Você está na página 1de 2

10/10/11 Caractersticas e criticas ao Estruturalismo.

Antropologia Sistmica (Final da 1 Unidade) Mtodo que estuda atividades diversas, analisando as interdependncias entre as partes. O todo maior que a simples soma das partes. As partes integram o todo e o todo se constitui das partes. Quando h mudanas, nem o todo, nem as partes permanecem as mesmas. Crticas ao Estruturalismo: procede por reduo e extrapolao: sobre a noo se estrutura h uma ideologia do equilbrio entre foras. a ideologia do Status quo, da coexistncia pacfica, da estruturao do mundo sob o signo da paz; a ideologia daquele que tm medo de mudanas e querem manter as coisas como esto. Enquanto Mtodo, o Estruturalismo incontestvel. Mas, como um mtodo pode ser cientfico de um lado e ideologicamente errado de outro; A proposta Marxista para o Estruturalismo com a Dialtica que promove uma mudana que vem de fora. A estrutura constituda de partes que ao longo desenvolvimento do todo, se descobrem, se diferenciam e ganham autonomia umas sobre as outras, mas mantm a integrao entre elas; O conceito de Infraestrutura e Superestrutura de Marx explica esta relao de integrao, mas comando para ser da infraestrutura; A antropologia sistmica: Cada cultura comparada a peas de um quebra-cabea, a um mosaico; A cultura no tratada como dada, mas construda pelo sistema; Estuda-se a lgica de cada cultura e a variabilidade de culturas como produo do espirito humano inconsciente; A Antropologia de Comunicao estuda as modalidades de comunicao entre os Homens, na formao de sistemas de trocas e integrando aquilo que se da ao nvel no verbal, como os gestos, sensaes, posturas, etc.; A Etnopsiquiatria uma ptria interdisciplinar que procura entender as dimenses tnicas dos distrbios mentais e a psicopatologia dimensionada pela cultura; As caractersticas do Estruturalismo francs: 1. Importncia dada aos modelos epistemolgicos e a transferncia de um mtodo para outro. 2. A Comunicao um complexo de elementos em uma determinada situao. 3. A experincia etnogrfica a de um encontro entre a Natureza e a cultura: estrutura inata do espirito humano. 4. No h relao de causalidade entre dois fenmenos, mas correlaes funcionais. 5. Ruptura com o atomismo que considera aos elementos independentes da totalidade.

6. Ruptura com o Empirismo: para alcanar o real preciso primeiro, repudiar o vivido. A Antropologia Moderna parte do Principio de incerteza de Huserburg que diz ser impossvel determinar a posio de um eltron, pois a nossa observao cria uma situao que o modifica. E a teoria da fsica quntica aplica a rea da Antropologia.

Você também pode gostar