Você está na página 1de 1

Escola Superior de Comunicação Social

2ºSemestre, 2010/2011

Novas profissões
No nosso dia-a-dia assistimos aos avanços tecnológicos assim como a ideias novas, no entanto no que respeita à criação de novas tecnologias não se verifica o mesmo. Pois, como podemos verificar o surgimento de uma nova tecnologia (ou melhoramento de outra) é comparável à moda, uma vez que surge de 6 em 6 meses. Porém, normalmente, apenas de 2 em 2 anos é que uma tecnologia é implantada no mercado. Com o surgimento de novas tecnologias, é necessário haverem profissionais que se adeqúem às mesmas, dando resposta às necessidades do mercado. E, assim nascem novas profissões. Como exemplo disso temos os esteriógrafos (responsáveis pelo 3D), que devido ao aparecimento do 3D veio tornar inevitável a formação de novos profissionais, com novas competências para a área referida. Bem como, os gestores de comunidade, função que teve início com o auge das redes sociais/comunidades, pela necessidade da manutenção das mesmas. Temos também, os produtores de realidades alternativas, que apesar de não ser uma das profissões mais recentes, é necessária a constante formação de profissionais na área tendo em conta a criação de novas plataformas de realidades alternativas que têm vindo a ser criadas. Como podemos aferir, a área do Audiovisual e Multimédia está em constante transformação e, o que hoje tem saída amanhã pode não ter, e a profissão que existe hoje pode não existir amanhã. Por outro lado, tendo em conta a versatilidade da área é bastante comum que surjam novas tecnologias, que por sua vez necessitam de novos profissionais, ou seja, novas profissões.

Seminário de Audiovisual & Multimédia

Manuel Capela, 6011