P. 1
Apresentacao_Calculo

Apresentacao_Calculo

|Views: 2.312|Likes:

More info:

Published by: Antonio Carlos Junior on Dec 12, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PPT, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

07/12/2013

pdf

text

original

CÁLCULO DE MEDICAÇÃO

Profª Clemilda

1- LEGISLAÇÃO NO PREPARO E ADMINISTRAÇÃO DOS MEDICAMENTOS

O Código de Ética de Enfermagem traz aspectos que direcionam a atuação frente à execução do preparo e da administração dos medicamentos.

Dos Princípios Fundamentais:

Artigo 1° A enfermagem é uma profissão comprometida com a saúde do ser humano e da coletividade. Atua na promoção, proteção, recuperação da saúde e reabilitação das pessoas respeitando os preceitos éticos e legais.

científicos e culturais..Continuação.  Artigo 14° Atualizar seus conhecimentos técnicos.  .. Dos direitos:  Artigo 7° Recusar-se a executar atividades que não sejam de sua competência legal.

quando capaz de desempenho seguro para si e para a clientela.. negligência ou imprudência. em benefício da clientela. científicos e culturais.  Artigo 18° Manter-se atualizado. coletividade e do desenvolvimento da profissão.Continuação. .  Das responsabilidades:  Artigo 16° Assegurar ao cliente uma assistência de enfermagem livre de danos decorrentes de imperícia.  Artigo 17° Avaliar criteriosamente sua competência técnica e legal e somente aceitar encargos ou atribuições.. ampliando seus conhecimentos técnicos.

negligência e imprudência. negligência ou imprudência por parte de qualquer membro da equipe de saúde.. .     Dos deveres: Artigo 24° Prestar a clientela uma Assistência de Enfermagem livre dos riscos decorrentes de imperícia..Continuação. possíveis benefícios. riscos e consequências que possam ocorrer. Artigo 26° Prestar adequadas informações ao cliente e família a respeito da assistência de enfermagem. Artigo 33° Proteger o cliente contra danos decorrentes de imperícia.

Continuação..  Artigo 50° Executar prescrições terapêuticas quando contrárias à segurança do cliente.  . Das Proibições:  Artigo 47° Ministrar medicamentos sem certificar-se da natureza das drogas que compõe e da existência de risco para o cliente..

Dos deveres disciplinares:  Artigo 71° Cumprir as normas do Conselho Federal e Regional de Enfermagem.  ..Continuação..

.FARMACOLOGIA  Conceito: Definida como a ciência que estuda a natureza e as propriedades dos fármacos e principalmente a ação dos medicamentos.2.

Farmacodinâmica Estudo dos mecanismos relacionados à ação do medicamento e suas alterações bioquímicas ou fisiológicas no organismo. metabolismo e excreção. A resposta decorrente dessa ação é o efeito do medicamento propriamente dito.Conceitos de Farmacologia    Farmacoterapia É o uso dos medicamentos no tratamento. prevenção. diagnóstico e no controle dos sinais e sintomas das doenças. Farmacocinética Estudo do movimento que o medicamento faz no organismo durante sua absorção. . distribuição.

AÇÃO DOS MEDICAMENTOS   Ação local: A medicação age no local onde é administrada.3. . sem passar pela corrente sanguínea. Ex: pomadas Ação sistêmica: Significa que a medicação é primeiramente absorvida. depois entra na corrente sanguínea para atuar no local de ação desejado. Ex: antibióticos.

5 = .70 + 0.05 + 4.CÁLCULOS COM NÚMEROS DECIMAIS:  Adição: Nos cálculos com números decimais. Exemplo: 5. a vírgula é colocada uma embaixo da outra.4. após realize a operação.

.. . Vamos calcular.

5 = 153.8 + 195.9 + 178.5 = 834.Exercícios: 17.3 + 178.10 + 132.34 + 789.4 = 43.3 = 14.23 =      .

SUBTRAÇÃO:   Nos cálculos de subtração com números decimais. também se coloca vírgula embaixo de vírgula. Exemplo: 8.326 – 4.32 = . com atenção para que o número maior seja colocado primeiro e dele seja subtraído o número maior.

 Vamos calcular... .

7 – 57.4 = 23.5 – 72.9 = 1.3 = .8 = 9.6 = 35.23 – 54.Exercícios:       Exercícios: 45.6 – 4.89 – 4.

devem-se somar as casas decimais da direita do multiplicador e do multiplicando e. após efetuar a operação. no resultado. as vírgulas não precisam estar uma embaixo da outra. .MULTIPLICAÇÃO:  Nos cálculos de multiplicação. A multiplicação deve ser realizada. contar da direita para a esquerda esse total de casas e colocar a vírgula no resultado.

Vamos calcular???  Exemplo: 4.5 = .365 x 3.

5 = 4.96 x 6.75 x 3.6 x 7.3 = 3.7 = 31.Exercícios: 53.5 x 4.1 =      .7 = 66.8 x 5.

até duas casas após a vírgula. . A conta é efetuada da forma habitual.Divisão:  Tanto o divisor como o dividendo devem ser transformados em números inteiros. A seguir basta cortar as vírgulas. até igualá-las. Isso será obtido adicionando um ou mais zeros ao número que tiver menos casas. já é suficiente para os cálculos aplicados na enfermagem. Para que isso ocorra. os dois precisam ter o mesmo número de casas após a vírgula.

7 dividendo ( 1 casa após a vírgula. assim igualamos as casas após a vírgula com zero.7 : 10 = Atenção: Temos 25. e procedemos a divisão). a vírgula é retirada e acrescenta-se 1 zero no divisor que passa de 10 para 100. .  Exemplo: 25.

2 = 2) 32.8: 6.2 = 3) 45.5: 3.4 = 4) 54.5: 2.4 = 5) 72.1 = .6: 4.Exercícios:      1)23.5: 1.

Quando o algarismo 42.REGRA DE ARREDONDAMENTO DE NÚMEROS DECIMAIS CONDIÇÃO (ABNT): PROCEDIMENTO Quando o algarismo 53. preserva-se 53 o número inalterado. .87 passa após a vírgula é maior ou a 43 igual a 5.24 após a vírgula é menor preserva-se ou igual a 4. aumenta-se de uma unidade o algarismo.5.

. Via nasal. Via vaginal. Via inalatória. Via ocular. Intravenoso. Via auricular. Subcutânea. Via sublingual. Intramuscular. Via retal.PRINCIPAIS VIAS DE ADMINISTRAÇÃO:          Via oral.6. Vias injetáveis: Intradérmica.

REGRA DE TRÊS E DILUIÇÃO DE MEDICAMENTOS:   Utilizamos a regra de três para a maioria dos cálculos de medicação. Como por exemplo.5mg VO.7. portanto posso utilizar a regra: . posso ter prescrito um captopril 12. independente da via de administração. porém em minha unidade ter apenas na apresentação 50mg.

Continuação:  Como calcular?? .

ao preparar um medicamento. o profissional deve estar atento. representado pela água destilada (AD). não podendo ser preparado ou administrado mais ou menos e sim exatamente o prescrito pelo médico. . Quando se trata de diluição de medicamentos temos.Atenção!!!!!   Como já citado anteriormente. a solução que é uma mistura homogênea constituída por duas partes diferentes: soluto. representado pelo medicamento e o solvente. ou outro diluente. pois o mesmo deve ter durante seu preparo composição e dose exata.

5ml com 4mg/ ml. Disponível frasco ampola (FA) de 2. Disponível frasco ampola de 1g. Como devemos proceder?  .Exemplos de diluição: PM. Como devemos proceder?  PM. Dexametasona 2mg Ev. Ampicilina 125mg EV.

.Penicilina Cristalina É um antibiótico utilizado em vários processos infecciosos. apresenta-se no mercado em frasco ampola. seu soluto é um pó que após reconstituição acrescenta de 2 a 4 ml o volume total do diluente.

Disponível FA de 5.000.000 UI.000 UI EV.000. Penicilina Cristalina 4.000Ui. Como devo proceder?  PM. Como devo proceder?  .000.Exemplos: PM.000Ui EV. Penicilina Cristalina 300. Disponível FA de 1.

Continuação:  Como calcular?? .

Exercícios: PM. Como Proceder?  PM.000.000.000.000 EV. Disponível Penicilina Cristalina 5.000. Como Proceder?  PM.000 EV. Disponível Penicilina Cristalina 1. Penicilina Cristalina 4.000. Disponível Penicilina Cristalina 5. Penicilina Cristalina 3.500. Como Proceder?  .700.000 EV.000 EV. Penicilina Cristalina 1.000.000.700. Penicilina Cristalina 700. Disponível Penicilina Cristalina 10. Como Proceder?  PM.000 EV. Disponível Penicilina Cristalina 5.000.700.000. Como Proceder?  PM.000. Penicilina Cristalina 8.

8- REDILUIÇÃO DE MEDICAMENTO

A rediluição é utilizada no preparo de medicamentos em Neonatologia e Pediatria por apresentarem prescrição médica com doses que são calculadas através do peso ou superfície corporal da criança. A rediluição possibilita ao profissional de enfermagem segurança pra aspiração da dose correta.

Exemplos:

Temos uma criança de 3 meses com 4Kg internada em uma unidade pediátrica com quadro de infecção respiratória a PM é de Penicilina Cristalina 30.000 UI. Temos frasco de Penicilina Cristalina de 5.000.000.

Como devo proceder??

1° passo: diluir frasco de 5.000.000 e descobrir quantos milhões terei em cada ml. 2° passo: Aspirar 1ml desta solução ( que contém 500.000UI de P.C) e rediluir em 9ml de AD. Novamente descobrir quantos milhões terei em cada ml.

  3° passo: Aspirar 1ml desta solução (que contém 50.000UI de PC) e rediluir em 9ml de AD. 4° passo: Agora descubra quantos ml aspirar para obter 30.000UI de PC conforme PM . Novamente descobrir quantos milhões terei em cada ml.

000. PM.000.Exercícios:       PM. Disponível ampola de 80mg/ 2ml. Penicilina Cristalina 60. Proceda a rediluição e aspire a dose da PM. Disponível Penicilina Cristalina 1. Proceda a rediluição e aspire a dose da PM. Proceda a rediluição e aspire a dose da PM.000 EV. Garamicina 10mg EV. Disponível Frasco/ ampola 500mg/ 5ml. Flebocortid 25mg EV. PM. .

Cálculo de Concentrações dos medicamentos  Quando precisamos saber qual a concentração de uma solução ou como preparamos uma solução.9. devemos realizar o cálculo de sua contração por meio de porcentagem com regra de três simples como segue abaixo: .

qual a concentração de sódio dessa solução? 0.9% = 0.Exemplo:   Quanto (s) grama (s) de cloreto de sódio tem em ampla de 10ml a 20%? 20% = 20g Temos uma Solução Fisiológica 0.9% 125ml para diluirmos determinado antibiótico.9g .

Continuação:  Como calcular?? .

9%? Quantos gramas de lidocaína 2% há em um frasco ampola de 20ml Quantos gramas de Cloreto de Potássio há em uma ampola de Cloreto de Potássio a 19.1% em 10ml? Quantos gramas de glicose há em um soro Glicosado 10% de 500ml? Quantos gramas há de glicose em ampola de glicose a 25% com 10ml? .Resolva as Concentrações das soluções descritas abaixo por meio da porcentagem com regra de três simples:       Quantos gramas de glicose há em uma Solução Glicosada a 5%? Quantos gramas de Cloreto de Sódio há em uma Solução Fisiológica 1000 ml a 0.

TRANSFORMAÇÃO DE SOLUÇÃO Hipotônica: inferior a concentração plasmática.  Isotônica: mesma concentração plasmática.10.  Hipertônica: superior a concentração plasmática.  . TRANSFORMAÇÃO DA SOLUÇÃO = DO SORO.

Disponível 500ml de SG a 5% e ampolas de 20ml/ ampola de glicose a 50%. calcular a concentração do soro disponível:  . 1° passo – Calcular quantos gramas de glicose há no frasco de 500ml de SG a 5% ou seja.Exemplo 1 PM 500ml de soro glicosado a 10%.

Continuação Ex. ou seja. .1  2° passo – Calcular quantos gramas de glicose deverá conter o frasco de 500ml de SG a 10%. calcular a concentração do soro da prescrição médica.

1  3° passo – Calcular a diferença na quantidade de glicose do frasco de SG a 10% e do frasco a 5%. (a diferença entre o necessário e o disponível).Continuação Ex. .

 .Continuação Ex. 1 4° passo – Calcular quantos ml de glicose a 50% (das ampolas) é necessário para acrescentar 25g de glicose no soro disponível.

1   5° passo – Calcular a quantidade de glicose desprezada em 50ml de SG 5%. 6° passo – Calcular quantos ml de glicose a 50% são necessários para acrescentar 2.5g de glicose (para repor a perda).Continuação Ex. .

 PM SF10% 250ml para infundir em 3h. Disponível SG5% 500ml e ampolas de Glicose 10ml a 50%. Disponível SF0.Exercícios: Resolva as seguintes transformações das soluções:  PM SG10% 500ml para infundir de 6/6h. . Disponível SG5% 250ml e ampolas de Glicose 10ml a 50%. 9% 250ml e ampolas de Nacl 20% de 10ml.  PM SG10% 200ml para infundir em 4h.

que no geral é prescrita em horários que determinarão seu tempo de infusão e quantas gotas serão infundidas por minuto.GOTEJAMENTO DAS SOLUÇÕES:   O paciente. O cálculo de gotejamento deve ser realizado para o controle dessa infusão contínua. podendo necessitar da administração de soluções endovenosas. mediante sua patologia. . Esse gotejamento pode ser em gotas ou microgotas. pode sofrer alterações de volume (referentes a água e ao sangue/ volume corporal).11.

