Profª Thays Coelho.

e que.Soneto do amor como um rio (Vinícius de Moraes) Este infinito amor de um ano faz Que é maior do que o tempo e do que tudo Este amor que é real. . contudo Eu já não cria que existisse mais.

Este amor que surgiu insuspeitado E que dentro do drama fez-se em paz Este amor que é o túmulo onde jaz Meu corpo para sempre sepultado. .

interminável e tardio A deslizar macio pelo ermo. .Este amor meu é como um rio... um rio Noturno.

.E que em seu curso sideral me leva Iluminado de paixão na treva Para o espaço sem fim de um mar sem termo.

ou seja. Essa pausa se acentua pela semelhança sonora que há entre finais de versos.1. Quantos versos há em cada estrofe desse poema? Ao ler o poema. 3. Quando um poema tem mais de uma estrofe. Estrofe é um agrupamento de versos. Quantas estrofes tem esse poema? Cada estrofe apresenta um grupo de versos. Que outros pares de palavras de final de versos apresentam semelhança sonora? 2. elas se separam visualmente por um espaço em branco. como faz e mais e tudo e contudo. você provavelmente fez uma pausa no final de cada linha ou verso. de linhas poéticas. .

7. faça o esquema de rimas da 2ª. Que tipo de rima o poeta empregou nas duas primeiras estrofes? . Usando letras diferentes para indicar sons diferentes. Considerando o número de sílabas poéticas desses versos. 3ª e 4ª estrofes do soneto. responda: Que nome recebe esse tipo de verso? 6. Faça a escansão do 1º e do 2º versos da primeira estrofe do poema Soneto do amor como um rio .4. 5.

(Cecília Meireles. 1939) Usando letras diferentes para indicar sons diferentes. faça o esquema das rimas e classifique-as: . Foram-se os pássaros para o céu. um largo véu. de Cecília Meireles: EPIGRAMA Nº 11 A ventania misteriosa passou na árvore cor de rosa e sacudiu-a como um véu. Leia este poema.8. In Viagem. Mas as flores ficaram no chão. na sua mão.

.9. de Gonçalves Dias. As aves que aqui gorjeiam. Não gorjeiam como lá. Minha terra tem palmeiras. A seguir faça a escansão deles e verifique quais são as sílabas nele acentuadas. Onde canta o sabiá. Leia os seguintes versos da Canção do exílio .

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful