P. 1
Portfolio Pronto

Portfolio Pronto

|Views: 4.903|Likes:
Publicado porCinthia Gabella

More info:

Published by: Cinthia Gabella on Dec 11, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

05/18/2014

pdf

text

original

1

1 INTRODUÇÃO

O Objetivo de introduzir cada vez mais cedo alunos da área da saúde em programas que visam mostrar o atendimento e as necessidades da população em nosso meio, com certeza é o maior ponto de inserção do PAPPIII em nosso currículo. O Portfólio é uma forma de colocarmos nossos momentos, e nesse primeiro, será a reflexão do novo, do desconhecido. Este trabalho consiste em conhecer como funciona uma Unidade Básica, ou melhor uma estratégia de saúde a família. O nosso acompanhamento será realizado no ESF Jardim Cambucí.

2

2 IDENTIFICAÇÃO

Nome: Cinthia Mara Gabella. Data de Nascimento: 23 de Setembro, 1983. Endereço: Rua Joaquim Marques Rodrigues, 21. Bairro: Jardim Aquinópolis. Cidade: Presidente Prudente - SP. Telefone: 96277304.

E por fim nos foi apresentado o relatório da Gestão de Presidente Prudente. Dia 15 de Agosto de 2011. Reflexão: Espero que este termo tudo ocorra bem como ocorreu semestre que vem. Ocorreu como de costume a apresentação do módulo. que nos entregou os portfólios do semestre passado. Em seguida o professor Alex nos mostrou um filme – Ilha das flores. .3 3 TRABALHOS REALIZADOS NO PAPPIII Dia 08 de Agosto de 2011. No final da aula nos reunimos com a professora Magda. e que consigamos passar mais tempo com nossas famílias. Hoje tivemos nossa primeira aula teórica. onde tivemos algumas modificações na questão de uniforme branco e uso de crachá para o PAPPIII.

Diante dessa tabela.4 Realizamos nossa primeira aula de campo do semestre. refletindo o potencial de adoecimento de cada núcleo familiar. Primeiramente fizemos a leitura e posterior discussão a respeito do texto. podemos classificar o risco familiar de nossas famílias acompanhadas. Nesse semestre ficaremos na Estratégia Saúde da família (ESF) do Jardim Cambucí. . que diz respeito a “Escala de Risco Familiar – Escala de Coelho”. Onde pretende determinar o risco social e de saúde.

que já a acompanho desde o primeiro semestre. que sempre que estive no ESF Cambucí. Também espero ser bem recebida pela minha próxima família. ou melhor. Comentei que as vezes demoraremos mais de quinze dias para visitá-los. devido um cronograma que devemos seguir mas. Reflexão: Gosto muito de visitar a Dona Maria. Não consegui ir conhecer a segunda família que irei acompanhar. . 146333. fui aferir sua pressão arterial. recebi o endereço de uma nova família para acompanhar. Ao final da conversa. Então perguntei se ela fazia algum controle da pressão. passaria em sua casa. Então pedi para que ela fosse no dia seguinte ao ESF e pedisse que aferissem novamente sua pressão arterial. Ao chegar à casa da dona Maria. Espero que na próxima semana os conheça. Perguntei como estava a saúde dela. mesmo ela não sendo portadora de grandes necessidades de orientação. e verifiquei que estava elevada (180mmhg-11mmhg). Mas mesmo assim sempre gostei de visitá-la. foi bem simpática e atenciosa. pois sei que ela se sente bem por ter alguém indo vê-la. JK. Agora com esta alteração na sua pressão arterial. se sentia algum mal estar e ela disse que não.5 Após a leitura e discussão. como sempre. o endereço é Av. disse que estava tudo bem. alem da Dona Maria. espero poder ajudá-la mais. ela não era necessitada.

