P. 1
Bomba de água Manual

Bomba de água Manual

|Views: 1.072|Likes:
Publicado porapi-3704111

More info:

Published by: api-3704111 on Oct 19, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

03/18/2014

pdf

text

original

MANUAL DE ÌNSTRUÇÃO DE

MANUFATURA EXPERÌMENTAL DA
BOMBA DE ÁGUA MANUAL
Elaborado por
SoSol ÷ Sociedade do Sol
MANUAL DO USUÁRÌO
Versão 1.1
Janeiro de 2006
A equipe da SoSol agradece o envio de observações e críticas para o rápido
enriquecimento do presente manual.
Tel: (0xx11) 3039-8317
e-mail: info@sociedadedosol.org.br
site: www.sociedadedosol.org.br
Antes de iniciar a montagem da Bomba de água Manual leia atentamente todo o conteúdo deste manual.
Aproveite e releia o conteúdo do site.
Sociedade do Sol - © Copyright - Todos os direitos reservados - All rights reserved
Sumário
1. Introdução.
2. Componentes básicos.
3. Como funciona.
4. Montagem do circuito de váIvuIas.
4.1. Opções de VáIvuIas de retenção.
4.1.1. Opção 1 - usando peças em PVC.
4.1.2. Opção 2 - usando boIinha de gude.
4.1.3. Opção 3 - usando a VáIvuIa de poço de 3/4" em PVC.
5. Montagem do ciIindro.
5.1. Opção usando tubo de 75mm.
5.2. Opção usando tubo de 50mm.
6. Lista de materiais.
7. Dicas de montagens para a Bomba de Água ManuaI.
7.1. Como moIdar um tubo de PVC no fogo da boca do fogão?
7.2. Dicas de diferentes montagens para a arrueIa do pistão do êmboIo.
7.2.1. Recortar a arrueIa de um chineIo de borracha.
7.2.2. Recortar duas arrueIas de pIástico.
7.3. Grade de proteção para a váIvuIa "V1".
7.4. Faça um suporte para sua Bomba de Água ManuaI.
8. Dicas de utiIidades para a Bomba de Água ManuaI.
8.1. Primeiro teste com a Bomba de Água ManuaI.
8.2. Aproveitamento da água de chuva para irrigação.
8.3. Esvaziando encharcos.
8.4. Usando a Bomba em conjunto com um Moinho de vento ou uma Roda de
água.
8.5. Sugestão de uso da bomba manuaI para reúso de água do banho.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
2
1. Introdução
"Bomba de Água Manual" - Projeto desenvolvido pela ONG Sociedade do Sol.
A engenharia hidráulica evoluiu muito no último século, porém para algumas necessidades
básicas como um simples bombeamento de água em circunstâncias criticas ou sem recursos
elétricos não temos uma ferramenta de fácil acesso. Sentindo a necessidade dessa
ferramenta para bombeamento de água em diferentes condições e aplicações, fomos
incentivados a desenvolver esse projeto. Uma bomba manual, leve, adaptável em inúmeras
situações, de fácil construção e de baixo custo.
Cuidado! A física dita os limites de sucção dos líquidos a serem bombeados verticalmente,
na superfície deste planeta.
Teoricamente, para a água, esse valor é de 10,33m de coluna de água, nas chamadas
condições normais de pressão e temperatura, ou CNPT, equivalente a uma altura de zero
metros - nível do mar e a uma temperatura de 0 (zero) ºC. A razão é simples: no ato de puxar
água do fundo do poço para cima, existe uma certa altura, com relação ao nível dessa água,
a partir da qual não é mais possível elevar a água. São os tais 10,33m mencionados acima.
Nesta altura, dentro do cano, existe uma pressão negativa (um vácuo) equivalente ao peso da
coluna de água, que é tão intensa que se inicia naturalmente a evaporação da água,
fenômeno também conhecido como "quebra da coluna". Quando acontece a quebra, a água
não cai, retornando ao poço. Simplesmente a coluna fica parada nesta altura e não sobe
mais. Na prática, no poço onde desejamos retirar a água, devido à sua altura sobre o mar, da
temperatura ambiente, das vibrações da bomba e outros, fica difícil elevar água por sucção, a
mais de 6, 7 ou 8m.
Obs.: uma coluna de água de 10,33 m (a CNTP) corresponde uma pressão hidráulica de 1
bar (= 0,987 atm (atmosferas)).
Para elevar água a mais de 6m, existem muitas outras técnicas de boa eficiência, como usar
diversas bombas em série ou bombas centrífugas multi-estágio, que permitem, dependendo
do modelo da bomba e das tubulações, elevar a água a centenas de metros.
