P. 1
Ordem de Serviço 1 - Op. de Motosserra

Ordem de Serviço 1 - Op. de Motosserra

|Views: 1.131|Likes:
Publicado porhellen.ourolac

More info:

Published by: hellen.ourolac on Nov 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/12/2013

pdf

text

original

Pág.

1 de 2

Nome da Empresa
CNPJ/MF: xxxxxxxxxxxxxx − Inscrição Estadual: xxxxxxxxxxxx Endereço

Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho
Setor − Reflorestamento Cargo: − Operador de Motosserra.

Descrição das Atividades: – Fazer a limpeza da área ao redor das árvores que serão abatidas, marcando-as, fazendo os talhos e demais procedimentos para controle e direcionamento da queda. Posicionar-se junto à base dos troncos, acionando a motosserra e fazendo o corte das árvores. Fazer o corte dos galhos e das copas, cortando as toras (“traçando”) em segmentos com os comprimentos adequados para estaleragem e carregamento nos caminhões. Fazer a limpeza das motosserras, a afiação ou substituição das correntes, lubrificação e abastecimento. Verificar as condições de segurança e de funcionamento do equipamento, devendo comunicar à chefia as alterações observadas e solicitar a execução de serviços de manutenção quando necessário. Riscos Identificados nestas Atividades:  Ruído e vibrações localizadas produzidos pela máquina.  Contato ocasional com resina das toras, óleo, graxa e combustível.  Exigência de atenção e de postura inadequada durante o trabalho c/ a máquina. Movimentação manual de peso.  Risco de cortes pelo contato acidental ou por rebote do sabre da motosserra, de contusões ou perfurações causadas por pontas de galhos, durante o corte destes. Risco de ser atingido pela árvore, pedaços dela ou por galhos desta durante o abate. Risco de acidentes causados por animais peçonhentos (cobras, aranhas, escorpiões). Exposição às intempéries do clima (vento, frio, chuva, sol).. Equipamentos de Proteção p/ a Atividade: – Capacete de Segurança com Protetor Facial . – Protetor Auditivo Tipo Plug ou do Tipo Concha. – Coturno de Motosserrista com Biqueira de Aço. – Perneira de Proteção. – Luvas de Motosserrista. – Uniforme (calça e camisa ou macacão). − Luvas de Vaqueta ou Creme Protetor. Quando devem Ser Utilizados os EPI’s − Sempre que estiver trabalhando c/ a motosserra. − Sempre que estiver trabalhando c/ a motosserra. − Sempre que estiver trabalhando c/ a motosserra. – Sempre que estiver trabalhando c/ a motosserra. – Sempre que estiver trabalhando c/ a motosserra. − Quando disponibilizado pela empresa. − Ao fazer a limpeza ou o abastecimento da motosserra.

Recomendações de Segurança Quanto aos Equipamentos de Proteção: − A Empresa fornecerá gratuitamente ao funcionário os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), necessários para a execução dos seus serviços. − O uso dos equipamentos de proteção pelo funcionário é obrigatório sempre que este estiver exposto aos riscos identificados nos seus locais de trabalho. Caso o mesmo se recuse a usá-los, estará sujeito a punições disciplinares. − O funcionário fica responsável pela guarda, conservação e uso dos EPI’s somente p/ a finalidade a que se destinam. − Quando o equipamento não estiver mais em condições de uso, o funcionário deverá se dirigir ao setor responsável pela entrega, fazendo a devolução dos EPI’s usados e solicitando um novo. – Em caso de extravio, roubo ou outra situação em que o funcionário não possa usar os EPI’s relacionados p/ a sua atividade, este deverá comunicar imediatamente à gerência da equipe, p/ que sejam tomadas as devidas providencias. – É expressamente proibida a permanência dentro das áreas de reflorestamento ou a execução dos trabalhos sem que o funcionário esteja devidamente equipado. – Somente o setor de Segurança do Trabalho ou a Chefia das Equipes de Trabalho estão autorizados a liberar ou não o trabalho sem o uso dos equipamentos de proteção. É expressamente proibido aos funcionários determinar ou divulgar que o uso de determinado EPI não é mais necessário, sob pena de advertências ou suspensão disciplinar. – Os funcionários não poderão circular pelas áreas de reflorestamento sem estarem utilizando os EPI’s. – Em caso de acidente no local de trabalho, mesmo que o seja sem gravidade, o fato deverá ser comunicado ao setor de segurança ou à chefia das Equipes de Trabalho, para que seja emitida a Comunicação de Acidente de Trabalho em caso de necessidade.

Carlos Cesar Antunes. Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho, DNSST/MTE 47/01276-8. Técnico em Enfermagem, COREN/SC 297016. Contato: Fone (49) 8402-9554, E-mail: cesar_a@ibest.com.br.

b) Fazer o corte das toras ou de qualquer outro material utilizando somente uma das mãos. Utilizar ambas as mãos para trabalhar com o equipamento. Fundamentação Legal: O disposto na presente Ordem de Serviço está de acordo com o que determina os itens 1. • Não corte com a motosserra levantada acima dos ombros. 2 de 2 Nome da Empresa CNPJ/MF: xxxxxxxxxxxxxx − Inscrição Estadual: xxxxxxxxxxxx Endereço Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho Recomendações Gerais de Segurança: – Antes de iniciar o trabalho e antes de acionar a motosserra. modificar ou inutilizar os dispositivos de proteção existentes na motosserra. – Caso identifique qualquer irregularidade que possa comprometer a segurança ou o trabalho com o equipamento. o funcionário deverá solicitar esclarecimentos à Gerência do Setor ou Encarregado das Equipes de Trabalho. • Não diminua a aceleração ao iniciar o corte ou durante o corte. poderá fazê-lo através de sugestões ao setor de segurança do trabalho da empresa ou à chefia do setor de reflorestamento. tenha os pés firmes no chão. principalmente quando a distancia dos limitadores de profundidade esta maior (guia rebaixado). freio da corrente. comunicando imediatamente qualquer alteração que venha a comprometer a sua segurança no trabalho com a mesma. verificar se o equipamento está em condições seguras de funcionamento. Especialmente: sabre corretamente montado. se alguém se aproximar. DNSST/MTE 47/01276-8.com.Pág. sistema de aceleração e interruptor. . – Não efetuar o corte de materiais que estejam em altura superior aos dos ombros do operador. pare o serviço. acelerador e trava do acelerador devem andar leve. – Carregar a motosserra sempre desligada e com o sabre e a corrente voltada para trás. E-mail: cesar_a@ibest. • Evite cortar as toras com a ponta do sabre ou de baixo para cima.214 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE. para o não cumprimento das recomendações expostas. bem como os Artigos 157 e 158 da CLT. nunca com a máquina erguida ou suspensa no ar. Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho. não sendo aceitas desculpas como esquecimento ou desconhecimento das normas se segurança. • Mantenha as outras pessoas longe da área de corte. Carlos Cesar Antunes. – Dar a partida na motosserra c/ o equipamento no chão. aperfeiçoar ou corrigir esta Ordem de Serviço. nestes sistemas não devem ser feitas modificações. • Nunca opere a máquina com apenas uma das mãos.br. – O funcionário deverá examinar a motosserra antes de iniciar o trabalho com o equipamento. da Portaria nº 3. – É expressamente proibido: a) Retirar. COREN/SC 297016. Observações Finais: Em caso de dúvida com relação à presente Ordem de Serviço. uma corrente não afiada corretamente aumenta o perigo do rebote. comunicar imediatamente á chefia da fábrica e solicitar a manutenção dos equipamentos. • Olhe o que esta cortando.8 da NR 1. Caso o funcionário deseje apresentar sugestões para melhorar a eficiência. mantendo o cano de escape longe do corpo. Cuidados para Evitar o Risco de Rebote da Motosserra: • Segure a motosserra fortemente com as duas mãos. • Trabalhe somente com a corrente corretamente afiada e tencionada.7 e 1. corrente corretamente tencionada. Contato: Fone (49) 8402-9554. Técnico em Enfermagem.

.com. comprometendo-me a usá-los e a seguir todas as normas e procedimentos relacionados com a proteção pessoal que me forem determinadas pelo setor de Segurança do Trabalho da empresa. Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho. DNSST/MTE 47/01276-8. estando ciente de que a empresa fornecerá todos os equipamentos de proteção que forem necessários para a execução de minhas atividades.Pág. Técnico em Enfermagem.: ______________________________________________________ Endereço e CNPJ Carlos Cesar Antunes. relativas ao fornecimento e uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s). Contato: Fone (49) 8402-9554. Nome Func: ________________________________________________ __________________________ Nome da Empresa Ass. COREN/SC 297016.br. _____/_____/_____. 3 de 2 Nome da Empresa CNPJ/MF: xxxxxxxxxxxxxx − Inscrição Estadual: xxxxxxxxxxxx Endereço DECLARAÇÃO Declaro que recebi da empresa xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx. a 2ª Via deste documento com as orientações que fazem parte do mesmo. Curitibanos. E-mail: cesar_a@ibest.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->