P. 1
INTRODUÇÃO À ENGENHARIA CIVIL - ÉTICA

INTRODUÇÃO À ENGENHARIA CIVIL - ÉTICA

|Views: 156|Likes:

More info:

Published by: Carina Helena Marques Pazeli on Nov 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/23/2013

pdf

text

original

04/04/2010

Professora: MsC. Allyne Rodrigues Ribeiro
Março de 2010

É IMPORTANTE FALAR SOBRE ÉTICA OU É TICA, ALGO QUE TODOS TÊM?

1

04/04/2010

O que é Ética ??

“É daquelas coisas que todo mundo sabe o que são, mas que não são fáceis de explicar, pergunta. quando alguém pergunta.”
Álvaro Valls

2

seja de modo absoluto” Aurélio Buarque de Holanda Ética é uma verdade absoluta.. dependendo da cultura de cada povo. Moral.04/04/2010 “É o estudo dos juízos de apreciação que se referem à conduta humana susceptível de qualificação do ponto de vista do bem e do mal. já é uma variável. seja relativamente à determinada sociedade. Tiny Willy 3 ..

04/04/2010 Ética: Valores que definem o que: • Quero • Posso • Devo Porque nem tudo que eu quero eu posso posso. Conduta. morale mesmo significado. 4 . ou relativo aos costumes. com o “morale”. ÉTICA vem do grego “ethos”. Podemos concluir que etimologicamente ética e moral são palavras sinônimas. e tem seu correlato no latim “morale”. Nem tudo que eu posso eu devo e Nem tudo que eu devo eu quero ! Thayane Almeida de Queiroz “ethos ethos”.

5 . relações justas e aceitáveis. o certo e o errado. envolvem uma carga moral. pois todas as nossas atividades moral. ao desejo de realizar a vida. • A ÉTICA não é algo superposto à conduta humana.04/04/2010 Afinal. mantendo com os outros aceitáveis. o permitido e o proibido definem a nossa realidade. o que é Ética?? A ÉTICA está relacionada à opção. errado. • Idéias sobre o bem e o mal.

mas ao mesmo tempo nos protegem. relação. conaturalmente têm que existir regras que coordenem e harmonizem essa relação.04/04/2010 O homem só constitui sua existência no encontro com outros homens.” 6 . outras pessoas. • Nesta convivência. dentro de um grupo qualquer. as limitações a que devemos nos submeter. todas as suas ações e decisões afetam as pessoas. sendo que. nesta co-existência. “São os códigos culturais que nos obrigam. indicam os limites em relação aos quais podemos medir as nossas possibilidades e submeter. • Estas regras.

SERÁ QUE É CORRETO TOMAR TAL ATITUDE? 3. EXISTE ALGUMA OCASIÃO EM QUE CORRETO “PESCAR” DURANTE UMA PROVA? SERIA 7 .04/04/2010 Em nossas relações cotidianas estamos sempre diante de problemas do tipo: 1. OS SOLDADOS QUE MATAM NUMA GUERRA. EXISTE ALGUMA OCASIÃO EM QUE SERIA CORRETO ATRAVESSAR UM SINAL DE TRÂNSITO VERMELHO? 5. MESMO CORRENDO RISCOS? 4. DEVO SEMPRE DIZER A VERDADE OU EXISTEM OCASIÕES EM QUE POSSO MENTIR? 2. PODEM SER MORALMENTE CONDENADOS POR SEUS CRIMES OU ESTÃO APENAS CUMPRINDO ORDENS? 6. DEVO AJUDAR UM AMIGO EM PERIGO.

..04/04/2010 •ÉTICA é algo que todos ÉTICA precisam ter. • Você já usou de sua relação de parentesco com alguém para conseguir algo? • Você já votou em algum político por interesse próprio? • Você já deu propina a um guarda para se livrar de alguma multa? • Você já sonegou imposto? • Você já justificou algo que fez errado com a célebre frase “.”? • Você já furou fila? 8 ... • Poucos levam a sério. mas todo mundo faz . • Alguns dizem que têm... • Ninguém cumpre à risca.

onlineethics.onlineethics.04/04/2010 A ÉTICA PROFISSIONAL É DIFERENTE DA SOCIAL? “Ética/Moralidade” se refere às Ética/Moralidade” condutas que todos (toda pessoa racional no melhor do seu juízo) querem que todos os outros sigam. A ética é a mesma para todo mundo.” Engenheiros.org/CMS/edu/instructessays/davis. “Online Ethics Center: Teaching Ethics Across the Engineering Curriculum” www. mesmo que isso signifique ter que segui-la também.org/CMS/edu/instructessays/davis.aspx 9 . inclusive para os Engenheiros.aspx www.

04/04/2010 • A ética profissional é mais restritiva que a social/pessoal e evolui com o desenvolvimento da profissão e do homem: – Cortar árvores para construir. • Médico versus Engenheiro – Paciente versus Cliente • Juiz versus Engenheiro – Réu versus Cliente • Advogado versus Engenheiro – Cliente versus Cliente O QUE É O CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL? 10 .

04/04/2010 O CÓDIGO DE ÉTICA PROTEGE O PROFISSIONAL? O CÓDIGO DE ÉTICA PROTEGE A SOCIEDADE? SOCIEDADE? 11 .

04/04/2010 Novo Código de Ética Profissional (CONFEA): Art. Art. nação e humanidade. 1º . da Geologia. 12 . família.O Código de Ética Profissional enuncia os fundamentos éticos e as condutas necessárias à boa e honesta prática das profissões da Engenharia. Art. 6º . em seu ambiente e em suas diversas dimensões: como indivíduo. sociedade. nas suas raízes históricas.O objetivo das profissões e a ação dos profissionais volta-se para o bem-estar e o desenvolvimento do homem. da Geografia e da Meteorologia e relaciona direitos e deveres correlatos de seus profissionais. da Arquitetura. Art. comunidade. nas gerações atual e futura.

a saúde e a propriedade. (www. tem– O objetivo da Engenharia Civil é melhorar as condições de vida da Humanidade. tem-se que: ECCE).04/04/2010 RESPONSABILIDADES DO ENGENHEIRO Segundo o Código de Conduta Profissional do Engenheiro Civil Europeu (ECCE). – O Engenheiro Civil está a serviço da sociedade e deve promover a cultura e a qualidade de vida.org) 13 . – O Engenheiro Civil deve conhecer as necessidades do presente e procurar antever os desenvolvimentos do futuro. salvaguardando sempre a vida.eccenet.

Irineu Ramos Filho . sob dois Diplomas Legais: O Código Civil Brasileiro e as Leis Nº 5. no âmbito do nosso Ordenamento Jurídico. Livro III. Capítulo IV.04/04/2010 Segundo o ECCE. de 7/12/77. 4. Direito das Obrigações. os Engenheiros Civis devem pautar as suas ações de acordo com a seguinte ordem de importância: 1.110 a 1.496.237 a 1. de 24/12/66 e 6. No Código Civil Brasileiro. Cliente e Empregador. 3. Título IV.247 ). Capítulo V.Assessor Jurídico do SENGE/SC 14 . basicamente. 2. 1. Seção III. está fundamentada. Dos Vícios Redibitórios ( Arts.194. 5. Profissão. Outros Engenheiros Civis. “A responsabilidade civil do engenheiro. Sociedade / Humanidade.106 ) e no Título V. 1. Meio Ambiente. estão estatuídas as regras básicas que norteiam a responsabilidade do engenheiro”. Da empreitada ( Arts.

04/04/2010 PERFIL DO ENGENHEIRO QUEREMOS FAZER OBRA OU QUEREMOS FAZER ENGENHARIA? 15 .

04/04/2010 16 .

04/04/2010 17 .

. P. • Ter capacitação para desenvolver novas maneiras de fazer. e poder decidir se é a maneira mais eficiente.. H... (2006) 18 . Porque está fazendo (daquela forma) . . • Saber tomar decisões! AMORIM.04/04/2010 CONHECIMENTO CIENTÍFICO • • • Saber o que está fazendo.

EMPRESARIAMENTO. prazos e custos continuam a ser fundamentais. e a segurança como obsessão. P. satisfazer o cliente. mas o engenheiro passa a trabalhar na gestão de interfaces . • Conhecimento técnico multidisciplinar. • Liderança de grupo. promovendo o trabalho em equipe obsessão. • Domínio da informática. (2007) 19 . (2006) • PRESENTE / FUTURO – Base científica. • Bom relacionamento interpessoal. – Qualidade passa a ser palavra-chave com o objetivo de palavracliente. • Conhecimento técnico multidisciplinar atualizado.04/04/2010 • Capacidade de encarar desafios. AMORIM. GRADIN. – Integrador de pessoas. H. Interfaces. • Capacidade de mediar conflitos. M.deixa de comandar para Gerenciar Interfaces. – Exigência crescente de Empreendedorismo – a ênfase deixa de ser no Projeto e passa a ser na Gestão – EMPRESARIAMENTO.

04/04/2010 SER EMPRESÁRIO “Viver. vistas a construir a situação futura desejada.” Eng. para o Empresário. é compreender as tendências que se manifestam em cada anteciparsituação presente e a elas antecipar-se. com desejada. Norberto Odebrecht 20 .

GRADIN. (2007) RESPEITO – O respeito nasce do reconhecimento. É a única”. – A disciplina é a base da construção do respeito entre os seres humanos. (Makarenko).04/04/2010 DISCIPLINA – A disciplina é a atitude (fonte de atos) resultante de um compromisso da pessoa para consigo e com os outros. – “O exemplo não é a melhor forma de uma pessoa exercer uma influência construtiva e duradoura sobre a outra. GRADIN. M. (2007) 21 . M.

saber trabalhar em equipe. de religião. tolerar as divergências de idéias. (2007) “Este novo século preparou para o engenheiro. de pós-graduação”. descentralizar. participando ativamente de palestras. assumir riscos. isto é. onde o principal ativo patrimonial de uma organização é o ser manterhumano. curtos ou longos. CREA-DF 22 . e educar no espírito da autoconfiança. gerente de negócios. M. um novo perfil profissional: o de negócios.04/04/2010 CONFIANÇA – A confiança em si é necessária para a pessoa querer autonomia. Em um ambiente altamente competitivo e em plena era do conhecimento. antes definido como tocador profissional: de obras. de doutrinas. incluindo os de especialização ou pós-graduação”. GRADIN. – A confiança no outro é necessária para a pessoa aceitar delegar. seminários ou realizando cursos de vários prazos de duração. capacitando-se através da educação continuada. cabe ao novo engenheiro mantercapacitandose valorizado no mercado. procurar a associação. CREAPaulo Roberto Vilela Dias. procurar a prova de sua capacidade e aceitar responsabilidades.

naquele momento. os maiores presentes que você poderia receber. isso lhe crie problemas com os outros. Não porque alguém vai aplaudiaplaudi-lo. procure se aprimorar para ser digno de suas ações. enquanto sua imagem é o que os outros pensam de você.04/04/2010 “Sempre faça o seu melhor. Seus talentos são uma dádiva.” MUITO OBRIGADA! FIM 23 . PreocupePreocupe-se mais com sua consciência do que com sua imagem. mas para que você cumpra sua missão. Evolua sempre. Faça sempre o que você achar correto. mesmo que. A consciência é o que você é. Mesmo que as pessoas não entendam.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->