Você está na página 1de 28

ano 29 • no 167 • janeiro/fevereiro 2006

Modernos
Sistemas de Dosagem

Como Reduzir
Custos de Telefonia

Novidades da
Fenatec Verão
Encarte Especial

Lavagem de Big Bag, EPI e Uniformes


l&c_167 - 17-03-2006.indd 1 31/3/2006 12:27:41
l&c_167 - 17-03-2006.indd 2 31/3/2006 12:28:00
Lavanderia&Cia - 3

L&C Conversa com o leitor

Participação
cresce n t e
Editor Antônio Carlos Belém de Mendonça
Subeditor Sérgio Teixeira

Jornalista responsável e redatora


Rosa Maria Artusi - Mtb 21.459
rosa.artusi@terra.com.br

Editoração

E
ste número de Lavanderia & Cia é o refle- proteção individual e uniformes mostra que não
Allegro Comunicação • (11) 5084-0590
xo da crescente participação da ANEL em apenas os segmentos tradicionais de lavanderia,
www.allegrocom.com.br
alessandra@allegrocom.com.br diversas manifestações onde, de alguma mas também aqueles menos conhecidos, mere-
forma, o setor de lavanderia se faz presente. cem uma abordagem de destaque.
Tiragem Representantes da ANEL visitaram a Fenatec Uma outra evidência da participação da ANEL
4500 exemplares e trouxeram aos leitores as últimas novidades em diversos setores afins está no apoio que a en-
apresentadas em lavagens diferenciadas de con- tidade presta a feiras e eventos, principalmente
Fale conosco
Informações
feccionados, novos tecidos e uniformes. na área têxtil, em várias regiões do país.
anel@anel.com.br Com relação ao exterior, as matérias sobre Temos ainda a destacar que iniciativas de
Assinaturas a feira Bread and Butter Barcelona, na Espanha, aperfeiçoamento de alguns produtos da Associa-
anel@anel.com.br e sobre a Première Vision, na França, na qual ção, como o Lavíndice On-Line e o Novo Mos-
Sugestões de matérias recebeu destaque um associado da ANEL, regis- truário de Tecidos, estão em consonância com o
rosa.artusi@terra.com.br
tram a evolução dos efeitos especiais em jeans atual desenvolvimento do setor de lavanderias.
anel@anel.com.br
no mundo, realizados por lavanderias. Tudo isso e diversas outras matérias o leitor
As matérias assinadas não traduzem necessariamente O Encarte Especial, trazendo informações vai encontrar nesta edição, que está recheada de
a opinião da revista e são de responsabilidade de seus sobre lavagem de big bag, equipamentos de boas notícias.
autores.

É proibida a reprodução total ou parcial das matérias e das


fotos sem ordem expressa dos editores.

Publicação bimestral da
Associação Nacional das Empresas de Lavanderia

Rua Paes de Araújo, 29


11º andar, conj. 111/113
Antonio Carlos Belém de Mendonça
CEP: 04531-090 - São Paulo - SP
Tel/Fax: 11 3078-8466
Presidente da Anel
Site: www.anel.com.br
e-mail: anel@anel.com.br

l&c_167 - 17-03-2006.indd 3 31/3/2006 12:28:37


L&C Sumário Outros destaques

5 Cartas
6 Anel Responde
7 Pingos & Respingos
Encarte Especial Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia
para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.
nº 3

Qualidade 13 Um segmento pouco conhecido


8 Qualificação de lavanderias 13 Segurança para os empregados
A conservação das
8 Relatório das reuniões sobre o Selo Anel 14 Roupa Profissional, um Instrumento Socialmente roupas e seus símbolos
Lavagem à Alvejamento Secagem em Secagem Passadoria Lavagem a

Estratégico agua

Temperatura
tambor

Temperatura
Natural

Temperatura
Seco

máx. 40º C permitido mínima secar 110º todos os

14 Inovação em Uniformização
alvejante pendurada solventes
clorado

máx. 60º C não usar máxima secar na 150º lavagem com


alvejante vertical hidrocarboneto

Jeans
clorado (não torcer) ou perclo-

15 Aprovada lei de lavagem de uniformes


roetileno

máx. 90º C não secar secar na 200º lavagem


em tambor horizontal somente com
rotativo hidrocar-
boneto

9 Bread and Butter Barcelona 16 Roupas Especiais Anti-chamas Ciclo

não passar não lavar a


normal seco

10 Cedro Cachoeira tem referência na Première Vision 16 Atividades e Eventos da Anel 2006
Siga sempre os símbolos de lavagem e
curto
passadoria das etiquetas.
Não retire a etiqueta de composição e
conservação que estão afixadas em suas
roupas, elas permitem um melhor resultado
de lavagem e passadoria.

10 Tendências - Verão 2007


manual
Há sempre uma lavanderia associada
cuidando de você
não lavar

11 Uso de argila no tratamento de efluentes do jeans 17 Associados Novos www.anel.com.br

lavanderia + pratica 3 - Símbolo1 1 30/3/2006 09:14:19

Mídia Digital Encarte informativo para você distribuir e


19 Lavíndice Online: O mais completo guia de Lavanderias da Web fidelizar os clientes de sua lavanderia! Para
maiores informações sobre esta novidade, entre
Tecnologia em contato com: (11) 3078-8466
20 Modernos sistemas de dosagem aumentam a produtividade
20 Entrevista com Paola Tucunduva

Comunicações
22 Como reduzir custos de telefonia

Apoio
23 Anel apóia iniciativas de outros segmentos

Ranking de Máquinas
24 Secador de 50kg a gás
Evento
12 Fenatec Primavera-Verão 25 Classificados

Lavíndice online
Seu Guia de Lavanderias • A sobrevivência da empresa familiar
agora na internet! • Aniversariantes de abril, maio e junho
Acesse nosso site: www.lavindice.com.br • Lavanderias comunitárias
e cadastre a sua empresa no gratuitamente
até 10/5/2006.
Bolsa de Máquinas Usadas
A versão online do Lavíndice é muito mais fácil e Lavanderia&Cia criou a Bolsa de Máquinas
rápida. Contamos com sistemas de busca por ramo Usadas para o proprietário de lavanderia que
de atividade e por empresa. quer comprar ou vender algum equipamento
C O M U N I C A Ç Ã O

Participar do Lavíndice Online é tornar-se visível no


(11) 5084.0590 que não seja novo. Não é permitida a
mercado para aqueles que possuem decisões de participação de fornecedores na Bolsa de
escolha e compra. Máquinas Usadas.
w w w. a n e l . c o m . b r Para maiores informações: (11) 3078-8466

l&c_167 - 17-03-2006.indd 4 31/3/2006 12:28:40


Lavanderia&Cia - 5

L&C Cartas

No final de 2005, a Assembléia Legislativa bastante a festa. Foi realmente uma agradável o valor envolvido. Os fornecedores podem lhe dar
do Estado de São Paulo, derrubou o veto do noite de confraternização. uma idéia..
Governador de São Paulo ao Projeto de Lei No. Parabéns a todos !!!!
1102/03, que dispõe sobre a responsabilida- Maria Helena e Sílvia Procuro por lavanderia para passar camisas e
de das empresas pela lavagem dos uniformes Lavanderia Poupa Tempo camisetas na capital de São Paulo, localizada no
usados por seus empregados no Estado de São centro ou nos jardins. Em seu banco de dados há
Paulo, de autoria do Deputado José Zico Prado Estou em uma cidade localizada ao norte de muitas empresas, mas não sei como escolher.
(PT), transformando-o em Lei. Esse é o nosso Santa Catarina, com aproximadamente 40 mil ha- Mary
melhor exemplo da soma do empreendimento e bitantes, que não dispõe de serviços especializa-
da garra com a colaboração, incentivo e apoio de dos de lavanderia. É uma cidade portuária, turísti- Resposta
muitas pessoas e instituições representativas da ca, com vários hotéis, algumas industrias de médio Em nosso site (www.anel.com.br) pode ser
sociedade, mudando o paradigma da indiferença, porte e a Petrobras. Não possuo experiência nessa feita uma busca das lavanderias associadas à Anel,
do desânimo, da não-participação e da falta de área, mas gostaria de atender a empresas e resi- por estado, cidade, tipo de lavanderia etc. Para o
solidariedade. dências. Agradeço se a ANEL puder me orientar. seu caso, procure por lavanderias domésticas.
Que essas condições se repitam para cres- Noeli
cermos com responsabilidade e confiança, pro- Qual o preço de um Parecer Técnico emitido
fissional e pessoalmente. Parabéns e um ótimo Resposta pela ANEL para uma lavanderia não associada?
2006 para todos. A ANEL dispõe de um manual básico com in-
Renato Glass formações que podem lhe auxiliar especialmente Resposta
na atividade de atendimento doméstico. Trata-se O valor mínimo de cada Parecer Técnico para
Como fazer para adquirir máquinas de la- da coleção Orientando, que contém informações não sócio é de R$ 350,00. É preciso que a Asso-
vanderia industrial a um preço mais acessível ou, sobre o funcionamento, maquinário necessário, ciação analise previamente a peça para verificar a
se possível, informações sobre empresas que produtos e insumos, layout, localização, legisla- necessidade de realização de testes ou mesmo a
possam doar. Somos uma instituição de longa ção, normas técnicas, RH, procedimentos legais, possibilidade de realização do Parecer. Lavande-
permanência para idosos, Vila Vicentina de Boa capital e lucro. Explica também a diferença entre rias associadas pagam de R$ 35,00 a R$ 95,00
Esperança, mantida pela SSVP (Sociedade São os diversos tipos de lavanderia. Para receber a conforme o tipo de Parecer.
Vicente de Paulo), em Boa Esperança – MG. Coleção juntamente com um exemplar do último
Aqui se encontram 94 pessoas com problemas número da revista Lavanderia & Cia e relação de Necessito de informações da ANEL para elaborar
de saúde, fazendo tratamento ou porque não têm fornecedores, é necessário efetuar um depósito minha monografia. Se puder me ajudar ficarei muito
família ou alguém que cuide delas. Em 2004, a na conta-corrente da ANEL e encaminhar o com- grata. Além disso, vou me tornar sócia da Anel, pois
Vigilância Sanitária veio aqui e condenou a nossa provante com os seus dados completos. O custo estou montando uma lavanderia em Socorro, São
lavanderia. do material é de R$ 50,00 mais as despesas do Paulo, e preciso dessa associação para me integrar
Precisamos de máquinas novas, pois as correio (R$ 30,00 conforme a cidade de desti- ao setor. Obrigada desde já pela atenção.
nossas são muito ultrapassadas e não temos no informada), sendo assim o valor total é de R$ Camila Mazetto
condições financeiras. Estamos pedindo ajuda, 80,00. Quanto ao setor de lavanderia industrial
pois está acima de nossas possibilidades. Pre- informamos que se trata de uma atividade muito Resposta
cisamos de lavadora com capacidade para 50 competitiva e que não possui fronteiras de Esta- Será um prazer recebê-la em nosso escritó-
kg, secador, calandra, centrífuga, hidro-extrator. do. Dessa forma, pode haver uma lavanderia de rio. Se puder adiantar o teor das informações que
Para entrar em contato conosco, o telefax é (35) S.Paulo lavando, por exemplo, para a Petrobrás precisa, prepararemos com antecedência algum
3851-1020. em sua cidade. Assim, sugerimos que pesquise material que lhe possa ser útil.
Grata pela atenção. bem esse mercado para que identifique a real
Vila Vicentina de Boa Esperança demanda por um novo prestador de serviços. Se
sua avaliação for de que há espaço para um novo
Participamos pela primeira vez do jantar de negócio, sugerimos procurar um consultor ou Economaster
confraternização dessa Associação e queremos empresas fornecedoras de equipamentos para ve- A reportagem sobre a Economaster, na edi-
cumprimentá-los pela organização e elegância rificar as opções de equipamentos e investimento ção anterior, despertou o interesse de muitas
do evento, que foi pautado também pela simpatia necessário. Como o investimento varia em função lavanderias. Para facilitar a comunicação com
e receptividade dos funcionários e diretoria, que do tipo de serviço oferecido, tipos e capacidade essa empresa, informamos os seus telefones
não pouparam esforços para que todos se sen- dos equipamentos (nacionais ou importados) e (44) 3246-1068 e (44) 3026-8767.
tissem à vontade e descontraídos, aproveitando capacidade produtiva, não temos como informar

