P. 1
Revolucao Francesa

Revolucao Francesa

4.89

|Views: 17.836|Likes:
Publicado porTiago
Trabalho em PowerPoint sobre a Revolução Francesa.
Trabalho em PowerPoint sobre a Revolução Francesa.

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Tiago on Nov 09, 2008
Direitos Autorais:Traditional Copyright: All rights reserved

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
See more
See less

10/10/2013

Revolução Francesa

O Ambiente Pré-Revolucionário
Finais do séc. XVIII França encontrava-se numa crise profunda

Social
• Burguesia insatisfeita • Povo sobrecarregado • Nobreza e Clero privilegiados

Económica
• Fraca modernização agrícola • Concorrência inglesa e perda de colónias

Financeira
• Despesas com o exército • Gastos da corte • Ausência de contribuições (sobre os privilegiados)

Política
• Incapacidade do rei para solucionar os problemas

O Início da Revolução
5 de Maio de 1789 3º Estado (Povo) Abrem os Estados Gerais Exigia uma votação justa (Per Capita)

Nobreza e clero recusam a proposta

Face a isto o 3º Estado leva a cabo o 1º Acto Revolucionário constituindo-se em Assembleia Nacional

17 de Junho de 1789

O Fim do Antigo Regime
14 de Junho Tomada da Bastilha
• Prisão onde os opositores ao regime eram detidos • É um símbolo do Absolutismo e opressão do Antigo Regime

Causa:
• Reacção violenta do povo face à carência de pão •Reacção violenta à atitude do rei que ordenara a presença de soldados às portas de Paris

4 de Agosto de 1789 Assembleia Nacional Constituinte abole os direitos e privilégios feudais
A 26 de Agosto é criada a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão

Era necessário agora criar uma Constituição

A Monarquia Constitucional
1791 É criada a Constituição Sendo instítuida a monarquia constitucional

Mudanças:
• O rei partilha o poder com a Assembleia e com os tribunais •A Burguesia conquista o direito do voto e consegue a abolição das corporações e a liberdade do comércio • No entanto o povo míudo e as mulheres apenas conseguem o estatuto de cidadãos

A Convenção e o Radicalismo Republicano
1792

França é invadida pelos exércitos dos outro países com vista a recuperar os poderes de Luís XVI

A revolução radicalizou-se: a Assembleia Nacional é dissolvida e a monarquia constitucional extinta. É criada a Convenção que proclamou a República.

Girondinos

Montanheses

Montanheses

Tiveram grande importância na morte de Luís XVI pela guilhotina. •Girondinos são afastados •Convenção radicaliza-se •Inicia-se o período do “Terror” durante o qual milhares de franceses são julgados e decapitados.

1793

Surgem os sans-culotes

Revolucionários populares radicais e exaltados que pressionaram os deputados a tomar medidas favoráveis ao terceiro estado

27 de Julho de 1794

Robespierre é guilhotinado

A FASE MAIS RADICAL DA REVOLUÇÃO CHEGAVA AO FIM

O Directório – 1795/1799
1795
A Convenção conclui uma nova Constituição Nova fase da Revolução: o Directório

Alta burguesia
Aproveitou para legislar a seu favor e com firmeza reprimir os focos da insurreição

Instabilidade interna
Pretendem manter: •Ordem; •Paz; •Poder; •Lucros.

As pessoas mais lúcidas equacionam os beneficios da ditadura militar

Napoleão Bonaparte – homem ideal para o desempenho desta missão

O Consulado (1799/1804) e o Império (1804/1814)
Napoleão suprime o Directório (com o apoio da Alta Burguesia Período do Governo – 2 fases 1ª fase – a do Consulado 2ª fase – a do Império

Partilhou o poder com mais dois cônsules

Governou sozinho com o título de Napoleão I

Napoleão
Pacificou o país Política Expansionista na Europa Política de Centralização administrativa e judicial
Seus governos consolidaram poder (da burguesia) Económico Político

1806 – Napoleão decretou o Bloqueio Continental
1815 – Napoleão foi derrotado definitivamente na Batalha de Waterloo 1814/1815 – Países vencedores da guerra contra Napoleão

Reuniram-se no Congresso de Viena para restaurar o Absolutismo e redefinir as fronteiras europeias

As Conquistas da Revolução Francesa
• Fim dos regimes absolutos • Fim da desigualdade na Sociedade de Ordens • Instauração das Monarquias Constitucionais e das Repúblicas de caris liberal • Reconhecimento da soberania da nação através do voto e garantida pela constituição • Triunfo da liberdade individual e económica • Influenciou as Revoluções Liberais da Europa e os Movimentos Independistas da América Latina

A Revolução Francesa, devido à sua importância, serve de marco de separador entre a Idade Moderna e a Contemporânea (actualidade)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->