P. 1
AR

AR

4.75

|Views: 6.642|Likes:
Publicado porPedro Afonso

More info:

Published by: Pedro Afonso on Nov 09, 2008
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/06/2013

pdf

text

original

A Terra é rodeada por uma espessa camada gasosa que funciona como uma capa protectora, impedindo a penetração

de radiações solares prejudiciais à vida. É a esta camada gasosa que se chama atmosfera.

Atmosfera
É uma mistura de gases incolores, inodoros e insípidos, possuindo também água e poeiras finas. Está ―dividida‖ em várias camadas de diferentes espessuras, estendendo-se até cerca de 700 km, mas não tem uma fronteira definida.

Das camadas da atmosfera destacam-se, pela sua importância para os seres vivos, aquelas que estão mais próximas de nós:  Troposfera  Estratosfera.

Troposfera:
É nesta camada que existem o oxigénio que inspiramos e o dióxido de carbono com o qual as plantas fazem a fotossíntese. É também aqui que se formam as nuvens e a precipitação, tão importantes para o clima.

Estratosfera:
Tem cerca de 40 km de espessura e é onde existe a camada ―protectora‖ do ozono. Este gás forma uma barreira protectora dos raios solares ultravioletas, impedindo-os de chegar à superfície terrestre.

As radiações ultravioletas causam danos irreparáveis aos seres vivos, como, por exemplo, cancro da pele, doenças dos olhos e diminuição das defesas do organismo, tornando maior o perigo de infecções.

A atmosfera desempenha várias e importantes funções:
 protege o planeta das radiações nocivas dos raios solares e de outros vindos do espaço;

 absorve e detém parte do calor irradiado pelo Sol;

 provoca a desintegração de alguns meteoritos que atingem a Terra;  redistribui, através da chuva, a água evaporada dos mares,
 além de conter o oxigénio e outros gases indispensáveis à vida.

O ar é invisível, mas reconhece-se facilmente a sua presença quando respiramos, quando vemos a oscilação das árvores ou quando o vento nos ―fustiga‖.

O ar é incolor, inodoro e insípido.

Além disso tem peso;

Ocupa espaço;

É compressível;

Tem forma variável;

Tem pressão atmosférica.

Há uma combustão quando substâncias ardem. O fenómeno da combustão só ocorre na presença simultânea de: • uma substância que arda — combustível; • uma substância que permita a combustão – comburente; •uma temperatura que permita a inflamação do combustível.

O ar é uma mistura de vários gases, todos eles invisíveis e inodoros. Os principais gases que constituem o ar são:

O ar é constituído, pelo menos, por dois gases:  um gás que permite as combustões – comburente.  um gás que não deixa que as combustões se realizem – incomburente.

O gás comburente ocupa, aproximadamente,  do volume do ar e chama-se oxigénio. O gás incomburente ocupa quase  do volume do ar e chama-se azoto.

A vela apagou-se quando se gastou todo o gás comburente (que permite as combustões) que existia dentro do frasco.

A água oxigenada é muito rica em oxigénio e, na presença do dióxido de manganésio, o oxigénio liberta-se rapidamente. O palito em brasa inflamou porque o oxigénio permite e activa as combustões, isto é, é um gás comburente.
O oxigénio é, ainda, um gás incolor, inodoro e incombustível (não arde).

O azoto é o gás constituinte do ar que existe em maior quantidade. É um gás incolor, inodoro, incombustível e incomburente.

Pelo facto de ser incomburente e existir em grande quantidade, o azoto modera a acção comburente do oxigénio, tornando as combustões no ar menos intensas do que as que se realizam na presença do oxigénio puro. O azoto tem, pois, um papel moderador nas combustões.

O dióxido de carbono é um gás incolor, inodoro e incombustível Dissolve-se facilmente na água (e, por isso, é muitas vezes usado no fabrico de refrigerantes e outras bebidas gaseificadas, pois dá-lhe um gosto picante). Para além destas propriedades, o dióxido de carbono:  é mais denso do que o ar;  é incomburente;  turva a água de cal.

O vapor de água é invisível, inodoro e incolor. O vapor de água atmosférico, em contacto com as paredes frias do copo, passa a líquido, depositando-se em forma de gotinhas.

Na atmosfera, a quantidade de vapor de água é variável, tornando-se mais ou menos húmida.

Os gases que constituem o ar, para além de serem indispensáveis à vida, são utilizados em várias actividades humanas, como a indústria, a agricultura, transportes, desporto e na medicina.

O oxigénio é indispensável à respiração dos seres vivos.

Em certas situações há necessidade de fornecer oxigénio (doentes, montanhistas)

Na indústria junta-se oxigénio para tornar a combustão mais activa.

O dióxido de carbono é fundamental para que as plantas realizem a fotossíntese.

Como se dissolve facilmente nos líquidos o dióxido de carbono é utilizado para gaseificar alguns refrigerantes.

O dióxido de carbono é utilizado na produção de neve carbónica, contida nos extintores de incêndio.

O azoto é usado na produção de adubos para fertilizar os campos.

Na sua forma líquida o azoto é utilizado na medicina pois atinge temperaturas muito baixas o que permite conservar as características de certos produtos humanos (espermatozóides, óvulos)

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->