Você está na página 1de 2

COMO ENSINAR O ALUNO A ESCREVER?

Criando situações de revisão:


o Individual com roteiro de revisão dado pelo(a) professor(a)
o Em dupla sem roteiro
o Em dupla com roteiro
o Situações de revisão coletiva, debatendo as hipóteses do grupo e
socializando os conhecimentos do grupo
Apresentando modelos de textos de diversos tipos:
o Textos informativos (Português, Inglês, História, Ciências, Matemática,
Geografia, Artes, Educação Física)
o Textos literários (no caso de Português e Inglês)
o Textos dissertativos (Português, História, Geografia e Ciências)
Criando situações de produção de texto:
o Com roteiro elaborado previamente pelo(a) professor(a) – neste roteiro
é preciso explicitar o público alvo, os objetivos e o tipo de texto
que precisa ser produzido
o Com roteiro elaborado previamente pelos alunos coletivamente com
ajuda do(a) professor(a)
o Individual, em sala – o aluno produz e o(a) professor(a) vai
acompanhando em sala
o Individual, em casa – o(a) professor(a) fornece o roteiro e o aluno
produz em casa
o Em duplas em sala (na alfabetização é possível fazer atividades onde
um dita e outro escreve e vice-versa. Esta estratégia pode ser usada
com os maiores)
Criando situações de revisão e reescrita de texto:
o Em dupla, em classe com um roteiro de revisão (“o que o texto deveria
conter?”) elaborado previamente pelo(a) professor(a)
o Em dupla, em classe sem roteiro de revisão, apenas com o roteiro de
confecção
o Individual, em classe – o aluno precisa reescrever o texto
considerando observações registradas pelo(a) professor(a) ou que ele
mesmo fez em revisão individual.
o Individual, em casa - o aluno precisa reescrever o texto considerando
observações registradas pelo(a) professor(a)
o Coletivas – os alunos revisam um pequeno trecho de texto produzido
com muitos problemas (revisam primeiro em dupla, depois
coletivamente com o(a) professor(a) em transparência)
Criando instrumentos de avaliação que chamem a atenção para a revisão de:
o Problemas ortográficos
o Problemas de coesão e coerência;
o Aspectos conceituais;
o Correção da informação