no laboratório. Onde o bom lado seria – a busca na excelência na formação médica. um modelo de método de estudos para os acadêmicos de medicina. O relatório Flexner foi responsável pelo fechamento de várias destas escolas médicas que não tinham condições adequadas de ensino nos anos seguintes e levou ao financiamento . praticamente assegurado de conseguir seu título (de médico) mesmo que assistisse ou não às aulas”. Os assuntos pautados foram a respeito do Meio em que o individuo vive e sua saúde relacionada a isto. Também nos foi mostrado o “Relatório Flexner”. Mostrando a consolidação de um modelo de formação médica que. Esse relatório é foco de debate e polemica até hoje. ministrada pela professora Neide. que redigiu um famoso relatório que leva seu nome em 1910 e que revolucionou a educação médica americana e européia desde então. o estudo da medicina centrado na doença de forma individual e concreta. E o lado mal – o modelo centrado na especialização. “Um homem que pagasse suas mensalidades estava. “Abraham Flexner. nunca conseguiu atender as necessidades de saúde das sociedades onde foi implantado. A segunda parte foi dada pelos professores Alex e Renata. mostra os dois lados deste trabalho. descreveu a situação desesperadora de muitas das 155 faculdades de medicina dos Estados Unidos e Canadá daquela época: "As escolas médicas eram essencialmente iniciativas privadas cujo espírito e objetivo eram gerar dinheiro. O modelo mostrado e comentado durante a aula.6 Dia 22 de Agosto de 2011. A primeira parte da aula foi a respeito da história natural das doenças. assim.

o que resultou na promoção da educação médica americana.7 de várias outras para se adequarem ao modelo da John Hopkins. Apesar de ser a segunda. por conseguinte.” Reflexão: Gostei bastante da aula com o professor Alex. ele é muito receptivo e consegue chamar nossa atenção para os temas que aborda. . para uma posição de destaque até hoje no mundo.

com 8 cômodos. A casa é de tijolo. Os dois são hipertensos. Hoje ao chegarmos ao ESF Cambuci. me disseram que há alguns tempos atrás eles recebiam a visita de estudante.8 Dia 29 de Agosto de 2011. Seus netos não apresentam nenhuma patologia. Ao chegar. Nesta casa mora a dona Joana. Após fui procurar a casa da minha segunda família. e ela não estava. Ao conversar com a dona Joana e com o seu José. dizem não fazer uso de fossa externa. e após fui visitar minhas famílias. Fui ate a casa da Dona Maria. Fui recebida por seu filho. A dona Joana também contou que seu ex marido voltou a morar em sua casa faz pouco tempo. fizemos a reflexão da leitura de nossos textos. mas nos disse quanto cômodos existem na casa. A dona Joana nos disse que tem um plano de saúde (Plano Santa Catarina) e que faz uso ela e os dois netos. e a dona Joana apresenta hipercolesterolemia. o abastecimento de água é da rede publica e a água que eles bebem é filtrada (filtro comum). A residência conta com rede de esgoto. antes ele estava em Coronel Marcondes na casa de um filho. Discrição da moradia – Eles nos receberam na área da casa. ela procura a Unidade de Saúde. fui bem recebida pala dona Joana. e ele disse q ela tinha ido ao centro da cidade. Na necessidade de uso do SUS. O meio de transporte que eles utilizam é ônibus e também possuem um carro. Cristiano e Jonatan. O seu José também tem diabetes. fazem uso de energia elétrica. seu ex marido José e seus 2 netos. . que é seu vizinho. que recebi neste semestre.

Fiz alguns comentários a respeito da alimentação adequada. Espero que em minha próxima visita ela esteja em casa. são bem simpáticos. e me receberam muito bem. pedi para ver e observei que não havia nenhum medicamento vencido e realmente parece que eles tomam o medicamento de forma continua. Reflexão: Fiquei preocupada por não ter encontrado a Dona Maria em sua casa. Despedi-me deles. . e disse que estaria passando para vê-los aproximadamente a casa 15 dias.9 Disseram-me que fazem uso adequado dos medicamentos. também comentei a respeito do cuidado com os vasos. por que gostaria de saber melhor a respeito de sua pressão. Gostei de conhecer minha segunda família. por causa da dengue. Para saber se ela procurou aferir sua pressão outras vezes. Espero poder contribuir em algo com eles durante as visitas do PAPPIII.

10 Dia 05 de Setembro de 2011. Aula Teórica – não fui. .

e sempre educados ao conversarmos com eles. realizar a Acuidade Visual nos alunos. no Jardim Jequitibás I. Os alunos transitam pelo colégio em horários separados (conforme nível de estudo). Hoje fomos até a escola Fátima Aparecida C. este é trancado e aberto o próximo. Os alunos se comportaram bem durante nossa atividade. como se a qualquer momento. A atividade em si foi ótima. poderia ocorrer fugas ou qualquer tipo de intercorrência. Falcon. e finalizamos a aula de campo com a discussão de texto com a professora Magda e Juliana. . O que observei nesse colégio. Passa a impressão que estamos em um local de aprisionamento.11 Dia 12 de Setembro de 2011. No final da pratica. e a cada portão que se passa. quanto pelos olhos dos próprios alunos e funcionários. Reflexão: Acredito que mudanças seriam necessárias. para que a escola tivesse um melhor olhar tanto pelos olhos de quem vai visitar. é a forma como é administrado o fluxo dos alunos e a estrutura do colégio. fomos ate uma sala e fizemos alguns comentários a respeito do nosso dia na escola.

será de frisar a cada visita a importância do cuidado a saúde. e fazer as modificações na vida. Em sua família. . tem uma senhora jovem com diabetes e hipertensão arterial não controladas. já presenciei a recusa da senhora a respeito de seus cuidados. Como sempre acompanho a Marília na visita de suas famílias. Durante a discussão. para que assim melhorem sua condição. Nosso grupo elegeu a família da Marília. os males que a diabetes mellitus e a hipertensão não controladas podem causar a sua saúde. como um exemplo que no momento mais necessita de atenção.12 Dia 19 de Setembro de 2011. Ela sabe de suas doenças crônicas. E assim tentá-la convencer a se cuidar. os professores nos disseram que muitos pacientes recusam aceitar a doença que enfrentam. mas não os usa. e por isso não querem fazer uso dos medicamentos. O plano de ação para ajudarmos nesse caso. Hoje começamos nossa aula teórica com a Discussão Estruturada das Famílias. pega os medicamento na unidade básica.

tivemos acesso aos prontuários de nossas famílias. aconteceu uma rápida apresentação dos folders de nutrição para a sala. como também os excluindo. Observei que a dona Maria já havia sido diagnosticada como hipertensa. Mas pretendo encontrá-la logo e assim poder ajudá-la nessa questão de sua hipertensão. Após o analise dos prontuários. a professora Magda nos convidou para participarmos do dia das Crianças. mas um pouco cansativa. e que já foi convidada a participar das reuniões dos grupos de hipertensos. Reflexão: A aula foi boa. Hoje na aula de campo discutimos o texto a respeito das Reflexões sobre a promoção a saúde sobre uma perspectiva bioética. Dia 03 de Outubro de 2011. mas mais uma vez não a encontrei. mas que em nenhuma reunião ela compareceu. E a aula de hoje foi finalizada com o Vídeo de Violência domestica no MS Record. E depois fomos fazer as visitas as nossas famílias. sabendo que ela é uma senhora muito . e assim pudemos acompanhar melhor o histórico de saúde deles. Talvez por causa do curto período que temos entre aula teórica e pratica. Fui ate a casa da dona Maria.13 Em um outro momento da aula. em um colégio próximo ao Cambuci. Após a discussão do texto. Queria conversar com ela a respeito de sua pressão arterial e convencê-la a ir procurar ajuda e assim cuidar de sua saúde. Relacionado aos prejuízos que os filhos podem ter diante de discussões dos pais. Tanto em sua frente.

o professor Alex nos entregou alguns textos para lermos e discutimos ao final. comentando sobre o programa de saúde publico desde o seu inicio. promoção a saúde. queria saber o que ela pensa a respeito da hipertensão. respeitando a saúde do idoso. Para finalizar a aula. Também falamos sobre o pacto pela vida.14 inteligente. controlador. fortalecimento da atenção básica. com restrição de acesso. Hoje nossos afazeres no Cambuci foram ate mais tarde que o normal. mortalidade infantil. Hoje tivemos aula com a Professora Neide. câncer de colo de útero e mama. A aula foi a respeito da Promoção a saúde. assim não consegui ir visitar a minha segunda família. Reflexão: Gostaria de ter encontrado a dona Maria. entre outros assuntos. onde o Estado era autoritário. E hoje o Estado é democrático. descentralizado. O sistema de saúde era fragmentado. Dia 10 de Outubro de 2011. entendera bem que o cuidado de sua pressão será muito bom para ela. centralizado. Alguns temas foram – Limpeza de Caixa de . se ela sabe as conseqüências ou se ela mal saiba (tenha percebido) que tem uma doença crônica. com autonomia política e participação da população nas decisões.

