PROGRMA - ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA: 1 Estruturação da máquina administrativa no Brasil desde 1930: dimensões estruturais e culturais.

2 As reformas administrativas e a redefinição do papel do Estado. Reforma do Serviço Civil (mérito, flexibilidade e responsabilização) e Plano Diretor para a Reforma do Aparelho do Estado de 1995. 3 Administração pública: do modelo racional-legal ao paradigma pósburocrático. O Estado oligárquico e patrimonial, o Estado autoritário e burocrático, o Estado do bemestar, o Estado regulador. 4 Estrutura e estratégia organizacional. Cultura organizacional e mudança no setor público. Convergências e diferenças entre a gestão pública e a gestão privada. O paradigma do cliente na gestão pública. 5 Empreendedorismo governamental e novas lideranças no setor público. Processos participativos de gestão pública: conselhos de gestão, orçamento participativo, parceria entre governo e sociedade 6 Governo eletrônico. Transparência da administração pública. Controle social e cidadania. Accountability. 7 Novas tecnologias de gestão (reengenharia, qualidade, planejamento estratégico, Balanced ScoreCard) e tecnologias da informação e comunicação: impactos sobre a configuração das organizações públicas e sobre os processos de gestão. 8 Excelência nos serviços públicos. Gestão por resultados na produção de serviços públicos. Gestão de Pessoas por Competências. 9 Comunicação na gestão pública e gestão de redes organizacionais. 10 Administração de pessoal. Noções de SIAPE. 11 Administração de compras e materiais: processos de compras governamentais e gerência de materiais e estoques. Noções de SIASG. 12 Governabilidade e governança. Intermediação de interesses (clientelismo, corporativismo e neocorporativismo). 13 Mudanças institucionais: conselhos, organizações sociais, organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), agência reguladora, agência executiva. 14 Processo de formulação e desenvolvimento de políticas: construção de agendas, formulação de políticas, implementação de políticas. 15 As políticas públicas no Estado brasileiro contemporâneo. Descentralização e democracia. Participação, atores sociais e controle social. Gestão local, cidadania e eqüidade social. 16 Planejamento e avaliação nas políticas públicas: conceitos básicos de planejamento. Aspectos administrativos, técnicos, econômicos e financeiros. Formulação de programas e projetos. Avaliação de programas e projetos. Tipos de avaliação. Análise custo-benefício e análise custoefetividade

NIVELAMENTO E INTRODUÇÃO 1. Diante da necessidade de resgatar o papel essencial do Estado como indutor do desenvolvimento, com um projeto para o país, os estados e municípios, a partir de 1995, o governo federal lançou orientações, sumarizadas no Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado, para melhorar o desempenho das instituições públicas. As dimensões em que essa Reforma do Estado foi concebida foram (A)Institucional legal, cultural e gerencial. (B)Burocrática, cultural e funcional. (C)Institucional, patrimonialista e burocrática. (D)Burocrática, patrimonialista e gerencial. 2. De acordo com a Constituição brasileira, as atividades desenvolvidas pelos servidores públicos devem obedecer a princípios que são valores éticos maiores da moderna administração pública. São eles: (A)Moralidade, competitividade, constitucionalidade, legalidade, eficiência (B)Legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, eficiência (C)Impessoalidade, impunidade,moralidade, especificidade, eficiência (D)Legalidade, constitucionalidade, moralidade, competitividade, eficiência 3. Complete o texto abaixo: A administração se caracteriza como uma atividade meio; não é um fim em si mesma. Administrar diz respeito ao desempenho da organização como um todo, em um determinado contexto. Desempenho, por sua vez, está relacionado aos conceitos de efetividade, eficiência e eficácia. A ________ é a capacidade de realizar objetivos, a ______________ é utilizar produtivamente os recursos, a ______________ é realizar a coisa certa para transformar a situação existente. a) Eficiência, Eficácia e Efetividade. b) Eficiência, Eficácia e Efetividade. c) Efetividade, Eficiência e Eficácia. d) Eficácia, Eficiência e Efetividade. 4. Os conceitos e técnicas de administração devem servir para que as organizações alcancem o desempenho que desejam. Sinteticamente, estas funções podem ser descritas da seguinte maneira: • O (a) ____________– abrange as decisões sobre a compatibilidade entre objetivos esperados e resultados alcançados. • O (a) ____________– trata de ativar as pessoas para atingir os objetivos propostos e proporcionar o sentido de missão, na expressão de Peter Drucker. • O (a) _____________ – diz respeito às decisões sobre objetivos, ações futuras e recursos necessários para realizar objetivos.

O (a) ____________- compreende as decisões sobre a divisão de poder, traduzido em autoridade, tarefas e responsabilidades entre pessoas e na divisão de recursos para realizar as tarefas.

a) Planejamento, Organização, Direção e Controle. b) Controle, Organização, Direção e Controle. c) Controle, Direção, Planejamento e organização. d) Direção, Organização, Planejamento e Controle. 5. O processo de planejamento estratégico é uma seqüência de análises e decisões. A análise (ou diagnóstico) da situação estratégica ou posição estratégica é o ponto de partida para elaboração do plano estratégico de uma organização e, deve focalizar em primeiro lugar: (A)Clientes e mercado. (B)Produtos e serviços. (C)Vantagens competitivas. (D)Missão, negócio e visão. 6. Diante da evolução da tecnologia, e das necessidades dos administradores por informações, para melhorar a qualidade da tomada de decisão, foram criados sistemas específicos de busca, coleta, armazenamento, classificação e tratamento de informações importantes e relevantes para seu funcionamento. Tais sistemas foram denominados (A)Sistema de Apoio à Decisão. (B) Sistema de Informações Executivas. (C)Sistema de Informação Gerencial. (D) Sistema de Gestão do Conhecimento. 7. “Aprendemos em pouco tempo que a introdução da informação na organização como elemento estrutural e orgânico significa a eliminação de maior parte das camadas gerenciais. Na organização tradicional, a maioria das pessoas chamadas de “gerentes”, de fato não gerencia; transmite ordens para baixo e informações para cima. Quando as informações passam a estar disponíveis, essas pessoas tornam-se redundantes” (Peter Drucker em Sociedade Pós-capitalista, 1999). Essas pessoas representam: (A)Potenciais humanos reprimidos na estrutura. (B)Fontes de informação a serem recicladas. (C)Grupos a serem substituídos por novos elementos. (D) Possíveis focos de resistência às mudanças. 8. Para organizar eficientemente o seu plano de trabalho, o Departamento de Planejamento de uma empresa farmacêutica necessita que seu sistema de informação retrate com fidelidade os ambientes externo e interno. As informações de origem externa incluem: (A) fluxos de caixa diário. (B) controles governamentais. (C) rentabilidade das operações. (D) previsão de vendas por atacado. 9. Eficiência e eficácia são dois termos utilizados no cotidiano das organizações. Eficácia diz respeito a: (A) estabelecer meios. (B) executar tarefas. (C) resolver problemas. (D) obter resultados.. 10. O mundo contemporâneo está vivendo mudanças rápidas, imprevistas, surpreendentes, inimagináveis. A tecnologia da comunicação, por sua vez, transformou o mundo em uma aldeia global. É a era da informação. As organizações, nessa nova era, tendem a ser: (A) departamentalizadas por produtos. (B) matriciais, mistas e estratégicas. (C) burocráticas, rígidas e funcionais. (D) enxutas e flexíveis. 11. O princípio administrativo que obriga o administrador público a conferir igualdade de tratamento aos administrados que se encontrem em idêntica situação jurídica é o princípio da:

(A) eficiência. (B) legalidade. (C) impessoalidade. (D) proporcionalidade. 12. Assinale a opção correta, relativamente ao impacto do ambiente sobre a organização, segundo a abordagem contingencial. A) As variações ambientais mais significativamente consideradas são de natureza mercadológica e tecnológica. B) A mudança organizacional deve ser uma prática ocasional ou esporádica. C) Incerteza, descontinuidade, turbulência são atributos do ambiente das organizações précapitalistas. D) Estrutura e processos independem do ambiente externo. E) Ambientes turbulentos implicam estruturas rígidas. 13. Assinale a opção correta, em relação à noção de gestão estratégica. A) A formulação estratégica é a primeira etapa seqüencial e cronológica do processo de gestão estratégica. B) A visão estratégica deve refletir o pensamento estratégico do líder. C) O processo de gestão estratégica é uma responsabilidade da direção da organização. D) O pensamento estratégico deve estar referenciado no plano. E) O controle estratégico é aquele que proporciona redirecionamentos. 14. O imperativo de sobrevivência em um cenário globalizante cada vez mais competitivo tem levado organizações, na última década, a implementar processos de ajuste organizacional caracterizados por transformações instantâneas que desconsideram a forma de acordo com a qual estruturas e processos estão estabelecidos, e vislumbram alternativas com base em formas radicalmente diferentes. Esses processos são genericamente denominados A) downsizing. B) benchmarking. C) reengenharia. D) readministração E) terceirização 15. A respeito das características da gestão da qualidade total, assinale a opção incorreta. A) A qualidade do produto está na qualidade do processo. B) A qualidade do produto está na sua especificação orientada para o cliente. C) A definição de padrões de qualidade é um ponto-chave. D) O controle de qualidade localiza-se no final do processo produtivo. E) A qualidade total não se restringe aos processos físicos e informacionais; forma uma cultura gerencial.

16. Julgue os itens seguintes, a respeito do new public management (NPM). • O NPM é um conjunto de teorias predominantemente descritivas acerca do perfil de atuação do Estado que se baseiam em experiências peculiares e, portanto, possuem baixo grau de aplicabilidade generalizada. Um dos principais argumentos do NPM é que a crescente complexidade do contexto das organizações públicas requer modelos de gestão mais flexíveis, de tal forma a processarem demandas cada vez mais dinâmicas de seus segmentos beneficiários. Eficiência é o valor central da abordagem gerencialista.

Entre os objetivos da regulação. o governo aponta as diferenças entre as esferas públicas e privadas. o custo ou a quantidade de recursos dispendidos para alcançar um mesmo resultado. figuram a promoção de simetria de informações e a minimização de falhas de mercado. que introduz a competição na prestação de serviços” (id. Marcelo Marques LISTA 01 . c) cobrança dos resultados. Uma das principais questões concernentes à gestão da regulação participativa voltada ao desenvolvimento de mercado é o relacionamento com stakeholders consumidores e agentes econômicos que atuam ao longo da cadeia produtiva do segmento regulado. maior a produtividade. ( ) O governo coloca que não se deve confundir o interesse público com o interesse do Estado. d) da eficiência funcional e burocrática. b) autonomia do administrador na gestão dos recursos. Na defesa da administração gerencial. justamente por serem escassos os seus recursos orçamentários. exceto: a) estabelecer objetivos que cada unidade deve atingir. b) da eficiência funcional. O foco dos interesses deve estar na coletividade. 18. A eficácia do governo empreendedor. a) V V F b) F F F c) V V V d) F V F Questões diversas – Administração Pública – Prof. Julgue-as: ( ) Enquanto no setor privado as rendas/receitas dependem da livre disposição dos clientes. a) Produção b) Efetividade c) Eficácia d) Produtividade 19. maior a produtividade. acerca das agências reguladoras brasileiras. 80-116) e. Ou seja: quanto menor o esforço. Ou ainda: quanto melhor a qualidade. segundo o modelo regulatório vigente no Brasil. • • • • Captura regulatória consiste em uma modalidade de disfunção da regulação caracterizada pelo enfraquecimento da entidade reguladora frente à influência preponderante de um ou mais agentes regulados. e refere-se à relação entre o resultado obtido e o esforço dispendido. A ________ é um conceito que tem similaridade com o da eficiência. centra-se na transparência de um “governo competitivo. ligados ao mercado onde o lucro é o objetivo maio.• No Brasil. o volume ou o valor do resultado alcançado com o mesmo custo. no atendimento das necessidades do cidadãocliente. ( ) na esfera pública a renda/receita depende dos impostos obrigatórios e deve voltar-se para o interesse público. Julgue os itens a seguir. a reforma gerencial preconizada no Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado foi inspirada predominantemente nas implementações britânicas dos princípios do NPM. pp. c) da eficiência burocrática. 21. preocupa-se com a obtenção: a) dos melhores resultados que os recursos disponíveis possam proporcionar. 17.Julgue se verdadeiro ou falso as sentenças abaixo: . 20. d) centralização como paradigma decisorial. As comissões parlamentares têm papel marcante no estabelecimento e na implementação das políticas regulatórias. sobretudo. A administração gerencial volta-se para.

medidas financeiras e nãofinanceiras. depende do emprego de indicadores com visão de futuro. a administração pública burocrática surgiu no século XVIII. 11) (analista TCE/AC 2007) No plano administrativo. no modelo balanced scorecard. originada no início da década de 90. A necessidade de sistemas que ofereçam uma visão de conjunto combina produtos e fatores. utilizadas por essa metodologia para a definição de estratégia e de acompanhamento são: cliente. inovação e aprendizagem.1) (Analista TCU 2007 – AG – adaptada) O chamado balanced scorecard é uma ferramenta de gestão estratégica que trata de estabelecer um equilíbrio entre as várias perspectivas de uma organização. por exemplo. 2) (Analista TCU 2005 – TI) O balanced scorecard é um método de planejamento estratégico que agrega objetivos. bem como de indicadores de passado. deve-se ter indicadores que respondam como ele enxerga a organização. a dos processos internos. que possibilita a articulação dos resultados pretendidos pela organização. 10) (Analista TCU 2007 – AG) Do ponto de vista da dimensão dos processos internos. . processos internos. que focaliza várias dimensões do desempenho. chamados de key goal indicators. podendo-se compatibilizar o desempenho esperado do indivíduo com aqueles estratégicos para a organização. Outras perspectivas ou dimensões. dois indicadores importantes das operações de balanced scorecard são o tempo de sua realização e a segurança do processo. 9) (Analista TRE/AP 2007 – adaptada) A mensuração da evolução do aprendizado e crescimento organizacional. 3) (Analista TCU 2007 – EC) O balanced scorecard estabelece um sistema de comunicação a partir de quatro perspectivas: a financeira. com o início do Iluminismo europeu. 6) (Analista TRE/AP 2007 – adaptada) O balanced scorecard adota e reforça a visão contábilfinanceira típica dos processos de planejamento organizacional tradicionais. normalmente se definem as metas e. Uma das ferramentas concebidas para isso chama-se balanced scorecard. 5) (Técnico Hospitalar HFA 2002 – adaptada) A metodologia denominada balanced scorecard. cada um dos 4 elementos considerados pelo sistema é chamado de camada de planejamento. desdobrando-se em medidas específicas. chamados key performance indicators. 12) (Analista TCE/AC 2007) A administração pública evoluiu por meio de três modelos básicos: assistencialista. 8) (Analista TRE/AP 2007 – adaptada) No modelo de planejamento estratégico chamado balanced scorecard. burocrático e gerencial. Essa estrutura. Na perspectiva do cliente. 13 (Analista TCE/AC 2007) A administração pública burocrática surgiu para se combaterem a corrupção e o nepotismo patrimonialista. a do cliente e a de aprendizado. após a definição da missão de uma organização. os objetivos dela. avalia o desempenho atual e as perspectivas futuras. 4) (Gestor SEGER-ES 2007) Os sistemas tradicionais de controle e avaliação dos resultados de uma organização tendem a enfatizar o resultado financeiro final. vem sendo cada vez mais utilizada para assegurar maior efetividade nos processos de avaliação e controle. finalmente. 7) (Analista TRE/AP 2007 – adaptada) No balanced scorecard. medidas e iniciativas de desempenho com base em quatro perspectivas integradas e que podem ser hierarquizadas desde o nível organizacional até o nível dos indivíduos que atuam na organização. além da financeira.

como fator de reconhecimento e de aceitação do plano junto à organização e à sua clientela. materiais e financeiros e para o controle e a cobrança a posteriori de resultados. No entanto. 25) Na estratégia de implementação do Plano . burocrática e gerencial. Como se trata fundamentalmente de adotar uma atitude de mudança. criando-se um espaço público. em relação às iniciativas voltadas para a descentralização de competências . como a focalização da ação no cidadão. 15 (Analista TCE/AC 2007) Na administração pública gerencial. é correto enfatizar alguns princípios. 19) (Analista TCE/AC 2007) O regime jurídico de direito público encontra-se fundado nos princípios da prevalência do interesse público sobre o privado e o da indisponibilidade desse interesse público.14) (Analista TCE/AC 2007) A administração pública gerencial. em especial quanto aos aspectos relacionados a recursos humanos.deve se destacar a necessidade de se preparar todos os agentes envolvidos para o exercício de novos papéis. a flexibilização administrativa. mas não estatal. uma nova visão do Estado e da administração pública. devem ser obtidas algumas melhorias concretas no curto prazo. privilegiado pelo sistema de direito administrativo brasileiro. desse modo.e. o chamado terceiro setor é aquele em que a atuação do Estado ocorre de forma simultânea com entidades organizadas da sociedade civil. sem representar. o controle social e a valorização do servidor. facilita a transparência administrativa e promove. para a garantia da autonomia na gestão de recursos humanos. 21) (Analista ANATEL 2006) O modelo de administração propugnado pela reforma administrativa é de cunho gerencial. de maneira que estes possam efetivamente conduzir o processo de mudança. essa transição deve ser cuidadosamente manejada. cuja forma de administração é do tipo burocrática. o controle social. em especial. 20) (Juiz Federal 5. voltando-se a ação dos serviços do Estado para o atendimento ao cidadão. apesar de representar uma evolução em relação ao modelo burocrático. 16) (Analista TCE/AC 2007) O modelo burocrático tradicional. de fato. 23) (Consultor do Senado 2002) Uma das características do patrimonialismo é a apropriação de ativos e interesses públicos por particulares. que concilie duas dimensões freqüentemente antagônicas: de um lado.ª Região 2006) Segundo o plano diretor da reforma administrativa do Estado. foi apenas uma transição de métodos e técnicas gerenciais. 24) A estratégia de implementação do Plano estratégico deve ser baseada em uma criteriosa definição de passos. deve ser focalizada a mudança da cultura da organização. de maneira a assegurar a continuidade. 18) (AFPS 2003) Tendo em vista a solução de problemas da administração pública brasileira. a estratégia volta-se para a definição dos objetivos que o administrador público deve atingir em sua unidade. de cunho gerencial. de acordo com uma concepção moderna do direito administrativo. . 17) (Analista TCE/AC 2007) Aumentar a governança do Estado significa aumentar sua capacidade administrativa de gerenciar com efetividade e eficiência. 22) (Consultor do Senado 2002) É nítido no Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado uma visão evolucionista a partir da sucessão histórica de diferentes formas de administração pública: patrimonial. não se pode afirmar que o interesse público se confunde com o do Estado. por outro lado.

inclusive em termos de delegação de competências. é um conceito indissociavelmente ligado a Pessoa. implementados e aperfeiçoados. É avaliado se há. também. posto que Competências são processos e. 31) Atualmente. ao desenvolvimento tecnológico e à globalização da economia mundial. Não obstante. São enfocados o entendimento da alta direção a respeito da missão. Contudo. iniciativas de comprometimento dos demais níveis. são estáticas. até que ponto a alta direção transmite essa compreensão e comprometimento ao restante da organização. • Disseminação: ser capaz de localizar e recuperar os conhecimentos armazenados • Recuperação: transmitir estes conhecimentos a outras pessoas. B surge na época do Estado liberal. • Classificação: criar novos conhecimentos. a partir da validação experimental de hipóteses. 30) Com o tempo. em seus processos e funcionários. o termo Gestão de Conhecimento. LLISTA 02 1. mostrando. dessa forma a obsolescência . • Geração: organizar hierarquicamente os conhecimentos adquiridos e criados. A administração pública gerencial A é uma resposta. Outrossim. de outro. Uma pessoa que não exercite sua competência fatalmente a verá diminuída com o tempo. mas sim em relação à uma atividade (ou conhecimento) passível de ser aprendida por pessoas. não há que se cogitar em Competência sem associá-la a um indivíduo. Julgueas: Aquisição: capturar o conhecimento explícito ou tácito existente na organização. à expansão das funções econômicas e sociais do Estado e. é usado como gênero de várias espécies de iniciativas. uma evidência antiga não reflete o quanto alguém evoluiu naquela Competência desde então. difundindo-os pela companhia. a utilização de indicadores de desempenho institucional no processo de tomada de decisão. não há unanimidade quanto ao significado e abrangência destes termos. Quanto mais antiga a evidência. auto-referência e incapacidade de voltarse para o serviço aos cidadãos. 32) Em geral. por exemplo. as seqüências de trabalhos que são feitos com a finalidade de se realizarem determinados serviços ou produtos. TI e Gestão de Pessoas por Competências. como: gestão de documentos. . ou seja. da visão. por vezes associado à expressão Business Intelligence.sendo verificado. Sobre gestão de pessoas por competências julgue os itens: 28) Competência é um processo. como forma de combater a corrupção e o nepotismo patrimonialista. as principais etapas da Gestão de Conhecimento são identificadas abaixo. ainda. O quesito verifica. cujos resultados podem ser medidos e. 29) Exatamente por ser um processo pessoal. destinados tanto ao cliente externo como a outras unidades da mesma organização. como tais. dos objetivos e diretrizes da organização e o seu compartilhamento com o corpo de funcionários. de um lado. 27) A Gestão de Processos critério focaliza os processos da organização.. C é baseada no efetivo controle dos abusos mas possui defeitos como ineficiência. é corriqueiro encontrar-se o termo Competência sendo usado sem referência direta a uma pessoa. vistos como clientes. mais provável que esteja desatualizada.26) Segundo o critério da liderança avalia-se o grau de compreensão. Por gestão de processos é entendida a forma como esses processos são elaborados. evidências de habilidade perdem sua importância. sensibilidade e comprometimento da direção e do dirigente maior em relação aos projetos estratégicos da organização . ainda. da parte da direção.

historicamente conhecida como administração de pessoal.D permite que o aparelho do Estado funcione como uma extensão do poder do soberano. gerenciado. planejado. Tendo o texto acima como referência inicial. B Qualidade é o repensar fundamental e é a reestruturação radical dos processos empresariais que visam alcançar drásticas melhorias em indicadores críticos e contemporâneos de desempenho. empreendedores e basicamente prestadores de serviços. D produto. então. B do cliente na gestão pública. julgue os itens a seguir. A Reengenharia é o processo sistemático. C mercado. A administração de recursos humanos tem assumido papel estratégico e vital porque as organizações estão tentando transformar seus recursos humanos em fonte de vantagem competitiva. D Empreendedorismo governamental significa a capacidade de promover a sintonia entre os governos e as novas condições sócio-econômicas. atendimento e velocidade. servidores. 1998 (com adaptações). e os seus auxiliares. A corrupção e o nepotismo são inerentes a esse tipo de administração.De acordo com os paradigmas pós-burocráticos. O período entre o pedido do empréstimo e a resposta não estava condizente com sua expectativa. em que mercados tem intenção de atuar e o crescimento esperado para o futuro são insumos para o planejamento de recursos humanos. C do cliente na gerência de qualidade. lida com sistemas formais para administrar pessoas dentro da organização. Esperavase atendimento em período igual ou inferior ao até então estipulado pelo centro. I Os direcionamentos estratégicos da organização. São Paulo: Atlas. em 4 dias úteis. C Gestão estratégica está relacionada a propriedades ou características de um produto ou serviço que influenciam relacionadas à sua capacidade de satisfazer as necessidades explícitas ou implícitas dos que o utilizam. que é necessário saber se o que se considera bons serviços está alinhado com o que realmente esperam os usuários. B mercado. assinale a opção correta. D da gestão estratégica. empréstimos a funcionários de determinado órgão do governo. Bateman. competitivos. Administração: construindo vantagem competitiva. orientados para o A produto. Thomas S. políticas e culturais. QUESTÃO 43 2. descobriu-se que a clientela não estava satisfeita. empreendedores e basicamente consumidores de serviços. empreendedores e basicamente prestadores de serviços. os governos devem ser descentralizados. Empregados de um centro de processamento de dados considerado de padrão excelente estavam extremamente felizes por terem conseguido disponibilizar. QUESTÃO 44 3. possuam status de nobreza real. tais como custos. em pesquisa de controle de qualidade. QUESTÃO 45 4. . Snell. Todavia. QUESTÃ O 65 5. A respeito das novas tecnologias gerenciais que causam impacto nas organizações. A administração de recursos humanos. os negócios em que pretende participar. envolvendo e comprometendo todos os gerentes e responsáveis e colaboradores da organização. executado e acompanhado sob a liderança da alta administração da instituição. A situação apresentada no texto acima é um exemplo de paradigma A pós-burocrático. Percebeu-se. empreendedores e basicamente consumidores de serviços. e Scott A.

p. C A inserção do empregado na busca de soluções para um desempenho insatisfatório resultante de sua avaliação é um dos objetivos do feedback. evitando-se analisar o comportamento do indivíduo no ambiente de trabalho. o recrutamento interno deve ser priorizado pela área de recursos humanos por apresentar mais vantagens para a organização que o recrutamento externo. mas que requeiram os mesmos conhecimentos. B O dirigente que responde pelo papel de coaching deve. QUESTÃO 66 6. Estão certos apenas os itens A I e II. desenvolver. ibidem. Estão certos apenas os itens A I e II. motivar e manter os recursos humanos. por serem eles mais propensos a fornecer informações influenciadas por insatisfações resultantes da relação com seus superiores. conhecimentos e habilidades necessárias ao desempenho dos cargos é chamada de descrição de cargo. julgue os itens abaixo. . o treinamento tem como foco ensinar aos empregados habilidades e competências mais amplas para o desempenho de funções futuras. que pode ser interno ou externo. QUESTÃO 67 7. A respeito do tema do texto acima. B I e III. III A administração de recursos humanos tem como finalidades alcançar o equilíbrio entre os objetivos da organização e as necessidades dos empregados e manter baixos índices de rotatividade. D II e IV. B I e III. para que possa lidar com situações mais complexas. A administração de recursos humanos é definida como a função organizacional destinada a prover. Idem. treinar. B A busca de consenso entre empregados e seus supervisores acerca das metas organizacionais é uma característica da moderna avaliação de desempenho. III A composição do quadro de pessoal depende do recrutamento. C II e IV. C Na avaliação de desempenho. QUESTÃO 68 8. I O enriquecimento vertical de cargo possibilita motivar empregados que apresentem altos padrões de desempenho profissional nos cargos que ocupam. Na busca por novos mercados ou novas formas de atuação. D III e IV. A satisfação dessa exigência envolve atividades de treinamento e desenvolvimento e também avaliações de desempenho para propósitos de feedback a fim de motivar as pessoas para o melhor desempenho possível. diz-se que os instrumentos de seleção utilizados apresentam indícios de problemas de confiabilidade. A Diferentemente do desenvolvimento. D A avaliação de desempenho deve ter como foco o desempenho técnico do empregado no cargo ocupado. por atribuir maiores níveis de responsabilidade aos empregados.Acerca da administração de recursos humanos.II Quando várias pessoas avaliam um mesmo candidato e tiram conclusões muito diferentes entre si. Com relação a esse assunto. IV Recrutamento é o conjunto de atividades responsável pela comparação entre requisitos exigidos por um cargo e as características dos candidatos a esse cargo. orientar e guiar pessoas na sua carreira profissional. II O estilo de liderança mais adequado em uma unidade onde os empregados têm baixo nível de maturidade é a delegação. 286 (com adaptações). tarefa esta que é de competência do responsável pelo regime disciplinar. A enumeração dos talentos. assinale a opção incorreta. entre outras atribuições. A A rotação de cargos objetiva proporcionar ao empregado novos conhecimentos e habilidades de mesmo nível de dificuldade daquelas já desempenhadas por ele ou de maior dificuldade. IV A análise de cargos se divide em descrição de cargo e especificação de cargo. C III e IV. deve-se evitar a participação dos subordinados. assinale a opção correta. D A acomodação de necessidades familiares e de trabalho e a implantação de formas alternativas de trabalho são exemplos de fraquezas da moderna gestão de pessoas. Os conhecimentos e o desempenho dos empregados e administradores devem ser continuamente aperfeiçoados.

entre outras coisas. 11. a habilidade de adaptação a situações novas e a capacidade de comunicação. As fundações públicas são entidades da administração direta. como a habilidade de compreender o processo como um todo. . 12. é importante que os recursos humanos da organização em • questão sejam treinados em algumas habilidades fundamentais. em relação à noção de gestão estratégica. C) A liderança situacional baseia-se nos atributos do líder. E) Estruturas com base em células de produção requerem um padrão de liderança com base na supervisão. a justificativa. lugares e objetos. Tendo em vista determinados fatores referentes à flexibilização e ao planejamento organizacional. (B)Efetividade. (D) Adhocracia. Quanto aos cenários. D) O pensamento estratégico deve estar referenciado no plano. A) A liderança tende. • A missão é a razão de ser da organização. Esse novo sistema chama-se (A)Aberto. C) O processo de gestão estratégica é uma responsabilidade da direção da organização. • Em um processo de flexibilização organizacional. a organização deve defini-los a partir de uma abordagem projetiva. (C)Homeostase. julgue os itens subseqüentes. Assinale a opção correta. B) A visão estratégica deve refletir o pensamento estratégico do líder. as pessoas. que estará em constante mudança. B) O conceito de empowerment implica um padrão de liderança embasado na corretagem do poder dos liderados. pois as fundações não integram a administração pública e sim a administração privada do Estado. os caminhos para se alcançar os objetivos almejados e. Essa afirmação é A correta. Assinale a opção correta. Presenciamos o surgimento de umnovo sistema organizacional. É o tipo de estruturação organizacional que corresponde à nova dinâmica ambiental e aos novos valores buscados pelo homem. D errada. 13. julgue os itens subseqüentes. com relação à liderança nas organizações contemporâneas. A) A formulação estratégica é a primeira etapa seqüencial e cronológica do processo de gestão estratégica. também conhecida por abordagem prospectiva. 10. a data de início dos trabalhos. Suas ligações organizacionais. 14. pois as fundações são órgãos da administração direta. a se basear na autoridade formal e hierárquica do cargo. E) O controle estratégico é aquele que proporciona redirecionamentos. cada vez mais. • Quanto ao plano de ação.9. porque as fundações são entidades da administração indireta. D) A função liderança baseia-se em uma comunicação unidirecional: da cúpula da organização para a base. No que se refere ao planejamento. C errada. a visão de futuro define quantitativamente onde a organização deve chegar. é necessário definir o responsável pelo plano. B errada. Salienta-se ainda que o plano de ação deve ser elaborado após a definição do diagnóstico estratégico e não antes. O homem adquirirá uma posição mais liberta. mudarão aceleradamente.

é coerente escolher uma estratégia de crescimento para uma empresa com vários pontos fracos e ambiente com predominância de ameaças. político ou social.• No que se refere à decisão sobre qual estratégia seguir em determinados momentos. • 16) O Departamento Administrativo do Serviço Público (DASP) foi criado em 1936. O new public management (NPM) é um conjunto de argumentos e filosofias administrativas aceitas em determinados contextos e propostas como novo paradigma de gestão pública a partir da emergência dos temas crise e reforma do Estado. Entre as principais finalidades da função de controle e avaliação estão identificar problemas em termos do que foi planejado e proporcionar informações gerenciais periódicas que possam influir na melhoria do processo. • • A noção de sistema de mérito. nos anos 80. representando um caso clássico de um sistema fechado altamente insulado. • Globalização. Na formulação da estratégia. referentes ao NPM. em perfeita sintonia com as idéias administrativas emanadas principalmente a partir de Gullick e Urwick. relativos à ação do DASP na era Vargas. promoção conforme o mérito e ascensão mediante carreira. Julgue os seguintes itens. Os fundamentos teórico-conceituais predominantes no NPM são aqueles no âmbito do neo-institucionalismo econômico e de abordagens e instrumentos contemporâneos de gestão. • • . A noção de empreendedorismo público denota uma postura estratégica proativa de organizações públicas e do próprio Estado como um empreendedor seletivo. As reformas daspeanas. incluindo-se os poderes legislativo e judiciário. • Ao final do Estado Novo. A continuidade do DASP foi assegurada nos governos que se seguiram — Dutra e JK —. proposto pelo DASP. até mesmo com funções legislativas. de modo a possibilitar a estruturação dos grupos executivos incumbidos de implementar o Plano de Metas. não obstante seu efeito racionalizador. o DASP sofria os efeitos perversos de sua hipertrofia e desvirtuamento de funções. tais como seus pontos fortes e fracos. a empresa deve estar atenta a determinados fatores. • • 15. Julgue os itens a seguir. Um dos fatores que explicam o sucesso modernizador da ação daspeana é a atenção aos aspectos informais e a importância da construção de uma cultura de profissionalismo dentro das repartições. reestruturação produtiva e emergência da sociedade da informação e do conhecimento são fatores histórico-contextuais que estão na base da emergência do NPM. revitalização da sociedade civil. apoiava-se em ingresso mediante concurso. o ambiente e a sua missão. visto que ela terá estímulo para a mudança de que necessita. • • O foco da transformação organizacional é a esfera federal. a partir do Conselho Federal do Serviço Público para ser o principal agente modernizador do Estado Novo. passando de órgão modernizador da administração pública a braço operativo da ditadura. não lograram desenvolvimento econômico.

o 200/1967 (DL 200). o controle do meio ambiente. ( ) Corresponde ao setor onde o Estado atua simultaneamente com outras organizações públicas não-estatais e privadas. no caso de privatização. na medida que produzem ganhos que não podem ser apropriados por esses serviços através do mercado. as do setor de infra-estrutura. (1) NÚCLEO ESTRATÉGICO (2) ATIVIDADES EXCLUSIVAS. • • 19 O Aparelho do Estado é possível distinguir quatro setores. em alguns casos. Órgãos e entidades da administração indireta gozavam. na medida em que promovia o crescimento e a diferenciação da administração indireta segundo requisitos diferenciados de efetividade. não podendo ser .o poder de regulamentar. Correlacione-os e encontre a alternativa correta. nas quais o controle via mercado não é possível. o serviço de desemprego. as sociedades de economia mista. promovendo maior transparência. A implementação do governo eletrônico envolve o(a) • implementação de centrais integradas de atendimento e relacionamento com segmentos usuários de serviços e informações públicas. • • 18. aprovar seus próprios planos de cargos e regras de contratação de pessoal. tornando-se necessária. julgue os itens subseqüentes. ( ) Corresponde à área de atuação das empresas. a fiscalização do cumprimento de normas sanitárias. as autarquias. As economias produzidas imediatamente se espalham para o resto da sociedade. (4) PRODUÇÃO DE BENS E SERVIÇOS PARA O MERCADO. fiscalizar. As instituições desse setor não possuem o poder de Estado. São serviços em que se exerce o poder extroverso do Estado . Este. fomentar.17. de variado grau de autonomia gerencial. as fundações de direito privado e as associações públicas. sob os auspícios do DL 200. como os da educação e da saúde. As reformas preconizadas pelo DL 200 inserem-se no movimento denominado administração para o desenvolvimento. está presente porque os serviços envolvem direitos humanos fundamentais. principalmente mediante webpages na Internet. Como exemplos temos: a cobrança e fiscalização dos impostos. ou porque possuem "economias externas" relevantes. o subsídio à educação básica. (3) SERVIÇOS NÃO-EXCLUSIVOS. a polícia. • Os modelos institucionais mais comumente adotados foram as empresas públicas. • Consistiu em uma estratégia avant la lettre de flexibilização organizacional. a compra de serviços de saúde pelo Estado. É caracterizado pelas atividades econômicas voltadas para o lucro que ainda permanecem no aparelho do Estado como. mediante a promoção de uma cultura de utilização e popularização do acesso às tecnologias informacionais a segmentos específicos. • disponibilização de informações pertinentes aos atos e fatos de determinadas organizações ou perfil de atuação de determinados setores. segundo o qual os estados deveriam modernizar suas estruturas para empreender vultosos projetos desenvolvimentistas. aplicação maciça de tecnologia da informação. o serviço de emissão de passaportes etc. Estão no Estado seja porque faltou capital ao setor privado para realizar o investimento. a regulamentação rígida. Com relação ao Decreto-Lei n. a previdência social básica. entretanto. ( ) É o setor em que são prestados serviços que só o Estado pode realizar. podendo. o serviço de trânsito. visando a otimização de processos de trabalho. seja porque são atividades naturalmente monopolistas. diminuição da exclusão digital. por exemplo. conforme relação abaixo.

São exemplos desse setor: as universidades. 02 No Brasil. 04 A função reguladora somente tem validade constitucional para as agências previstas na Constituição Federal. a) 1 2 3 4 B) 4 3 2 1 C) 4 2 3 1 D) 1 3 4 2 20. o setor onde as decisões estratégicas são tomadas. É o setor que define as leis e as políticas públicas. aos ministros e aos seus auxiliares e assessores diretos. eficaz e efetiva demanda certas orientações. os centros de pesquisa e os museus. logo após a transição democrática – foi enfrentá-la diretamente com a implementação de profundas modificações estruturais na esfera da administração pública federal. Setor Privado) • Combate à Corrupção • Fortalecimento da capacidade regulatória • Fortalecimento do aparelho arrecadador LISTA 03 – JULGUE OS ITENS ABAIXO: Gabaritos e comentários Questões de prova comentadas (Cespe) 01 Em sentido amplo. mas tal competência se limita aos chamados regulamentos administrativos ou de organização. e cobra o seu cumprimento. ao Ministério Público e. restringindo-se às relações entre os particulares que estão em situação de sujeição especial ao Estado. . julgue os tópicos abaixo em consonância com a administração pública gerencial: • Reestruturação de Carreiras • Reestruturação Remuneratória • Valorização do Sistema do Mérito • Profissionalização da Função Pública • Modelo de Gestão do Plano Plurianual • Gestão Democrática e Participativa • Construção de Parcerias (Terceiro Setor. 03 A crise do Estado define-se como crise fiscal. no Poder Executivo. portanto. a gestão pública eficiente. a reação imediata à crise do Estado – ainda nos 80 do século XX. entende-se por aparelho do Estado o Poder Executivo em seus três níveis: federal. estadual e municipal. É. ( ) Corresponde ao governo.transformadas em lucros. em sentido lato. Corresponde aos Poderes Legislativo e Judiciário. os hospitais. ao Presidente da República. responsáveis pelo planejamento e formulação das políticas públicas. esgotamento da estratégia estatizante de intervenção e predomínio da administração burocrática.

metas de ações e não de desempenho. (C) O componente institucional das avaliações de desempenho utilizadas para efeito de pagamento das gratificações variáveis considera. na maior parte das vezes. (B) Planejamento estratégico é uma abordagem de negócios centrada em variáveis de mercado e sua utilização em organizações públicas gera resultados distorcidos. com permanentes e claras definições de tarefas. visando a alcançar descentralização funcional. por meio de seus gerentes. que embasou a reforma administrativa de 1967. No que diz respeito ao controle de gestão de redes organizacionais. com o objetivo de formular em planos regionalizados de fomento à indústria. (E) Busca. é correto afirmar: (A) O Plano Plurianual prevê clara relação entre os resultados dos programas e os resultados das políticas públicas aos quais se relacionam. A respeito da abordagem da gestão de resultados na Administração Pública. sofisticar os mecanismos de controle e emitir comandos claramente delimitados. é correto afirmar: (A) Fundamenta-se na perspectiva de um sistema de unidades independentes. empresas públicas e sociedades de economia mista.estadual e municipal.LISTA 04 1. (E) possibilitou a transferência de atividades para autarquias. (D) Apóia-se na coordenação flexível e no reforço das hierarquias em linha. é considerado um avanço na busca de superação da rigidez burocrática e é tido como um marco na introdução da administração gerencial no Brasil. O referido diploma legal (A) estabeleceu mecanismos de controle de resultados e avaliação de desempenho dos entes descentralizados. 3. (C) introduziu uma política desenvolvimentista. (D) A gestão de resultados tem como vantagem a alta correlação entre complexidade do contexto geral e de setores específicos e a revisão de objetivos e metas. de molde a atingir pessoas que operam em diferentes unidades de trabalho. O Decreto-Lei 200. perspectivas de curto prazo. (B) desencadeou um movimento de centralização progressiva das decisões no executivo Federal. 2. fundada em parcerias com o setor privado. (C) Seus gerentes atuam com base em procedimentos articulados e devem ser treinados a partir de perspectivas rigorosamente especializadas e totalizantes. caracterizando-se pela preocupação em identificar e resolver problemas e pela adoção de comportamentos estratégicos. (D) promoveu a multiplicação de órgãos de planejamento junto às Administrações Públicas federal. . fundações. (B) A ênfase recai sobre a coordenação das ações individuais. com vistas ao alcance de resultados imediatos.

(D) o esgotamento do modelo de Estado prestador direto de serviços públicos. que propõe a retirada do Estado de diversos setores da sociedade. 6. caracteriza-se (A) pela criação de uma estrutura própria e estável. (B) aumentar a eficiência da gestão pública. (C) a profissionalização dos setores estratégicos da Administração e a ampliação da participação direta do Estado nos diversos setores da sociedade e da economia. O Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. submetida a rígidos controles de resultado e de qualidade. entre seus principais objetivos e diretrizes. privilegiando e fortalecendo os sistemas de controle a priori da atividade administrativa. que tem entre seus principais expoentes Max Weber. sendo comumente criticada pelo excesso de formalismo e falta de flexibilidade. sendo comumente criticada pelo clientelismo. (D) a reforma do Estado. nepotismo e ausência de controles efetivos. dada a crescente demanda da sociedade por bens e serviços públicos. com foco no cidadão. reduzindo-se seu papel de prestador direto de serviços públicos e de agente de fomento da atividade econômica. (E) o fortalecimento do núcleo estratégico do Estado. pela Administração Pública. implementado nos anos 90. mediante a substituição do modelo burocrático pela administração gerencial. . o que ensejou a privatização em larga escala de empresas estatais exploradoras de atividade econômica e prestadoras de serviço público. (A) propiciar a reforma do Aparelho do Estado. fazendo com que o Aparelho do Estado atue como extensão do poder dos governantes. prescindindo. (A) o ideário neoliberal. de sistemas de controles a priori e a posteriori. 4. bem como do setor público não-estatal. estabelecendo condições para que o Governo possa aumentar sua governança. (E) a necessidade de implementação de uma política de ajuste fiscal.ampliando e fortalecendo os sistemas centralizados de controle de processos. O modelo de Administração Burocrática. levado a efeito na esfera federal pelo Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado. do que resultou a profissionalização e a ampliação do Aparelho do Estado. elaborado pelo Ministério da Administração Federal e Reforma do Estado (MARE).com a modernização das estruturas organizacionais. (B) pela consolidação do patrimonialismo. como conseqüência do cumprimento de obrigações com organismos internacionais. fortalecendo as funções de coordenação e regulação. imune à alternância dos governantes. É correto apontar entre as motivações para o movimento de Reforma do Estado. teve. (C) a crise fiscal. em função do esgotamento das fontes de financiamento. caracterizada pela crescente perda de crédito por parte do Estado e pelo esgotamento da poupança pública. desonerando o Estado da responsabilidade pela disponibilização de tais serviços aos usuários. (B) a intenção de ampliar a intervenção do Estado no domínio econômico. 5. consiste na ausência de instrumentos capazes de refletir os objetivos estratégicos do Estado. enfatizando-se a privatização de empresas estatais. assim. implicando redução do Aparelho do Estado.(E) A maior dificuldade na aplicação desse conceito.

(B) descentralização dos processos decisórios. onde o Estado atua simultaneamente com organizações públicas não-estatais e privadas. competição administrativa no interior das estruturas organizacionais e ênfase no cidadão. dando a estes mais poder decisório. aumento dos controles de processos e ênfase no cidadão. ênfase nos controles interno e externo da atuação dos escalões inferiores. fiscalização e prestação de serviços públicos dos setores que devem ser reservados à atuação exclusiva do setor privado. redução dos níveis hierárquicos. como o de intervenção direta no domínio econômico. com ênfase no controle dos processos internos. regulação. o modelo da Administração Pública Gerencial. onde se concentra o poder decisório.por exemplo. (E) como reação à Administração Pública patrimonialista. a quem cabe definir as políticas públicas dos setores de regulamentação. com redução dos níveis inferiores e aumento dos intermediários. então. sendo comumente criticada pela rigidez do controle dos processos. cabe distinguir. denominado núcleo estratégico definição de políticas públicas. (B) o núcleo estratégico. começa a verificar-se a erosão do modelo de Administração Púbica Burocrática. (A) o núcleo estratégico. Dentro desse conceito. substituição dos mecanismos de controle de processos por mecanismos de controle de resultados. (C) os setores de atividades exclusivas. seja em face do desenvolvimento tecnológico e do fenômeno da globalização. sendo comumente criticada pela ausência de controles eficazes dos processos. buscando instituir mecanismos de controle da atuação dos governantes. (D) acentuação da verticalização das estruturas organizacionais.em sentido lato.impessoalidade e formalismo. seja em função da expansão das funções econômicas e sociais do Estado. com foco no cidadão.(C) pelo fortalecimento do Aparelho do Estado. A idéia de reengenharia do setor público conjuga as noções de reforma do Estado e reforma do Aparelho do Estado. onde se exercem as atividades de definição de políticas públicas. hierarquia funcional. assim considerado o governo. cujas características são: (A) concentração dos processos decisórios. onde se exerce o poder extroverso do Estado de fiscalizar e regulamentar . sendo mais adequado para a gestão das atividades deste último o estabelecimento de parcerias com a iniciativa privada. sendo comumente criticada pelo inchaço dos quadros de servidores públicos e ausência de eficiência na correspondente atuação. deforma auto-referenciada e sem compromisso com os resultados para o cidadão. regulação. 7. como os de prestação de serviços de grande relevância social. como. dos setores de serviços não exclusivos. A partir da segunda metade do século XX. (E) descentralização dos processos decisórios. (D) pela ênfase na idéia de carreira. (D) os setores próprios da atuação do Estado. no denominado Aparelho do Estado. fiscalização e fomento. (C) inversão do conceito clássico de hierarquia. Surge. . que passa a atuar de forma paralela e imune ao poder dos governantes. horizontalização das estruturas organizacionais. com aumento dos níveis hierárquicos superiores. fiscalização e fomento dos setores de atuação exclusiva do estado. sendo imprescindível a atuação direta do setor público em ambos os setores. ambas presentes no Plano Diretor da Reforma do Aparelho do Estado. com ênfase nos resultados. nas áreas da saúde e educação. 8.

1. 2. municípios e instituições da sociedade civil especialmente em áreas como saúde. Na tentativa de corrigir esses problemas. 10. 2 c) 3. denominado núcleo estratégico. de contratar. de empreender e de possuir propriedades. 4 d) 5. 11. da observância do sistema de controle. pelos servidores públicos. (1) Conjunto de decisões e ações relativas à alocação de recursos públicos visando a mitigar ou eliminar desigualdades permanentes e autoreproduzidas. (D) essencialmente. com muitos pobres. 4. especialmente durante a segunda metade da década de 90. 5. as políticas sociais brasileiras apresentaram as seguintes características. A questão da excelência dos serviços públicos tem merecido destaque no debate contemporâneo a respeito do Estado e da Administração Pública. assistência social. da valorização dos recursos humanos e da incorporação. (4) Direitos que possibilitam a participação igualitária dos membros de uma sociedade nos seus padrões básicos de vida. Os padrões superiores de excelência nos serviços públicos são adquiridos em decorrência. mas um país injusto e desigual. primordialmente. o de ir e vir. da adoção de novas filosofias gerenciais e organizacionais. cabendo ao Estado também fomentar a atuação do privado na função de agente regulador. implementação e controle – pelo menos no plano formal – por meio de conselhos situados nas três esferas de governo. dos setores de atuação preferencial do setor privado. 4. consistente na intervenção direta no domínio econômico e desempenho de serviços públicos não exclusivos. b) Participação da sociedade na formulação. 4 elevados níveis de pobreza resultam. 5. 9. 4. frente aos outros indivíduos e frente ao Estado. 1. bem como assistir e fortalecer os segmentos mais vulneráveis da sociedade. Em seguida.(E) os setores de atuação preferencial do estado. (E) basicamente da observância das normas que definem as atribuições e responsabilidades de servidores públicos e usuários. como por exemplo. Os . 2 e) 5. exceto: a) Descentralização das ações da União para os estados. 2. Numere a segunda coluna de acordo com a primeira. (A) basicamente. (2) Direitos necessários ao exercício da liberdade individual. 1. O Brasil não é um país pobre. (B) principalmente. da perspectiva da cidadania. seja indiretamente. 3 b) 6. (3) Relação jurídico-política que define direitos e deveres de cada indivíduo. da incorporação pelo servidor de uma nova postura ética e da generalização de um espírito fiscalizador no setor público. educação. assinale a opção que contém a seqüência correta. da intensa desigualdade na distribuição da renda e das oportunidades de inclusão econômica e social. (5) Conjunto de procedimentos formais e informais que expressam relações de poder e que se destinam à resolução pacífica dos conflitos quanto a bens públicos. independentemente das metas gerenciais estabelecidas. ( ) Cidadania política ( ) Política social ( ) Cidadania social ( ) Cidadania civil a) 6. por meio do voto. seja diretamente por meio de atividade governamental ou associativa. e que contam com integrantes governamentais e não governamentais. (6) Direitos que asseguram o exercício da capacidade de influir nas decisões políticas. (C) especificamente de demonstrarem qualidade na medida em que atendem às expectativas dos contribuintes independentemente dos custos e da quantidade de recursos mobilizados.

também. 12. redistributivas e distributivas. a sociedade brasileira tem podido contar com programas descentralizados de garantia de renda mínima. As políticas públicas podem ter diversos objetivos e diferentes características e formatos institucionais. independentemente de contribuições. Em face de um determinado problema não existe apenas uma solução em termos de políticas públicas. principalmente. mais equilibrada e mais coesa. . treinamento regular e continuado dos servidores e avaliação sistemática dos resultados e impactos das ações empreendidas. Política pública é tudo o que um governo faz e deixa de fazer. 2. Por tal fato. a) Tanto na área de saúde. pelos municípios. Não é considerada um dos tipos de políticas públicas: a) redistributiva. estaduais e municipais. a decisão daquela escolha depende. As Políticas Públicas São utilizadas pelo Estado para regular. Sobre as políticas sociais brasileiras. Sobre o tema Políticas Públicas. As políticas públicas são formas de atuação dos governos e traduzem-se em instrumentos reguladores do comportamento do agente econômico. 6. grande parte das ações da União é executada de forma descentralizada pelos Estados e. da sensibilidade pessoal e da filosofia política. com todos os impactos de suas ações e de suas omissões 8. são quatro as perguntas básicas: qual o objetivo? Quem financia? Quem vai implementar? Quais serão os beneficiados? 9. para enfrentar o quadro de desigualdades que marca as cidades brasileiras. Para discutir os diferentes tipos e modelos de políticas públicas. não podendo ser usadas para intervir e incentivar. contratação via concurso público de especialistas para carreiras específicas. cuja superposição tem contribuído para maior eficácia e eficiência na redução da desigualdade social. uns intrínsecos e outros extrínsecos ao governantes. 7. sendo que a ação do governo federal em saneamento prioriza as localidades rurais. b) distributiva c) regulatória d) Inflacionária 1. 5. 10. como de educação. assim como da vocação altruísta e humanitária do governante.c) Regulação e regulamentação de bens e serviços públicos. A priorização das políicas públicas não depende de um conjunto de fatores. muito ruins e razoáveis. e) Promoção de inovações sociais com ênfase no âmbito local como ponto privilegiado para impulsionar o desenvolvimento sustentável e a busca de processos de participação democrática. indique a opção incorreta. as áreas de habitação e saneamento recebem recursos da União. d) Estratégias de integração intersetorial. após o final da década de 90. As Políticas Públicas visam à construção de uma sociedade mais justa. b) Mesmo sendo da competência dos Estados e municípios. 3. Os Princípios Norteadores das Políticas Públicas orientam-se para a luta no combate à ineficiência e para os aumentos da equidade e da redistrubuição. É importante combinar a implementação de políticas regulatórias. julgue as assertivas: 1. Há uma gama variada de alternativas muito boas. É preciso avaliar com profundidade os efeitos de cada uma das escolhas. definindo gradativamente novos parâmetros para a gestão e o controle da produção de bens e serviços de natureza social. c) Os recursos destinados à saúde têm-se elevado em decorrência da determinação constitucional de que a União aplique em saúde percentuais mínimos de suas receitas tributárias. 13. aos segmentos mais carentes da população segundo o critério de renda. e) Além dos programas federais. d) Os benefícios assistenciais são concedidos. 4. mais humana.

porém. na verdade. zoologia. governo de poucos . lógica. . Sobre o contexto acima. história natural. aluno de Platão e professor de Alexandre. arrebata tudo sob a sua vontade e seu capricho . A política Social consiste no conjunto de ações governamentais que são planeadas para atingir determinadas finalidades relacionadas com a situação econômica de um país. os melhores . O Grande. 12. apenas um só governa. 2. inação. A política pode ser considerada um curso de ação ou. como aristocracia significa. a ética é a ciência das condutas. Ela não se ocupa com aquilo que no homem é essencial e imutável. por oligarquia.JULGUE OS ITENS ABAIXO: 1. que indicava todos os procedimentos relativos à pólis. 3. Estas ações são executadas pelos agentes de política econômica. 4. Aristóteles prestou contribuições fundantes em diversas áreas do conhecimento humano. poderia significar tanto cidade-Estado quanto sociedade. 2. o Grande.322 a. No entanto. menos exata na medida em que se ocupa com assuntos passíveis de modificação. poucos. e arche. uma região ou um conjunto de países. é considerado um dos maiores pensadores de todos os tempos e criador do pensamento lógico. literalmente. física. . governo de poucos. O Conceito de política é auto-evidente. compõem a unidade do que Aristóteles chamava de filosofia prática Oligarquia (do grego ολιγαρχία. ou cidade-Estado. coletividade e outras definições referentes à vida urbana. o governo de poucos em benefício próprio. de oligoi. poesia. metafísica. retórica. O Despotismo é uma forma de governo em que o poder se encontra nas mãos de apenas um governante. Ambas. o Banco Central. governo) significa. Filósofo grego.). É considerado por muitos o filósofo que mais influenciou o pensamento ocidental. comunidade. mas daquilo que pode ser obtido por ações repetidas.C. então. tem-se. julgue o: 1. biologia. a saber: nacionalmente. POLÍTICA. Por extensão. Na filosofia aristotélica a ética é um desdobramento natural da política. No sistema aristotélico. o Governo. sem leis e sem regras. com amparo na riqueza pecuniária. destacando-se: ética.11. disposições adquiridas ou de hábitos que constituem as virtudes e os vícios. Aristóteles e Alexandre. também. na Calcídica (384 a. LISTA 05 . Seu objetivo último é garantir ou possibilitar a conquista da felicidade. psicologia.C. 2. O termo política é derivado do grego antigo πολιτεία (politeía). Aristóteles (em grego Αριστοτέλης) nasceu em Estagira.

