Moça com Brinco de Pérola" é uma das mais famosas pinturas na história.

Considerada a "Mona Lisa" holandesa, pouco se sabe sobre sua real inspiração. Isso porque a vida de seu criador, o holandês Johannes (ou Jan) Vermeer, é envolta em mistério. Sabe-se pouco da história de Vermeer: nasceu em 1632, em Delft, na Holanda, casou-se aos 20 anos com Catarina, uma jovem rica, e morreu aos 43 anos, em 1675. Das obras que realizou, 35 são conhecidas e calcula-se que cerca de 20 estejam perdidas. Essa névoa biográfica foi suficiente para que a escritora Tracy Chevalier escrevesse o romance "Moça com Brinco de Pérola" (Bertrand Brasil, 2002), uma fantasia sobre o que levou Vermeer a realizar sua obraprima, que se estima ter sido criada por volta de 1665. Dirigida pelo estreante Peter Webber, chega hoje ao Brasil a versão do livro para o cinema. A produção, uma adaptação fiel à publicação, apresenta um Vermeer (Colin Firth, de "Shakespeare Apaixonado") angustiado pelas pressões da sogra, a comerciante de suas obras. Naquela época, pintar era um trabalho artesanal realizado por encomenda. A libertação de Vermeer ocorre com o envolvimento com a nova empregada, Griet, a incrível Scarlett Johansson ("Encontros e Desencontros"), que de fato consegue ter uma grande semelhança com a modelo original. Histórias de amor impossível são mais que clichê na cinematografia mundial, e o filme não foge a ele: mantêm uma paixão platônica, pois ele é casado, e ela, cortejada pelo filho de um açougueiro. Entretanto, e esse é o grande mérito do filme, a reconstrução da Delft de Vermeer do século 17 faz com que o espectador consiga entrar na visualidade da obra do pintor, que retratava, de fato, mais empregados em ambientes internos do que seus mecenas. Uma das maiores discussões sobre a obra de Vermeer é se o pintor utilizava lentes para realizar seu trabalho. Segundo o artista inglês David Hockney, em seu livro "O Conhecimento Secreto" (Cosac & Naify, 2001), sim, Vermeer usava lentes: ele "parece encantado com os efeitos ópticos da lente e tentou recriá-las na tela". Assim, nas suas obras, há detalhes desfocados, enquanto outros são maiores do que vistos a olho nu, o que só poderia ocorrer se o artista usasse lentes. (Leia: "Eram os pintores mistificadores?) O diretor Webber assume como real tal proposta e mostra Vermeer com a câmara escura (precursora da fotografia), num dos momentos de sedução com Griet. No filme, é um pequeno detalhe, mas ele atesta a sofisticação visual na obra do holandês, essa sim perfeitamente transposta para a tela de cinema. A obra tem uma estranha relação com o Brasil. "Moça com Brinco de Pérola" está exposta na Mauritshuis, em Haia, a antiga residência do conde Maurício de Nassar, o líder da invasão holandesa em Pernambuco (1636 -1644). Foi justamente nesse período que Albert Eckhout pintava telas sobre o Brasil, por encomenda de Nassau. De volta ao filme: "Você olhou dentro de mim", afirma Griet, quando vê seu retrato acabado. "É obsceno", contesta a mulher de Vermeer. Toda obra de arte pode gerar opiniões distintas. O filme "Moça com Brinco de Pérola" apresenta apenas uma versão. Delirante, mas fiel ao olhar misterioso da modelo. A REALIDADE É BEM OUTRA A realidade talvez tenha sido bem mais melancólica que a projetada no cinema. Sabe-se que Vermeer morreu pobre e que a viúva Catarina doou quadros ao conselho municipal em troca de uma magra pensão. Pior: depois de sua morte, em 1675, o pintor foi esquecido e só renasceu para História em 1866, quando seus quadros voltaram a ser admirados pelo brilhante uso da luz e pelas composições inteligentes e cores transparentes.
(Globo Online - 04/06/2004 - 19h21)