l&c_167 - 17-03-2006.indd 5 31/3/2006 12:29:33


6

L&C Anel Responde

Quem deve cuidar dos


resíduos sólidos de hospitais?
Caso estabelecimentos. A elaboração do PGRSS é
Resíduos sólidos provenientes de clientes competência de seus geradores, devendo obe-
(hospitais e clínicas) devem ser devolvidos ou decer a critérios técnicos, legislação ambiental,
não ao seu gerador? Tipos de resíduos: gazes, normas de coleta e transporte dos serviços lo-
cateter de punção venosa profunda, lâmina de cais de limpeza urbana, deste modo o correto
bisturi, agulhas, vidros (frascos de medicamen- manejo destes resíduos deve ser oferecido por
tos), seringas, esparadrapos, fitas crepes e toucas seu gerador. Estes resíduos nem poderiam ter
descartáveis. saído destes Estabelecimentos Assistenciais de
Saúde - EAS, visto que isto significa que não es-
Resposta tão sendo bem gerenciados, portanto, deve-se
De acordo com Roni Marc Martins de Me- encaminhar estes de volta para o seu gerador, de
nezes, especialista em regulação e vigilância forma que eles dêem o correto encaminhamento
sanitária, da Anvisa, os resíduos provenientes no manejo dos resíduos de serviços de saúde.
dos serviços geradores de resíduos de serviços Mais informações: arquitetura.engenharia@an-
de saúde, devem ser gerenciados por esses visa.gov.br ou telefone: (61) 3448-1046.

Rasgo na calça de um
conjunto jeans
Caso somente após 15 dias da entrega ao consumi-
De quem é a responsabilidade por um ras- dor, não se considera que o dano tenha sido
go na calça de um conjunto de jeans? causado pelo processo de lavagem ou durante
o período em que o conjunto esteve na la-
Resposta vanderia.
Analisando a área danificada com uma
lente de aumento, verificou-se que houve um
atrito localizado. Nessa área, houve rompi-
mento de alguns fios do tecido de cor azul. Os
fios inteiros de trama e fibrilas nas pontas dos
fios no sentido do urdume evidenciam que o
dano foi ocasionado pelo contato do tecido
com alguma superfície cortante que deu ori-
gem a um dano físico.
Como as peças passaram por revisão na
lavanderia antes de serem encaminhadas ao
consumidor, por se tratar de um dano evidente
e pelo fato de a reclamação ter sido efetuada

l&c_167 - 17-03-2006.indd 6 31/3/2006 12:29:33


Lavanderia&Cia - 7

L&C Pingos e Respingos

Notícias de mercado e das


atividades da ANEL
mente para as roupas recebidas sem instrução, O curso teve o patrocínio da Tecnolav, repre-
possam ser determinados. sentante da marca Maytag.
O mostruário é importante também para
mostrar aos clientes da lavanderia o profissio- Fenatec – Feira Internacional de Tecelagem
nalismo da empresa. A inscrição ao lançamento, De 6 a 9 de março, foi realizada a 54ª. Fena-
que incluiu palestras, deu direito a um exemplar tec (Feira Internacional de Tecelagem), no Pavi-
do Novo Mostruário e o participante foi orientado lhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.
sobre a melhor utilização dessa excelente ferra- Como novidade, a Alcântara Machado, organiza-
menta de trabalho. dora da feira, selecionou 10 designers profissio-
Jantar da ANEL e Sindilav nais talentosos em estamparia para mostrarem
seu trabalho. Também aconteceu o Fórum de
Jantar de confraternização Cores Verão 2007, apresentando instalação de 56
Como acontece todos os anos, a ANEL e o cores, todas alinhadas ao gosto brasileiro, além
Sindilav realizaram em dezembro um jantar de de seguirem tendências internacionais da moda.
confraternização reunindo seus associados, par- Houve um espaço lúdico onde o visitante pode
ceiros e colaboradores. Desta vez, com a presen- ter uma experiência com os materiais e produtos
ça de um animado conjunto musical, os partici- Pantone. Diariamente, consultores de moda res-
pantes tiveram uma integração ainda maior. ponsáveis pelo espaço explicaram as tendências
lançadas no Fórum de Cores.
Lavíndice agora é on-line O Núcleo de Gestão, coordenado pelo Se-
O Guia de Fornecedores de Lavanderia – La- Curso de Mostruário de Tecidos brae-SP, contou com palestras gerenciais nas áre-
víndice – que teve sua primeira edição em 2004, as de marketing e finanças. O Cetiqt, importante
na versão impressa, agora estará disponível on- Lavagem à água com aula prática centro de formação profissional para o setor têxtil,
line, facilitando a participação de todos. Através A ANEL realizou em 14 e 15 de fevereiro, um também promoveu palestras técnicas.
do Lavíndice, tanto a lavanderia como os forne- treinamento direcionado a funcionários de lavande-
cedores do ramo podem anunciar seus produtos. rias domésticas, que ofereceu conhecimentos dos
Para participar, basta acessar www.lavindice.com. diferentes produtos químicos utilizados para lava-
br. Depois de um período gratuito (até 10 de maio gem, suas características, comportamento com re-
de 2006, o preço para inserção é de R$ 150,00 lação às fibras têxteis, função no processo e avalia-
para anúncio simples e R$ 200,00 para anúncio ção de quando e como cada um deve ser utilizado.
com link para o site da empresa. Tendo como orientadores as equipes técnicas
da ANEL e da Planeta Azul, o curso foi realizado
Novo Mostruário de Tecidos nas dependências do Senai Francisco Matarazzo,
Em 23 de fevereiro, no auditório da ANEL, no bairro do Brás, em São Paulo, onde os alunos
em São Paulo, aconteceu o lançamento do Novo puderam desenvolver na prática processos de Fenatec , em março de 2006
Mostruário de Tecidos, que foi desenvolvido para lavagem de roupas do dia-a-dia, itens delicados
orientar e esclarecer dúvidas sobre tecidos, sua (lã, seda), vestidos de festa e bordados, vesti- Lançamento da Expolav 2007
forma de construção e a classificação dos princi- mentas com duas cores, roupas com detalhes em Foi lançada durante a Fenatec a próxima edi-
pais tipos utilizados no mercado. couro e edredons. ção da Expolav, feira de equipamentos, produtos
A nova edição apresenta agora instruções Os participantes elogiaram a iniciativa e pe- e serviços para lavanderias, a ser realizada no
básicas de lavagem de cada amostra contida no diram que a Associação das Lavanderias realize Parque de Exposições Anhembi, em São Paulo.
mostruário. Essa abordagem auxilia a identifica- mais cursos práticos para formar mão-de-obra Informações sobre reserva de espaço e preços
ção para que tratamento e cuidados, principal- especializada. com a organizadora Alcântara Machado.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 7 31/3/2006 12:29:42


8

L&C Qualidade

Qualificação de Lavanderias

A
Associação das Lavanderias – ANEL reali- efetuar os recolhimentos sociais e adequar-se aos Os segmentos que apresentaram maior in-
zou em dezembro reuniões com cada um demais requisitos a serem fixados pela ANEL. teresse na qualificação foram o de lavanderia
dos segmentos de lavanderia para propor No que se refere ao Meio Ambiente, como a hospitalar e lavanderia de uniformes e EPI. Outras
um sistema de qualificação das empresas. legislação ambiental difere de região para região, reuniões darão prosseguimento ao programa. Os
Nessa reunião introdutória com os empresá- a Associação poderia estabelecer parâmetros interessados podem entrar em contato com a As-
rios, o consultor Marco Antonio R. de Oliveira pro- para cada segmento de lavanderia, de preferência sociação pelo telefone (11) 3078-8466.
pôs cinco itens para discussão, dentro dos quais se com base em leis já existentes.
estabeleceriam parâmetros a serem seguidos para Quanto aos Procedimentos Operacionais,
a qualificação. São eles: 1) Relações Trabalhistas, cada segmento teria a descrição de suas opera-
2) Meio ambiente, 3) Procedimentos operacionais, ções e no que tange a Treinamentos, além dos bá-
4) Treinamentos, 5) Controle de Qualidade. sicos de primeiros socorros e extinção de incên-
Com relação a Relações Trabalhistas as empresas dio, seriam criados os treinamentos de funções.
teriam que seguir as NB - Normas Regulamentadoras No Controle de Qualidade, seriam criados
de Saúde e Segurança, registrar seus empregados, procedimentos de melhoria contínua. Reunião do Segmento Industrial de Lavanderia

Selo de Qualidade ANEL


DATA: 01/12/2005 - Relatório da Reunião Preliminar tópico anterior, para complementação do proces- d) No primeiro ano de validação deve haver duas visitas
Facilitador: Marco Antonio R. de Oliveira so de qualificação das lavanderias. A seguir, as e) Divulgação ao mercado e à sociedade
opiniões recolhidas por cada setor consultado. f) Ao fazer a qualificação, entrevistar os funcionários
I - Qualidade: Uma Diferenciação. Foi apresenta- g) Apresentar Certidões Negativas de Tributos
do aos presentes o conceito do Selo de Qualidade – Setor de Jeans: h) A ANEL deve alertar as lavanderias que não
Anel para diferenciar a lavanderia que prima pelas a) Fazer visitas posteriores sem aviso para con- seguem condições mínimas
boas condições e práticas de trabalho, fazendo firmação da Qualificação.
com que o mercado reconheça esta diferenciação b) Seguir as normas mínimas referentes ao Meio – Setor Hospitalar:
através de uma sinalização (Selo de Qualidade) Ambiente relativas ao setor, ditadas pela ANEL. a) Verificar Notas Fiscais de compra de produtos
que comprove esta qualificação. c) Verificar o procedimento de manutenção de químicos
máquinas e equipamentos. b) Verificar destinação do lixo hospitalar
II - Pontos Básicos: Foram apresentados os pontos d) Verificar a origem dos produtos químicos uti- c) Pedir para a lavanderia indicar o seu índice de
básicos comuns a todas as lavanderias, que se acre- lizados. não conformidade
dita devam abranger itens e áreas de interesse social, e) Verificar aprovação da utilização de produtos d) Verificar capacidade de produção por homem-
desenvolvimento profissional e primazia da qualidade químicos controlados. hora de trabalho
que são esperados dos bons profissionais do ramo. f) Verificar a estocagem dos produtos químicos e e) Agregar empresas de acreditação hospitalar
o processo de separação e pesagem. ao trabalho de qualificação
Encargos g) Comprovar a qualificação das instalações elétricas.
Relações Trabalhistas h) Ser associado da ANEL Obs: 1 - Foi proposto nesta reunião que a ANEL
Saúde / Segurança deve fiscalizar e orientar lavanderias que não se-
Meio Ambiente – Setor Doméstico: guem padrões mínimos de qualidade, pois estas
Procedimentos Operacionais a) Possuir alvará da Prefeitura denigrem a imagem do setor e prejudicam o tra-
Treinamentos balho de terceirização do segmento de lavande-
Controle de Qualidade – Setor Industrial e Roupa Branca: rias hospitalares.
a) Comprovar a capacidade de quilos lavados 2 - Foi citada pelos presentes a necessidade de
III - Pontos adicionais a serem atendidos: Con- b) Verificar a capacidade de quilos lavados x nº reuniões periódicas para orientação e treinamento
sultados os representantes presentes em cada de funcionários dos participantes, bem como apresentação de di-
segmento, eles indicaram itens adicionais ao c) Fazer validação anual ficuldades do setor.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 8 31/3/2006 12:29:43


Lavanderia&Cia - 9

L&C Jeans

Bread & Butter Barcelona


Destaques e novidades da mais agitada feira de jeans

F
oi agitada a melhor feira de jeans e stree- A Replay montou um cenário com troncos de A LTB by Litlle Big foi a marca que melhor tra-
twear da Europa, que rolou entre os dias 18 árvore, onde alguns bailarinos devidamente ves- balhou customização no jeans, usando materiais
a 20 de janeiro no bairro de Montjuic em tidos com o jeans da marca, faziam performances desde aviamentos diferenciados até fios especiais
Barcelona. A feira que acontece duas vezes a cada demonstrando versatilidade e conforto. e bastante coloridos, transmitindo irreverência e
temporada em (Barcelona e Berlim), tem crescido A Lee se destacou por seus modelos bem modernidade nas peças.
consideravelmente desde a sua estréia no verão construídos, com detalhes de pespontos inu-
de 2001, como um “off show” para a Interjeans. sitados e caimentos interessantes, além da Colcci: marca que representa o Brasil
Marcas de peso no mercado como a Pepe Jeans ambientação montada com espelhos, dando A Colcci, em seu terceiro ano consecutivo na
London, Replay e G- star, deram credibilidade ao amplitude e uma visão tridimensional dos looks Bread & Butter, apresenta uma coleção inspirada
evento que hoje abrange uma infinidade de mar- expostos. nos imigrantes alemães, italianos, poloneses e de
cas conhecidas mundialmente. Empresários da A Wrangler apresentou lavagens mais artesa- outros países europeus que chegaram ao Brasil ao
moda e fashionistas circularam por todos as áreas nais com aspecto “used”. final do século XIX. O resultado é uma coleção ro-
do evento (Denim, Fashion, Superior, BBB Stu- A G- Star, como sempre, apresentou peças mântica com a cartela de cores em tons envelheci-
dio.02, Sportswear, Milk & Honey, Sport & Street, muito bem construídas, com seu aspecto de dos, como o rosa pó, o rosa velho, gamas de cinza,
Street Couture e “untitled”), fazendo negócios e jeans bruto “no washed” e detalhes de tachas e azul escuro, vinho, verde sujo, bege e off White. A
se deslumbrando com o apelo visual criativo e pra rebites aplicados discretamente. ambientação de seu espaço na feira é clean e dá a
lá de inspiradores de cada uma das marcas. Entre as italianas, se destacou a Fruta, que impressão de estarmos no interior de um navio.
trabalhou lavagens artesanais envelhecidas com O jeans está muito bem trabalhado com lava-
Destaque de algumas marcas ralados e detonados. É bem interessante a mis- gens detonadas e aspecto used. Muitos detalhes
A Pepe Jeans London se destacou por mon- tura de cores dos pespontos e o trabalho de es- de manchados, respingados e desgastados. O vi-
tar ambientações descontraídas de sala, quarto, tamparia. sual se completa com os bordados florais, botões
banheiro e jardim, onde os manequins estavam A Parasuco apresentou uma novidade na e rebites diferenciados.
dispostos com os “looks” da nova coleção muito construção de seu índigo, apresentando fio dou- Fonte: Juliana Rizzo - Estilista e Fashion
bem apresentados, mostrando o forte conceito da rado na trama que é revelado quando sofre pro- Hunter (matéria cedida pelo site do jeans, www.
marca. cessos de puído em suas lavagens. guiajeanswear.com.br)

l&c_167 - 17-03-2006.indd 9 31/3/2006 12:29:49


10

L&C Jeans

Cedro Cachoeira tem destaque na


Première Vision de Paris
Í
ndigos e coloridos da empresa brasileira pesquisas feitas em países como Inglaterra,
foram incluídos como destaques na Pre- França e Turquia.
mière Vision, feira realizada em Paris, que A valorização de tingimentos mais densos
recebeu, em fevereiro último, mais de 40 mil oferecem diferentes alternativas de lavagem. Um
visitantes do segmento têxtil, provenientes dos produtos que mais chamou a atenção dos vi-
das mais diversas partes do mundo. Reali- sitantes é o índigo Oslo, com estrutura especial
zada a cada seis meses a mostra conta com e diferenciada, na combinação de cores como o
aproximadamente 800 expositores reunindo azul com castanho e o azul-esverdeado, destaque
as mais recentes novidades do mundo da para o próximo verão.
moda. A partir da feira parisiense, a coleção foi
As 12 referências da Cedro, constantes apresentada na Fenatec, entre os dias 6 a 9 de
de sua Coleção Verão 2007, foram apre- março, e será exposta no decorrer do ano em vá-
sentadas no Fórum de Tendências da feira rias cidades brasileiras.
francesa, com excelente repercussão, evi- A Cedro Cachoeira, associada à ANEL, hoje
denciando sua sintonia com as novidades do está entre os cinco maiores produtores mundiais Helder Vasconcelos na Fenatec
mercado europeu. Helder Vasconcelos, ge- de denim. Com 133 anos de tradição, a em-
rente de marketing da companhia, explicou presa, sediada em Belo Horizonte, exporta para e na Europa, onde possui representantes. Mais
que seus novos índigos, apresentando novos todos os países da América Latina e América de 10% de sua capacidade produtiva é destinada
pesos e estruturas, foram criados a partir de Central e mantém negócios nos Estados Unidos ao mercado externo.