3. 8. Há uma rede de decisões de considerável complexidade. O estudo de políticas deve deter-se. Uma teia de decisões e ações que alocam (implementam) valores. políticas mudam com o passar do tempo e. e. acesso à educação e cultura. d. em conseqüência. organizações e recursos. transporte etc. (1)Dimensão patrimonial (2) Dimensão dos rendimentos (3)Dimensão dos direitos sociais ( ) inserção no mercado de trabalho. Algo que envolve um teia de decisões ou desenvolvimento de ações de curto prazo. LISTA 06 1) Encontramos várias dimensões da desigualdade social. Uma forma de resumir as características do conceito de políticas é dada por três elementos. acesso aos equipamentos de lazer. Uma instância que. 10. vai formando o contexto no qual uma sucessão de decisões futuras serão tomadas. A política pode designar o campo de atividade ou envolvimento (social e econômico). aos bens de consumo durável e aos fundos de previdência. Há uma série de decisões que. Programas ou pacotes envolvendo leis. tomadas eu seu conjunto. como por exemplo. b. 5. ( ) acesso aos serviços de saúde.. c. O fato da política envolver mais de um curso de ação ou uma teia de decisões tem implicações que podem ser analisadas por vários aspectos. mas também um produto desse processo. 6. ( ) acesso à terra. no exame de não-decisões. Em uma das alternativas abaixo não encontramos uma possível designação para o termo política. uma vez articulada. a) 1-2-3 b) 3-2-1 c) 2-3-1 d) 1-3-2 e) 3-1-2 . com limites bem definidos. encerram mais ou menos o que é política. inflação zero. à casa própria. b. O termo política pode ser considerado um processo de tomada de decisão. Decisões do governo frente situações emergenciais. mais do que uma decisão única alocada no tempo. 7. o término de uma política é uma tarefa difícil. segurança. 9. também. Algo que envolve uma teia de decisões ou o desenvolvimento de ações no tempo. c. carga tributaria e transferências públicas. Qual alternativa não encontramos um deles a. Objetivo ou situação desejada (estabilidade econômica). a. d. Correlacione as colunas e encontre a alternativa correta. Propósito específico. julgue-os: 4. Conjuntos de procedimentos em uma organização.

b) Prática permanente do pluralismo democrático. valores e instituições suficientes para que se possa lutar contra a injustiça e para que volte a se auto-realizar como nação. e por trazerem conseqüências calamitosas para a utilização dos recursos econômicos e para o meio ambiente. a) Políticas de Desenvolvimento exógeno b) Uma utopia desvairada c) De uma abordagem baseada no macro-ambiente com relações às variáveis exógenas d) Uma política de desenvolvimento endógeno. . da política salarial. e) Uma abordagem determinística. O tema trata. Existem dentro do Brasil forças. As propostas. exceto: a) Uma abordagem sistêmica e interdisciplinar. A luta contra a desigualdade começou com o retorno à democracia e já está produzindo alguns frutos. c) Crescimento econômico é condição necessária. das ações sobre o mercado de trabalho. b) Estado interfere por meio da política fiscal. o consumo e o emprego. Investir em educação também é condição necessária. E combater a chamada “cultura da desigualdade”.2) Das alternativas abaixo uma não é considerada uma forma de superar o problema da desigualdade de renda? a) A distribuição da renda obedece a uma lógica econômica e a redistribuição da renda a uma lógica política. 3) O desenvolvimento econômico-ecológico tem-se processado de forma reducionista. c) Busca do equilíbrio entre a função de planejamento e coordenação. tendem a adotar soluções inadequadas por serem de alcance limitado e excludente de amplas camadas da população. em detrimento da teleologia. d) É preciso combater a desigualdade e a pobreza com políticas estruturantes. assim como por meio de transferências de renda. Dentre as soluções possíveis encontramos. assim. fomentando. e) Promover políticas regulatórias para o setor. mas não suficiente. 4) O Brasil não está condenado nem à desigualdade eterna nem à dependência consentida. d) Espaço vital para a criatividade individual e coletiva. apontadas tanto por governos quanto pelos economistas. a redescoberta da nação está dando os seus primeiros passos a partir do fracasso da ortodoxia convencional e globalista. mas não suficiente.

para que sejam condizentes com o aumento da autonomia decisória obtido pelos estados federados com a descentralização fiscal-financeira aplicada pela Constituição de 1988. cujas bases foram à intervenção direta na produção e a forte concessão de subsídios. b) pesquisa e desenvolviment. Esse resultado vai ao encontro do desenvolvimento endógeno e da formação do novo pacto federativo. . e a eficiência do mercado. saúde e segurança alimentar Ciência e tecnologia e/ou pesquisa e desenvolvimento Informação e conhecimento Instituições Meio ambiente ( ) formam as bases sustentadoras do capital humano ( ) esses fatores formam a base qualitativa do crescimento e desenvolvimento. mas também das unidades federadas. o desenvolvimento econômico brasileiro foi comandado por uma forte intervenção do Estado. de maneira que as inovações se tornem uma rotina dentro do sistema. c) LC Nº 101/2000 d) CF 88 e) Lei 8. intervir no mercado através da Administração Direta. essas transformações não devem ficar a cargo somente do governo federal. via universidades.666 6) Uma nova fase de crescimento duradouro da economia brasileira e de suas regiões somente será conseguida por meio de uma reforma do Estado. ( )a circulação rápida de informações sobre o mercado de compra e venda de matérias-primas e produtos finais e ainda melhorar e acelerar o processo de aprendizagem dos agentes. d) Estabelecer controles rígidos e. ao procurar facilitar a efetivação da sociedade civil e da cidadania. 7) Para crescer a longo prazo. b) Decreto Lei 200/67. ( ) deve-se compatibilizar o crescimento e a taxa de uso dos recursos regionais com a taxa de reposição desses recursos. mas também aumentou o déficit e a dívida pública. a estratégia de desenvolvimento deve incorporar e valorizar outros fatores de produção encontrados nas alternativas abaixo. bem como a minimização ou eliminação da produção de poluição. exceto: a) Geração de poupança pública local e recuperação da capacidade de investimento. Qual alternativa encontramos um dispositivo legal que viabiliza a proposta supramencionada? a) Programa Nacional de Desburocratização. (1) (2) (3) (4) (5) Educação. ciência e tecnologia. ainda. ( )devem ser flexíveis aos novos paradigmas de desenvolvimento. No entanto. através da capacitação e extensão. conhecimento e informação. exceto: a): capital humano. Isso quer dizer que cada estado da Federação deve igualmente proceder a reformas e ajustes que impliquem a mudança do padrão de gestão pública e o aumento do grau de eficácia e eficiência na utilização dos recursos financeiros. d) instituições e meio ambiente. c) o. e) Hieraquia e verticalização 8) Referente aos novos fatores de produção. Correlacione as colunas. indispensáveis ao desenvolvimento endógeno. com produtividade e competitividade. empresas mistas de incubação e pacto de cooperação. com a reformulação do seu papel e um ajuste fiscal estrutural.5) Entre meados da década de 50 e o final dos anos 70. o que provocou uma expansão do produto. distribuição de renda e impacto ambiental reduzido. b) Modernização do aparelho estatal c) melhorar sua relação com a sociedade e a economia locais. Tem como papel importante apoiar a manutenção do equilíbrio entre cooperação e concorrência entre os agentes do sistema. Esse resultado pode ser conseguido por meio de alguns resultados-chave intermediários listados abaixo.

A respeito dessas megatendências. (C) empresas públicas. Este instrumento é decorrentes de blocos econômicos e tem os seguintes objetivos. e que se tornou a política oficial do Fundo Monetário Internacional em 1990. (B) estatais. a ANA e a Antaq: (A) o subsídio às empresas privatizadas a fim de reduzir o custo das tarifas para o consumidor residencial. (D) Fundação Pública (E) entidades paraestatais. .formulado em novembro de 1989 por economistas de instituições financeiras baseadas em Washington. como o FMI. exceto: a) Eliminar barreiras que afetem ou atrapalhem o comércio e promover as condições para uma concorrência justa. (B) o controle dos respectivos Conselhos Nacionais. assinale a alternativa correta. Uniões Aduaneiras. aparece como missão das agências reguladoras. quando passou a ser "receitado" para promover o "ajustamento macroeconômico" dos países em desenvolvimento que passavam por dificuldades. b) Incrementar as oportunidades de inversão e Proporcionar uma proteção adequada aos direitos de propriedade intelectual. c) Estabelecer processos efetivos para o estímulo da produção nacional. e) Oferecer uma solução a controvérsias. (D) a participação ativa do consumidor final no processo de regulação. 14 Idalberto Chiavenato. como a Anvisa.que se compõe de dez regras básicas . do International Institute for Economy. no seu livro Teoria Geral da Administração. fundamentadas num texto do economista John Williamson. Podem ser classificados em quatro categorias distintas: Áreas ou Zonas de Livre Comércio. 12 Nas respectivas legislações. 13 Não fazem parte da Administração Pública Indireta: (A) sociedades de economia mista.a) 1 3 2 4 5 b) 1 2 3 4 5 c) 5 4 3 2 1 d) 1 3 2 4 5 9) É o conjunto de medidas . aponta uma série de megatendências no campo da administração que terão impactos nas organizações e conseqüentemente na formulação de políticas públicas nos próximos anos. a) Consenso dos Estados Unidos b) Pacto Anglo-Americano c) Consenso de Washington d) Consenso Americano 10) São reuniões de países que têm como objetivo a integração econômica e/ou social. o Banco Mundial e o Departamento do Tesouro dos Estados Unidos. (E) a diminuição das exigências de controle de qualidade sobre os produtos e serviços. Mercados Comuns e União Monetária: a) Blocos Regionais b) Blocos Econômicos regionais c) Blocos Financeiros d) d) Blocos econômicos- 11) Um Tratado de Livre Comércio (TLC) é um acordo internacional entre distintos países para conceder uma série de determinados benefícios de forma mútua. (C) a defesa da competitividade. d) Fomentar a dependência entre países amigos.

indicadores são unidades de medida que permitem "aferir" resultados. Eles são instrumentos de gestão. (C) se somente a afirmativa III estiver correta. etc. as redes informais de comunicação passam a ser consideradas importantes para as organizações. (C) Existe a tendência de que os administradores públicos e privados tenham uma visão mais de curto prazo do que de longo prazo. identificar avanços. necessidades de mudança. 16 O modelo de administração pública e conseqüentemente de formulação de políticas públicas é fortemente influenciado pelas diferentes correntes de pensamento dentro da administração. No entanto. sendo uma das características dessas redes a sua agilidade. Após os primeiros resultados concretos do programa. uma das estratégias utilizadas é desenvolver uma série de indicadores antes da implementação do programa. essenciais nas atividades de monitoramento e avaliação de projetos. programas e políticas. analise as alternativas a seguir: I.(A) Existe uma tendência de que os países mais avançados abandonem a sociedade da informação e se voltem para a sociedade industrial. III. Indicadores de efetividade têm como objetivo verificar o desempenho dos processos e das atividades. Essa tendência acontece porque o que norteia o dia-a-dia das operações dentro das organizações é a visão imediata dos problemas e das soluções. isto é. II. os objetivos gerais do programa. programas ou políticas) na realidade.-americanos começaram a se desligar das instituições do Estado. (D) No decorrer da década de 70. Essa primeira medição é conhecida como "marco zero". A preocupação era aumentar a eficiência no nível operacional com um modelo que dava . De maneira simples. Dentro dessa visão. os cidadãos norte. (E) Existe uma tendência para que o modelo piramidal da administração com hierarquias seja substituído por uma comunicação lateral intensiva. os indicadores são comparados para medir a efetividade da política pública. problemas a serem corrigidos. dos processos e das intervenções (projetos. Já os indicadores de eficácia têm como objetivo verificar os efeitos obtidos. impactos. Em uma avaliação de política pública. qualidade etc. crises políticas e financeiras mundiais fazem com que haja uma tendência para que a auto-ajuda seja novamente substituída pela ajuda institucional. (E) se somente as afirmativas I e III estiverem corretas. 15 Analise as afirmativas a seguir: I.. (B) A revolução política nos países mais avançados está levando a sociedade a migrar da democracia participativa para a democracia representativa. Esse fenômeno é decorrente do avanço de países como a China e Índia no mercado internacional. (B) se somente a afirmativa II estiver correta. Assim sendo. porque permitem acompanhar a busca das metas. Assinale: (A) se somente a afirmativa I estiver correta. A abordagem clássica da administração tem como um dos seus maiores expoentes os trabalhos de Taylor. ganhos de qualidade. Essa é uma tendência natural das sociedades democráticas e foi acentuada com a queda do regime da antiga União Soviética. (D) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. Os indicadores são essenciais para a avaliação de políticas públicas.

(D) O planejamento operacional é projetado para o longo prazo e se preocupa com a eficiência na execução das atividades. Dentro desse contexto. Analise as seguintes afirmações em relação ao planejamento de políticas públicas e assinale a alternativa correta: (A) O planejamento é um modelo teórico para a ação futura.atenção ao método de trabalho. A idéia por trás dessa abordagem era analisar a adaptação do trabalhador ao trabalho e ao mesmo tempo atender às necessidades individuais e sociais do trabalhador. o planejamento representa a primeira função administrativa por ser exatamente aquela que serve de base para as demais funções. políticas. Assim. O plano é a última fase do processo de planejamento e é considerado como o resultado do processo de implementação do planejamento. programas. Assinale: (A) se somente a afirmativa I estiver correta. diretrizes. Assim. . um planejamento de políticas públicas é composto por três fases: (1) estabelecimento de objetivos a alcançar. e as árvores de decisão. que utiliza diversos modelos analíticos ou matemáticos para verificar as relações entre os vários fatores e alternativas na forma de modelos matemáticos. metas. (C) O planejamento estratégico abrange toda a organização. sendo projetado para ações de curto prazo. para os movimentos necessários à execução de uma tarefa e para o tempo-padrão determinado para tal. objetivos organizacionais podem se desdobrar em estratégia. (D) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. 18 De maneira geral. III. Outro aspecto é o racionalismo dessa abordagem. II. destacam-se a pesquisa operacional. analise as afirmativas a seguir: I. procedimentos. (E) O planejamento é uma ação reativa em relação aos problemas da organização. principalmente da psicologia. (C) se somente a afirmativa III estiver correta. que visa à eficiência do ponto de vista técnico e econômico. Assim. pois estas não são variáveis levadas em conta em um planejamento governamental. Os objetivos são resultados futuros que a organização pretende atingir. métodos e normas. A abordagem clássica recebe o nome de teoria da máquina por considerar a organização sob o prisma do comportamento mecânico. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas. e (3) elaboração de planos. A abordagem humanística da administração tem uma forte influência das ciências sociais. 17 Uma ação – governamental ou empresarial – passa por um planejamento prévio. pois as organizações só fazem qualquer tipo de planejamento quando se deparam com problemas. que auxiliam o gestor a visualizar os possíveis resultados das alternativas envolvidas nas decisões públicas. Existem diversos métodos que auxiliam os gestores públicos na sua tomada de decisões. ele é composto por objetivos e planos detalhados de como atingir seus objetivos da melhor maneira possível. (2) tomada de decisões a respeito das ações futuras. II. (B) O planejamento de uma política pública não envolve maneiras de se lidar com a incerteza e com as mudanças. Assim sendo. III. um plano é um curso de ação sobre um período especificado de tempo. Dentre eles. (B) se somente a afirmativa II estiver correta.

(E) O Poder Legislativo apenas formula políticas públicas quando vota o Orçamento Geral da União. Processador. os outros trabalhos do Poder Legislativo seriam conjuntos de esforços feitos com vistas a participar do poder ou a influenciar a divisão do poder. (B) A avaliação de uma política pública pode se dar em diversos níveis. Essa análise acontece durante o planejamento da política pública. Um deles compara os resultados esperados da política com os resultados alcançados. II. 22. bem como uma relação de influência sobre o Estado tendo em vista a construção da cidadania. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas. (C) O ideal é que o monitoramento de uma política pública aconteça quando essa política estiver concluída. (D) se somente as afirmativas I e II estiverem cor 20 Assinale a alternativa correta. Ambiente. (A) A formulação de políticas públicas acontece com exclusividade dentro do Poder Executivo. analise os conceitos de "público" a seguir: I. Pode-se vincular a noção de público a um regime no qual iguais reunidos em coletividades buscam o bem comum e o exercício de práticas solidárias. (B) se somente a afirmativa II estiver correta. (D) A implementação de uma política pública é a fase em que os planos teóricos concebidos durante o processo de formulação são transcritos em programas com objetivos e metas. C. à "coisa pública" e ao "interesse público". exercendo grande . Teoria dos Sistemas contribui para uma visão mais ampla da empresa no seu contexto global onde o meio ambiente é o grande agente participativo da vida na empresa. B. Saída e saída. (C) se somente a afirmativa III estiver correta. D. processador. políticas e sociais que interferem na produção do espaço público.Assinale: (A) se somente a afirmativa I estiver correta. O termo público pode ser entendido como relativo àquilo que é "de todos e para todos". Todos os outros trabalhos têm cunho político. Retroação. (D) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas. entrada. uma definição de público excluiria as relações econômicas. (C) se somente a afirmativa III estiver correta. saída e retroação). (B) se somente a afirmativa II estiver correta. O público é resultado da separação entre Estado e Sociedade. qual deles é o responsável pelo controle do comportamento do sistema face suas metas e objetivos? A. Por exemplo. 21. 19 Não existe uma definição única a respeito do conceito de público. Ele é um espaço dinâmico que não pode ser garantido por delimitação nem possui um lócus específico. Dessa forma. Assim sendo. III. Assinale: (A) se somente a afirmativa I estiver correta. tendo como principais atores o Presidente da República e os Ministros de Estado. isto é. na visão de Max Weber. s parâmetros de um sistema (ambiente. uma política de distribuição de renda pode ser monitorada quando não mais vigorar.

25 Ao optar pela departamentalização por projeto. Pior cumprimento de prazos e orçamentos. B. deve ser cauteloso no sentido de conservar a estrutura informal secundária à estrutura formal. Abaixo são apresentadas algumas das razões mais comuns do conflito entre linha e assessoria nas empresas. Por clientes. Um executivo. Por território . C. D.27 Em termos estruturais é importante a consideração das unidades de linha como atividade-fim e das unidades de assessoria como atividade-meio para desenvolver o processo organizacional. C. Seu trabalho não é utilizado como deveria ser. Motivar e integrar as pessoas na empresa. B. custo das vendas. podemos dizer que: A. O desconhecimento das chefias. custo da matéria-prima. Não tem visão do conjunto. Não tem autoridade. C. Comunicação geralmente deficiente. Produtividade por empregado. O funcionário perde a visão de conjunto. D. quantidade produzida.24. . Qual das alternativas abaixo contém informações? A. A empresa é vista como um sistema fechado. . custo da matéria-prima. Número de empregados. sobre as vantagens e desvantagens da departamentalização funcional.23. Os elementos que compõem a estrutura empresarial podem ser compreendidos de maneira restrita independentemente de seus inter-relacionamentos com os demais. quantidade produzida. Reduzir distorções existentes na estrutura. Insegurança das pessoas. Produtividade por empregado. Quando esse processo está voltado para a geração de informações que são necessárias e utilizadas no processo decisório da empresa diz-se que é um sistema de informações gerenciais. D. Proporcionar maior rapidez no processo. capacidade de produção. Ameaça da autoridade. C. . . B. sendo escolhido o organograma: A. Assinale abaixo um argumento do pessoal de linha contra a assessoria: A. a fim de manter o controle.influência sobre ela. A empresa deve ser vista como um ambiente em constante mutação.28 Analisando as vantagens e desvantagens de uma grande empresa em obter a especialização através da divisão do trabalho. B. a diretoria do Parque Águas Claras Ltda solicitou que você traduzisse esta opção em um novo organograma. B. D. Maior estabilidade. podemos afirmar corretamente que uma “vantagem” da departamentalização funcional é a: A. Os elementos que compõem o "sistema empresa" passam a ser analisados individualmente e damos maior ênfase à análise do ambiente interno da empresa. um gerente administrativo observou que uma grande desvantagem seria: A. C. Número de empregados. B. A diminuição da eficiência. podemos afirmar que uma “desvantagem” da estrutura informal é: A. Em decorrência da aplicação da Teoria de Sistema na administração. . C. pois um indivíduo faz mais vezes o mesmo trabalho. Ao analisar a estrutura de uma empresa. B. . custo das vendas. capacidade de produção. a qual combina as estruturas por função e por produto. Matricial.26 Um sistema de informações é um processo de transformação de dados em informações. Funcional. D. D.

B. . têm mais informação sobre a situação. . Deve-se fazer uma mudança de impacto. Deve-se fazer uma série de pequenas mudanças de maneira não sistematizadas. D. indique a alternativa INCORRETA . . B. quando o número de subordinados for maior que a sua amplitude de controle ou administrativa podem ocorrer alguns problemas. Permite localizar e eliminar os movimentos inúteis ou desnecessários. são geralmente fáceis de se alterar. Fica mais difícil treinar os funcionários. Observar a importância das atividades para saber separá-las. isto é. Custos administrativos maiores. Perda de controle. C. mas a estrutura organizacional estava extremamente centralizada.34 empresa BETA havia experimentado um enorme crescimento. a quantidade de subordinados que um chefe pode supervisionar pessoalmente. corrigir e obter melhor seqüência de operações. Assinale abaixo a alternativa correta: A. não provocam atritos e disputas. Falta de delegação. Deve-se fazer uma mudança percebendo seus efeitos e adaptar-se. Possibilita estudar. B.ou seja aquela que não se trata de vantagem: A. As decisões serão tomadas por administradores que têm uma visão global da empresa.C. C. D. As decisões serão tomadas mais rapidamente pelos próprios executores que. com autoridade e responsabilidade fortemente concentradas na diretoria.29 O desenvolvimento da empresa e. O manual da organização traz algumas vantagens para a empresa. não possuem limitações quanto a determinadas informações. . são úteis como recursos para treinamento. Você sugeriu uma reestruturação organizacional através da descentralização do poder baseado no argumento de que: A.31 Com relação à “amplitude de controle”.32 Nas alternativas abaixo. Possibilita reduzir o fluxo existente no organograma. Dificultar as fraudes operacionais como finalidade do planejamento C. em geral. Fica mais caro para operacionalizar as atividades. Auxiliar na coordenação pela redução de pessoas. D. D.33 Em uma reunião de uma equipe administrativa para a elaboração do Desenvolvimento Organizacional. B. que falam sobre vantagens de se usar um fluxograma. . D. C. C.30 Abaixo você encontrará listados fatores que acontecem num processo de descentralização e que devem ser levados em consideração na relação custo/benefício. o aumento de sua complexidade e especialização. Possibilita a simplificação do trabalho pela combinação eficiente das etapas de uma tarefa. Capacidade ociosa do chefe. Qual das alternativas abaixo NÃO faz parte deste grupo de fatores? A. D. Deve-se fazer uma mudança emergencial. discutiu-se que deveria se fazer uma mudança planejada na empresa. conseqüentemente. tornam indispensável a organização planejada da empresa. Isso significa que: A. Facilitar os processos de controles ao reduzir a área. B. . Identifique um exemplo desses problemas dentre as alternativas abaixo: A. B. .

D. C. clientes participam do processo de produção. os incentivos. Determinantes do perfil ideal do futuro ocupante do cargo fornecendo os elementos de sustentação a gestão de RH. D. transferência de propriedade. . D. Usar como válvula de escape para os erros do pessoal de linha. B. Contas a pagar. heterogeneidade. um dos objetivos de uma unidade de assessoria seria: A. o indivíduo. o enriquecimento. Facilitar o controle e a coordenação organizacional. . . Faturamento. Assumir funções de linha. Intangibilidade. Nesse sentido. Na segunda categoria (sistemas de apoio à gestão) temos: A. . A quebra de uma máquina como uma ameaça do ambiente que a empresa deve se preocupar. trata-se da mesma técnica. C.40 Podemos classificar os sistemas de informação em dois tipos básicos: sistemas de apoio às operações e sistemas de apoio à gestão. Será mais fácil a padronização de normas e procedimentos da empresa. Produção e consumo simultâneos. nos internos. Possibilidade de maior sigilo com referência aos dados e informações da empresa. Enriquecimento baseia-se nos motivos externos. clientes não participam do processo de produção. homogeneidade. D. A mudança no gosto dos consumidores como uma ameaça que pode afetar a empresa. Não há diferença. Ameaças e Oportunidades) são comparadas às potencialidades e fragilidades da empresa com as ameaças e oportunidades no mercado. contar a receber. B. Forma estratégica de se buscar o candidato com melhores aptidões.38 São características dos Serviços: A. B. C. C. contas a receber. controle de produção. Intangibilidade. C. Serão eliminados esforços duplicados reduzindo os custos operacionais da empresa.37 A assessoria pode ser considerada interna e externa (consultoria).C. contabilidade. compras. estocável. assinale a alternativa INCORRETA: A. O enriquecimento baseia-se nos motivos internos. custos. custos. Faturamento.39 Os objetivos da Análise e Descrição de Cargos são: A. . A política de incentivo às exportações do governo como uma oportunidade que deve ser explorada pela empresa. Planejamento. os incentivos. heterogeneidade. Programas de incentivos focalizam o grupo. A falta de perspectiva gerencial afetando o desempenho da empresa. D. C. produção separada do consumo. sem variações entre seus diversos departamentos. D. . Enfraquecer a influência do supervisor de linha. Maior conhecimento da empresa. Fonte para a Administração de salários fornecendo subsídios aos programas de treinamento. Uma vantagem do assessor externo é: A. Facilitadores do planejamento estratégico fornecendo uma reação pró-ativa. B. controle da produção. Dentre as alternativas abaixo. D. nos externos. C.41 Na abordagem PFOA (Pontos Fortes e Fracos. . custos. Trazer conhecimento e experiência de trabalhos em outras empresas. D.35 Diversos autores afirmam que um assessor é uma extensão do executivo em termos de tempo e de aspectos técnicos. folha de pagamento. Possibilidade de vivenciar os resultados do trabalho executado.36 A diferença entre enriquecimento do trabalho e programas de incentivos é: A. B. . B. B. Produção e consumo simultâneos. contabilidade. controle da produção.