Vermeer foi esquecido. Por vezes até foi obrigado a pagar com quadros dívidas contraídas nas lojas de comida locais. A sua viúva teve de vender todos os quadros que ainda estavam na sua posse ao conselho municipal em troca de uma pequena pensão (uma fonte diz que foi só um quadro: a última obra de Vermeer. Casou-se em 1653 com Catharina Bolenes e teve 15 filhos. Foi só muito recentemente que a grandeza de Vermeer foi reconhecida: em 1866. e não pela venda dos seus quadros. dos quais morreram 4 em tenra idade. Conhecem-se hoje muito poucos quadros de Vermeer. devido às espantosas conquistas culturais e artísticas do país nessa época). Bürger) fez uma declaração nesse sentido. foi escolhido para presidir à guilda. É o segundo pintor holandês mais famoso e importante do século XVII (um período que é conhecido por Idade de Ouro Holandesa. 15 de Dezembro de 1675) foi um pintor holandês. Países Baixos Países Baixos Pintura Barroco. número esse que foi em breve reduzido por outros estudiosos.Johannes Vermeer Origem: Wikipédia. Morreu muito pobre em 1675. Por vezes. depois de Rembrandt. No princípio do século XX havia muitos rumores de que ainda existiriam quadros de Vermeer por descobrir. que também é conhecido como Vermeer de Delft ou Johannes van der Meer.[2] Baptizado em 31 Outubro 1632 Delft. A atriz Scarlett Johansson interpreta Griet. a moça com brinco de pérola. atribuindo 76 pinturas a Vermeer. 31 de Outubro de 1632 . Países Baixos 15 de Dezembro de 1675 (43 anos) Delft. o historiador de arte Théophile Thoré (pseudónimo de W. Só sobrevivem 35 a 40 trabalhos atribuídos ao pintor holandês. [editar] Uma cronologia da obra de Vermeer . Vermeer viveu toda a sua vida na sua terra natal. Era filho de Reynier Jansz e Dingenum Baltens. composições inteligentes e brilhante com o uso da luz. Idade de Ouro Holandesa Johannes Vermeer (Delft. Johannes Vermeer (A alcoviteira (1656): A figura da esquerda crê-se ser o auto retrato de Vermeer. em 1662 e 1669. [1] Conhecido(a) por Nascimento Morte Nacionalidade Ocupação Movimento estético Assinatura 34 trabalhos foram atribuídos a Vermeer. A vida do pintor é contracenada no filme "Girl with a Pearl Earring" (2003) do diretor Peter Webber. Depois da sua morte. Sabe-se que vivia com magros rendimentos como comerciante de arte. Pouco se sabe da sua vida. os seus quadros foram vendidos com a assinatura de outro pintor para lhe aumentar o valor. Há opiniões contraditórias quanto à autenticidade de alguns quadros. onde está sepultado na Igreja Velha (Oude Kerk) de Delft. No mesmo ano juntou-se à guilda de pintores de Saint Lucas (São Lucas). a enciclopédia livre. Os seus quadros são admirados pelas suas cores transparentes. intitulada Clio).Delft. Mais tarde.

• Cristo na casa de Marta e Maria (1654-1655) • A alcoviteira (1656) • Jovem adormecida (1657) • Oficial e moça sorridente(1658) • Leitora à janela (1657-1659) • A ruela (1657-1661) .

mulher e vinho(1658-1661) • Moça com copo de vinho(1659-1660) • Vista de Delft (1660-1661) • A aula de música (1662) • Moça com pichel de água (1662-1663) .• A leiteira (1658-1660) • Homem.

• A rendeira (1664) • Mulher com colar de pérolas (1664) • Mulher de azul. lendo uma carta (1664) • Mulher segurando uma balança (1665) • Rapariga com Brinco de Pérola (1665-1666) • O concerto (1665-1666) .

• Moça com flauta (1665-1670) • Alegoria da pintura (1666-1667) • A musa Clio em detalhe da Alegoria da pintura • Retrato de uma jovem (1667-1668) • O astrônomo (1668) • O geógrafo (1669) .

Ainda. em especial os comerciantes e industriais. no Barroco holandês. sob domínio da corte católica espanhola. e as províncias do norte. Essa burguesia rica concentrava o poder político e econômico determinava o gosto por temáticas artísticas do cotidiano (como pintura de gênero e natureza morta) . protestantes. o desenvolvimento de um forte comércio interno e internacional e da indústria artesanal enriqueceu a classe média. trouxe diferenças culturais importantes entre o sul. diferente da monumentalidade e dos temas eruditos (históricos e mitológicos) da arte do sul. chegando ao conceito de . A opulenta classe média holandesa encomendava quadros para decorar suas casas e o tamanho das pinturas teve que ser adequado à escala dessas habitações .as grandes dimensões. a ausência nas Províncias Unidas de uma cultura palaciana propiciou o desenvolvimento de uma arte mais singela e de temáticas do cotidiano da classe média . firmada em 1609. comuns em quadros da corte. A nova ordem que se instaurou nos Países Baixos a partir da trégua. A inexistência da devoção a imagens nos cultos protestantes desvinculou a Arte da Igreja. Os temas relacionados a vida cotidiana perduraram e. ficaram destinadas apenas aos prédios públicos. No norte.• Mulher tocando guitarra (1669-1672) • A carta de amor (1670) • Senhora escrevendo carta com sua criada (1670) • Senhora diante do virginal (1670-1673) • Senhora sentada ao virginal (1672) Johannes Vermeer (1632-1675). intensificou o olhar intensivo e subjetivo sobre aquilo que nos parece banal.enquanto no sul a cultura cortesã espanhola sufocou em parte a expansão de uma cultura burguesa. Delft – Holanda.

