SINTAXE DE ORAÇÃO – TERMOS ESSENCIAIS DA ORAÇÃO 1. (PUC-SP) “Que há entre a vida e a morte?

” a) O sujeito do verbo haver é o pronome interrogativo que. b) Tem-se uma oração sem sujeito. c) O sujeito está oculto. d) O sujeito é indeterminado. e) O sujeito é “uma curta ponte”. 2. (Uni-Rio-RJ) Em “Na mocidade, muitas coisas lhe haviam acontecido”, temos oração: a) sem sujeito. b) com sujeito simples e claro. c) com sujeito oculto. d) com sujeito composto. e) com sujeito indeterminado. 3. (Fatec-SP) Indique o período em que o sujeito é apenas agente. a) Tu te atiraste escala abaixo, assim é que te machucaste? b) Por mim não seriam guardadas estas coisas. c) Coisas outras se apresentaram durante o processo. d) Você vai, ora se vai! e) n.d.a. 4. (Omec-SP) Assinale a alternativa em que há sujeito indeterminado. CADERNO DE QUESTÕES Nova Gramática da Língua Portuguesa Rodrigo Bezerra a) Amanheceu radiante o dia de hoje. b) No inverno anoitece muito cedo. c) Vive-se bem com Deus. d) Conta-se que vai haver uma festa. e) Contam-se muitas coisas de você. 5. (Ufpa) Na frase “Precisa-se de operários”, a partícula se é índice de indeterminação do sujeito porque o verbo está na terceira pessoa do singular. a) asserção: verdadeira; razão: verdadeira (a razão explica corretamente a asserção). b) asserção: verdadeira; razão: verdadeira (mas a razão não explica corretamente a asserção). c) asserção: verdadeira; razão: falsa. d) asserção: falsa; razão: verdadeira. e) asserção: falsa; razão: falsa. 6. (Unimar-SP) Nas orações a seguir: I – As chuvas abundantes , pródigas, violentas, fortes anunciaram o verão. II – Eu e você vamos juntos. III – Vendeu-se a pá. O sujeito é respectivamente a) composto, simples, indeterminado. b) composto, composto, indeterminado. c) simples, simples, oculto. d) simples, composto, “a pá”. e) Composto, simples, “a pá”. 7. (UEPG-PR) Só num caso a oração é sem sujeito. Assinale-o. a) Faltavam três dias para o batismo. b) Houve por improcedente a reclamação do aluno. c) Só me resta uma esperança. d) Havia tempo suficiente para as comemorações. e) n.d.a.

(Faap-SP) Qual a alternativa em que há sujeito indeterminado? a) Comecei a estudar muito tarde para o exame. b) Os operários fizeram um bom trabalho.”. e) Há muitas pessoas honestas. 10. e) n. 11. . (Faenquil-SP) No período: “Ser amável e ser egoísta são coisas distintas”. 14. tendo por núcleo nuvens. d) As ondas são preguiçosas. b) Em rico estojo de veludo. (UFMG) Em todas as alternativas. (Omec-SP) Assinale a oração sem sujeito. 12. c) O dia está quente. c) Amanheceu um dia lindo. o termo em negrito exerce a função de sujeito. e por isso todos correram à piscina. (PUC-SP) Indique a alternativa correta no que se refere ao sujeito da oração “Da chaminé da usina subiam para o céu nuvens de fumaça”. a) Hei de vencer todas as dificuldades. 13. d) simples. (FOC-SP) Duas das orações abaixo têm sujeito indeterminado. e) simples. a) Convidaram-me para a festa. jazia uma flauta de prata. b) III e IV. c) Soube-se que o proprietário estava doente.a. tendo por núcleo fumaça.a. exceto em: a) Quem sabe de que será capaz a mulher de teu sobrinho? b) Raramente se entrevê o céu nesse aglomerado de edifícios. b) Diz-se muita coisa errada.8.d. tendo por núcleo nuvens de fumaça. d) “ser amável e ser egoísta”. V – Até isso chegaram a dizer. 15. o sujeito é: a) te. 9. ouviu-se um risinho de mofa. e) É preciso que haja muita compreensão para com os amigos. (Acafe-SC) Identifique no conjunto de orações a que não tem sujeito. d) Alguém se enganou. c) composto. c) oculto determinado. b) inexistente. IV – Falava-se muito sobre a possibilidade de escalar a montanha. c) Bateram à porta. e) Vai fazer bom tempo amanhã. b) “ser amável”. e) n. o sujeito é: a) indeterminado. d) Houve muitos feridos no desastre. c) “coisas distintas”. criatura ávida de vingança. jogada num catre preto de solteiro. a) simples. d) Era somente uma velha. tendo por núcleo usina. tendo por núcleo chaminé.d. Assinale-as: I – Projetavam-se avenidas largas. b) simples. II – Há alguém esperando você III – No meio das exclamações. a) I e II. d) criatura. e) Julgaram-no incapaz de exercer o cargo. (Fesp) Em “Retira-te.

