P. 1
ORIENTAÇÕES BÁSICAS SOBRE DEPARTAMENTO DE PESSOAL

ORIENTAÇÕES BÁSICAS SOBRE DEPARTAMENTO DE PESSOAL

|Views: 148|Likes:
Publicado porMara Pithan

More info:

Published by: Mara Pithan on Nov 23, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/23/2011

pdf

text

original

ORIENTAÇÕES BÁSICAS SOBRE DEPARTAMENTO DE PESSOAL Como sempre procurando inovar e fazer um trabalho diferenciado.

Estamos passando as suas mãos este pequeno manual do Departamento de Pessoal que deve estar sempre na mesa do empresário. A idéia de realizar este trabalho foi em função do número elevado de consultas telefônicas, quase sempre visando sobre os mesmo temas, ocupando assim um enorme tempo dos empresários e funcionários da empresa clientes da CCA Contabilidade.. O fundamental e de economizar tempo com ligações. Usandoo adequadamente, você estará economizando impulsos e deixando as linhas telefônicas mais livres. Se você tiver necessidade de alguma informação adicional nesta área, não fique na dúvida, telefone-nos. A nossa responsabilidade termina quando começa a sua.

ÍNDICE Admissão de Empregado Menor Aprendiz Carteira de Trabalho Jornada de Trabalho e Cartão de Ponto Quadro de Horário Contrato de Experiência Livros Demissão de Empregados Aviso Prévio Indenizado Aviso Prévio Trabalhado Atestado Médico Demissional FGTS - Rescisão Gestante Acidente de Trabalho CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) Documentos Obrigatórios na Homologação de uma Rescisão Férias Férias Coletivas Abono Pecuniário P.C.M.S.O. P.P.R.A. Contrato de Autônomo 13° Salário Vale Transporte Alimentação Retenção de 11 % p/INSS s/NF de Prestação de Serviço Reclamatória Trabalhista Hora Extra Banco de Horas Adicional Noturno Jornada de Trabalho Reduzida

CARTEIRA DE TRABALHO A carteira de trabalho deve ser devolvida ao empregado no prazo de 2 dias ou seja 48 hs após ter sido recolhida. « Atestado Médico Admissional (ASO).Trabalho em Regime de Compensação do Sábado Contratação de Cooperativa Contribuinte Individual .. « Certificado de Reservista . Exemplos: Digitadores. Salário: é garantido o salário mínimo hora.CPF. IMPORTANTE: A falta de qualquer dado (Carteira de Trabalho. « Cartão de vacina dos Filhos menores de 06 anos « (apresentar todo o mês de maio). « Certidão de Nascimento de Filhos Menores de 14 anos e comprovante de frequência à escola dos maiores de 7 anos de idade nos meses de maio e novembro. Foto. MENOR APRENDIZ: Artigo 428 e 429 CLT Todas as empresas não optante pelo simples federal serão obrigatórias a manter em quadro. . « Carteira de Trabalho .Cartão do PIS. « Carteira de Identidade . « 01 Foto 3x4 . um percentual de 5% a 15%. « Endereço completo. JORNADA DE TRABALHO E CARTÃO DE PONTO A jornada normal de Trabalho é de 220 horas mensais e 44 horas semanais.Ponto Cargo de Confiança Encaminhar sob Protocolo Calendário de Obrigações Alterações da Legislação ADMISSÃO DE EMPREGADO Documentação e características necessárias: « Idade Mínima de 16 anos. ) do empregado pode levar a empresa a ser multada. etc . exceto algumas atividades que tem jornada diferenciada. Endereço.Título de Eleitor. O Cartão de Ponto deve ser providenciado assim que o empregado for admitido. O contrato não poderá ser por período superior a 02 anos. Telefonistas. do quadro funcional. PIS..Grau de Instrução.Contribuição Previdenciária Folha de Pagamento .