Medidas e Equivalências: 1gota = 3 microgotas 1ml = 20 gotas 1ml = 60 microgotas    .

3 (constante) = número de gotas/ minuto.Fórmula de gota:  Gotas = V T . .

Fórmula de microgota: microgotas = V .  . ou ainda:  volume = V Tempo em hora T = número de microgotas/ minuto. 3 (constante) T . 3 (constante) = número de microgotas/ minuto.

9% 1000ml de 12/12h.Exemplos:  PM Soro Fisiológico 0. quantas gotas irão infundir por minuto? .

9% 500ml de 4/4h. quantas microgotas irão infundir por minuto? Observação: A fórmula simplificada para microgotas é a mesma para definirmos quando a questão solicitar o resultado em ml/h..   PM Soro Fisiológico 0.Continuação. ..

quantas goras e microgotas irão infundir por minuto? PM SF0. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? PM SG10% 1000ml de 4/4h EV. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? PM SG5% 250ml de 8/8h EV.Exercícios:     PM Ringer 750ml de 6/6h EV.9% 550ml de 8/8h EV. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? .

60 = N° mcgotas/ min.Gotejamento das soluções em tempo inferior a 1h: Para Gotas: V em ml . T em minutos  . T em minutos  Para Microgotas: V em ml . 20 = N° gotas/ min.

Exercícios:  Vamos praticar um pouco? .

Exercícios: 1. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? 2.PM Vancomicina 500mg EV diluída em SG 5% 30ml para infundir em 40minutos. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? .PM Clindacina 2g EV diluída em SG5% 100ml para infundir em 55minutos. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? 3.9% 50ml para infundir em 45minutos.PM Amicacina 1g EV diluída em SF0.

quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? 5.. quantas gotas e microgotas irão infundir por minuto? ..PM Flagyl 250mg/ 50ml para infundir em 30 minutos.Continuação.PM Garamicina 80mg EV diluída em SF0.9% 80ml para infundir em 30minutos. 4.

Fórmula para calcular o tempo de infusão: T= Volume Gotas .9% a 50 gotas por minuto?  . 3  Exemplo: Em quanto tempo deve correr 1500ml de SF 0.

esta deverá ser transformada em minutos. o qual será multiplicado por 60 e dividido por 9.Atenção!!!   Quando o resultado dessa fórmula gerar um a casa décima. Considere-a como um número inteiro. .

Exemplo:  Em quanto tempo deve correr 1500ml de SF 0.9% a 40 gotas por minuto? .

9% a 80 gotas por minuto? Em quanto tempo deve correr 800 ml de SG 5% a 42 gotas por minuto? Em quanto tempo deve correr 500ml de Ringer a 55 gotas por minuto?      .9% a 50 gotas por minuto? Em quanto tempo deve correr 1500ml de SG 10% a 40 gotas por minuto? Em quanto tempo deve correr 250ml de SF 0.Exercícios: Em quanto tempo deve correr 500ml de SF 0.

12. . de coloração roxo-escura. Tem ação antisséptica e antipruriginosa.CÁCULO DE PERMAGANATO DE POTÁSSIO (kmNo)    O que é? É um sal de manganês. inodoro. solúvel em água fria ou em ebulição.

Diluição:    Sua diluição deve ser realizada conforme prescrição médica.000ml de água.000ml de água. está para 10.000 isto significa 1g de KMnO4. está para 40. podendo ser: 1:10.000 isto significa 1g de KMnO4. 1:40. .

. para evitar oxidação. Deve se acondicionado em frascos escuros e bem fechados.Atenção!!!   O permaganato de potássio é corrosivo quando usado de forma inadequada e associado à glicerina se torna inflamável.

000mg) de permaganato de potássio em 40. .000.000ml com comprimidos de 100mg.000ml de solução de KMnO4 a 1:40.Exemplo:   PM 1.000ml (40 litros) de água. temos 1g (1. Sabemos que se a solução é a 1:40.

1° passo:  Calcular quantos mg de permaganato de potássio existem em 1000ml da solução pretendida: .

