Você está na página 1de 7

SALRIO-MATERNIDADE

um perodo remunerado, destinado ao descanso da mulher trabalhadora, em virtude de nascimento de seu filho, adoo ou CONCEITO guarda judicial para fins de adoo. Esse perodo, regra geral, de 120 dias, podendo ser prorrogado em casos excepcionais.

QUEM TEM DIREITO

TODAS AS SEGURADAS a) EMPREGADAS; b) TRABALHADORAS AVULSAS; c) EMPREGADAS DOMSTICAS.

DISPENSADA CARNCIA

10 CONTRIBUIES: CONTRIBUINTES INDIVIDUAIS E FACULTATIVAS. 10 MESES: SEGURADAS ESPECIAIS.

QUE EVENTO DESENCADEIA O BENEFCIO

a) Parto antecipado ou no = 120 dias; b) Aborto no criminoso = 02 semanas; c) Adoo ou guarda judicial para fins de adoo: I. Criana de at 01 ano = 120 dias; II. Criana com mais de 01 ano at 04 anos = 60 dias; III. Criana com mais de 04 anos at 08 anos = 30 dias.

INCIO DO PAGAMENTO

No caso do parto, a previso do pagamento do salrio-maternidade de 28 dias antes e 91 dias depois. Caso apresentado atestado mdico especfico, o perodo de repouso pode ser iniciad duas semanas antes ou prorrogado por duas semanas. Para o pagamento deve ser apresentado: atestado mdico ou certido nascimento da criana; termo de guarda judicial para fins de adoo.

CLCULO USA SB
USA FATOR PREVIDENCIRIO

NO NO
SALRIO MNIMO MENSAL

LIMITE MNIMO

a) EMPREGADA E AVULSA: Subsdio do LIMITE ministro do STF. MXIMO b) EMPREGADA DOMSTICA, CONTRIBUINTE INDIVIDUAL E FACULTATIVA: TETO DO RGPS.

RENDA MENSAL

SEGURADA EMPREGADA: Consiste numa renda mensal igual sua remunerao integral; TRABALHADORA AVULSA: Consiste numa renda mensal igual sua remunerao integral, equivalente a um ms de trabalho; EMPREGADA DOMSTICA: Consiste no valor correspondente ao seu ltimo salrio de contribuio; SEGURADA ESPECIAL: Consiste em 01 salrio mnimo; SEGURADA CONTRIBUINTE INDIVIDUAL E avos da soma dos FACULTATIVA: Consiste em ltimos 12 meses de contribuio, apurados em perodo no superior a 15 meses.