P. 1
Acidos Bases Sais e Oxidos

Acidos Bases Sais e Oxidos

|Views: 605|Likes:
Publicado portatkeesen

More info:

Published by: tatkeesen on Nov 12, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/12/2013

pdf

text

original

Ácidos e bases

Sérgio Ricardo Fernandes de Araújo srfernandesaraujo@gmail.com

Funções químicas
Função química corresponde a um conjunto de substâncias que apresentam propriedades químicas semelhantes. As substâncias inorgânicas podem ser classificadas em quatro funções: Ácidos Bases Sais Óxidos

Ácidos e Bases no dia-a-dia
Ácidos Têm um gosto azedo. O vinagre deve o seu gosto ao ácido acético. Os citrinos contém ácido cítrico. Reagem com certos metais produzindo hidrogênio. Reagem com carbonatos e bicarbonatos produzindo dióxido de carbono. Bases Têm um sabor amargo. Escorregadios. Muitos sabões contém bases.

Ácido e base de Arrhenius Svante Arrhenius (1859-1927): Ácido é uma substância que contém hidrogênio e libera o íon hidrogênio (H+) como um dos produtos de ionização em água. HCl(aq) H+(aq) + Cl-(aq) .

Svante Arrhenius (1859-1927): Base é um composto que libera íons hidróxido em água. NaOH(aq) NH3(aq) + H2O(l) Na+(aq) + OH-(aq) NH4 +(aq) + OH-(aq) .

Ácido de Arrhenius Base de Arrhenius .

HCl 2. H2SO4 3. Ex. HCl 2. Triácido. HCN . Ex. Semifortes 5% ≤ α ≤ 50% 3. H4P2O7 Quanto a presença de oxigênio na molécula 1. Diácido. Ex. Fortes α > 50% Ex. Oxiácido. H3PO4 4. Ex. Tetrácido. Ex. Hidrácido. Fracos α < 5% Ex. Monoácido.Classificação dos ácidos Quanto ao número de hidrogênios ionizáveis 1. HBr 2. Ex. HNO3 Quanto a grau de ionização 1.

Nomenclatura: Hidrácidos Seguem a seguinte regra: Ácidos + ídrico Radical do Elemento Oxiácidos Seguem a seguinte regra: ico Ácido __________________ + Radical do Elemento oso .

oso ...........ico ..oso Ácido Ácido .....ico Ácido Ácido .......ico Nox crescente de E .oso Nox crescente de E Para elementos que não pertencem a família VIIA da tabela periódica Ácido Hipo..HnEOm Para família VIIA da tabela periódica Ácido Per...oso Ácido Hipo.....

Nomenclatura Oxiácidos: Para família VIIA da tabela periódica HClO4 – ácido perclórico (Nox Cl = +7) HClO3 – ácido clórico (Nox Cl = +5) HClO2 – ácido cloroso (Nox Cl = +3) HClO – ácido hipocloroso (Nox Cl = +1) Para elementos que não pertencem a família VIIA da tabela periódica H2SO4 – ácido sulfúrico (Nox S = +6) H2SO3 – ácido sulfuroso (Nox S = +4) H3PO4 – ácido fosfórico (Nox P = +4) H3PO3 – ácido fosforoso (Nox P = +3) H3PO2 – ácido hipofosforoso (Nox P = +1) .

Exemplo: H 2S H2SO3 H2SO4 Ácido sulfídrico Ácido sulfuroso *Para ácidos do enxofre usamos o radical em latim “sulfur”. Ácido sulfúrico .

pH • O pH de uma solução é definido como o logaritmo negativo da concentração de íons hidrogênio. pH = -log [H+] ou pH = log 1 [H+] •em pH 7. a solução é ácida •em valores superiores de pH (8-14). a solução é básica .0 a solução é neutra •em valores inferiores de pH (1-6).

.

.

.

log 1 10-2 pH = 2 .01 mol/L ? [H+] = 0.01 mol/L [H+] = 10-2 mol/L pH = .EXERCÍCIOS 1. Calcular o pH de um meio cuja concentração hidrogeniônica é 0.

HCl é um ácido forte.005 M [H+] = 2 x 0. Calcular o pH de uma solução de ácido clorídrico (HCl) 0.2.1  1H+ + Cl1 x 0.1 M ou 10-1 M 3. Determinar o pH de uma solução 0.1M pH = 1 [H+ ] = 0.1M.01 M = 10-2 pH = 2 . Então está 100% dissociado HCl 0.005M de ácido sulfúrico? H2SO4 também é um ácido forte H2SO4 0.005 = 0.005  2H+ + SO4 22 x 0.

ÁCIDOS FORTES E ÁCIDOS FRACOS Ácido Forte – dissocia-se totalmente Ácido fraco – ioniza-se pouco HA HA  A + H+ A + H+ A = base conjugada do ácido Num ácido fraco. em solução aquosa. A e H+ A constante de equilíbrio desta dissociação – Também chamada K a K eq = [A] [H+] [HA] . há um equilíbrio químico entre as espécies HA.

Ácido forte Ácido fraco .

Tamanho e eletronegatividade . ou seja a força desta ligação.Estrutura molecular e força dos ácidos H-X Quanto mais forte a ligação H+ + XMais fraco é o ácido A força dos ácidos. pode ser relacionada com a estrutura molecular.

Força de ácidos e tamanho dos átomos Quanto mais estável for o união mais fraco será o ácido Para os haletos de hidrogênio obtém-se a seguinte série HF > HCl > HBr > HI .

Estrutura molecular e força de ácidos A ligação O-H será mais polar e mais facilmente ionizada quando: • Z é muito eletronegativo ou • Z está num estado de oxidação elevado .

.

.

Estrutura molecular e força de ácidos Oxiácidos com átomo central (Z) do mesmo grupo e com o mesmo n de oxidação A força do ácido aumenta com o aumento da eletronegatividade de Z Cl é mais eletronegativo que Br .

A força do ácido aumenta quando o nº de oxidação de Z aumenta. HClO4 > HClO3 > HClO2 > HClO .Oxiácidos com o mesmo átomo central (Z) mas grupos substituintes diferentes.

Quanto ao Grau de Ionização (a) Ácidos fracos: 0< a < 5% Ácidos moderados: 5%  a 50% Ácidos fortes : 50% < a < 100% a= Nº de Mol Ionizados Nº Inicial de Mols Ácido fraco: HClO Ácido moderado: H3PO4 Ácido forte : H2SO4 HClO4 .

HBr.Quanto ao Grau de Ionização (a) Hidrácidos: Fortes: HCl.: HClO y-x 1 moderado Ex. HI Moderado: HF *Os demais são fracos!!! Oxiácidos: HxEOy 0 fraco Ex.: H3PO4 2 forte Ex.: H2SO4 .

Qual o pH de uma solução 0.2 x 5 x 10-3 = 10-3 .2M de ácido acético (HAc).5 100 HAc 0.2 x 5 x 10-3 pH = 3 = 5 x 10-3 [H+ ] = 0.5%? O ácido acético é um ácido fraco que se ioniza parcialmente HAc H+ + ACa = 0.2 M H+ 0. nessa diluição. sabendo que. o grau de ionização é igual a 0.4 .

Um sistema tampão é constituído por um ácido fraco e sua base conjugada HA A + H+ Ex: Ácido acético e acetato de sódio .pH e sistema tampão Definição: Tampões são substâncias que limitam variações do pH quando a elas são adicionados ácidos ou bases.

SOLUÇÕES-TAMPÃO Exemplos: H3CCOOH+H3CCOONa H2CO3 + NaHCO3 NH4OH + NH4Cℓ .

H3CCOOH + H3CCOONa Mecanismo de ação: H3CCOOH + NaOH H3CCOONa +H2O H3CCOONa + HCℓ NaCℓ + H3CCOOH .

A eficiência de um tampão está restrita a uma faixa de pH Curva de titulação de um ácido forte com base forte Curva de titulação de um ácido fraco com base forte 50% 50% de dissociação do ácido .

A eficiência de um tampão depende da natureza do tampão (Keq) e de sua concentração Equação de Henderson-Hasselbach relaciona a Keq (Ka) do tampão e as [Ácido] e [Base conjugada] Keq = Ka = Constante de dissociação ou de ionização Ka = [A] [H+] [HA] [H+] = Ka [HA] [A] log [H+] = log Ka + log [HA] [A] .

log Ka + log [A] [HA] Equação de Henderson-Hasselbach pH = pKa + log [A] [HA] .log [H+] = .log [H+] = log Ka + log [HA] [A] log [H+] = log Ka - log [A] [HA] .

Significado de pKa No pH em que há 50% de dissociação do ácido [HA] = [A] pH = pKa + log [A] [HA] pH = pKa + log 1 pKa = pH que provoca 50% de dissociação do ácido .

O valor de pKa é característico de cada tampão Ácido Base Conjugada Ka 7.2 x 10-3 pKa 2.6 x 10-10 4.1 6.8 9.25 .4 x 10-7 5.3 x 10-7 1.76 6.14 H3PO4 H2PO4- Acético H2CO3 H2PO4NH4+ Acetato HCO3HPO42NH3 1.7 x 10-5 4.

A eficiência máxima de um tampão é no pH correspondente a seu pKa Porque há igual disponibilidade do ácido e da sua base conjugada Curva de titulação de um ácido fraco com base forte 50% O tampão também é eficaz uma unidade acima e uma unidade abaixo do pKa .

A eficiência do tampão também depende das concentrações do Ácido fraco e da base conjugada

Ex. Um tampão acetato 10 mM é menos eficiente que um tampão acetato 100 mM. Pois quanto maior a [HA] e [A], maior a disponibilidade das espécies de doar ou receber prótons

Exercícios sobre tampão
1 – Qual o pH do tampão formado por 0,1M de Ácido acético e 10 mM de Acetato de sódio?
Dado: pKa do tampão 4,76

pH = pKa + log [A] pH = 4,76 + log 10-2
[HA] pH = 4,76 + log 10-1 10-1

pH = 3,76

2 – Qual o pH do tampão onde a concentração de Ac. Acético é 0,2 mol/L e a concentração de Acetato de sódio é 0,35 mol/L? O pKa do HAc é 4,74.

pH = 4,74 + log 0,35 0,20 pH = 4,74 + log 1,75 pH = 4,74 + 0,24 pH = 4,98

Ácidos importantes: 1) H2SO4 – Ác.85 g/cm3. Sulfúrico (ácido ou água de bateria) É um líquido incolor e oleoso de densidade 1. S + O2  SO2 Pode ser obtido a partir das seguintes reações: SO2 + ½O2  SO3 SO3 + H2O  H2SO4 . é um ácido forte que reage com metais originando sulfatos além de ser muito higroscópico.

além de ser sufocante. Clorídrico (ácido muriático) Solução de hidreto de cloro em água. . É utilizado na limpeza de peças metálicas e de superfícies de mármore. Apresenta forte odor. É encontrado no suco gástrico humano.Ácidos importantes: 2) HCl – Ác.

CH3 CH3 + 3HNO3  NO2TNT NO -NO2 + 3H2O 2 . É muito usado em química orgânica para a produção de nitrocompostos. produzindo manchas amareladas na pele.Ácidos importantes: 3) HNO3 – Ác. Nítrico (áqua fortis) Líquido incolor fumegante ao ar que ataca violentamente os tecidos animais e vegetais .

Ácidos importantes: 4) H3PO4 – Ác. . preparo de águas minerais e nos refrigerantes de “cola”. Fosfórico (Acidulante INS-338) É um líquido xaporoso obtido pela oxidação do fósforo vermelho com ácido nítrico concentrado. Seus fosfatos são usados como adubo. É um ácido moderado usado na industria de vidros.

Metais.(direita). NaOH  Na+ + OHCa(OH)2  Ca2+ + 2OH- Possuem OH. dissocia-se fornecendo como ânion exclusivamente OH. Lig. Iônicas. dissolvida em água. base ou hidróxido é toda substância que. Al(OH)3  Al3+ + 3OH- . Fixas. Sólidas.(hidroxila ou oxidrila).Bases De acordo com Arrhenius.

Bases (exceção) * NH3 + H2O  NH4OH Ametais. Solução aquosa. . covalentes. Lig. Volátil.

Neutralizam ácidos formando sal e água.Características gerais das bases Apresentam sabor caústico. Estriam a matéria orgânica. . Deixam vermelha a solução alcoólica de fenolftaleína.

Nomenclatura Hidróxido de _________________ Nome do Elemento NaOH Fe(OH)2 Fe(OH)3 hidróxido de sódio hidróxido de ferro II hidróxido de ferro III .

Fe(OH)3 Pb(OH)4.Monobases: . Mg(OH)2 Al(OH)3. NH4OH Ca(OH)2.Tribases: . . .Classificação Quanto ao Número de Hidroxilas . Sn(OH)4 Quanto ao Grau de Dissociação Iônica .Tetrabases: NaOH.Fracas: Nesse grupo incluem-se o hidróxido de amônio (NH4OH) e as demais bases.Fortes: Os hidróxidos de metais alcalinos (G1) e metais alcalinos terrosos (G2).Dibases: .

Parcialmente solúveis: hidróxidos dos metais alcalino-terrosos (G2).Insolúveis: todos os demais hidróxidos. .Classificação Quanto à Solubilidade em Água . KOH Monobase Forte Solúvel Al(OH)3 Tribase Fraca Insolúvel . .Totalmente solúveis: os hidróxidos dos metais alcalinos (G1) e o hidróxido de amônio (NH4OH).

. *Sabões e detergentes são chamados de agentes tensoativos e possuem caráter básico. no branqueamento de fibras (celulose) e na fabricação de sabões e detergentes e como desentupidor de ralos e esgotos. É usado na desidratação de gorduras.Bases importantes: 1) NaOH – Hidróxido de sódio (Soda caústica) É um sólido branco floculado muito solúvel em água além de extremamente caústico.

Bases importantes: 2) Ca(OH)2 – Hidróxido de cálcio (cal apagada. obtida a partir do CaO (cal virgem). na neutralização de solos ácidos e na fabricação de doces. hidratada ou extinta) É uma suspensão aquosa de aparência leitosa. É usada na caiação de paredes e muros. CaO + H2O  Ca(OH)2 Cal Virgem Cal Apagada .

Bases importantes: 3) Mg(OH)2 – Hidróxido de magnésio (Leite de magnésia) É uma suspensão leitosa. obtida a partir do MgO. Mg(OH)2 + 2HCl  MgCl2 + 2H2O . É usada como antiácido estomacal e também como laxante.

para tingimentos e na preparação de lacas (resina ou verniz) para pintura artística. .Bases importantes: 4) Al(OH)3 – Hidróxido de alumínio (Maalox) É uma suspensão gelatinosa que pode adsorver moléculas orgânicas que por ventura estejam em solução aquosa (no tratamento da água). É usada como antiácido estomacal.

Indicadores de pH O que são: Ácidos ou bases fracas. quando [I-] é cerca de 10 vezes superior a [HI] pode observar-se a cor b. isto é. sendo diferentes as cores da forma não dissociada e da forma dissociada Haverá uma cor intermediária para o ponto de neutralização do indicador. . para o seu pKa (-logKa) HI Cor a H+ + ICor b Na prática.

Indicadores de pH .

TAMPÕES BIOLÓGICOS Meio Sangue Sistema Bicarbonato/Ácido Carbônico (H2CO3/ HCO3-) pKa 6.8 Intracelular Fosfato monoácido/Fosfato diácido (H2PO4-/HPO42-) .1 6.

CO2 + H2O 2H2 CO3 CO2 + H2O H2 CO3 H+ + HCO3- O tampão bicarbonato (pka 6.45. resistindo às variações de pH para cima ou para baixo desses valores.O sangue é tamponado majoritariamente pelo sistema bicarbonato No metabolismo (dentro da célula) os compostos são oxidados Composto + O2 No sangue: 1.14) mantém o pH do sangue numa "faixa segura" compreendida entre 7.35 e 7. .

Acidose é a diminuição do pH do sangue .Alcalose é o aumento do pH do sangue u .DISTÚRBIOS ÁCIDO-BASE u Os pulmões e os rins trabalham de forma integrada para minimizar as alterações do pH plasmático Os distúrbios ácido-base podem ter origem respiratória ou metabólica: .

Depressão do centro respiratório (toxinas bacterianas). Obstrução das vias aéreas. Dispnéia com baixa ventilação alveolar Alcalose respiratória aumentado diminuído. Insuficiência cardíaca congestiva pulmonar. é a causa do desvio ácida Retenção do CO2 Interferências nas trocas gasosas Pneumonia. Choque hipovolêmico. pH plasmático pCO2 pH da urina Causas Exemplos clínicos Sinais clínicos Hiperpnéia com grande ventilação alveolar . Enfisema pulmonar.ACIDOSE E ALCALOSE RESPIRATÓRIAS Acidose respiratória diminuído aumentado. Estimulação excessiva do centro respiratório. é a causa do desvio básica Perdas excessivas do CO2 Hiperventilação Altitudes elevadas com baixas pO2.

.ACIDOSE RESPIRATÓRIA  É a acidez excessiva do sangue causada por um acúmulo de dióxido de carbono (CO2) no sangue em decorrência de uma má função pulmonar ou de uma respiração lenta.

ALCALOSE RESPIRATÓRIA  É uma condição na qual o sangue é alcalino porque a respiração rápida ou profunda acarreta uma concentração baixa de dióxido de carbono no sangue. .

Diabetes mellitus. Nefrite aguda (Uremia). Acidose láctica. Vômito excessivo de conteúdo gástrico. ocorre tentativa de compensação respiratória (Hiperpnéia) ácida Ingestão excessiva de ácidos Perdas excessivas de bases Produção de ácidos Diarréia intensa. Depressão do SNC Apatia. ocorre tentativa de compensação respiratória (bradipnéia) básica Ingestão excessiva de bases Perdas excessivas de ácidos Uso inadequado do bicarbonato de sódio. Lentidão. Obstrução intestinal com secreção intestinal de bases. Tetania muscular pH da urina Causas Exemplos clínicos Sinais clínicos . Aumento da ventilação alveolar Alcalose metabólica aumentado Aumentado. Torção do estômago com seqüestro de ácidos Hiperexcitabilidade do SN central e periférico.ACIDOSE E ALCALOSE METABÓLICAS pH plasmático pCO2 Acidose metabólica diminuído Diminuído.

Dúvidas? .

com .Sais e óxidos Sérgio Ricardo Fernandes de Araújo srfernandesaraujo@gmail.

A reação de um ácido com uma base recebe o nome de neutralização ou salificação. Ácido + Base  Sal + Água Salificação HCl + NaOH  NaCl + H2O Neutralização .Sais Sal é todo composto que em água dissocia liberando um cátion  de H+ e um ânion de OH-.

Exemplos de Neutralização Total:       HCl + NaOH NaCl + H2O H2SO4 + 2 KOH K2SO4 + 2 H2O 2HNO3 + Mg(OH)2 Mg(NO3)2 + 2H2O 2H3PO4 + 3Ca(OH)2 Ca3(PO4)3 + 6H2O H2SO3 + Be(OH)2 BeSO3 + 2H2O HBr + NH4OH NH4Br + H2O .

Exemplos de Neutralização Parcial Formando hidrogeno-sais (sais ácidos):  H2SO4 + NaOH NaHSO4 + H2O  H3PO4 + KOH KH2PO4 + H2O Formando hidróxi-sais (sais básicos):  HCl + Mg(OH)2 MgOHCl + H2O  HNO3 + Al(OH)3 Al(OH)2NO3 + H2O .

Nomenclatura Obedece à expressão: (nome do ânion) de (nome do cátion) Sufixo do ácido Sufixo do ânion ídrico ico oso eto ato ito H2SO4 + Ca(OH)2  CaSO4 + 2 H2O Sulfato de cálcio (gesso) .

Ex: NaCl. etc. Ex: NaHSO4. Hidroxi-sal (Sal Básico): possui OH.em sua estrutura.Classificação dos Sais:  Sal Neutro: não possui nem H+ e nem OHna sua estrutura. etc.   . Hidrogeno-sal (Sal Ácido): possui H+ em sua estrutura. etc. CaOHNO3. K2SO4. Ex: MgOHCl. KH2PO4.

Classificação dos Sais:  Sais duplos ou mistos: possui dois cátions diferentes do H+. 5 H2O.  Sais hidratados: possuem moléculas de água integradas em seu arranjo cristalino. Ex. 2 H2O.: NaKSO4. etc. ou dois ânions diferentes do OH-. Ex. CaClBr. etc. . CuSO4 .: CaCl2 .

É usado como antiácido estomacal .Sais importantes: 1) NaHCO3 – Bicarbonato de sódio (ENO.Sonrisal) É um pó branco que perde CO2 com facilidade (efervescência). . H2CO3 NaHCO3 + H2O  NaOH + H2O+ CO2 *Pode ser usado para neutralizar os ácidos graxos na manteiga rançosa. fermento químico e nos extintores de incêndio.

É usado na fabricação de cimentos(Portland). CaCO3  CaO + CO2 *Na Espanha é encontrado na região de Aragón.Sais importantes: 2) CaCO3 – Carbonato de cálcio (mármore. . como corretivo do solo e como fundente em metalurgia.calcáreo) É um sólido branco que por aquecimento perde CO2 e produz CaO (calcinação). Na forma de estalagmites pode ser chamado de calcita (mármore Carrara). daí seu nome mineral (aragonita).

utilizado na conservação da carne por ser .Sais importantes: 3) NaNO3 – Nitrato de sódio (Salitre do Chile) É um sólido cristalizado no sistema cúbico. É usado na fabricação de fertilizantes e explosivos. *Nos Andes era higroscópico. além de ser um ótimo oxidante para reações químicas.

Sais importantes: 4) NH4Cl – Cloreto de amônio (Sal amoníaco) É um sólido granulado obtido do líquido amoniacal das fábricas de gás. na soldagem . *Por ser higroscópico é utilizado na fabricação de bolachas. . É usado na fabricação de fabricação de pilhas secas. na galvanização do ferro e na fabricação de tecidos.

Sais neutros ou normais São obtidos por neutralização total (H+ioniz = OH-): H2CO3 + Ca(OH)2  CaCO3 + 2 H2O 2 NaOH + H2SO4  NaSO4 + 2 H2O .

Sais Ácidos e Sais Básicos São obtidos por neutralização parcial (H+ioniz ≠ OH-): H2CO3 + NaOH  NaHCO3 + H2O Sal ácido ou hidrogenossal HCl + Mg(OH)2  Mg(OH)Cl + H2O Sal básico ou hidróxissal .

CaCl2 .Ternários: CaSO4 .Classificação Quanto à Presença de Oxigênio . Al2(SO4)3 . CaCO3 . KNO3 . KCl Quanto ao Número de Elementos . Na4Fe(CN)6 .Oxissais : CaSO4 . CaCl2 .Halóides: NaCl .Quaternários: NaCNO .Binários: NaCl . KBr .

CaClBr .Básicos ou Hidroxissais: Ca(OH)Br .5 H2O.Duplos ou mistos: NaKSO4.Classificação Quanto à Presença de Água . CaHPO4 .Anidro: KCl. CaSO4 Quanto à Natureza . CaSO4. CaCO3 .Ácidos ou Hidrogenossais: NaHCO3.Hidratados: CuSO4.2 H2O . NaCl.Neutros ou normais: NaBr.

H2O. Mn2O7.Óxidos Óxido é todo composto binário oxigenado. Fórmula geral dos óxidos: x+ E Exemplos: 2 2O X CO2. no qual o oxigênio é o elemento mais eletronegativo. Fe2O3 .

óxido de elemento+valência Na2O -óxido de sódio Al2O3 -óxido de alumínio FeO -óxido de ferro II (óxido ferroso) Fe2O3 -óxido de ferro III (óxido férrico) .Nomenclatura Regra geral: (Prefixo) + óxido de (prefixo) + elemento CO -monóxido de monocarbono N2O5 -pentóxido de dinitrogênio P2O3 -trióxido de difosforo H2O -monóxido de dihidrogênio Nox fixo(g1e g2).óxido de elemento Para metais: Nox .

Classificação •Óxidos Ácidos •Óxidos Básicos •Óxidos Anfóteros •Óxidos Neutros •Óxidos Duplos •Peróxidos •Superóxidos .

Óxidos Básicos (metálicos) São formados por metais alcalinos e alcalinos terrosos e reagem com água formando bases e com ácidos formando sal e água. Óxido básico + H2O  base 2NaO + H2O  2NaOH CaO + H2O  Ca(OH)2 CaO (cal virgem. cal viva ) Óxido básico + ácido  sal + H2O MgO + 2HCl  MgCl2 + H2O .

Óxidos Ácidos (anidridos) São formados por ametais e reagem com água formando ácidos e com bases formando sal e água. Óxido ácido + H2O  ácido CO2 + H2O  H2CO3 (gás carbônico) – EFEITO ESTUFA N2O5 + H2O  2HNO3 SO3 + H2O  H2SO4 Óxido ácido + base  sal + H2O “chuva ácida” CO2 + Ca(OH)2  CaCO3 + H2O .

Óxidos Anfóteros (anfipróticos) São óxidos de caráter intermediário entre ácido e básico. Reagem com ácidos e bases formando sal e água. Óxido anfótero + ácido/base  sal + água ZnO + 2HCl  ZnCl2 + H2O ZnO + 2NaOH  Na2ZnO2 + H2O Al2O3 ZnO (hipoglós) Al2O3(alumina) - ZnO .

ácido ou água. CO + H2O  Não ocorre reação NO + HCl  Não ocorre reação Óxido Neutro + O2  Oxidação CO + ½O2  CO2 CO - NO . mas podem reagir com oxigênio.Óxidos Neutros (indiferentes) São todos covalentes e não reagem com base.

imã) Fe3O4. Pb3O4. M3O4 Fe. Pb. Mn3O4 . originam dois outros óxidos. Mn FeO + Fe2O3  Fe3O4 (magnetita .Óxidos Duplos (mistos) São óxidos que. quando aquecidos.

Alcalinos MO2 M. Li2O2. MgO2 H2O2 . alcalinos terrosos e hidrogênio e possuem oxigênio com Nox = -1. Alc.: Na2O2. Terrosos Ex. Oxidante e Bactericida .Peróxidos São formados por metais alcalinos. CaO2.Ag. M2O2 M.

: Na2O4. Alc.½. alcalinos terrosos e hidrogênio e possuem oxigênio com Nox = . CaO4. MgO4 . Alcalinos MO4 M. M2O4 M. Li2O4.Superóxidos (polióxidos) São formados por metais alcalinos. Terrosos Ex.

N2O. G1 e G2 SUPERÓXIDOS= ...O2 H.O4 .. PERÓXIDOS= .Classificação 1 2 13 14 15 16 17 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 18 Óxidos Ácidos Óxidos Básicos Óxidos Anfóteros (anidridos) Nox ≥+4 OB + H2O  BASE OB + ÁCIDO  SAL + ÁGUA OA + H2O  ÁCIDO OA + BASE  SAL + ÁGUA ÓXIDO DUPLO OU MISTO= Me3O4 ÓXIDOS INDIFERENTES OU NEUTROS= CO... NO..

Óxidos importantes: 1) ZnO – óxido de Zinco (Hipoglós) É um sólido branco de caráter anfótero (anfiprótico). *A proteção de superfícies metálicas com tintas ou metais de sacrifício é chamada de proteção anódica. É usado na fabricação de cremes dermatológicos. na industria de tintas e na galvanização do ferro. .

Alumina) É um sólido muito duro (dureza 9) de onde é extraído por eletrólise o alumínio metálico.Óxidos importantes: 2) Al2O3 – óxido de Alumínio (Bauxita. . Na forma cristalizada é encontrado nas safiras e nos rubis. *É um óxido anfótero abrasivo que também pode ser chamado de Coríndon.

Óxidos importantes:
3) H2O2 – Peróxido de hidrogênio (água oxigenada)
É uma solução aquosa que se decompõe facilmente em presença de luz (fotólise). É utilizada como agente oxidante e bactericida.

H2O2  H2O + ½O2
*Os recipientes que guardam a água oxigenada são opacos para impedir a entrada de luz.

Óxidos importantes:
4) Fe3O4 – Tetróxido de triferro (magnetita, imã)
É um sólido escuro que apresenta características ferromagnéticas. É utilizado na fabricação de caixas de som e aparelhos eletrônicos em geral.

FeO + Fe2O3  Fe3O4
*A tarja dos cartões magnéticos é constituída por este óxido .

Óxidos dos elementos representativos no seu estado de oxidação mais elevado

Dúvidas? .

E:.3/4 8.:.7-3.  E8./4 F   $     F  F  F  F  F $ F ./4  F E./48 .3/4 E.808 1472.209./48 547 .  /4E. /4E.E.80F      F ./48 .3/7/48 $4 1472.42 E:.  -./.80F 8.   ../48 0 ./4 -. 1472. 0 E:.8 0 70.02 ..4  % $%&  .42 -.

02 . /4.42 E.7E907 390720/E74 03970 E../4 0 -E8. E:.3/4 8.48 $4 O/48 /0 ./4831O90748 /4831O90748 .3157O9.4 -E8.4 #0. 0 E:.31O9074 E.808 1472./48 0 -./4.

80F 8. E:./4.-. E.

-.:23.3 F    3  54O8    3  .80F 3 3 F 3  F . F . .

/480:9748 3/10703908 $4 94/48 .4 F /40:974   F  /./4 4: E:.42 -. 2.4.477070.477070.4    F     .7 .42 4H34 E:..8 54/02 70. 4H34    F 44.4 F   F 44.02 .03908 0 34 70.80 E.

3/4 .2 /48 4:9748 O/48 O/48   0 !.3 0  0 0 F 0  2.3099./48:548 28948 $4 O/48 6:0 6:.6:0./48 473. 2 0 !- 3  .

/48 547 209..8 ..907.!07O/48 $4 1472. .3900.348 ..348 .348 90774848 0 /74H34 0 5488:02 4H34 . %0774848  ...42 4       .       .      /../.

348 .42 4      ...$:507O/48 54O/48 $4 1472.348 90774848 0 /74H34 0 5488:02 4H34 .348 .    ... %0774848  ./48 547 209..     .8 .

4       /48 /48 E8...881.3/7/48 4_    F $    F $  &   F   $F $  &  &!  &$% 0   $#%$ &&%# $    !#  $   0 $&!#  $  ./48 .48 /48 31O90748 .

.4 /4 10774 10774  574904 /0 8:5071J..4 F ./4 3.4 A :8.-7. /0 939..31O9074 . ..71J.2.4 /0 .3908  3 O/4/03.70208 /072.4 54O8 A :2 8O/4 -7.3..3O/..8 /0 8. 1././4825479.48 3..3.3157O9.42 939.8 4: 209.08 209E. . 3/:897.8 .4 /0 .8 0 3. /0 574904 ..94O.7E907 .

A :2 8O/4 2:94 /:74 /:70./4 /0 47J3/43 . F 03.4 209E.3908    O/4/0:2J34 . :23.-7.J/4 547 0097O80 4 .31O9074 .4 6:0 9.4 ./4 3.:9.2-F2 54/0 807 ..17.:2J34 209E./4825479.789.8 8. .8 0 348 7:-8 7:-8 A :2 O/4 .4397.8. 1472.2.  /0 43/0 F 097../.

/0 : 149O80 A :9. 84:4 .48 5.. /0 : .907.4250 1.20390 02 570803.403. 6:0 80 /0..  F     8 70.7./4825479././.424 . 0397.6:48. 84 45. 250/7 ./.390 0 -.3908    !07O/4/0/74H34 E:.0390 4/./.503908 6:0 :. -..907. .7/. A :2./. E:. 403.2 ./..

.7908 2.3099.3908  0  %097O/4/09710774 2.48 02 07. 547 0890 O/4 .907J89....5708039.8 /0 842 0 .3F9../4 3.8 107742.7.4 /0 .48 F .8 A :9.-7.43899:J/. /48 .../4825479..8 107742.3F9.7. 0  0 0 F 0   9. 2 A :2 8O/4 08..5. 07. 1.3F9.:74 6:0 .7048 00973. .

/4/04/..48 3480:089.42.9.800./4 ./48/4800203948705708039.

./.8 .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->