d. O núcleo do sujeito de reuniram-se é: a) cineastas. (Unimep-SP) Existem muitas definições de sujeito. (FMU-SP) Há crianças sem carinho. b) indeterminado. implícito. Uma delas é: “Sujeito é aquele que pratica a ação verbal”. c) colegas... c) A menina brinca com a boneca. e) indeterminado. Os sujeitos das orações acima são. c) Chama-se José o sacerdote. seus colegas de diversas partes do mundo”. 19. haviam chegado. O sujeito é: a) elíptico. e) composto. c) inexistente. b) indeterminado. a) Compram-se jornais velhos. 17. b) Houve por improcedente a reclamação do aluno. d) simples. e) se. (UEPG-PR) Só num caso a oração é sem sujeito. 22. d) Alguns de nós ainda tinham esperança de encontrá-lo. simples. (Omec-SP) Assinale a frase em que há sujeito indeterminado. c) Existem flores que devoram insetos.a. Assinale-o: a) Faltam três dias para o batismo. e) Viajo todos os domingos. e) Há de haver recurso desta sentença. b) O rapaz leu o gibi. b) Embora com atraso. d) totalidade. Disseram-me a verdade. inexistente. indeterminado. (Fuvest-SP) Assinale a alternativa que tem oração sem sujeito. d) Choveu muito. Itália. inexistente. indeterminado.c) IV e V. a convite da quase totalidade dos cineastas italianos. qual contraria tal definição? a) O rato foi comido pelo gato. Construíram-se represas. 18. indeterminado. 21. a) Existe um povo que a bandeira empresta. c) simples. simples. . d) inexistente. indeterminado. b) Confia-se em suas palavras. e) n.. b) convite. respectivamente: a) inexistente. não havia público para os escritores. (PUC-SP) “Em 1949 reuniram-se em Perúgia. e) É noite. d) O menino entregou o jornal.”. 20. (FCC) Em “. 16.. c) Só me resta uma esperança. d) I e V. Das frases a seguir. d) Havia tempo suficiente para as comemorações. simples.

c) todos nominais.. Respectivamente.” b) “. fraco.”. transitivo direto.” e) “Depois que acontecera aquela miséria. e) verbo-nominal e verbal. e) Verbal... 25. II – Zoraíde andava... nominal. Fabiano ajustou o gado. acreditara na sua velha. 3) Durante o carnaval.”. (Fuvest-SP) Observe a oração: “. d) Verbo-nominal..” . verbo-nominal. (UFPR) 1) Durante o carnaval. 26. (predicado verbal). e) intransitivo. III – O candidato saiu do exame cansadíssimo. nominal. (predicado nominal). c) 1 e 3.. 2) Durante o carnaval. verbal. transitivo direto.. Agora. b) Nominal. (UM-SP) No período: “O homem andava triste porque não conseguiu que seu irmão lhe desse apoio naquela difícil empresa”. fico em casa. transitivo indireto. transitivo direto. “O sol brilhou um pouquinho pela manhã. e Fabiano saiu de costas. verbo-nominal. b) verbal e nominal. fico agitadíssimo. d) todos verbais. os predicados são: a) Nominal. transitivo direto.” d) “Atrevimento não tinha.” Pela ordem. verbal.. davam-lhe uma ninharia.. classificam-se em: a) intransitivo. 24.. c) verbal e verbo-nominal. transitivo direto e indireto. transitivo direto e indireto. e) Todas as alternativas estão erradas. verbo-nominal. assinale a alternativa em que a oração também tenha verbo intransitivo. conseguir (conseguiu) e dar (desse). pálido. Assinale a certa: a) 1 e 2. (FCMSC-SP) Observar as seguintes orações: I – Rosária continua preocupada com o preço da carne. verbal. nominal. 28. verbo-nominal. e) todos verbo-nominais. transitivo direto e indireto..23.. (UFU-MG) “O sol entra cada dia mais tarde. transitivo direto e indireto. c) Verbo-nominal. Os predicados assinalados nas três frases são: a) respectivamente. verbal. d) Todas as alternativas estão certas. b) de ligação. oblíquo. III – Encontrei-a dormindo. a) “. fico vendo o movimento das ruas. transitivo direto. verbal. nominal. 27. nominal. d) intransitivo.. c) de ligação. os verbos andar (andava).. verbal.” c) “. verbo-nominal. b) respectivamente. os predicados das orações acima classificam-se como: a) nominal e verbo-nominal. quanto à predicação. (FCMSC-SP) Examine as três frases abaixo: I – As questões de física são difíceis II – O examinador deu uma entrevista ao repórter do jornal.. d) verbo-nominal e nominal. b) 2 e 3. (predicado nominal). andava e andava pelas alamedas.

