P. 1
Projeto de Pesquisa - Direitos Humanos - Indios

Projeto de Pesquisa - Direitos Humanos - Indios

|Views: 403|Likes:
Publicado porDaniel Ambrózio

More info:

Published by: Daniel Ambrózio on Nov 27, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/24/2014

pdf

text

original

DANIEL FELIPE AMBRÓZIO ZEFERINO

PROJETO DE PESQUISA DIREITOS HUMANOS DOS POVOS INDIGENAS

sob orientação do Prof.º José Roberto Bonome.CURSO DE DIREITO – UniEVANGÉLICA ANÁPOLIS . . como requisito parcial para obtenção do grau de bacharel em Direito.2010 DANIEL FELIPE AMBRÓZIO ZEFERINO PROJETO DE PESQUISA DIREITOS HUMANOS DOS TERRORISTAS Projeto de Pesquisa apresentado à disciplina Metodologia de Trabalho Científico.

2010 SUMÁRIO 1.2 Objetivos Específicos 5. TEMA 2. Objetivo Geral 4. JUSTIFICATIVA 3. PROBLEMATIZAÇÃO 4.1. BIBLIOGRAFIA 03 04 05 06 06 06 07 08 . OBJETIVOS 4.ANÁPOLIS . METODOLOGIA 6.

crenças e tradições. subjacente a todos os demais. . parece-nos deveras relevante e não pode. línguas.3 1. de elementos que contribuam com a sociedade nacional. enfim. outro enfoque. comunidades indígenas ou sociedades indígenas. é lamentável. muitas são as vertentes das quais podemos nos valer. mesmo diante de uma Constituição conhecida como Cidadã. que inegavelmente ampliou seus direitos. TEMA Para abordar juridicamente questões afetas a índios. Nesse contexto. seja iniciando pelo histórico dos sistemas de proteção que lhes foram conferidos pelas Constituições Federais Brasileiras. Entretanto. seguindo pela competência em processar e julgar lides que os envolvam. e legitimou-os processualmente para garantia a respectiva efetivação. com projetos de futuro. jamais. sobretudo como reconhecimento de sua organização social. de sorte a garantir aos povos indígenas o gozo pleno dos direitos e garantias fundamentais reconhecidos pela Constituição Federal e por Acordos e Convenções Internacionais. costumes. ou mesmo se atendo apenas à necessidade do reconhecimento de seus valores próprios. e porque não dizer revoltante. que os primeiros habitantes de nosso território ainda sejam tratados com espécie – e muitas vezes com indiferença .por meio de uma "escala hierárquica" de "menos ou mais evoluídos". ser relegado a plano que não seja o principal: a análise dos direitos indígenas sob a ótica constitucional dos direitos humanos.

.

uma causa econômica forte: a luta por terra. exatamente por serem especiais. A cultura.2. tradições. um enorme desprezo que a população "branca" dispensa aos índios. . mesmo que algumas destas sejam constitucionalmente asseguradas aos índios. encarando-o como um verdadeiro sacerdócio. pois mesmo passados 500 anos do descobrimento. A primeira impressão é que tais crimes assemelham-se àqueles que cotidianamente compõem as estatísticas de violência em nosso país. artigos. de forma dissimulada. JUSTIFICATIVA Esta pesquisa tem a finalidade de tentar reavivar de forma crítica este tema no nosso cotidiano. quando. em não raras vezes. e outras contribuições indígenas repassadas à sociedade como um todo. na verdade. Entretanto. este tema ainda é objeto de ensaios. não se furtam em denunciar o desrespeito que assola esses povos. sem reduzir a importância dos demais. estando os direitos indígenas positivados na nossa constituição federal. de dedicação por estudiosos que. resultante. Há um elemento que não pode ser desprezado: são minorias que receberam do constituinte originário uma proteção especial. porque não dizer. que de tempos em tempos preenche os noticiários com manchetes que refletem a ignorância de parcela da sociedade. de visões seculares equivocadas sobre o papel do indígena. Essa mentalidade de inferioridade traz à tona. livros. enfim. trazem consigo. são "agradecidas" com exemplos negativamente marcantes. os quais podemos citar. não é bem assim. crenças. os massacres de Yanomamis na Amazônia ou o assassinato do índio Galdino. queimado em via pública por jovens de classe média da capital nacional.

PROBLEMATIZAÇÃO Diante deste tema polêmico apresentado. faz-se necessário. . considerando apenas que vivem de forma talvez mais rudimentar. indagar às pessoas que não reconhecem os índios como seu semelhante o por que deste pensamento. já que estes possuem quase que a mesma rotina de alguém da sociedade urbana. com base na positivação dos direitos indígenas em um prisma interno e internacional de proteção dos direitos humanos.3.

Conhecer os direitos indígenas .2 Objetivos Específicos: .1 Objetivo Geral: A busca de tentar criar um pensamento de que os índios possuem direitos tanto quanto às pessoas que vivem no meio urbano e que devem ser respeitados de igual para igual.6 4. 4. OBJETIVOS 4.

pesquisa bibliográfica na biblioteca da universidade Unievangélica. jurisprudência.5. METODOLOGIA Esta pesquisa é de caráter descritivo onde foi utilizado na coleta de dados a legislação doutrina. . além da internet onde foi feita a maior parte da pesquisa por ser um local onde se pode ler e basear sua pesquisa em vários escritores / pensadores diferentes com a comodidade de não precisar ficar visitando bibliotecas. pesquisas descritivas.

São Paulo: Moderna. Ulisses F. Disponível em: <http://jus. Disponível em: < http://pib.org/pt/c/direitos/estatutodo-Indio/introducao> Acesso em: 02 dez. Júlio Groppa. LOBO.socioambiental. NOVAES. MONTEIRO.org. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS Material da Internet Os direitos humanos dos povos indígenas no Brasil. Cidadania em Preto e Branco: discutindo as relações sociais. 2010. n. Teresina. Jus Navigandi. BIBLIOGRAFIA Livros: ARAÚJO. ano 10.com. BENTO. 2010. São Paulo: Ática. Cidadania para principiantes: a história dos direitos do homem. Carlos Eduardo.htm> Acesso em: 2 dez. 2004. São Paulo: Ática. Os Direitos Humanos na Sala de Aula: A Ética Como Tema Transversal. 907. 27 dez. Disponível em: <http://www..6. 2005. Povos indígenas no Brasil. Direitos indígenas: proteção necessária à luz dos direitos humanos.br/revista/texto/7760>.uol.dhnet. Maria Aparecida Silva. 2002. Eduardo Martins Neiva. 2001.br/educar/redeedh/bib/oea97. César. Acesso em: 2 dez. . AQUINO. 2010.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->