P. 1
O OBREIRO

O OBREIRO

|Views: 32|Likes:
Publicado porcissao10

More info:

Published by: cissao10 on Jan 08, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as DOC, PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/08/2012

pdf

text

original

O OBREIRO II Timóteo 2:15 Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja

bem a palavra da verdade. I - A POSTURA DO OBREIRO A postura do obreiro é muito importante para o avanço e conceito do seu ministério junto à congregação. O texto de II Timóteo 2:15 diz que o obreiro aprovado não tem de que se envergonhar. Por isso é necessário alguns itens, que veremos a seguir, para aprovação de um obreiro. O obreiro precisa manter uma postura de forma que a igreja veja nele um exemplo. Filipenses 3:17, nos diz: “Sede também meus imitadores, irmãos, e tendes cuidado, segundo o exemplo que tendes em nós, pelos que assim andam”. I Tessalonicenses 1:7 - “De maneira que fostes exemplo para todos os fiéis na Macedônia e Acaia”. I Timóteo 4:12 - “Ninguém despreze a tua mocidade: Mas sê o exemplo dos fiéis, na palavra, no trato, na caridade, no espírito, na fé, na pureza”. Hebreus 13:7 - “...lembrai dos vossos pastores, que vos falaram a palavra de Deus, a fé dos tais imitai, atentando para a sua maneira de viver”. Vejamos a seguir alguns itens que o obreiro precisa observar:a) A MANEIRA DE SE VESTIR:Embora pareça ser uma coisa tão irrisória, sem importância, mas a maneira do obreiro se vestir influi no seu ministério. Vejamos por que:Há um ditado popular que “a primeira impressão é que fica”. Quando o obreiro chega à igreja, numa reunião, ou mesmo em uma visita evangelística, a primeira coisa que é observada pelos membros ou visitantes é a maneira que ele está vestido. Não digo da necessidade de estar com roupas caríssimas, estar de terno ou fazer algo além de suas possibilidades, porém é necessário se vestir bem para que não tenha de que se envergonhar. Não deve pois o obreiro se apresentar sujo, com roupas rasgadas, indecentes, roupas de tom berrantes e coloridas, como exemplo: calça verde, camisa roxa, sapato marrom, meia azul, paletó alaranjado e gravata preta: pois tornaria alvo de gozação dificultando a recepção de mensagens. b) ANDAR:Embora não pareça, mas o andar dá uma representação de postura. O drogado tem um jeito de andar, o criminoso tem uma maneira de andar e assim sucessivamente. Se formos observar veremos que cada pessoa, pelo seu nível social, pela maneira de vida, tem um modo de andar e o cristão, principalmente o obreiro, deve se adequar ao andar do cristão, com calma e com prudência. Assim fazendo, será conhecido ao longe. c) O FALAR:Tito 2:8 -> “linguagem sã e irrepreensível, para que o adversário se envergonhe, não tendo nenhum mal que dizer de nós”. Há muitos obreiros que afirmam não ser necessário o estudo, e que a letra mata. Seria uma afirmação correta? Quando analisamos o texto em :

porque a letra mata. mas do espírito. Nunca se deve fazer gestos abaixo da cintura. e este andando. lembre-se que o conselho a Timóteo é “em tudo te dê por exemplo”. “Nunca devemos esquecer que para sermos aprovados é necessário ser provado”. Deve-se observar também. outros inferior a todos. Uns se apresentam como ditador. Como poderá o obreiro ajudar as pessoas se não as ouvir? Deve pois o obreiro saber falar. falam errado. pois a falta de observação leva o obreiro a fazer gestos imorais diante da igreja. e o espírito vivifica”. d) O SENTAR:infelizmente existem irmãos que não sabem se portar. I Timóteo 3:10. saibam se portar e sentar com postura. casa de oração. como por exemplo. principalmente no final do culto/reunião. nem acima da cabeça. cumprimentar as pessoas com amor e atenção. como teremos uma linguagem sã e irrepreensível se não lermos e estudarmos? Existem muitos obreiros que por não se dedicarem à leitura. porque a atenção sempre está voltada ao preletor. não da letra. outros como superior a todos. Vemos que quando diz letra. g) COMO SE APRESENTAR NA IGREJA :Existem varias maneiras de apresentar-se à igreja. principalmente na igreja. sem esquecer que existe a hora de falar e a hora de ouvir. pois acaba desviando a atenção do ouvinte que está atento e com os olhos fitos no preletor. É importante lembrar que quando estamos na igreja. principalmente ao visitante. f) CUMPRIMENTOS:Às vezes o obreiro se individualiza e não mantêm um contato com a igreja. nem tão pouco para trás. arremessar o corpo sobre o púlpito ou sobre o público. É bom sempre. a atenção do ouvinte vai também se dispensando tendo assim “ruídos” que acabam por dificultar a mensagem. não como se estivesse em sua casa. ou na praia. Nunca se esqueça que geralmente a primeira impressão é que fica. mas fomos feitos ministros de um novo testamento não da letra (lei) mas do espírito ( graça). demonstrando sempre que a presença dele (a) é importante na congregação. e) OS GESTOS / GESTICULAÇÕES:deve-se ter muito cuidado neste campo. desmotivar ou tirar a atenção do público. tendo um linguajar saudável. sem gírias e conversas mundanas. ou numa rede. para não fazer gestos que venha abalar. II Timóteo 2:15. lembre-se: MELHOR QUE SABER FALAR É SABER OUVIR. saber conversar evitando os vícios de linguagem. É importante que os obreiros sejam amigáveis. etc. e devemos nos portar com decência. como obreiro que não tenha de que se envergonhar”. Evitar também andar muito na explanação ou adiante do público. que principalmente os obreiros. Como será que devo me apresentar? “A Deus devemos apresentar aprovados.II Coríntios 3:6 -> “O qual nos fez também capazes de ser ministros dum novo testamento. está dizendo da lei e não do alfabeto. pois a lei condena. isto é. Outro ponto é. Tiago 1:19 nos diz que devemos ser prontos para ouvir e tardios para falar. ao estudo. . Convêm pois. por isso devemos saber ouvir também. repetir a mesma palavra constantemente. estamos na casa de Deus. lêem errado e torcem a palavra dando uma segunda interpretação das escrituras. afáveis e receptíveis.

exigir de outros o que nem eu faço? Por isso. ser-lhes-ão perdoados. e vá para o seu lugar orar. tem que ter conhecimento e boa aparência. Observemos os casos comuns:Iº . “À igreja devemos nos apresentar como exemplo dos fiéis”. e a igreja cresça. 5º -> Lembrando que na diferença quanto ao diácono ou porteiro. Por isso. E a oração da fé salvará o doente. com estrutura espiritual. ungindoo com azeite em nome do Senhor”. (Colossenses 3:14). ) PARTICIPAÇÃO:Infelizmente existem obreiros que não participam do culto e ainda saem murmurando. que é o vínculo da perfeição. a instrução é a seguinte:. na doutrina mostre incorrupção. Como eu quero que a igreja glorifique se eu não glorifico? Que a igreja cante se eu não canto? Que a igreja acompanhe a leitura bíblica se eu nem pego a Bíblia nas mãos? Poderia eu cobrar. 1º -> Se o culto já iniciou. sem fugir da norma. Então é dever do ministro / obreiro apresentar-se à igreja como exemplo em tudo. sinceridade”. 6º -> Permanecer em oração. e. com zelo. pois o mesmo deverá recepcionar o visitante.DEMÔNIOS):Nunca devemos esquecer que para tomar uma atitude deve-se observar a ocasião. deve ter um comportamento exemplar. buscando sempre que o Senhor desperte a igreja e derrame do seu poder sobre os que comparecerem no templo para que se sintam bem. esteja atenta e não assista simplesmente. a participação e a atenção em tudo o que acontece no decorrer da reunião. 4º -> Evitar conversar ou desviar a atenção para coisas que não façam parte da cerimônia. com sinceridade. É importante que a igreja participe do culto. é bom que entre e cumprimente os que já estão ali. com confiança. E o espírito de Deus que é imprescindível. Não esquecendo da mansidão e da caridade. e o Senhor o levantará. o obreiro.Se é enfermidade deve-se observar:a) Se é membro da igreja ou não. ao chegar no templo. I Timóteo4:12. tendo cuidado de nós e da doutrina ( I Timóteo) 4:16). e orem sobre ele. tem que começar do grupo de obreiros. Esta é a regra. além da unção. para que no horário de começar o culto esteja pronto para dar abertura. mas o exemplo vem dos obreiros. i) COMO SE PORTAR DURANTE O CULTO:O comportamento dos obreiros durante o culto é importante. Se for membro. j) COMO AGIR FRENTE AOS PROBLEMAS (ENFERMIDADES .Para não ter de que se envergonhar.Tiago 5:14 e15 diz: “Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja. se queremos cultos de poder. com temperança. sem haver em tempo algum a questão pessoal e sim buscando ser cheios do poder de Deus para ter para transmitir à igreja. porque chamam a atenção da igreja. se houver cometido pecados. Tito 2:7-> “Em tudo te dê por exemplo de boas obras. . deve entrar e sentar no seu lugar sem chamar a atenção da igreja. gravidade. 3º -> Sair do seu lugar só no caso de necessidade. 2º -> Se o culto ainda não começou. Vejamos alguns pontos para lembrar da postura. agora se deve observar a ocasião. pegar o nome e dados dele e levar a quem está dirigindo o culto ou ao pastor alguns recados necessários.

