Você está na página 1de 84
Ética Profissional Ma. Edilene Xavier Rocha Garcia Palavras chave: Dialética, História, Renovação, Desafios. 1
Ética Profissional
Ma. Edilene Xavier Rocha Garcia
Palavras chave: Dialética, História,
Renovação, Desafios.
1

Conteúdo

AbordaConteúdo Serviço Social e ética: a constituição de uma imagem renovada , de Fátima Grave Ortiz.

Conteúdo Aborda Serviço Social e ética: a constituição de uma imagem renovada , de Fátima Grave

Serviço

Social

e

ética:

a

constituição

de

uma

imagem

renovada , de Fátima Grave Ortiz.

de uma imagem renovada , de Fátima Grave Ortiz. social Notas reflexivas sobre a relação de

social

de uma imagem renovada , de Fátima Grave Ortiz. social Notas reflexivas sobre a relação de

Notas reflexivas sobre a relação de custódia e o exercício profissional: o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico , de Rosilene Dantas e Tania Maria Dahmer Pereira.

o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico , de Rosilene Dantas e Tania Maria
o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico , de Rosilene Dantas e Tania Maria

Conteúdo

Conteúdo Observa a dialética em torno do Serviço Social sobre sua orientação inicial voltada à filantropia

Observa a dialética em torno do Serviço Social sobre sua orientação inicial voltada à filantropia e à caridade se contrapondo à nova orientação da profissão.

Conteúdo

Conteúdo Do ponto de vista ético demonstra a construção da nova democracia no Brasil e a

Do ponto de vista ético demonstra a construção da nova democracia no Brasil e a reorganização da categoria profissional, principalmente a respeito do Código de Ética e da lei de regulamentação da profissão.

Conteúdo

Conteúdo Do ponto de vista prático, assinala um campo profissional relacionado à execução penal, nos hospitais

Do ponto de vista prático, assinala um campo profissional relacionado à execução penal, nos hospitais e unidades prisionais, onde discutirá a moralidade da época atual.

Objetivos de Aprendizagem

Objetivos de Aprendizagem Identificar os principais princípios que profissional do norteiam relacionados a ética à

Identificar os principais princípios que

profissional

do

norteiam

relacionados

a

ética

à

autoimagem

assistente social.

Objetivos de Aprendizagem

Objetivos de Aprendizagem Compreender relação o projeto ético-político e a atitude renovada do profissional. a entre

Compreender

relação

o

projeto ético-político e a atitude

renovada do profissional.

a

entre

Objetivos de Aprendizagem

Entender os dilemas éticos acerca da custódia (judiciário/sistema carcerário)

e

(hospitais/manicômios).

os dilemas éticos acerca da custódia (judiciário/sistema carcerário) e (hospitais/manicômios). da saúde mental 8

da

saúde

mental

Uma Receita de Sucesso

Textos Complementares. Livro-texto. Dicionário.
Livro-texto. Textos Complementares. Dicionário.
Dicionário.Textos Complementares. Livro-texto.

Uma Receita de Sucesso Textos Complementares. Livro-texto. Dicionário. 9

9

Uma Receita de Sucesso Textos Complementares. Livro-texto. Dicionário. 9

Inicialmente

O Serviço Social brasileiro apresenta uma imagem peculiar.

Vincula-se à defesa dos direitos e aos interesses da classe trabalhadora.Inicialmente O Serviço Social brasileiro apresenta uma imagem peculiar. Fruto da trajetória sociohistórica. 10

Vincula-se à defesa dos direitos e aos interesses da classe trabalhadora. Fruto da trajetória sociohistórica. 10
Vincula-se à defesa dos direitos e aos interesses da classe trabalhadora. Fruto da trajetória sociohistórica. 10

Fruto da trajetória sociohistórica.

Inicialmente

A defesa dos direitos da classe trabalhadora deriva de um esforço de renovação política pela qual passa a profissão.Inicialmente Buscando uma nova ordem societária (sem exploração e com indivíduos emancipados). 11

Buscando uma nova ordem societária (sem exploração e com indivíduos emancipados).defesa dos direitos da classe trabalhadora deriva de um esforço de renovação política pela qual passa

Inicialmente

Inicialmente Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade

Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade e filantropia).

Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade e
Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade e
Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade e

12

Todavia esses traços de renovação convivem com as marcas de origem do Serviço Social (caridade e

Convivência Dialética do SS

Constitui a imagem do SS brasileiro:Convivência Dialética do SS A mocinha boazinha defende direitos. X aquela que X 13

Convivência Dialética do SS Constitui a imagem do SS brasileiro: A mocinha boazinha defende direitos. X

A

mocinha

boazinha

defende direitos.

X aquela

que

Convivência Dialética do SS Constitui a imagem do SS brasileiro: A mocinha boazinha defende direitos. X
Convivência Dialética do SS Constitui a imagem do SS brasileiro: A mocinha boazinha defende direitos. X

X

13

Convivência Dialética do SS Constitui a imagem do SS brasileiro: A mocinha boazinha defende direitos. X

Constituição Histórica do SS

No Brasil o SS se consolidou como profissão na década de 1930 .

Quando se fixava o projeto reformista- conservador.Histórica do SS No Brasil o SS se consolidou como profissão na década de 1930 .

na década de 1930 . Quando se fixava o projeto reformista- conservador. Era um SS afinado
na década de 1930 . Quando se fixava o projeto reformista- conservador. Era um SS afinado

Era um SS afinado com o capitalismo.

Constituição Histórica do SS

de

caráter político e ideológico.

Os desdobramentos da produção industrial sobre a classe trabalhadora exigiu nova postura por parte do Estado e das elites.Constituição Histórica do SS de caráter político e ideológico. Esse impôs medidas processo 15

Esseindustrial sobre a classe trabalhadora exigiu nova postura por parte do Estado e das elites. impôs

impôs

medidas

processo

Constituição Histórica do SS

Na década de 1940 foram constituídos serviços e políticas sociais.Constituição Histórica do SS as expressões da questão social. Com objetivo de enfrentar o 16

as

expressões da questão social.

Comde 1940 foram constituídos serviços e políticas sociais. as expressões da questão social. objetivo de enfrentar

objetivo

de

enfrentar

o

Constituição Histórica do SS

SS constitui-se como

profissão inserida na divisão social e

Histórica do SS SS constitui-se como profissão inserida na divisão social e Assim o técnica do

Assim

o

técnica do trabalho.

