Você está na página 1de 1

Congresso derruba veto de Lula a reajuste - Arquivo - Notcia - VEJA.com http://veja.abril.com.br/noticia/arquivo/congresso-derruba-veto-lula-re...

Arquivo
31 de Agosto de 2005

Brasil

Por Marcio Oyama

O Congresso Nacional derrubou nesta quarta-feira o veto do presidente Luiz Incio Lula da Silva ao reajuste de 15% nos salrios dos servidores da Cmara e do Senado. Foi a primeira vez que as duas casas derrubam um veto de Lula desde a sua posse, em janeiro de 2003. Segundo a Agncia Senado, o senador Aloizio Mercadante (PT-SP) j avisou que o governo apresentar ao Supremo Tribunal Federal (STF) ao direta de inconstitucionalidade (Adin) contra o aumento. No Senado, o reajuste foi mantido por 61 votos contra 7. Na Cmara, foram 370 votos a favor e 59 contrrios. O presidente da Repblica decidiu vetar as propostas de aumento por consider-las inconstitucionais. O artigo 169 da Constituio, alegou o presidente em mensagem enviada ao Congresso, diz que o incremento da remunerao dos servidores s pode ser efetuado se houver dotao oramentria suficiente e previso na Lei de Diretrizes Oramentrias - o que, segundo o presidente, no existe. "No desrespeito com o servidor, porque eles so muito bem remunerados. A derrubada dos vetos contentar aos servidores, mas desrespeitar a Constituio", disse Mercadante. J o senador Efraim Moraes (PFL-PB) afirmou que h recursos no Senado Federal para pagar o aumento de seus servidores, o que torna os projetos, segundo ele, constitucionais. "Havia e h recursos e no h nenhuma inconstitucionalidade." Em maio, Lula havia negociado com os presidentes da Cmara, Severino Cavalcanti (PP-PE), e do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), um acordo para derrubar o aumento - que representar um gasto extra de 570 milhes de reais aos cofres pblicos por ano. Na ocasio, tanto Severino quanto Renan se comprometeram a no derrubar o veto mas no cumpriram o prometido. O Congresso ainda precisa analisar o veto de Lula ao reajuste aos servidores do Tribunal de Contas da Unio (TCU).

1 de 1

18/10/2011 22:38