Para puxar água de poço com mais de 6m pode-se usar a "Bomba de Roda" ou Bomba de
Corda". Ver mais informações no da Sociedade do Sol.
Sugestão: tenha como limite máximo de aItura para sucção os 6m. E a máxima altura de
empuxe (elevação) que a bomba suporta sem degradação da estrutura física do material
empregado, ainda não temos os dados suficientes, mas considere os 6m como limite; mais
que isso só testando.
Atenção! Essa bomba é para ser usada para bombear água para fins não potáveis. Caso
deseje usar essa bomba para bombear água potável, não poderá usar nenhum tipo de graxa,
pasta, e ou qualquer outro produto químico que se misture na água, e deverá tomar muito
cuidado para não deixar água parada no sistema por alguns dias.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
3
2. Componentes básicos
Na figura ao lado encontra-se ilustrada a Bomba com todos os seus
componentes básicos.
Ela é composta de um circuito com válvulas de retenção, um cilindro
com formato de uma seringa e um êmbolo para fazer o
bombeamento.
Essa bomba é construída com materiais de fácil aquisição. A maior
parte desses materiais são tubos e conexões em PVC, que podem
ser encontrados em lojas de materiais para construção. Veja mais
detalhes em "Lista de materiais".
3. Como funciona
O funcionamento dessa bomba é bem simples. Funciona como uma seringa gigante, sugando
a água para dentro do cilindro e depois empurrando-a para fora. Nesse processo são usadas
duas válvulas de retenção para direcionar o fluxo da água enquanto é feito o vai-e-vem do
êmbolo da seringa. Assim a água entra por uma válvula e sai por outra, sendo forçada a
seguir uma única direção.
As figuras a seguir ilustram o esquema de funcionamento da Bomba Manual.
Primeiro a alavanca do êmbolo é puxada
sugando a água pela válvula "V1" (enchendo
o cilindro). Nessa situação a válvula "V1" é
aberta permitindo a passagem da água,
enquanto a válvula "V2" é fechada pela
sucção.
Depois a alavanca do êmbolo é pressionada,
empurrando a água para fora do cilindro.
Nessa situação a válvula "V2" é aberta,
liberando a passagem da água que será
empurrada para cima enquanto a válvula
"V1" é fechada (pela pressão), impedindo o
retorno da água.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
4
4. Montagem do circuito de váIvuIas
Esse circuito é todo montado com tubos e conexões de PVC de 25mm.
As válvulas de retenção podem ser montadas de várias formas: com
válvulas típicas para circuito hidráulico (custo muito alto), com cebolinhas
(usadas em poços), com bolas de vidro (gude), com pistões tipo
peõezinhos, com peças de PVC, etc. (ver exemplos nesse manual)
Seja qual for a válvula que for usar, será necessário que tenha como fazer
a ligação (conexão) com o resto do circuito.
Na válvula V1, pode ser colocada um niple com rosca para ligar uma
mangueira e um peso na ponta para mantê-la em pé, dando condições de
retirar a água de locais com difícil acesso, ou onde será necessário movê-
la para vários pontos.
4.1. Opções de VáIvuIas de retenção:
4.1.1. Opção 1 - usando peças em PVC:
Essa é uma opção bem artesanal, mas com um funcionamento muito bom.
Nessa opção use duas buchas de redução soldáveis longas [40mm x 25mm], uma
luva soldável (branca) ou um pedaço de tubo de 40mm (branco), um cap de
20mm e dois pedaços de tubos, um de 25mm de diâmetro e outro de 20mm de
diâmetro.
O lado que fica com o cap deverá ficar para baixo no circuito das válvulas (assim
como na foto ao lado).
Para construir essa válvula, primeiro corte um pedaço de 7cm do tubo de 25mm e cole em
uma das reduções soldáveis longas [40mm x 25mm].
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
5
O próximo passo é construir o pistãozinho. Para isso pegue um pedaço de 10cm do tubo de
20mm e cole um cap de 20mm. Depois, com uma grosa ou uma lima grossa ou uma lixa
grossa, desgaste o anel externo do cap. Ver figura a seguir. Depois bem próximo do cap faça
um furo de 15mm atravessando o tubo de 20mm. Depois faça outro furo (distante 4 cm da
ponta do cap) com uma broca fina na transversal para colocar um pedaço de fio de força de
3,5cm (de preferência bem fino, porém não muito mole) que servirá para impedir que o pistão
suba além do furo de 15mm interrompendo o fluxo na posição em que a válvula deverá dar
passagem. Depois de colocar o fio bem centralizado no pistãozinho, encaixe-o na redução
que tiver o pedaço de tubo de 25mm e faça uma pequena pressão para o fio entortar e ficar
preso no pistãozinho.