Histórica do SS SS constitui-se como profissão inserida na divisão social e Assim o técnica do

17

Histórica do SS SS constitui-se como profissão inserida na divisão social e Assim o técnica do

Constituição Histórica do SS

da

convergência de forças do Estado, da

Igreja e da burguesia.

Atuade forças do Estado, da Igreja e da burguesia. interesses. estes O SS consolida partir se

interesses.

estes

forças do Estado, da Igreja e da burguesia. Atua interesses. estes O SS consolida partir se

O

SS

consolida

partir

se

a

(nesta

época)

segundo

Constituição Histórica do SS

Constituição Histórica do SS O SS volta-se para a família em especial para mulher. A autora

O

SS

volta-se

para

a

família

em

especial para mulher.

A autora destaca que isso representa o pensamento da Doutrina Social Cristã, no qual a família é a celular máter.Constituição Histórica do SS O SS volta-se para a família em especial para mulher. 19

Doutrina Social Cristã

das

estruturas mais importantes para a

realização da salvação do homem (ORTIZ, 2011, p. 125).

mais importantes para a realização da salvação do homem (ORTIZ, 2011, p. 125). A família consiste

A

família

consiste

em

uma

mais importantes para a realização da salvação do homem (ORTIZ, 2011, p. 125). A família consiste
mais importantes para a realização da salvação do homem (ORTIZ, 2011, p. 125). A família consiste

20

mais importantes para a realização da salvação do homem (ORTIZ, 2011, p. 125). A família consiste

Constituição Histórica do SS

Constituição Histórica do SS A partir da referência católica burguesa a família que não zelar pela

A partir da referência católica burguesa a família que não zelar pela educação e caráter de seus membros é considerada desestruturada.

Constituição Histórica do SS

Constituição Histórica do SS Assim os assistente sociais tendiam a considerar a família desestruturada como objeto

Assim os assistente sociais tendiam a considerar a família desestruturada como objeto de intervenção profissional.

Assim os assistente sociais tendiam a considerar a família desestruturada como objeto de intervenção profissional. 22
Assim os assistente sociais tendiam a considerar a família desestruturada como objeto de intervenção profissional. 22

Família Desestruturada

Pais separados.Família Desestruturada Mães solteiras ou trabalhadoras. Pais desconhecidos ou alheios educação dos filhos. à 23

Mães solteiras ou trabalhadoras.Família Desestruturada Pais separados. Pais desconhecidos ou alheios educação dos filhos. à 23

PaisDesestruturada Pais separados. Mães solteiras ou trabalhadoras. desconhecidos ou alheios educação dos filhos. à 23

desconhecidos

ou

alheios

educação dos filhos.

à

Constituição Histórica do SS

Verifica-se desestruturadas sempre existirão.

problemas sociais

decorrentes de sua inoperância quanto a boa conduta moral de seus filhos.

famílias

e

decorrentes de sua inoperância quanto a boa conduta moral de seus filhos. famílias e que sempre
decorrentes de sua inoperância quanto a boa conduta moral de seus filhos. famílias e que sempre

que

sempre

decorrentes de sua inoperância quanto a boa conduta moral de seus filhos. famílias e que sempre

existiram

decorrentes de sua inoperância quanto a boa conduta moral de seus filhos. famílias e que sempre

Gerando

Código de Ética de 1965

O assistente social deve zelar

O assistente social deve zelar

pela

família,

grupo

natural

para

o

desenvolvimento da pessoa humana e

base

seus

direitos

e

favoreçam

medidas que

defendendo

essencial

e

a

da

sociedade,

de

prioridade

encorajando

sua

estabilidade

integridade.

Códigos de Ética do SS

Os códigos de Ética de 1947, 1965 e 1975 atribuem o homem como pessoa humana.

Códigos de Ética do SS Os códigos de Ética de 1947, 1965 e 1975 atribuem o

Códigos de Ética 1947

Compromisso com os direitos naturais do homem.Códigos de Ética 1947 a dignidade humana Respeita beneficiário pessoa do SS no da inspirando-se na

a

dignidade

humana

Respeitacom os direitos naturais do homem. a dignidade humana beneficiário pessoa do SS no da inspirando-se

beneficiário

pessoa

do

SS

no

da

inspirando-se na caridade cristã.

Códigos de Ética 1965

Códigos de Ética 1965 Respeito à dignidade da pessoa humana que por sua natureza é um

Respeito

à

dignidade

da

pessoa

humana que por sua natureza é um ser

livre e inteligente.

Códigos de Ética 1975

O valor central é a pessoa humana.Códigos de Ética 1975 Numa visão personalista vê a pessoa humana como central. 29

Numa visão personalista vê a pessoa humana como central.Códigos de Ética 1975 O valor central é a pessoa humana. 29

Pessoa Humana

Pessoa Humana Um ente abstrato, a-histórico, portador de direitos naturais. A-hitórico: pessoas que fizeram parte da

Um

ente

abstrato,

a-histórico,

portador de direitos naturais.

A-hitórico:ente abstrato, a-histórico, portador de direitos naturais. pessoas que fizeram parte da história. Nega o processo

pessoas que fizeram parte da história.

Nega

o

processo

ou

Pessoa Humana

As carências destePessoa Humana ente devem ser identificadas e tratadas pela assistente social. Em face de sua condição

Pessoa Humana As carências deste ente devem ser identificadas e tratadas pela assistente social. Em face

ente

Pessoa Humana As carências deste ente devem ser identificadas e tratadas pela assistente social. Em face

devem ser

identificadas e tratadas pela assistente

social.

Em face de sua condição feminina é naturalmente talhada para a compreensão do problema alheio.Pessoa Humana As carências deste ente devem ser identificadas e tratadas pela assistente social. 31

Pessoa Humana

Pessoa Humana Nesta perspectiva a aproximação com o beneficiário incidiu na imagem socialmente construída do

Nesta perspectiva a aproximação com o beneficiário incidiu na imagem socialmente construída do assistente social.

Nesta perspectiva a aproximação com o beneficiário incidiu na imagem socialmente construída do assistente social. 32
Nesta perspectiva a aproximação com o beneficiário incidiu na imagem socialmente construída do assistente social. 32

32

Nesta perspectiva a aproximação com o beneficiário incidiu na imagem socialmente construída do assistente social. 32

Assistente Social

Assistente Social Voltado para a intervenção cotidiana cabe ao assistente social promover a mudança no comportamento

Voltado para a intervenção cotidiana cabe ao assistente social promover a mudança no comportamento do usuário, via processo de ajustamento.

Assistente Social

É entendido como um agente capaz de desistoricizar as expressões da questão social.

Questão social: passa a ser entendida como desvios, disfunções, anomalias que carecem de tratamento.

social. Questão social: passa a ser entendida como desvios, disfunções, anomalias que carecem de tratamento. 34
social. Questão social: passa a ser entendida como desvios, disfunções, anomalias que carecem de tratamento. 34
social. Questão social: passa a ser entendida como desvios, disfunções, anomalias que carecem de tratamento. 34
social. Questão social: passa a ser entendida como desvios, disfunções, anomalias que carecem de tratamento. 34

Assistente Social

Além disso a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir, que aconselha.

a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir,
a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir,
a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir,
a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir,

35

a aproximação com seu cliente fortaleceu a perspectiva de um profissional que acolhe, que sabe ouvir,

Código de Ética de 1986

Código de Ética de 1986 Um código radicalmente novo. Fundado em uma ética diferente da tradicional.

Um código radicalmente novo.

Fundado em uma ética diferente da tradicional.Código de Ética de 1986 Um código radicalmente novo. a constituição Estabelecem-se de bases nova as

a

constituição

em uma ética diferente da tradicional. a constituição Estabelecem-se de bases nova as uma para imagem

Estabelecem-se

de

bases

nova

as

uma

para

imagem

profissional.

Projeto Ético-Político do SS

Os anos 80 materializaram no SS brasileiro um processo de renovação e amadurecimento.Projeto Ético-Político do SS Graças à crise da ditadura o SS brasileiro vincula-se aos interesses da

Graças à crise da ditadura o SS brasileiro vincula-se aos interesses da classe trabalhadora.Projeto Ético-Político do SS Os anos 80 materializaram no SS brasileiro um processo de renovação e

Projeto Ético-Político do SS

Busca por uma legitimidade além da tradicionalmente conquistada.Projeto Ético-Político do SS na luta pela democracia nacional. Com isso engaja-se 38

na luta pela

democracia nacional.

ComSS Busca por uma legitimidade além da tradicionalmente conquistada. na luta pela democracia nacional. isso engaja-se

isso

engaja-se

Projeto Ético-Político do SS

Projeto Ético-Político do SS Trata de conceber a profissão como uma especialização do agora se trabalho

Trata

de

conceber

a

profissão como uma especialização do

agora

se

trabalho coletivo.

Inscrita na divisão social do trabalho.como uma especialização do agora se trabalho coletivo. Com seus sujeitos sociais submetidos à lógica do

Com seus sujeitos sociais submetidos à lógica do mercado.

trabalho coletivo. Inscrita na divisão social do trabalho. Com seus sujeitos sociais submetidos à lógica do

Projeto Ético-Político do SS

O mercado impõe a estes sujeitos sociais formas objetivas e subjetivas de trabalho.Projeto Ético-Político do SS O autoreconhecimento como força de trabalho assalariada reconfigura a autoimagem

O autoreconhecimento como força de trabalho assalariada reconfigura a autoimagem profissional e revela, ao mesmo tempo, os limites da profissão.Projeto Ético-Político do SS O mercado impõe a estes sujeitos sociais formas objetivas e subjetivas de

Projeto Ético-Político do SS

O tensionamento da questão social, o esvaziamento das políticas públicas impulsiona o SS nos anos 90 à uma definição política.Projeto Ético-Político do SS Obriga a um posicionamento de resistência face a crise do capital e

Obriga a um posicionamento de resistência face a crise do capital e o neoliberalismo.

90 à uma definição política. Obriga a um posicionamento de resistência face a crise do capital
90 à uma definição política. Obriga a um posicionamento de resistência face a crise do capital
90 à uma definição política. Obriga a um posicionamento de resistência face a crise do capital

José Paulo Netto

Que não se limite a normatizações morais ou prescrição de direitos e deveres.José Paulo Netto Mas a escolhas teóricas, ideológicas e políticas. 42

Mas a escolhas teóricas, ideológicas e políticas.José Paulo Netto Que não se limite a normatizações morais ou prescrição de direitos e deveres.

Projeto Ético-Político do SS

Projeto Ético-Político do SS O projeto político profissional em vigor é materializado a partir do reconhecimento

O projeto político profissional em vigor é materializado a partir do reconhecimento da teoria social crítica como substrato teórico.

Código de Ética de 1993

AfirmaCódigo de Ética de 1993 manutenção o fortalecimento das conquista de 1986. Seu grande salto foi

manutenção

o

fortalecimento das conquista de 1986.

Seu grande salto foi a afirmação de valores emancipadores universais e não mais restritos a uma classe específica.Código de Ética de 1993 Afirma manutenção o fortalecimento das conquista de 1986. a e 44

a

e

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 Fundamentado na ontologia social de Marx, concebe a liberdade como resultado

Fundamentado na ontologia social de Marx, concebe a liberdade como resultado da práxis (ação concreta) humana.

1993 Fundamentado na ontologia social de Marx, concebe a liberdade como resultado da práxis (ação concreta)

45

1993 Fundamentado na ontologia social de Marx, concebe a liberdade como resultado da práxis (ação concreta)

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 E consequentemente um fenômeno natural gerado a partir do trabalho. 46

E

consequentemente

um

fenômeno

natural gerado a partir do trabalho.

Código de Ética de 1993 E consequentemente um fenômeno natural gerado a partir do trabalho. 46

46

Código de Ética de 1993 E consequentemente um fenômeno natural gerado a partir do trabalho. 46

Código de Ética de 1993

Entende a democracia como padrão de organização política.Código de Ética de 1993 E a cidadania como um conjunto de princípios capazes de engendrar

E a cidadania como um conjunto de princípios capazes de engendrar as condições objetivas e subjetivas para o aprofundamento desta liberdade.Código de Ética de 1993 Entende a democracia como padrão de organização política. 47

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 Considera que a defesa dos valores emancipatórios e universais não podem

Considera que a defesa dos valores emancipatórios e universais não podem renunciar a defesa intransigente dos direitos humanos.

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 Ao contrário do Código de 1986 traz princípios esta defesa. capazes

Ao contrário do Código de 1986 traz

princípios

esta defesa.

capazes

de

operacionalizar

Código de Ética de 1993

É a luta pela emancipação política e o empenho na eliminação de todas as formas de preconceito e discriminação.

É a luta pela emancipação política e o empenho na eliminação de todas as formas de

Código de Ética de 1993

A eliminação de todas as formas de preconceito e discriminação implica em prestar serviços de qualidade à população.Código de Ética de 1993 Representa sociedade mais justa e igualitária. uma construção de a 51

Representaimplica em prestar serviços de qualidade à população. sociedade mais justa e igualitária. uma construção de

sociedade mais justa e igualitária.

uma

construção

de

a

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 Para que isto ocorra o sujeito profissional deve ser competente do

Para

que

isto

ocorra o sujeito

profissional deve ser competente do ponto de vista ético-político, teórico- metodológico, técnico-operativo e investigativo.

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 Traz como um de seus Princípios Fundamentais qualidade dos o compromisso

Traz

como

um

de

seus

Princípios

Fundamentais

qualidade dos

o

compromisso

compromisso

compromisso

prestados

serviços

serviços

da

à

população

intelectual,

competência profissional.

e

o

aprimoramento

da

perspectiva

na

Código de Ética de 1993

Código de Ética de 1993 A qualidade dos serviços prestados à população está diretamente relacionada ao

A qualidade dos serviços prestados à população está diretamente relacionada ao aprimoramento intelectual do profissional!

dos serviços prestados à população está diretamente relacionada ao aprimoramento intelectual do profissional! 54

54

dos serviços prestados à população está diretamente relacionada ao aprimoramento intelectual do profissional! 54

Código de Ética de 1993

Esta competência profissional funda- se no pluralismo.Código de Ética de 1993 Pluralismo Ecletismo. 55

Código de Ética de 1993 Esta competência profissional funda- se no pluralismo. Pluralismo Ecletismo. 55
Código de Ética de 1993 Esta competência profissional funda- se no pluralismo. Pluralismo Ecletismo. 55

Pluralismo Ecletismo.

Código de Ética de 1993

SignificaCódigo de Ética de 1993 reconhecer que há diferentes corretes teórico-políticas. E trava uma diálogo com

reconhecer

que

diferentes corretes teórico-políticas.

E trava uma diálogo com elas.Código de Ética de 1993 Significa reconhecer que há diferentes corretes teórico-políticas. 56

A Relação de Custódia

Sinaliza uma direção e uma identidade singular do nosso trabalho.A Relação de Custódia O campo de execução penal está Sistema de Justiça Criminal brasileiro. vinculado

O campo de execução penal estáuma direção e uma identidade singular do nosso trabalho. Sistema de Justiça Criminal brasileiro. vinculado ao

Sistema de Justiça

Criminal brasileiro.

vinculado

ao

A Relação de Custódia

O campo de execução penal resulta das formas de punição adotadas que substituem os castigos corporais.A Relação de Custódia Foucault (1986) adverte que a punição é restritiva da sociedade capitalista. 58

Foucault (1986) adverte que a punição é restritiva da sociedade capitalista.de Custódia O campo de execução penal resulta das formas de punição adotadas que substituem os

A Relação de Custódia

Uma vez que reprime e exclui.A Relação de Custódia No feudalismo os castigos eram corporais. da economia mercantil os mendigos eram

A Relação de Custódia Uma vez que reprime e exclui. No feudalismo os castigos eram corporais.

No

feudalismo

os

castigos

eram

corporais.

da economia

mercantil os mendigos eram internados a fim de obterem um exército de trabalhadores dóceis .

Nosda economia mercantil os mendigos eram internados a fim de obterem um exército de trabalhadores dóceis

primórdios

economia mercantil os mendigos eram internados a fim de obterem um exército de trabalhadores dóceis .
economia mercantil os mendigos eram internados a fim de obterem um exército de trabalhadores dóceis .

A Relação de Custódia

A Relação de Custódia As autoras discutem que aprisionamento política de acolher os sobrantes mercado. o

As

autoras

discutem

que

aprisionamento

política de acolher os sobrantes mercado.

o

função

do

cumpre

a

de acolher os sobrantes mercado. o função do cumpre a Prisão seria um populações indesejadas .

Prisão seria umpolítica de acolher os sobrantes mercado. o função do cumpre a populações indesejadas . aspirador social

populações indesejadas .

aspirador social de

A Relação de Custódia

Verifica-se que o cotidiano em que se aplica a relação de custódia está repleto de violação de direitos.A Relação de Custódia Ex: a mãe que não tinha a roupar da cor exigida pela

Ex: a mãe que não tinha a roupar da cor exigida pela instituição; e a revista dos visitantes às instituições penais.Verifica-se que o cotidiano em que se aplica a relação de custódia está repleto de violação

A Relação de Custódia

A relação de custódia se dá sob uma meticulosa burocracia.A Relação de Custódia Além dos papéis (documentos) impõem-se disciplina, manutenção da ordem, vigilância, visando

Além dos papéis (documentos) impõem-se disciplina, manutenção da ordem, vigilância, visando a segurança.A Relação de Custódia A relação de custódia se dá sob uma meticulosa burocracia. 62

A Relação de Custódia

Cada técnico zela por cumprir bem sua função.A Relação de Custódia Sem considerar o ponto de vista ético de suas ações. 63

Sem considerar o ponto de vista ético de suas ações.A Relação de Custódia Cada técnico zela por cumprir bem sua função. 63

A Relação de Custódia

Estabelece polos de contradição.A Relação de Custódia De um lado a segregação. De outro a satisfação das necessidades básicas

De um lado a segregação.A Relação de Custódia Estabelece polos de contradição. De outro a satisfação das necessidades básicas do

polos de contradição. De um lado a segregação. De outro a satisfação das necessidades básicas do

De

outro

a

satisfação

das

necessidades básicas do punido.

Autora acredita que esta contradição jamais será superada.polos de contradição. De um lado a segregação. De outro a satisfação das necessidades básicas do

A Relação de Custódia

Ferreira (2000) assinala que custódiaA Relação de Custódia é segurança . mais que a ação Implica guardar, de guardar em

é

segurança .

mais

que

(2000) assinala que custódia é segurança . mais que a ação Implica guardar, de guardar em

a

ação

Implicaassinala que custódia é segurança . mais que a ação guardar, de guardar em proteger, cuidar,

guardar,

de

é segurança . mais que a ação Implica guardar, de guardar em proteger, cuidar, assistir, coagir,

guardar

em

proteger,

cuidar,

assistir, coagir, regular, controlar.

A Relação de Custódia

Como aplicar o Código de Ética nesse processo?

A Relação de Custódia Como aplicar o Código de Ética nesse processo? 66
A Relação de Custódia Como aplicar o Código de Ética nesse processo? 66

66

A Relação de Custódia Como aplicar o Código de Ética nesse processo? 66

A Relação de Custódia

O SS tem como foco a mobilização deA Relação de Custódia recursos processo de para o desinternação. Deve ter a preocupação em efetivar

recursos

processo de

para

o

desinternação.

Deve ter a preocupação em efetivar a inclusão social dessa população com o resgate de sua cidadania.A Relação de Custódia O SS tem como foco a mobilização de recursos processo de para

A Relação de Custódia

Necessitamos de amadurecimento.A Relação de Custódia É preciso reflexão, discussão e observação do cotidiano para a

Épreciso reflexão, discussão e

preciso

reflexão,

discussão

e

observação

do

cotidiano

para

a

construção de algo novo.

Com foco no sujeito, sem perder de vista a totalidade.preciso reflexão, discussão e observação do cotidiano para a construção de algo novo. 68

Considerações Finais

AConsiderações Finais chamada intenção de ruptura da histórico conservadorismo do SS. No séc. XXI é preciso

chamada

Considerações Finais A chamada intenção de ruptura da histórico conservadorismo do SS. No séc. XXI é

intenção

de

ruptura

Considerações Finais A chamada intenção de ruptura da histórico conservadorismo do SS. No séc. XXI é

da

histórico

conservadorismo do SS.

No séc. XXI é preciso considerar as possíveis ameaças ao caminho percorrido até aqui.A chamada intenção de ruptura da histórico conservadorismo do SS. superação constitui um marco do no

superação

constitui um

marco

do

no

sentido

Considerações Finais

É um desafio consolidar nosso projeto ético-político frente ao processo de acumulação vigente.Considerações Finais A ruptura com o conservadorismo foi uma opção política nacional. 70

A ruptura com o conservadorismo foi uma opção política nacional.Finais É um desafio consolidar nosso projeto ético-político frente ao processo de acumulação vigente. 70

Considerações Finais

Considerações Finais O que nos coloca isolacionismo internacional. em um Ao discutir se o projeto ético-político

O

que

nos

coloca

isolacionismo

internacional.

em

um

Ao discutir se o projeto ético-político é hegemônico há que considerar que o projeto profissional do SS brasileiro não perdeu sua autonomia.Considerações Finais O que nos coloca isolacionismo internacional. em um 71

Considerações Finais

Ainda que o contexto internacional aponte para outra direção.Considerações Finais É preciso denunciar neoconservadorismo. o 72

Finais Ainda que o contexto internacional aponte para outra direção. É preciso denunciar neoconservadorismo. o 72

É

preciso

denunciar

neoconservadorismo.

o

Reflexão

Onde quer que haja mulheres e homens, há sempre o que fazer, há sempre o que ensinar, há sempre o que aprender.

Paulo Freire 73 Disponível em < http://www.goo gle.com.br/imgres?imgurl=http://www.onordeste.co
Paulo Freire
73
Disponível em <
http://www.goo gle.com.br/imgres?imgurl=http://www.onordeste.co m/administrador/personalidades/imagemPersonalida de/39e61ca2f023faa5e05
df4e09d2cce8 e273.jpg&imgrefurl=http://www.onordeste.com/onord este/enciclopediaNordeste/index.php%3Ftitulo%3DP aulo%2BFreire%26ltr%3D
p%26id_perso %3D265&h=380&w=379&sz=55&tbnid=41FtCK3YLUk PyM:&tbnh=95&tbnw=95&prev=/search%3Fq%3Dfoto %2Bde%2Bpaulo%2Bfreir
e%26tbm%3Di sch%26tbo%3Du&zoom=1&q=foto+de+paulo+freire&d ocid=hHIqaSzmbYDufM&hl=pt-
BR&sa=X&ei=4 QzQTpHPIsS4tgfe_62xAg&ved=0CC0Q9QEwAA&dur =47 > Acesso em 25 de Novembro de 2011 às 18h48m in
74
74

74

74
Centro de Educação a Distância Universidade Anhanguera Uniderp 75

Centro de Educação a Distância

Universidade Anhanguera

Uniderp

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância ROTEIRO DE ATIVIDADES-MATRIZ DISCIPLINAR Data da

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

ROTEIRO DE ATIVIDADES-MATRIZ DISCIPLINAR

Data da aula:

   

07/12/2011

 

Curso:

Serviço Social

 

Período

2011/2

Letivo:

Semestre:

 

 

Disciplina:

Ética Profissional

 

Professor EAD:

 

Ma. Edilene Xavier Rocha Garcia

 

Tema da aula 4:

 

Serviço Social e Ética. Relação de Custódia e Exercício Profissional

 

Conteúdo abordado:

Conteúdo abordado:

Aborda os últimos capítulos do livro: Serviço Social e ética: a constituição de uma imagem social renovada , de Fátima Grave Ortiz, e Notas reflexivas sobre a relação de custódia e o exercício profissional: o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico , de Rosilene Dantas e Tania Maria Dahmer Pereira.

, de Rosilene Dantas e Tania Maria Dahmer Pereira. Você observará a dialética em torno do

Você observará a dialética em torno do Serviço Social sobre sua orientação inicial voltada à filantropia e à caridade se contrapondo à nova orientação da profissão.

Do ponto de vista ético, os diferentes contextos em que ele será inserido. A partir do projeto ético-político construído para a profissão, verificam-se as condições sociais para institucionalização, como oriunda da divisão social e técnica do trabalho. Verificará a construção da nova democracia no Brasil e a reorganização da categoria profissional, principalmente a respeito do Código de Ética e da lei de regulamentação

da

profissão.

 

Do ponto de vista prático, estará diante de um campo profissional relacionado à execução penal, nos hospitais e unidades prisionais, onde discutirá a moralidade da época atual. Nesse tema, você estará diante de autores fundamentais como Foucault,

que discute a criminalidade e a criminalização do ponto de vista da função coercitiva

do

Estado. Nessa realidade, verá como os direitos aparecem refletidos em sua própria

violação.

 

Você poderá analisar como os diferentes conceitos científicos em cada momento histórico refletem as formas de punição utilizadas e como se propagam esses meios até os dias atuais.

A

discussão da nova relação ética entre sujeitos portadores de transtorno e a

instituição de assistência serve para análise do trabalho do profissional assistente social, pois há também um debate recente entre a política penitenciária e a política de saúde mental.

Objetivos específicos de aprendizagem para o tema abordado:

 
Identificar os principais princípios que norteiam a ética profissional relacionados à

Identificar os principais princípios que norteiam a ética profissional relacionados à

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância autoimagem do assistente social. Compreender a

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

autoimagem do assistente social.

Compreender a relação entre o projeto ético-político e a atitude renovada do profissional.

Compreender a relação entre o projeto ético-político e a atitude renovada do profissional.

Entender os dilemas éticos acerca da custódia (judiciário/sistema carcerário) e da saúde mental (hospitais/manicômios).

os dilemas éticos acerca da custódia (judiciário/sistema carcerário) e da saúde mental (hospitais/manicômios).

Metodologias de ensino:

Teleaulas (horário de transmissão ao vivo e atividades presenciais), interação via web

e

atividades a distância.

Atividades presenciais relacionadas à Teleaula:

Caro (a) tutor (a) presencial e estimados (as) acadêmicos (as), Inicialmente gostaríamos de salientar que é de suma importância que você acadêmico (a) siga este Roteiro de Atividades, pois ele foi elaborado para ser seu guia prático de estudo. Aqui há, além dos exercícios, informações importantíssimas para o bom andamento de seu semestre letivo. Os exercícios são de suma importância para afixação do conteúdo abordado. Para a resolução das atividades propostas, retornem aos slides trabalhados em nossas teleaulas e tenham sempre a mão o livro-texto, pois estes instrumentos os auxiliarão na compreensão do tema. As atividades a serem desenvolvidas sobre o tema Serviço Social e Ética. Relação de Custódia e Exercício Profissional. deverão ser realizadas seguindo a seguinte orientação: Os exercícios de 01(hum) a 10(dez) deverão ser resolvidos em grupo de 04 (quatro) a 05 (cinco) membros, no máximo. Apenas a Atividade a Distância deverá ser desenvolvida individualmente. Na aula presencial cabe ao professor local discutir o tema ministrado pelo professor EAD via satélite, de forma a complementar o conteúdo abordado, ressaltando os principais pontos propostos, proporcionando, aos acadêmicos, melhor conhecimento do assunto. É ainda de sua responsabilidade levar na aula presencial o gabarito de todos os exercícios, que será disponibilizado no ambiente moodle. Com este instrumento em mãos deverá promover uma discussão entre os (as) acadêmicos (as) a respeito do conteúdo dos exercícios, e em seguida deverá corrigi-los, disponibilizando aos acadêmicos(as) as respostas corretas dos mesmos. Esta atividade necessariamente deverá estar sob a supervisão e orientação do professor tutor presencial.

dos mesmos. Esta atividade necessariamente deverá estar sob a supervisão e orientação do professor tutor presencial.

ATIVIDADES:

Agora é com você! Responda às questões a seguir para conferir o que aprendeu!

Questão 1 (Tribunal de Justiça do Paraná, 2009

Analista Judiciário/Assistente Social).

Ainda que o meio sociojurídico, em especial o Judiciário, tenha sido um dos primeiros espaços de trabalho do assistente social início dos anos 1940 , só muito recentemente é que particularidades do fazer profissional nesse campo passaram a vir

a

público como objeto de preocupação investigativa.

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância (CFESS (Org). O estudo social em

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

(CFESS (Org). O estudo social em perícias, laudos e pareceres técnicos (com adaptações)

No que concerne ao Serviço Social sociojurídico, assinale a alternativa incorreta.

a)

O

assistente social no espaço sociojurídico deve direcionar seu trabalho para a

garantia de direitos humanos e sociais; efetiva proteção às crianças, adolescente e famílias; o disciplinamento e regulação social de cunho coercitivo

e

moralizador, especialmente, no âmbito criminal.

b)

O modelo de abordagem individual, em especial as etapas metodológicas/operativas de investigação e diagnóstico contempladas pelo estudo social, direcionou o trabalho do assistente social ao longo de sua história no âmbito sociojurídico.

c)

O estudo social é considerado um suporte fundamental para a aplicação de medidas judiciais, especialmente, àquelas dispostas no Estatuto da Criança e do Adolescente e no Código Civil, concernentes à família.

d)

O

assistente social sociojurídico, na realização do estudo social, deve pautar-se

na comunicação verbal e não verbal, ou seja, no que lhe é expresso verbalmente e pelo que não é falado, mas se apresenta aos olhos como integrante do contexto em foco.

e)

No âmbito do Poder Judiciário, o assistente social é, geralmente, subordinado administrativamente a um juiz de direito ator privilegiado nessa instituição.

Questão 2 (Tribunal de Justiça do Paraná, 2009

Analista Judiciário/Assistente Social).

A renovação crítica do Serviço Social brasileiro, incorporando os influxos do movimento de reconceituação latino-americano, aprofundou-se nas esteiras das lutas democráticas que impulsionaram a crise da ditadura militar e a abertura política. O novo ordenamento sociojurídico é expresso na Constituição Cidadã de 1988 e regulamentações respectivas, aí inscritas as conquistas legais de conteúdo e direcionamento do trabalho profissional do assistente social na órbita dos direitos sociais.

(Marilda Vilella Iamamoto. Questão social, família e juventude: desafios do trabalho do assistente social na área sociojurídica - com adaptações).

Julgue os itens seguintes:

I. As questões relativas ao sistema penitenciário e aos direitos humanos, instituições educacionais e assistenciais do campo da seguridade social são atribuições do Poder Executivo e do Poder Judiciário.

II. A referência à área sociojurídica envolve, aliás extrapola, o Poder Judiciário, pois abrange as políticas públicas formuladas e implementadas pelo Poder Executivo.

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância III. Como o assistente social não

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

III. Como o assistente social não trabalha com fragmentos da vida social, ele considera

os indivíduos sociais que se constituem na vida em sociedade e condensam em si a

vida social.

IV. O espírito da burocracia é o segredo da competência, guardada pela hierarquia, pelo caráter fechado da corporação burocrática do Poder Judiciário, o que justifica a atuação do assistente social no modelo clássico do Serviço Social de casos.

V. O assistente social atua na intermediação das demandas da população usuária e do

acesso aos serviços sociais e jurídicos, o que o coloca na linha de intersecção da esfera pública.

Assinale a alternativa que apresenta todos os itens corretos.

a) I, II, III, IV e V.

b) III apenas.

c) III e IV apenas.

d) V apenas.

e) I e II apenas.

Questão 3 (Tribunal de Justiça do Paraná, 2009

Analista Judiciário/Assistente Social).

O Código de Ética Profissional do assistente social de 1993 é um marco na trajetória do Serviço Social, e sua importância, entre outros aspectos, pode ser avaliada em função de sua legitimação teóricoprática pela categoria profissional.

(BARROCO, Maria Lúcia. (1999) Os fundamentos sócio-históricos da ética. Com adaptações)

No que concerne ao projeto ético-político do Serviço Social e o Código de Ética Profissional, assinale a opção incorreta.

a) Os projetos profissionais apresentam a autoimagem de uma profissão, elegendo valores que a legitimam socialmente, delimitam e priorizam seus objetivos e funções, formulam os requisitos teóricos, práticos e institucionais para o seu exercício, recomendam normas para o comportamento dos profissionais e estabelecem as bases das suas relações com os usuários de seus serviços, com as outras profissões e com as organizações e instituições sociais privadas e públicas.

b) O Serviço Social é uma profissão gestada a partir de necessidades e possibilidades da sociedade capitalista. Sua ética, portanto, só pode ser entendida como produto histórico das condições postas por essa sociedade.

c) Considerando o pluralismo profissional, previsto no Código de Ética do assistente social (1993), o projeto hegemônico de um determinado corpo profissional supõe um pacto entre seus membros: uma espécie de acordo sobre aqueles aspectos que, no projeto, são imperativos e aqueles que são indicativos.

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância d) O pronunciamento em matéria de

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

d) O pronunciamento em matéria de sua especialidade, sobretudo quando se tratar de assuntos de interesse da população, é dever do assistente social, conforme Código de Ética de 1993.

e) Ter livre acesso à população usuária é um direito do assistente social, previsto no Código de Ética de 1993.

Questão 4 (Tribunal de Justiça do Paraná, 2009

Analista Judiciário/Assistente Social).

Na década de 1960, os questionamentos acerca dos referenciais do Serviço Social assumem um intenso movimento na América Latina, marcado pela crítica ao tradicionalismo profissional e pelo rompimento com as amarras imperialistas. Esse novo movimento expõe a necessidade de construir um novo projeto profissional, comprometido com as demandas e interesses dos trabalhadores e das camadas populares usuárias das políticas públicas.

(YAZBEK, M. C.; MARTINELLI, M. L.; DEGENSZAJN, R. R. O Serviço Social brasileiro em movimento: fortalecendo a profissão na defesa de direitos. com adaptações)

Com base no enunciado, assinale a alternativa correta.

a) É somente no início do século XXI que a profissão de Serviço Social inicia, de fato, uma efetiva interlocução com a teoria de Marx.

b) O protagonismo do Serviço Social crítico pode ser considerado um processo contrahegemônico de construção no meio profissional, de introdução a novos referenciais teórico-metodológicos e interventivos, a partir da tradição marxista, da fenomenologia e da sistêmica, tratando-se assim de um debate plural de convivência e diálogo entre diferentes paradigmas.

c) Uma das principais conquistas da reconceituação do Serviço Social é o da recusa do profissional do Serviço Social situar-se como um agente técnico puramente executivo.

d) As formas de pensar e agir no Serviço Social são determinadas pela concepção de Serviço Social como técnica ou tecnologia social e pela noção de Serviço Social como campo específico do saber, ambas sustentadas sobre a sua natureza.

e) A reconceituação do Serviço Social, a partir da teoria crítica, leva o Serviço Social a um único padrão de racionalidade, a qual vai influenciar as formas de intervenção profissional.

Questão 5 O projeto profissional do Serviço Social constitui a perspectiva de intenção de ruptura com o conservadorismo profissional no Serviço Social e com a ética da neutralidade.

no Serviço Social e com a ética da neutralidade. Assinale quais documentos dão materialidade para esse

Assinale quais documentos dão materialidade para esse projeto profissional, conforme o texto ética, direitos humanos e projeto profissional emancipatório , de Marlise Vinagre.

profissional, conforme o texto ética, direitos humanos e projeto profissional emancipatório , de Marlise Vinagre.
Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância a) de Ética do assistente social

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

a) de Ética do assistente social e

O Código

a Lei da Regulamentação da

Profissão.

b) Código de Ética do assistente social (1993), a Lei da Regulamentação da Profissão (1993) e as Diretrizes Curriculares da ABEPSS.

c) O Código de Ética do Assistente Social, a Lei da Regulamentação da Profissão, as Diretrizes Curriculares da ABEPSS e as Resoluções do CFESS.

d) As Resoluções do CFESS, a Lei de Regulamentação da Profissão e o Código de Ética do Assistente Social.

Questão 6 O Código de Ética Profissional do assistente social prevê a defesa dos valores emancipatórios, dentre seus princípios.

Assinale a alternativa que não está de acordo com esses princípios.

a) A liberdade é o resultado da práxis humana, logo não é considerada um fenômeno natural, mas sim um produto histórico gerado a partir do trabalho.

b) A democracia é um dos princípios do estado de direito, não apenas seu padrão de organização política.

c) A cidadania é um conjunto de princípios capazes de engendrar as condições objetivas e subjetivas para o aprofundamento da liberdade.

d) O

empenho

na

discriminação.

eliminação

de

todas

as

formas

de

preconceito

e

e) A defesa da qualidade dos serviços prestados à população.

Questão 7 A nova perspectiva de profissão e de formação do assistente social pretendida pelo Código de Ética Profissional está vinculada à competência profissional.

Assinale a alternativa que reúne as atitudes que o profissional deve ter para atingir a competência profissional.

I. Ser competente do ponto de vista ético-político, teórico-metodológico, técnico- operativo e investigativo.

II. Respeitar as correntes profissionais democráticas existentes e suas expressões teóricas.

III. Buscar o constante aprimoramento intelectual.

IV. Respeitar todos os conhecimentos e vertentes teórico-políticos, entendendo-as como complementares entre si.

V. Ser pluralista e buscar a defesa dos direitos humanos.

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância a) Apenas o item I está

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

a) Apenas o item I está errado.

b) Somente os itens I, II, III e V estão corretos

c) Apenas os itens I e IV estão errados.

d) Todos os itens estão corretos.

Questão 8

A

renovação do Código de Ética Profissional.

intenção de ruptura é considerada um importante marco histórico no processo de

é considerada um importante marco histórico no processo de Elabore um texto, em grupo, discutindo as

Elabore um texto, em grupo, discutindo as razões de se deixar registrado na história da profissão o supracitado marco histórico.

Após, relate as observações em sala de aula, comparando-as com as dos outros grupos.

Questão 9 (ENADE, 2010). O Serviço Social é uma das poucas profissões que possui um projeto

profissional coletivo e hegemônico, denominado Projeto Ético-Político Profissional, que

foi gestado no interior da categoria profissional e que expressa seu compromisso com

a construção de uma nova ordem societária, mais justa, democrática e garantidora de direitos universais.

(CFESS Código de ética Profissional do assistente social

Resolução 273/93)

O projeto mencionado no texto tem seus contornos claramente expressos na Lei n.º 8.662/1993, no Código de Ética Profissional de 1993, o que assegura ao assistente social o direito de:

a) Desempenhar suas atividades profissionais com eficiência e responsabilidade, observando a legislação em vigor.

b) Utilizar, no exercício da profissão, seu número de registro no Conselho Regional.

c) Abster-se, no exercício da profissão, de práticas que caracterizem a censura, o cerceamento da liberdade, o policiamento dos comportamentos, denunciando sua ocorrência aos órgãos competentes.

d) Aperfeiçoar seu conhecimento profissional de forma contínua, colocando-o a serviço dos princípios estabelecidos no próprio Código.

e) Participar dos programas de socorro à população em situação de calamidade pública, no atendimento e na defesa de seus interesses e necessidades.

Questão 10

extrato do ensaio Notas reflexivas sobre a relação de custódia e o exercício

profissional: o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico aborda aspectos

O

de custódia e o exercício profissional: o caso do hospital de custódia e tratamento psiquiátrico aborda
Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância da execução do trabalho de custódia,

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

da execução do trabalho de custódia, informando que existem certas praxes (juízos morais, uso de violência e outros), ou seja, práticas desenvolvidas no local de trabalho por aqueles que executam o serviço.

Consultando o texto do Livro-Texto, faça uma relação das causas que deram origem a essas praxes e discuta o assunto em sala de aula com os outros colegas.

É comum observar que cada trabalhador na relação de custódia se acostuma com a ocupação estrita que lhe diz respeito, cumprindo-a zelosamente, tecnicamente bem. Mas em toda ação técnica bem desempenhada aos olhos do custodiador significa que tenha se realizado com responsabilidade moral, no dizer de Bauman (2001). Isto quer dizer que cada um se empenha em dar conta do seu setor, seu serviço, independentemente dos fins para os quais vai contribuir. As praxes do cotidiano da relação de custódia são, por vezes, desempenhadas e justificadas não mais se levando em conta, do ponto de vista ético, os seus fins.

são, por vezes, desempenhadas e justificadas não mais se levando em conta, do ponto de vista
são, por vezes, desempenhadas e justificadas não mais se levando em conta, do ponto de vista

Atividade a distância

A fim de contribuir ainda mais com seu aprendizado realize individualmente esse exercício em horário extraclasse. A resposta do mesmo deverá ser apresentada na aula presencial sob a mediação do professor tutor presencial que, com o gabarito em mãos deverá corrigi-la. Ao professor local cabe levar à aula presencial o gabarito desta atividade que será disponibilizado no ambiente moodle, deverá ainda promover uma discussão do conteúdo deste exercício entre os acadêmicos, e em seguida deverá corrigi-lo, disponibilizando-lhes a resposta correta desta proposição. Esta atividade necessariamente deverá estar sob a supervisão e orientação do professor tutor presencial.

ATIVIDADE:

Escreva a respeito da imagem que você tem do profissional assistente social e o que o levou a escolher essa profissão. Reflita sobre como o profissional é visto pela sociedade. Você considera que o profissional assistente social é visto de forma positiva ou negativa pela sociedade? Justifique a sua resposta.

Atividade Avaliativa Neste tema não teremos atividade avaliativa

Bibliografia Básica:

FORTI,Valeria e GUERRA ,(Yolanda Org.).Ética e Direitos: ensaios críticos. Editora Lumen Juris Ltda, 2010.

BARROCO, M.L. Ética - fundamentos sócio-históricos. São Paulo: Cortez, 2001.

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância SIMÕES, C . Legislação do serviço

Universidade Anhanguera - Uniderp Centro de Educação a Distância

SIMÕES, C. Legislação do serviço social. São Paulo: Oliveira Mendes, 1998.

 

Bibliografia Complementar:

 

BARBOZA, Douglas Ribeiro; FREIRE, Silene de Moraes O Serviço Social crítico no

atual contexto de redemocratização da América Latina. Rev. katálysis, Dez 2006,

vol.9,

n.2,

p.227-236.

Disponível

em

<

 

49802006000200010&lng=pt&nrm=iso > Acesso em 24 de Nov 2011 às17h34min.

 

MONTAÑO, Carlos. Um projeto para o Serviço Social crítico. Rev. katálysis, Dez 2006, vol.9, n.2, p.141-157. Disponível em <

 

49802006000200002&lng=pt&nrm=iso > Acesso em 24 de Nov 2011 às17h31min.

 

Cronograma de aulas:

 

Disponibilizado no ambiente virtual de aprendizagem (Moodle), no início do semestre, com indicação das datas e disciplinas de forma coerente com o Caderno de Atividades.