Você está na página 1de 102
DIREÇÃO DEFENSIVA PROF.PROF. UANDERSONUANDERSON REBULAREBULA
DIREÇÃO DEFENSIVA
PROF.PROF. UANDERSONUANDERSON REBULAREBULA
EXPERIÊNCIASEXPERIÊNCIAS EE APRENDIZADOAPRENDIZADO NANA DIREDIREÇÇÃO ÃO DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
EXPERIÊNCIASEXPERIÊNCIAS EE
APRENDIZADOAPRENDIZADO NANA DIREDIREÇÇÃO ÃO
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
1.1. COLISÃOCOLISÃO PORPOR TRTRÁÁSS
EngavetamentoEngavetamento dede 44 veveíículosculos // nenhumnenhum feridoferido
••
2.2. COLISÃOCOLISÃO PORPOR TRTRÁÁSS
CorsaCorsa (motivo(motivo –– desviodesvio dede atenatençção)ão)
••
3.3. VVÁÁRIASRIAS COLISÕESCOLISÕES (por(por parteparte dede outrosoutros condutores)condutores)
4.4. SONOSONO NANA DIREDIREÇÇÃOÃO
ÀÀ noitenoite (VR(VR –– BP)BP) –– saiusaiu dada pistapista ee retornouretornou –– semsem colisãocolisão
••

5.5. SONOSONO NANA DIREDIREÇÇÃOÃO ColegaColega dede classeclasse manhãmanhã (saiu(saiu dede umauma festafesta ee foifoi diretodireto parapara aula),aula), saiusaiu dada pistapista morte.morte.

6.6. MULTASMULTAS CamorinCamorin // motomoto vendidavendida aa 88 anosanos

7.7. DOISDOIS ASSALTOSASSALTOS UBMUBM ee motomoto

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

O O PROBLEMA PROBLEMA Acidentes Acidentes no no Trânsito Trânsito  

OO PROBLEMAPROBLEMA AcidentesAcidentes nono TrânsitoTrânsito

 

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

 
 

DIMENSÃODIMENSÃO DODO PROBLEMAPROBLEMA

 

5050 milmil mortosmortos = total de mortos em TODA a guerra do Vietnã

 

Brasil tem maismais mortosmortos no trânsito que os EUAEUA onde:

 

frota automotiva = 9 vezes maior índice de mobilidade = 16 vezes maior

Principal causa de morte de criancrianççasas ee adolescentesadolescentes

Ao contrário do câncer e doenças cardíacas, as mortes ocorrem na fase mais produtiva da vida (mméédiadia dodo mortomorto == 3333 anos)anos)

Organização Mundial da Saúde (OMS):

 

mortes/ano:

 

trânsito = homicídio = guerra =

1.200.000

600.000

300.000

O trânsito do Brasil é o 4° mais perigoso do mundo

 

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

PRINCIPAISPRINCIPAIS FATORESFATORES DEDE RISCO RISCO DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA DirigirDirigir sobsob
PRINCIPAISPRINCIPAIS FATORESFATORES DEDE RISCO RISCO
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DirigirDirigir sobsob influênciainfluência dede áálcoollcool ee dede sono.sono.
ExcessoExcesso dede velocidade,velocidade, trocatroca dede pistapista ee ultrapassagensultrapassagens dede riscorisco
SubutilizaSubutilizaççãoão dede equipamentosequipamentos dede seguranseguranççaa comocomo cinto,cinto, carrinhocarrinho
dede bebêbebê ee capacetes.capacetes.
PlanejamentoPlanejamento viviááriorio inadequado.inadequado.
DesignDesign inseguroinseguro dede veveíículos.culos.
FracaFraca implementaimplementaççãoão dede medidasmedidas dede seguranseguranççaa
viviáária.ria.
IneficIneficááciacia dede serviserviççosos dede sasaúúdede dede emergênciaemergência
mméédica.dica.