Tendências - Verão 2007


CONCEITO: “Hedonismo” (Prazer individual e imediato)

E
ste tema singular confirma a tendência de forto das calças amplas e bolsos grandes com e urdume garantem um especial efeito de la-
produtos adequados ao conforto, beleza detalhes em pespontos e filigramas coloridos. vagens. A fluidez também está presente nos
e satisfação pessoal. Um romântico me- Peças menos conceituais e mais funcionais. tecidos mais leves.
nos ingênuo cruza os caminhos do funcional CORES: A atmosfera das cores se harmoniza DICAS DE LAVAGEM: Destroyed é a pa-
e da sedução. O retorno ao estilo e ao design, com os amarelos e verdes, vermelhos e turque- lavra-chave. Amaciar e relevar os algodões,
muito comentado em outras estações, continua sa. Espaço para os tons pastéis lavados. Enfim, sarjas, telas e jeans. Tirar o excesso das co-
valendo. temos que trabalhar a cor como um “material”, res, aspecto esbranquiçado. Novas propostas
FORMAS: Espaço aberto para as jardinei- ou seja, é fundamental para a estação. com efeitos oxidados, colagens com tecidos
ras e macacões, mini-saias, vestidinhos curtos, MATERIAL: Os indispensáveis algodões diferenciados. Trabalhar o artesanal agregando
blusinhas leves com drapeados e franzidos que básicos, brins bem estruturados. O aspecto valor às peças.
dão flexibilidade e sensualidade suave. Desta- pesado dos algodões se desmancha no pri-
que também para os casaquinhos curtos e cal- meiro toque. As texturas traduzem um peso Lúcia Júlia de Almeida
ças retas para o feminino. No masculino, o con- que se desmente. Índigos com efeito de trama Estilista – Cedro

l&c_167 - 17-03-2006.indd 10 31/3/2006 12:30:33


Lavanderia&Cia - 11

L&C Jeans

Argila ajuda a tratar rejeito de lavanderias

P
ara cada tonelada de gipsita – minério usado Os testes foram feitos em escala piloto e, antes para o problema da disposição inadequada da argila
na produção de gesso – extraída da região do da tecnologia ser empregada em Toritama, que tem no Araripe. “É como se fechássemos um ciclo”.
Araripe, no Sertão, são descartadas duas de 53 lavanderias, será preciso fazer o trabalho em escala Para o Sindicato das Indústrias do Gesso (Sin-
argila. O material, do qual se aproveita apenas 2%, industrial. Segundo ele, esse será o próximo passo da dusgesso), o uso da argila para o tratamento de
pode ser usado no tratamento do rejeito das lavan- pesquisa.“Só depois poderemos indicar o tratamento efluentes contribuiria para o reduzir o volume de
derias de jeans, conforme revela pesquisa da Agên- com argila para as lavanderias”, diz Gilson. argila no Araripe. Atualmente, a produção anual de
cia Pernambucana de Meio Ambiente (CPRH). O método convencional adotado no local, segun- gipsita é de quatro milhões de toneladas. “Isso sig-
A argila, de acordo com o estudo, tem a capaci- do o engenheiro, é o físico-químico, com o uso de nifica um descarte de dois milhões de toneladas de
dade de reter o corante do efluente, que normalmente sulfato de alumínio para remover o corante. A técni- argila por ano”, explica o diretor Financeiro e de Pla-
é descartado nos rios. Testes realizados pelo enge- ca, no entanto, garante uma remoção de 50% a 70% nejamento do Sindusgesso, Hildeberto Alencar.
nheiro químico Gilson Lima mostraram que o mate- do corante, que é reaproveitado. No tratamento com A argila corresponde à camada inferior ao solo.
rial retira até 99% da tinta presente no líquido descar- argila, é preciso misturar o material a uma solução De acordo com o Sindusgesso, são de seis a vinte
tado pelas lavanderias de Toritama, no Agreste. para retirar o corante num processo chamado dsorção metros de barro que precisam ser removidas até
“A argila funciona como um filtro de areia”, descreve (inverso à adsorção). A tecnologia desenvolvida pela as máquinas atingirem a camada de gipsita. Dois
Gilson, que realizou a pesquisa para seu doutorado em CPRH permite, ainda, o reaproveitamento da argila na por cento da argila são aproveitados na indústria
engenharia de processos pela Universidade de Campi- produção de telha ou tijolo colorido. cerâmica do Ceará, no processo de decantação de
nas (Unicamp), em São Paulo. O trabalho, concluído O engenheiro credita que o processo não só se cervejarias e em refinarias de óleo. “O restante a
em novembro, se baseia num processo químico cha- mostra como uma saída para o tratamento de efluentes gente usa para tapar o buraco feito para a extração
mado adsorção, em que uma substância adere a outra. das lavanderias de Toritama. Apresenta uma solução da gipsita”, diz Hildeberto.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 11 31/3/2006 12:30:48


12

L&C Eventos

Fenatec
Primavera-Verão

A
conteceu no início de março, em São Pau- Design, o making of de toda essa produção e leitura de moda das cores do Brasil em desenhos
lo, no pavilhão de exposições do Anhembi, também um vídeo com resumo de todas as ten- óticos e coordenados diversificados de flores, hi-
a 54º Edição da FENATEC – Feira Inter- dências em um ambiente que tem como tema a biscos e outros elementos com a cara do verão.
nacional de Tecelagem, com as tendências em informalidade requintada.
moda para o verão 2006/2007. A Santana Têxtil do Brasil lançou novos pro-
Os visitantes puderam conferir as novida- dutos para Spring - Summer 2007.
des de empresas como Santanense, Swarovski, Após o sucesso de sua última coleção outono
Santista Têxtil, Santana Têxtil, Canatiba, Covolan, - inverno 2006, a Spontaneous Denim, a empresa
Horizonte Têxtil, Cedro, entre outros. lança novos produtos que integram a sua cartela
A feira apresentou um lounge coordenado de índigos para a Primavera – Verão 2007. A nova
pela LexusStudio com uma cartela de 56 cores, coleção é composta pelo denim Impacto, Marlin,
todas pesquisadas e monitoradas pela Pantone, Only Blue, Cover e Magnetic, além da linha Gue-
dentro das últimas tendências da moda. No- to, todos especialmente pesquisados pela equipe
vos designers selecionados em vários estados de Desenvolvimento de Produto para proporcio- Últimas lavagens em jeans
brasileiros puderam mostrar seus trabalhos em nar surpreendentes efeitos de lavagem industrial
estamparia, possibilitando a inserção destes pro- e peças com visuais diferenciados, que possibili- A Cordury apresentou:
fissionais no mercado de trabalho e valorizando o tam aos estilistas um trabalho de formas variadas - Bamboo Corduroy - é o novo veludo cotelê da
design brasileiro. e inusitadas em suas criações. Corduroy e o principal lançamento para a Fenatec.
A gama de cores para o Verão 06/07 apre- Ao contrário do veludo tradicional à base de algo-
sentada pela empresa Horizonte Têxtil traz tons dão, o Bamboo é feito à base de fibras naturais de
quentes, preto e branco e tons de bege e esverde- bambu. O resultado é um veludo ainda mais leve e
ados. Entre os tecidos, cambraias maquinetadas macio, com um brilho a mais do que o normal.
leves, estruturas acetinadas e peletizadas 100% - Intense Blue - trata-se de um índigo que
algodão. A linha Interage traz tecidos que vão não perde seu azul intenso, mesmo após várias
interagir com os desenvolvimentos criativos de lavagens. Jeans escuro é tendência e, nesse caso,
cada cliente, reagindo a interferências químicas o índigo permite experimentações de diversos ti-
ou físicas como processos de lavagens e acaba- pos, sem perder sua tonalidade escura.
mentos e uma nova versão do produto desenvol- - Spring Cord – É um veludo mais leve do
Estande da Cedro Cachoeira na Fenatec vido para amaciar e desbotar. que o veludo tradicional e, portanto, pode ser
A empresa aposta também nas estampas. usado em todas as estações do ano, inclusive no
A Rhodia esteve na Fenatec mostrando os Florais orientais, rendas e bordados foram simu- verão tropical.
lançamentos das tecelagens e malharias homo- lados em tricolines e dentro da linha Light, a co- A Cedro Cachoeira, além dos denins, (leia
logadas com a etiqueta Amni. Dois deles se des- leção Pocket, voltada para aplicação em forros de seção de Jeans nesta edição) trouxe sua linha
tacaram: o Amni Naturale - microfibra com apa- bolso e cós. Este lançamento destaca a tendência de tecidos técnicos para aplicação em uniformes
rência de natural, e o Amni Allumé - microfibra para customização interna das peças, dentro do profissionais, como os tecidos com retardante
com brilho da seda, perfeita para aplicação em espírito de luxo discreto. de chama, repelente à água, óleo e sujidades,
lingerie. No estande da Rhodia houve um espaço Ainda dentro da linha de estampados a Chita repelente a agentes químicos, anti-estático e
reservado para as confecções com últimos lança- se mantém em destaque. A nova coleção traz moti- antimicrobiano. A empresa lançou também o ce-
mentos dos clientes homologados. vos e estampas inspiradas no tema Bali. De olho no drodenim profissional 100% algodão, índigo que
A Santista ocupou um estande com 120m² nacionalismo e brasilidade movidos pela Copa do não desbota, suportando 6 meses de uso ou 30
com salas transparentes. No evento, mostrou as Mundo, a empresa apresenta a linha Brasileirinho. lavagens. Operários que fizeram o teste de uso
tendências do Verão 2007 em 12 looks criados Dois desenvolvimentos diferenciados, sendo um desse produto aprovaram seu conforto e a fácil
pelos alunos do 1º ano do Istituto Europeo de voltado para o mercado promocional e outro uma manutenção.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 12 31/3/2006 12:30:50


Lavanderia&Cia - 13

L&C Encarte Especial - Lavagem de Big Bag, EPI e Uniformes

Um segmento pouco conhecido


Um segmento pouco seco e coberto para evitar que se danifiquem nentes, quando necessário, e colocando os bags
conhecido do mercado é antes da lavagem. em perfeita condição de reutilização. A lavan-
o de lavanderias espe- A lavagem é feita com produtos inofensivos deria fornece relatório ao cliente com descrição
cializadas em limpeza aos alimentos que serão acondicionados nos e análise dos problemas verificados, possíveis
de big bags. Trata-se bags depois de limpos. Plataformas de esco- defeitos de fabricação e falhas de manuseio, in-
de higienização de amento evitam qualquer contato com o solo e dicando soluções para o aumento da vida útil
sacarias utilizadas facilitam a drenagem da água e das substâncias dos big bags.
para acondicionar nela contida.
alimentos e outros Utilizam-se jatos de alta pressão e equipa- Outros serviços
materiais. mentos próprios para lavagem e centrifugação. As lavanderias procuram atender às neces-
Esse tipo de limpeza cons- Esta é, por sua vez, uma etapa importante do sidades especiais de cada cliente, diversificando
titui um importante serviço de reciclagem. Ao processo pois agiliza a secagem, que precisa seus serviços. Assim, além da lavagem e ma-
invés de a indústria descartar no meio ambiente ser rápida, não apenas para evitar contaminação nutenção, podem oferecer o serviço de troca de
as embalagens utilizadas para acondicionar seus mas para devolver no menor prazo os bags para alças, de base inferior e superior, reposição de
produtos, é feita uma lavagem dessa embalagem o cliente. A secagem pode ser feita com potentes válvulas e fitilhos, além de reforço de costura, que
para ser reutilizada, economizando matéria-prima ventiladores concebidos para essa finalidade. compreende o reforço de costura lateral, paredes,
e evitando excesso de lixo na natureza. válvulas e reforço de costura em alças.
No Brasil ainda é pequeno o número de la- Inspeção e Manutenção Algumas empresas realizam também a co-
vanderias que se dedicam a esse segmento, Depois de higienizados, os bags são subme- locação ou reposição de sacos de revestimento
que tende a aumentar à medida em que cresce a tidos à inspeção para detectar avarias em alças de interno (liners), lavagem e assepsia em sacarias
consciência ecológica no meio empresarial. carregamento, válvulas de enchimento e descar- de polipropileno para reutilização, lavagem e re-
ga, tecido, costuras, remendos, fitilhos, enfim em cuperação de cintas de amarração para içamen-
Processamento todos os componentes. to de sacarias (marine slings), filtros especiais,
De maneira geral, a lavanderia, ao receber No serviço de manutenção, os problemas embalagens especiais em polipropileno, liners de
os bags para higienização, os coloca em local são corrigidos, efetuando-se troca de compo- polipropileno para containeres marítimos.

Segurança para os empregados


Um outro serviço de relevância para a preser- gem a seco para evitar deterioração das peças,
vação do meio ambiente prestado pelas lavande- aumentando sua vida útil. Depois de limpas,
rias é o de limpeza, conservação e manutenção desengraxadas e higienizadas, as luvas passam
de Equipamentos de Proteção Individual – EPI. por um processo de checagem em que podem
Luvas, aventais, perneiras, mangotes e demais ser consertadas, se necessário.
equipamentos recebem nessas lavanderias espe- Na etapa de manutenção, são realizados os con-
cializadas um tratamento adequado de higieniza- sertos necessários, recuperando-se os EPI’s com
ção, de acordo com o tipo de material e sujidade. segurança. As botas de segurança são higieniza-
das, substituído o cadarço e a palmilha e pinta-
Processamento das, retornando para o usuário totalmente nova.
Dentro das lavanderias especializadas, os O processo assegura às peças tratadas
EPIs são limpos através de um processo de lava- resistência, flexibilidade e maciez originais.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 13 31/3/2006 12:30:51


14

L&C Encarte Especial - Lavagem de Big Bag, EPI e Uniformes

Assim, elas podem ser utilizadas por muito A questão agora é: quem está capacitado para dos como perigosos pelos órgãos responsáveis
mais tempo. Estudos demonstram que o cliente lavar EPI com segurança para o trabalhador e de pelo controle ambiental e a existência do mercado
pode ter uma economia de até 70% em relação que forma os efluentes de lavagem são tratados. irregular de comércio desses equipamentos.
à aquisição de novas peças. Além da economia, Por esse motivo, em fevereiro de 2000, os O Acordo prevê critérios específicos para o
a indústria está contribuindo para a preservação fabricantes de EPis, os prestadores de serviço de credenciamento de lavanderias prestadoras de ser-
do meio ambiente. lavagem e o Ministério do Trabalho e Emprego viço de lavagem de EPIs, inclusive sobre o aspecto
firmaram o “Acordo Setorial de Compromisso de técnico, e para indicação das empresas aptas para
Descartar ou reaproveitar? Implantação de Procedimentos e Controle da Hi- a prestação de serviço de reciclagem de EPIs, que
A questão de se os EPIs devem ser descar- gienização e Readequação dos Equipamentos de são examinados através a Comissão de Enquadra-
tados depois do uso ou reciclados para posterior Proteção Individual – EPIs”, objetivando enfrentar mento, também prevista no citado Acordo.
utilização já não se coloca, tendo em vista que o problema ocasionado pelo uso de EPIs em esta- Durante o período em que o Acordo vem sen-
o descarte prematuro acarreta danos ao meio do não adequado para a proteção do trabalhador, o do praticado, sensíveis melhoras já foram detec-
ambiente, enquanto a sua reutilização poupa a respeito ao meio ambiente, tendo em vista a sobra tadas no mercado, significando maior proteção ao
natureza de um lixo extra indesejável. de resíduos oriundos da higienização, classifica- trabalhador e ao meio ambiente.

Roupa Profissional,
um Instrumento Socialmente Estratégico
Os empregados se tornam cada vez mais exi- custo, ou seja, prejudicando o meio ambiente. peito, consideração e reconhecimento.
gentes com relação à qualidade de vida e condi- As roupas profissionais (EPI e uniformes) Se as expectativas dos empregados são leva-
ções de trabalho. A opinião pública espera uma são produtos que carregam os valores de nos- das em conta na escolha dos uniformes, a empre-
contribuição das empresas para o progresso das sos tempos: segurança, conforto, ética, ima- sa poderá receber em troca confiança, diálogo e
comunidades e para desenvolvimento sustentável. gem positiva. Os empregados estão ligados à apropriação de seus valores. E mais: por essa éti-
Hoje, se reconhece que a eficiência das empresas é sua vestimenta profissional. De acordo com a ca de consideração, a empresa ganhará a atração
essencial para o desenvolvimento da nossa socie- escolha que fizer, a empresa vai transmitir si- dos parceiros externos, clientes, fornecedores e
dade, mas se considera também que o desempenho nais aos trabalhadores. Ela pode demonstrar governo. Assim, a vestimenta profissional terá de-
econômico não pode mais ser obtido a qualquer – via roupa profissional – a mensagem de res- monstrado seu caráter socialmente estratégico.

Inovação em Uniformização
A Cedro Cachoeira lançou o Denim Profis- forçada, que garante alta resistên-
sional, um índigo que permanece como novo cia a esforços físicos, ampliando
mesmo depois de dezenas de lavagens. Sua assim a possibilidade de utilização
principal característica - não desbotar - asse- desse índigo em diversas áreas
gura a cor viva, o azul intenso e a durabilidade profissionais.
do produto. Com composição de 100%
A empresa fornece o novo denim com trata- algodão, o inovador Cedro Denim
mento de pré-amaciamento, acelerando o pro- Profissional confere visual moderno
cesso de confecção dos uniformes e reduzindo e conforto aos empregados, resul-
os custos de fabricação. tando em uniformes que reforçam a
A tecnologia, inerente ao processo de fa- auto-estima e aumentam a produti-
bricação do tecido, implica numa estrutura re- vidade. Presidente da ANEL visita fábrica da Cedro, em Sete Lagoas.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 14 31/3/2006 12:31:01


Lavanderia&Cia - 15

Aprovada lei de
lavagem de uniformes

O
Projeto de lei nº 1102, de 2003, do De- Artigo 5º - As despesas decorrentes da exe- Lei que obriga empresas a lavar os unifor-
putado José Zico Prado, do Partido dos cução desta lei correrão à conta das dotações mes de seus empregados vai ampliar o setor
Trabalhadores, foi finalmente aprovado e orçamentárias próprias, suplementadas se ne- especializado
transformado na Lei 12.254, de 9 de fevereiro de cessário. Agora haverá um forte impulso ao setor es-
2006, que será regulamentada e é válida para o pecializado, pois a lei determina que a lavagem
Estado de São Paulo. Sua íntegra é a seguinte: Artigo 6º - Esta lei entra em vigor na data de sua pode ser feita “diretamente ou por meio de con-
publicação. tratação de empresas especializadas”.
Lei nº 12.254, de 9 de fevereiro A opinião é do presidente da At-
de 2006 mosfera, empresa líder no mercado de
(Projeto de lei nº 1102, de 2003, do higienização e lavagem de têxteis no
Deputado José Zico Prado – PT) país, Paulo S. Barros Barreto, Segundo
ele, “a aprovação da lei corresponde
Faço saber que a Assembléia Le- às atuais exigências da sociedade em
gislativa decreta e eu promulgo, nos relação à responsabilidade social das
termos do artigo 28, § 8º, da Constitui- empresas”. Ele comenta que hoje a
ção do Estado, a seguinte lei: maioria das empresas delega essa la-
vagem aos próprios empregados, ape-
Artigo 1º - As empresas que utilizam sar dos riscos à saúde e ao ambiente
produtos nocivos à saúde do trabalha- que o processo traz. “Apenas um limi-
dor e ao meio ambiente são responsá- tado grupo de indústrias assume essa
veis pela lavagem dos uniformes de gestão da lavagem dos uniformes, mas
seus empregados. é crescente essa preocupação entre as
§ 1º - Para os efeitos desta lei, consi- empresas, o que têm dinamizado nos-
deram-se produtos nocivos à saúde do so mercado”, diz Paulo Barreto.
trabalhador os dispostos na legislação Agora, além de parte da responsa-
que regula a previdência social. bilidade social empresarial, a lavagem
§ 2º - Vetado. de uniformes passou a ser obrigação, o
que vai exigir das empresas especiali-
Artigo 2º - As empresas poderão realizar zadas um aumento de sua capacidade
diretamente a lavagem dos uniformes, de atender à demanda.
ou contratar serviços de terceiros, desde A nova lei estabelece a obrigato-
que o tratamento dos efluentes resul- riedade para as empresas que utilizam
tantes da lavagem obedeça à legislação produtos nocivos à saúde do traba-
vigente de proteção ao meio ambiente. lhador e ao meio ambiente. Para a lei
Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo, produtos nocivos à saúde do trabalhador são os
Artigo 3º - As empresas que deixarem de cumprir aos 9 de fevereiro de 2006. dispostos na legislação que regula a previdên-
o estabelecido nesta lei ficarão sujeitas à aplica- a) Rodrigo Garcia - Presidente cia social, e nocivos ao meio ambiente todos os
ção de penalidades, na forma que dispuser o seu Publicada na Secretaria da Assembléia Legislativa produtos que, como resultado da lavagem dos
regulamento. do Estado de São Paulo, aos 9 de fevereiro de uniformes, criem efluentes poluidores que não
2006. possam ser lançados em corpos de água ou em
Artigo 4º - O Poder Executivo fiscalizará a aplica- Marco Antonio Hatem Beneton - Secretário Geral canalizações públicas e privadas, por contrariar a
ção desta lei através de seus órgãos competentes. Parlamentar legislação em vigor. (Fonte: Atmosfera)

