpesine Nikkho embalagem com 10 ml
mais 1 comprimido de 10 mg

93
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

BRONCODILATADORES

1 ACEBROFILINA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças de 1 a 3 anos: 2mg/kg peso/dia, de 12/12 horas;
de 3 a 6 anos: 1/2 copo-medida (5 ml), de 12/12 horas;
de 6 a 12 anos: 1 copo-medida (10 ml), de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Brondilat Pediátrico Aché xarope 5 mg/ml

2 ADRENALINA, Cloridrato
POSOLOGIA: • 0,01ml/kg/dose; máximo: 0,3ml.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: subcutânea.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Drenalin Ariston ampolas 1,82 mg/ml

3 BAMIFILINA - Genérico
POSOLOGIA: • acima de 5 anos e com capacidade de ingestão de
drágeas, recomenda-se a administração de 1 drágea de 300 mg,
pela manhã e à noite, correspondente a uma dose ponderal de
30 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bamifx Farmalab Chiesi drágeas 300 e 600 mg

4 EPINEFRINA
(ver Adrenalina, página 94)

94
5 FENOTEROL - Genérico
POSOLOGIA: • gotas - até 1 ano: 3 a 7 gotas, 2 a 3 vezes ao dia; de 1 a 6 anos:
5 a 10 gotas, 3 vezes ao dia; 6 a 12 anos: 10 gotas, 3 vezes ao dia
1 ml = 20 gotas = 5,0 mg; 1 gota = 0,25 mg;
• xarope pediátrico - menores de 1 ano: 1/2 copo medida (5 ml),
2 a 3 vezes ao dia; de 1 a 6 anos: 1/2 a 1 copo medida (5 a 10 ml),
3 vezes ao dia; de 6 a 12 anos: 1 copo medida (10 ml), 3 vezes ao dia.
1 copo medida (10 ml) corresponde a 2,5 mg;
• comprimidos: de 6 a 14 anos: 1 comprimido, 3 vezes ao dia;
• gotas para inalação: até 7 anos (com menos de 25 kg) - 1 gota/3 kg de
peso, diluídas em 2 a 5 ml de soro fisiológico, 3 vezes ao dia. O tempo
de inalação é de 5 minutos. Se o paciente não apresentar melhora
dentro de 30 minutos, a inalação poderá ser repetida;
• fenozan aerossol: aerossol - 1 a 2 aplicações até 8 vezes ao dia, sempre
a critério médico e sob inspeção de um adulto. Cada aplicação
proporciona 0,2 mg de fenoterol.
• gotas (inalação) Berotec:
asma aguda: crianças de 6 a 12 anos: 1 a 2 gotas, podendo em casos
muito severos ser necessário o uso de 4 a 6 gotas, sempre com rigorosa
supervisão médica
profilaxia da asma por exercício: crianças de 6 a 12 anos: 2 gotas,
até 4 vezes ao dia
asma brônquica e outras enfermidades com constricção reversível das
vias respiratórias: crianças até 6 anos: 50 mcg/kg, até 3 vezes ao dia;
crianças de 6 a 12 anos: 2 gotas, até 4 vezes ao dia.
• aerossol (100 ou 20 mcg) Berotec
asma aguda: duas inalações de Berotec 100 ou uma inalação de
Berotec 200. Se necessário uma segunda inalação poderá ser feita após
5 minutos, repetindo o esquema
profilaxia da asma por exercício: uma a duas inalações, até 8 vezes ao
dia, como dose máxima
asma brônquica e outras enfermidades com constricção reversível das
vias respiratórias: uma ou duas inalações, até 8 vezes ao dia, como
dose máxima.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Berotec Boehringer gotas: 1 gota = 0,25 mg
Ingelheim xarope pediátrico 2,5 mg/10 ml
solução 1 ml = 20 gotas = 5 mg
comprimidos 2,5 mg
spray 100 mcg e 200 mcg/dose
Fenozan Zambon gotas: 1 gota = 0,25 mg
xarope pediátrico 2,5 mg/10 ml

95
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

6 FORMOTEROL, Fumarato de
POSOLOGIA: • Cápsulas para inalação (pó seco): crianças com 5 a 12 anos -
1 cápsula (12 mcg), de 12/12 horas;
• Aerossol: crianças com 6 a 12 anos - 1 a 2 jatos (cada jato contém
12 mcg), de 12/12 horas;
• Pó para inalação: 6* - 12** mcg, 1 ou 2 vezes por dia. A dose pode ser
administrada pela manhã e/ou à noite. Não recomenda-se uma dose
diária superior a 48 mcg.
* A dose medida de 6 mcg equivale à dose liberada de 4,5 mcg.
** A dose medida de 12 mcg equivale à dose liberada de 9 mcg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Foradil Novartis cápsulas para inalação: 12 mcg/cápsula
aerossol: cada dose 12 mcg
Oxis AstraZeneca pó para inalação: tubos com 60 doses de
Turbuhaler 6 ou 12 mcg para crianças maiores de 6 anos

7 IPRATRÓPIO, Brometo
POSOLOGIA: • via inalatória para nebulização diluída em solução salina
(NaCl 0,9%): spray - crianças maiores de 5 anos: 0,04 mg,
de 6/6 horas ou de 8/8 horas;
• solução para inalação: crianças menores de 5 anos - 0,05-0,125 mg/
4-10 gotas/0,2-0,5 ml, a cada 4 ou 6 horas. Crianças maiores de
5 anos : 0,125- 0,250 mg/10-20 gotas/0,5-1,0 ml, a cada 4 ou
6 horas. Adultos: 0,250-0,500 mg/20-40 gotas/1,0-2,0 ml, a cada
4 ou 6 horas;
• aerossol - crianças acima de 5 anos e adultos: 2 puffs, 3 a 4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: solução para inalação e aerossol.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ares União Química solução p/ inalação a 0,250 mg
Atrovent Boehringer solução p/ inalação a 0,250 mg
Ingelheim spray 0,02 mg/dose
Iprabon Zambon solução p/ inalação a 0,25 mg/ml

96
8 SALBUTAMOL - Genérico
POSOLOGIA: • oral - 2 a 6 anos: 1 a 2 mg, 3 a 4 vezes ao dia;
6 a 12 anos: 2 mg, 3 a 4 vezes ao dia;
• spray - 100 a 200 µg/dose, 3 a 4 vezes ao dia;
• pó para inalação - 1 inalação por dia;
• nebulização - 0,25 a 1 ml, diluído para 2 ml de soro fisiológico.
Usar sob máscara facial por 10 minutos;
• injetável - na crise: ataque de 10 mcg/kg e após 0,2 mcg/kg/minuto conforme
necessidade.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, inalatório e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Aerojet Farmalab Chiesi xarope 2 mg/5 ml
comprimidos 2 e 4 mg
spray 100 µg/dose
Aerolin GlaxoSmithKline spray 100 µg/dose
comprimidos 2 e 4 mg
xarope 2 mg/5 ml
solução oral (edulito) 2 mg/5 ml
solução para nebulização 5 mg/ml
injetável 500 µg/ml
Butovent Pulvinal Farmalab Chiesi pó para inalação: 200 µg

9 SALMETEROL
POSOLOGIA: para crianças maiores de 4 anos:
• spray: 2 aplicações (50 µg), 2 vezes ao dia;
• aerossol de pó seco: 50 µg, 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Serevent GlaxoSmithKline spray: 250 µg/dose
disk-haler 50 µg/dose

10 TEOFILINA
POSOLOGIA: • xarope: 5 mg/kg/dose, de 6/6 horas;
• cápsulas liberação prolongada: 8 a 10 mg/kg/dose, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e retal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Talofilina Novartis cápsulas 100, 200 e 300 mg
Teolong Knoll cápsulas 100, 200 e 300 mg

97
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

10.1 TEOFILINA associado com, HIDROXIZINA,


Cloridrato e EFEDRINA, Sulfato
POSOLOGIA: • crianças de 2 a 5 anos: 1/2 a 1 colher de chá (2 a 5 ml), 3 a 4 vezes
ao dia; crianças acima de 5 anos: 1 colher de chá (5 ml), 3 a 4 vezes
ao dia ou 1/2 comprimido de 2 a 4 vezes ao dia. O intervalo entre as
doses não deve ser menor que 4 horas.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Marax Pfizer xarope
comprimidos

11 TERBUTALINA
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Adrenyl UCI-Farma comprimidos 2,5 mg
xarope 0,3 mg/ml
Bricanyl AstraZeneca xarope expectorante 0,3 mg/ml
comprimidos 5 mg
ampola 0,5 mg/ml
solução para nebulização com 200 doses,
10 mg/ml
turbuhaler: 0,5 mg/dose
Terbutil União Química ampolas 0,5 mg/ml

BRICANYL DOSE RECOMENDADA


peso corporal dose peso corporal dose
(kg) (kg)
Composto 4 1 ml x 3 18 4,5 ml x 3
Expectorante 6 1,5 ml x 3 20 5 ml x 3
8 2 ml x 3 24 6 ml x 3
10 2,5 ml x 3 28 7 ml x 3
12 3 ml x 3 32 8 ml x 3
14 3,5 ml x 3 36 9 ml x 3
16 4 ml x 3 40 10 ml x 3
Broncodilatador 4 1 ml x 3 18 4,5 ml x 3
6 1,5 ml x 3 20 5 ml x 3
8 2 ml x 3 24 6 ml x 3
10 2,5 ml x 3 28 7 ml x 3
12 3 ml x 3 32 8 ml x 3
14 3,5 ml x 3 36 9 ml x 3
16 4 ml x 3 40 10 ml x 3

98
12 ASSOCIAÇÃO ENTRE IPRATRÓPIO
E FENOTEROL
POSOLOGIA: • crianças maiores de 6 anos: 1 aplicação, de 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: spray.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Duovent Boehringer spray: 100 mcg fenoterol
Ingelheim e 40 mcg ipratrópio

13 ASSOCIAÇÃO ENTRE FORMOTEROL


E BUDESONIDA
POSOLOGIA: • Symbicort Turbuhaler 6/200 µg - dose máxima de acordo com a
necessidade;
• Symbicort Turbuhaler 6/200 µg - crianças acima de 4 anos: 1 inalação,
1 ou 2 vezes ao dia. Dose máxima diária: 2 inalações.
Acima de 12 anos: 1 ou 2 inalações, 1 ou 2 vezes ao dia.
Dose máxima diária: 4 inalações.
• Symbicort Turbuhaler 12/400 µg - acima de 12 anos: 1 inalação,
1 ou 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: spray e pó inalante.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Symbicort Turbuhaler Astra Zeneca pó para inalação: tubos com 60 doses de
6/100 µg, 6/200 µg e 12/400 µg

14 ASSOCIAÇÃO ENTRE SALBUTAMOL


E BECLOMETASONA
POSOLOGIA: • menores de 12 anos: 1 a 2 inalações, 2, 3 ou 4 vezes ao dia; acima de
12 anos: 2 inalações, 3 ou 4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: spray e aerosol.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Aerotide GlaxoSmithKline salbutamol: 100 µg/dose
beclometasona: 50 µg/dose
Clenil Compositum Farmalab-Chiesi salbutamol: 100 µg/dose
Spray e Jet beclometasona: 50 µg/dose
Clenil Compositum A Farmalab-Chiesi suspensão para aerossolterapia: flaconete de
2 ml, com 800 µg de salbutamol e 400 µg
de becometasona/ml

99
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

15 ASSOCIAÇÃO ENTRE SALBUTAMOL


E GUAIFENESINA
POSOLOGIA: • crianças de 2 a 6 anos: 2,5 a 5 ml, 8/8 ou 12/12 horas; de 6 a 12 anos:
5 ml, 12/12 horas; acima de 12 anos: 5 a 10 ml, 8/8 ou 12/12 horas;
adultos: 5 a 10 ml, 8/8 ou 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Aeroflux GlaxoSmithKline salbutamol 2 mg, guaifenesina 100 mg/5 ml

16 ASSOCIAÇÃO ENTRE SALMETEROL


E FLUTICASONA
POSOLOGIA: • crianças maiores de 4 anos: uma inalação de 50/100 µg, 12/12 horas;
• acima de 12 anos e adultos: uma inalação de 50/100, 50/250 ou
50/500 µg, 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Seretide spray GlaxoSmithKline 25/50, 25/125 e 25/250 µg
Seretide diskus GlaxoSmithKline 50/100, 50/250 e 50/500 µg

17 ASSOCIAÇÃO ENTRE TEOFILINA


E EFEDRINA
POSOLOGIA: • de 2 a 4 anos: 2,5 ml, de 6/6 ou 8/8 horas; 4 a 10 anos: 5 ml,
de 6/6 ou 8/8 horas; acima de 10 anos: 10 ml, de 6/6 ou 8/8 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Franol Sanofi- suspensão oral Teofilina 3 mg
Synthelabo e Sulfato de Efedrina 2,4 mg
comprimidos Teofilina 120 mg
e Sulfato de Efedrina 15 mg

100
CERUMINOLÍTICO

1 HIDROXIQUINOLINA com associação


POSOLOGIA: • 5 gotas, 3 vezes ao dia.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Cerumin Alcon gotas otológicas

2 URÉIA
POSOLOGIA: • 5 gotas, 3 a 4 vezes ao dia, por 3 a 4 dias.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Oticerim Daudt gotas otológicas

101
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

DIGITÁLICOS
1 DIGOXINA
POSOLOGIA: • menores de 10 anos: digitalização: 0,01 a 0,02 mg/kg, repetidos a cada
6 horas; manutenção: 0,01 a 0,02 mg/kg dose única diária;
• maiores de 10 anos: digitalização rápida oral: 0,75 a 1,5 mg em dose
única; digitalização lenta oral: 0,25 a 0,75 mg diariamente por uma
semana; manutenção: 0,25 a 0,5 mg dose única diária;
• a dose deve ser ajustada individualmente.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO

VIA DOSE DE ATAQUE DOSE DE MANUTENÇÃO


oral Prematuros: 25%-35% da dose de ataque dividida
0,035 mg/kg/peso RN: 0,005 mg/kg peso em 2 doses/dia
< 2 anos: 0,005-0,007mg/kg de peso
> 2 anos: 0,003-0,005 mg/kg de peso
IM e IV 75%-80% da dose oral