46 É fundamental que as pessoas envolvidas na gestão. A qualidade técnica da nova estrutura é suficiente para o sucesso da empresa. Não é possível afirmar que ambas seriam idênticas. assinale a alternativa INCORRETA: A. . B. porque perdeu . C. (B) Não. O ambiente econômico estimula o crescimento rápido do setor de serviços. O ambiente político-legal envolve produtores de bens ou pelo governo.43 Sobre a mudança na estrutura organizacional devemos considerar vários aspectos. O ambiente sócio-cultural provoca mudanças nas preferências do consumidor para serviços com o decorrer do tempo. . B. assinale a alternativa INCORRETA: A. Pode criar uma situação em que os gerentes de produtos se tornam muito poderosos . Não é característica desse modelo: (A) ser elaborado e definido pelo gestor da área. D. Dos aspectos abaixo. C. B. D. embora ambas mantenham visões estratégica e operacional. inclusive a gestão de pessoas. unidade estratégica de negócios (UEN) e corporação. a organização conseguirá vantagens competitivas. Estratégico. Facilita a coordenação dos resultados esperados de cada grupo de produtos. tenham em mente o que é um modelo de gestão e que assim deve ser a sua implementação e utilização no cotidiano das organizações. Departamentalização. mas que são distintas. Dado. (C) ser coerente com uma filosofia de trabalho. C. informação e tomada de decisão. tático e operacional. Antecipar as forças restritivas e propulsoras que podem influenciar no processo. pois sua visão estratégica e operacional é idêntica à da administração de recursos humanos? (A) Não. O ambiente tecnológico produz inovações que levam a um aumento de produtividade no setor de serviços. apenas pelo fato de terem visões idênticas. Empresa. 47 É possível afirmar que a administração de pessoal seria o mesmo que administração de recursos humanos. Ter sempre em mente a importância da participação. linha e assessoria. (B) ser um conjunto de práticas e processos de gestão. A administração de pessoal não seria o mesmo que administração de recursos humanos. Possibilidade de atuação direta em determinada região.44 Os níveis de influência da estrutura organizacional são: A.45 Uma vantagem da departamentalização por produtos em uma empresa é a alternativa: A. .42 Os fatores ambientais afetam profundamente os serviços. Dos fatores abaixo. (E) a crença de que. D.. (D) estar a serviço de um modelo de negócios. D. B. Maior facilidade de conhecer os fatores e problemas locais por ocasião da decisão. C. A importância do fator humano. por meio da sua aplicação e renovação sistemática.

(D) planejamento de pessoal. treinamento e desenvolvimento clima organizacional. canal. administração de cargos salários ou planejamento de carreira. (B) planejamento de pessoal. (C) Sim. Assinale a alternativa que. administração de cargos salários e treinamento e desenvolvimento. recrutamento e seleção de pessoal. é pôr em prática uma estratégia tanto no nível microssocial quanto no nível macrossocial. codificador. administração de cargos salários. planejamento de carreira. recebedor. mensagem. explicita três das razões para se treinarem e desenvolverem pessoas numa organização. recrutamento e seleção de pessoal. visões estratégica e operacional idênticas. recebedor. canal. (D) fonte. aperfeiçoamento nos procedimentos de recrutamento. decodificador. em síntese. (D) Sim. identificação de metas (D) remanejamento de pessoas. mensagem. canal. mensagem. identificação de gargalos. Ambas e mais a gestão de pessoas atuam de forma igual. codificador. Administração de pessoal e administração de recursos humanos são nomenclaturas de unidades que são responsáveis por atividades de alta resiliência. (E) fonte. decodificador. decodificador. recebedor. Gestão. (E) planejamento de pessoal. administração de cargos salários. comprometimento dos treinados 50 A gestão estratégica numa organização pode ser entendida como o conjunto de decisões tomadas previamente acerca do que deve ser feito em longo prazo.força em função de uma nova e moderna concepção de ação estrutural que inclui a gestão de pessoas. planejamento de carreira avaliação de desempenho. codificador. desde que seu envolvimento com o corpo funcional fosse desenvolvido apenas por intermédio das gerências e chefias. 49 O processo de treinamento e desenvolvimento pretende capacitar pessoas a "ocupar determinadas posições na organização e/ou desenvolver seu potencial na posição ocupada". mensagem. ou seja. decodificador. 48 As etapas seqüenciais para um processo de comunicação que dê suporte a um clima organizacional proativo são: (A) fonte. ou seja. avaliação de desempenho. (C) fonte. identificação de gargalos. (C) planejamento de pessoal. mensagem. recebedor. recebedor. Para elaborar um modelo de gestão de pessoas tendo por inspiração o parágrafo anterior sobre gestão estratégica. canal. codificador. (B) fonte. 51 Em relação ao treinamento e desenvolvimento de pessoas. operacionalmente as estratégias devem direcionar a gestão das organizações. corretamente. identificação de gargalos. aperfeiçoamento global da área de gestão de pessoas (E) identificação de gargalos. (A) identificação de metas. comprometimento da alta direção (B) remanejamento de pessoas. recrutamento e seleção de pessoal. A administração de pessoal seria o mesmo que administração de recursos humanos. é e e e e e e . (E) Sim. devem-se compor as estratégias de gestão de pessoas com as seguintes atividades: (A) planejamento de pessoal. em geral. codificador. ajustes nos processos de comunicação. canal. necessários cortes de pessoal por falhas nos processos seletivos (C) meio de identificar falhas nos processos seletivos. recrutamento e seleção de pessoal. recrutamento e seleção de pessoal. decodificador.

(C) baixo custo de investimento. (A) treinamento de integração (B) treinamento técnico-operacional (C) treinamento gerencial (D) treinamento comportamental (E) treinamento matricial 52 São duas conhecidas limitações nos procedimentos de recrutamento interno: (A) excesso nas promoções (princípio de Peter) e relacionamentos em conflito. 54 Plano de carreira é o processo pelo qual: (A) a organização seleciona e avalia os empregados para obter um grupo de pessoas qualificadas a atender às demandas futuras. (B) relacionamentos muito próximos e simpatias e antipatias de superiores. E ele apresenta o que considera serem as disciplinas que melhor contribuem para a aprendizagem organizacional. (E) o empregado decide e implementa os passos necessários para atingir as metas da carreira. (C) Estratégias Organizacionais. 53 O processo de recrutamento externo apresenta diversas vantagens. (B) Modelos Digitais. (C) a organização identifica e implementa os passos necessários para atingir as metas da carreira. 56 Além da utilização de tipos de poder. (C) relacionamentos em conflito e relacionamentos muito próximos. (A) a abordagem dos traços de personalidade. o homem (ser humano) tem à sua disposição. (D) funcionários da organização terem muita intimidade com os procedimentos de recrutamento e excesso nas promoções (princípio de Peter). (B) a organização identifica os passos necessários para atingir as metas da carreira. (E) ausência de nepotismo. à exceção de um. Assinale-a. (D) o empregado decide sobre os passos necessários para atingir as metas da carreira. conforme a literatura teórica e técnica informa. à exceção de uma. (E) Ação Horizontal. Assinale-o. Para o autor. (B) manutenção da racionalidade no processo. abordagens de liderança reproduzidas nas alternativas abaixo. (D) princípio de Peter. importante abordagem extremamente útil na gestão de pessoas. 55 Peter Senge é considerado o principal autor da conhecida aprendizagem organizacional.possível afirmar que existem os seguintes tipos de treinamento. (E) protecionismo e recolocação (outplacement). (D) Raciocínio Sistêmico. entre as quais se inclui: (A) rapidez no processo. (B) a abordagem de condicionamentos horizontais/verticais . a quinta disciplina _ a mais relevante _ é: (A) Domínio Interpessoal.

(B) É uma avaliação convencional que procura abordar todas as facetas da pessoa em avaliação. (D) habitualidade de quaisquer ações produtivas. . (B) presença de variáveis tangíveis. à exceção de um.(C) a abordagem comportamental. (E) a abordagem do grid gerencial. A competência essencial é: (A) uma competência específica que só pode ser desenvolvida por quem a direção superior indicar. Contudo. se não for conduzida de forma competente. (D) a abordagem contingencial. mas bem mais detalhada. há uma competência que não está necessariamente relacionada a algum atributo de cargo. (A) leniência (B) eqüifinalidade (C) falsidade (D) obstáculos interpessoais (E) efeito de halo (ou efeito halo) 60 O que é avaliação 360 graus? (A) Não é uma avaliação de desempenho. (C) Uma avaliação que é realizada considerando-se o maior número possível de pessoas que tenham alguma relação no ambiente profissional com a pessoa objeto da avaliação. (E) É uma variante da avaliação de 180 graus. 57 Abaixo encontram-se métodos utilizados pelas organizações para desenvolver um plano de cargos e salários. (D) Uma avaliação realizada pela chefia direta. Assinale-o. (B) a competência adquirida ao longo de um programa para executivos do primeiro escalão organizacional. (E) motivação. mas sim uma competência relevante para a excelência organizacional que é a competência essencial. 59 Como em todos os processos que envolvem as pessoas da organização. (A) método competitivo (B) método de comparação de fatores (C) métodos das categorias predeterminadas (D) método de avaliação por pontos (E) método flexível de cargos e salários 58 A motivação intrínseca é caracterizada pela: (A) habitualidade de aumentos salariais. mas que depois deve ser aberta a todos que assim desejarem. poderá causar transtornos para a direção da organização como os apontados a seguir. 61 A gestão por competências é mais uma contribuição dos teóricos da administração que visa ao melhor desenvolvimento do pessoal da estrutura superior da organização. (C) automotivação. à exceção de um. Assinale-o. a avaliação de desempenho.

(C) às empresas públicas. (D) conhecer os sistemas de informação. conhecer a história da empresa. 64 Analise as afirmativas a seguir: A entidade da Administração Indireta deverá estar habilitada a: I. (C) se apenas as afirmativas I e III estiverem corretas. (D) aos Estados e Municípios. (E) se todas as afirmativas estiverem corretas. algo que está na essência. evidenciar os resultados positivos ou negativos de seus trabalhos. . o regime jurídico estatutário não é extensivo: (A) às fundações de direito público. ratificando suas causas e justificando as medidas postas em prática.(C) como a própria palavra diz. III. (C) conhecimento do negócio. na origem das funções organizacionais. dedicando-se ao treinamento e desenvolvimento do corpo funcional. (B) se apenas as afirmativas I e II estiverem corretas. pela forma e nos prazos estipulados em cada caso. (B) às autarquias. essencial. que são: (A) conhecer a legislação. saber diagnosticar e ser comprometido com os objetivos maiores da organização. ou seja. (D) uma capacitação básica que permite que a organização possa competir e crescer. 62 As pessoas que atuam em gestão de pessoas necessitam de três competências básicas. saber influenciar pessoas. 63 Nos termos da Constituição. as informações solicitadas pelo Congresso Nacional. conhecer a história da empresa e conhecimento do negócio (no caso de empresa). (E) uma competência centrada no estamento superior e indelegável. por intermédio do Ministro de Estado. prestar a qualquer momento. conhecer a legislação e promover a integração do corpo funcional. (E) estar sempre muito bem informado. (D) se apenas as afirmativas II e III estiverem corretas. Assinale: (A) se nenhuma afirmativa estiver correta. fornecimento das práticas de RH e administração da mudança. (B) fornecimento das práticas de RH. II. prestar contas da sua gestão.

Um dos fatores que mais provoca perda de produtividade nos serviços públicos é o excesso de burocracia. com cada vez menos . Poder racional-legal: profissionalização. sim um hábito.C.torna-se insuficiente na redução de custos operacionais. das funções econômicas e sociais do Estado. .COMPLEMENTO TEÓRICO – DICAS E BIZUS DIFERENÇAS ENTRE AS FORMAS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA PATRIMONIALISATA BUROCRÁTICA GERENCIAL Aparelho do Estado como extensão Forma de combater a corrupção e o Surge como resposta à expansão do poder do soberano. pela iniciativa privada. Longas filas nas repartições públicas. morosidade do andamento de processos judiciais. Manutenção de princípios fundamentais: admissão por mérito. As atividades comerciais sem registro contábil deram origem ao mais poderoso império da história da humanidade . tem inibido o desempenho das empresas. compras e no atendimento a demandas. demora na aprovação de projetos e regulamentação de leis e exigências exageradas para abertura de empresas são alguns indicadores de baixo índice de produtividade. porém sem produtividade . Custos. A qualidade das instituições públicas afeta a competitividade do Brasil. o que existe é país subadministrado"(Peter Drucker). que deve ser cortada freqüentemente pela sua incorrigível tendência de crescer. sistema estruturado de remuneração. democracia. Controle rígido: admissão de pessoal. principalmente os indiretos. e melhor. motivado a sonegação fiscal e incentivado a informalidade. A pedagogia alavanca a tecnologia e sinaliza que "não existe país subdesenvolvido. entre 117 países. Controle sobre os resultados e não baseado nos processos. Necessidade de reduzir custos e aumentar a qualidade dos serviços públicos. como Fênix. carreira. não tivemos dúvida em destacar o pensamento do célebre filósofo Aristóteles (384-322a. provocado pelas descobertas científicas e inovações tecnológicas. em atenção à uma pergunta sobre gestão de excelência. tem sido determinante para o acirramento da competitividade internacional. Lição singular deu o Japão ao ressurgir das cinzas. Dizia ele: "Só fazemos melhor aquilo que repetidamente insistimos em melhorar. a instituição mais admirada pela população. Entre os serviços públicos eficazes destacamos os prestados pelo Corpo de Bombeiros. avaliação do desempenho e treinamento sistemático. em recursos humanos.fazer cada vez mais. nepotismo patrimonialista. nos faz lembrar de unha. Qual o segredo do "tigre" asiático? Elevados investimentos em educação por parte do governo e. carreira. impessoalidade e formalismo.A missão do Estado é dar condições estruturais favoráveis ao desenvolvimento econômico e social. tornando-se a segunda maior potência econômica do planeta. inegavelmente.).adequação ao uso. Controle a priori UM ARTIGO SOBRE EXCELÊNCIA NOS SERVIÇOS PÚBLICOS Numa de nossas palestras."O avanço da globalização. A corrupção e o nepotismo são inerentes a esse tipo de administração. Controle a posteriori dos resultados Desgaste proveniente do Desconfiança prévia nos desenvolvimento do capitalismo e da administradores públicos. deixando as organizações vulneráveis à competitividade. A iniciativa do país do sol nascente levou até órgãos governamentais à implementação de programas de qualidade . hierarquia funcional. A busca da excelência não deve ser um objetivo. Qualidade é indispensável. com satisfação de clientes e consumidores.o Quarto Setor. classificado pelo Fórum Econômico Mundial na 65ª colocação. que além de não impedir corrupções e fraudes.

Ao optar pela transferência da sede do governo do Centro de Brasília — onde moram apenas 400 mil dos quatro milhões de habitantes do Distrito Federal e entorno — Arruda diz que economizará R$ 30 milhões por ano que eram usados no pagamento do aluguel de imóveis. .é um modelo exemplar. Caso contrário. "As pessoas não podem nem sentir o cheiro de mordomia" As mudanças não param por aí. A chave da eficácia encontra-se na redução das atividades-meios e na eliminação das formalidades que não agregam valores às atividades-fins. inovação em cada uma delas minimizando tempo e. — Quanto mais economizar com esse tipo de despesa.a praticidade. Estamos convencidos de que resultados satisfatórios somente serão atingidos com o comprometimento dos funcionários pois. Diante de um rombo de mais de R$ 100 milhões deixado pelos seus antecessores — o senador eleito Joaquim Roriz (PMDB) e a tucana Maria de Lourdes Abadia — Arruda se viu obrigado a radicalizar no corte dos gastos públicos: reduziu o número de secretarias de 36 para 17. redução do Custo Brasil. afundaremos todos". — Em quatro dias de trabalho só precisei nomear 150 pessoas para cargos comissionados.o 4º pior colocado. Os profissionais de Recursos Humanos. especialmente em educação e saúde. ninguém sabe mais do que quem faz. melhor ainda. interativa e que coloque (mesmo) o cidadão em primeiro lugar . objetivando a redução de etapas. inovadora no Distrito Federal.C) "Vamos equilibrar o orçamento. a eliminação de normas de procedimento. classificação no ranking mundial da burocratização . em orgânica. Tudo indica que não precisarei usar nem metade dos cargos que existiam — prevê Arruda.Cícero (106-43 a. A excelência dos serviços públicos. combater a usura e reduzir a burocracia. entre eles 70 assessores especiais que ficavam lotados no gabinete do governador. proteger o tesouro. Somente a consolidação da cultura de responsabilidade social. transferiu a sede do governo do Plano Piloto para Taguatinga (maior cidade satélite do DF) e exonerou os ocupantes de 17 mil cargos comissionados. Faustino Vicente CASE – A REENGENHARIA NO GOVERNO DO DISTRITO FEDERAL Como único governador do PFL. gestão0 transparente. nada honrosa. levará o Brasil a melhorar a sua. no mínimo. praticidade no atendimento aos cidadãos e valorização dos servidores públicos. de cada detalhe dos processos operacionais. que deve nortear a gestão pública. Vale a pena uma reflexão sobre o pensamento do célebre político. O maior desafio da classe política e dos gestores públicos é transformar uma instituição mecânica. aumento da produtividade. dos órgãos públicos. orador e prosador romano . Os prestadores de serviços devem ter consciência que usam a mais valiosa das matérias-primas o tempo .Os ganhos em produtividade passam por uma "revisão cirúrgica sistemática".a única que não tem reposição. mais vai sobrar para investimento — justifica o governador. José Roberto Arruda decidiu que fará jus ao posto de estrela do partido ao implantar uma gestão. Entre os seus objetivos destaque para a melhoria da qualidade. focando a excelência organizacional. é a melhor das estratégias para reduzir a vergonhosa desigualdade social referência maior do oceano de pobres e da ilha de ricos. têm a gratificante missão de dinamizar os programas de capacitação funcional.Agregar valor na gestão pública significa investir em projetos que aumentem a produtividade oferecendo à população um dos mais valiosos bens da atualidade . dos detalhes.

Apesar da austeridade imposta ao seu governo. A decisão passou para a esfera do planejamento estratégico. o governador deu um ultimato aos representantes das empresas de transporte coletivo que prestam serviço na cidade: se não renovarem a frota de 500 ônibus em três meses.Arruda também decidiu trocar o luxuoso gabinete a que teria direito no Palácio do Buriti — que fica a cerca de três quilômetros do Palácio do Planalto — por uma ampla sala num antigo quartel da Polícia Militar instalado em Taguatinga. Minutos antes. a equipe brasileira. — As pessoas não podem nem sentir o cheiro de mordomia. Foi nesse giro pelo gabinete. — Se deu certo na iniciativa privada. após as mudanças introduzidas. nos arredores de Osaka. com a introdução de mudanças baseadas no benchmarking das melhores práticas gerenciais. Eu mesmo me policio — admite o governador. os brasileiros com certeza conseguiriam vencer os japoneses. porém. é o mesmo usado em várias bancos ou empresas da iniciativa privada. Uma fábula sobre a difícil arte de organizar o trabalho No ano de 1996. era formada por um chefe de equipe. A conclusão do comitê foi unânime: "0 remador é um incompetente!!!" Em 1998 aconteceu uma nova oportunidade de competir com os japoneses. Tais inovações produziriam aumentos significativos de eficiência e eficácia. o deslocamento em helicóptero oficial. continuará sendo usado O novo tipo de gestão. — Da minha mesa posso simplesmente falar com todos os meus secretários. o governador — que chegou ao Palácio do Buriti de táxi no dia da posse. num rápido passeio pelo amplo gabinete. com o objetivo de realizar uma profunda revisão da estrutura organizacional para o ano seguinte. Logo no início da competição a equipe japonesa começou a se distanciar e completou o percurso rapidamente. A análise mostrou os seguintes resultados: a equipe japonesa continuava com um chefe de equipe e dez remadores. dois assessores. sete chefes de departamento e um remador. fazemos pelo menos duas reuniões gerais por dia — explica Arruda. segundo Arruda. por exemplo. Uma cuidadosa avaliação apontou para uma diferença fundamental entre os times: a equipe japonesa era formada por um chefe de equipe e dez remadores: a equipe brasileira era formada por um remador e dez chefes de equipe. que Arruda autorizou ações integradas das forças policiais no Recanto das Emas e na Estrutural. Alberto Fraga. Helicóptero oficial. Dessa vez. E tem também adotado um estilo pessoal mais despojado. duas áreas em que haviam sido registrados na véspera crimes violentos. uma competição entre as equipes de remo do Brasil e do Japão. O departamento de engenharia pôs em prática um plano destinado a melhorar a produtividade da equipe. contudo. a reengenharia. Seu objetivo principal. mostrando. como Bradesco e Ambev. logo após a largada da competição. Além disso. por que não vai funcionar no setor público? — aposta o governador. o comitê executivo reuniu-se para avaliar as causas do novo fracasso. — Mas só em casos excepcionais — diz uma assessora. a equipe brasileira chegou à meta duas horas depois dos vencedores. Quem não estava acostumado com esse novo estilo se assusta. Em 1997. nestes primeiros dias. Com o rightsizing. para homenagear a categoria — não abriu mão de uma prerrogativa concedida apenas a chefes de governo. De volta ao Brasil. a equipe japonesa tomou novamente a frente e distanciou-se. o comitê executivo reuniu-se para avaliar as causas de tão desastroso e imprevisto resultado. houve. É claro que vão sentir falta. é garantir uma maior agilidade às ações de seu governo e burlar a burocracia que quase sempre emperra a máquina pública. . A equipe brasileira só conseguiu chegar à meta uma hora depois. numa reunião comandada pelo secretário de Transportes. o governo publicará um edital abrindo uma nova concorrência. que em menos de dez minutos consegue ficar sabendo o assunto de que cada um dos secretários está tratando. Tem usado calças jeans e camisa de maga curta durante o expediente. que está dividindo com todos os seus 17 secretários e onde não pode contar sequer com um banheiro privativo. De volta ao Brasil. cuja a rotina de trabalho tem começado às 8h30m e só acaba após meianoite.

a equipe brasileira chegou à meta três horas depois dos japoneses. A competição de 1999. utilizou uma formação vanguardista. confirmará o acerto das decisões. A análise revelou: mantendo a tradição. um controlador de tempo e um remador. Depois de vários dias de reunião e análise da situação. reuniões acaloradas e enormes relatórios. um controller. dois auditores de qualidade total. . Decidiu também contratar um novo remador. Novos estudos. mas utilizando um contrato de prestação de serviços sem vínculo empregatício.?? BUROCRACIA Controle rígido Hierarquia Tarefa Salário Fixo Foco no indivíduo Centralização Eficiência Dependência ADHOCRACIA Cumprimento das metas Autogestão Processo Integrado Remuneração Variável Foco na equipe Participação Efetividade Independência Tais características vão provocar os seguintes resultados: TRADICIONAL Mecanicista Burocrático Repetição Meios Eficiência Rígido MODERNO Orgânico Empreendedor Inovação Fins Eficácia e Efetividade Flexível . um engenheiro de navegação. por sua vez. A equipe brasileira. a equipe japonesa era formada por um chefe de equipe e dez remadores. um assessor especializado em empowerment. responsável pela baixa produtividade e o baixo comprometimento dos recursos humanos com os objetivos organizacionais. dessa vez. um chefe de departamento. um analista de O&M. integrada por um chefe de equipe. o resultado foi novamente catastrófico e.Porém. chegado o dia da competição. o comitê decidiu finalmente demitir o remador. Evitar-se-ia. certamente. dessa forma. a nefasta influência do sindicato dos remadores.

.Experimenta! NO SAFARI Um tipo decide ir caçar a África. em pleno safari. Parece fácil. pensando com os seus botões: "Que cachorro perigoso! Por pouco não me comia a mim também!" Um macaco que estava empoleirado numa árvore ali perto viu a cena toda. que boa estava esta pantera que acabo de comer!" estava A pantera pára bruscamente e foge apavorada do cachorrinho. quando a pantera está a ponto de o atacar.. mas o cachorrinho percebe a manobra do macaco.ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA BUROCRÁTICA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA GERENCIAL Força ou Coragem Força ou Coragem Muitas vezes na vida. É preciso ter força para fazer tudo sozinho. O macaco alcança a pantera e conta. pantera para lhe contar como ela tinha sido enganada pelo cachorro. a pantera furiosa diz: .. É preciso força para se defender. mas é preciso coragem para ser gentil. não sabemos avaliar o que realmente necessitamos: se força ou coragem. Há momentos em que precisamos das duas! Veja só: É preciso ter força para ser firme. De repente repara que uma enorme pantera vem correndo na sua direção. É preciso ter força para esconder os próprios males.. e para não se sentir tão só naquele mundo de selva leva consigo caçar o seu cachorrinho favorito. mas é preciso coragem para não se render... e põe-se a mordê-los. Então. mas é preciso coragem para não revidar.lhe toda a história. É preciso ter força para ganhar uma guerra. o cachorrinho diz: "Ah. Então. pensa rápido no que fazer. É preciso ter força para estar certo. mas é preciso coragem para sentir as próprias dores. Vê uns ossos de um animal morto. Um dia. mas é preciso coragem para pedir ajuda. e quando se dá conta já está muito longe do grupo. mas é preciso coragem para admitir a dúvida ou o erro.. Sai correndo atrás da toda.. Percebendo que a pantera o vai devorar. É preciso ter força para sentir a dor de um amigo. o cachorrinho começa a brincar de caçar borboletas. mas é preciso coragem para demonstrá-los.

O cachorrinho vê que a pantera vem atrás dele de novo. só a imaginação é mais importante que o conhecimento". grande preguiçoso! Há meia hora que eu o mandei trazer-me uma outra pantera que e ainda não voltou!" Moral da história : "Em momentos de crise. .Pensou o cachorrinho. e quando a pantera está a ponto de o atacar de novo."Cachorro maldito! Vai-me pagar! Agora vamos ver quem come quem!" pagar! "Depressa!". Então. que fica de costas como se não estivesse vendo nada. diz em voz bem alta e firme: "Maldito macaco." E saem correndo para procurar o cachorrinho. "vamos apanhá-lo. e desta vez traz o macaco montado às suas costas. "Maldito macaco! O que faço agora?" . diz o macaco. em vez de desatar a correr.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful