P. 1
Festa das Bem-Aventuranças

Festa das Bem-Aventuranças

|Views: 159|Likes:
Publicado porManuel Quinta

More info:

Published by: Manuel Quinta on Nov 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/12/2013

pdf

text

original

Festa  das  Bem  aventuranças  

   

       

Zona  Pastoral  Oeste/veiga   Braga  –  2011/12  
     

  Para   quem   vive   animado   pelo   amor   respira   a  felicidade  plena.  porque  possuirão  a  terra   3  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  que  sofrem  porque  serão  consolados     Oração  Universal:     4  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  que  têm  fome  e  sede  de  justiça.  serão  chamados  filhos  de  Deus                 Explicação  do  Imaginário:     .  porque  verão  a  Deus     Envio:   7  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  que  promovem  a  paz.   num   compromisso   efectivo   de   amor.  somos  convidados  a   estar   vigilantes   porque   não   sabemos   quando   virá   o   dono   da   casa.   nós  Cristãos.  porque  serão  saciados   5  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  misericordiosos  porque  alcançarão  misericórdia     Consagração:   6  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  puros  de  coração.  que  poderá  ser  construída   uma  estrutura  semelhante  à  da  imagem  em  madeira  ou  noutro  material.  ou  apresentada  em   cartaz  ou  numa  montagem  de  imagens.   Em  lugar  de  destaque  e.º   Domingo   do   Advento   e   da   Festa   das   Bem-­‐Aventuranças   somos   convidados   não   só   a   estarmos   atentos.   mas   a   sermos   felizes   e   a   vermos   o   horizonte   mais   longe.  estará  uma  torre  de  vigia.  se   possível  num  sítio  acima  da  assembleia.  cartazes  de   várias  cores  com  as  Bem-­‐Aventuranças:     Acto  Penitencial:     1  -­‐  Bem-­‐aventurados  os  pobres  em  espírito  porque  deles  é  o  Reino  dos  céus   2-­‐  Bem-­‐aventurados  os  mansos.   Junto  desta  torre  de  vigia  serão  colocados.   Nesta   Eucaristia   do   1.   Imaginário  da  Festa  da   Bem-­‐aventuranças     O   Advento   é   o   tempo   em   que.   a   vigiar.  em  diferentes  momentos  da  Eucaristia.

19b. 16b-17. desde sempre. Ritos iniciais Admonição à celebração (feita pelo/a catequista) Catequista:Advento é tempo de preparação para a grande festa de aniversário do Senhor Jesus. projecto proposto por Cristo no Sermão das Montanhas: as bem-aventuranças. mas calmamente) Senhor. Física ou verbal. dos acólitos e o presidente da celebração. pelos momentos em que sentimentos de vingança nos move e não fazemos a Tua Vontade. Na vigilância pedida por Deus temos a oportunidade de buscarmos a felicidade pessoal num projecto de vida. Porque nos deixais. Senhor. Cristo. é o vosso nome. Seguidos do/a catequista. perante o nosso próximo. tem piedade de nós! Senhor. Senhor. 64. em particular com os adolescentes do 7º ano.Procissão de entrada: Sugere-se que os adolescentes façam a procissão de entrada com a cruz e duas velas. Senhor. sois nosso Pai e nosso Redentor. 2b-7 Leitura do Livro de Isaías Vós. preparando-nos para o Senhor que vem ao nosso encontro. É tempo de organizar a nossa vida para este grande acontecimento. celebramos esta Eucaristia porque somos “obra das mãos do Senhor” Acto Penitencial (feito por um adolescente. tem piedade de nós! Oração de colecta: Liturgia da Palavra: LEITURA I Is 63. Senhor. Vigilantes na fé do advento. e nos esquecemos do essencial. desviar dos vossos caminhos . pelos dias em que nos esquecemos de ser pobres de espírito. tem piedade de nós! Cristo. pelas vezes em que resolvemos os nossos problemas através da violência. hoje desenvolvido pela catequese.

