Você está na página 1de 16

DESTINOS MIGUEL TORGA

Destinos

O que sugere o ttulo? E a Imagem?

RESUMO
Um encontro amoroso entre os dois apaixonados tendo como testemunha a Natureza () No Junho, as cerdeiras punham por toda a veiga uma nota viva, fresca e sorridente. A partir deste encontro percebe-se que entre eles existe uma enorme vontade de se amarem, no entanto nenhum se declara. H um Desencontro motivado pela timidez dele e aparecimento do Neca que depressa se decide a pedir Natlia em casamento. Tanto Natlia como o filho de Teodsia debatemse, ao longo de todo o conto, entre a esperana do amor e o desespero de nada acontecer.

Personagens
Delicada

Tmido

Olhos Esverdeados

Natlia
Maneirinha

Bonita

Filho de Teodsia
Apaixonado Fechado em si mesmo

Tempo
Tempo Histrico: Indeterminado

Tempo da Diegese: Era domingo; Junho


Tempo Psicolgico: Indeterminado

Tempo
Frequncia Temporal: Discurso Singulativo. Ordem Temporal: Ordem Linear.

Espao
ESPAO FISICO Velha bical dos Louvados.

ESPAO PSICOLGICO-O sonho de ficarem juntos

Narrador

Narrador

Narrador

Narrador

Personagens

Articulao da Narrativa
A narrativa est articulada por Encadeamento

EXCERTO
O namoro, contudo, tinha comeado. Sem nunca falarem daquela tarde, sabiam ambos que se amavam e que fora a Velha Cerdeira Bical que lhes aproximara os coraes. Pena ele ser o que era: uma natureza tmida, incapaz de um acto rasgado e levado ao fim.