40% + 10% contr. « FGTS. Pelo Empregado: « Saldo de Salário. Rescisão antecipada do contrato de experiência Pela Empresa: « Saldo de Salário. « 50% s/ saldo do FGTS. Art. « Indenização 50% dos dias restantes do contrato. d) Salário Família se for o caso. este se converterá em CONTRATO POR PRAZO INDETERMINADO. 479 CLT. desde que não ultrapasse a data do vencimento do Contrato. « A empresa poderá descontar 50% dos dias restante do Contrato. social « Salário Família se for o caso. Não é aconselhável períodos curtos (1 ou 2 semanas). desde que não ultrapasse o período de 90 dias. CONTRATO DE EXPERIÊNCIA Finalidade: Conhecer as peculiaridades de cada uma das partes (empresa / empregado ). « 13° Salário. e) FGTS. « 13° Salário. 480 CLT. . « Salário Família se for o caso. PRAZO P/ PAGAMENTO 1° DIA IMEDIATO AO TÉRMINO DO CONTRATO. Art. « Férias Proporcionais + 1/3 adicional. Parcelas devidas no término do contrato de experiência a) Saldo de Salário.QUADRO DE HORÁRIO DE TRABALHO « Manter sempre em local visível: « As empresas com mais de 10 funcionários deverão ter cartão de ponto ou livro ponto com o registro mecânico ou eletrônico e estão desobrigadas de manter o quadro de horário. « Férias + 1/3 adicional PRAZO P/ PAGAMENTO: 10° dia contato da rescisão. IMPORTANTE: Se ao fim do Contrato o empregado continuar prestando serviço a empresa. entretanto nada impede que seja de um período inferior. c) 13° Salário. Duração: No máximo 90 dias. Prorrogação: Somente é permitida uma única vez. b) Férias proporcionais + 1/3 adicional.

Desligamento imediato: Prazo de 10 dias corridos para o pagamento da rescisão. ou 10° dia contado da data da demissão se o Aviso Prévio for indenizado. « A empresa poderá descontar o valor do aviso em seu acerto. Pelo empregado . contados a partir da assinatura do mesmo.RESCISÃO (muito cuidado) O pagamento dos 50% sobre o saldo do FGTS deve ser recolhido até o 1° dia útil contado da notificação da demissão se o Aviso Prévio for trabalhado. tendo reduzida sua jornada em duas horas diárias ou cumpre o horário normal paralisando o serviço sete dias antes do término. MUITO IMPORTANTE Informar o ponto do empregado demitido ao DPE . . Todo aviso prévio deve conter o dia. Pelo empregado: O empregado cumpre aviso durante 30 dias sem redução de jornada. « Se o décimo dia coincidir com o feriado ou final de semana deve-se adiantar o acerto. Se o empregado tiver mais de 01 ano na empresa a rescisão será obrigatória a homologação do sindicato dos empregados. ATESTADO MÉDICO DEMISSIONAL Na demissão é obrigatório o exame médico demissional.LIVROS Os livros de "Registro de Empregados" e de "Inspeção do Trabalho" devem ser mantidos na empresa à disposição da fiscalização. deve a empresa encaminhar o empregado para o exame no período de 15 dias antes do vencimento do aviso prévio.CCA o mais rápido possível pois a rescisão fica no mínimo 3 dias no sindicato para conferência.Demissão imediata: Prazo de 10 dias corridos para o pagamento da rescisão. AVISO PRÉVIO DE TRABALHO Pela empresa: O empregado cumpre aviso durante 30 dias. FGTS . 9° da Lei 7238/84. obriga a empresa a pagar uma indenização no valor de um salário do empregado. a partir da assinatura do mesmo. a hora e o local do pagamento da rescisão de contrato de trabalho. DEMISSÃO DE EMPREGADOS Existem dois tipos de aviso prévio. AVISO PRÉVIO INDENIZADO Pela empresa . SAIBA TAMBÉM QUE: A demissão no período de 30 dias que antecede a data base de cada categoria. o aviso indenizado e o aviso trabalhado. Art.

empregados. podendo ser prorrogado por mais 02 semanas e estabilidade desde sua confirmação até 05 meses após o parto. porém a empresa efetua o pagamento direto a funcionária e deduz na GPS da empresa. « Aviso Prévio (3 vias). . ACIDENTE DE TRABALHO Todo acidente do trabalho ou doença profissional deverá se rcomunicado pela empresa ao INSS até 72:00 horas seguinte ao da ocorrência. OBS. a fim de evitar multas. O salário maternidade será pago pelo INSS.atualizada. « Livro de registro de empregados .: As demissões devem ser programadas. A empregada doméstica receberá direito na previdência social.atualizado. « 06 Últimas guias de FGTS pagas. « Pagamento em dinheiro ou cheque visado.OBS. « Comunicação de dispensa . após o retorno ao trabalho.recolhida. « Extrato analítico do FGTS. « Carta de Preposto.: Na falta de qualquer documento a homologação não será feita pelo Ministério do Trabalho ou Sindicato. GESTANTE É garantida a empregada grávida. Art.seguro desemprego (2 vias). Licença Gestante de 120 dias. « Guia de Contribuição Sindical . DOCUMENTOS OBRIGATÓRIOS NA HOMOLOGAÇÃO DE UMA RESCISÃO. 118 da Lei previdenciária 8213/91. desde que tenha recebido beneficio previdenciário. O CAT será preenchido em 03 vias e a entrega será de competência da empresa (enviar cópia do atestado). « Carteira de trabalho . « Comunicação da movimentação do trabalhador. « GRFC . CIPA (Comissão Interna de Prevenção de Acidentes) O empregado membro da CIP A eleito e empossado tem estabilidade de 01 ano contado a partir de sua candidatura até 01 ano após o término de seu mandato. « Termo de rescisão de contrato de trabalho (5 vias). O empregado afastado por motivo de acidente de trabalho tem uma estabilidade de 01 ano. « Atestado Médico Demissional. « Guia de Contribuição Assistencial ou Confederativa .empregados.

quando houver24 a 32 faltas no período. A cada período de 12 meses de trabalho. quando houver 15 a 23 faltas no período. extensivos a todos os empregados da empresa ou apenas a determinados setores. Concessão A concessão das férias será participada. Em igual prazo o empregador enviará cópia da comunicação ao sindicato da categoria profissional. FÉRIAS COLETIVAS O termo Férias coletivas é a concessão simultânea de períodos de descanso. e afixará os avisos nos locais de trabalho. Aos menores de 18 anos e maiores de 50 anos as férias serão concedidos de uma só vez. Ela atende aos interesses da empresa. com percepção de salário por mais de 30 dias por motivos de paralização total ou parcial. Perde o direito a férias « O empregado que tiver mais de 32 faltas no período aquisitivo. « O empregado que tiver recebido da previdência social os beneficios de acidente de trabalho ou auxílio doença por mais de seis meses. estabelecimentos ou seções. O pagamento das férias deverá ser efetuado até 2 dias antes do início do gozo.FÉRIAS Empregados domésticos: A Lei 5859/72 foi alterada para nova redação: Terá direito a 30 dias corridos + 113 sobre as férias. pois é um recurso utilizado para a paralisação da mesma em épocas festivas ou de queda de produção. com antecedência mínima de 15 dias as datas de ínicio e fim das férias. menor de 18 anos terá direito a fazer coincidir suas férias com as férias escolares. por exemplo. independente de terem completado os respectivos períodos aquisitivos. quando não houver mais de 5 faltas no período. . por escrito ao empregado com antecedência mínima de 30 dias. O empregador deverá comunicar ao Ministério do Trabalho. quando houver 06 a ·14 faltas no período. Após cada período de 12 meses de vigência do contrato de trabalho. « 12 dias corridos. Outras informações O empregado estudante. « Se afastado. « 24 dias corridos. « 18 dias corridos. e a sua época será a que melhor preencher os interesses da empresa. 133 CLT. Passou a ter direito ao repouso semanal remunerado. Art. Férias em dobro Se vencer dois períodos aquisitivos de férias consecutivos o empregado terá o direito em dobro a respectiva remuneração. o empregado terá direito a férias na seguinte proporção: « 30 dias corridos.

R. o qual deve incluir. entre outros. será estabelecido o serviço a ser prestado.M. 2° Parcela O 13° Salário Integral será pago pela empresa até o dia 20 de Dezembro de cada ano. P. (Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional) Todos os empregadores (pessoa jurídica ou física) que mantenham empregados estão obrigados a elaborar e implementar um P. É obrigatório que todo autônomo seja inscrito no INSS. P. « Na demissão.C. a realização obrigatória de: Exames Médicos: « Na admissão.A. no qual. O adiantamento poderá ser pago no ensejo das Férias do empregado. .C. Aos empregados que recebem remunerações variáveis será tomada por base a média destas dentro do ano. O 13° Salário será devido proporcionalmente aos empregados admitidos no curso do ano. 13° SALÁRIO 1° Parcela Entre os meses de Fevereiro e Novembro de cada Ano a empresa pagará como adiantamento de 13° Salário a metade do salário recebido pelo empregado no mês anterior. o valor e como será efetuado o pagamento.S. Sobre o serviço prestado a empresa recolhe 20% para o INSS. CONTRATO DE AUTÔNOMO Na Contratação de Autônomo deve-se fazer um contrato.O.M.S. « Retomo ao trabalho (afastamento mais de 30 dias).O.ABONO PECUNIÁRIO É facultado ao empregado converter 1/3 do período de férias a que tiver direito em abono pecuniário. sempre que este o requerer no mês de Janeiro do correspondente ano. « Mudança de função. « Periodicamente. compensada a importância paga a título de adiantamento (10 parcela). (Programa de Prevenção de Riscos Ambientais) Este programa deverá ser elaborado obrigatóriamente por um engenheiro ou técnico de segurança do trabalho.P. O abono pecuniário deverá ser requerido até 15 dias antes do término no período aquisitivo.

« O objetivo do PAT é de proporcionar ao trabalhador.180 de 19/12/85) « Para o exercício do direito ao Vale Transporte. « Na emissão da Nota Fiscal deverá estar destacado o valor da retenção a título de RETENÇÃO PARA A SEGURIDADE SOCIAL. « A partir de Abril/2006. DESCANSO INTRAJORNADA O intervalo entre jornadas de trabalho não poderá ser menor que 11 horas. Fatura ou Recibo. « A participação no PAT concede a empresa tríbutada no Lucro Real redução do Imposto de Renda devido a título de incentivo fiscal. RETENÇÃO DE 11 % PARA O INSS SOBRE NOTAS FISCAIS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇO. Imediatamente após a assinatura do acordo. salvo se em convenção coletiva de trabalho estabelecer limite superior. « O desconto do empregado está limitado a 20% do valor do custo da alimentação fornecida. etc . . deverá solicitar ao Juiz a discriminação das parcelas (13°. limitado ao valor dos vales que houver recebido. o empregado imformará ao empregador por escrito o seu endereço completo e os meios necessários para seu deslocamento Residência / Trabalho e Trabalho / Residência.VALE TRANSPORTE (Lei 7418 DE 16/12/85. Decreto 92. « A data para recolhimento do valor retido será até o dia 02 do mês seguinte ao da emissão da Nota Fiscal.. « A empresa contratante de serviços mediante seção de mão-deobra deverá reter 11 % do valor bruto da Nota Fiscal. ) para o recolhimento dos encargos. ALIMENTAÇÃO (Portaria 87 MTB de 28/01/97) Todo empregador que fornecer alimentação ao empregado deverá se inscrever no PAT (Programa de Alimentação do Trabalhador). enviar cópia ao DPE-CCA para cálculo das devidas guias.. A remuneração da Hora Extra será pelo menos 50% superior a hora normal. « O valor a ser descontado do empregado corresponderá à 6% do seu salário básico. Férias. passou a ser permitido o fornecimento em dinheiro desde que o funcionário declare por escrito e assine o documento como recebido. FGTS. alimentação adequada à preservação de sua saúde. RECLAMATÓRIA TRABALHISTA Em todo acordo trabalhista a empresa através de seu advogado. HORA EXTRA A jornada normal de trabalho poderá ser acrescida de horas suplementares em número não excedente de 02 (duas).

salvo se em convenção coletiva de trabalho estabelecer limite superior. JORNADA DE TRABALHO REDUZIDA Toda empresa poderá contratar empregados para trabalharem com jornada reduzida e salário proporcional às horas trabalhadas. por força de Acordo ou Convenção Coletiva de Trabalho. o empregado deverá cumprir a jomada acrescendo as horas referente a este dia. . O empregado que contar com mais de 07 (sete) faltas no período aquisitivo terá seu período de férias reduzido à metade. a soma das jornadas semanais de trabalho previstas. o excesso de horas em um dia for compensado pela correspondente diminuição em outro dia. TRABALHO EM REGIME DE COMPENSAÇÃO DO SÁBADO Se o feriado cair em sábado. Não é permitido converter parte das férias em Abono Pecuniário nem o parcelamento em 02 períodos. de maneira que não exceda. ADICIONAL NOTURNO Todo empregado que trabalhar no horário compreendido entre 22:00 horas de um dia e 05:00 horas do dia seguinte. o empregado deverá cumprir a jornada normal. Não poderão fazer horas extras os empregados contratados em jornada reduzida. Se o feriado cair de segunda a sexta-feira. no período de um ano. Férias na Jornada Reduzida « 18 dias p/ jornada semanal superior a 22 horas até 25 horas « 16 dias p/ jornada semanal superior a 20 horas até 22 horas « 14 dias p/ jornada semanal superior a 15 horas até 20 horas « 12 dias p/ jornada semanal superior a 10 horas até 15 horas « 10 dias p/ jornada semanal superior a 05 horas até 10 horas « 08 dias p/ jornada igualou INFERIOR a 05 horas. fará jus ao Adicional Noturno correspondente a 20% do valor da hora normal de trabalho.BANCO DE HORAS Poderá ser dispensado o acréscimo de salário se. CONTRATAÇÃO DE COOPERATIVA A empresa que contratar cooperativa de trabalho deverá recolher para a Previdência 15% sobre a nota fiscal de prestação de serviços até o dia 02 do mês seguinte. nem seja ultrapassado o limite de 10 horas diárias. sem as horas suplementares para compensação deste dia ou remunerar as horas suplementares como horas extras.

até 03/2003. Após a extinção da escala. horas extras. será calculada sobre a remuneração auferida no mês. será o correspondente a remuneração por ele recebida em uma ou mais empresas ou pelo exercício de sua atividade por conta própria. é necessário que o contribuinte solicite da empresa uma cópia de GFIP que conste sua identificação completa. faltas. Informar Proventos e Descontos dos Empregados (adiantamento de salário. em doze meses a cada ano. durante o mês. . adicional notumo. O Contribuinte que não executa serviços para empresas contribuirá sobre a remuneração que receber de terceiros. enviar recibos de autônomos e notas fiscais de cooperativa de trabalho. gradativamente.PONTO A fim de evitar atropelos de última hora o ponto deve ser passado até o dia 21 de cada mês. 45% da contribuição devida pela empresa que o contratou. da sua contribuição mensal. Inscritos até 28/11/1999 Para os contribuintes inscritos até 28/11/1999. Podendo contribuir entre o salário mínimo e os 10 (dez) salários de referencia (teto máximo). Para que a dedução seja efetuada. a contribuição do contribuinte individual. FOLHA DE PAGAMENTO . seu salário de contribuição será em função do salário base constante da Escala de Salário Base. com seu nome e número de inscrição na Previdência e CNPJ da empresa. até sua extinção que ocorrerá em 12/2003. A progressão na escala está sujeita ao cumprimento do interstício de cada classe. etc. limitada a 9% do seu salário de contribuição.CONTRIBUINTE INDIVIDUAL . O número mínimo de permanência em cada classe da escala será reduzido.) e também informar os empregados afastados. Dedução O contribuinte sócio-administrador poderá deduzir.CONTRIBUIÇÃO PREVIDÊNCIÁRIA Inscritos a partir de 29/11/1999 O Salário de Contribuição do Contribuinte individual inscrito a partir de 29/11/1999. gratificações. sendo que o salário de contribuição não poderá ser inferior ao salário mínimo. observando os limites mínimo e máximo.

Inciso II. Descendentes ou Irmão. Ascendentes.01 dia a cada 12 meses. 62 da CLT.05 dias para nascimento de filho.02 dias se necessário para alistamento como eleitor. Art. Casamento. IV . em caso: Falecimento do Cônjuge. CARGO DE CONFIANÇA É equiparados no Art. os gerentes excedentes de cargo de gestão. III . os diretores e chefes de departamento ou filial. . Terá direito a uma gratificação de função correspondente a 40% do respectivo salário. 473 CLT I -Até 02 dias consecutivos.Até 03 dias consecutivos.AUSÊNCIAS JUSTIFICADAS. para doar sangue. Parágrafo único. II . V .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->