P. 1
Relatório das condições de higiene e segurança das escolas

Relatório das condições de higiene e segurança das escolas

|Views: 396|Likes:
Publicado porCátia Santos

More info:

Published by: Cátia Santos on Jan 27, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

12/16/2014

pdf

text

original

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

UNIDADE DE SAÚDE PÚBLICA DO ALENTEJO LITORAL PROGRAMA NACIONAL DE SAÚDE ESCOLAR
– AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELECIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO –

No âmbito do Programa Nacional de Saúde Escolar, foi realizada vistoria no dia seis de Janeiro de 2012, pelo Unidade de Saúde Pública do Alentejo Litoral, às instalações da Escola __________________, com vista ao preenchimento do Formulário de Avaliação das Condições de Segurança, Higiene e Saúde nos Estabelecimentos de Educação e Ensino, com o objetivo específico de promover um ambiente escolar seguro e saudável.

ANO LECTIVO CÓDIGO DA ESCOLA NOME DO JI/ESCOLA MORADA TELEFONE DOCENTE DE CONTATO N.º DOCENTES N.º ALUNOS N.º AUX. ACÇÃO EDUCATIVA N.º OUTROS PROFISSIONAIS
N.º PAVILHÕES/EDIFÍCIOS 2 N.º SALAS DE AULA ±42

2011/2012

32 159 15 6
N.º REFEIÇÕES/DIA ±115 CAPACIDADE REFEITÓRIO 88

Assim, foram detetados alguns incumprimentos, de gravidade diversa, que necessitam de ser corrigidos:

1

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

1. MEIO ENVOLVENTE PRÓXIMO (ATÉ 200 M)  SEGURANÇA  Deverão existir meios para minimização de riscos relativamente ao trânsito rodoviário:   Sinalização de aproximação à Escola; Lombas, semáforos, bandas transversais sonoras.

2. RECINTO ESCOLAR E ESPAÇO DE JOGO E RECREIO  SEGURANÇA  O recinto escolar e espaço de jogo e recreio deverão encontrar-se com acessibilidade adequada a todas as pessoas com mobilidade condicionada (rampas e outros sistemas);  A vedação do recinto deverá ser completa até ao muro, sem extremidades pontiagudas e não deve permitir a passagem da cabeça de uma criança (Imagem nº 9).

3. EDIFÍCIO ESCOLAR  SEGURANÇA  As portas para vias de evacuação deverão abrir no sentido da saída e com barras antipânico;  Sinalização de emergência insuficiente e mal localizada (Imagem nº 1);  Os equipamentos de extinção de incêndios devem encontrar-se a uma altura máxima, do manípulo ao pavimento, de 1,20m, devidamente colocados e sinalizados (Imagem nº 2);  Os quadros eléctricos devem estar protegidos e sinalizados de acordo com a legislação em vigor.  GINÁSIO/CAMPO DE JOGOS  No ginásio, as guardas laterais das escadas permitem a passagem da cabeça com septos horizontais que favorecem a escalada; (Imagem nº 3);  Os equipamentos desportivos com elementos de fixação devem estar em bom estado de conservação (espaldar no ginásio); (Imagem nº 4);  No campo de jogos no exterior os dispositivosde drenagem de águas pluviais (valas, caleiras) existentes, deverão conter uma grelha de proteção.

 LABORATÓRIOS/OFICINAS  A ventilação/exaustão nos laboratórios deverá ser suficiente nos locais de manipulação de produtos tóxicos e/ou que libertem poeiras e/ou gases; 2
AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

 As normas de segurança/sinalização deverão encontrar-se afixadas nos laboratórios;  Deverão existir chuveiros e/ou lava-olhos de emergência nos laboratórios;  O edifício escolar deverá encontrar-se com acessibilidade adequada a todas as pessoas com mobilidade condicionada (rampas e outros sistemas);  Nos laboratórios/oficinas, o material de primeiros socorros deve estar de acordo com as orientações da equipa de Saúde Escolar de Santiago do Cacém;  As fichas de segurança dos produtos utilizados no laboratório deverão estar bem visível, caso ocorra algum acidente.

 ZONA DE ALIMENTAÇÃO COLETIVA  Os produtos de higiene e limpeza encontram-se na zona da copa limpa. Deverá existir um local de armazenagem identificado, resistente/imputrescível, passível de fechar à chave, com ventilação e dispor de espaço suficiente para que possa incluir, para além dos produtos, os equipamentos utilizados; (Imagem nº 5);  Inexistência de extintor de incêndio.

4. HIGIENE E SAÚDE  Proceder à reparação das janelas que se encontram em mau estado de conservação, nomeadamente na sala polivalente;  Deverão ser substituídos todos os revestimentos que se encontrem em mau estado de conservação e/ou higiene (painéis no teto); (Imagem nº 6);  Deverão proceder a operações periódicas de limpeza geral de todos os espaços normalmente não ocupados e de difícil acesso (sótão); (Imagem nº 7);  Todas as instalações sanitárias devem ser providas de ventilação natural ou mecânica;  No edifício principal, deverá existir instalação sanitária para pessoas com mobilidade condicionada de acordo com a legislação em vigor;  Nas instalações sanitárias dos docentes é necessário realizar a manutenção das instalações elétricas que se encontram fora de uso. (Imagem nº 8).

 ZONA DE ALIMENTAÇÃO COLETIVA  Os produtos de higiene e limpeza encontram-se na zona da copa limpa. Deverá existir um local de armazenagem identificado, resistente/imputrescível, passível de fechar à chave, com ventilação e dispor de espaço suficiente para que possa incluir, para além dos produtos, os equipamentos utilizados; 3
AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

As janelas encontram-se sem rede de protecção contra insectos (existem apenas na zona da despensa);

 Os recipientes para o lixo devem ser accionados por pedal e herméticos;  As grelhas de escoamento da cozinha deverão encontrar-se em perfeito estado de conservação (sem ferrugem), bem como encontrar-se em perfeito estado de higiene (Imagem nº 9);  As fichas de segurança dos produtos utilizados na zona de alimentação coletiva deverão estar bem visíveis, caso ocorra algum acidente.

Santiago do Cacém, 9 de Janeira de 2012

A Técnica de Saúde Ambiental Rosa Calado ________________________________________

4

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

Imagem nº 1 - Sinalização de emergência insuficiente e mal localizada (entre duas portas) Imagem nº 2 -Equipamentos de extinção de incêndios encontram-se a uma altura superior a 1,20m

Imagem nº 3 - Guardas laterais das escadas permitem a passagem da cabeça de uma criança e apresentam septos horizontais que favorecem a escalada

Imagem nº 4 - Equipamentos desportivos com elementos de fixação soltos

5

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

SAÚDE ESCOLAR – UCSP SANTIAGO DO CACÉM

2011/ 2012

Imagem nº 5 - Produtos de higiene e limpeza encontram-se incorrectamente armazenados

Imagem nº 6 - Revestimentos em mau estado de conservação e/ou higiene (painéis)

Imagem nº 7 – Desorganização do sótão

Imagem nº 9 – Grelha de escoamento em mau estado de conservação e em mau estado de higienização

Imagem nº 8 – Fios elétricos fora de uso

Imagem nº 10 - Vedação permite a passagem da cabeça de uma criança, é incompleta até ao muro e com extremidades pontiagudas

6

AVALIAÇÃO DAS CONDIÇÕES DE SEGURANÇA, HIGIENE E SAÚDE DOS ESTABELCIMENTOS DE EDUCAÇÃO E ENSINO

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->