c) Nominal. a) Verbal. b) Verbo-nominal. c) transitivo indireto e intransitivo. Todos nós consideramos a sua atitude infantil. A multidão caminhava pela estrada poeirenta. e) intransitivo.29. 2 – predicado nominal. c) transitivo indireto. 2 – predicado verbal. c) Paulo ficou satisfeito. b) de ligação. a) 1 – predicado verbal. nominal. 2 – predicado nominal. Pedro está adoentado. os filhos consideraram a atitude da mãe. d) 1 – predicado verbo-nominal. 32. II – A atitude da mãe parecia falsa. 30. d) Os meninos saíram do cinema calados. verbal. 2. b) transitivo direto e de ligação. 31. d) Verbo-nominal. (Unimep-SP) I. c) 1 – predicado verbo-nominal. 2 – predicado verbal. d) transitivo direto e intransitivo. Em “Se descobrissem a desmoralização que reina dentro de mim”. a) O predicado é verbal em I e II. e) intransitivo e intransitivo. o verbo é: a) transitivo direto. nominal. (UM-SP) “– Muito bom dia. e) O predicado é nominal em I e verbal em II. b) 1 – predicado nominal. III – Finalmente. b) O predicado é nominal em I e II. Sabe dizer se é possível Algum trabalho encontrar?” (João Cabral de Melo Neto) No verso “Que nessa janela está”. verbal. nominal. e pela ordem. verbo-nominal. verbo-nominal. 1. 3 – predicado verbo-nominal. predicado verbo-nominal. Pedro está no hospital. verbo-nominal. e) 1 – predicado nominal. e) Os alunos estavam preocupados. b) A tempestade assustou os habitantes da vila. (Cefet-PR) Assinale a alternativa que classifica corretamente. senhora. (FMPA-MG) Assinale a alternativa em que apareça predicado verbo-nominal. 3 – predicado verbo-nominal. os predicados das frases: I – Os filhos consideram falsa a atitude da mãe. (FOS-SP) Assinale a alternativa correta em relação à classificação dos predicados das orações abaixo. . 34. verbos: a) transitivo direto e transitivo indireto. predicado verbal. A criançada continua emocionada. nominal. 33. temos. verbal. e) Verbal. Que nessa janela está. II. d) O predicado é verbal em I e nominal em II. d) transobjetivo. 3 – predicado verbal. c) O predicado é verbo-nominal em I e II. 3 – predicado nominal. a) A chuva permanecia calma. respectivamente. 3.

