P. 1
Água

Água

4.75

|Views: 11.857|Likes:
Publicado porPedro Afonso

More info:

Published by: Pedro Afonso on Nov 09, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

01/14/2013

pdf

text

original

Da água que existe na Terra, uma parte não existe livre na Natureza, pois faz parte da constituição

dos seres vivos.

1. 1. Explica o significado da frase: “Sem água a vida na Terra não seria possível” 2. Com os dados da figura constrói um gráfico de barras sobre a percentagem de água existente em alguns seres vivos.
100% 80% 60% 40% 20% 0%

Água Essência da Vida

Homem:
Cérebro - 75% Ossos - 22% Rins - 83% Sangue - 83% Músculos – 75%

Na Natureza, a água ocupa 2/3 da superfície terrestre.

DISTRIBUIÇÃO DA ÁGUA NA TERRA Da totalidade da água existente à superfície terrestre, somente cerca de 3 % é doce e, desta, uma grande parte está gelada.

No nosso planeta a água pode ser encontrada nos três estados físicos.

No estado líquido podemos encontrar água nos mares, lagos, rios, ocupando grande parte da superfície terrestre.

70% da superfície da terra é ocupada por água. 97,3 % desta é salgada – Oceanos e Mares 2,7 % é doce

Também existe no subsolo, formando lençóis de água, e na atmosfera, sob a forma de nuvens.

A água no estado sólido (2%) constitui o gelo que se encontra principalmente nas calotes polares e icebergues e a neve das altas montanhas.

Previsão da costa portuguesa em 2100 em resultado da erosão da costa e do degelo das calotes polares.

A água que se encontra no estado gasoso na atmosfera, sob a forma de vapor é produzida, em grande parte, pela evaporação dos rios, mares, lagos e pela transpiração das plantas e animais.

0,001 na atmosfera

DISPONIBILIDADE DO RECURSO ÁGUA PARA CONSUMO HUMANO
60 1970 50 2000

METROS CUBICOS POR PESSOA ANO

40

30

20

10

0
NORTE AMERICA SUL AMERICA AFRICA CONTINENTAL EUROPA ASIA

Fonte: ops/oms, 1999

Comecemos a nossa viagem da história da água, pela época remota de 3.000 a.C

Nessa altura já se obtinha habitualmente água doce a partir de poços, utilizando-se um balde (embora a maior parte dos aldeamentos se situassem perto de rios).

Poço

O sarilho e dispositivos semelhantes eram utilizados para aumentar a rapidez da retirada de água dos poços.

Sarilho – 2500 a.C. O sarilho, que continua a ser largamente utilizado no Médio Oriente, é constituído por um pau giratório que tem um balde numa ponta e um contrapeso na outra ponta.

Uma pintura mural egípcia mostra um sifão a ser utilizado.

Sifão – 1550 a.C.

Um grego chamado Dános é conhecido como o pai de uma bomba de água muito eficiente.

Bomba de água – 1485 a.C.

Aristóteles descreve o modo como se pode obter água doce a partir de água salgada por destilação (ebulição e subsequente condensação). No entanto, passaram mais de 1400 anos até que os Mouros trouxessem essa ideia para a Europa Ocidental.

350a.C.

Figura: Material de laboratório utilizado em destilação (Sec. XX)

As primeiras cidades europeias começaram a construir sistemas de abastecimento de água. O primeiro a ser descrito, em 1550, foi o de Ausburgo na Baviera (Alemanha), no qual eram utilizadas noras que accionavam parafusos de Arquimedes, os quais elevavam a água até torres altas, donde era canalizada para as residências dos consumidores.

Parafuso de Arquimedes - 1500

Em Marly, na França, deu-se por terminado um sistema hidráulico extraordinário. Era accionado por uma série de noras gigantes, desenvolvendo cada uma delas uma força superior a 100 cavalos vapor.

1682 Nora típica algarvia. (Secs. XIX - XX)

James Peacock demonstrou que a água podia ser filtrada deixando-a infiltrar-se num leito de areia.

1791 Filtro de areia em Estação de Tratamento de Águas. (Sec. XX)

Foi escavado pela primeira vez em Inglaterra, em Notting Hill, Londres, um poço artesiano, por um homem chamado Benjamin Vulliamy.

1784

Técnicas e maquinarias modernas utilizadas para executar 'furos' artesianos. (Sec. XX)

Dr. John Snow fez a primeira abordagem eficiente das doenças provocadas pela água. Cerca de 500 pessoas que viviam nas proximidades de uma zona de 200 metros junto à Broad Street (hoje, Broadwick Street), no Soho, em Londres, morreram de cólera num período de dez dias. O Dr. Snow (1854) localizou a infecção numa bomba de água manual, retirou a manivela e assim terminou a propagação da doença. Deste modo a atenção das pessoas centrou-se na pureza da água.

Bomba de água manual. (Secs. XIX - XX, )

Desinfecção de uma torneira de água potável para colheita de amostras. (Sec. XX)

e assim chegamos ao último episódio da nossa breve história da água, onde a água foi pela primeira vez desinfectada com cloro em Polo, na costa italiana do Adriático, como medida de protecção contra as doenças - 1896.

Depósitos de Cloro em Estação de Tratamento de Águas. (Sec. XX)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->