P. 1
Velho Testamento - Guia de Estudo Do Aluno

Velho Testamento - Guia de Estudo Do Aluno

|Views: 2.540|Likes:
Compartilhar o Evangelho Online
Compartilhar o Evangelho Online

More info:

Published by: Joaquim Manuel Candeias Lopes on Nov 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/13/2013

pdf

text

original

O livro de Isaías recebeu mais atenção e louvor de outros autores
das escrituras do que qualquer outro livro. Néfi usou os escritos de
Isaías para “melhor persuadir [seus irmãos] a acreditar no Senhor,
seu Redentor” (1 Néfi 19:23), e disse: “minha alma se deleita em
suas palavras” (2 Néfi 11:2). Além disso, Néfi disse que as palavras
de Isaías fariam as pessoas “[alegrarem] o coração e [regozijarem-
se] por todos os homens”. (2 Néfi 11:8) O irmão de Néfi, Jacó,
ensinou que os da casa de Israel deveriam aplicar as palavras de
Isaías a si mesmos. (Ver 2 Néfi 6:5; 11:8.) O próprio Salvador foi
quem prestou maior louvor aos escritos de Isaías.

“Grandes São as Palavras de Isaías”

Isaías é mais citado no Novo Testamento do que qualquer outro
profeta. Os autores do Livro de Mórmon citaram ou parafrasearam
35 por cento do livro de Isaías. Doutrina e Convênios faz
aproximadamente cem referências a Isaías, por meio de citações,
paráfrases ou interpretações de seus ensinamentos. Quando Cristo
visitou os nefitas após Sua Ressurreição, Ele disse ao povo que eles
deviam “[examinar] estas coisas diligentemente, porque grandes
são as palavras de Isaías”. (3 Néfi 23:1)

Dados Importantes sobre Isaías

Isaías viveu e profetizou aproximadamente de 740 a 700 a. C.
Nesse período, os assírios conquistaram o reino setentrional de
Israel. O reino meridional de Judá, onde Isaías morava, estava sob
domínio assírio e também estava sob risco de destruição. Contudo,
eles foram poupados porque o rei Ezequias obedeceu ao conselho
de Isaías. Isaías advertiu que Judá precisava continuar a
arrepender-se ou também seria destruída, mas pela Babilônia em
vez da Assíria.

Isaías falou mais sobre a primeira e a segunda vindas de Jesus
Cristo do que qualquer outro profeta do Velho Testamento. Ele
tinha um modo especial e inspirado de ensinar. Muitas de suas
profecias se aplicam não apenas a sua época, mas à época de Jesus,
aos nossos dias e ao futuro. Às vezes, o mesmo versículo ou grupo
de versículos pode aplicar-se a mais de um período de tempo.

Como Ler Isaías

Isaías foi um profeta de Deus, um escritor talentoso e um poeta das
tribos de Israel. Por esse motivo, alguns de seus escritos podem ser
difíceis de entender quando traduzidos do hebraico para outras

línguas. Lembre-se do que aprendeu sobre a poesia hebraica na
introdução de Salmos. (Ver pp. 131–132.) As idéias anotadas ali
juntamente com o Espírito Santo o ajudará a compreender o livro
de Isaías. Por meio de imagens e símbolos, Isaías ensinou
vigorosamente a sua mensagem. Você lerá que a lua se
envergonhou, uma terra era tão feliz que as árvores batiam palmas,
e que um livro fala do pó. Se procurar ver além dessas e outras
imagens para compreender os sentimentos e princípios acerca dos
quais Isaías escreveu, suas palavras terão um significado muito
maior. Se buscar a ajuda do Espírito Santo, você verá que Isaías se
tornará um dos livros mais inspiradores e vigorosos de todas as
escrituras.

Para mais informações sobre o livro de Isaías, ver Guia para Estudo
das Escrituras, “Isaías”.

Isaías 1

Isaías Chama Israel ao
Arrependimento

Não temos certeza se Isaías escreveu os capítulos desse livro na
ordem em que aparecem na Bíblia. Parece, contudo, que os
capítulos foram cuidadosamente ordenados para transmitir
melhor a plenitude da mensagem de Isaías. Isaías 1 é como um
prefácio do livro de Isaías, que resume e apresenta o livro
inteiro indicando: (1) o que as pessoas fizeram que era ofensivo
ao Senhor (vv. 1–9), (2) por que eles acharam que não
precisavam arrepender-se (vv. 10–15), (3) o que o Senhor
prometeu se eles se arrependessem (vv. 16–19, 25–27), e (4) o
que aconteceria se não se arrependessem (vv. 20–24, 28–31).

Em sua leitura, lembre-se do conselho de Néfi e Jacó: Como
somos da casa de Israel, devemos aplicar essas palavras a nós
mesmos. (Ver 1 Néfi 19:23; 2 Néfi 6:5.) Muitos dos
ensinamentos e profecias se aplicam a nós como se ele estivesse
falando para os dias atuais.

Visão Geral de Isaías

Temas
Gerais

Julgamentos

Parte Histórica

Promessa de um Messias

Referência1:113:1 24:1

28:1

36:1

40:1

49:1

58:166:24

Tópicos

Judá

As
nações

Dia
do
Senhor

Julgamento
e Bênçãos

Jerusalém é
preservada da
destruição; a vida
de Ezequias
é prolongada

Livramento
de Israel

Libertador
de Israel

Futuro
glorioso
de Israel

138

Compreensão das Escrituras

Isaías 1

Estudo das Escrituras

Israel É como …

1.Leia Isaías 1:2–9, 21–22, 30–31 e relacione todas as imagens ou
símbolos que Isaías usou para descrever o povo de Judá e seus
pecados.

2.Que pecados de Judá são cometidos pelas pessoas de hoje?

Conhecimento de Escritura—Isaías
1:18

Embora o Senhor seja rigoroso e tenha usado uma linguagem forte
para com os israelitas, podemos sentir Seu amor pelo modo como
Ele os insta a arrepender-se. As soluções do Senhor para nossos
pecados e problemas nem sempre são rápidas ou fáceis, mas elas
nos fornecem uma solução duradoura.

1.Resuma a solução do Senhor para os problemas de Judá. (Ver
Isaías 1:16–19.)

2.Leia Doutrina e Convênios 58:42–43 e diga como o Senhor fez
nesses versículos a mesma promessa que fez em Isaías 1:18 e o
que precisamos fazer para cumprir essa promessa.

Isaías 2

Vinde ao Monte do Senhor

ASegunda Vinda de Jesus Cristo dará início a um período de
mil anos de paz na Terra chamado Milênio. Os iníquos serão
destruídos na época da Vinda do Salvador, mas aqueles que
estiverem preparados para recebê-Lo serão poupados e se
regozijarão com Ele. O que precisamos fazer para estarmos
preparados? Numa profecia muito conhecida, Isaías disse à
antiga e à moderna Israel o que eles precisam fazer a fim de
prepararem-se para receber o Senhor e viver no Milênio. Essa
profecia é “dualista”, ou seja, pode ser aplicada para mais de
uma época e lugar. Como tal, a profecia não apenas ensina
princípios gerais sobre o que a antiga Israel precisava fazer
para estabelecer Seu reino mas também sugere um local
específico para aquele reino nos últimos dias, antes da
Segunda Vinda e do Milênio.

No Livro de Mórmon, Néfi citou os capítulos 2–14 de Isaías.
Compare esses capítulos com os de 2 Néfi para ajudá-lo a
compreender melhor o que ler.

Compreensão das Escrituras

Isaías 2

Isaías 2:2–4—O Monte do Senhor

O “monte do Senhor” refere-se ao templo. Em Isaías 2:2–4, Isaías
contou uma visão e fez uma profecia que seria cumprida de
muitas formas. Ele disse que tempo viria em que o povo do Senhor
colocaria Deus e Sua casa acima de todas as coisas, um tempo em
que procurariam ativamente aconselhar-se com Ele indo à Sua
casa, então Sião será estabelecida entre eles, e terão paz e a
promessa de vida eterna. Os profetas modernos nos ensinaram
essa mesma doutrina. O Presidente Howard W. Hunter disse:
“Façamos do templo, com a adoração e os convênios do templo e o
casamento no templo, nossa principal meta nesta Terra e a mais
sublime experiência da mortalidade”. (Conference Report, outubro
de 1995, p. 118; ou Ensign, novembro de 1994, p. 88.)

Outro cumprimento dessa profecia se refere ao estabelecimento da
casa do Senhor no “cume dos montes”. (Isaías 2:2) Essa profecia
faz referência simbólica não apenas ao estabelecimento do templo
no lugar mais alto de nossa vida, mas também teve seu
cumprimento literal na localização da sede da Igreja nos últimos
dias. Com referência a essa profecia de Isaías, o Élder Bruce R.
McConkie disse: “Essa foi uma referência específica ao Templo de
Salt Lake e outros templos construídos no alto das Montanhas
Rochosas, e faz uma referência geral ao templo que ainda será
construído na Nova Jerusalém, no condado de Jackson, Missouri”.
(ANew Witness for the Articles of Faith, 1985, p. 539.)

O Élder B. H. Roberts ensinou a importância de a lei sair de Sião
ao dizer: “Para mim essa é, em parte, a lei de Sião—o princípio
básico da lei civil do país—um princípio de lei que sairá de Sião—
a lei civil que será estabelecida e preservada sobre esta terra
abençoada de liberdade que, por fim, abençoará direta ou
indiretamente e libertará todas as terras do mundo inteiro”.
(Conference Report, abril de 1908, p. 108.)

Agoureiros(v. 6)—Pessoas que
predizem o futuro com sinais

B

A

Corruptores(v. 4)—Pecadores

Acabana na vinha, a choupana
no pepinal
(v. 8)—Abrigo
temporário

Quem requereu isto de vossas
mãos, que viésseis a pisar os
meus átrios?
(v. 12)—Quem vos
convidou à minha casa?

Estender as vossas mãos(v.
15)—Orar

139

Estudo das Escrituras

Faça um Desenho ou Esboço

Faça um desenho que represente as idéias encontradas em Isaías
2:2–3.

Dê um Exemplo Moderno

Amensagem básica de Isaías 2:2–4 é que Sião será estabelecida
quando Israel colocar o templo e suas ordenanças e lei acima de
todas as coisas em sua vida.

1.Leia Isaías 2:6–9 e aliste o que o Senhor disse que estava
impedindo o povo de receber as bênçãos do templo naquela
época. Dê um exemplo moderno de cada coisa da lista. (Não
deixe de comparar o versículo 9 com 2 Néfi 12:9.)

2.De acordo com Isaías 2:10–22, o que acontecerá na Segunda
Vinda de Jesus Cristo a todos os que não O aceitarem por causa
de seu orgulho?

Isaías 3

Profecias contra os
Orgulhosos

Isaías 3 contém a continuação da descrição de Isaías das
condições de iniqüidade que se encontravam Israel e Judá em
sua época e o que aconteceria devido a essa iniqüidade. Isaías
usou uma de suas imagens mais descritivas ao comparar a
casa de Israel às mulheres orgulhosas que se ornamentavam
completamente, seguindo os estilos da moda de sua época.
Essas mulheres, muito preocupadas com a bela aparência
externa, tinham negligenciado a verdadeira espiritualidade
interior. Podemos aplicar esses ensinamentos a nós mesmos
como uma advertência do que nos acontecerá se formos
orgulhosos e iníquos.

Isaías 4

Bênçãos para os Humildes

Isaías 4 serve de contraste ao capítulo 3, dizendo o que
acontece quando Israel se volta ao Senhor com humildade.

Compreensão das Escrituras

Isaías 4

Estudo das Escrituras

Interprete as Imagens

Preste muita atenção às imagens criadas por Isaías neste breve
capítulo. Ao contrário das mulheres do final de Isaías 3, as
mulheres descritas em Isaías 4 são humildes.

1.De acordo com os versículos 2–6, quais são os frutos das ações
humildes dessas mulheres?

2.O que podemos fazer para sermos como essas mulheres para
que possamos ser livrados de nossa vergonha, limpos da
imundície e tornar-nos pessoas cheias de “beleza e glória”,
sendo guiados e protegidos pelo Senhor? (Ver vv. 5–6.) Você
pode ler as seguintes escrituras antes de responder: 2 Néfi
31:13, 17; 32:1–3; Alma 7:14–15; Moisés 6:52, 57.

Isaías 5

Os Pecados de Israel

Isaías 5 contém a continuação da descrição que Isaías fez dos
pecados de Israel e suas conseqüências. Em sua leitura,
pondere como os pecados das pessoas da época de Isaías se
assemelham aos pecados de nossos dias, e o que o Senhor disse
que acontecerá aos que se recusarem a se arrepender.

Compreensão das Escrituras

Isaías 5

Sebe(v. 5)—Cerca, muro

Não será podada nem cavada

(v. 6)—Ninguém cuidará dela

Sarças(v. 6)—Ervas daninhas

Juízo(v. 7)—Justiça

Opressão(v. 7)—
Derramamento de sangue

Ai(vv. 8, 11, 18, 20–22)—
Interjeição que expressa tristeza

Jeira, bato, ômer, efa(v. 10)—
Unidades de medida

Exaltado(v. 16)—Elevado

Lugares devastados pelos
gordos
(v. 17)—As terras
usadas pelos animais para
pasto serão destruídas.

Prudente(v. 21)—Cuidadoso e
sensato

Desprezaram(v. 24)—
Afastaram-se de, odiaram

Estandarte(v. 26)—Bandeira ou
flâmula levada à frente de um
exército em marcha

A

Opróbrio(v. 1)—Vergonha

Assembléias(v. 5)—Pessoas
reunidas

Tabernáculo(v. 6)—Abrigo

Refúgio(v. 6)—Local de paz e
segurança, afastado dos perigos
ou de situações indesejáveis

Esconderijo(v. 6)—Lugar
coberto

B

A

140

Estudo das Escrituras

Faça a atividade Aou B ao estudar Isaías 5.

Interprete a Parábola para Nossos Dias

Aparábola encontrada em Isaías 5:1–7 fala sobre aqueles que
recebem o evangelho. Qual é a mensagem da parábola para os
membros da Igreja de nossos dias? Você pode consultar Doutrina e
Convênios 1:27; 82:3; 105:6 ao escrever sua resposta.

Ai!

Aliste todas as pessoas sobre quem o Senhor disse “ai” de acordo
com Isaías 5:8–25 e descreva cada grupo de pessoas com suas
próprias palavras.

Isaías 6

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->