37. e) Naquele dia. a) Esta injúria merecia ser lavada com sangue dos inimigos. b) Na tarde de uma segunda-feira. o verbo destacado faz parte de um predicado verbal. (Ueba) Assinale a alternativa correspondente ao período em que há predicativo do sujeito. intransitivo. 41. transito indireto.. anunciei-lhe um pouco de minha tristeza. respectivamente: a) transitivo direto.. d) No Rio não faltam diversões. c) transitivo indireto. transitivo direto. intransitivo. eram tantos os castelos e tantos os sonhos esboroados. a) Como o povo anda tristonho! b) Agradou ao chefe o novo funcionário.” b) “Não que fosse praxe. Ceará) É exemplo de predicado verbo nominal: a) “Cuspi no chão com um nojo desgraçado”. c) Recebeu convicto e com certa afeição as verdades do filósofo.” c) “Mas se os donos ali não estivessem. e) O aluno ficou sabendo hoje cedo de sua aprovação.exceto: a) “Quando as pessoas chegavam. transitivo direto. os donos da casa estavam à porta.” e) “O café era servido à chegada e quase no fim. b) O verbo cair é intransitivo e de ponta e brutal são adjuntos adverbiais de modo. d) O verbo cair é de ligação e de ponta e brutal estão funcionando como predicativo do sujeito. b) Abria-se para mim. . intransitivo. b) “O corpo me doía todo”. pois sol. transitivo direto. intransitivo. transitivo indireto.. desci um pouco amargurado. 40. 39. transitivo direto.. coronel. um ser inanimado.. (Fafi-Belo Horizonte-MG) Nas opções abaixo. intransitivo.”. (Unirio-RJ) Na oração “O sol caía de ponta. c) “Estrela se sentou na cama assustada”. (PUC-SP) No trecho: “Se eu convencesse Madalena de que ela não tem razão. as conversas começavam na sala. e) Aparecem na oração um verbo (cair) e um nome (o sol). 36.. (UM-SP) “Na manhã seguinte. 42. o predicado é verbo-nominal porque: a) O verbo cair é intransitivo e brutal funciona como predicativo do sujeito. transitivo indireto. d) Mas eu era moço à semelhança de meu tio Neves. um céu. transitivo direto e indireto. outro pouco satisfeito”. brutal”.” d) “Ficavam um pouco de pé. c) Ele nos garantiu que viria. Indique a alternativa que contém o predicado do mesmo tipo que o do período acima. c) Na reunião de alunos. d) Que calor.35. filho! e) Viam-se eleitores indecisos durante a pesquisa.. Est. c) Itabaiana estava a um salto do Santa Rosa. transitivo direto. Simplesmente costume. d) “Ele saiu correndo com os pés descalços”. outro pouco de minhasatisfação. à espera. d) Não há judiação. (UM-SP) O sujeito é simples e determinado em: a) Há somente um candidato ao novo cargo. . e) transitivo direto.” 38. de repente. Se lhe explicasse que é necessário vivermos em paz.. (Univ. transitivo direto. não pode praticar a ação.. costurando uns rabos de assuntos. b) transitivo direto e indireto. d) transitivo direto e indireto. c) A oração não tem sujeito. os verbos destacados são. doutor? b) Vive-se bem ao ar livre. (UFPB) Há oração sem sujeito no período: a) Numa terça-feira me chamaram. só havia pais.

Araraquara-SP) O professor entrou apressado. porque o verbo é de ligação e são atribuídas duas caracterizações ao sujeito. (Unimep-SP) Quando a oração não tem sujeito. 49. 45. (F. b) Os guerreiros dormem agora.. b) Falaram muito mal dos estimuladores de conflitos. porque o verbo é de ligação. (Facens-SP) Assinale a alternativa em que o verbo é transitivo direto. d) Almejamos dias melhores.d. o verbo fica na terceira pessoa do singular. 46.. d) adjunto adverbial.43. d) Não procede a acusação contra ele. e) nominal. c) Vive-se bem no clima de montanha. e) “o brado retumbante”. b) nominal. 9–E 10 – D 11 – C 12 – B 13 – D 14 – E 15 – C 16 – C . 44. 47. d) João parece zangado. podemos afirmar que o predicado é: a) verbo-nominal. porque o verbo é de ligação e vem seguido de dois predicativos. (UFPR) Qual a oração sem sujeito? a) Falaram mal de você. c) O cego não vê. e) n. e) É proibida a entrada. (PUC-SP) Na oração: “A inspiração é fugaz. d) “do Ipiranga”. d) verbo-nominal. c) “as margens plácidas”. b) Existe muita gente amedrontada. porque o verbo tem sua significação completada por dois nomes que funcionam como adjuntos adnominais. a) Comprei um terreno e construí a casa. (FMU-SP) “Ouviram do Ipiranga as margens plácidas De um povo heróico o brado retumbante. e) Haviam chegado cedo todos os candidatos. violenta”. b) predicado verbo-nominal.a. c) Ainda há criança sem escola.” O sujeito desta afirmação com que se inicia o Hino Nacional é: a) indeterminado b) “um povo heróico”. b) Ninguém se apresentou. (Uni-Rio-RJ) Assinale a frase cujo sujeito se classifica do mesmo modo que o da frase “Faz muito calor no Rio o ano inteiro”. a) Devia haver mais interesse pela boa formação profissional. Esta afirmação pode ser comprovada em: a) Chegou o pacote de livros. c) predicado verbal.a. e) Vai haver um campeonato. e) n. O destaque indica: a) predicado nominal. c) Precisa-se de professores.d. porque o verbo é de ligação e vem seguido de dois advérbios de modo. d) A noite estava agradável. c) verbal. 48.

17 – D 18 – A 19 – B 20 – E 21 – C 22 – A 23 – B 24 – E 25 – B 26 – E 27 – B 28 – E 29 – C 30 – D 31 – E 32 – D 33 – E 34 – B 35 – C 36 .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful