P. 1
Voz Que Clama No Deserto - Rompendo Com as Estruturas Religiosas

Voz Que Clama No Deserto - Rompendo Com as Estruturas Religiosas

4.0

|Views: 3.055|Likes:
Publicado porapi-3846725
Fste artigo fala do ministério de João Batista que, tendo nascido para ser sacerdote no templo, rompeu com as estruturas religiosas do judaísmo para anunciar a vinda do cordeiro no deserto. "Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério" Hebreus 13:13
Fste artigo fala do ministério de João Batista que, tendo nascido para ser sacerdote no templo, rompeu com as estruturas religiosas do judaísmo para anunciar a vinda do cordeiro no deserto. "Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério" Hebreus 13:13

More info:

Published by: api-3846725 on Oct 18, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

ROMPENDO COM AS ESTRUTURAS RELIGIOSAS A voz que clama no Deserto

Evangelho de João 1:23 nos diz: “Então, ele respondeu: eu sou a voz que clama no deserto, endireitai o caminho do Senhor como disse o profeta Isaías.” Amados irmãos, esta palavra é um alerta, esta palavra é uma advertência. Esta palavra tem como objetivo levar os genuínos filhos de Deus a retornarmos ao Supremo propósito do nosso Deus. A colocarmos Cristo Jesus, como o centro de todas as coisas e fazer-mos tudo conforme a sua vontade. JOÃO BATISTA O texto do Evangelho de João 1:23 nos diz que João Batista respondeu aos religiosos que ele não era o Cristo. “João confessou e não negou. Ele disse: eu não sou o Cristo. Então os sacerdotes e levitas disseram: declaranos quem és! Então João respondeu e disse:

Eu sou a voz que clama no endireitai o caminho do Senhor.”

deserto:

Eu já vou me antecipando e vou dizer-lhes que o que tenho visto pelo mundo todo é a prova que o Senhor nosso Deus esta preparando a sua igreja para o maior acontecimento da história, que é a vinda de Cristo Jesus o nosso amado Senhor. Tenho visto e ouvido de homens e mulheres que estão dando passos concretos para a completa Restauração de todas as coisas, conforme Atos 3.21. João põe fim a dispensação da Lei E é por isso que vou me utilizar de João Batista para nossa reflexão. Nenhum estudioso das sagradas escrituras poderá negar que a vinda de João Batista pôs fim a dispensação da lei. A pregação de João Batista pôs fim à dispensação da lei e deu inicio ao evangelho da graça, deu inicio ao evangelho da nova aliança em Cristo Jesus. João Batista com sua pregação deu início à nova dispensação do nosso Deus. João Batista não pregava no templo santo. João Batista não pregava dentro da cidade santa. João Batista não pregava no templo santo e também não pregava na cidade santa,

porque o sistema religioso de Jerusalém havia se corrompido. É por isso que João Batista deu início à nova dispensação bíblica pregando no deserto. Pregava de maneira rústica, pregava sem guardar nenhum velho preceito da lei, indicando que a velha maneira de adorar a Deus já havia sido rejeitada. A verdade é que o nosso Deus estava começando algo totalmente novo. DEUS ESTAVA COMEÇANDO ALGO NOVO É por isso que João Batista começa pregando em primeiro lugar o arrependimento. Para este novo começo era necessário um arrependimento, era necessária uma mudança no modo de pensar, no modo de ver e no modo de viver. É assim que João Batista pregava: “Arrependei-vos porque está próximo o reino dos céus.” Mt 3:2. A PREGAÇÃO DE JOÃO FOI PROFETIZADA João Batista veio pregando arrependimento, e a pregação de João Batista não foi algo casual, a pregação de João Batista foi planejada pelo nosso Deus mediante o profeta Isaías.

João Batista veio da parte do nosso Deus como profetizou o profeta Isaías, para aplainar e endireitar o caminho do Senhor. A nação de Israel havia se afastado da verdadeira adoração, haviam deixado a obediência às leis do Senhor e se corromperam. É neste quadro que Deus, o nosso Deus, envia João Batista, pregando o arrependimento. No meio da religião judaica, Deus levantou João Batista para romper com todas as estruturas religiosas, e conduzir o povo de Deus ao verdadeiro arrependimento. Deus, o nosso Deus, ao dar inicio à nova aliança, ao rejeitar a aliança velha, aliança da lei, teve que romper com todas as estruturas religiosas, pois elas já não eram mais a sua satisfação, já não eram mais a sua alegria. O SACERDÓCIO DE JOÃO Amados irmãos, João Batista era sacerdote por nascimento, segundo os preceitos da lei, porque ele era filho de Zacarias, que era da linhagem sacerdotal da tribo de Levi. João batista deveria vestir-se de linho fino da vestimenta sacerdotal. João Batista deveria como sacerdote por nascimento alimentar-se da comida sacerdotal,

especialmente da flor de farinha e da carne dos sacrifícios oferecidos a Deus pelo seu povo. Agora ouçam bem: João, João Batista fez tudo ao contrário: João batista se vestia de peles de camelos. João Batista comia gafanhotos e mel silvestre. Isso tudo não correspondia à religião tradicional, não correspondia ao sistema religioso com toda sua pompa e sua liturgia. Deus, o nosso Deus, usou João Batista como foi profetizado pelo profeta Isaías, para dar um profundo golpe na mentalidade daqueles dias. Deus levantou João Batista para dizer que Ele, O nosso Deus havia rompido com a velha dispensação da lei. E estava iniciando algo totalmente novo. Foi um duro golpe para os religiosos daqueles dias. Ele usa as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias. João se vestia de pele de camelo, o camelo era considerado um animal imundo, animal impuro. João Batista pregava no deserto, abandonando completamente a velha dispensação que se havia corrompido.

A CORRUPÇÃO DOS SACERDOTES Deus o nosso Deus levantou João Batista contra o sistema religioso orgulhoso, dos que se achavam superiores, eles achavam que tinham mais conhecimento das escrituras do que qualquer outra pessoa, mas com todo o conhecimento se degradaram e se corromperam. Não agradando o coração do Senhor nosso Deus. Mas não era só isso, além de sacerdotes e levitas havia também os saduceus, que é um tipo dos modernistas dos nossos dias, que não crêem no poder de Deus, mas crêem nas suas engenhosidades para fazer a obra de Deus (Atos 23:8). UMA NOVA DISPENSAÇÃO SE APROXIMA Encerro dizendo que estamos novamente próximos de uma nova dispensação. A dispensação da grande tribulação. Assim como João Batista, que deu início a uma nova dispensação, assim também o Senhor nosso Deus tem levantado muitos servos para romperem com as estruturas religiosas DE NOSSOS DIAS. O que tenho visto e ouvido não tem surgido no meio de líderes religiosos, não

tem surgido nos templos, nas grandes catedrais, não tem surgido nos seminários, não tem surgido com os teólogos, mas tem surgido no meio de almas insatisfeitas com a condição da igreja e com as estruturas religiosas que impedem a comunhão do povo de Deus e impedem a verdadeira adoração à Cristo Jesus como nosso Senhor. É tempo de rompermos com as estruturas religiosas, é tempo de darmos início à nova dispensação. Esses que se expõem são aqueles que fazem da igreja um meio de vida. A igreja não é um meio de vida! O povo de Deus não é um meio de vida! O povo de Deus não é um meio de sobrevivência! RESTAURAR PARA DAR ÍNICIO À NOVA DISPENSAÇÃO O padrão do nosso Deus é que não pode haver desavenças no meio do seu povo, e não pode haver disputas no meio do povo de Deus. Graças ao Senhor nosso Deus, pois Ele mesmo está despertando o coração do seu povo.

É tempo de acabarmos com as mentiras de satanás, que diz que “lá no céu vai ser maravilhoso”. Não, não e mil vezes não, a unidade do povo de Deus é pra já é agora. Eu pergunto irmãos: Lá no céu tem pecadores que necessitam salvação? O versículo 21 de João 17 nos diz: “Que eles sejam um”

“Para que o mundo creia.”
O que o Senhor está dizendo é que a unidade dos seus discípulos aqui na terra, não nos céus, (unidade é aqui na terra!), mostrará ao mundo que O Seu amor foi derramado em nossos corações. Se lermos a nossa bíblia com atenção veremos que os homens realmente espirituais como os Apóstolos zelavam pela unidade do povo de Deus. É tempo de rompermos com as estruturas religiosas, pois elas só trazem divisão, e anulam o sacrifício de Cristo Jesus no Calvário (Jo 11:52).

É tempo de rompermos com os dogmas DOS HOMENS, pois estes só impedem a operação do Espírito Santo na casa de Deus, que somos nós (Hb 3:6). É tempo de rompermos com aqueles que não entram no reino de Deus e também não deixam outros entrarem. Que o Senhor continue levantando homens, como João Batista com coragem para romper com as estruturas religiosas, que Deus abra os nossos olhos, pois o tempo esta próximo! Extraído do programa “Para onde vamos como Igreja em Alegrete?”. Rádio Gazeta 1370 Khz Alegrete RS silvio.luizmaria@gmail.com lucas.dasilvamaria@gmail.com Acesse: www.alimentosolido.blogspot.com

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->