l&c_167 - 17-03-2006.indd 15 31/3/2006 12:31:05


16

L&C Encarte Especial - Lavagem de Big Bag, EPI e Uniformes

Roupas Especiais Anti-chamas


A Norma Regulamentadora do Ministério do mais econômica e com total segurança, a Reno-
Trabalho, que disciplina a atividade de eletrici- va, lavanderia com sede no Rio Grande do Sul,
dade – NR 10, foi revisada em 2005. Entre as lançou uniformes em tecido anti-chamas para
novidades da norma, está a exigência de vesti- locação, no mesmo sistema dos demais unifor-
menta de uma roupa especial anti-chamas para mes oferecidos atualmente no mercado. As peças
todos aqueles profissionais que atuam com ele- são produzidas com matéria-prima importada, e
tricidade. poderão ser alugadas nas versões de macacão e
Trata-se de um equipamento de proteção in- conjunto calça e camisa.
dividual (EPI), com custo muito alto para as em- A lavanderia faz a higienização periódica des-
presas, caso tenha de ser adquirido, devido à sua ses uniformes.
matéria-prima.
Com o objetivo de ampliar sua linha de uni- Fonte: Renova Informativo n.16
formes para locação, oferecendo uma alternativa renova@renova.com.br

Atividades e Eventos da Anel 2006 - 1º semestre


Mês Curso/Evento/Tema Local/Abrangência Data

Abril Workshop BLASTEX - apoio ANEL Senai – SP 04


Tendências 2007, efeitos diferenciados em jeans
atendimento@blastex.com
FIMAPEV - Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Produtos do Vestuário - apoio ANEL Divinópolis – MG 04 a 06
www.fimapevmg.com.br
Reunião Clube do Empreendedor Anel - SP 12
COMTEX - 3º Edição da Feira de Componentes Têxteis Caruaru – PE 25 a 28
www.comtexbrasil.com.br - apoio ANEL
Ciclo de Debates:. Relações com o Consumidor : Ética, Direitos e Reclamações. Anel - SP 27
Maio Curso Fibras, fios, tecidos: Revisado com exemplos do novo mostruário Anel - SP 10
Curso Lavagem, Acabamento e Passadoria de Couro e Camurça Senai – SP 18/19
Reunião Clube do Empreendedor Anel - SP 18
Curso de Segurança no Manuseio de Produtos Químicos Anel - SP 24
Junho Reunião Clube do Empreendedor Anel– SP 08
Hospitalar – Expo Center Norte SP 20/23
www.hospitalar.com.br
Senai– SP 26/30
Curso Técnico Hospitalar

l&c_167 - 17-03-2006.indd 16 31/3/2006 12:31:10


Lavanderia&Cia - 17

L&C Associados Novos

Empresas que se filiaram à ANEL


em novembro e dezembro de 2005
Fast Laundry Lavanderias São Paulo - SP

Acqua Lavanderia Criciuma - SC

Lav Clin Lavanderia Erexim - RS

Cedro Cachoeira Belo Horizonte - MG

Vidotti e Petean Campinas - SP

Lavanderia Almeida Cuiabá - MT

Le Sorelle Consultoria Eventos Tangará da Serra - MT

Vapor & Cia Votuporanga - SP

Lavanderia do Futuro Belo Horizonte -MG

Turitá Lavanderia São Paulo – SP

l&c_167 - 17-03-2006.indd 17 31/3/2006 12:31:29


Mostre a seus clientes o Lavanderia&Cia - 18

profissionalismo de sua lavanderia


Novo Mostruário de Tecidos
O Mostruário de Tecidos foi desenvolvido para orientar e esclarecer
questionamentos relacionados a tecidos, sua forma de construção e
classificação dos principais tipos utilizados no mercado.
A nova edição apresenta instruções básicas de lavagem de cada
amostra relacionada. Essa abordagem auxilia a identificação para
que tratamento e cuidados, principalmente para as roupas
recebidas sem instrução, possam ser determinados.
Mostre a seus clientes o profissionalismo
de sua lavanderia! Entre em contato conosco e peça seu
exemplar.
anel@anel.com.br – (11) 3078-8466

A série LAVANDERIA + PRÁTICA criada pela ANEL, é uma coleção de encartes in-
formativos que abordam temas diversificados para que as lavanderias distribuam a seus
clientes, fidelizando e abrindo um canal de comunicação. Esse material é parte do trabalho
nº 1

Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia


para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.

da ANEL de conscientização do público usuário de lavanderia.


nº 2

Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia


para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.

nº 3
Preserve a beleza e
maciez dos edredons
Investimento:
Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia
para distribuição nas lavanderias associadas à Anel. por mais tempo. Até 1.000 unidades: R$ 0,25/unidade
O
edredom é uma peça muito bem-vinda para nosso conforto no in-

A partir de 1.001: R$ 0,19/unidade


verno. A facilidade com que ele se molda ao corpo e nos mantêm
aquecidos, além de sua leveza, maciez e praticidade o tornam um
artigo indispensável em nossas casas.

Dicas para preservar a vida útil do edredom:


• Mande lavar seus edredons antes de guardá-los por longos períodos.
Eventuais sujeiras ou manchas podem acabar se fixando para sempre.
• Ao retirar o edredom da lavanderia, remova a embalagem plástica antes de
guardá-lo no armário para que a peça respire. A umidade pode provocar
mofo, odores desagradáveis e manchas difíceis de remover.
A conservação das • Algumas lavadoras residenciais não comportam edredons volumosos, oca-

Cuide bem dos seus


Quantidade mínima do pedido: 500
sionando uma limpeza insatisfatória devido à ação limitada das máquinas.

roupas e seus símbolos Os edredons podem apresentar os seguintes problemas durante a

tênis
lavagem:
• Encolhimento do tecido externo devido à baixa qualidade do material.
Lavagem à Alvejamento Secagem em Secagem Passadoria Lavagem a • Desbotamento do tecido externo por falta de solidez do corante.
agua tambor Natural Seco • Perda de volume do enchimento ocasionada por compactação (depen-
dendo da qualidade do material).
Temperatura Temperatura Temperatura • Deformidades ocorridas pela má construção do enchimento.
• Dificuldade na remoção de algumas manchas pela falta de lavagens freqüentes.

Despesas de remessa: a calcular de acordo com tabela do correio. Caso o associado


• Formação
Os tênis são amigos inseparáveis que nos acompanham em todos os de pilling (bolinhas) quando o tecido não possui boa qualidade.
máx. 40º C permitido mínima secar 110º todos os
alvejante pendurada momentos - de uma simples caminhada à malhação em academias, eles
solventes
clorado são feitos para nos proporcionar o máximo em conforto. Evite problemas com seus edredons.
Leve-os sempre à sua lavanderia de confiança.
Por isso mesmo, devemos cuidar muito bem dos nossos tênis, manten-
Eles estarão sempre macios e bem conservados.

trabalhe com transportadora, poderá mandar retirar na sede.


máx. 60º C não usar máxima secar na 150º lavagem com
alvejante vertical do-os sempre com o mesmo aspecto e preservando suas qualidades.
hidrocarboneto
clorado (não torcer) Para isso, a melhor solução é deixá-los aos cuidados de uma lavanderia
ou perclo-
roetileno
profissional, especializada nesse tipo de serviço.

máx. 90º C não secar secar na 200º Através de técnicas especiais de lavagem, deso-
lavagem www.anel.com.br
em tambor horizontal somente com
rotativo
dorização e recuperação, que não desgastam suas
hidrocar-
partes componentes, os tênis voltarão a ficar lim-
boneto

Ciclo pos e livres de odores característicos, retornando


ao seu aspecto original.

Forma de pagamento: à vista por depósito bancário ou com boleto.


lavanderia + prática 1 - Edredon1 1 29/3/2006 08:59:57
não passar não lavar a
normal seco

Siga sempre os símbolos de lavagem e nº 1


curto
passadoria das etiquetas.
Não retire a etiqueta de composição e www.anel.com.br
conservação que estão afixadas em suas
roupas, elas permitem um melhor resultado
ia
de lavagem e passadoria. & C Anel.
eria
manual
Há sempre uma lavanderia associada and das à
a Lav cia

Entre em contato conosco e reserve já seus exemplares.


cuidando de você lavanderia + pratica 2 - Tênis.i1 1 29/3/2006 09:00:50
vist s asso
a re ia
não lavar vo d nder
clusi lava
ex as
ar te ão n
Enc tribuiç
a dis

Desenvolvido exclusivamente para associados.


www.anel.com.br
par

lavanderia + pratica 3 - Símbolo1 1 30/3/2006 09:14:19

e
anel@anel.com.br – (11) 3078-8466 nº 2
eza
a bel dons
ve edre o.
ser
ia
& C Anel.
eria
s p
Pre iez do s tem
and das à in-
a Lav cia to no têm
vist s asso nfor an
a re ia o co nos m um
exc
vo d nder
lusi lava
ão n
as
ac mai noss e
para corpo e o torn
am
ar te
Enc tribuiç m or em -vinda da ao
ol
to b e se m z e pra
tici d ad

par
a dis
p ap
eça
mui
mq
ue el , macie
za
dos
perío .
.
é um ade co a leve s. os re
dom cilid e su sa long semp s de
edre A fa ém d ssas ca : por ara te
dom dá-los ndo p tica an ocar

O 31/3/2006
rno. al no d e

l&c_167 - 17-03-2006.indd 18 12:31:47


Lavanderia&Cia - 19

L&C Mídia Digital

Lavíndice Online:
O mais completo guia de Lavanderias da Web

C
om a expansão da internet, as pessoas sua empresa o custo é muito pequeno, apenas Aos interessados, o Lavíndice oferece o be-
passaram a utilizá-la com maior freqüên- uma taxa anual de R$150,00 para divulgação de nefício do cadastramento gratuito até o dia
cia, principalmente como meio de rea- seus dados e e-mail ou R$ 200,00 para divulga- 10 de maio. Para fazer parte, basta entrar no
lizar negócios, pesquisar empresas, procurar ção de seus dados, e-mail e o link de seu site. site www.lavindice.com.br ou www.anel.com.br
parcerias e até mesmo fazer compras. Associados Anel possuem preços diferen- e cadastrar os dados de sua empresa.
As fronteiras se expandiram e o tempo se ciados: R$ 100,00 para divulgação simples e As melhores empresas já estão no Lavíndice
customiza diante da Internet. Podemos encon- R$ 150,00 com link para seu site. On-line. Aproveite a oportunidade de divulgar
trar e fazer negócios com empresas de qualquer O Lavíndice On-line está em fase de cadas- seus produtos e serviços neste inovador canal
parte do mundo. tramento e as principais empresas do segmento de comunicação com seu mercado.
Pensando nisso a Anel criou o novo e com- já estão participando.
pleto Guia de Lavanderias da internet, o Informações e Projeto Web:
Lavíndice On-line. Um guia facilitador de
vendas e relacionamentos entre fornece-
dores, empresas e consumidores. Um ca- C O M U N I C A Ç Ã O
nal de divulgação e consulta rápida
(11) 5084.0590
que atinge todo o universo web.
Nele o usuário pode fazer sua
busca por segmento, ramo de ativi- On-Line
dade e estado. Os dados aparecem mais um produto aos associados:
de forma clara, a pesquisa é conci-
sa, e por meio dele o internauta terá
acesso aos dados de sua empresa, e-mail
e a possibilidade de navegar pelo seu site.
O melhor de tudo isso, é que para divulgar www.anel.com.br

in-
m
antê
um
am

dos.
perío
gos mpre. e
se sd
para ca ante ar
ti oc

l&c_167 - 17-03-2006.indd 19 31/3/2006 12:33:32


20

L&C Tecnologia

Dosadores Automáticos
Mais eficiência, rastreabilidade e produtividade para as lavanderias

O
s modernos sistemas de dosagem auto- • Aumenta a eficiência nos processos de lavagem. • Colabora na preservação do meio-ambiente.
mática de produtos para lavanderia permi- • Aumenta a rastreabilidade dos artigos proces- • Introduz na lavanderia um meio eficiente de
tem um controle efetivo da produção, fa- sados. proteção à saúde das pessoas e segurança no
vorecendo a tomada de decisões e os programas • Proporciona 100 % de padronização nos pro- trabalho.
de melhoria contínua da empresa. cessos de lavagem. • É também um fator de humanização no am-
São diversas as vantagens que o sistema pro- • Colabora para conquistas de certificações ISO biente de trabalho.
porciona: 9000 e 14000. Alguns segmentos de lavanderia atingem 25%
• Permite à lavanderia a visualização em tempo • Economiza energia (elétrica, vapor), água e de ganho, com o mesmo número de funcionários,
real dos substratos processados. tempo. o mesmo parque de máquinas e dentro da mesma
• Aumenta a produtividade. • Evita desperdícios de produtos químicos. carga horária.

Gerenciamento das informações


em tempo real
Lavanderia & Cia entrevistou a empresária Qual a economia em porcentagem de produ-
Paola Tucunduva, da Rotovic - Health and Safe- tos químicos ou outros insumos?
ty Solutions, especializada em higienização de A economia está automaticamente
uniformes e equipamentos de proteção indivi- “linkada” ao sistema instalado, o qual per-
dual - EPI. mitiu à Rotovic um ganho real de produti-
vidade, ou seja, pudemos lavar a mesma
Quando a Rotovic introduziu os novos dosa- quantidade de roupa em um período muito
dores computadorizados? menor de tempo racionalizando melhor os
PaolaTucunduva - Em março de 2002. turnos e os fatores: energia, água, vapor,
tempo, mão de obra.
Por que?
Quando sentimos a necessidade de pa- Pode ser adaptado para qualquer lavadora?
dronizar nossos processos de lavagem e levar Sim, tanto nas lavadoras automáticas como
aos nossos colaboradores maior segurança e nas lavadoras standards (que também podem vir Paola Tucunduva
proteção, evitando o contato e desperdício de a ser automatizadas).
produtos químicos e outros insumos. O que mais você poderia mencionar como
Quem é o seu fornecedor de produtos e de fator importante de uso?
No que se diferenciam dos sistemas anterio- dosadores? Posso mencionar que outro fator muito
res de dosagem? É uma empresa fabricantes de produtos importante é que o produto químico dosado
O novo sistema permite a automação com- químicos que nos apresentou uma proposta através desse sistema acaba se tornando um
pleta das lavadoras, integrado ao sistema de do- politicamente correta de uso de Saneantes auto- fator de proteção ao meio ambiente, por evitar a
sagem e o próximo passo é o gerenciamento das rizados pela ANVISA (MS) e Ministério da Agri- dosagem excessiva e permite um trabalho mais
informações em tempo real, o que ocorrerá nos cultura, para a higienização de roupas de uso eficiente da Estação de Tratamento de Efluentes
próximos meses. industrial. Líquidos.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 20 31/3/2006 12:33:51


l&c_167 - 17-03-2006.indd 21 31/3/2006 12:34:01
22

L&C Comunicações

Como reduzir custos de telefonia


Nova tecnologia favorece otimização do uso de comunicações

A
comunicação por telefone é um item im- O maior benefício do conceito de comuni- Observe que de PC para PC a ligação é grátis; de
portante nas despesas de indivíduos e em- cação de Voz sobre IP (VoIP), está na redução PC para Telefone há menor custo que deTelefone
presas. A telefonia tornou-se um serviço de significativa e imediata dos custos de comuni- para Telefone, usando VoIP em todas as modali-
primeira necessidade na vida do cidadão comum cação entre pontos geograficamente distintos, dades de ligação. Veja abaixo.
e, sem dúvidas, das pequenas, médias e grandes principalmente no que diz respeito às ligações
empresas. Ela é responsável por cerca de 15% interurbanas (DDD) e internacionais (DDI). O VoIP Confira a economia com as tarifas Cell Wireless
(média) das despesas familiares de uma pessoa é amplamente acessível para qualquer pessoa ou As tarifas estão exibidas em U$ (dólares ame-
que ganha pouco mais do que um salário míni- empresa que possua acesso à Internet (dial-up ou ricanos) em frações de 30 segundos.
mo, mas esse percentual pode ser ainda mais alto banda larga), oferecendo redução de custo, se- O primeiro minuto é cobrado em incrementos
no caso de organizações. Todavia, hoje já existem gurança e privacidade. Pode ser ligado à central de 30 segundos. Os próximos minutos, em inter-
alternativas para a redução desses custos e uma telefônica já existente, sendo de fácil implanta- valos de 15 segundos. Para chamadas Phone to
delas oferece vantagens expressivas. ção, criando assim uma rota de menor custo com Phone (Telefone para Telefone) você deve calcular
A Cell Wireless Corporation, empresa de te- DDD e DDI. Tecnologias aceitáveis: ADSL, Cable as tarifas de origem + as tarifas de destino para
lecomunicações que mais cresce no mundo, ofe- Modem, Wireless, Frame Relay e Link Dedicado. obter o valor final da tarifa.
rece grande potencial de economia em telefonia
de longa distância nacional e internacional. Sua Grupo LUA2004 TARIFAS GREEN
tecnologia está adaptada para operar em SMS O grupo LUA2004, idealizado pelo engenheiro Phone to Phone & PC to Phone
– Mensagem de Texto, WAP e GPRS. A empresa Carlos Maciel, que transmite informações úteis e Origem + Destino* Celular Fixo
oferece serviços gratuitos como Chamadas VoIP atualizadas sobre lavanderia através de e-mails, está São Paulo (SP) 0.145 0.03
de PC para PC, Salas de Conferência VoIP e Salas facilitando o ingresso de interessados nesse sistema Rio de Janeiro (RJ) 0.145 0.0274
de Bate-papo VoIP em todo o mundo. para uso grátis ou pré-pago. Ele pretende conseguir Belém (PA) 0.145 0.03785
uma sala de conferência gratuita, onde seriam discu- Brasília (DF) 0.145 0.0337
O que é VoIP tidos assuntos de interesse do grupo. Para se cadas- Salvador (BA) 0.145 0.03785
VoIP (Voice over Internet Protocol ou voz so- trar gratuitamente basta entrar no site www.cellwire- Fortaleza (CE) 0.145 0.03785
bre IP) é uma recente tecnologia que permite a less.com/luanetphone. Ao se cadastrar, a pessoa ou Belo Horizonte (MG) 0.145 0.0329
transmissão de voz pela rede Internet, utilizando empresa deverá colocar como username o seu nome Recife (PE) 0.145 0.03785
o protocolo IP (Protocolo Internet). É uma tecno- ou o de sua empresa, seguido da palavra netphone. Porto Alegre (RS) 0.145 0.03785
logia que integra a Internet e a telefonia. O VoIP Exemplo: alvoradanetphone. Alguns usuários do Gru-
Outros Estados do Brasil 0.145 0.03785
é uma alternativa (extremamente econômica) ao po LUA já estão registrando economias expressivas
Tokyo (Japão) 0.10855 0.0292
uso da rede tradicional dos serviços telefônicos. em suas ligações internacionais e interestaduais.
Washington (USA) 0.01835 0.01835
Alberto Freire Martins, da empresa Econo-
Sidney (Austrália) 0.173 0.0295
master, participante do Grupo LUA, afirmou que o
Paris (França) 0.14395 0.019
sistema é excelente: “Estou no Paraná, já fiz liga-
Lisboa (Portugal) 0.165 0.02135
ções para Cuiabá, João Pessoa e outras cidades do
Londres (UK) 0.1646 0.01685
Brasil, com bastante economia. O sistema fornece
Madri (Espanha) 0.194 0.01915
um histórico das ligações e eu pude comparar os
*Exemplo: Phone to Phone (de telefone fixo para fixo)
preços do VoIP com o preço de ligações conven-
De São Paulo (origem) para Madri (destino)
cionais, resultando em reduções de até 50%. 0.03 + 0.01915 = 0.04915 (30 seg)
Uma chamada de 15 minutos = U$ 1.47