OU SEJASEJA

OU

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA CAUSAS CAUSAS DE DE ACIDENTES ACIDENTES NO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

CAUSAS CAUSAS

DEDE ACIDENTESACIDENTES

NONO TRÂNSITOTRÂNSITO

CAUSAS DE DE ACIDENTES ACIDENTES NO NO TRÂNSITO TRÂNSITO FALHA HUMANA = 90% acidentes 75% FALHA
CAUSAS DE DE ACIDENTES ACIDENTES NO NO TRÂNSITO TRÂNSITO FALHA HUMANA = 90% acidentes 75% FALHA

FALHA HUMANA = 90% acidentes

75% FALHA DO MOTORISTA

15% FALHA DO PEDESTRE

05% FALTA DE MANUTENÇÃO DOS VEÍCULOS

05% FALTA DE MANUTENÇÃO DAS RODOVIAS

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA AN AN Á Á LISE LISE DE

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ANANÁÁLISELISE DEDE CONFLITOSCONFLITOS DEDE TRTRÁÁFEGOFEGO

DE DE CONFLITOS CONFLITOS DE DE TR TR Á Á FEGO FEGO Uanderson Uanderson Rebula Rebula
DE DE CONFLITOS CONFLITOS DE DE TR TR Á Á FEGO FEGO Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

AN AN Á Á LISE LISE DE DE CONFLITOS CONFLITOS DE DE TR TR Á

ANANÁÁLISELISE DEDE CONFLITOSCONFLITOS DEDE TRTRÁÁFEGOFEGO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Á Á FEGO FEGO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA principal principal causa causa
Á Á FEGO FEGO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA principal principal causa causa

principalprincipal causacausa dosdos conflitosconflitos falhafalha emem dardar aa preferênciapreferência

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA DIREÇÃO DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVA DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREÇÃO DIREDIREÇÇÃOÃO
DEFENSIVA DEFENSIVADEFENSIVA

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA OO CondutorCondutor defensivodefensivo éé
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
OO CondutorCondutor defensivodefensivo éé aqueleaquele queque:

DIRIGIRDIRIGIR DEFENSIVAMENTEDEFENSIVAMENTE: dirigir de modo a evitarevitar acidentesacidentes, apesar dos erros dos outros condutores e condicondiççõesões adversasadversas do trânsito e do tempo, preservando a vida humana e o meio ambiente.

Adota procedimentos preventivos no trânsito, sempre com cautela e civilidade.

DirigeDirige sempresempre pensandopensando emem seguranseguranççaa, em prevenir acidentes, independente dos fatores externos e das condições adversas que possam estar presentes.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Ninguém é perfeito, portanto mesmo que sejamos motoristas defensivos
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
Ninguém é perfeito, portanto mesmo
que sejamos motoristas defensivos
exemplares, ás vezes estamos sujeitos
a falhas que podem comprometer a
DIREÇÃO DEFENSIVA, e:
Abusamos do veículo:

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Cometemos Infrações:

Causamos Acidentes:

Tentamos imprudentemente recuperar atrasos:

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA CAP CAP Í Í TULO TULO III

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

CAPCAPÍÍTULOTULO IIIIII DASDAS NORMASNORMAS GERAISGERAIS DEDE CIRCULACIRCULAÇÇÃOÃO EE CONDUTACONDUTA

DE DE CIRCULA CIRCULA Ç Ç ÃO ÃO E E CONDUTA CONDUTA Art. Art. 26. 26.

Art.Art. 26.26. OsOs usuusuááriosrios dasdas viasvias terrestresterrestres devem:devem:

*deixar*deixar dede fazerfazer

II -- absterabster--se*se* dede todotodo atoato queque possapossa constituirconstituir perigoperigo ouou obstobstááculoculo parapara oo trânsitotrânsito dede veveíículos;culos;

IIII -- absterabster--sese dede obstruirobstruir oo trtrânsitoânsito ouou torntornáá--lolo perigoso;perigoso;

Art.Art. 27.27. VerificarVerificar aa existênciaexistência ee asas boasboas condicondiççõesões dede funcionamentofuncionamento dosdos equipamentosequipamentos dede usouso obrigatobrigatóório;rio;

Art.Art. 28.28. TerTer domdomíínionio dede seuseu veveíículo,culo, dirigindodirigindo--oo comcom atenatençção,ão, aa todotodo momentomomento

Art.Art. 35.35. IndicarIndicar seuseu proppropóósitosito dede formaforma claraclara ee comcom aa devidevidada antecedênciaantecedência,, quandoquando efetuarefetuar manobrasmanobras

Art.Art. 54.54. OsOs condutorescondutores dede motocimotocicletas,cletas, motonetasmotonetas ee ciclomotoresciclomotores ssóó poderãopoderão circularcircular nasnas vias:vias:

II -- utilizandoutilizando capacetecapacete dede seguransegurançça,a, comcom viseiraviseira ouou óóculosculos protetores;protetores; IIII -- segurandosegurando oo guidomguidom comcom asas duasduas mãos;mãos; IIIIII -- usandousando vestuvestuááriorio dede proteproteçção,ão, dede acordoacordo comcom asas especificaespecificaççõesões dodo CONTRAN.CONTRAN.

Art.Art. 57.57. OsOs ciclomotoresciclomotores devemdevem serser conduzidosconduzidos pelapela didireitareita dada pistapista dede rolamentorolamento

Art.Art. 64.64. TransporteTransporte dede criancrianççasas comcom idadeidade inferiorinferior aa dezdez anosanos

Art.Art. 65.65. UsoUso dede CintoCinto dede SeguranSeguranççaa parapara condutoconduto ee passagpassageiroseiros emem todastodas asas viasvias

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

CONDI CONDI Ç Ç ÕES ÕES ADVERSAS ADVERSAS DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ADVERSAS DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Conceito Conceito – – São São condi

ConceitoConceito SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono trânsitotrânsito,, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.

UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho
UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas

LuzLuz

TempoTempo

EstradaEstrada

TrânsitoTrânsito

VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

Adversas Luz Luz Tempo Tempo Estrada Estrada Trânsito Trânsito Ve Ve í í culo culo Motorista
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono
trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente
serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentesacidentes.
SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas
LuzLuz
TempoTempo
EstradaEstrada
CaracterizadaCaracterizada pelapela intensidadeintensidade ouou refluxorefluxo dada
luzluz naturalnatural (SOLAR)(SOLAR) ouou artificialartificial (FAR(FARÓÓIS)IS) queque
podepode provocarprovocar OFUSCAMENTOOFUSCAMENTO DADA VISÃO.VISÃO.
TrânsitoTrânsito
VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

EsteEste ofuscamentoofuscamento causacausa aa CONTRACONTRAÇÇÃOÃO DADA PUPILAPUPILA,, ocasionandoocasionando aa perdaperda momentânea,momentânea, parcialparcial ouou totaltotal dada visão,visão, dificultandodificultando oo condutorcondutor dede ver.ver.

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Ó Ó culos culos de de sol

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Ó Ó culos culos de de sol sol
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Ó Ó culos culos de de sol sol

ÓÓculosculos dede solsol

ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Ó Ó culos culos de de sol sol Olhar Olhar sinaliza sinaliza ç

Olhar Olhar

sinalizasinalizaççãoão horizontalhorizontal

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono
trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente
serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.
SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas
LuzLuz
TempoTempo
CompreendeCompreende asas CONDICONDIÇÇÕESÕES CLIMCLIMÁÁTICAS:TICAS:
EstradaEstrada
TrânsitoTrânsito
ocorrênciasocorrências dede chuvas,chuvas, neblina,neblina, ventovento forteforte queque
constituaconstitua dificuldadesdificuldades nono dirigir,dirigir, sejaseja emem viavia
urbanaurbana ouou rural.rural.
VeVeíículoculo

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

MotoristaMotorista

CargaCarga

ExigeExige dodo condutorcondutor maiormaior perperííciacia parapara manobras;manobras; DirigirDirigir comcom maiormaior atenatenççãoão ee cuidado;cuidado;

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
UandersonUanderson RebulaRebula –– SENAISENAI –– SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI – – Seguran Seguran
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono
trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente
serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.
SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas
LuzLuz
TempoTempo
EstradaEstrada
TrânsitoTrânsito
VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

Carga Carga CONDI CONDI Ç Ç ÕES ÕES ADVERSAS ADVERSAS Envolve Envolve a a maneira maneira

EnvolveEnvolve aa maneiramaneira comocomo foifoi construconstruíídada,, contornocontorno dada via,via, larguralargura ee espespééciecie apresentada,apresentada, sãosão elas:elas:

TiposTipos ee condicondiççõesões dede pavimentapavimentaçção;ão; LarguraLargura ee nnúúmeromero dede pistas;pistas; TipoTipo dede viavia (simples,(simples, dupladupla ouou freefree--way);way); Curvas,Curvas, cruzamentos,cruzamentos, lombadas;lombadas; AclivesAclives ee declives;declives; PosicionamentoPosicionamento dede ObjetosObjetos fixosfixos nono entorno;entorno; SinalizaSinalizaçção.ão.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Exemplos de perigos nas laterais da via

DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Exemplos de perigos nas laterais da via

DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via A simples sinalização não é o suficiente
A simples sinalização não é o suficiente
A simples
sinalização não
é o suficiente

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Exemplos de perigos nas laterais da via

DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Exemplos de perigos nas laterais da via

DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Exemplos de perigos nas laterais da via

DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DEFENSIVA DEFENSIVA Exemplos de perigos nas laterais da via Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Solução possível Uanderson Uanderson Rebula Rebula –

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Solução possível

DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Solução possível Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Solução possível Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

ESTRADASESTRADAS DADA BOLBOLÍÍVIAVIA
ESTRADASESTRADAS DADA BOLBOLÍÍVIAVIA
ESTRADASESTRADAS DADA BOLBOLÍÍVIAVIA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

ESTRADAS ESTRADAS DA DA BOL BOL Í Í VIA VIA DIRE DIRE Ç Ç ÃO

ESTRADASESTRADAS DADA BOLBOLÍÍVIAVIA

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Í Í VIA VIA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula
Í Í VIA VIA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA ESTRADAS ESTRADAS DA DA BOL BOL Í

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ESTRADASESTRADAS DADA BOLBOLÍÍVIAVIA

DEFENSIVA ESTRADAS ESTRADAS DA DA BOL BOL Í Í VIA VIA Uanderson Uanderson Rebula Rebula –
DEFENSIVA ESTRADAS ESTRADAS DA DA BOL BOL Í Í VIA VIA Uanderson Uanderson Rebula Rebula –

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA CONDI CONDI Ç Ç ÕES ÕES ADVERSAS

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

DEFENSIVA CONDI CONDI Ç Ç ÕES ÕES ADVERSAS ADVERSAS Conceito Conceito – – São São condi

ConceitoConceito SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.

propiciadoras propiciadoras de de acidentes. acidentes. São São condi condi ç ç ões ões Adversas Adversas

SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas

LuzLuz

TempoTempo

EstradaEstrada

TrânsitoTrânsito

VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

Ve Ve í í culo culo Motorista Motorista Carga Carga Envolve Envolve a a presen presen

EnvolveEnvolve aa presenpresenççaa dede outrosoutros usuusuááriosrios

interferindointerferindo nono comportamentocomportamento dodo condutor,condutor, criandocriando problemasproblemas nono fluxofluxo normalnormal como:como:

Congestionamentos;Congestionamentos; HoraHora dodo Rush;Rush; FeriadosFeriados ee FinaisFinais dede semanasemana prolongados;prolongados; TiposTipos dede veveíículos.culos.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI – – Seguran Seguran
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI – – Seguran Seguran

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Trânsito Trânsito interior interior de de ind

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

TrânsitoTrânsito interiorinterior dede indindúústriasstrias

interior interior de de ind ind ú ú strias strias Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –
interior interior de de ind ind ú ú strias strias Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –
interior interior de de ind ind ú ú strias strias Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono
trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente
serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.
SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas
LuzLuz
ÉÉ aa condicondiççãoão emem queque sese encontraencontra oo prpróóprioprio
veveíículoculo,, caracterizadocaracterizado porpor defeitosdefeitos
apresentadosapresentados queque podempodem ocasionarocasionar acidentes.acidentes.
TempoTempo
EstradaEstrada
AsAs principaisprincipais falhasfalhas mecânicasmecânicas causadorascausadoras dede
acidentesacidentes são:são:
TrânsitoTrânsito
VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

PneusPneus gastosgastos MMáá calibragemcalibragem dosdos pneuspneus FreiosFreios desgastadosdesgastados VazamentoVazamento dede óóleoleo LâmpadasLâmpadas queimadasqueimadas Outros;Outros;

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

Outros; CONDI CONDI Ç Ç ÕES ÕES ADVERSAS ADVERSAS Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
ConceitoConceito –– SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono
trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente
serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.
SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas
LuzLuz
TempoTempo
EstradaEstrada
FatoresFatores queque alteramalteram aa habilidadehabilidade dodo condutor.condutor. DirigirDirigir::
TrânsitoTrânsito
VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

VeVeíículoculo Motorista Motorista Carga Carga em em estado estado emotivo emotivo alterado; alterado;

emem estadoestado emotivoemotivo alterado;alterado; cansadocansado // sono;sono; porpor longoslongos perperííodos;odos; apapóóss tomartomar algumalgum medicamento;medicamento; alcoolizadoalcoolizado ouou sobsob efeitoefeito dede substânciassubstâncias ttóóxicas.xicas.

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

AlteraAlteraççãoão dodo estadoestado ffíísicosico ee pspsííquicoquico dodo condutor,condutor, aa qualqual podepode afetarafetar aa suasua habilidadehabilidade emem satisfazersatisfazer todastodas asas exigênciasexigências dada tarefatarefa dede dirigidirigirr ee mantermanter oo controlecontrole dodo veveíículo.culo. AA falhafalha humanahumana acontacontece,ece, principalmente,principalmente, porpor deficiênciadeficiência dede qualificaqualificaçção.ão.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

ESTADO ESTADO EMOTIVO EMOTIVO ALTERADO ALTERADO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson

ESTADOESTADO EMOTIVOEMOTIVO ALTERADOALTERADO

ESTADO ESTADO EMOTIVO EMOTIVO ALTERADO ALTERADO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ALTERADO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI – – Seguran Seguran

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Conceito Conceito – – São São condi

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ConceitoConceito SãoSão condicondiççõesões desfavordesfavorááveisveis ouou inadequadasinadequadas nono trânsito,trânsito, queque sese nãonão foremforem tratadastratadas comcom atenatençção,ão, certamentecertamente serãoserão propiciadoraspropiciadoras dede acidentes.acidentes.

SãoSão condicondiççõesões AdversasAdversas

Carga mal arrumada, Carga em excesso, Carga mal amarrada

Carga mal arrumada, Carga em excesso, Carga mal amarrada

LuzLuz

TempoTempo

EstradaEstrada

TrânsitoTrânsito

VeVeíículoculo

MotoristaMotorista

CargaCarga

Ve Ve í í culo culo Motorista Motorista Carga Carga Ex.: Transporte de tubos / Caixas

Ex.: Transporte de tubos / Caixas de cerveja / refrigerantes / mudanças em geral / equipamentos / troncos de árvores / contêineres

CONDICONDIÇÇÕESÕES ADVERSASADVERSAS

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Controles: Controles: CONTRAN CONTRAN ANTT ANTT Balan

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Controles: Controles: CONTRAN CONTRAN ANTT ANTT Balan Balan

Controles:Controles:

CONTRANCONTRAN

ANTTANTT

BalanBalanççasas

Controles: CONTRAN CONTRAN ANTT ANTT Balan Balan ç ç as as Uanderson Uanderson Rebula Rebula –

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COMOCOMO EVITAREVITAR ACIDENTESACIDENTES:: DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA Para que uma viagem (curta ou longa)
COMOCOMO EVITAREVITAR ACIDENTESACIDENTES::
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
Para que uma viagem (curta ou longa) transcorra sem acidente
de trânsito é preciso obedecer às normas, regras e regulamentos
do CTB.
Muitas vezes, praticamos Direção Defensiva sem que a
percebamos.
Mas a Direção Defensiva necessária para evitar o acidente de
trânsito requer, CONHECIMENTO, ATENÇÃO, PREVISÃO,
DECISÃO E HABILIDADE para que o motorista possa conhecer
e identificar situações geradoras de acidentes, bem como, uma
pronta decisão e habilidade necessária para sua autoproteção.

ELEMENTOSELEMENTOS DADA DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DA DA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –
DA DA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –
DA DA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – –

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COMOCOMO EVITAREVITAR ACIDENTESACIDENTES:: DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA CONHECIMENTO:CONHECIMENTO: Das leis e
COMOCOMO EVITAREVITAR ACIDENTESACIDENTES::
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
CONHECIMENTO:CONHECIMENTO:
Das leis e normas de trânsito;
Das particularidades do veículo;
Das condicondiççõesões adversasadversas.
ATENATENÇÇÃO:ÃO:
A sinalização; evitar celular, música, cigarro
O comportamento dos demais condutores;
Comportamento de pedestres, ciclistas e demais veículos não motorizados;
As possíveis e prováveis condições adversas.

ELEMENTOSELEMENTOS DADA DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

PREVISÃO:PREVISÃO:

Na direção defensiva a Previsão ocorre simultaneamente com a Atenção Na exata medida que a Atenção vai mapeando o terreno, o cérebro tenta Prever e Antecipar possíveis acontecimentos, de modo a poder Agir prontamente, se necessário, para não ser tomado de surpresa;

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA FALTA FALTA DE DE ATEN ATEN Ç

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

FALTAFALTA DEDE ATENATENÇÇÃOÃO DODO CONDUTORCONDUTOR

DE DE ATEN ATEN Ç Ç ÃO ÃO DO DO CONDUTOR CONDUTOR Uanderson Uanderson Rebula Rebula
DE DE ATEN ATEN Ç Ç ÃO ÃO DO DO CONDUTOR CONDUTOR Uanderson Uanderson Rebula Rebula
DE DE ATEN ATEN Ç Ç ÃO ÃO DO DO CONDUTOR CONDUTOR Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COMPORTAMENTO COMPORTAMENTO DE DE OUTROS OUTROS CONDUTORES

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COMPORTAMENTOCOMPORTAMENTO DEDE OUTROSOUTROS CONDUTORESCONDUTORES

COMPORTAMENTO DE DE OUTROS OUTROS CONDUTORES CONDUTORES VelhaVelha dirigindodirigindo Uanderson Uanderson Rebula
COMPORTAMENTO DE DE OUTROS OUTROS CONDUTORES CONDUTORES VelhaVelha dirigindodirigindo Uanderson Uanderson Rebula
VelhaVelha dirigindodirigindo
VelhaVelha dirigindodirigindo

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA PREVISÃO PREVISÃO Uanderson Uanderson Rebula Rebula –

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

PREVISÃOPREVISÃO

DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA PREVISÃO PREVISÃO Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA PREVISÃO PREVISÃO Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA ANTECIPA ANTECIPA Ç Ç ÃO ÃO ANTECIPAR

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

ANTECIPAANTECIPAÇÇÃOÃO

ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA ANTECIPA ANTECIPA Ç Ç ÃO ÃO ANTECIPAR SIGNIFICA CONTROLAR A VELOCIDADE NO

ANTECIPAR SIGNIFICA CONTROLAR A VELOCIDADE NO TRECHO QUE PRECEDE A CURVA.

CONTROLAR A VELOCIDADE NO TRECHO QUE PRECEDE A CURVA. Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COMO COMO EVITAR EVITAR ACIDENTES ACIDENTES :

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COMOCOMO EVITAREVITAR ACIDENTESACIDENTES::

ELEMENTOSELEMENTOS DADA DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DA DA DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA DECISÃO: DECISÃO: A Decisão Correta, é

DECISÃO:DECISÃO:

A Decisão Correta, é a meta da direção defensiva; Uma boa percepção das situações implica um rápido exame das alternativas de ações e na escolha inteligente a tempo de evitar o acidente;

HABILIDADEHABILIDADE // AAÇÇÃO:ÃO:

Significa operar os controles do veiculo e executar com perícia qualquer manobra básica de condução do veiculo. Cidade X estrada

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA HABILIDADE HABILIDADE EMBORA EMBORA SEJA SEJA ESPORTE,

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

HABILIDADEHABILIDADE

Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA HABILIDADE HABILIDADE EMBORA EMBORA SEJA SEJA ESPORTE, ESPORTE, É É

EMBORAEMBORA SEJASEJA ESPORTE,ESPORTE, ÉÉ UMUM EXEMPLOEXEMPLO DEDE HABILIDADEHABILIDADE

VELHOSVELHOS TEMPOSTEMPOS DADA FFÓÓRMULARMULA 11
VELHOSVELHOS TEMPOSTEMPOS DADA FFÓÓRMULARMULA 11
VELHOSVELHOS TEMPOSTEMPOS DADA FFÓÓRMULARMULA 11 Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA HABILIDADE HABILIDADE “ “ TESTE TESTE DO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

HABILIDADEHABILIDADE

TESTETESTE DODO DETRANDETRAN NONO JAPÃOJAPÃO

TESTE DO DO DETRAN DETRAN NO NO JAPÃO JAPÃO ” ” EQUIPESEQUIPES Uanderson Uanderson Rebula Rebula
EQUIPESEQUIPES
EQUIPESEQUIPES
DETRAN DETRAN NO NO JAPÃO JAPÃO ” ” EQUIPESEQUIPES Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COLISÃO COLISÃO ENTRE ENTRE DOIS DOIS VE VE Í Í CULOS CULOS DIRE DIRE Ç

COLISÃOCOLISÃO ENTREENTRE DOISDOIS VEVEÍÍCULOSCULOS

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Í CULOS CULOS DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA . DA FRENTE . DE
. DA FRENTE . DE TRÁS . SENTIDO CONTRÁRIO . CRUZAMENTO . AO SER ULTRAPASSADO
.
DA FRENTE
.
DE TRÁS
.
SENTIDO CONTRÁRIO
.
CRUZAMENTO
.
AO SER ULTRAPASSADO
.
AO ULTRAPASSAR

COLISÕES

COM

VEÍCULOS:

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COLISÃO COM O VEÍCULO DA DA FRENTE FRENTE DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO DADA FRENTEFRENTE

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

FRENTE FRENTE DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA 1. FIQUE ALERTA 2. DOMINE A
FRENTE FRENTE DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA 1. FIQUE ALERTA 2. DOMINE A
FRENTE FRENTE DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA 1. FIQUE ALERTA 2. DOMINE A
FRENTE FRENTE DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA 1. FIQUE ALERTA 2. DOMINE A

1. FIQUE ALERTA
2. DOMINE A SITUAÇÃO

3. MANTENHA DISTÂNCIA

4. COMECE A PARAR MAIS CEDO

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO DA DA FRENTE

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO DADA FRENTEFRENTE

DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO DA DA FRENTE FRENTE Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI
DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO DA DA FRENTE FRENTE Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO DEDE TRTRÁÁSS

COLISÃO COM O VEÍCULO DE DE TR TR Á Á S S 1. Saiba o que

1. Saiba o que fazer
2. Sinalize suas intenções

3. Pare suave e gradativamente

4. Livre-se dos veículos colados a sua traseira

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO DIRE DIRE

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDOSENTIDO

CONTRCONTRÁÁRIORIO

COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO DIRE DIRE Ç Ç

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

Á Á RIO RIO DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA 1. Não desenvolva velocidade

1. Não desenvolva velocidade muito alta.

2. Mantenha-se a sua direita, sempre que possível

3. “Veja Longe”, procurando enxergar toda a extensão da rua

4. Fique atento ao pedestre e ciclista

5. Não ultrapasse a não ser que tenha absoluta certeza se é possível.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDOSENTIDO

CONTRCONTRÁÁRIORIO

COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula
COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDOSENTIDO

CONTRCONTRÁÁRIORIO

COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula
COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDOSENTIDO

CONTRCONTRÁÁRIORIO

COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula
COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM SENTIDOSENTIDO

CONTRCONTRÁÁRIORIO

COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula
COM O VEÍCULO EM SENTIDO SENTIDO CONTR CONTR Á Á RIO RIO Uanderson Uanderson Rebula Rebula

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM CRUZAMENTOS .

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM

CRUZAMENTOS.

DEFENSIVA COLISÃO COM O VEÍCULO EM CRUZAMENTOS . | | | | | | | |
| | | | | | | | 1. 2. 3. 4. | | |
| | | |
| | | |
1.
2.
3.
4.
| | | |
| | | |

Saiba para onde seguir. Reduza a velocidade Sinalize suas intenções Siga com cuidado

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COLISÃO COM O VEÍCULO EM CRUZAMENTOS . DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA

COLISÃO COM O VEÍCULO EM

CRUZAMENTOS.

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

CRUZAMENTOS . DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA COLISÃOCOLISÃO CAMINHÃOCAMINHÃO XX CARROCARRO Uanderson
COLISÃOCOLISÃO CAMINHÃOCAMINHÃO XX CARROCARRO
COLISÃOCOLISÃO CAMINHÃOCAMINHÃO XX CARROCARRO

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

COLISÃO COM VEÍCULO EM ULTRAPASSAGENS DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA AO SER ULTRAPASSADO AO ULTRAPASSAR
COLISÃO COM VEÍCULO EM
ULTRAPASSAGENS
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
AO SER ULTRAPASSADO
AO ULTRAPASSAR
Mantenha-se sempre a direita,
sempre que possível.
Domine a Situação:Verifique
no sentido contrário e atrás.
Verifique o trânsito contrário.
UseUse osos espelhos.espelhos.
Colabore com o motorista que
Sinalize antes
vai ultrapassá-lo. Diminua a
velocidade, sinalize se
necessário.
Não concorra com o veículo
que está ultrapassando.

Retorne à velocidade normal, assim que tenha completado a ultrapassagem.

Tenha certeza que sua distância de seguimento é compatível com sua velocidade.

Acelere, a medida que você está ultrapassando.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA FILME COLISÃO COLISÃOCOLISÃO CARROCARRO XX CARROCARRO XX

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

FILME COLISÃO

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA FILME COLISÃO COLISÃOCOLISÃO CARROCARRO XX CARROCARRO XX PEDESTREPEDESTRE
COLISÃOCOLISÃO CARROCARRO XX CARROCARRO XX PEDESTREPEDESTRE
COLISÃOCOLISÃO CARROCARRO XX CARROCARRO XX PEDESTREPEDESTRE

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: O comportamento

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

OUTROS TIPOS DE ACIDENTES

Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: O comportamento de pedestres é

ATROPELAMENTOS:

DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: O comportamento de pedestres é imprevisível, por isso
DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: O comportamento de pedestres é imprevisível, por isso

O comportamento de pedestres é imprevisível, por isso para evitar atropelamentos devemos:

Dirigir com atenção

Conceder sempre o direito de passagem

Andar em velocidade compatível com os locais onde existam riscos de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc).

de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
de atropelamentos (portas de escolas, cruzamentos, etc). Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: ATROPELADOATROPELADO Uanderson

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

OUTROS TIPOS DE ACIDENTES

Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: ATROPELADOATROPELADO Uanderson Uanderson

ATROPELAMENTOS:

ATROPELADOATROPELADO
ATROPELADOATROPELADO

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: ATROPELADOATROPELADO PORPOR

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

OUTROS TIPOS DE ACIDENTES

Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ATROPELAMENTOS: ATROPELADOATROPELADO PORPOR ÔNIBUSÔNIBUS

ATROPELAMENTOS:

ATROPELADOATROPELADO PORPOR ÔNIBUSÔNIBUS
ATROPELADOATROPELADO PORPOR ÔNIBUSÔNIBUS

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI
DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA Uanderson Uanderson Rebula Rebula – – SENAI SENAI

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

OUTROS TIPOS DE ACIDENTES DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA COLISÃO COM ANIMAIS: • Fique vigilante e dirija com
OUTROS TIPOS DE
ACIDENTES
DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA
COLISÃO COM ANIMAIS:
• Fique vigilante e dirija com cuidado,
principalmente a noite.
• Quando avistar animais, reduza a velocidade

COLISÃO COM OBJETOS FIXOS

animais, reduza a velocidade COLISÃO COM OBJETOS FIXOS A colisão com carros estacionados, poste, muro ou

A colisão com carros estacionados, poste, muro ou árvore é normalmente ocasionada por um mau golpe de vista.

é normalmente ocasionada por um mau golpe de vista. Este acidente pode ocorrer quando o condutor

Este acidente pode ocorrer quando o condutor estiver alcoolizado, cansado, sob efeito de medicamentos, etc.

UandersonUanderson RebulaRebula SENAISENAI SeguranSeguranççaa dodo TrabalhoTrabalho

DIRE DIRE Ç Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ANIMAIS NA PISTA

DIREDIREÇÇÃOÃO DEFENSIVADEFENSIVA

OUTROS TIPOS DE ACIDENTES

Ç ÃO ÃO DEFENSIVA DEFENSIVA OUTROS TIPOS DE ACIDENTES ANIMAIS NA PISTA CACHORROCACHORRO NANA PISTAPISTA Uanderson