P. 1
CIVILIZAÇÃO DA BORRACHA

CIVILIZAÇÃO DA BORRACHA

|Views: 1.540|Likes:
Publicado porÍcaro de Mendonça

More info:

Published by: Ícaro de Mendonça on Nov 30, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPTX, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

08/11/2013

pdf

text

original

Civilização da Borracha: A expansão e o declínio

O café do sudeste e a Borracha da Amazônia • A importância da Borracha para a organização social e econômica do Brasil.2% do açúcar.8% e o açúcar 30.3% do café e 1. .2% contra 51.1%. • Após a crise açucareira no Nordeste e o surto exportativo da borracha em 1910 a sua exportação representava 28. • Na década de 1850 a borracha representava 2.3% das exportações brasileiras e o café representava 48.

. em 1735. que ele conhecera durante viagem ao Peru. • Charles de la Condamine foi o primeiro a fazer um estudo científico sobre a borracha.Negócios Iniciais na Borracha da Amazônia • A borracha já era conhecida dos índios antes do descobrimento da América. Em 1525. P. d'Anghieria relatou ter visto os índios mexicanos jogarem com bolas elásticas.

• O norte-americano Charles Goodyear em 1839 descobre o processo de vulcanização (calor e enxofre) .

.

– Província do Amazonas. – Acre.• Áreas internas de produção: – Província do Pará. • Crescimento da exportação – Disponibilidade de mão-de-obra. – O mercado internacional .

.

.

• Principais consumidores: EUA e Inglaterra. • 20 anos de pura produção e expansão – BOOM DA BORRACHA .W Thomson patenteu na inglaterra em 1845 o “cinto elástico”.Demanda externa: europeus e norte-americanos • R. • Em 1888 John Boyd Dunlop inventou a pneumática: bicicletas e automóveis.

Declínio do latex • A era da Borracha silvestre chegava ao fim – Jardim Botânico de Kew (ING) e Royal Botanic Gardens (IND). em 1876. – Henry Wickman. a que produzia o látex de melhor qualidade. . a hevea brasiliensis. levou à Europa mudas de seringueiras nativas da Amazônia.

– A produção asiática era feita de forma diferente da do Brasil. – também tinha a seu favor fretes reduzidos e transportes fáceis. ou seja. Era organizada e racional e logo suplantou a produção amazônica. – Outro ponto a favor da produção asiática era a mão-deobra barata e abundante. todo o custo de produção na Ásia era inferior ao da Amazônia.– as mudas que vingaram foram reembarcadas para o Ceilão e novas mudas foram sendo recolhidas na Amazônia e enviadas às colônias inglesas e holandesas na Ásia. .

Vietnã e outros países da Indochina • Abandono do capital estrangeiro.• O Brasil e a falta de planejamentos. • Competidores: 1. África 3. Ceilão 2. .

• 1912: Plano de defesa da Borracha. . industrial e agrícola.Projetos Tardios para a “Valorização da Borracha” • 1910: Congresso comercial. • 1911: criação do Sindicato de “valorização” do produto – Liga dos aviadores + Banco do Brasil.

Vão-se os ricos e ficam os pobres • Cataclismo arrasador. • A riqueza amazônica sem desfaz em fumaça .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->