1- (FCC/TRF1/TEC/2007)26.

No que diz respeito ao regime jurídico do servidor público federal, é legal e tecnicamente correto afirmar que (A) o exercício é o efetivo desempenho das atribuições do cargo público ou da função de confiança. (B) o salário é a retribuição pecuniária pelo exercício de cargo público, com valor fixado em lei. (C) o funcionário público é a pessoa que ocupa cargo público criado por decreto do Poder Executivo. (D) a remuneração é o valor-base do cargo em exercício, não acrescido das vantagens pecuniárias. (E) as vantagens consistem em indenizações e gratificações, e sempre se incorporam ao vencimento. _______________________________________________________________________________________ 2- (FCC/TRF1/TEC/2007)27. No que diz respeito aos direitos do servidor público e à acumulação de cargos, analise: I. O servidor em débito com o erário que for exonerado, demitido, ou que tiver sua aposentadoria ou disponibilidade cassada, terá um prazo legal para quitar o débito. II. Detectada a qualquer tempo a acumulação ilegal de cargos, empregos ou funções públicas, o servidor será notificado para apresentar opção dentro de um prazo legal. Esses prazos legais são, respectivamente, de (A) 30 (trinta) dias, sob pena de inscrição em dívida ativa; e 10 (dez) dias, prorrogáveis por mais 10 (dez), sob pena de instauração de sindicância. (B) 30 (trinta) dias, prorrogáveis por mais 30 (trinta); e 15 (quinze) dias, prorrogáveis por mais 15 (quinze). (C) 60 (sessenta dias), sob pena de inscrição em dívida ativa; e 10 (dez) dias improrrogáveis, sob pena de instauração de procedimento sumário. (D) 60 (sessenta) dias, prorrogáveis por mais 30 (trinta); e 15 (quinze) dias, sob pena de exoneração de ofício. (E) 90 (noventa) dias, sob pena de execução fiscal; e 5 (cinco) dias úteis, prorrogáveis por mais 5 (cinco). _______________________________________________________________________________________ 3- (FCC/TRF1/TEC/2007)28. Em relação ao vencimento e à remuneração do servidor público, é correto afirmar: (A) As faltas justificadas decorrentes de caso fortuito devem ser compensadas, mas não consideradas como de efetivo exercício. (B) O servidor, de regra, perderá a parcela da remuneração diária, proporcional aos atrasos, ausências justificadas e saídas antecipadas. (C) É vedada a consignação em folha de pagamento em favor de terceiros, salvo por mandado judicial. (D) O servidor não perderá a remuneração do dia em que faltar ao serviço, ainda que sem motivo justificado. (E) O vencimento do cargo efetivo, acrescido de quaisquer vantagens, não está sujeito a reduções de qualquer natureza. 4- (FCC/TRF1/TEC/2007)29. As instituições de pesquisa científica e tecnológica federais poderão prover seus cargos com (A) técnicos e cientistas estrangeiros, de acordo com as normas e procedimentos legais. (B) técnicos e cientistas, desde que brasileiros e quites com as obrigações militares. (C) professores brasileiros e estrangeiros, estando, ou não, no gozo dos direitos políticos. (D) professores, desde que brasileiros natos ou naturalizados, excluída a quitação das obrigações militares. (E) professores, técnicos e cientistas, brasileiros ou estrangeiros, dispensado o gozo dos direitos políticos.

(FCC/TRF1/TEC/2007)31. servidor público federal. e quanto ao exercício de outro cargo público efetivo ou em comissão. podem ser deferidos aos servidores públicos federais outros direitos. (C) o servidor será submetido a processo judicialiforme para verificar qual a pena aplicável. a critério da Administração.(FCC/TRF1/TEC/2007) 36.". aprovado no concurso público para provimento do cargo de técnico judiciário . Polifemo. e de valores que constituem seu patrimônio. (B) do estado civil. V. (D) deverá responder apenas criminalmente perante o Estado. (D) de bens e valores que constituem seu patrimônio. Afrodite. Além do vencimento e das vantagens. (C) a readaptação especial e a demissão. no interesse da Administração. exceto na condição de interino. deverá.112/90. aos adicionais SOMENTE as situações (A) I. II. _________________________________________________________ 7. (C) comissão. V e VI. observando que a posse poderá dar-se mediante procuração específica. mas não entrou em exercício no prazo estabelecido. ou isolado. analise as situações funcionais sobre: I. observando que a posse é de natureza personalíssima e sem procuração. (E) o servidor será exonerado ou transferido. respectivamente. Polifemo não entrou em exercício no prazo legal. (C) da ausência de antecedentes criminais. para cargos de confiança vagos. retornou à atividade. quando se tratar de cargo isolado de provimento efetivo ou de carreira.(FCC/TRF1/TEC/2007)35. sendo que a posse poderá ocorrer mediante qualquer procuração por instrumento público. _________________________________________________________ 13. mas pode retornar ao cargo. exceto na condição de interino. Dentre elas. Porém. Nesse caso. _________________________________________________________ 12.(FCC/TRF2/TEC/2006) 40. se casado. Assim.". quando se tratar de cargo isolado de provimento efetivo ou de carreira. (B) I. 8(FCC/TRF1/TEC/2007)33. e quanto ao exercício ou não de outro cargo. IV. serviço extraordinário. Poseidon era ocupante de cargo em comissão na Administração Pública Federal. emprego ou função pública. II. e não era portador de doença comprovada por junta médica oficial. (E) recondução e remoção. se solteiro. (A) será tornado sem efeito o aproveitamento e cassada a disponibilidade.00 (vinte mil reais). IV. tomou posse. em ambos os casos.(FCC/TRF1/TEC/2007)30. Essas situações caracterizam. V e VI. encontrava-se em disponibilidade. VI. ocorrerá (A) a demissão e a exoneração a pedido. _________________________________________________________ 10. IV. Nesse caso. (B) responderá perante a empresa "Atenas Ltda.(FCC/TRF1/TEC/2007)32.000. (E) não poderá retornar ao serviço público federal. (D) poderá ser cassado o aproveitamento.(FCC/TRF1/TEC/2007)34.112/90. em ambos os casos. por ter sido invalidada a sua demissão por decisão administrativa. (C) não tem qualquer responsabilidade civil ou administrativa. enquanto Zeus. tendo tomado posse e entrado em exercício no cargo de técnico judiciário – área administrativa. em razão de seu cargo de técnico judiciário – área administrativa. para cargos de confiança vagos. Referem-se. foi reinvestida no cargo anteriormente ocupado. Ao retornar à atividade foi aproveitado em outro cargo de atribuições e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado. Nesse caso. Diante dessas situações. servidor público aposentado. . exercício de função de direção. (E) de que não responde a quaisquer ações judiciais. as formas de provimento denominadas (A) readaptação e reintegração. Por ter sido responsabilizado pela aplicação irregular de dinheiros públicos foi apenado com a destituição do cargo em comissão. (E) responderá perante a Fazenda Pública. legalmente. (E) III. está tomando providências para tomar posse. férias. sendo vedada a posse por qualquer modalidade de procuração.área administrativa. III. periculosidade. a nomeação far-se-á em (A) comissão. (C) estará sujeito à indenização do prejuízo. IV. (D) a demissão de ofício. enquanto Medusa. (D) reversão e reintegração. _________________________________________________________ 11. Poseidon (A) será considerado inidôneo. no valor de R$ 20. insalubridade ou atividades penosas. (C) reintegração e nomeação. inclusive na condição de interino. em ação regressiva. e por ato de omissão culposa. (B) o servidor terá um prazo adicional de 30 (trinta) dias para tomar posse. De acordo com a Lei no 8. II. para cargos de confiança vagos.".(FCC/TRF2/TEC/2006) 41. natal. respectivamente. e quanto ao exercício ou não de outro cargo ou função pública. Pégaso. (C) I. V e VI. não satisfez as condições do estágio probatório. e dos bens que constituem o patrimônio conjunto. no ato da posse. mas sem qualquer outra vedação. sendo que a posse poderá ocorrer por procuração ad juditia ou geral. (B) comissão. _________________________________________________________ 6. (B) reversão e recondução. (B) a exoneração de ofício. (D) não poderá ser investido em cargo público federal pelo prazo de 8 (oito) anos. Orfeu. e estando presentes os requisitos legais. apresentar as declarações (A) da ausência de processos administrativos. respectivamente. (D) caráter transitório. respectivamente. III e IV._________________________________________________________ 5. em ação regressiva. III e V. e com o que dispõe expressamente a Lei no 8. mas mantida a disponibilidade. _________________________________________________________ 9. a critério da Administração. causou danos patrimoniais à empresa "Atenas Ltda. (B) estará impedido de nova investidura em cargo público federal durante 5 (cinco) anos. Eros ( A) está sujeito à perda do cargo. (D) II. (E) caráter efetivo. Eros. se requerida pela empresa "Atenas Ltda. (E) o aproveitamento e a disponibilidade. servidora pública estável.

ou. quando as circunstâncias o exigirem. prorrogável por igual período. para outro ponto do território nacional ou para o exterior. vedado o seu aproveitamento em outro cargo e a sua colocação em disponibilidade. Em regra. no prazo de vinte dias.Considere as seguintes assertivas a respeito do estágio probatório: I. contados da data da ciência. C 11. a autoridade competente (A) exonerará ex officio o servidor que ficará incompatibilizado para nova investidura em cargo público federal. para apresentar opção no prazo de quinze dias. (E) fica obrigado a restituir 50% do valor recebido. Seis meses antes de findo o período do estágio probatório. quando invalidada a sua demissão por decisão administrativa ou judicial. companheiro ou parente do acusado. II. C 3. B 4. D 16. D 6. O prazo para a conclusão do processo disciplinar não excederá sessenta dias. (B) I. para apresentar opção no prazo de vinte dias. (E) III e IV. com ressarcimento de todas as vantagens. admitida a sua prorrogação por igual prazo. o servidor não aprovado no estágio probatório será exonerado ou. vedada a sua colocação em disponibilidade. III. IV. (C) reconduzido ao cargo de origem. está se recusando. Considere as seguintes assertivas a respeito do Processo Disciplinar: I. (C) I e IV. D 9. contados da data da ciência. sem direito à indenização ou aproveitado em outro cargo. _____________________________________ 16. _________________________________________________________ 18. (B) notificará o servidor pessoalmente. contados da data da ciência. afastar-se da sede em caráter eventual ou transitório. (B) suspensão de até noventa dias. (B) removido ao cargo de origem. mas de atribuições e vencimentos compatíveis com o anteriormente ocupado. A 15. uma vez que não havia justificativa para tal recusa. III. ainda. (D) advertência escrita em que será fornecido prazo para o cumprimento espontâneo da determinação. O processo disciplinar será conduzido por comissão composta de cinco servidores estáveis designados pela autoridade competente. E 17. Gabarito 1. (E) transferido ao cargo de origem. dentre eles. o seu presidente. ser ocupante de cargo efetivo superior ou ter nível de escolaridade superior ao do indiciado. com direito à indenização ou aproveitado em outro cargo. A reintegração é a reinvestidura do servidor estável no cargo anteriormente ocupado. no prazo máximo de 180 dias. necessariamente. a se submeter a inspeção médica determinada pela autoridade competente. configurando insubordinação grave passível de tal penalidade. para apresentar opção no prazo improrrogável de vinte dias.112/90. B 7. C 13. até o terceiro grau.(FCC/TRF2/ANALISTA ADM/2006) 43. a serviço. contados da data da ciência. em linha reta ou colateral. cônjuge. C . prorrogável por igual período. por qualquer motivo. para apresentar opção no prazo improrrogável de dez dias. vedada a sua colocação em disponibilidade. sem direito à indenização ou aproveitado em outro cargo. De acordo com a Lei no 8. com direito à indenização. Encontrando-se provido o cargo. (C) II e III. sendo que tal verba será abatida da remuneração do mês subseqüente. (D) II. reconduzido ao cargo anteriormente ocupado. II. contados da data de publicação do ato que constituir a comissão. (C) fica obrigado a restituí-las integralmente. E 12. O servidor que receber diárias e não se afastar da sede. _________________________________________________________ 15. não cessando os efeitos da penalidade ainda que cumprida a determinação. cessando os efeitos da penalidade uma vez cumprida a determinação. (E) III e IV. por intermédio de sua chefia imediata.(FCC/TRF2/TEC/2006) 42. Douglas. O presidente da comissão de sindicância deverá. Douglas será punido com (A) suspensão de até quinze dias. que indicará.112/90. II e III. está correto o que consta APENAS em (A) I e II. por intermédio de sua chefia imediata. fará jus a passagens e diárias destinadas a indenizar as parcelas de despesas extraordinárias com pousada.(FCC/TRF2/ANALISTA/ADM/2006) 42. Detectada a qualquer tempo a acumulação ilegal de cargos. (B) I. (D) aproveitado obrigatoriamente em cargo diverso. E 8. A 5. _________________________________________________________ 17. (C) notificará o servidor.(FCC/TRF2/ANALISTA ADM/2006) 44. consangüíneo ou afim. O servidor em estágio probatório poderá exercer quaisquer cargos de provimento em comissão ou funções de direção. II e III. A 10. cessando os efeitos da penalidade uma vez cumprida a determinação. se estável. 14. ou no cargo resultante de sua transformação. E 18. (C) suspensão de até trinta dias. empregos ou funções públicas. está correto o que consta APENAS em (A) I e II.(FCC/TRF2/TEC/2006) 43. posto em disponibilidade. A 2. Segundo a Lei no 8. no prazo de cinco dias. será submetida à homologação da autoridade competente a avaliação do desempenho do servidor. (D) notificará o servidor pessoalmente. III e IV. pelo prazo de oito anos. (A) fica obrigado a restituí-la. injustificadamente. Não será objeto de avaliação para o desempenho do cargo o fator relacionado à capacidade de iniciativa. O servidor que. III e IV. (E) notificará o servidor. IV. E 14. (D) II. Não poderá participar de comissão de sindicância ou de inquérito. alimentação e locomoção urbana. o seu eventual ocupante será (A) revertido ao cargo de origem. Neste caso. (D) fica obrigado a restituí-las integralmente. chefia ou assessoramento no órgão ou entidade de lotação. (E) demissão. (B) não será obrigado a restituí-las em razão do caráter alimentar de tal verba. servidor público federal estável.