Tarifas reduzidas *Exemplo: PC to Phone (de computador para telefone fixo)


De São Paulo (origem) para Madri (destino)
As ligações podem ser feitas de PC para PC,
0.00 + 0.01915 = 0.01915 (30 seg)
de PC para Telefone e de Telefone para Telefone. Uma chamada de 15 minutos = U$ 0.57
Essa versatilidade é um dos principais atrativos
do sistema, além do baixo custo, evidentemente. eng.maciel@uol.com.br - (11) 3670-0000

l&c_167 - 17-03-2006.indd 22 31/3/2006 12:34:09


LavanderiaeCia - 23

L&C Apoio

ANEL apóia iniciativas de outros segmentos


Workshop Blastex FIMAPEV COMTEX 1º Curso de Tecnologia e Solu-
Efeitos diferenciados em Jeans Feira Internacional de 3º Edição da Feira de ção em Produtos de Limpeza
Máquinas, Matérias-primas e Componentes Têxteis Institucional & Industrial da
Produtos do Vestuário H&C
4 de abril 04 a 06 de abril, 25 a 28 de abril de 2006, 29 e 30 de abril de 2006
das 14 às 22h. das 16h às 22h.
Senai Têxtil, no Brás - SP Pavilhão de Eventos do Centro- Pólo Comercial de Caruaru – PE Inscrição: R$ 459,18 (incluso 01
Apoio: ANEL Oeste de Minas Maiores informações: ano de assinatura da Revista H&C
Mais Informações: Rua Geraldo Lara, 10 (81) 3236-5336 - HOUSE HOLD & Cosmetics
(47) 3327-3245 Bom Pastor Divinópolis - MG (81) 3236-4524 apostila básica, coffe-breaks,
Maiores informações: Apoio: ANEL certificado de participação e pasta
(37) 3222-3854 www.comtexbrasil.com.br do evento).
(37) 3222-9270 50% de desconto para associados
Apoio: ANEL da ANEL.
www.fimapevmg.com.br Apoio: ANEL e ANVISA
Organização: FREEDOM
Comunicações
Mais informações :
(11) 3846-1577
www.freedom.inf.br.

l&c_167 - 17-03-2006.indd 23 31/3/2006 12:34:27


24

L&C Ranking de Máquinas

Secador de roupas
de 50kg com aquecimento a gás
Marca Suzuki Castanho - Baumer Cissell Milnor (ADC) Firbimatic do Brasil

Modelo 350G LS-50-G HD 125 M122 DE 120

Capacidade 50 kg 50 kg 57 kg de carga seca 50kg 53,5 kilos / 120 libras

Aquecimento a gás a gás a gás a gás a gás

75.600 kcal / h de consumo


kcal/hora 94.500
Consumo 4,00 kg/h 5 kg/h (GLP) máximo ou 5 kg de gás glp por 104,58Kcal/h
Btu/hora 375.000
hora no consumo médio

Volume do cesto em litros 1.326,65 dm3 1.306 1.046 litros 1010 litros 1.070

Fator de carga 1:26 1:26,12 1:18 1:20 1:20

2.800cfm ou
Vazão de ar 45 m3/min 50m3/min 3.400 m3 por hora 62 cmm
79,2 mm col. d’agua
Equipamento: 2,0 CV - Exaus- 1 HP para o cesto 1HP ( Cesto )
Potência do motor 1,5 e 0,5CV 1 HP (0,75 KW)
tor: 1,0 CV 1 1/2 HP para o exaustor 3HP ( Exaustor)

Tipo de aço inox Opcional cesto AISI 304 AISI 304 (no cesto - opcional) 304 AISI304 Aisi 304 NO CESTO

Unidades em funcionamento
780 80 40 16 11
no Brasil
US$ 16.000,00
Preço básico R$ 21.000,00 R$ 19.916,00 US$10,870.00 U$ 14.000,00
posto em São Paulo
Pode ser adquirido pelo
sim sim não não Não (Proger sim)
FINAME
Financiamento direto do
sim sim não sim sim
fabricante/importador

País de procedência Brasil Brasil EUA EUA USA

CISSELL Manufacturing
Fabricante Suzuki Baumer S/A American Dryer Corporation B&C Tech
Company

Representante no Brasil Suzuki Baumer LLS Latinoamerica SARC Representações Firbimatic do Brasil

(11) 3670-0000 (SP) (21) 2576-6245


Telefone 0800-701-6373 (11) 3833-0722 (11) 4152-3430
(19) 3805-7680 (SP) (21) 9335-8180

e-mail comercial@suzuki.ind.br cmlcastanho@castanho.ind.br llssp@llslatino.com.br sarc-rep@uol.com.br vendas@firbimatic.com.br

Eng. Carlos Maciel


Contato Sr.Hugo e Sr. Ari Eng. Walter Stort Junior Ricardo Salata Alfredo Capozzi Filho
André Oshiro

l&c_167 - 17-03-2006.indd 24 31/3/2006 12:34:29


Lavanderia&Cia - 25

L&C Classificados

l&c_167 - 17-03-2006.indd 25 31/3/2006 12:34:31


26

L&C Classificados

5HFXSHUDomRH
7UDWDPHQWRGHÈJXD

6LVWHPDVGH&RQWUROHH'RVDJHP
ZZZSURYLWHFFRPEU

Continua o sucesso da série Lavanderia + Prática. nº 1

Encomende o terceiro exemplar!


Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia
para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.

O primeiro folheto foi sobre o tema EDREDOM, o segundo sobre TÊNIS e agora,
nº 2

Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia


para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.

a Lavanderia + Prática fala sobre Símbolos de Lavagem. nº 3


Preserve a beleza e
maciez dos edredons
por mais tempo.
A série Lavanderia + Prática, criada pela ANEL, é uma coleção de encartes informativos que Encarte exclusivo da revista Lavanderia & Cia
para distribuição nas lavanderias associadas à Anel.

O
edredom é uma peça muito bem-vinda para nosso conforto no in-
verno. A facilidade com que ele se molda ao corpo e nos mantêm
aquecidos, além de sua leveza, maciez e praticidade o tornam um

abordam temas diversificados para que as lavanderias domésticas distribuam em sua lavanderia,
artigo indispensável em nossas casas.

Dicas para preservar a vida útil do edredom:


• Mande lavar seus edredons antes de guardá-los por longos períodos.
Eventuais sujeiras ou manchas podem acabar se fixando para sempre.
• Ao retirar o edredom da lavanderia, remova a embalagem plástica antes de

fidelizando e abrindo um canal de comunicação com seus clientes.


guardá-lo no armário para que a peça respire. A umidade pode provocar
mofo, odores desagradáveis e manchas difíceis de remover.
• Algumas lavadoras residenciais não comportam edredons volumosos, oca-
A conservação das Cuide bem dos seus sionando uma limpeza insatisfatória devido à ação limitada das máquinas.

roupas e seus símbolos

tênis
Os edredons podem apresentar os seguintes problemas durante a

Faça seu pedido do Lavanderia + Prática, em qualquer quantidade, basta ser associada à ANEL.
lavagem:
• Encolhimento do tecido externo devido à baixa qualidade do material.
• Desbotamento do tecido externo por falta de solidez do corante.
Lavagem à Alvejamento Secagem em Secagem Passadoria Lavagem a • Perda de volume do enchimento ocasionada por compactação (depen-
agua tambor Natural Seco dendo da qualidade do material).
• Deformidades ocorridas pela má construção do enchimento.
Temperatura Temperatura Temperatura
• Dificuldade na remoção de algumas manchas pela falta de lavagens freqüentes.
Os tênis são amigos inseparáveis que nos acompanham em todos os
• Formação de pilling (bolinhas) quando o tecido não possui boa qualidade.

Tel (11) 3078-8466


momentos - de uma simples caminhada à malhação em academias, eles
máx. 40º C permitido mínima secar 110º todos os
solventessão feitos para nos proporcionar o máximo em conforto.
alvejante
clorado
pendurada
Evite problemas com seus edredons.
Leve-os sempre à sua lavanderia de confiança.
Por isso mesmo, devemos cuidar muito bem dos nossos tênis, manten-
Eles estarão sempre macios e bem conservados.
do-os sempre com o mesmo aspecto e preservando suas qualidades.

anel@anel.com.br
máx. 60º C não usar máxima secar na 150º lavagem com
alvejante vertical Para isso, a melhor solução é deixá-los aos cuidados de uma lavanderia
hidrocarboneto
clorado (não torcer) profissional, especializada nesse tipo de serviço.
ou perclo-
roetileno

Através de técnicas especiais de lavagem, deso-


máx. 90º C não secar secar na 200º lavagemdorização e recuperação, que não desgastam suas www.anel.com.br

www.anel.com.br
em tambor horizontal somente com
rotativo partes componentes, os tênis voltarão a ficar lim-
hidrocar-
boneto
pos e livres de odores característicos, retornando
Ciclo
ao seu aspecto original.
lavanderia + prática 1 - Edredon1 1 29/3/2006 08:59:57
não passar não lavar a
normal seco

Siga sempre os símbolos de lavagem e


curto
passadoria das etiquetas.
www.anel.com.br
Não retire a etiqueta de composição e

Faça agora mesmo seu pedido.


conservação que estão afixadas em suas
roupas, elas permitem um melhor resultado
manual
de lavagem e passadoria.
Há sempre uma lavanderia associada
lavanderia + pratica 2 - Tênis.i1 1 29/3/2006 09:00:50
cuidando de você
não lavar

Informe-se sobre preços e remessas.


www.anel.com.br

lavanderia + pratica 3 - Símbolo1 1 30/3/2006 09:14:19

l&c_167 - 17-03-2006.indd 26 31/3/2006 12:34:57


l&c_167 - 17-03-2006.indd 27 31/3/2006 12:35:19
l&c_167 - 17-03-2006.indd 28 31/3/2006 12:35:25