Nos jogos de luz e sombra vê-se certa influência italiana. Nesse ambiente nasceu Vermeer. como vemos em Mulher sentada ao virginal. repletas de símbolos e intenções morais. textos informativos e obras que fizeram parte da exposição Johannes Vermeer's The Art of Painting.mesmo sendo que ele desenvolvia as atividades de comerciante e avaliador de obras de arte paralelamente ao trabalho de ateliêr. na National Gallery of Art (em inglês): http://www.htm >> >> Biografia e links (em português): http://pt. para que Peter Webber o dirigisse.artehistoria.wikipedia. Em 1999. no qual tenta desvendar a moça por detrás do quadro. aluno de Rembrandt. estreando em longas metragens. que a todos encanta com sua expressiva beleza e um intrigante olhar. por exemplo. transforma-se em algo de forte carga espiritual. Vermeer trabalhava seus quadros com minúcia. Em 1663 entrou para a guilda de São Lucas. Essa escassa produção deve-se à meticulosidade e lentidão com que pintava seus quadros que. Vermeer retratou cenas da vida burguesa. a escritora Tracy Chevalier publicou um romance. a luz que entra pela janela. Baseado nesse livro (que vendeu mais de dois milhões de exemplares logo quando foi lançado). ficando atrás apenas de Rembrandt. Em A tocadora de viola. A sua técnica era de extremo naturalismo nas representações das texturas e do brilho de materiais preciosos. ao mesmo tempo alegre e triste. 1660).htm >> Biografia e completo banco de imagens (em espanhol): http://www. Para criar composições despojadas e de extrema serenidade. Apenas duas magníficas cenas urbanas. Os temas que aborda são os de seus contemporâneos Pieter de Hooch. uma jovem camponesa que. aos olhos de Vermeer. De suas 35 telas conhecidas. objetos pontilhados de dourado. Diferente das obras barrocas de Rembrandt. Países Baixos. Em "A leiteira" (1656-1660). que presidiu em 1662-1663 e 1670-1671.com/genios/pintores/3661. Sua obra ficou esquecida até o século XIX.org/wiki/Johannes_Vermeer Atualização em 30/01/2006. com seus elementos simetricamente equilibrados. o olhar aproximado e instantâneo da cena deixa evidente a concepção da obra como representação de um fragmento fugaz da realidade cotidiana de seus personagens. Jan Vermeer nasceu em Delft. tanto em suas pinturas de gênero como em suas poucas obras de paisagem. mas hoje Vermeer é reconhecido como um dos maiores pintores da grande época da pintura holandesa. A exemplo da pintura italiana. O reconhecimento da qualidade artística da obra de Vermeer por historiadores só ocorreu na década de 1860. as imagens criadas por Vermeer costumam apresentar um momento íntimo de uma ou duas figuras no interior de suas habitações em um momento iluminado do dia. aprofundar ou criar uma atmosfera. não foram inspirados interiores. Dentre suas inúmeras funções está a de limpar e arrumar o . 1658) e "Vista de Delft" (c. foi comerciante de arte e pintou diversos quadros. Moça com brinco de pérola. apesar de bem valorizados.Johannes Vermeer é considerado o segundo pintor mais importante da Holanda. Durante sua existência. e a representação da vida doméstica era o tema básico da escola de Delft. por conta de dificuldades financeiras pelas quais passa sua família. Vermeer viveu em Delft. A luz é usada com mestria para ressaltar uma expressão. só duas são assinadas: "A alcoviteira" (1656) e "O astrônomo" (1668). quase dois séculos após a sua morte. A ausência de assinaturas e a abundância de telas apócrifas dificultam a apreciação cronológica da obra de Vermeer. em 31 de outubro de 1632. Os elementos típicos da obra de Vermeer já apontam em "Moça lendo uma carta" (c. e seus quadros são concebidos numa tonalidade clara e num cromatismo intenso e harmônico. Intimista.5 x 40 cm CRÍTICA: MOÇA COM BRINCO DE PÉROLA . Vermeer foi enterrado em Delft em 15 de dezembro de 1675. muito se especula sobre a modelo que posou para o pintor. Terborch e Metsu: interiores com uma ou duas figuras e paisagens urbanas.gov/exhibitions/vermeerinfo. um dos pintores mais proeminentes desse contexto. Atribui-se a sua autoria menos de 35 pinturas.nga. Entre 1652-1654 estudou pintura com Karel Fabritius. entre os anos 1632 e 1675. Olívia Hetreed criou o roteiro de Moça com Brinco de Pérola. classificado por alguns como a “Mona Lisa holandesa”. que não puderam ser datadas com segurança até hoje. O que há de mais singelo em nosso cotidiano. manifesta-se seu colorido particular: fusões de azul e amarelo. de novembro de 1999 a fevereiro de 2000. A composição é geométrica. tapetes orientais e cortinas luxuosas. Scarlett Johansson interpreta Griet. Biografia.Realismo. cujos aspectos subjetivos tendem ao místico e estão vinculados ao tratamento dado à iluminação mais contrastante. embora não existam registros sobre a origem da mesma. como a Vista de Delft. foram insuficientes para quitar suas dívidas e garantir o sustento de seus 15 filhos . Ele viveu em Delf. como vemos em A leiteira. obras da coleção. entre eles Moça com Brinco de Pérola. ou Mulher com turbante (1665-circa) Óleo sobre tela . "A ruela" (c. 1657): o quarto fechado. O resultado desse domínio artístico e intelectual na elaboração de seus quadros é a simplicidade surpreendente na percepção do conjunto.46. é levada a trabalhar na casa do pintor (vivido nas telas por Colin Firth).

e passa a treiná-la no preparo das tintas. parecido com o dele. Aos poucos Vermeer começa a prestar a atenção na jovem de apenas 17 anos. Judy Parfitt (Maria Thins). Cillian Murphy (Pieter). ajudando-o a sustentar sua família. O romance é uma fantasia. Ela. baseado no livro homônimo de Tracy Chevalier Fotografia: Eduardo Serra Figurino: Dien van Straalen Elenco: Scarlett Johansson (Griet). Sensualidade à flor da pele. Mas sua semelhança com a modelo que posou para Vermeer é tão grande.conta ainda no elenco com Cillian Murphy (interpretando Pieter. MOÇA COM BRINCO DE PÉROLA (FOTO DIVULGAÇÃO) O ponto forte do filme está nas atuações de Johanssom e Firth. o fluxo de caixa.2003 . de Sofia Coppola. Essie Davis (Catharina). O filme -. Colin Firth (Johannes Vermeer). Menos o da sogra (Juddy Parfitt). que culmina na cena em que ele fura sua orelha para colocar-lhe os brincos da esposa. Ficha Técnica: Moça com Brinco de Pérola (Girl With a Pearl Earring . que é impossível pensar em outra pessoa que não ela para o papel. Johansson não foi a primeira escolha para interpretar a moça do brinco de pérola. nascendo entre eles uma cumplicidade que vai gerar o ciúme do resto da família e dos outros serviçais da casa. que já havia encantando o mundo em Encontros e Desencontros.que recebeu três indicações ao Oscar ® (Fotografia.95 min) Direção: Peter Webber Roteiro: Olivia Hetreed. filho do açougueiro e pretendente da bela Griet) e Tom Wilkinson. conseqüentemente. Direção de Arte e Figurino) e duas indicações ao Globo de Ouro (Atriz – Drama e Trilha Sonora) -. onde Vermeer passa a maior parte de seu tempo. Ela tem um natural olhar crítico. que é quem administra as contas da família quase falida. . que ele pouco vê. trabalhando e refugiando-se de sua caótica família. mas a história parece tão real que é difícil duvidar que as coisas tenham ocorrido de forma diferente da descrita no livro e no filme. está mais linda do que nunca. o mecenas que comprou diversos quadros de Vermeer.Curiosamente. e o pintor a deixa opinar em seu trabalho. no papel de Van Ruijven. E ele a quer sempre ao alcance dos seus olhos.Inglaterra . e consegue captar que a presença da criada melhorou o trabalho do pintor e.estúdio. o que faz crescer entre eles uma tensão sexual. Tom Wilkinson (Van Ruijven). Simplesmente hipnotizante. que tem uma importante participação na trama.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful