Você está na página 1de 1

Aluno: Maurcius Rambo Vogel Trabalho: Quadro Comparativo de curatela e tutela. Destinatrio Atos praticados na ausncia do assistente ou representante.

Efeitos Tipo processual Quem pode promover a ao Curatela Maiores Incapazes Todos so nulos No produz efeitos Interdio Pais ou tutores, cnjuge ou algum parente e pelo Ministrio Pblico Tutela Incapazes relativos Anulveis

Ao de tutela Qualquer parente. Em caso de no haver parentes ou destes serem desconhecidos, poder ser tutor uma pessoa prxima, desde que seja idnea, no tenha causas que venham contra os interesses do tutelado, e que esteja disposta a zelar pelo mesmo. Cabe ao tutor reger a vida da criana ou adolescente, proteg-lo quando necessrio, velar por ele e administrar-lhe os bens. Deve defend-lo, prover alimentao, sade e educao de acordo com seus recursos e condies. OBRIGATRIA - A prestao de contas um relatrio apresentado na forma contbil e encaminhado para o juzo periodicamente pelo advogado ou defensor pblico que representa o tutor e o tutelado, contendo a descrio dos ganhos financeiros e despesas administradas pelo tutor em prol do tutelado.

Deveres

Cabe ao curador reger a pessoa do interditado, proteg-lo, velar por ele e administrar-lhe os bens. Deve defend-lo, prover alimentao, sade e educao de acordo com suas condies. OBRIGATRIA - A prestao de contas um relatrio apresentado na forma contbil e encaminhado para o juzo periodicamente pelo advogado ou defensor pblico que representa o curador e o curatelado, contendo a descrio dos ganhos financeiros e despesas administradas pelo curador em prol do curatelado.

Prestao de contas

Porto Alegre 03/11/2011.