.2° passo:  Calcular quanto do comprimido corresponde a 25mg.

diluindo o comprimido em 4ml de água destilada: . devemos preparar a solução na dosagem correta.3° passo:  Com a dificuldade de cortar o comprimido em quatro partes iguais.

. PM preparar 2. PM preparar 2 litros de KMnO4 a 1: 40.000.000ml de KMnO4 a 1:40:000. usando comprimidos de KMnO4 50mg. usando envelopes de KMnO4 de 50 mg. PM preparar 500ml de KMnO4 a 1:10:000. usando envelopes de KMnO4 de 50 mg. usando envelopes de KMnO4 de 100 mg. PM preparar 5 litros de KMnO4 a 1: 40.Exercícios:      PM preparar 2.000ml de KMnO4 a 1:40:000. usando comprimidos de KMnO4 100mg.000.

13.LISTA DE MEDICAÇÃO DE ALERTA: .

'  6:.874 31:3/754723:94 .39.802.7449.849.

 !.49.7.8 S '022   S 49.8 !.49.7.8.884:0802 90254310747.490.20394/.

49..8.7.8 '022  S '022  S 2.23 %0223:948 !.7449.

23 %0223:948 .

.24857.7 :254:.J.07.4 .9.48 '.

87431:3/754723:94 .3.. 2'/:J/.80 2.42.7449.849.87431:3/754723:94  !'.3.7.80 2.'/:J/.87431:3/754723:94  !3/.02 $ 25..7449.849.39.31:3/702 23:948 6:.80 2.39..3.7.02 $  25.07.849. 02$ 25.39.7.J.48  !2.31:3/702 23:948 6:.7449.31:3/702  23:948 6:.'/:J/.3.

 2' /:J/.849.3.802.7449.8 7431:3/754723:94  !.4  !. 2.7.7.39.31:3/702 23:948  6:.02$  2 5.4393:.2.

849.7. 2 5.802.31:3/702 23:948  6:.8 7431:3/754723:94 .7449.39.

 49.0.5.8  0254 26:.O72:.8 54723:94 .7.47707  2/0$ .:.39490254 /0...74 90254/031:84 %'4:20 %'4:20 49..

807E 2:95../0.1O72:.02 23:948 438/070 438/070 .9034 ":.  089.07.07E807 97.3/44708:9..424 :23207439074  46:..2././F.7 :2./4 /088.//4547 .381472./4547  0/..8.

 49.0254 26:.39490254 /0.8 54723:94 .0.47707 2/0 $ .

39490254/0. 49.0.39490254/0.0.8547 23:94 26:.47707 2 /0#307.854723:94 26:.854723:94 26:.0.07.J.854723:94 .39490254/0.0.8547 23:94 26:. 49.49.47707  2/0$.47707 2 /0$ . 49.0.47707  2/0$ .39490254/0.48 26:.47707  2/0$ .49.39490254/0.

447. .3988F59.4744 08.0 .17./02.3H8 /0 .4744 34/474 84.3.:7. 4:020-:4  %02.   & !#%  ! % $$  24 6:0F A:28.  .447.4..3957:7348.002E:.

/./0  894831..  54/03/4807  894831.080770../:4/0. . . 2/0 E:.  894831. 2/0 E:.43147205708.742F/../0  894831.7.:4 $:../0 3  089E5..7../0 3  089E5.

9034 5072.0 .884.43.0 0.2E.9./48 5.4 6:.. 3.3/4:8.47748.080.8.4808.80 9473./4/01472..43/./06:..4  .31.073./.7.94/0 549E884F.3./4 0217.74/./4. 0..:7480 -0210.

.  90248  2  /05072.-02486:080.94/0549E88402  2  9748 /0E:.84:4F. 2.42 .3.0254 ! 2/084:4/0 3 ..42572/48/0 2 $.

.39482 /05072.84:4 570903//. .:..76:.S 5.94/0 549E8840890202  2/.3.884 .

:.47708543/0.76:.42572/4 .884 .S 5. 2 .394 /4..

:/.02.884 42.7./0/0 .8 /0./1.  /:3/44. /089.7908 :.47709./.0248 5705.9745.74.84:43.42572/4 026:.7.479.42572/4 022/0E:.S 5. . /48.

7.7.   :8.7.48 !5705.   :8.04508/03 /0 2 !5705.04508/03 /0  2 !5705.3/403.04508/03 /0  2 !5705.07.42572/48/03   2 .7 2/03 .J.3/403.7.   :8.42572/48/03   2 !5705.79748/03 .7 2/03 .3/403.  :8.7.79748/03 .3/4.3/4.7 2/03 .  :8.

  $%@ #% .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->