Despertai o vosso poder e vinde em nosso auxílio. Palavra do Senhor.18-19 Refrão: Senhor. aparecei. visitai esta vinha. fazei-nos voltar. porque pecámos e há muito que somos rebeldes. Estendei a mão sobre o homem que escolhestes. Vós que estais sobre os Querubins. mostrai-nos o vosso rosto e seremos salvos. Vós saís ao encontro dos que praticam a justiça e recordam os vossos caminhos. olhai dos céus e vede. Vós. mas seremos salvos. 2ac e 3b.e endurecer o nosso coração. por amor dos vossos servos e das tribos da vossa herança. vinde de novo. nem os olhos viram que um Deus. para que não Vos tema? Voltai. Estais indignado contra nós. Éramos todos como um ser impuro. 15-16. e perante a vossa face estremeceram os montes. porque nos tínheis escondido o vosso rosto e nos deixáveis à mercê das nossas faltas. somos todos obra das vossas mãos. Protegei a cepa que a vossa mão direita plantou. escutai. Nunca os ouvidos escutaram. o rebento que fortalecestes para Vós. SALMO RESPONSORIAL Salmo 79 (80). porém. nosso Deus. Senhor. as nossas acções justas eram todas como veste imunda. ninguém se levantava para se apoiar em Vós. e nós o barro de que sois o Oleiro. sois nosso Pai. Deus dos Exércitos. Pastor de Israel. fizesse tanto em favor dos que n’Ele esperam. . Todos nós caímos como folhas secas. as nossas faltas nos levavam como o vento. Ninguém invocava o vosso nome. além de Vós. Oh se rasgásseis os céus e descêsseis! Ante a vossa face estremeceriam os montes! Mas Vós descestes.

para que sejais irrepreensíveis no dia de Nosso Senhor Jesus Cristo. se à meia-noite. não se dê o caso que. Jesus Cristo. já não vos falta nenhum dom da graça. visto que não sabeis quando virá o dono da casa: se à tarde. e mandou ao porteiro que vigiasse. por quem fostes chamados à comunhão com seu Filho. portanto.sobre o filho do homem que para Vós criastes. tornou-se firme em vós o testemunho de Cristo. Será como um homem que partiu de viagem: ao deixar a sua casa. e do Senhor Jesus Cristo. 3-9 Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios Irmãos: A graça e a paz vos sejam dadas da parte de Deus. digo-o a todos: Vigiai!». EVANGELHO Mc 13. Dou graças a Deus. porque não sabeis quando chegará o momento. Nosso Senhor. em todo o tempo. nosso Pai. 33-37 Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos Naquele tempo. e não mais nos apartaremos de Vós: fazei-nos viver e invocaremos o vosso nome. atribuindo a cada um a sua tarefa. De facto. Fiel é Deus. vindo inesperadamente. vos encontre a dormir. Porque fostes enriquecidos em tudo: em toda a palavra e em todo o conhecimento. deu plenos poderes aos seus servos. e deste modo. a vós que esperais a manifestação de Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele vos tornará firmes até ao fim. . disse Jesus aos seus discípulos: «Acautelai-vos e vigiai. se de manhãzinha. O que vos digo a vós. Palavra do Senhor. Vigiai. se ao cantar do galo. LEITURA II 1 Cor 1. pela graça divina que vos foi dada em Cristo Jesus. a vosso respeito.

Palavra da salvação.Senhor. sentimentos puros que certamente conheces para podermos viver este momento de entrega. sacerdotes e diáconos vivam segundo as bemaventuranças e as anunciem como caminho da alegria. vivem em vigia constante. Dinâmica do advento e homilia Profissão de fé Oração Universal Pres. de coração puro. Nosso Senhor… Ofertório Enquanto que o sacerdote prepara o altar um adolescente lê em oração: Adolescente: Bem-aventurados porque verão a Deus: queremos Senhor. . Assim . Oremos. Para que os Bispos.Com um coração Humilde. dando-se aos outros e a Deus e amando o próximo como a si mesmos. Oremos (Bem aventurados os misericordiosos. escutai as orações da vossa Igreja. Oremos (Bem aventurados os que têm fome e sede de justiça. . para que a Luz de Cristo os ilumine e os leve a encontrar a alegria do Amor de Deus. pobres. nosso refúgio e fortaleza. Para que todos aqueles que. puros de coração. porque verão a Deus) 5. construtores da paz. Por Jesus Cristo. Oremos (Bem aventurados os puros de coração. prontos para nos deixar moldar por Ti num caminho de vigia constante. Por todos os que não estão aqui por não poderem ou não quererem. Oremos 2. peçamos ao Senhor o Espírito das Bem-Aventuranças dizendo: Dá-nos Senhor a alegria de Te ver chegar 1. Pres. porque serão saciados) 3. Para que os nossos governantes se inspirem no Evangelho de Cristo e defendam os direitos dos mais pobres. oferecer-Te no altar que está a ser preparado para o sacrifício de Jesus por cada um de nós. humildes. Para que todos os cristãos sejam misericordiosos. porque alcançarão misericórdia) 4.

os que confiam na justiça e os desanimados … Senhor Jesus. Nisto consiste o vigiar de Jesus. os que amam e os que não amam. os que semeiam alegria e os que causam tristezas. Que o Teu amor e a Tua bondade desbloqueiem os seus corações e possam todos correr ao Vosso encontro. há quem espere e desespere. descansar e desistir… No entanto. assumir a vida toda como dádiva do amor e fazer dessa dádiva uma oferta de felicidade para todos. de olhos bem abertos e de coração atento. os que vivem no amor fraterno e os que odeiam… Senhor Jesus há os nossos amigos e aqueles a quem não amamos tanto. para todos dá-lhes coragem de enfrentar os seus medos. os fracassos… Só me apetece dormir. os que vivem com esperança e os tristes. é noite. os nossos familiares e vizinhos… Senhor. Que os corações se aqueçam com a chama da esperança em relação ao futuro cheio de amor que Deus nos oferece.) Senhor Jesus. Aceita-nos como somos Senhor. Prefácio Oração Eucarística (propõe-se a V/C: ‘Jesus caminho para o Pai’) Pós-Comunhão (a dinâmica de fazer esta oração depende da criatividade e capacidade de cada grupo. Tu insistes e pedes-me que eu esteja vigilante. Tanto se pode fazer com um só leitor como com vários leitores. há os que confiam e os que desconfiam. os nossos colegas e os desconhecidos. os desânimos. quem procure e quem já deixou de procurar. . Senhor Jesus.como Jesus se entregou a nós também nós desejamo-nos entregar à Comunhão do Corpo e Sangue de Jesus. os que falam e os que insultam… Senhor Jesus há os que acreditam e os descrentes. está frio e escuro na minha alma… São tantas as dificuldades. quem caminhe e quem já se cansou de caminhar… Senhor Jesus há os que matam e os que são mortos.

Que neste mundo em mudança tomemos como missão vigiar a casa do nosso coração para que nada nos distraia. abrindo o nosso coração aos sinais da tua vida. Ritos Finais e envio (Para as paróquias que entregam os diplomas no dia. propomos que este sejam entregues depois da oração pós comunhão feita pelo presidente da celebração) . nesta hora queremos-Te manifestar a nossa vontade de nos mantermos vigilantes na fé e na oração. pois somos obra das Tuas mãos.Senhor protege-nos como Pai e Redentor. Por isso. enquanto aguardamos ansiosamente a Tua Chegada. Ajuda-nos a estarmos sempre vigilantes na fé e na oração. na construção do Teu Reino. Oração Pós comunhão.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->