15 água. febre maculosa e poluição do ar. . Dia 17 de Outubro. Miiase. (Em Anexo I) Reflexão: Foi uma aula interessante. doenças transmitidas por pombos. Ficamos responsáveis de levar no dia da prova algumas orientações a respeito do assunto em que tivemos que falar. já que muitos moram longe de Presidente Prudente e assim aproveitarem para rever seus pais antes que comece a semana de prova. ficamos responsáveis por levar informações a respeito da limpeza de caixas de água. Não tivemos aula – por que a turma da sala resolveu emendar o feriado. No caso do meu grupo. sempre é bom conseguir entender um pouco mais sobre os programas e projetos governamentais. Leishmaniose.

A função da dietoterapia é prevenir e evitar desnutrição. Reflexão: Às vezes o excesso de informação nos confunde. por .16 Dia 24 de Outubro A primeira parte da aula de hoje foi a respeito de Estratégias de saúde da família. A segunda parte da aula foi com a professora Márcia achei muito interessante. foi à professora Márcia que veio nos falar sobre a Nutrição integrada a medicina. continuação de todos os assuntos que sempre estamos tendo. apesar de já saber a respeito de boa parte do que foi dito. manter as reservas nutricionais e possibilitar a recuperação do paciente. mas sei que temos que estudar e entender todos os tipos de estratégias governamentais. Na segunda parte da aula. a dietoterapia aplicada.

Mas ela consegue passar em pouco tempo. na Paróquia de São Francisco de Assis. Dia 31 de Outubro Aula de Campo. um contexto interessante sobre a nutrição. Nessa aula não pude ir. mas ela foi na Fraternidade de São Damião.17 também ser nutricionista. CASO CLÍNICO EM ANEXO II . Foi passado as equipes um caso clinico que seria discutido na próxima aula de campo.

e que pudessem ajudar a população a modificar seus hábitos e ate mesmo se informarem melhor sobre os hábitos adequados para uma vida mais saudável. realizando reuniões sobre temas distintos. praticas de atividades físicas. Houve também a conversa sobre o as equipes de saúde trabalhar com grupos. .18 Dia 07 de Novembro Hoje tivemos aula com o professor Alex a respeito de Estratégias de promoção a saúde. alimentação saudável. facilitadores da incorporação da pratica corporal e seus benefícios. Também sobre a importância de fazer pequenas mudanças comportamentais e assim ter uma melhora de sua qualidade de vida. Relacionados a um ambiente saudável.

Muito interativa. . pudemos conversar a respeito das melhoras na qualidade de vida. Dia 14 de Novembro Recesso do Feriado do dia 15 de Novembro.19 Reflexão: Achei uma boa aula.

É tradicionalmente uma sub especialidade da pediatria. se considerada lato senso. mais especificamente com o acompanhamento do desenvolvimento infantil. A aula foi na Fraternidade São Damião. criança) é a ciência médica que se dedica ao estudo dos cuidados com o ser humano em desenvolvimento. Tivemos que levar o significado de algumas palavras como: Puericultura Puericultura (do latim puer. mas. A aula foi a respeito da discussão do caso clinico passado na ultima aula de campo.20 Dia 21 de Novembro Hoje foi nossa ultima aula de campo do semestre. envolve também ações pré-natais e mesmo pré- . pueris.

ou seja. durante o curso de uma infecção viral. O tempo é quem será necessário para a completa cura da infecção viral e geralmente varia entre 7 a 10 dias. Infecção: a grande maioria dos adultos apresenta um resfriado comum pelo menos de 2 a 3 vezes por ano. mas principalmente através do contato com as mãos. Uma vez absorvido pelo nariz. Os vírus responsáveis pelos resfriados podem ser transmitidos através do ar. Estes dois fatores promovem uma obstrução do nariz. as defesas do nariz ficam afetadas e isto pode ser a oportunidade de uma infecção bacteriana. Obstrução Nasal A congestão ou obstrução nasal é uma das queixas mais antigas e conhecidas da humanidade. entretanto não há medicação para curá-lo. Anti-histamínicos e descongestionantes podem até aliviar alguns sintomas dos resfriados comuns. Quando esta secreção torna-se amarelada ou esverdeada provavelmente há uma infecção . um resfriado comum.21 concepcionais dedicadas à prevenção de enfermidades e anormalidades que se desenvolvem no feto e afetam a vida do futuro recém-nascido. Estas infecções. virais. para que possa levar mais células de defesa. o vírus faz com que o sistema imunológico de nosso corpo produza histamina. entretanto em outras pode ser causa de desconforto e de outros problemas importantes. uma substância química que aumenta o fluxo sanguíneo para a região do nariz em que o vírus foi absorvido. Isto provoca inchaço naquela região nasal e também aumenta a produção local de muco. na grande maioria. Isto pode ser identificado. Em algumas pessoas pode representar problema insignificante. pois numa infecção viral a secreção nasal geralmente é clara. causadas por vírus. ocorrem com maior freqüência durante a infância. Existe 4 causas principais de obstrução nasal. Entretanto. ou seja.

Alterações anatômicas: as principais relacionadas são as deformidades no septo nasal. A alergia é uma resposta inflamatória exagerada à alguma substância alérgena. dentes superiores. O desvio septal torna-se importante quando há outras alterações associadas. Entretanto as sinusites crônicas podem requerer tratamento cirúrgico. que são como “cachos de uvas” amarelados ou acinzentados dentro do nariz e seios paranasais. Alergias: rinite alérgica pode provocar obstrução nasal. Dor pode ocorrer na região das bochechas. Caso o desvio seja importante este deve ser corrigido cirurgicamente em procedimento chamado de septoplastia. sobre (na região da testa) e até e atrás dos olhos. entre. entretanto se você apresenta desvio septal isto não significa que você tem que corrigi-lo. As sinusites crônicas podem ou não causar dor. mas geralmente estão envolvidas com obstrução nasal e secreções. Aproximadamente 76% da população apresentam algum desvio no septo do nariz. Estas deformidades geralmente são fruto de trauma que muitas vezes pode ter acontecido até mesmo durante o parto ou infância. que podem causar tosse seca e até mesmo bronquite. tais como obstrução nasal importante. que é uma estrutura composta por cartilagem e osso que divide as duas cavidades nasais. Algumas pessoas com sinusite crônica desenvolvem pólipos.22 bacteriana consultado. Estas . As sinusites agudas geralmente respondem a tratamento clínico. associada e um médico otorrinolaringologista deve ser As sinusites agudas produzem congestão nasal e secreção espessa. dependendo de quais seios paranasais estejam envolvidos. sinusite crônica ou até mesmo sinusite aguda recorrente.

O tratamento com combinação de anti-histamínicos e descongestionantes também pode vir a ser interessante. Rinite vasomotora: rinite significa inflamação das mucosas do nariz. Há vários anti-histamínicos disponíveis e alguns podem causar sonolência. A mucosa do nariz possui suprimento sanguíneo abundante. Alguns testes cutâneos. Vasomotora significa que há uma alteração nos impulsos nervosos que coordenam os vasos sanguíneos do nariz. Normalmente estes vasos estão ou meio-dilatados ou meioconstritos. gatos ou penas de pássaros. pêlos de cachorros. Várias artérias e veias formam um complexo sistema interligado que funciona para aquecer e umidificar o ar inspirado. É sempre importante lembrar que os pacientes alérgicos geralmente apresentam mais episódios de infecções sinusais. mofo. as sinusites e necessitam de acompanhamento e tratamento adequado por médico otorrinolaringologista. Estes vasos sanguíneos do nariz têm a capacidade de se dilatarem e contraírem. pó. ácaros e outros agentes. edema (inchaço) local e também aumento da produção de secreção nasal. Nos pacientes alérgicos o organismo libera uma substância química chamada histamina que provoca vasodilatação. além de exames sanguíneos podem ser solicitados para identificar o melhor tratamento possível para cada paciente. Adrenalina causa constrição da mucosa nasal e as passagens aéreas se abrem mais . principalmente a coriza nasal e os espirros. As injeções “antialérgicas” ou vacinas podem ser úteis para o tratamento da alergia a alguma substância específica. pode aumentar. O tratamento com antihistamínicos pode aliviar alguns sintomas. mas quando uma pessoa exercita-se abundantemente os níveis de algumas substâncias.23 substâncias alérgenas geralmente são poeira. como a adrenalina.

Isto pode interferir no sono ocasionando até mesmo apnéia obstrutiva. Em adição às alergias e infecções algumas circunstâncias fazem com que os vasos sanguíneos do nariz se dilatem. tais como Sorine©. levando às chamadas rinites vasomotoras. algumas medicações anti-hipertensivas. exposição à algumas substâncias irritantes como perfumes e fumaça de cigarro e. talvez a causa mais comum de rinite vasomotora. provocando obstrução nasal. causando dor e infecção. acompanhada eventualmente de espirros. o uso prolongado de descongestionantes nasais. O oposto acontece quando há um ataque alérgico ou um resfriado. e pode obstruir os canais dos seios nasais e das tubas de Eustáquio. se as condições persistirem os vasos sanguíneos perde a capacidade de se contraírem. A coriza é causada por excesso de muco. Nos estágios iniciais desta doença a obstrução nasal pode ser temporária e reversível. Afrin© e outros. Geralmente há uma melhora quando a causa primária é corrigida. muito parecido com as veias varicosas (varizes). O tratamento para estes estágios mais avançados da doença pode incluir cirurgia. . Entretanto. No popular ou coloquial pode-se usar "nariz escorrendo". Estas condições podem incluir estresse. os vasos sanguíneos se dilatam e a mucosa nasal se torna congestionada. Quando o paciente deita-se de um lado o lado que fica mais inferior (para baixo) torna-se congestionado e vice-versa.24 para permitir uma maior entrada de ar devido às exigências do corpo por conta do esforço físico. Durante o resfriado ou crise alérgica. Coriza Coriza é a inflamação da mucosa nasal. "nariz entupido" ou até mesmo catarro escorrendo. secreção e obstrução nasal.

coxsackie. (A coloração amarela nem sempre indica sinusite ou tuberculose). Modo físico: É conseqüência de um quadro alérgico normalmente ocasionado por poeira. Reflexão: A aula se tornou um pouco tumultuada com a junção de todas as turmas em um salão grande. serragem.   Espessas e amarelas ou marrom ou verde — sinusite ou tuberculose. associada a diferentes doenças:  Transparentes e ralas — resfriado comum. poderíamos ter aproveitado melhor a discussão do caso. . alterações climáticas. alergias. ou outros fatores que possam irritar a mucosa. Acredito que se a aula tivesse sido oferecida com as turmas separadas (grupos menores). Onde conseguimos argumentar algumas atitudes para melhorar a qualidade de vida da criança e da família. rinite alérgica ou febre do feno. O Agente Causador  Modo biológico: Pode-se citar como seus causadores os vírus influenza.25 A secreção nasal pode ser de um destes três tipos. De cor ferrugem ou verde — infecções bacterianas ou lesão encefálica. E finalizamos a aula fazendo a discussão do caso clinico. pólen. rinovírus e outros. Houve muita conversa o dia também estava muito quente e assim os poucos ventiladores que estavam ligados faziam muito barulho.

aumente a capacidade de melhorar o olhar Humanista que todos temos. o Programa de Aproximação a Pratica possa ajudar a aumentar os conhecimentos que a instituição prega em passar. . para ajudar a termos uma melhor visão da realidade da saúde e assistência a saúde de nosso País. Que a cada semestre. que este se insere da melhor maneira. e adjunto a isto.26 4 CONCLUSÃO Concluo que o PAPPIII continua sendo e exercendo um forte pilar para ajudar na minha futura profissão.

27 5 ANEXOS Anexo I – Limpeza da caixa de água. Anexo III – Portfólio do Segundo termo. Anexo II – Caso clinico. .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->