P. 1
Ciclo de Vida Do Plasmodium

Ciclo de Vida Do Plasmodium

|Views: 8.147|Likes:
Publicado porElisangela Alves

More info:

Published by: Elisangela Alves on Nov 22, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/06/2013

pdf

text

original

CICLO DE VIDA DO PLASMÓDIO Ciclo de vida do Plasmodium Os protozoários do gênero Plasmodium apresentam diferentes formas ao longo do seu ciclo

de vida. Vamos tentar entender esse complexo ciclo... • Os plasmódios são inoculados diretamente na corrente sanguínea do homem quando um mosquito Anopheles infectado pica a pessoa • Ao picar, o mosquito inocula na corrente sanguínea formas esporozoítas do Plasmodium que estavam em suas glândulas salivares • Uma vez no corpo humano, os esporozoítas deixam a corrente sanguínea e invadem as células do fígado, onde se multiplicam e passam por diferentes formas até se tornarem merozoítos • As células do fígado rompem e liberam os merozoítos. Alguns são destruídos, enquanto outros invadem as hemácias • No interior das hemácias, novas transformações... os protozoários passam pelas fases de trofozoíta, esquizonte e novamente se tornam merozoítas. Esse ciclo se repete em intervalos regulares: de 36 a 48h para P. falciparum, 48h para P. vivax e P. ovale ou 72h para P. malariae. Esses intervalos estão diretamente relacionados com os acessos febris regulares característicos para cada forma de malária • Depois de algum tempo de infecção, aparecem no interior das hemácias formas que não se dividem mais: são os gametócitos. Ao sugar o sangue de uma pessoa infectada os mosquitos podem ingerir os gametócitos, dando continuidade ao ciclo do Plasmodium.

Gametócito de Plasmodium falciparum (seta) corado com Giemsa e observado por microscopia ótica. Foto cedida por Tecia M. U. Carvalho.

Esquizontes de Plasmodium sp. corado com Giemsa e observado por microscopia ótica. Foto cedida por Tecia M. U. Carvalho.

Trofozoítos de Plasmodium sp. no interior de hemácias (os trofozoítos, indicados pelas setas, tem o formato de anel), observados por microscopia ótica, após coloração por Giemsa. Foto cedida por Tecia M. U. Carvalho.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->