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Digoxil Legrand comprimidos 0,25 mg
Digoxina GlaxoSmithKline elixir pediátrico 1 ml/0,05 mg
comprimidos 0,25 mg
Lanoxin GlaxoSmithKline comprimidos 0,25 mg

2 LANATOSÍDIO C
POSOLOGIA: • crianças, e especialmente as pequenas (lactentes), requerem de modo
geral doses maiores que os adultos, em relação ao peso corpóreo.
Todavia existem diferenças consideráveis entre os pacientes, e as
seguintes doses são fornecidas para orientação:
– digitalização rápida (24 horas) em casos de urgência:
i.v. ou i.m.: 0,02 - 0,04 mg/kg diariamente em 1-3 doses fracionadas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Cedilanide Novartis ampolas 0,4 mg/2 ml

102
DIURÉTICOS
TIAZÍDICOS E SIMILARES (103)
Clortalidona (103)
Hidroclorotiazida (103)

DIURÉTICOS DE ALÇA (104)


Furosemida (104)

POUPADORES DE POTÁSSIO (104)


Espironolactona (104)

OSMÓTICOS (105)
Manitol (105)

DIURÉTICOS ASSOCIADOS (105)

TIAZÍDICOS (DERIVADOS E SIMILARES)

1 CLORTALIDONA - Genérico
POSOLOGIA: • 0,5 a 1 mg/kg, cada 48 horas. Dose máxima: 1,7 mg/kg,
cada 48 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Clortalil Legrand comprimidos 25 e 50 mg
Higroton Novartis comprimidos 12,5; 25 e 50 mg

2 HIDROCLOROTIAZIDA
POSOLOGIA: • 2 a 3mg/kg/dia, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Clorana Sanofi-Synthelabo comprimidos 25 e 50 mg
Drenol Pfizer comprimidos 50 mg

103
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

DIURÉTICOS DE ALÇA

1 FUROSEMIDA - Genérico
POSOLOGIA: • via oral: iniciar com 1mg/kg/dia, de 12/12 ou 24/24 horas;
• Aumentar gradualmente, se necessário, 1 mg/kg/dia, até 3 mg/kg/dia,
de 6/6 ou 12/12 horas;
• via intravenosa: dose inicial: 0,5 a 1 mg/kg/dose;
• repetir e/ou aumentar 2 a 3 vezes, cada 6 horas, conforme
a resposta.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Furosemid Medley comprimidos 40 mg
Hidrion Gross comprimidos 40 mg de
Furosemida e 100 mg
de cloreto de potássio
Lasix Aventis-Pharma comprimidos 40 mg
ampolas 20 mg/2ml

POUPADORES DE POTÁSSIO

1 ESPIRONOLACTONA - Genérico
POSOLOGIA: • edema em crianças: 3 mg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Aldactone Pfizer comprimidos 25, 50 e 100 mg
Spiroctan Biolab comprimidos 25 e 100 mg

104
OSMÓTICOS
1 MANITOL
POSOLOGIA: • para provocar diurese: 0,2 - 0,5 g/kg/dose; máximo de 12,5 g em 3 a 5
minutos.
• para edema: 0,25 g/kg/dose, IV em 20-30 minutos. Pode-se aumentar a
dose gradualmente para 1 g/kg/dose se necessário.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: injetável.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Fresenitol Fresenius frasco 250 ml

DIURÉTICOS ASSOCIADOS
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Aldazida espironolactona Pfizer comprimidos: 50 mg
hidroclorotiazida de espironolactona e
50 mg de hidroclorotiazida
Amiretic hidroclorotiazida Biolab Sanus comprimidos: 5 mg de
e cloridrato de amilorida e 50 mg de
amilorida hidroclorotiazida
Furosemide furosemida e Medley comprimidos 40 mg
composto cloreto de de furosemide e 50 mg
potássio de cloreto de potássio
Genérico EMS hidroclorotiazida Sigma Pharma comprimidos: 5 mg de
e cloridrato de amilorida e 50 mg
amilorida de hidroclorotiazida
Lasilactona espironolactona Aventis-Pharma comprimidos: 100 mg
furosemida
Moduretic hidroclorotiazida Merck Sharp comprimidos: 2,5 + 5 mg de
e cloridrato de amilorida e 50 mg
amilorida de hidroclorotiazida

105
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

FIBROSE CÍSTICA

1 DORNASE ALFA (rhDNase)


INDICAÇÃO: • crianças acima de 5 anos: inalação de uma ampola de 2,5 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Pulmozyme Roche ampolas com 2,5 ml da solução com 1,0 mg/ml

106
HORMÔNIOS
1 GLICOCORTICÓIDES
(Beclometasona, Betametasona, Deflazacort, Dexametasona, Fluticasona,
Hidrocortisona, Metilprednisolona, Prednisolona, Prednisona e Triancinolona).

1.1 BECLOMETASONA - Genérico


POSOLOGIA: • via nasal: acima de 6 anos - 2 aplicações de 50 µg em cada narina,
até de 6 em 6 horas; Dose total diária não deve exceder 400 mcg.
• via oral: 6 a 12 anos - 50 a 100 µg, até de 6 em 6 horas.
• via inalatória: 1 a 2 inalações 2 a 4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal e oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Beclosol Aquoso Nasal GlaxoSmithKline spray 50 µg/dose (200 doses)
Clenil A Farmalab-Chiesi suspensão para aerossolterapia (400 mcg/ml)
flaconete monodose 2 ml
Clenil Nasal Aquoso Farmalab-Chiesi suspensão para instilação nasal

1.2 BETAMETASONA - Genérico


POSOLOGIA: • via oral: 0,017 a 0,25 mg/kg/dia;
• via intramuscular: 0,017 a 0,25 mg/kg/dia;
• as necessidades posológicas são variáveis e devem ser individualizadas
segundo a doença específica, gravidade desta e resposta do paciente
ao tratamento.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral ou intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Beta-long Biolab suspensão injetável 3 mg betametasona,
acetato + 3 mg betametasona fosfato
dissódico/ml
Betrospam Legrand cada ml contém 5 mg betametasona
(dipropionato) e 2 mg betametasona
(fosfato dissódico)
Celestone Schering- elixir 0,1 mg/ml
Plough comprimidos 0,5 e 2 mg
gotas: 0,5 mg/ml
ampolas 4 mg/ml
Celestone Soluspan Schering- solução com 3 mg acetato betametasona
(ação prolongada) Plough + 3 mg betametasona fosfato dissódico/ml
Diprospan Schering- cada ml contém 5 mg betametasona
(ação prolongada) Plough (dipropionato) e 2 mg betametasona
(fosfato dissódico)
Duoflan Cristália cada ml contém 5 mg betametasona
(dipropionato) e 2 mg betametasona
(fosfato dissódico)

107
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

1.3 DEFLAZACORT
POSOLOGIA: • crianças: 0,22 a 1,65 mg/kg/dia, em dias alternados.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Calcort Aventis-Pharma gotas 22,75 mg/ml
comprimidos 6 e 30 mg
Denacen Marjan Farma comprimidos 6 e 30 mg

1.4 DEXAMETASONA - Genérico


POSOLOGIA: • oral: variável conforme afecção e gravidade do quadro
(0,5 a 1,5 mg/dia - de 6/6 ou 12/12 horas);
• intramuscular: pode variar até 16mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Decadron Aché comprimidos 0,5; 0,75 e 4 mg
elixir 0,5 mg/5 ml
ampolas 2 mg
frasco-ampola 4 mg
Decadronal Aché frasco-ampola 8 mg/ml
Dexazen Luper comprimidos 0,50 mg
elixir 0,5 mg/5 ml
ampolas 2 mg/ml
Uni-dexa União Química injetável 2 e 4 mg/ml

1.5 FLUTICASONA, Propionato - Genérico


POSOLOGIA: • crianças de 4 a 12 anos: 1 dose em cada narina, uma vez ao dia;
acima de 12 anos: 2 doses em cada narina, uma vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Flixonase GlaxoSmithKline spray nasal aquoso 50 µg
Plurair Libbs spray nasal aquoso 50 µg

108
1.6 HIDROCORTISONA - Genérico
POSOLOGIA: • uso anti-inflamatório ou imunossupressor: 2,5 a 10 mg/kg/dia a cada 6 ou
8 horas (via oral) ou 1 a 5 mg/kg/dia, 2 vezes ao dia, por vias IM ou IV;
• para manejo do "status asmático": 4 a 8 mg/kg (máximo de 250 mg)
como dose de ataque, e após 2 mg/kg/dose, a cada 6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular e intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Cortisonal União Química frasco-ampola 100 e 500 mg

1.7 METILPREDNISOLONA
POSOLOGIA: • status asmático: dose de ataque de 2 mg/kg seguido de manutenção
de 2 mg/kg/dose, 6/6 horas;
• anti-inflamatório e imunossupressor: 0,5 e 1,7 mg/kg/dia de 6/6 ou
12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intravenosa.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Alergolon Biolab Sanus comprimidos 4 mg
Solu-medrol Pfizer pó liofilizado de 40 mg/1 ml, 125 mg/2 ml
e 500 mg/8 ml

1.8 PREDNISOLONA - Genérico


POSOLOGIA: • 1 a 2 mg/kg/dia, de 12 em 12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Prednisolon Aventis-Pharma solução oral 1 mg/ml
Prelone Aché solução oral 3 mg/ml
comprimidos 5 e 20 mg
Predsim Mantecorp comprimidos 5 e 20 mg
solução oral 3 mg/ml

1.9 PREDNISONA - Genérico


POSOLOGIA: • 0,14 a 2 mg/kg/dia, dose única.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Meticorten Schering-Plough comprimidos 5 e 20 mg

109
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

1.10 TRIANCINOLONA, Acetonido - Tópico Nasal


POSOLOGIA: • Nasacort - crianças acima de 4 anos: 1 jato/narina, 1 vez ao dia;
• Asmacort - crianças acima de 6 anos: 1-2 inalações, 3-4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal, inalatória para via nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Airclin Asta Médica spray nasal 55 µg/jato
Nasacort Aventis-Pharma spray nasal 55 µg/jato

2 HORMÔNIO TIROIDIANO - Genérico


POSOLOGIA: • crianças de 1 a 5 anos: 3 a 5 µg/kg/dia; de 6 a 10 anos: 4 a 5 µg/kg/dia;
acima de 10 anos: 2 a 3 µg/kg/dia, até que a dose de adulto seja
atingida (usualmente 150 µg/dia);
• no hipotireoidismo congênito: crianças de 0 a 6 meses:
8 a 10 µg/kg/dia; de 6 a 12 meses: 6 a 8 µg/kg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Euthyrox Merck comprimidos 25, 50, 75, 100, 125, 150,
175 e 200 µg
Puran T4 Sanofi-Synthelabo comprimidos 25, 50, 75, 88, 100, 112, 125,
150, 175 e 200 µg
Synthroid Abbott comprimidos 25, 50, 75, 88, 100, 112, 125,
150, 175 e 200 µg

110
LAXANTES

1 PICOSSULFATO SÓDICO
POSOLOGIA: • crianças menores de 4 anos: 0,25 mg/kg; de 4 a 10 anos:
5 a 10 gotas (2,5 a 5 mg); acima de 10 anos e adultos:
10 a 20 gotas (5 a 10 mg).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Guttalax Boehringer gotas: 7,5 mg/ml
Ingelheim pérolas: 2 mg

2 ÓLEO MINERAL
POSOLOGIA: • 10-20 ml 1 ou 2 vezes ao dia. Dose máxima de 50 ml 3 vezes ao dia.
Evitar uso por mais de 1 semana.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Nujol Schering Plough frascos com 120 e 200 ml
Óleo mineral União Química frasco com 100 ml

3 LACTULOSE
POSOLOGIA: • 0,3 a 0,5 ml/kg/dia do xarope de 670 mg/ml.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Lactulona Daiichi Sankyo frasco com 120 ml

4 HIDRÓXIDO DE MAGNÉSIO (400 mg/5 ml)


POSOLOGIA: • crianças menores de 2 anos: 0,5 ml/kg; 2 a 5 anos: 5-15 ml;
6 a 12 anos: 15-30 ml; 12 anos ou mais: 30-60 ml.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Leite de Magnésia Sydney Ross frascos com 120 e 350 ml
Phillips

111
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

PROFILÁTICOS DA ASMA BRÔNQUICA


1 BAMBUTEROL, Cloridrato
POSOLOGIA: • crianças de 2 a 5 anos: 10 mg (10 ml) e devido a diferenças
na cinética, 5 mg (5 ml) em crianças orientais.
• de 6 a 12 anos: dose inicial de 10 mg (10 ml); a dose pode ser
aumentada para 20 mg (20 ml) após 1 a 2 semanas. Devido a
diferença na cinética, doses acima de 10 mg (10 ml) não são
recomendadas em crianças orientais.
• acima de 12 anos: 10 mg (10 ml); a dose pode ser aumentada para
20 mg (20 ml) após 1 a 2 semanas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bambec Astra Zeneca solução oral 1 mg/ml

2 BECLOMETASONA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 6 anos: 50 a 100 µg, 2, 3 ou 4 vezes ao dia;
• cápsulas para inalação: 200 µg, de 12/12 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória por via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Clenil 250 µg Farmalab-Chiesi spray 250 µg/puff
Spray e Jet
Clenil Pulvinal Farmalab-Chiesi pó para inalação: 100, 200 e 400 µg
Clenil A Farmalab-Chiesi suspensão para aerossolterapia: flaconete
de 2 ml, com 400 µg/ml
Miflasona Novartis cápsulas para inalação: 200 e 400 µg

3 BUDESONIDA - Genérico
POSOLOGIA: • Novopulmon Novolizer - crianças de 6 a 12 anos: 1 inalação,
1 ou 2 vezes ao dia. A dose diária pode ser aumentada até 4 inalações
(dose máxima diária: 800 µg). Acima de 12 anos: 1 inalação,
1 a 2 vezes ao dia. A dose diária pode ser aumentada até 8 inalações
(dose máxima diária: 1600 µg);
• Pulmicort - ver página 113;
• Pulmicort Turbohaler - 100 a 800 µg/dia.

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: suspensão para nebulização e aerossol.


NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Novopulmon Asta Médica pó para inalação 200 µg/dose
Pulmicort AstraZeneca suspensão para nebulização 0,25 e 0,5 mg/ml
Pulmicort Turbuhaler AstraZeneca pó seco para inalação
tubos com 100 doses de 200 µg/dose ou
200 doses de 100 µg/dose para crianças
maiores de 6 anos

112
BUDESONIDA
POSOLOGIA Volume de PULMICORT
Dosagem (budesonida) suspensão Crianças a partir de 6 anos
em mg para nebulização
0,25 mg/ml 0,5 mg/ml Terapia dose inicial dose máxima
prévia recomendada recomendada

Pumilcort* • dose inicial: crianças de 6 meses de idade ou 0,25 1 ml – – – –


mais: dose diária total de 0,25 - 0,5 mg. Em
pacientes dependentes de esteróides orais, uma 0,5 2 ml – – – –
dose inicial maior, por exemplo, dose diária total
de 1 mg, pode ser considerada; 0,75 3 ml – – – –
• dose de manutenção: crianças de 6 meses de
idade ou mais: dose diária total de 0,25 - 2 mg; 1 – 2 ml – – –
• dose única diária: a dose única diária pode ser
administrada tanto em pediátricos com asma de 1,5 – 3 ml – – –
leve a moderada, que requerem uma dose de
manutenção de 0,25 a 1 mg de budesonida por dia 2 – 4 ml – – –
Profiláticos da Precauções: Dados da administração de – – – Tratamento 200 a 400 mcg, 400 mcg,
Asma Brônquica budesonida através da inalação por spray não-esteróide 2 vezes ao dia ou 2 vezes ao dia
espaçador demonstraram que, em crianças, o uso 2 vezes ao dia
prolongado (12 semanas) na dose de 800 mcg/dia – – – Glicocorticosteróides 200 a 400 mcg, 400 mcg,
pode causar redução do crescimento linear; por inalatórios 1 vez ao dia ou 2 vezes ao dia
outro lado, não foi demonstrado nenhum efeito 100 a 200 mcg,
no crescimento estatural com doses de budesonida 2 vezes ao dia
via Turbuhaler de até 400 mcg/dia em crianças – – – Glicocorticosteróides 200 a 400 mcg, 400 mcg,
tratadas por 2-6 anos, em comparação com orais 2 vezes ao dia 2 vezes ao dia
terapia não-esteroidal
* Observação: Deve-se adicionar soro fisiológico para completar o volume da câmara de 2 a 4 ml. Devido à pequena quantidade liberada de budesonida, os nebulizadores ultrassônicos
não devem ser usados para a administração de PULMICORT suspensão para nebulização

113
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

4 CETOTIFENO - Genérico
POSOLOGIA: • Xarope: crianças de 6 meses a 3 anos: 0,25 ml/kg 2 vezes ao dia;
acima de 3 anos 5 ml 2 vezes ao dia.
• Gotas: crianças de 6 meses a 3 anos: 1 gota/kg 2 vezes ao dia;
acima de 3 anos 1 ml 2 vezes ao dia.
• Comprimido: acima de 3 anos: 1 comprimido 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Asdron Marjan Farma gotas 1 mg/1 ml
xarope 1 mg/5 ml
comprimidos 1 mg
Asmalergin Merck xarope 1 mg/5 ml
comprimidos 1 mg
Asmax Ativus xarope 1 mg/5 ml
gotas 1 mg/1 ml
comprimidos 1 mg
Asmen Farmalab-Chiesi xarope 1 mg/5 ml
comprimidos 1 mg
Fumarato de Cetotifeno Ativus solução oral 0,2 mg/ml e 1 mg/ml
Zaditen Novartis gotas 1 mg/ml
xarope 1 mg/5 ml
comprimidos 1 mg
comprimidos SRO
(liberação lenta) 2 mg
Zetitec UCI-Farma gotas 1 mg/1 ml
xarope 1 mg/5 ml
comprimidos 1 mg

5 CICLESONIDA
POSOLOGIA: • crianças de 4 a 11 anos: 80 a 160 µg/dia; acima de 12 anos 80 a
640 µg/dia; dose de manutenção de 80 µg 1 vez ao dia pela manhã
ou à noite.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: uso inalatório oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Alvesco Altana Pharma 80 e 160 µg

6 CROMOGLICATO DE SÓDIO - Genérico


POSOLOGIA: • spray: 5 mg/dose, de 6/6 horas;
• solução para inalação a 2%: 2 ml por inalação, de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Intal Aventis-Pharma aerossol 5 mg/jato
solução para nebulização 20 mg/2 ml

114
7 FLUTICASONA, Propionato - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 4 anos: 50 a 100 µg, 2 vezes ao dia.
As crianças devem tomar uma dose inicial de propionato de fluticasona
a qual seja apropriada para a severidade de sua doença (50 a 100 µg,
2 vezes ao dia).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória por via oral.
(ver em Hormônios, página 108)

7.1 FLUTICASONA associada à SALMETEROL


POSOLOGIA: • crianças acima de 4 anos: 1 inalação, 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória por via oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Seretide GlaxoSmithKline spray aerossol 25/50, 25/125 e 25/250 µg
Seretide Diskus GlaxoSmithKline pó 50/100 ou 50/500 µg

8 MONTELUCASTE SÓDICO - Genérico


POSOLOGIA: • 6 meses a 2 anos: 1 sachê de grânulos orais de 4 mg,
1 vez ao dia ao deitar; 2 a 5 anos: 1 sachê ou 1 comprimido
mastigável de 4 mg, 1 vez ao dia ao deitar; 6 a 14 anos: 1 comprimido
mastigável de 5 mg, 1 vez ao dia ao deitar; acima de 15 anos:
1 comprimido de 10 mg, 1 vez ao dia ao deitar.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Singulair Baby Merck Sharp & sachê de grânulos orais 4 mg
Dohme
Singulair Merck Sharp & comprimidos mastigáveis 4 e 5 mg
Dohme comprimidos 10 mg

9 ZAFIRLUCASTE - Genérico
POSOLOGIA: • crianças de 7 a 11 anos de idade: 10 mg, 2 vezes ao dia;
• crianças com 12 anos ou mais e adultos: 20 mg, 2 vezes ao dia,
podendo chegar a dose máxima de 40 mg, 2 vezes ao dia.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Accolate AstraZeneca comprimidos revestidos de 10 e 20 mg

115
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

PROFILÁTICOS DA RINITE ALÉRGICA

1 BECLOMETASONA - Genérico
POSOLOGIA: • crianças acima de 6 anos: 1 erogação em cada narina 2 vezes ao dia
ou à critério médico.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
(ver em Profiláticos da Asma Brônquica, página 112)

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Clenil nasal aquoso Farmalab frascos com 20 ml (120 doses)

2 BUDESONIDA - Genérico
POSOLOGIA: • Rinites: crianças acima de 6 anos e adultos: dose inicial de
256 µg/dia (2 aplicações de 64 µg ou 4 aplicações de 32 µg em
cada narina). A dose pode ser administrada 1 vez ao dia, ou dividida
em 2 administrações. A dose de manutenção deve ser reduzida à
menor dose necessária ao controle dos sintomas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Budecort Aqua AstraZeneca suspensão em spray nasal de 32 µg/dose
ou 64 µg/dose
frascos com 120 doses

3 CROMOGLICATO DISSÓDICO - Genérico


POSOLOGIA: • solução a 2%: 2 aplicações em cada narina 6 vezes ao dia.
• solução a 4%: 1 aplicação em cada narina, 2 a 4 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Intal nasal Aventis-Pharma solução para inalação 20 mg/2 ml
Rilan UCI-Farma solução nasal a 2% e 4%

4 NEDOCROMIL SÓDICO - Genérico


POSOLOGIA: • 2 puffs, 2 vezes ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Tilade Aventis Farma solução com propelente 2 mg/puff

116
5 TRIANCINOLONA, Acetonido
POSOLOGIA: • nasacort: crianças acima de 4 anos - 1 jato/narina,
1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: inalatória.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Nasacort Aventis-Pharma 55 µg/puff

6 MOMETASONA, Furoato - Genérico


POSOLOGIA: • acima de 2 anos: 1 atomização (50 µg) em cada fossa nasal,
de 24/24 horas; acima de 12 anos: 2 atomizações (100 µg) em cada
fossa nasal, de 24/24 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: nasal.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Nasonex Schering Plough spray 50 µg / atomização

7 MONTELUCASTE SÓDICO - Genérico


POSOLOGIA: • 6 meses a 2 anos: 1 sachê de grânulos orais de 4 mg,
1 vez ao dia; 2 a 5 anos: 1 sachê ou 1 comprimido mastigável de
4 mg, 1 vez ao dia; 6 a 14 anos: 1 comprimido mastigável de 5 mg,
1 vez ao dia; acima de 15 anos: 1 comprimido de 10 mg, 1 vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Singulair Baby Merck Sharp & sachê de grânulos orais 4 mg
Dohme
Singulair Merck Sharp & comprimidos mastigáveis 4 e 5 mg
Dohme comprimidos 10 mg

117
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

QUIMIOTERÁPICOS ANTIBACTERIANOS

ÁCIDO NALIDÍXICO (118)

NITROFURANTOÍNA (118)

SULFONAMÍDICOS (119)
Sulfametoxazol + Trimetoprima (119)

Sulfadiazina + Trimetoprima (119)

1 ÁCIDO NALIDÍXICO
POSOLOGIA: • acima de 3 meses: 55 mg/kg/dia, de 6/6 horas;
• para terapia de longo prazo: 33 mg/kg/dia, de 6/6 horas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Wintomylon Sanofi-Synthelabo comprimidos 500 mg
suspensão 250 mg/5 ml

2 NITROFURANTOÍNA
POSOLOGIA: • crianças com mais de 1 mês: 5 a 7 mg/kg/dia, de 6/6 horas durante
7 a 10 dias.
• preferência de ingestão às refeições.
• dose máxima 400 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Macrodantina Schering-Plough cápsulas 100 mg
Hantina Apsen suspensão oral 5 mg/ml

118
3 SULFONAMÍDICOS
3.1 MISTURA: SULFAMETOXAZOL (SMZ) +
TRIMETOPRIMA (TMP) - Genérico
POSOLOGIA: • de 5 semanas a 6 meses: 20 mg de TMP/100 mg de SMZ, a cada
12 horas; de 6 meses a 5 anos: 40 mg de TMP/200 mg de SMZ, a cada
12 horas; de 6 a 12 anos: 80 mg de TMP/400 mg de SMZ, a cada 12 horas;
acima de 12 anos: 160 mg de TMP/800 mg de SMZ, a cada 12 horas.
Dose diária média: 6 mg de TMP/30 mg de SMZ por kg de peso.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e parenteral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Assepium Gross suspensão oral 200 mg SMZ/5 ml e
40 mg TMP/5 ml
comprimidos 400 mg SMZ e 80 mg TMP
Bacfar Elofar suspensão oral 400 mg SMZ/5 ml e
80 mg TMP/5 ml
comprimidos 400 mg SMZ e 80 mg TMP
Bacfar F Elofar 800 mg SMZ e 160 de TMP
Bactrim Roche ampola 400 mg/5 ml SMZ e 80 mg/5 ml TMP
suspensão oral: 40 mg TMP/200 mg SMT/5 ml
suspensão F: 80 mg TMP/400 mg SMT/5 ml
comprimidos 80 mg TMP/400 mg SMT
comprimidos F: 160 mg TMP/800 mg SMT
intravenoso: 80 mg TMP/400 mg SMT/5 ml
Benectrin Legrand ampola 400 mg/5 ml SMZ e 80 mg/5 ml TMP
suspensão oral: 40 mg TMP/200 mg SMT/5 ml
suspensão F: 80 mg TMP/400 mg SMT/5 ml
comprimidos 80 mg TMP/400 mg SMT
comprimidos F: 160 mg TMP/800 mg SMT
intravenoso: 80 mg TMP/400 mg SMT/5 ml
Pulkrin Kinder suspensão oral 200 mg SMZ/5 ml e
40 mg TMP/5 ml
comprimidos 400 mg SMZ e 80 mg TMP
Trimexazol Sanofi-Synthelabo suspensão oral 40 mg SMZ/ml e 8mgTMP/ml
comprimidos 400 mg SMZ e 80 mg TMP
comprimidos 800 mg SMZ e 160 mg TMP

3.2 MISTURA: SULFADIAZINA + TRIMETOPRIMA


POSOLOGIA: • Triglobe® F - comprimidos: 5 a 12 anos: 1/2 comprimido
uma vez ao dia; acima de 12 anos: 1 comprimido uma vez ao dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Triglobe AstraZeneca comprimidos com 90 mg de trimetoprima
e 410 mg de sulfadiazina
Triglobe F AstraZeneca comprimidos com 180 mg de trimetoprima
e 820 mg de sulfadiazina
Triglobe suspensão AstraZeneca 45 mg de trimetoprima e 205 de sulfadiazina

119
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

SURFACTANTES PULMONARES

1 SURFACTANTE - FRAÇÃO
FOSFOLIPÍDICA
DE PULMÃO BOVINO - Genérico
POSOLOGIA: • dose única de 50 mg/kg de peso (4 ml/kg/dose).
Dose suplementar: até 3 doses de 50 mg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intra-traqueal ou intra-bronquial.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Survanta Abbott frasco-ampola com 4 ml (25 mg/ml)

2 SURFACTANTE - FRAÇÃO
FOSFOLIPÍDICA DE PULMÃO
PORCINO

POSOLOGIA: • dose única de 100 ou 200 mg/kg de peso (1,25 - 2,5 ml/kg) pela via
intra-traqueal. Dose suplementares: 1 ou 2 doses de 100 mg/kg cada
uma, a intervalos de 12 horas pelo menos.
Dose máxima total: 300 - 400 mg/kg.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intra-traqueal.

Só para uso intra-hospitalar.

NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO


Curosurf Farmalab Chiesi frascos com 1,5 e 3,5 ml

120
Requerimentos vitamínicos diários de lactentes, crianças maiores e adolescentes, de acordo com o comitê da FAO/OMS*
Roma 1967 e Genebra 1970
VITAMINAS
IDADE A D C TIAMINA RIBOFLAVINA NIACINA ÁCIDO FÓLICO B12
(ANOS) (mg) (mg) (mg) (mg) (mg) (mg) (µg) (mg)

<1 300 10,0 20 0,3 0,5 5,4 60 0,3


1-3 250 10,0 20 0,5 0,8 9,0 100 0,9
4-6 300 10,0 20 0,7 1,1 12,1 100 1,5
7-9 400 2,5 20 0,9 1,3 14,5 100 1,5

ADOLESCENTE

10 - 12 575 2,5 20 1,0 1,6 17,2 100 2,0


13 - 15 725 2,5 30 1,2 1,7 19,1 200 2,0
16 - 19 750 2,5 30 1,2 1,8 20,3 200 2,0

ADOLESCENTE

10 - 12 575 2,5 20 0,9 1,4 15,5 100 2,0


13 - 15 725 2,5 30 1,0 1,5 16,4 200 2,0
16 - 19 750 2,5 30 0,9 1,4 15,2 200 2,0

* FAO - Food and Agriculture Organization


OMS - Organização Mundial de Saúde

121
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

VITAMINAS E FERRO

1 VITAMINA A
POSOLOGIA: • casos graves: menores de 1 ano: 5.000 - 10.000 UI/dia; de 1 a 8 anos:
5.000 - 15.000 UI/dia; acima de 8 anos: 50.000 - 100.000 UI/dia.
• Para prevenção das deficiências de Vitaminas A e D: 2 gotas/dia.
• Para o tratamento do raquitismo e osteomalácia secundária à
deficiência carencial ou ao uso de anticonvulsivante: crianças
2 gotas/dia; adultos 2 a 4 gotas/dia; manutenção 2 gotas/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral ou intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Arovit Roche drágeas 50.000 UI
frascos 150.000 UI/ml
ampolas 300.000 UI

2 VITAMINA A ASSOCIADA - Genérico


NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Adeforte Gross cada ml (20 gotas) contém: 50.000 UI de vit. A,
5.000 UI de vit. D3, 30 mg de vit. E
ampolas de 100.000 UI de vit. A,
50.000 UI de vit. D3, 30 mg de vit. E
Aderogil D3 Aventis-Pharma ampolas orais 13.200 UI de vit. A,
66.000 UI de vit. D3/3 ml
gotas orais: 2.200 UI de
Colecalciferol e 5.500 UI de
Acetado de retinol
Ad-Til Altana Pharma frascos cada 2 gotas contém 2.500 UI de vit. A
e 500 UI de vit. D
Cetiva AE Farmasa frascos cada ml: 5.000UI de vit. A,
65 mg de vit. C e 30 mg de vit. E
Gaduol Clímax gotas: 50.000 UI de vit. A e
10.000 UI de vit. D por ml
Protovit Roche solução oral (por ml): 5.000UI de vit.A,
4mg vit.B1, 1mg vit.B2, 10 mg vit.PP,
1mg vit. B6, 10 mg vit. B5, 0,1mg vit. H,
50 mg vit. C, 1.000 UI de vit. D, 3mg vit. E
Protovit Plus Roche solução oral (por ml): 3.000UI de vit.A;
4mg vit.B1, 1,5mg vit.B2, 15 mg vit.PP,
10mg vit. B5, 2 mg vit. B6, 0,1mg vit. H,
80 mg vit. C, 900 UI de vit. D, 15mg vit. E
Tri-Vi-Sol Bristol-Myers frascos - cada 0,6 ml: 2.000 UI
Squibb de vit. A, 35 mg de vit. C
e 400 UI de vit. D

122
3 COMPLEXO B
3.1 ASSOCIAÇÃO
POSOLOGIA: • 10 a 40 gotas por dia, 15 ml 3 a 5 vezes ao dia, 2 a 3 drágeas ao dia;
1 a 2 ampolas por dia (adultos).
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral e intramuscular.
NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Belexa tiamina, riboflavina, Farmasa xarope
nicotinamida,
piridoxina,
cianocobalamina e
dexpantenol
Beplexaron tiamina, riboflavina, Ariston drágeas
nicotinamida, ampolas
piridoxina e cálcio
Belupe tiamina, riboflavina, Luper drágeas
nicotinamida, ampolas
piridoxina e cálcio
Dozeneurin cianocobalamina e Sigma Pharma ampolas
tiamina

3.2 VITAMINA B1 (Tiamina)


POSOLOGIA: • nos estados de deficiência: 5 - 10 mg/dose, de 8/8 horas.
Nos estados de deficiência grave: até 300 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular ou intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Benerva Roche comprimidos 300 mg

3.3 VITAMINA B5 (Dexpantenol)


POSOLOGIA: • 1 a 3 aplicações ao dia sobre as lesões.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: tópico.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Bepantol Roche pomada
solução

123
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

3.4 VITAMINA B6 (Piridoxina)


POSOLOGIA: • dosagem profilática: 0,1-0,5 mg/dia, para lactentes; 0,5-1,5 mg/dia,
para crianças maiores via oral;
• anemia hipocrômica ou megaloblástica refrátaria: 100-200 mg/dia
via oral ou intramuscular;
• convulsões pirodoxina-dependentes: 100-200 mg/dia, via oral,
intramuscular ou intravenosa;
• neurite periférica induzida por drogas: 100-200 mg/dia, via oral,
intramuscular ou intravenosa;
• estados de deficiência: 10-50 mg/dia, via oral, geralmente com
outras vitaminas do complexo B.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL ASSOCIAÇÃO LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Citoneurin vitamina B1 100 mg Merck drágeas 100 mg
vitamina B6 200 mg drágeas 200 mg
vitamina B12 50 mcg ampolas 100 mg
Citoneurin 5000 vitamina B1 100 mg Merck drágeas 100 mg
vitamina B6 100 mg drágeas 100 mg
vitamina B12 5000 mcg ampolas 5000 mcg
Esclerovitan vitaminas A e E Merck drágeas 40 mg
Esclerovitan Plus vitaminas A e E Merck cápsulas 100 mg

3.5 VITAMINA B12 (Coenzima)


POSOLOGIA: • lactentes: 0,5 mg/kg/dia; crianças: 2 a 5 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Enzicoba Farmasa microcomprimidos 1 e 5 mg

124
4 VITAMINA C
POSOLOGIA: • suplemento para lactentes alimentados com leite de vaca:
35 a 50 mg/dia, via oral;
• tratamento do escorbuto: 300 mg a 1 g por dia, via oral,
intramuscular ou intravenosa, por cerca de 2 semanas;
• tratamento dos estados de deficiência: 200 a 500 mg/dia, via oral,
intramuscular ou intravenosa;
• tratamento da avitaminose e das hipovitaminoses C: 500 mg/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Cebion Merck gotas 100 e 200 mg/ml
comprimidos efervescentes 1 ou 2 g
granulado 1 g de vitamina C e 5 g de glicose
comprimidos mastigáveis 500 mg
Cebion Cálcio Merck comprimidos efervescentes 500 mg de
vitamina C e 600 mg de carbonato de cálcio
Cewin Sanofi-Synthelabo gotas 200 mg/ml
comprimidos 500 mg
comprimidos efervescentes de 500 mg, 1 e 2 g
Energil C EMS comprimidos efervescentes 1 g
Redoxon Roche gotas 200 mg/ml
comprimidos efervescentes 1 e 2g;
comprimidos efervescentes 1 g sem açúcar
pastilhas mastigáveis 500 mg
cápsulas 500 mg
Targifor C Aventis-Pharma comprimidos efervescentes 500 mg
infantil 500 mg aspartato de arginina
e 500 mg de ácido ascórbico
Vitamina C Schering-Plough comprimidos 500 mg

5 VITAMINA E (TOCOFEROL)
POSOLOGIA: • tratamento de anemia do recém-nascido - 25 U/dia, via oral,
uma vez ao dia. Iniciar com 34 semanas de idade gestacional
e manter, pelo menos, por 6 semanas.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Ephynal Roche cápsulas gelatinosas 400 mg
E-Radicaps Legrand comprimidos de 400 UI
Vita E 400 Aché cápsulas gelatinosas 400 mg
Zirvit E Ativus cápsulas gelatinosas 400 UI

125
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

6 VITAMINA K
POSOLOGIA: • profilaxia da doença hemorrágica do recém-nascido sadio, para
crianças com menos de um ano: 2 mg, via oral, ao nascimento
+ 2 mg por via oral entre o quarto e sétimo dia se aleitamento
materno exclusivo, + 2 mg via oral ou 1 mg (0,1 ml) intramuscular
dose única;
• profilaxia da doença hemorrágica do recém-nascido de risco,
para crianças com menos de um ano: 1 mg I.M. ou I.V. ao nascer;
• tratamento da doença hemorrágica do recém-nascido:
1 mg intravenoso.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: intramuscular.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Kanakion MM pediátrico Roche ampolas 2 mg/0,2 ml
Vitamina K União Química ampolas 10 mg/ml

7 COMPLEXO VITAMÍNICO
PARA LACTENTES
POSOLOGIA: • 12 gotas/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Protovit Plus Bayer solução oral (por ml): 3.000UI de vit.A,
2mg vit.B1, 1,5mg vit.B2, 15mg vit.PP,
10mg vit.B5, 2mg vit.B6, 0,2mg vit.H,
80mg vit.C, 900UI vit.D, 15mg vit.E

126
8 COMPLEXO VITAMÍNICO
PARA CRIANÇAS
POSOLOGIA: • crianças até 5 anos: 2,5 a 5,0 ml, uma vez ao dia; de 6 a 12 anos: 10 ml,
uma vez ao dia; acima de 12 anos: 1 comprimido, uma vez ao dia;
• 6 meses a 1 ano: 1 ml/dia; 1 a 3 anos: 1,5 ml/dia; 4 a 6 anos: 2 ml/dia;
7 a 10 anos: 2,5 ml/dia; 11 a 14 anos: 3 ml/dia.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Clusivol Whitehall comprimidos: vitamina A 5.000 UI,
vitamina D3 400 UI, vitamina B1 1,22 mg,
vitamina B6 1,64 mg, vitamina B12 6 mcg,
vitamina C 65 mg e Sais Minerais
Clusivol composto Whitehall líquido (por 10 ml): vitamina A 2.500 UI,
vitamina D3 200 UI, vitamina B2 1,2 mg,
vitamina B6 0,75 mg, vitamina B12 3 mcg,
vitamina C 32,5 mg, Aminoácidos e
Sais Minerais
Propan UCI-Farma suspensão oral (por ml): 1 mg buclizina,
20 mg lisina, 3,6 mg vitamina B1,
0,24 mg vitamina B2, 1,1 mg vitamina B6,
1,2 µg vitamina B12 e 2,1 mg nicotinamida
Protovit Plus Roche solução oral (por ml): 3.000UI de vitamina A,
2mg vitamina B1, 1,5mg vitamina B2,
15mg vitamina PP, 10mg vitamina B5,
2mg vitamina B6, 0,2mg vitamina H,
80mg vitamina C, 900UI vitamina D,
15mg vitamina E
Revitam Junior Biolab Sanus frascos com 120 ml contendo cada ml:
vitamina A 1.250UI, vitamina B1 0,4 mg,
vitamina B2 0,5 mg, vitamina B6 0,6 mg,
vitamina B12 0,5 µg, vitamina C 35 mg,
vitamina D3 400UI, vitamina E 4UI,
vitamina H 15 µg, ácido fólico 35 µg,
nicotinamida 6 mg, Pantenol 3 mg

127
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

9 SULFATO FERROSO - Genérico


POSOLOGIA: • profilaxia: 1 a 2 mg/kg/dia de Ferro elementar;
• tratamento: 4 a 5 mg/kg/dia de Ferro elementar.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Combiron Aché Drágeas: cada drágea contém 400 mg de sulfato ferroso,
100 mg de ácido ascórbico, 2 mg de ácido fólico, 25 mcg
de cianocobalamina, 4 mg de cloridrato
de tiamina, 1 mg de riboflavina, 1 mg de cloridrato de
piridoxina, 10 mg de nicotinamida e 2 mg de
pantotenato de cálcio.
Solução Oral: Cada 10 ml de solução oral contém
260 mg de sulfato ferroso, 50 mg de ácido ascórbico,
25 mcg de cianocobalamina, 4 mg de cloridrato de
tiamina, 1 mg de riboflavina, 10 mg de nicotinamida
e 1 mg de ácido pantotênico (como d-pantenol).
Gotas: cada 1 ml contém: sulfato ferroso 125 mg, ácido
ascórbico 50 mg, cloridrato de tiamina 4 mg, riboflavina
1 mg, cianocobalamina 3 mcg, nicotinamida 5 mg, ácido
pantotênico (como d-pantenol) 1 mg.
Fer-In-Sol Brisltol-Myers cada ml contém sulfato ferroso
Squibb (equivalente a 25 mg de ferro)125 mg
Iberin Fólico Abbott comprimido revestido de sulfato ferroso
Gradumet (equivalente a 105 mg de ferro) 525 mg,
ácido ascórbico 100 mg, ácido fólico 800 µg
Iberol Abbott Comprimidos: cada comprimido revestido contém:
sulfato ferroso, em forma de liberação regulada
Gradumet (equivalente a 105 mg de ferro elementar)
525 mg; ácido ascórbico 100 mg; nicotinamida 20 mg;
pantotenato de cálcio 10 mg; cloridrato de piridoxina
2 mg; mononitrato de tiamina 1,50 mg; cianocobalamina
(vitamina B12) 6 mcg; riboflavina 1,70 mg.
Excipiente q.s.p. 1 comprimido.
Líquido (cada 5 ml): sulfato ferroso (equivalente a
26,35 mg de ferro elementar) 130,66 mg; ácido ascórbico
65 mg; nicotinamida 20 mg; dexpantenol 10 mg;
cloridrato de piridoxina 2 mg; mononitrato de tiamina
1,50 mg; cianocobalamida (vitamina B12) 6 mcg;
riboflavina 1,70 mg. Excipiente q.s.p. 5,00 ml.
Gotas: (cada 1ml): sulfato ferroso (25,1 mg de ferro
elementar) 125 mg. Excipiente 1 ml.
Novofer Aché Drágeas: cada drágea contém 400 mg de sulfato ferroso,
45 mg de ácido ascórbico, 4 mg de cloridrato de
tiamina, 1 mg de riboflavina, 1 mg de cloridrato de
piridoxina, 6 mcg de cianocobalamina, 10 mg de
nicotinamida, 0,2 mg de ácido fólico e 5 mg de
pantotenato de cálcio;
Gotas: cada 1 ml contém 125 mg de sulfato ferroso,
45 mg de ácido ascórbico, 4 mg de cloridrato de
tiamina, 1 mg de riboflavina, 6 mcg de cianocobalamina,
10 mg de nicotinamida e 1 mg de ácido pantotênico;
Líquido: cada 10 ml contém 260 mg de sulfato ferroso,
45mg de ácido ascórbico, 4 mg de cloridrato de tiamina,
1 mg de riboflavina, 6 mcg de cianocobalamina, 10 mg
de nicotinamida e 1 mg de ácido pantotênico.

128
10 HIDRÓXIDO FÉRRICO POLIMALTOSADO
POSOLOGIA: • NORIPURUM GOTAS:
Deficiência de ferro Deficiência de ferro
latente manifesta
(profilaxia da anemia) (tratamento da anemia)*
Prematuros 1-2 gotas/kg peso corporal por
3-5 meses (2,5-5 mg de ferro)
Crianças 6-10 gotas/dia 10-20 gotas/dia
até 1 ano (15-25 mg de ferro) (25-50 mg de ferro)
Crianças de 10-20 gotas/dia 20-40 gotas/dia
1 a 12 anos (25-50 mg de ferro) (50-100 mg de ferro)
Maiores de 12 anos, 20-40 gotas/dia 40-120 gotas/dia
adultos e lactentes (50-100 mg de ferro) (100-300 mg de ferro)
Mulheres grávidas 40 gotas/dia 80-120 gotas/dia
(100 mg de ferro) (200-300 mg de ferro)
• NORIPURUM XAROPE E COMPRIMIDOS MASTIGÁVEIS: Prematuros,
lactentes e crianças até 1 ano: 2,5 a 5,0 mg/kg de peso - para
deficiência de ferro manifesta, a dose de 2,5 a 5 ml do xarope ao
dia; de 1 a 12 anos: deficiência de ferro manifesta: 5 a 10 ml do
xarope ao dia ou 1 comprimido mastigável, 1 a 2 vezes ao dia -
deficiência de ferro latente: 2,5 a 5 ml do xarope ao dia; crianças
maiores que 12 anos, adultos e lactentes: deficiência de ferro
manifesta: 10 a 300 ml do xarope ao dia ou 1 comprimido
mastigável 1 a 3 vezes por dia, por 3 a 5 meses - deficiência de ferro
lactente: 10 ml do xarope ao dia ou 1 comprimido mastigável por
dia, por 1 a 2 meses.
• NORIPURUM FÓLICO: Para uso pediátrico, a dose diária de 2,5 a
5,0 mg por kg de peso; adultos e adolescentes: deficiência de ferro
manifesta: 1 comprimido mastigável 2 a 3 veses por dia, até a
normalização dos valores de hemoglobina - deficiência de ferro
latente e prevenção de deficiência de ferro e ácido fólico:
1 comprimido mastigável por dia; crianças de 1 a 5 anos:
1/2 comprimido mastigável ao dia; crianças de 5 até 12 anos:
1 comprimido mastigável ao dia.
Método de Administração: a dose diária pode ser administrada de
uma vez ou pode ser dividida em doses separadas.
• NORIPURUM VITAMINADO: Para uso pediátrico, a dose diária de 2,5 a
5,0 mg por kg de peso, administrados em uma ou mais tomadas.
Como posologia média sugere-se:

Faixa etária Posologia média recomendada


Crianças de A critério médico, na base de 2,5 a 5 mg/kg/dia.
6 a 12 anos
Adolescentes 1 a 2 comprimidos/dia
e adultos

129
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

• para as apresentações IM e IV pode-se aplicar a seguinte fórmula para


cálculo da dose total de tratamento com Noripurum:
(peso em Kg x DHb x 2,4) + reservas de ferro
IM: N =
100
(peso em Kg x DHb x 2,4) + reservas de ferro
IV: N =
20
N = número total de ampolas administradas

VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral, intramuscular e intravenosa.


NOME COMERCIAL ASSOCIADO COM LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Noripurum Altana Pharma Ferro elementar (equivalente a
435 mg Hidróxido de Ferro III
Polimaltosado): 132 mg;
Mononitrato de Tiamina: 4 mg;
Riboflavina: 1 mg; Cloridrato de
Piridoxina: 1 mg; Nicotinamida:
10 mg; Pantotenato de Cálcio:
2 mg; Ácido Ascórbico: 100 mg;
Ácido Fólico: 2 mg; Ciano
Cobalamina: 25 mcg.
gotas: 1 ml equivalente a 50 mg Ferro
xarope: 5 ml equivalente a 50 mg Ferro
comprimidos: 100 mg de Ferro
ampolas (IM): 100 mg/2 ml
ampolas (IV): 100 mg/5 ml
Noripurum ácido fólico Altana Pharma 1 comprimido equivale a 100 mg
Fólico de ferro + 0,35 mg de ácido fólico
Noripurum vitaminas do Altana Pharma 1 comprimido equivale a 132 mg
Vitaminado complexo B e de ferro
vitamina C

11 FERRO QUELATO GLICINATO - Genérico


POSOLOGIA: • dose diária: 2,5 a 5,0 mg/kg de peso. Prematuros, lactentes e crianças até
4 anos: dose diária total - 25 a 50 mg/ferro trivalente; crianças de 4 a 12 anos:
dose diária total - 50 a 100 mg/ferro trivalente; adolescentes e adultos: dose
diária total - 50 a 100 mg/ferro trivalente.
VIA DE ADMINISTRAÇÃO: oral.
NOME COMERCIAL LABORATÓRIO APRESENTAÇÃO
Neutrofer Sigma Pharma gotas: 100 mg/5 ml
ampolas: 500 mg/5 ml (IV) e 500 mg/2 ml (IM)
frasco: 250 mg/ml
gotas neonatal 15 ml
gotas adulto 30 ml
flaconetes monodose (adulto e pediátrico)
50 mg/5 ml
comprimidos (adulto e pediátrico) 150, 300
e 500 mg

130
BIBLIOGRAFIA
Atualização Terapêutica, 2003. Editora Artes Médicas, 21ª edição.
BATEMAN D.A. Gastric decontamination - a view for the millenium.
J. Accid. Emerg. Med. 1999;16:84-7.
Dicionário de Especialidades Farmacêuticas - Editora de Publicações
Cientificas Ltda, 2005-2006.
Emergency Care for Hazardons Materials Exposure - Bronstein
Currance - 2º edition - 1994.
Guia de Medicamentos Genéricos - Ministério da Saúde - Associação
Médica Brasileira - Conselho Federal de Medicina - ANVISA - 2002
Manual Farmacêutico - Hospital Israelita Albert Einstein - 10ª Edição -
2006.
Medicamentos Genéricos - Informações para médicos, farmacêuticos e
profissionais de saúde - CREMESP - CRF-SP - ANVISA - 2001.
The Harriet Lane Handbook International Edition - The Johns Hopkins
Hospital - Seventeeth Edition - 2005.
P.R. Vade-Mécum - São Paulo: Soriak, 2006/2007.

131
COMPOSIÇÃO NUTRICIONAL
DAS FÓRMULAS INFANTIS NESTLÉ

O Codex Alimentarius determina a composição nutricional


básica dos produtos lácteos destinados a lactentes.

As Fórmulas Infantis Nestlé obedecem as recomendações


do Codex Alimentarius.

133
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

NOTA IMPORTANTE:
A S GESTANTES E NUTRIZES PRECISAM SER IN-
FORMADAS QUE O LEITE MATERNO É O IDEAL
PARA O LACTENTE, CONSTITUINDO-SE A MELHOR
NUTRIÇÃO E PROTEÇÃO PARA ESTAS CRIANÇAS. A MÃE
DEVE SER ORIENTADA QUANTO À IMPORTÂNCIA DE
UMA DIETA EQUILIBRADA NESTE PERÍODO E QUANTO À
MANEIRA DE SE PREPARAR PARA O ALEITAMENTO AO
SEIO ATÉ OS DOIS ANOS DE IDADE DA CRIANÇA OU
MAIS. O USO DE MAMADEIRAS, BICOS E CHUPETAS
DEVE SER DESENCORAJADO, POIS PODE TRAZER
EFEITOS NEGATIVOS SOBRE O ALEITAMENTO NATURAL.
A MÃE DEVE SER PREVENIDA QUANTO À DIFICULDADE
DE VOLTAR A AMAMENTAR SEU FILHO UMA VEZ ABAN-
DONADO O ALEITAMENTO AO SEIO. ANTES DE SER
RECOMENDADO O USO DE UM SUBSTITUTO DO LEITE
MATERNO, DEVEM SER CONSIDERADAS AS CIRCUNS-
TÂNCIAS FAMILIARES E O CUSTO ENVOLVIDO. A MÃE
DEVE ESTAR CIENTE DAS IMPLICAÇÕES ECONÔMICAS E
SOCIAIS DO NÃO ALEITAMENTO AO SEIO – PARA UM
RECÉM-NASCIDO ALIMENTADO EXCLUSIVAMENTE COM
MAMADEIRA SERÁ NECESSÁRIA MAIS DE UMA LATA
POR SEMANA. DEVE-SE LEMBRAR À MÃE QUE O LEITE
MATERNO NÃO É SOMENTE O MELHOR, MAS TAMBÉM
O MAIS ECONÔMICO ALIMENTO PARA O LACTENTE.
CASO VENHA A SER TOMADA A DECISÃO DE INTRODUZIR
A ALIMENTAÇÃO POR MAMADEIRA É IMPORTANTE QUE
SEJAM FORNECIDAS INSTRUÇÕES SOBRE OS MÉTODOS
CORRETOS DE PREPARO COM HIGIENE RESSALTANDO-
SE QUE O USO DE MAMADEIRA E ÁGUA NÃO FERVIDAS
E DILUIÇÃO INCORRETA PODEM CAUSAR DOENÇAS,
OMS – CÓDIGO INTERNACIONAL DE COMERCIALIZAÇÃO
DE SUBSTITUTOS DO LEITE MATERNO. WHA 34:22, MAIO
DE 1981. PORTARIA Nº 2.051 – MS, DE 08 DE NOVEMBRO
DE 2001, RESOLUÇÃO Nº 222 – ANVISA – MS DE 05 DE
AGOSTO DE 20 02 E LEI 11.265/06 DE 04.01.20 06 –
PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA – REGULAMENTA A
COMERCIALIZAÇÃO DE ALIMENTOS PARA LACTENTES E
CRIANÇAS DE PRIMEIRA INFÂNCIA E TAMBÉM A DE
PRODUTOS DE PUERICULTURA CORRELATOS.

134
Fórmulas Infantis de Partida

NAN H.A.
Contribui para a redução do risco de alergia alimentar1
Fórmula Infantil com proteínas do soro de leite parcialmente hidrolisadas

Ingredientes
Proteína hidrolisada de soro de leite*, lactose, maltodextrina, oleína de
palma, óleo de canola, óleo de coco, óleo de girassol, citrato de cálcio,
fosfato de potássio, cloreto de cálcio, citrato de sódio, cloreto de
magnésio, vitamina C, bitartarato de colina, cloreto de sódio, taurina,
L-arginina, inositol, sulfato ferroso, L-histidina, sulfato de zinco, vitamina
E, vitamina PP, L-carnitina, pantotenato de cálcio, vitamina A, cloreto de
potássio, sulfato de cobre, vitamina B2, vitamina B6, vitamina B1,
vitamina D3, iodeto de potássio, ácido fólico, vitamina K, biotina e
vitamina B12. NÃO CONTÉM GLÚTEN. *(fonte protéica)

Reconstituição
A reconstituição normal de NAN H.A. é de uma medida rasa de pó (4,37g)
para cada 30ml de água morna, previamente fervida, correspondendo a
uma diluição a 13,1% (13,1g de pó em 90ml de água).

NAN H.A. não necessita


adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

135
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 511 100 67
kJ 2146 418 281
Carboidratos g 58 11,3 7,6
Proteínas g 12 2,4 1,6
Gorduras g 26 5,1 3,4
Ác. linoléico g 3,8 0,7 0,5
Ác. α linolênico mg 450 88 59
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 290 57 38
Ferro mg 6,1 1,2 0,80
Sódio mg 120 24 16
Potássio mg 500 99 66
Cloreto mg 300 58 39
Fósforo mg 150 30 20
Magnésio mg 34 6,7 4,5
Iodo µg 77 15 10
Cobre µg 310 61 41
Zinco mg 3,8 0,75 0,50
Manganês mg 0,03 0,006 0,004
Vitamina A µg RE 540 106 71
Vitamina D µg 7,7 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 4,1 0,8 0,54
Vitamina K µg 41 8,1 5,4
Vitamina C mg 51 10 6,7
Vitamina B1 mg 0,36 0,07 0,05
Vitamina B2 mg 0,77 0,15 0,10
Niacina mg 5,1 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,38 0,075 0,05
Ácido fólico µg 46 9,0 6,0
Ácido pantotênico mg 2,3 0,45 0,30
Vitamina B12 µg 1,5 0,30 0,20
Biotina µg 11 2,1 1,4
Colina mg 51 10 6,7
Inositol mg 26 5,1 3,4
Taurina mg 41 8,1 5,4
Carnitina mg 8,2 1,6 1,1
Ca/P 1,9 1,9 1,9
Ác. linoléico/α linolênico 8,4 8,4 8,4
Osmolalidade mOsm/kg de água 244

136
Fórmulas Infantis de Partida

NAN 1 PRO
Favorece as defesas imunológicas nos primeiros meses de vida2-6
Fórmula Infantil de partida com proteína otimizada

• Composição única de nutrientes que


promove uma microbiota intestinal
com predominância de Bifidobacteria2-4

• Adição de LC-PUFAS (DHA e ARA)


para a modulação da resposta
imunológica5

• Imunonutrientes protetores,
para a adequada funcionalidade
das células
imunológicas
intestinais6

137
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Características
Proteínas:
Predominância das proteínas do soro do leite (70%) em relação à caseína
(30%).
Alta digestibilidade e ótimo perfil de aminoácidos, mais próximo daquele
encontrado no padrão de referência.