Depois de terminado o pistãozinho, encaixe-o na redução que tiver o tubo de 25mm e junte a
outra redução com a luva soldável branca, ou molde um pedaço de tubo de 40mm branco
para servir de luva.
Obs.: Se preferir também pode fazer essa montagem soldando um adaptador soldável curto
com bolsa e rosca para registro de 25mm x 3/4" na ponta do tubo de 25mm. Nesse caso não
será necessário colocar o pedacinho de fio porque o adaptador irá fazer o bloqueio do
pistãozinho na subida. Veja foto a seguir.
4.1.2. Opção 2 - usando boIinha de gude:

A opção de usar uma bolinha de gude para construir a válvula de retenção é
muito econômica e simples de fazer. Para isso serão necessárias de duas
luvas de redução soldáveis [32mm x 25mm], uma bolinha de gude de
diâmetro de 25mm e um pedacinho de tubo de PVC de 25mm com 0,5cm
de comprimento.
O pedacinho de tubo de PVC de 0,5cm será para bloquear um lado da válvula, impedindo que
a bolinha tampe esse orifício. Para colocar esse pedacinho de tubo, primeiro esquente com
um isqueiro (não deixe o fogo encostar no PVC) moldando-o de tal forma que fique bem
encaixado no interior da redução e que impeça a passagem da bolinha. Depois de bem
moldado, cole-o com adesivo plástico para tubos e conexões soldáveis de PVC rígido. Ver
figura a seguir.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
6
Depois, lixe as bocas das reduções, limpe-as, coloque a bolinha na redução que estiver sem
o pedacinho de tubo, passe o adesivo plástico para tubos e conexões soldáveis de PVC rígido
e junte a outra redução. Não é necessário muita cola. Evite que a cola escorra dentro das
reduções. Aguarde pelo menos um dia a cura da cola e quando for montar no circuito, use o
lado da bolinha para baixo.
Obs.: Você também pode usar duas buchas de redução soldáveis longas [40mm x 25mm],
uma luva soldável (branca) para montar esse mesmo tipo de válvula com bolinha de gude e o
pedacinho de tubo de 25mm conforme instruções acima.
4.1.3. Opção 3 - usando a VáIvuIa de poço de 3/4" em PVC com vedante em
Borracha - VPC34 da ASTRA:
Nesse exemplo usamos a válvula de poço de 3/4" em PVC com vedante em
Borracha - VPC34 da ASTRA. Veja foto ao lado.
- Para a válvula "V1" a conexão foi direta em um adaptador soldável curto
com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"].
- Para a válvula "V2" é necessário fazer na parte inferior (parte com grade)
uma adaptação com uma bucha de redução longa [50mm x 40mm], para
depois usar a bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm] para ter
condições de conectar ao circuito. Na outra extremidade a conexão é feita
com um adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x
3/4"]. Veja foto ao lado.
A bucha de redução longa [50mm x 40mm (branca)] terá que ser aquecida
sobre o fogo de uma boca de fogão para ser moldada (ver mais
informações em dicas) encaixando de um lado (40mm) na válvula, e do
outro lado (50mm) na bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm].
Use adesivo Aquatherm AQ-22 no caso da junção da válvula com a bucha.
Obs.: Para evitar que a válvula de retenção (cebolinha) fique emperrada, é só retirar a
borracha de vedação.
Veja foto a seguir. Deixando só com o pistão de PVC (branco) o sistema funcionou bem (com
3m de coluna de água).
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
7
5. Montagem do ciIindro
5.1. Opção usando tubo de 75mm de diâmetro
Para a construção desse cilindro, você terá primeiro que escolher entre duas opções: uma
com um pedaço de tubo de 75mm que já tenha de um lado uma bolsa para colocar um anel
de borracha, e a outra opção é fazendo essa bolsa. Ver mais adiante em "Dicas" como fazer
essa bolsa usando o fogo da boca de um fogão. Para fazer essa escolha, é importante saber
a que altura vai bombear a água, porque só poderá usar a bolsa com o anel de borracha se
for usar essa bomba para bombear alturas de no máximo 2 metros de coluna de água (2mca).
Caso tenha que bombear acima de 2mca e no máximo uns 6mca, será necessário usar cola e
não o anel de borracha para fixar o Plug na parte inferior desse cilindro. Ver mais detalhes
adiante.
Depois corte um pedaço desse tubo com 60cm de comprimento, incluindo a bolsa. Os 60cm
são a medida total do tubo, de ponta a ponta.
O segundo passo é preparar o Plug "P1". Nesse plug o
centro interno é oco e terá que ser perfurado para poder
dar passagem ao eixo do êmbolo. Por sorte esse miolo do
plug (parte superior, cabecinha) é quase a medida
necessária para a passagem desse eixo. Portanto, após
perfurar o miolo do plug use uma lixa apoiada em uma lima
ou grosa redonda para desgastar esse miolo e verifique se
encaixa o pedaço de tubo de 25mm de diâmetro com uma
pequena folga nessa passagem, permitindo que o tubo de
25mm corra livremente no interior dessa cabecinha do
plug. Não exagere nesse desgaste, evitando deixar o eixo
muito folgado ou bambo.
Agora é a hora de começar a construir o êmbolo.
Primeiro corte um pedaço de tubo de 25mm com 52cm, um outro pedaço com 3cm e mais
dois com 15cm. Lixe as pontas eliminando as rebarbas e limpe-os.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
8
Depois cole os dois pedaços de 15cm um de cada lado do
Tê 90° soldável [25mm], e a seguir cole um Cap soldável
[25mm] na ponta de cada tubo. Veja figura ao lado.
Atenção! Não cole o tubo de 25mm de diâmetro com 52cm
de comprimento no Tê 90° soldável [25mm].
Obs.: se esse Tê estiver saindo quando puxar ou empurrar o
êmbolo, faça um furo atravessando o Tê e o tubo do êmbolo
e coloque um parafuso com porca, mas sem apertar muito.
Se precisar use uma contra porca para fixar melhor esse
parafuso.
Para a construção do pistão do êmbolo, pegue o pedaço de 3cm do tubo de 25mm de
diâmetro e cole em um Cap soldável [25mm]. Cole a outra ponta no lado soldável do
adaptador soldável com flanges e anel de vedação [25mm x 3/4"].
Depois recorte uma arruela de borracha de aproximadamente
1cm de espessura, com o diâmetro externo igual ao diâmetro
interno do tubo de 75mm, ou seja, com 71mm, e com um
diâmetro interno de 35mm (3,5cm). Ver figura ao lado. Essa
arruela substituirá o anel de vedação que vem na flange.
Depois veja em "Dicas" no final desse manual, alguns modos e
materiais diferentes para construção dessa arruela.
Agora cole o tubo de 25mm de diâmetro com 52cm de comprimento no adaptador soldável
curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"], que será rosqueado com fita veda rosca
na flange. Veja figura a seguir.
Observando a figura acima, faça uma bolsa para encaixar o plug "P1" no tubo de 75mm (lado
liso sem a bolsa). Para isso, use o método de esquentar o tubo na boca do fogão. Ver em
"Dicas" como fazer esse processo.
Atenção! Não cole o Plug "P1" no tubo de 75mm.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
9
Depois de bem moldado o encaixe, deixe o plug bem encaixado no
tubo e use uma serra de copo de 25mm para fazer um furo mais ou
menos na metade do plug. Atenção! Não deixe o êmbolo dentro do
cilindro. Esse furo servirá para o respiro do cilindro. Para que o plug
não fique saindo do cilindro quando colocar a bomba em
funcionamento, coloque um pedaço de tubo de 25mm no furo. A
ponta do tubo de 25mm que vem com uma bolsa pode servir, ou use
um niple de ferro de 3/4 e faça uma rosca nesse buraco para colocar
um adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x
3/4"]; essa é a melhor solução, veja figura ao lado.
O próximo passo é encaixar as reduções no cilindro para poder ligá-lo no
circuito das válvulas.
Para isso, primeiro coloque o anel de borracha [75mm] na bolsa do tubo
de 75mm, passe uma pasta lubrificante para juntas elásticas em PVC
rígido e encaixe a redução excêntrica [75mm x 50mm]. Depois coloque o
anel de borracha [50mm] na bolsa da redução excêntrica [75mm x
50mm], passe a pasta lubrificante e encaixe a bucha de redução soldável
longa [50mm x 25mm], que será encaixada com fita veda rosca no tubo
de 25mm do circuito das válvulas.
Uma outra opção mais em conta é usar um Plug de 75mm, cortar o miolo (igual
ao "Plug P1") e colar um tubo de 25mm. Depois colar no cilindro, como na
figura ao lado.
Terminada essa etapa é hora de colocar o pistão do êmbolo dentro do cilindro. Para isso será
necessário engraxar o interior do cilindro com um graxa que não se dissolva em água. Depois
encaixe o pistão e flexione várias vezes para espalhar bem a graxa. É importante que não
fique difícil fazer o pistão correr dentro do cilindro. Se isso acontecer, pode ser que a arruela
de borracha na flange esteja muito apertada, ou que essa arruela tenha ficado muito larga.
Corrija isso primeiro desapertando um pouco a flange. Se não resolver, tire a arruela de
borracha e desgaste-a um pouco. Faça isso até que o trabalho do pistão fique suave. Depois
encaixe o plug "P1" no tubo de 25mm e então no cilindro, colocando o tubinho ou o adaptador
soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"] no furo para prender o plug "P1"
no tubo de 75mm.
Por último, passe uma fita veda rosca na ponta do tubo
de 25mm e encaixe o Tê 90° soldável [25mm] da
alavanca.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
10
5.2. Opção usando tubo de 50mm
A vantagem de se usar um cilindro com 50mm de diâmetro é que se tem que fazer menos
força para bombear a água. O volume de água por bombeada será menor (900ml), porém,
devido ao esforço menor, é possível bombear por mais tempo.
O esquema é praticamente o mesmo do usado para a bomba com tubo de 75mm.
Obviamente, há mudanças nas medidas, e no caso do êmbolo será necessário fazer um
desgaste em um adaptador soldável com flanges e anel de vedação [20mm x 1/2"], e usar
tubo de 20mm para a alavanca. Ver figuras a seguir.
Para a construção desse cilindro, o primeiro passo
é cortar um pedaço do tubo de 50mm com 60cm de
comprimento.
Depois, com o plug "P1" (Plug esgoto [50mm]), faça
a bolsa superior da bomba, e com a bucha de
redução soldável longa [50mm x 25mm] faça a
bolsa na parte inferior da bomba. Para fazer essas
bolsas, use o método de esquentar a ponta do tubo
na boca do fogão (veja em "dicas de montagens"
como fazer esse processo corretamente).
O segundo passo é preparar o Plug "P1". Nesse plug o centro interno é oco e terá que ser
perfurado para poder dar passagem ao eixo do êmbolo. Por sorte esse miolo do plug (parte
superior, cabecinha) tem quase a medida necessária para a passagem desse eixo. Portanto,
após perfurar o miolo do plug use uma lixa (primeiro grossa e depois fina) apoiada em uma
lima ou grosa redonda para desgastar esse miolo. Depois verifique se o tubo de 20mm
desliza facilmente e com uma pequena folga nessa passagem. Não exagere nesse desgaste,
evitando deixar o eixo muito folgado e bambo.
Para o Plug "P2" será usada uma bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm] que
deverá ser colada na bolsa inferior do cilindro.
Caso não encontre a bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm], pode-se usar o Plug
esgoto [50mm] e abrir o buraco interior conforme o Plug "P1", mas quase não será necessário
desgastar o interior da cabecinha. Pois nesse Plug "P2" será colado um pequeno pedaço de
uns 10cm de tubo de 20mm. Depois para ligar o cilindro no circuito de válvulas use um Tê
soldável de 25mm x 20mm x 25mm.
Agora a preparação do êmbolo.
Para esse êmbolo usaremos um adaptador soldável com flanges e anel de vedação [20mm x
1/2"], um adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [20mm x 1/2"], tubo de
20mm, um Tê soldável de 20mm e caps soldáveis de 20mm.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
11
O ponto mais trabalhoso e bem artesanal principalmente
para quem não possui um torno ou um esmerilho, será
desgastar a flange até chegar com a medida de 46mm de
diâmetro. Para isso você pode começar serrando a parte
onde é encaixado o anel de borracha que vem com a
flange. Ver figura ao lado.
Depois, com uma grosa ou lima grossa desgaste as pontas
que se formaram. O arredondamento sem ondulações que
deixará a peça com 46mm de diâmetro, será feito com uma
lixa grossa. E para terminar fazendo o acabamento perfeito
use uma lixa mais fina.
Depois o mesmo processo de desgaste será
feito para a porca da flange. Ver figura ao
lado. A porca da flange terá que ter umas
duas voltas da rosca interior desgastada para
permitir que ela possa ser rosqueada até o
fim. Assim, poderão ser bem fixados os anéis
de plástico e borracha que ficarão entre a
porca e a flange.
Para construir os anéis de plástico as
medidas são:
medida do diâmetro interno: 30mm (3cm).
medida do diâmetro externo: 47mm (4,7cm).
Veja figura ao lado.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
12
Na foto ao lado veja como fica a ponta do êmbolo
para tubo de 50mm usando dois anéis de plástico.
Assim o êmbolo funcionará muito bem se não for
necessário fazer elevação de água. Para fazer
elevação de água será necessário colocar um anel
de borracha entre os anéis de plástico, e será
necessário usar um lubrificante (graxa) no interior
do tubo de 50mm.

Para terminar a construção da ponta do pistão do êmbolo, pegue o pedaço de 3cm do tubo de
20mm e cole em um Cap soldável [20mm]. Cole a outra ponta cole no lado soldável do
adaptador soldável com flanges e anel de vedação [20mm x 1/2"].
Para construir a alavanca do êmbolo, corte um pedaço do tubo de 20mm com 52cm de
comprimento e cole no adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [20mm x
1/2"], que será rosqueado com fita veda rosca na flange.
Na outra ponta do tubo de 20mm com 52 cm de
comprimento será colocado um Tê soldável de 20mm
com fita veda rosca (NÃO COLE ESSE TÊ no tubo de
20mm com 52 cm de comprimento). Ìsso depois de ter
colocado o Plug "P1" (já com o furo do respiro pronto)
no tubo de 52cm. Obs.: se esse tê estiver saindo
quando puxar ou empurrar o êmbolo, faça um furo
atravessando o Tê e o tubo do êmbolo e coloque um
parafuso com porca, mas sem apertar muito.
Para fazer o furo do respiro, use uma serra de copo de
20mm, ou use uma broca para alargar o furo até caber
um pedaço de tubo de 20mm. Depois pode-se fixar o
plug "P1" no cilindro com um pedaço de tubo de 20mm
(a ponta do tubo de 20mm que vem com uma bolsa
pode servir) ou usar um adaptador soldável curto com
bolsa e rosca para registro [20mm x 1/2"], sendo que
esta é a melhor solução. Use um niple de ferro de 1/2"
para fazer a rosca no buraco do respiro para colocar o
adaptador soldável curto com bolsa e rosca para
registro [25mm x 3/4"]. Ver fotos ao lado e a seguir.

Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
13
6. Lista de materiais
Circuito de válvulas (sucção / vazão):
Descrição do material Quantidade
Componentes gerais para o circuito de válvulas:
Válvula de Retenção - Ver opções abaixo. 02
Tubo de PVC soldável [25mm] 01m
Joelho de 90° soldável [25mm] 02
Tê 90° soldável [25mm] 01
Opções de válvulas:
Opção 1 - usando peças em PVC:
Bucha de redução soldável longa [40mm x 25mm] 04
Cap soldável [20mm] 02
Luva soldável (branca) 02
Tubo de PVC soldável [25mm] 10cm
Tubo de PVC soldável [20mm] 10cm
Luva soldável [25mm] 01
Opção 2 - usando bolinha de gude:
Bolinha de Gude com diâmetro de 25mm 02
Luva de redução soldável [32mm x 25mm] 04
Opção 3 - usando a Válvula de poço de 3/4" em PVC com vedante em Borracha
- VPC34 da ASTRA:
Válvula de poço de 3/4" em PVC com vedante em Borracha - VPC34 da ASTRA 02
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"] 02
Bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm] 01
Bucha redução longa [50mm x 40mm] 01
Cilindro:
Descrição do material Quantidade
Opção 1 - Montagem do cilindro de 75mm com reduções e anéis de borracha
(sem uso de cola):
Tubo [75mm] 01m
Anel de borracha [75mm] 01
Plug esgoto [75mm] 01
Redução excêntrica [75mm x 50mm] 01
Anel de borracha [50mm] 01
Bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm] 01
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"] 01
Opção 2 - Montagem do cilindro de 75mm com Plugs (necessário colagens):
Tubo [75mm] 01m
Plug esgoto [75mm] 02
Tubo de PVC soldável [25mm] 10cm
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"] 01
Opção 3 - Montagem do cilindro de 50mm com 1 Plug e 1 Bucha (necessário
colagens):
Tubo [50mm] 01m
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
14
Plug esgoto [50mm] 01
Bucha de redução soldável longa [50mm x 25mm] 01
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [20mm x 1/2"] 01
Opção 4 - Montagem do cilindro de 50mm com Plugs (necessário colagens):
Tubo [50mm] 01m
Plug esgoto [50mm] 01
Tubo de PVC soldável [20mm] 10cm
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [20mm x 1/2"] 01
Êmbolo
Descrição do material Quantidade
Montagem do êmbolo para tubo de 75mm:
Tubo de PVC soldável [25mm] 01m
Tê 90° soldável [25mm] 01
Cap soldável [25mm] 03
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [25mm x 3/4"] 02
Adaptador soldável com flanges e anel de vedação [25mm x 3/4"] 01
Borracha para o pistão / êmbolo (ver opções em dicas de montagens do
pistão)
01
Montagem do êmbolo para tubo de 50mm:
Tubo de PVC soldável [20mm] 01m
Tê 90° soldável [20mm] 01
Cap soldável [20mm] 03
Adaptador soldável curto com bolsa e rosca para registro [20mm x 1/2"] 02
Adaptador soldável com flanges e anel de vedação [20mm x 1/2"] 01
Borracha para o pistão / êmbolo (ver opções em dicas de montagens do
pistão)
01
Diversos:
Descrição do material Quantidade
Braçadeira de encaixe para tubo soldável [25mm] 04
Adesivo plástico para tubos e conexões soldáveis de PVC
rígido
01
Adesivo Aquatherm AQ-22 01
Fita vedarosca [18mm x 10m] 01
Pasta lubrificante para juntas elásticas em PVC rígido 01
Graxa para lubrificar cilindro (não pode se diluir na água) 01
7. Dicas de montagens
7.1. Como moIdar um tubo de PVC no fogo da boca do fogão?
Para fazer esse processo, se você não tiver prática, faça antes uns testes com pedaços de
tubos de PVC. Para amolecer o PVC, não deixe que o fogo encoste no tubo; simplesmente
posicione a parte que deverá amolecer sobre uma distância de uns 10cm do fogo e fique
girando para melhor distribuir o calor. Não tenha pressa, o PVC amolece facilmente sobre alta
temperatura, e depois terá tempo suficiente para encaixar um pedaço no outro pedaço. Caso
não tenha conseguido, repita o processo de esquentar e tente o encaixe novamente. Faça
isso até que tenha ficado bem moldado um sobre o outro para depois que esfriar poder fazer
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
15
a colagem com adesivo plástico para tubos e conexões soldáveis de PVC rígido, ou usar fita
veda rosca se for apenas para fazer um encaixe temporário.
Se desejar um encaixe com mais folga, use um saco desses de supermercado sobre o
pedaço que irá introduzir no outro. Depois do tubo amolecido encaixe o pedaço com o saco
coberto e fique girando um pouco até quase esfriar, aí retire o pedaço introduzido e deixe
esfriar normalmente. Depois de frio, confira para ver se ficou bom o encaixe.
Para fazer as bolsas em tubos que servirão de cilindro para as bombas de água manual, será
necessário fazer um rolinho com algum pano ou toalha e inserir no interior do tubo. Esse pano
terá que ser inserido com um pouco de pressão no interior do tubo, deixando só o espaço do
tubo que será moldado sem o pano. Ìsso será necessário para evitar deformações no interior
do tubo, dificultando a passagem do êmbolo.
7.2. Dicas de diferentes montagens para a arrueIa do pistão do êmboIo.
7.2.1. Recortar a arrueIa de um chineIo de borracha.
Para isso use um chinelo velho que tenha soltado a alça e recorte uma arruela com o
diâmetro externo de 70mm e o diâmetro interno de 35mm. Depois com uma lixa grosa dê um
acabamento melhor ao corte. Encaixe essa arruela na flange e aperte só um pouco.
Quando fizer esse aperto, verá que a borracha irá se
expandir, portanto não aperte muito. Use a lixa novamente
para melhorar ainda mais o acabamento. Quando achar que
já está bem arredondada essa borracha, passe bastante
vaselina ou graxa de silicone no êmbolo e dentro do cilindro.
Encaixe o êmbolo no cilindro e observe se esse desliza com
facilidade. Caso fique muito difícil mover o êmbolo, retire-o do
cilindro e desaperte um pouco a porca da flange, isso fará a
borracha desinchar um pouco. Faça novamente o teste
apertando ou desapertando a porca da flange até que deslize
suavemente sem perder (vazar pela borracha) a pressão.
7.2.2. Recortar duas arrueIas de pIástico que tenham uma espessura um pouco
grossa, por exemplo as laterais de um pote de sorvete desses retangulares, ou de caixas
plásticas. Recortar uma arruela por vez com o diâmetro interno do tubo de 75mm, ou seja
71mm, e com um diâmetro interno de 35mm (3,5cm). Depois prenda a arruela na flange e
teste para ver se desliza pelo interior do tubo de 75mm sem forçar. Caso esteja prendendo,
use uma lixa fina para retirar o excesso.
Depois corte uma arruela com 72mm de diâmetro de uma câmera de pneu, e com um
diâmetro interno de 35mm (3,5cm).
Coloque o anel de borracha que vem com a flange, depois uma arruela de plástico, depois a
arruela de câmera de pneu, depois a outra arruela de plástico e por último a porca da flange
(ver figura a seguir). Não é necessário muito aperto. Use uma graxa de boa qualidade e teste
para ver se o êmbolo desliza bem no interior do tubo de 75mm. Caso não corra facilmente,
retire o êmbolo, limpe a graxa e use uma lixa fina para desgastar a arruela de borracha. Faça
isso até que o sistema funcione bem.
Para o cilindro que usa o tubo de 50mm o processo é praticamente o mesmo, só mudam as
medidas: diâmetro interior de 30mm, e diâmetro exterior de 47mm.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
16
Obs.: Esse sistema pode ser usado para bombear água potável, mas neste caso, não use
graxa. Tente fazer as arruelas com a maior precisão possível e use a bomba sem graxa ou
qualquer outro produto químico.
7.3. Grade de proteção para a váIvuIa "V1".
Essa dica é para colocar uma pequena proteção na boca da válvula "V1" para evitar que a
boca da válvula encoste no fundo do reservatório e dificulte ou até entupa a sucção da água.
Essa dica serve para qualquer tipo de válvula que tenha a boca inferior com encaixe para
tubo de PVC soldável de 25mm.
Para isso basta recortar um pedaço de 7cm de um tubo de PVC
soldável de 25mm, colocar um cap soldável [25mm] com fita veda
rosca de um lado, e do outro lado encaixar com fita veda rosca na
parte de baixo da válvula.
Depois faça alguns furos no pedaço do tubo de 25mm que ficou
exposto. Veja figuras aos lados.
7.4. Faça um suporte para sua Bomba de Água ManuaI.
Use pedaços de madeira e fixe com parafusos as braçadeiras de encaixe para tubo soldável
[25mm].
Nos nossos exemplos usamos
dois pedaços de madeira de 2cm
de espessura, uma perpendicular
a outra. Assim pudemos usar
duas braçadeiras na base (uma
de cada lado do Tê) e uma
braçadeira no pedaço
perpendicular.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
17
Você pode fazer quatro furos (um em
cada canto da pequena base) para
depois fixá-la em um local mais firme.
Assim não terá dificuldade de fazer o
bombeamento.
Você pode fazer um pedestal para fixar
a pequena base. Assim poderá andar
com a bomba e direcionar o fluxo da
água em diversos locais sem ter que
ficar carregando baldes, regadores,
latas, bacias, etc.
Veja um modelo bem simples de um
pedestal na foto ao lado =>
8. Dicas de utiIidades para a Bomba de Água ManuaI
8.1. Primeiro teste com a Bomba de Água ManuaI sem elevação de coluna de água.
O teste foi feito apenas para testar o funcionamento, e o resultado foi surpreendente. Sem o
menor esforço é possível bombear a água fazendo com que ela seja retirada de uma bacia e
redirecionada para a mesma.
Calculei que cada bombeada equivale a 1,5 L (um litro e meio)
de água. Ìsso porque existe uma perda no movimento de abrir e
fechar as válvulas.
As bombeadas tem que ser leves e lentas. Não adianta querer
forçar, pois enquanto é feito o movimento com a alavanca a
água deve ter tempo para preencher e depois liberar o espaço
do interior do cilindro. Ìsso porque toda a tubulação é de 25mm
e o cilindro é de 75mm.
8.2. Aproveitamento da água de chuva para irrigação.
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
18
Essa bomba é muito prática para fazer irrigações em sítios, chácaras ou pequenas plantações
usando a água de chuva. Para isso construa uma cisterna em um local baixo do terreno. Pode
ser com caixas de água, tanques, galões, lonas de PVC, etc. Depois use a válvula "V1" com
um peso na ponta dentro da cisterna e ligada a uma mangueira. Na outra ponta da mangueira
será ligada na "Bomba de Água Manual" dando condições para percorrer toda a plantação,
selecionando e irrigando os pontos desejados.
8.3. Esvaziando encharcos.
Usando a mesma técnica acima é possível esvaziar pontos alagados, encharcos, etc. Essa
bomba também pode ser bem útil em EMBARCAÇÕES, aliviando o acúmulo de água dentro
da embarcação (em uma tempestade por exemplo).
8.4. Usando a Bomba em conjunto com um Moinho de vento ou uma Roda de
água.
Se tiver como construir um sistema de engrenagens com polias, roldanas e correias, você
pode usar essa bomba para funcionar por um longo período de tempo com a ajuda de um
Moinho de vento ou uma Roda de água. O importante é que seja qual for o sistema o
movimento no êmbolo da bomba deverá ser bem lento.
8.5. Veja a seguir uma sugestão de uso da bomba manuaI para reúso de água do
banho:
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
19
ONG - SOCÌEDADE DO SOL (SoSol),
Residente no CÌETEC - Centro Ìncubador de Empresas Tecnológicas da USP.
Av. Prof. Lineu Prestes, 2242, ÌPEN. Cidade Universitária,
São Paulo - SP - CEP: 05508 000
CNPJ: 05.202.923/0001-40
Tel: (55 11) 3039-8317, Tel/Fax: 3812-7093
E-mail: info@sociedadedosol.org.br
Site: www.sociedadedosol.org.br
Responsável pela ONG Sociedade do Sol: Augustin T. Woelz
Sociedade do Sol - Manual de instrucào e montagem experimental da Bomba de Agua Manual
20

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->