Você está na página 1de 3
GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 014, de

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA

INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 014, de 19 de agosto de 2002.

Dispõe sobre o funcionamento do Programa de Aceleração da Aprendizagem no Estado do Tocantins.

A SECRETÁRIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA, no uso de suas

atribuições e consoante o disposto no art. 9º, incisos III e IV, letra “c”, da Lei nº 1038, de

22 de dezembro de 1998, resolve:

Art. 1º Para freqüentarem o Programa de Aceleração da Aprendizagem, os

alunos terão que estar com defasagem idade/série de 02 (dois) anos, com idade de 9 a

14 anos, na 1ª fase do Ensino Fundamental.

Art. 2º Os alunos das classes de Aceleração que, durante o ano letivo, não alcançarem os objetivos propostos, deverão continuar no Programa no ano seguinte.

Art. 3º Para a formação de turmas para o Programa, deverão ser contempladas as de 1ª e 2ª séries, de 3ª e 4ª séries, podendo formar também, conforme a demanda, turmas somente de 2ª série, 3ª série e 2ª e 3ª séries.

Art. 4º Os alunos que formarão as turmas das classes de Aceleração deverão ter noções básicas de leitura:

I ­ reconhecer o alfabeto; II ­ reconhecer palavras formadas por sílabas simples; III ­ reconhecer a palavra­chave.

Art. 5º A carga horária deverá ser de 20h/a em classe, acrescida de 10h/a, para as demais atividades que serão cumpridas na unidade escolar, fora do período de aula, somando 30h/a semanais, podendo completar 40h/a com dinamização, conforme necessidade da unidade de ensino.

 

ACELERAÇÃO

DINAMIZAÇÃO

TOTAL C. H.

135

aulas (01 turma)

22 aulas (01 turma)

157 aulas

135

aulas (01 turma)

45 aulas (02 turmas)

180 aulas

Art. 6º As turmas de Aceleração serão compostas de, no mínimo, 15 alunos e, no máximo, 25 alunos.

2

2 GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA Art. 7º Os registros dos

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA

Art. 7º Os registros dos documentos escolares dos alunos oriundos do Programa de Aceleração da Aprendizagem devem obedecer aos seguintes critérios:

I ­ o aluno com defasagem idade/série, matriculado na 1ª e 2ª séries, aparecerá, no histórico/ficha individual, com nota da 2ª série;

II ­ se a matricula for na 2ª e na 3ª séries ou na 3ª e 4ª séries, a nota do histórico/ficha individual deve ser a da 3ª série ou da 4ª série;

III ­ no documento deve constar o carimbo padrão do Programa de Aceleração da Aprendizagem, alterado mediante orientações da Coordenadoria de Ensino Fundamental da Secretaria da Educação e Cultura, conforme Anexo Único a esta Instrução Normativa.

Art. 8º Esta Instrução Normativa entra em vigor a partir desta data, revogadas as disposições em contrário, especificamente a Instrução Normativa nº 001, de 10 de janeiro de 2001.

PUBLIQUE­SE.

Palmas, 19 de agosto de 2002.

MARIA AUXILIADORA SEABRA REZENDE Secretária da Educação e Cultura

3

3 GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA ANEXO ÚNICO À INSTRUÇÃO NORMATIVA

GOVERNO DO ESTADO DO TOCANTINS SECRETARIA DA EDUCAÇÃO E CULTURA

ANEXO ÚNICO À INSTRUÇÃO NORMATIVA Nº 014, DE 19 DE AGOSTO DE 2002.

CARIMBO

Programa de Aceleração da Aprendizagem Escola/Colégio:

Município:

Obs: Aluno(a) promovido(a) da

série, com base na Resolução nº 027/2000 e no Parecer nº

036/2000, do CEE­TO.

série

para