Gorduras:
• 43% oleína de palma
• 23% óleo de canola
• 20% óleo de palmiste
• 9% óleo de milho
• 2,9% gordura láctea
• 0,9% óleo de peixe
• 0,7% lecitina de soja
• 0,4% óleo vegetal proveniente da Mortierella Alpina
Fornece teores adequados de ácidos graxos essenciais.
Possui adição dos ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa:
docosahexaenóico e araquidônico, importantes para a modulação da
resposta inflamatória.

Carboidratos:
• 100% lactose
Favorece o crescimento da microbiota intestinal benéfica e a absorção de
cálcio.

Vitaminas, Oligoelementos e Minerais:


De acordo com a recomendação do Codex Alimentarius.
A relação cálcio/fósforo igual a 2 proporciona adequada mineralização
óssea.
O baixo teor de fósforo em Nan 1 favorece o crescimento da microbiota
benéfica e diminui o risco de hipocalcemia neonatal tardia.

Osmolalidade da fórmula:
305 mOsm / kg de água na reconstituição 12,9%.

Osmolaridade da fórmula:
275 mOsm / litro de água na reconstituição 12,9%.

Osmolalidade Urinária Potencial (clima temperado)*:


172 mOsm / kg de água na reconstituição 12,9%.

Osmolalidade Urinária Potencial (clima tropical)*:


263 mOsm / kg de água na reconstituição 12,9%.
* Calculado de acordo com o método proposto por Ziegler e Fomon.

138
Ingredientes
Lactose, concentrado protéico de soro do leite*, oleína de palma, leite
desnatado*, óleo de palmiste, óleo de canola, óleo de milho, sais
minerais (citrato de cálcio, cloreto de potássio, citrato de potássio, cloreto
de magnésio, citrato de sódio, sulfato ferroso, sulfato de zinco, sulfato de
cobre, iodeto de potássio, sulfato de manganês, selenato de sódio),
vitaminas (vitamina C, vitamina E, niacina, pantotenato de cálcio,
vitamina A, vitamina B6, vitamina B2, vitamina D, vitamina B1, ácido
fólico, vitamina K, biotina), óleo de peixe**, lecitina de soja, ácido graxo
araquidônico, L-arginina, L-carnitina, nucleotídeos, taurina, bitartarato de
colina, inositol, L-histidina. NÃO CONTÉM GLÚTEN.
*fonte protéica. ** óleo de peixe é fonte de ácido docosahexaenóico
(DHA).

Reconstituição
A reconstituição normal de Nan 1 PRO é de uma medida rasa de pó (4,3g)
para cada 30ml de água morna, previamente fervida, correspondendo a
uma diluição a 12,9% (12,9g de pó em 90ml de água).

NAN 1 PRO não necessita adições.

Recomenda-se o máximo de higiene durante o preparo, e que cada


mamadeira seja preparada poucos minutos antes de ser oferecida ao
lactente.

Apresentação:
Lata de 400g

139
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 519 100 67
kJ 2180 418 281
Carboidratos g 58 11,2 7,5
Proteínas g 9,5 1,8 1,2
Gorduras g 28 5,4 3,6
Ác. linoléico g 4,1 0,8 0,5
Ác. α linolênico mg 520 100 67
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 320 61 41
Ferro mg 6,2 1,2 0,80
Sódio mg 120 22 15
Potássio mg 460 88 59
Cloreto mg 330 64 43
Fósforo mg 160 31 21
Magnésio mg 36 6,9 4,6
Selênio µg 10 1,9 1,3
Iodo µg 78 15 10
Cobre µg 310 60 40
Zinco mg 3,9 0,75 0,50
Manganês mg 0,06 0,01 0,01
Vitamina A µg RE 540 104 70
Vitamina D µg 7,8 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 4,2 0,8 0,54
Vitamina K µg 42 8 5,4
Vitamina C mg 52 10 6,7
Vitamina B1 mg 0,34 0,06 0,04
Vitamina B2 mg 1,1 0,21 0,14
Niacina mg 5,2 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,57 0,11 0,07
Ácido fólico µg 62 12 8,0
Ácido pantotênico mg 1,7 0,33 0,22
Vitamina B12 µg 1,6 0,30 0,21
Biotina µg 11 2,2 1,4
Colina mg 58 11 7,5
Inositol mg 26 5,1 3,4
Taurina mg 42 8,1 5,4
Carnitina mg 8,3 1,6 1,1
Ca/P 2 2 2
Ác. linoléico/α linolênico 7,9 7,9 7,9
Osmolalidade mOsm/kg de água 305

140
Fórmulas Infantis de Partida

Nestogeno 1
Nutrição adequada7 para o crescimento e desenvolvimento
do lactente
Fórmula Infantil para lactentes nos primeiros 6 meses de vida
Ingredientes
Maltodextrina, leite de vaca desnatado (fonte protéica), oleína de palma,
óleo de palmiste, óleo de canola, óleo de milho, lecitina de soja,
vitaminas (vitamina C, taurina, vitamina E, vitamina PP, pantoteonato de
cálcio, vitamina A, vitamina B6, vitamina B1, vitamina D3, vitamina B2,
ácido fólico, vitamina K1, biotina, vitamina B12), minerais (sulfato ferroso,
sulfato de zinco, sulfato de cobre, iodeto de potássio). NÃO CONTÉM
GLÚTEN.

Reconstituição
A reconstituição normal de NESTOGENO 1 é de uma medida rasa
de pó (4,43g) para cada 30ml de água morna, previamente fervida,
correspondendo a uma diluição a 13,3% (13,3g de pó em 90ml de água).

NESTOGENO 1 não necessita adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação
Latas de 400 gramas

141
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 504 100 67
kJ 2117 418 282
Carboidratos g 56 11 7,4
Proteínas g 13 2,5 1,7
Gorduras g 26 5,2 3,5
Ác. linoléico g 4,1 0,8 0,5
Ác. α linolênico mg 470 93 63
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 475 94 63
Ferro mg 6,0 1,2 0,80
Sódio mg 190 37 25
Potássio mg 610 121 81
Cloreto mg 440 88 59
Fósforo mg 410 82 55
Magnésio mg 43 8,5 5,7
Iodo µg 76 15 10
Cobre µg 300 60 40
Zinco mg 3,8 0,76 0,51
Manganês mg 0,03 0,006 0,004
Vitamina A µg RE 530 104 70
Vitamina D µg 7,6 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 3,0 0,6 0,40
Vitamina K µg 40 8 5,3
Vitamina C mg 55 11 7,3
Vitamina B1 mg 0,38 0,07 0,05
Vitamina B2 mg 0,76 0,15 0,10
Niacina mg 5,0 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,42 0,08 0,06
Ácido fólico µg 45 9,0 6,0
Ácido pantotênico mg 1,5 0,30 0,20
Vitamina B12 µg 1,5 0,30 0,20
Biotina µg 14 2,8 1,9
Colina mg 68 13,5 9,0
Inositol mg 30 5,9 4,0
Taurina mg 40 7,9 5,3
Carnitina mg 8,1 1,6 1,1
Ca/P 1,2 1,2 1,2
Ác. linoléico/α linolênico 8,7 8,7 8,7
Osmolalidade mOsm/kg de água 234

142
Fórmulas Infantis de Partida

Nestogeno Plus
Nutrição adequada7 para o crescimento e desenvolvimento
do lactente e proteção extra através de fórmula acidificada8-10
Fórmula Infantil para lactentes até 12 meses
Ingredientes
Leite desnatado (fonte protéica), maltodextrina, sacarose,
oleína de palma, amido de milho, óleo de canola, óleo de semente de
palma, óleo de milho, vitaminas (vitamina C, taurina, vitamina E,
vitamina PP, ácido pantotênico, vitamina A, vitamina B6,
vitamina B1, vitamina D, vitamina B2, ácido fólico, vitamina K, biotina,
vitamina B12), sais minerais (sulfato ferroso, sulfato de zinco, sulfato de
cobre, iodeto de potássio), emulsificante lecitina de soja
e regulador de acidez ácido lático. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Reconstituição
A reconstituição normal de NESTOGENO PLUS é de uma medida rasa de
pó (4,63g) para cada 30ml de água morna, previamente fervida,
correspondendo a uma diluição de 13,9% (13,9g de pó
em 90ml de água).

NESTOGENO PLUS não


necessita adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao bebê.

Apresentação:
Lata de 400 g

143
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 483 100 67
kJ 2029 418 282
Carboidratos g 57 11,8 7,9
Proteínas g 14 2,8 1,9
Gorduras g 22 4,6 3,1
Ác. linoléico g 3,4 0,7 0,5
Ác. α linolênico mg 430 89 60
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 510 106 71
Ferro mg 5,8 1,2 0,81
Sódio mg 205 42 28
Potássio mg 650 134 90
Cloreto mg 470 97 65
Fósforo mg 420 87 58
Magnésio mg 49 10 6,8
Iodo µg 72 15 10
Cobre µg 290 60 40
Zinco mg 3,6 0,75 0,50
Manganês mg 0,04 0,009 0,006
Vitamina A µg RE 510 106 71
Vitamina D µg 7,2 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 3,9 0,8 0,54
Vitamina K µg 39 8 5,4
Vitamina C mg 49 10 6,8
Vitamina B1 mg 0,40 0,08 0,06
Vitamina B2 mg 0,72 0,15 0,10
Niacina mg 4,8 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,45 0,09 0,06
Ácido fólico µg 43 9,0 6,0
Ácido pantotênico mg 2,0 0,41 0,28
Vitamina B12 µg 1,4 0,28 0,19
Biotina µg 11 2,2 1,5
Colina mg 70 14,5 10
Inositol mg 24 4,9 3,3
Taurina mg 39 8,1 5,4
Carnitina mg 7,7 1,6 1,1
Ca/P 1,2 1,2 1,2
Ác. linoléico/α linolênico 7,9 7,9 7,9
Osmolalidade mOsm/kg de água 315

144
Fórmulas Infantis de Seguimento

NAN 2 PRO
Contribui para a proteção do lactente, no momento
da introdução da alimentação complementar11-18
Fórmula Infantil de seguimento com proteína otimizada

As culturas ativas BL*:

• Prolongam a presença de uma microbiota


intestinal protetora, com predominância
de Bifidobacteria11

• Estimulam o sistema imunológico12-15

• Reduzem a incidência de diarréia16-18


*combinação de
L. rhamnosus e B. longum

145
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Características
A fórmula infantil de seguimento constitui a parte líquida da dieta do
lactente partir do sexto mês.
A ESPGHAN recomenda uma ingestão mínima de 500ml de fórmula
infantil de seguimento por dia.

Proteínas:
Relação protéica de 60% caseína e 40% proteínas do soro do leite.
Alta digestibilidade.

Gorduras:
• 41% oleína de palma
• 23,8% óleo de canola
• 21% óleo de palmiste
• 9,5% óleo de milho
• 2,5% gordura láctea
• 1,4% lecitina de soja
• 0,8% óleo de peixe
Fornece teores adequados de ácidos graxos essenciais.
Possui adição de ácido docosahexaenóico, importante para a modulação
da resposta inflamatória.

Carboidratos:
• 100% lactose
Favorece o crescimento da microbiota intestinal benéfica e a absorção de
cálcio.

Vitaminas, Oligoelementos e Minerais:


De acordo com a recomendação do Codex Alimentarius.

Osmolalidade da fórmula:
331 mOsm / kg de água na reconstituição 13,9%.

Osmolaridade da fórmula:
297 mOsm / litro de água na reconstituição 13,9%.

Osmolalidade Urinária Potencial (clima temperado)*:


275 mOsm / kg de água na reconstituição 13,9%.

Osmolalidade Urinária Potencial (clima tropical)*:


422 mOsm / kg de água na reconstituição 13,9%.
* Calculado de acordo com o método proposto por Ziegler e Fomon.

146
Ingredientes
Lactose, leite desnatado*, concentrado protéico de soro de leite*, oleína
de palma, óleo de canola, óleo de palmiste, óleo de milho, sais minerais
(citrato de cálcio, sulfato ferroso, sulfato de zinco, sulfato de cobre, iodeto
de potássio), lecitina de soja, vitaminas (vitamina C, niacina, vitamina E,
pantotenato de cálcio, vitamina A, vitamina B6, vitamina B1, vitamina D,
vitamina B2, ácido fólico, vitamina K, biotina, vitamina B12), óleo de
peixe**, cultura de lactobacillus e bifidus. NÃO CONTÉM GLÚTEN.
*fonte protéica.
** óleo de peixe é fonte de ácido docosahexaenóico (DHA).

Reconstituição
A reconstituição normal de Nan 2 PRO é de uma medida rasa de pó
(4,63g) para cada 30ml de água morna, previamente fervida,
correspondendo a uma diluição a 13,9% (13,9g de pó em 90ml de água).

Nan 2 PRO não necessita adições.

Recomenda-se o máximo de higiene durante o preparo, e que cada


mamadeira seja preparada poucos minutos antes de ser oferecida ao
lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

147
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 482 100 67
kJ 2010 418 279
Carboidratos g 58 11,9 8,1
Proteínas g 15 3,1 2,1
Gorduras g 21 4,5 2,9
Ác. linoléico g 3,2 0,7 0,4
Ác. α linolênico mg 402 84 56
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 580 121 81
Ferro mg 8,2 1,6 1,1
Sódio mg 180 37 25
Potássio mg 600 124 83
Cloreto mg 400 84 56
Fósforo mg 330 68 46
Magnésio mg 42 8,7 5,8
Iodo µg 100 21 14
Cobre µg 580 119 81
Zinco mg 5,0 1,0 0,7
Manganês mg 0,03 0,007 0,004
Vitamina A µg RE 510 106 71
Vitamina D µg 11 2,2 1,5
Vitamina E mg α TE 3,9 0,8 0,54
Vitamina K µg 22 4 3,1
Vitamina C mg 48 10 6,7
Vitamina B1 mg 0,72 0,15 0,10
Vitamina B2 mg 1,2 0,24 0,17
Niacina mg 13 2,7 1,8
Vitamina B6 mg 0,72 0,15 0,10
Ácido fólico µg 140 29,9 19
Ácido pantotênico mg 3,4 0,70 0,47
Vitamina B12 µg 1,4 0,29 0,19
Biotina µg 20 4,1 2,8
Colina mg 66 13,7 9,2
Inositol mg 30 6,2 4,2
Ca/P 1,8 1,8 1,8
Ác. linoléico/α linolênico 8 8 8
Osmolalidade mOsm/kg de água 331

148
Fórmulas Infantis de Seguimento

Nestogeno 2
Nutrição adequada7 para o crescimento e desenvolvimento
do lactente
Fórmula Infantil para lactentes a partir do sexto mês de vida
Ingredientes
Leite de vaca desnatado (fonte protéica), maltodextrina, oleína de palma,
óleo de palmiste, óleo de canola, óleo de milho, minerais (sulfato ferroso,
sulfato de zinco, sulfato de cobre, iodeto de potássio), lecitina de soja,
vitaminas (vitamina C, niacina, vitamina E, pantoteonato de cálcio,
vitamina A, vitamina B6, vitamina B1, vitamina D, vitamina B2, ácido
fólico, vitamina K, biotina, vitamina B12). NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Reconstituição
A reconstituição normal de NESTOGENO 2 é de uma medida rasa de pó
(4,7g) para cada 30 ml de água morna, previamente fervida,
correspondendo a um diluição a 14,1% (14,1g de pó em 90ml de água).

NESTOGENO 2 não necessita adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

149
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 478 100 67
kJ 2008 418 283
Carboidratos g 51 10,7 7,2
Proteínas g 20 4,2 2,8
Gorduras g 22 4,6 3,1
Ác. linoléico g 3,3 0,7 0,5
Ác. α linolênico mg 429 90 60
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 715 151 101
Ferro mg 8,1 1,6 1,1
Sódio mg 280 58 39
Potássio mg 920 194 130
Cloreto mg 660 139 93
Fósforo mg 585 122 82
Magnésio mg 65 14 9,2
Iodo µg 100 21 14
Cobre µg 570 119 80
Zinco mg 5,7 1,2 0,80
Manganês mg 0,03 0,006 0,004
Vitamina A µg RE 570 119 80
Vitamina D µg 14 2,9 2,0
Vitamina E mg α TE 3,8 0,8 0,54
Vitamina K µg 22 5 3,1
Vitamina C mg 48 10 6,8
Vitamina B1 mg 0,72 0,15 0,10
Vitamina B2 mg 1,1 0,24 0,16
Niacina mg 11 2,3 1,6
Vitamina B6 mg 0,96 0,19 0,14
Ácido fólico µg 140 30 20
Ácido pantotênico mg 3,8 0,79 0,54
Vitamina B12 µg 1,0 0,21 0,14
Biotina µg 20 4,2 2,8
Colina mg 78 16 11
Inositol mg 28 5,8 3,9
Ca/P 1,2 1,2 1,2
Ác. linoléico/α linolênico 7,7 7,7 7,7
Osmolalidade mOsm/kg de água 264

150
Fórmulas Infantis Especiais

Pre Nan
Nutrição adequada para o recém-nascido de baixo peso19
Fórmula Infantil com DHA e ARA para recém-nascidos prematuros
e/ou de baixo peso

Ingredientes
Soro de leite desmineralizado*, maltodextrina, leite desnatado*, óleo de
girassol, triglicérides de cadeia média, proteína de soro de leite*, oleína
de palma, óleo de canola, sais minerais (citrato de cálcio, glicerofosfato
de cálcio, citrato de potássio, cloreto de magnésio, cloreto de potássio,
cloreto de sódio, citrato de sódio, sulfato ferroso, sulfato de zinco, sulfato
de cobre, iodeto de potássio, sulfato de manganês, selenato de sódio),
lecitina de soja, óleo de semente de cassis, óleo de peixe, vitaminas
(vitamina C, vitamina E, niacina, pantotenato de cálcio, vitamina A,
vitamina D, vitamina B6, vitamina B1, ácido fólico, vitamina B2, vitamina
K, biotina, vitamina B12), L-histidina, ácido graxo araquidônico, taurina,
L-carnitina. NÃO CONTÉM GLÚTEN. *(fonte protéica)

Reconstituição
A reconstituição do PRE NAN é de uma medida rasa de pó (5,33g) para
cada 30ml de água morna previamente fervida, correspondendo a uma
diluição a 16% (16g de pó
em 90ml) fornecendo uma
densidade calórica de
80kcal/100ml.

Pre Nan não necessita


adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

151
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 501 100 80
kJ 2104 418 337
Carboidratos g 54 10,7 8,6
Proteínas g 15 2,9 2,3
Gorduras g 26 5,2 4,2
Ác. linoléico g 4,1 0,8 0,7
Ác. α linolênico mg 482 96 77
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 620 124 99
Ferro mg 7,5 1,5 1,2
Sódio mg 180 36 29
Potássio mg 540 107 86
Cloreto mg 350 70 56
Fósforo mg 340 67 54
Magnésio mg 52 10,4 8,3
Iodo µg 130 26 21
Cobre µg 500 100 80
Zinco mg 6,0 1,2 1,0
Selênio µg 11 2,2 1,8
Manganês mg 0,05 0,012 0,01
Vitamina A µg RE 501 100 80
Vitamina D µg 13 2,5 2,0
Vitamina E mg αTE 8,7 1,7 1,4
Vitamina K µg 47 9 7,5
Vitamina C mg 60 13 10
Vitamina B1 mg 0,46 0,09 0,07
Vitamina B2 mg 0,92 0,18 0,15
Niacina mg 6,0 1,2 1,0
Vitamina B6 mg 0,38 0,07 0,06
Ácido fólico µg 330 66 53
Ácido pantotênico mg 2,7 0,53 0,43
Vitamina B12 µg 2,1 0,42 0,34
Biotina µg 18 3,6 2,9
Colina mg 75 15 12
Inositol mg 38 7,6 6,1
Taurina mg 28 5,6 4,5
Carnitina mg 11 2,2 1,8
Ca/P 1,8 1,8 1,8
Ác.linoléico/α linolênico 8,5 8,5 8,5
Osmolalidade mOsm/kg de água 320

152
Fórmulas Infantis Especiais

NAN SOY
Opção adequada na substituição da proteína animal20,21
Fórmula Infantil à base de proteína isolada de soja

Ingredientes
Maltodextrina, proteína isolada de soja (fonte protéica), oleína de palma,
óleo de soja, óleo de coco, sais minerais (fosfato de cálcio, citrato de
cálcio, cloreto de potássio, fosfato de magnésio, citrato de potássio,
cloreto de sódio, sulfato de zinco, sulfato ferroso, sulfato de cobre, iodeto
de potássio), óleo de girassol, vitaminas (vitamina C, niacina, vitamina E,
pantotenato de cálcio, vitamina A, vitamina B2, vitamina B6, vitamina B1,
vitamina D, vitamina K, ácido fólico, biotina, vitamina B12), metionina,
cloreto de colina, taurina, L-carnitina e regulador de acidez hidróxido de
potássio.
Não contém leite ou produtos lácteos. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Reconstituição
A reconstituição normal do NAN SOY é de uma medida rasa de pó (4,4g)
para cada 30ml de água morna, previamente fervida, correspondendo a
uma diluição a 13,2% (13,2g de pó em 90ml de água).

NAN SOY não necessita


adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

153
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 509 100 67
kJ 2138 418 281
Carboidratos g 56 10,9 7,4
Proteínas g 14 2,7 1,8
Gorduras g 26 5,1 3,4
Ác. linoléico g 4,6 0,9 0,6
Ác. α linolênico mg 500 98 66
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 526 103 69
Ferro mg 7,0 1,4 0,92
Sódio mg 180 36 24
Potássio mg 581 115 77
Cloreto mg 356 70 47
Fósforo mg 316 63 42
Magnésio mg 55 10,9 7,3
Iodo µg 90 18 12
Cobre µg 620 122 82
Zinco mg 6,4 1,2 0,84
Manganês mg 0,28 0,06 0,04
Vitamina A µg RE 510 100 67
Vitamina D µg 7,8 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 6,7 1,3 0,88
Vitamina K µg 50 10 6,6
Vitamina C mg 81 16 11
Vitamina B1 mg 0,51 0,10 0,07
Vitamina B2 mg 1,0 0,19 0,13
Niacina mg 7,4 1,5 0,98
Vitamina B6 mg 0,50 0,10 0,07
Ácido fólico µg 70 13,7 9,2
Ácido pantotênico mg 3,1 0,60 0,41
Vitamina B12 µg 2,0 0,39 0,26
Biotina µg 15 3,0 2,0
Colina mg 90 18 12
Inositol mg 35 6,9 4,6
Taurina mg 50 9,9 6,6
Carnitina mg 8,0 1,6 1,1
Ca/P 1,7 1,7 1,7
Ác. linoléico/α linolênico 9,2 9,2 9,2
Osmolalidade mOsm/kg de água 166

154
Fórmulas Infantis Especiais

NAN sem Lactose


Opção adequada na intolerância à lactose22
Fórmula Infantil isenta de lactose

Ingredientes
Maltodextrina, oleína de palma, proteína de soro de leite*,
caseinato de potássio*, óleo de canola, óleo de coco, sais minerais
(citrato de cálcio, fosfato de potássio, cloreto de magnésio, cloreto de
potássio, sulfato de zinco, sulfato ferroso, sulfato de cobre,
iodeto de potássio), óleo de milho, lecitina de soja, vitaminas (vitamina C,
vitamina E, vitamina PP, pantotenato de cálcio, vitamina A, vitamina B2,
vitamina B6, vitamina B1, vitamina D, ácido fólico, vitamina K, biotina,
vitamina B12), nucleotídeos e L-carnitina. NÃO CONTÉM GLÚTEN.
*fonte protéica

Reconstituição
A reconstituição normal de NAN SEM LACTOSE é de uma medida rasa
de pó (4,43g) para cada 30ml de água morna, previamente fervida,
correspondendo a uma diluição a 13,3% (13,3g em 90ml de água).

NAN SEM LACTOSE não


necessita adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400 g

155
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 503 100 67
kJ 2113 418 281
Carboidratos g 57 11,3 7,6
Proteínas g 13 2,5 1,7
Gorduras g 25 4,9 3,3
Ác. linoléico g 4,0 0,8 0,5
Ác. α linolênico mg 510 101 68
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 420 84 56
Ferro mg 3,0 0,6 0,40
Sódio mg 170 34 23
Potássio mg 600 119 80
Cloreto mg 370 73 49
Fósforo mg 245 49 33
Magnésio mg 50 10 6,7
Iodo µg 75 15 10
Cobre µg 302 60 40
Zinco mg 4,0 0,79 0,53
Manganês mg 0,03 0,006 0,004
Vitamina A µg RE 528 104 70
Vitamina D µg 7,5 1,5 1,0
Vitamina E mg α TE 4,0 0,8 0,53
Vitamina K µg 40 8 5,3
Vitamina C mg 50 10 6,7
Vitamina B1 mg 0,35 0,07 0,05
Vitamina B2 mg 0,75 0,15 0,10
Niacina mg 5,0 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,38 0,07 0,05
Ácido fólico µg 45 9,0 6,0
Ácido pantotênico mg 2,3 0,46 0,31
Vitamina B12 µg 1,5 0,30 0,20
Biotina µg 11 2,2 1,5
Colina mg 50 10 6,7
Inositol mg 25 4,9 3,3
Taurina mg 40 7,9 5,3
Carnitina mg 8,0 1,6 1,1
Ca/P 1,7 1,7 1,7
Ác. linoléico/α linolênico 7,8 7,8 7,8
Osmolalidade mOsm/kg de água 204

156
Fórmulas Infantis Especiais

NAN AR
Contribui para a redução dos episódios de regurgitação23
Fórmula Infantil anti-regurgitação com adição de amido de milho
pré-gelatinizado

Ingredientes
Leite de vaca desnatado*, lactose, amido, oleína de palma,
soro de leite desmineralizado*, óleo de canola, óleo de palmiste, óleo de
milho, lecitina de soja, vitaminas (vitamina A, vitamina D, vitamina E,
vitamina K, vitamina C, vitamina B1, vitamina B2, niacina, vitamina B6,
ácido fólico, ácido pantotênico, vitamina B12, biotina), taurina, sais
minerais (iodeto de potássio, sulfato ferroso, sulfato de cobre, sulfato de
zinco). *(fonte proteica).
NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Reconstituição
A reconstituição normal de NAN AR é de uma medida rasa de pó (4,53g)
para cada 30ml de água morna, previamente fervida, correspondendo a
uma diluição a 13,6% (13,6g de pó em 90ml
de água).

NAN AR não necessita


adições.

Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400g

157
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 492 100 67
kJ 2066 418 281
Carboidratos g 58 11,8 7,9
Proteínas g 13 2,7 1,8
Gorduras g 23 4,6 3,1
Ác. linoléico g 3,6 0,7 0,5
Ác. α linolênico mg 451 92 61
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 455 92 62
Ferro mg 5,9 1,2 0,80
Sódio mg 170 34 23
Potássio mg 570 116 78
Cloreto mg 390 79 53
Fósforo mg 345 70 47
Magnésio mg 40 8,1 5,4
Iodo µg 74 15 10
Cobre µg 300 61 41
Zinco mg 3,7 0,75 0,50
Manganês mg 0,03 0,006 0,004
Vitamina A µg RE 480 98 65
Vitamina D µg 6,8 1,4 0,92
Vitamina E mg α TE 3,9 0,8 0,53
Vitamina K µg 39 8 5,3
Vitamina C mg 49 10 6,7
Vitamina B1 mg 0,40 0,08 0,05
Vitamina B2 mg 0,85 0,17 0,12
Niacina mg 4,9 1,0 0,67
Vitamina B6 mg 0,34 0,07 0,05
Ácido fólico µg 38 7,7 5,2
Ácido pantotênico mg 2,4 0,5 0,33
Vitamina B12 µg 1,5 0,30 0,20
Biotina µg 11 2,2 1,5
Colina mg 74 15 10
Inositol mg 32 6,5 4,4
Taurina mg 39 7,9 5,3
Carnitina mg 7,9 1,6 1,1
Ca/P 1,2 1,2 1,2
Ác. linoléico/α linolênico 8 8 8
Osmolalidade mOsm/kg de água 279

158
Fórmulas Infantis Especiais

Alfaré
A primeira escolha nos casos de má absorção e alergia alimentar22,24-26
Fórmula Infantil semi-elementar, à base de proteínas do soro de leite
extensamente hidrolisadas

Ingredientes
Maltodextrina, proteína hidrolisada de soro de leite*, triglicérides de cadeia
média, amido de batata, oleína de palma, óleo de girassol com alto teor
oleico, óleo de canola, sais minerais (fosfato de potássio, glicerofosfato de
cálcio, fosfato de cálcio, cloreto de sódio, cloreto de magnésio, cloreto de
cálcio, sulfato ferroso, sulfato de zinco, cloreto de potássio, fosfato de sódio,
sulfato de cobre, iodeto de potássio, sulfato de manganês, selenato de
sódio), óleo de girassol, óleo de semente de cassis, óleo de peixe**,
vitaminas (vitamina C, colina, taurina, inositol, vitamina E, niacina,
pantotenato de cálcio, vitamina A, vitamina B2, vitamina B1, vitamina B6,
ácido fólico, vitamina K, biotina, vitamina D, vitamina B12), nucleotídeos,
L-carnitina. NÃO CONTÉM GLÚTEN. *fonte proteica **o óleo de peixe é
fonte de ácido docosahexaenóico (DHA).

Reconstituição
A reconstituição normal de ALFARÉ é de uma medida rasa de pó (4,8g) para
cada 30ml de água morna, previamente fervida, correspondendo a uma
diluição a 14,2% (14,2g de
pó em 90ml de água).

ALFARÉ não necessita


adições.
Recomenda-se o máximo
de higiene durante o
preparo, e que cada
mamadeira seja preparada
poucos minutos antes de
ser oferecida ao lactente.

Apresentação:
Lata de 400g

159
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional*
Nutrientes Unidade 100g pó 100 Kcal 100 ml
Valor energético kcal 494 100 70
kJ 2075 418 295
Carboidratos g 54 10,9 7,7
Proteínas g 15 3,0 2,1
Gorduras g 25 5,1 3,6
Ác. linoléico g 3,6 0,7 0,5
Ác. α linolênico mg 447 90 63
Fibra alimentar g 0 0 0
Cálcio mg 380 77 54
Ferro mg 5,9 1,2 0,84
Sódio mg 245 50 35
Potássio mg 618 125 88
Cloreto mg 442 89 63
Fósforo mg 255 52 36
Magnésio mg 59 11,9 8,4
Iodo µg 81 16 12
Cobre µg 490 99 70
Zinco mg 5,5 1,1 0,78
Selênio µg 17 3,4 2,4
Manganês mg 0,04 0,008 0,005
Vitamina A µg RE 570 115 81
Vitamina D µg 8,2 1,7 1,2
Vitamina E mg α TE 8,6 1,7 1,2
Vitamina K µg 43 8,7 6,1
Vitamina C mg 49 9,9 7,0
Vitamina B1 mg 0,39 0,08 0,06
Vitamina B2 mg 0,81 0,16 0,12
Niacina mg 5,4 1,1 0,8
Vitamina B6 mg 0,44 0,09 0,06
Ácido fólico µg 48 9,7 6,8
Ácido pantotênico mg 2,4 0,40 0,34
Vitamina B12 µg 1,5 0,3 0,21
Biotina µg 11 2,2 1,6
Colina mg 49 9,9 7,0
Inositol mg 27 5,5 3,8
Taurina mg 44 8,9 6,2
Carnitina mg 8 1,6 1,1
Ca/P 1,5 1,5 1,5
Ác. linoléico/α linolênico 8,0 8,0 8,0
Osmolalidade mOsm/kg de água 217
*Composição nutricional do produto disponível a partir de julho/08

160
Fórmulas Infantis Especiais

FM 85
Fórmula de nutrientes para recém-nascidos de alto risco

Ingredientes
Maltodextrina, proteína hidrolisada do soro do leite (fonte protéica), sais
minerais (glicerofosfato de cálcio, fosfato de cálcio, fosfato de potássio,
fosfato de sódio, citrato de potássio, cloreto de sódio, cloreto de magnésio,
cloreto de cálcio, sulfato ferroso, sulfato de zinco, sulfato de cobre, iodeto
de potássio, sulfato de manganês, selenato de sódio), vitaminas (vitamina C,
vitamina E, vitamina PP, pantotenato de cálcio, vitamina A, vitamina B2,
vitamina B1, vitamina B6, ácido fólico, vitamina K, biotina, vitamina D,
vitamina B12) lecitina de soja. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Modo de preparo
Adicionar 1g de FM 85 para cada 20ml de Leite Humano, à temperatura
média de 37°C e agitar. A preparação deve ser feita poucos minutos antes
de ser oferecida ao lactente.
Recomenda-se que a fortificação seja gradual: iniciando com
1g e atingindo 5g em um período de 5-7 dias

Precaução
FM 85 é um
alimento destinado
a complementar o
Leite Humano.
FM 85 não é um
alimento completo,
não podendo ser
oferecido
ao lactente
isoladamente.
Deve ser utilizado
somente sob
supervisão do
médico ou
nutricionista, em
hospitais.

Apresentação:
Caixa com 70 sachês de 1g.

161
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

Informação Nutricional
100g 1g 20 ml 1 g FM85+
Nutrientes Unidade
FM85 FM85 LM* 20ml LM*
Valor energético kcal 347 3,5 13,40 17
kJ 1457 15 57 71
Carboidratos g 66 0,66 1,4 2,1
Proteínas g 20 0,2 0,24 0,44
Gorduras g 0,5 0,005 0,76 0,77
Fibra alimentar g 0 0 0 0
Cálcio mg 1423 14 6,0 20
Ferro mg 28 0,28 0,012 0,29
Sódio mg 420 4,2 3,0 7,2
Potássio mg 828 8,3 11 19
Cloreto mg 314 3,1 9,0 12
Fósforo mg 856 8,6 3,0 12
Magnésio mg 51 0,51 0,60 1,1
Iodo µg 386 3,9 1,4 5,3
Cobre µg 950 9,5 8,0 18
Zinco mg 17 0,17 0,04 0,21
Selênio µg 29 0,29 0,30 0,59
Manganês µg 137 1,4 0,08 1,5
Vitamina A µg RE 3.645 36 9,9 46
Vitamina D µg 60 0,60 0,01 0,61
Vitamina E mg α TE 47 0,47 0,08 0,55
Vitamina K µg 97 0,97 0,06 1,0
Vitamina C mg 216 2,2 1,0 3,2
Vitamina B1 mg 1,3 0,013 0,004 0,02
Vitamina B2 mg 2,5 0,03 0,008 0,04
Niacina mg 21 0,21 0,04 0,25
Vitamina B6 mg 1,3 0,01 0,004 0,014
Ácido fólico µg 1008 10 1,0 11
Ácido pantotênico mg 9,4 0,09 0,04 0,13
Vitamina B12 µg 2,6 0,03 0,006 0,04
Biotina µg 72 0,72 0,10 0,82
*LM = Leite Materno

162
Complemento Energético

Nidex
Fornece energia para o lactente
Composto de maltodextrina

Ingredientes:
Maltodextrina. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

Apresentação:
Lata de 550g

Informação Nutricional
Porção de 5g (1 medida)
Quantidade por porção % VD
Valor energético 19 Kcal = 80 Kj 1%
Carboidratos 4,8 g dos quais 2%
Maltodextrina 4,8 g

"Não contém quantidade significativa de Proteína, Gorduras Totais, Gorduras Saturadas,


Gorduras Trans,
Fibra Alimentar e Sódio".

163
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
1) Vandenplas Y et al. The long term effect of a whey hydrolysate formula on the prophylaxis
of atopis disease. European Journal of Pediatrics 1995;154:488-94. – 2) Bruck WM, Kelleher
SL, Gibson GR, Nielsen KE, Chatterton DE and Lonnerdal B. rRNA probes used to quantify
the effects of glycomacropeptide and alpha-lactalbumin supplementation on the
predominant groups of intestinal bacteria of infant rhesus monkeys challenged with
enteropatogenic Escherichia coli. J Pediatr Gastroenterol Nutr 2003; 37: 273-280. – 3) Heine
WE. Protein source and microflora. In Hanson LA, Yolken RH, eds Probiotics, other
Nutritional factors, and Intestinal Microflora. Philadelphia: Nestlé Nutrition Services/
Lippincott-Raven. 1999:42:175-188. – 4) Yazawa K, Tamura Z. Search for sugar sources for
selective increase of bifidobateria. Bifidobacteria microflora 1982;1:39-44. – 5) Calder PC.
Polyunsaturated fatty acids, inflammation, and immunity. Lipids 2001;36:1007-24. –
6) Duggan C, Gannon J and Walker WA. Protective nutrients and functional foods for the
gastrointestinal tract. Am J Clin Nutr 2002; 75(5): 789-808. – 7) CODEX ALIMENTARIUS
COMMISSION. Joint FAO/WHO Food Standards Programme. Codex Standard for Infant
Formulae (Codex Stan 72-1981). Codex Standard for Follow Up Formulae (Codex Stan
156-1987). In: Codex Alimentarius vol 4, Ed 2, FAO/WHO. Rome, 1994. – 8) Schmidt BJ,
Ferreira JR, Ferreira M, Curry CP. Emploi du lait entier acidifié dans la prévention des
diarrhées infantiles. Méd Hyg 1976;34:276-7. – 9) Brunser O, Araya M, Espinoza J, Guesry
PR, Secretin MC, Pachero I. Effect of an acidified milk on diarrhoeal disease and the carrier
state in infants of the low socio-economic stratum. Acta Paed Scand 1989; 78:259-64. –
10) Minor TE, Marth EH. Growth of Staphylococcus aureus in acidified pasteurized milk. J
Milk Food Technol 1970;33:516-20. – 11) Walker WA. Role of nutrients and bacterial
colonization in the development of intestinal host defense. J Pediatr Gastroenterol Nutr
2000;30 Suppl 2:S2-S7. – 12) Isolauri E, Sutas Y, Kankaanpaa P, Arvilommi H, Salminen S.
Probiotics: effects on immunity. Am J Clin Nutr 2001;73:444S-50S. – 13) Yamazaki S, Tsuyuki
S, Akashiba H et al. Immune response of Bifidobacterium -monoassociated mice.
Bifidobacteria Microflora 1991;10:19-31. – 14) Namba K, Yaeshima T, Ishibashi N, Hayasawa
H, Yamazaki S. Inhibitory effects of Bifidobacterium longum n enterohemorragic Escherichia
coli O157:H7. Bioscience Microflora 2003;22:85-91. – 15) Takahashi T, Nakagawa E, Nara T,
Yajima T, Kuwata T. Effects of orally ingested Bifidobacterium longum on the mucosal IgA
response of mice to dietary antigens. Biosci Biotechnol Biochem 1998;62:10-5. – 16) Guarino
A, Canari RB, Spagnuolo MI, Albano F, DiBenetto L. Oral bacterial therapy reduces the
duration of symptoms and viral excretion in children with mild diarrhea. J Pediatr
Gastroenterol Nutr 1997;25:516-19. – 17) Szajewska H, Kotowska M, Mrukowicz JZ,
Armanska M, Mikolajczyk W. Efficacy of Lactobacillus GG in prevention of nosocomial
diarrhea in infants. J Pediatr 2001;138(3):361-65. – 18) Vanderhoof JA, Whitney DB, Antonson
DL, Hanner TL, Lupo JV, Young RJ. Lactobacillus GG in the prevention of antibiotic-
associated diarrhea in children. J Pediatr 1999;135(5):564-68. – 19) ESPGAN COMMITTEE
ON NUTRITION OF THE PRETERM INFANT. Nutrition and feeding of preterm infants.
Acta Paed Scand 1987;suppl.336:1-14. – 20) Academia Americana de Pediatria, Committee
on Nutrition. Formula Feeding of Term Infants. Pediatric Nutrition Handbook. 5th ed. 2003-
2004. p.87-97. – 21) Merritt RJ, Jenks BH. Safety of Infant Formulas Containing Isoflavones:
The Clinical Evidence. J Nutr 2004;134:1220S-1224S. – 22) Leite AGZ e col. Fórmulas. In:
Feferbaum R, Falcão MC. Nutrição do Recém-nascido.1ª ed. São Paulo, Editora Atheneu
2003. p.283-299. – 23) Chevallier B, Grunberg J, Rives JJ, Van Egroo LD, Fichot MC
Évaluation de la tolérance et de l’efficacité dún lait épaissi à l’amidon de maïs chez les
nourrissons présentant des régurgitations simples. Annales de Pédiatrie 1998;45:509-515.
– 24) Zeiger RS. Food Allergy avoidance in the prevention of food allergy in infants and
children. Pediatrics 2003;111:1662-71. – 25) American Academy of Pediatrics. Committee
on Nutrition. Hypoallergenic infant formulas. Pediatrics 2000;106:346-349. – 26) Host A, et
al. Dietary products used in infants for treatment and prevention of food allergy. Joint
statement of the European Society for Pediatric Allergology and Clinical Immunology
(ESPACI) Committee on Hipoallergenic Formulas and the European Society for Pediatric
Gastroenterology, Hepatology and Nutrition (ESPGHAN) Committee on Nutrition. Arch Dis
Child 1999;81:80-84.
164
A NOTAÇÕES

165
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

A NOTAÇÕES

166
A NOTAÇÕES

167
PRODUTOS HABITUALMENTE USADOS EM PEDIATRIA

A NOTAÇÕES

168
Acesse o site da Nestlé Nutrição Infantil:
www.nestle.com.br/nutricaoinfantil

Seja bem-vindo
Em nosso site você encontrará
informações relevantes para
sua prática diária, incluindo
tabelas, artigos, publicações
da Nestlé Nutrition, calendário
de eventos, aulas gravadas e
informações técnicas sobre
nossos produtos.

9451e-21x18_Capa MedicamentosCS3 3 17.10.08 17:40:03


Material destinado exclusivamente ao profissional de saúde.

9451e-21x18_Capa MedicamentosCS4 4 17.10.08 17:40:05