não há unção com azeite porque se observa que a unção é se há alguém dentre vós. Com amor e tendo exemplo de vida. Encerrando este item quero deixar o conselho do apóstolo Pedro na sua II carta no capítulo I. Porque. Portanto. b) Se acontecer uma manifestação maligna durante o culto.Se for fora do culto. EXORTAR OS MEMBROS:Existem duas coisas que não podemos confundir.11 e Judas vers. distraindo ou tirando a atenção da igreja da mensagem. um dos obreiros ou o dirigente do culto deve colocar a igreja em oração. e ao amor fraternal caridade. 2º . O diabo é expulso no poder no nome de JESUS e não no sangue de JESUS (Marcos 16:17).Manifestação de demônios devemos estar alerta sobre:a) Se somos chamados para expulsar o demônio nas casas devemos saber que o primeiro objetivo é expulsar o diabo e não palestrar. quero lembrar que cada um deve se colocar na sua posição e desempenhar a função ou o ministério que foi confiado sem querer passar além do que lhe é permitido. se não for possível.8 e 9. dificultando o desenvolvimento do seu ministério.10. E à piedade amor fraternal. Observa-se também que nós não estamos para pedir licença a satanás e sim para ordenar a ele. com apenas uma exceção. ver um intervalo entre os cânticos ou antes da mensagem. É bom ter também a visão de que temos que ter um mesmo parecer (II Coríntios 13:3). o obreiro vai até onde está o enfermo. evitando sempre o máximo de chamar a atenção da igreja. . segue-se as mesmas instruções. a correção e o aconselhamento. O aconselhamento ou admoestação cabe a qualquer um. nada vendo ao longe. k) COMO CORRIGIR. sempre observando para não chamar a atenção da igreja. b) se não é membro. Lembre-se que quanto menos desviar a atenção da igreja melhor é. admoestação. havendo se esquecido da purificação dos seus antigos pecados”. não vos deixarão ociosos nem estéreis no conhecimento de nosso Senhor jesus Cristo. pondo nisto mesmo toda a diligência. pois a igreja não irá acatar sua posição tornando-se um antipático. (leia Mateus 7. se em vós houver e abundarem estas coisas.22. salvo casos de extrema necessidade. unge com azeite e ora. para que isso aconteça enquanto uns estão expulsando o diabo. versículo 5 ao 9. nunca deve ser feito perto dos outros e sim em particular ou em reunião específica. E à ciência temperança. acrescentai à vossa fé a virtude. Para finalizar este tópico. quantos aos demais a Bíblia ensina que colocarão as mãos sobre os enfermos e os curarão (Marcos 16:15-18). em primeiro lugar. e à virtude a ciência. Para corrigir alguém. desde que saiba fazer (Colossenses 3:16) porém deve ser feito com humildade e mansidão e com amor para que o outro se edifique. e à paciência piedade.Provérbios 9:7-11. “E vós também.23 e 2 Pedro 2) Leia 2 Pedro 2. deve o obreiro estar atento e preparado para expulsar. Se for necessário orar pelo enfermo na hora da mensagem é preferível que seja levado o enfermo e o obreiro ao quintal da igreja. e à temperança paciência. Nunca com ira e tendo cuidado com o que vai falar para que se tenha compreensão de ambas as partes e sirva de edificação (Hebreus 12:06 ao 11). se é durante o culto o primeiro passo é ver se há possibilidade de esperar até o final do culto. Pois aquele em quem não há estas coisas é cego. Também se lembre que Deus constituiu pastores para apascentar o rebanho e a igreja deve submissão espiritual ao pastor (Hebreus 13:17). Veja o que diz II Timóteo 3:16 .

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->