P. 1
Lista de Exercícios - Polinômios

Lista de Exercícios - Polinômios

|Views: 6.306|Likes:
Publicado porDaniel Sombra

More info:

Published by: Daniel Sombra on Feb 14, 2012
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

11/10/2013

pdf

text

original

LISTA DE EXERCÍCIOS DE VESTIBULARES DE MATEMÁTICA – POLINÔMIOS

Prof.: Daniel Sombra da S. Filho
1°) (ITA) Um Polinômio P(x), dividido por dá resto 3. O quociente desta divisão é então dividido por , obtendo-se resto 2. O resto da divisão de P(x) por será? a) 3x + 2 c) 2x + 1 e) n.d.a. b) 3x – 1 d) 4 – x 2°) (ITA) Um polinômio P(x) dá resto 1 quando dividido por , resto 1 quando dividido por e resto 1 quando dividido por . Qual o resto da divisão de P(x) por ? a) c) e) n.d.a. b) d) 3°) (Ifal) Seja P(x) = um polinômio. O resto da divisão de P(x) pelo binômio B(x) = a) b) c) d) e) é: 1. Na figura a seguir, temos um esboço de parte do gráfico de uma função polinomial um número natural. um número inteiro negativo. um número racional positivo. um número racional negativo um número irracional. c) I e III apenas. d) III apenas. e) I, II e III. 7°) (ITA) Na divisão de P(x) = por , obteve-se o quociente Q(x) = e o resto –6. Sabe-se que ( é uma progressão geométrica de razão q > 0 e q ≠ 1. Podemos afirmar:

8°) (UFPE) Na(s) questão(ões) a seguir escreva nos parênteses a letra (V) se a afirmativa for verdadeira ou (F) se for falsa.

4°) (U.Salvador-BA) Sabendo-se que o polinômio é divisível por , então o valor de m + n é igual a: a) b) 0 c) 2 d) 3 e) 5 5°) (UFCG) A largura, a profundidade e a altura de um paralelepípedo são as raízes do polinômio P(x) = . O resto da divisão de P(x) pelo monômio é igual a 400. Diante desses dados, o volume do paralelepípedo é: a) 800 c) 600 e) 1 500 b) 750 d) 1 050 6°) (UFPel) Considere P(x) = x3 – x2 + x – 1 e as seguintes afirmativas: I. P(x) não admite raiz real. II. P(i) = P(– i). III. P(1 – i) = –(2 + i). E correto o que se afirma em: a) I e II apenas. b) II e III apenas.

Analise as seguintes afirmativas: ( ) O grau do polinômio p(x) é ≤ 6. ( ) O grau do polinômio p(x) é ≥ 7. ( ) A equação p(x) = 0 não possui raízes reais. ( ) O polinômio p(x) é divisível por x(x+2)(x-2). ( ) O polinômio p(x) é divisível por (x²-1)(x-3)(x-4). 9°) (ITA) A divisão de um polinômio P(x) por resulta no quociente e resto . O resto da divisão de P(x) por é igual a: a) 1 b) 2 c) 3 d) 4 e) 5

10°) (Mackenzie) Observando a divisão dada, de polinômios, podemos afirmar que o resto da divisão de P(x) por é:

a) – 3/2 b) 3/2

c) – 2 d) – 1

e) 1/2

17°) (UDESC) Seja P(x) um polinômio de terceiro grau, cujo gráfico está representado na figura abaixo.

a)

b)

c) 2

d) 3

e)

11°) (ITA) Dividindo-se o polinômio P(x) = por , obtém-se resto igual a 2. Dividindo-se P(x) por , obtém-se resto igual a 3. Sabendo que P(x) é divisível por igual a: a) b) , tem-se que o valor de c) 4 d) 7 e) 9 é Então o resto da divisão de P(x) pelo binômio x + 2 é: a) 0 b) 16 c) – 12 d) – 16 e) 12 18°) (UFC) Se a identidade

12°) (ITA) Seja p(x) um polinômio de grau 4 com coeficientes reais. Na divisão de p(x) por obtém-se um quocientes q(x) e resto igual a 26. Na divisão de p(x) por obtém-se um quociente h(x) e resto . Sabe-se que q(0) = 13 e q(1) = 26. Então, h(2) + h(3) é igual a: a) 16 b) zero c) d) e) 1 13°) (Unifesp) A divisão de um polinômio p(x) por um polinômio k(x) tem q(x) = como quociente e r(x) = como resto. Sabendo-se que o resto da divisão de k(x) por x é 2, o resto da divisão de p(x) por x é: a) 10 b) 12 c) 17 d) 25 e) 70 14°) (IBMEC) O polinômio p(x) = é divisível por x + 2. É válido dizer que a soma dos quadrados das quatro raízes de p(x) = 0 é igual a: a) 5 b) 9 c) 10 d) 13 e) 25 15°) (UFPI) Um polinômio p(x) é divisível por e, quando dividido por , deixa quociente e resto r(x). Se r(−1) = 2 , podese afirmar que p(x) é igual a: a) x4 + 3x2 – 4x d) x4 + x2 − 2 b) x4 + 3x2 – 4 e) x4 – 1 c) – x4 + x2 16°) (UFGD) Dado um polinômio P(x) = e sabendo que uma das raízes é x = 1, então a média aritmética das demais raízes é:

é verdadeira para todo número real x diferente de 2 e –2, então, os valores de a e b são, respectivamente: a) 1 e –1 c) 2 e 1 e) 3 e 3 b) 2 e –1 d) 3 e 2 19°) (Fuvest) Sejam R1 e R2 os restos das divisões de um polinômio P(x) por e , respectivamente. Nessas condições, se R(x) é o resto da divisão de P(x) por então R(0) é igual a: a) R1 – R2 d) R1R2 b) (R1 + R2)/R1R2 e) (R1 + R2)/2 c) R1 + R2 20°) (UEL) O polinômio p tem grau 4n + 2 e o polinômio q tem grau 3n – 1, sendo n inteiro e positivo. O grau do polinômio p q é sempre: a) igual ao máximo divisor comum entre 4n + 2 e 3n – 1 b) igual a 7n + 1 c) inferior a 7n + 1 d) igual a 12n² + 2n + 2 e) inferior a 12n² + 2n + 2 21°) (UFMT) Em relação ao polinômio

P(x) = , julgue os itens. ( ) O resto da divisão de P(x) por x é igual a 5. ( ) O Polinômio P(x) admite 6 raízes reais e duas complexas. ( ) O coeficiente do termo em de P(x) é 60. 22°) (UEL) Para que o polinômio seja divisível por , o valor da raiz quadrada do módulo de m deve ser igual a: a) 0 b) 1 c) 2 d) 3 e) 5 23°) (UEL) O polinômio p(x) = é divisível pelo polinômio q(x) = Qual o valor de a? a) a = 2 c) 0 e) 2 b) a = 1 d) 1

a) 3

b) 8

c) 15

d) 20

e) 30

30°) (Unirio-RJ) O grau do polinômio é: a) b) c) d) 180 e) 18!

.

24°) (Ifal) Dividindo o polinômio p(x) pelo polinômio obtém-se resto . Se os restos das divisões de p(x) por , e são, respectivamente, os números A, B e C, então ABC vale: a) 100 c) 200 e) 360 b) 180 d) 280 25°) (CN) Sejam p(x) = e q(x) = . Tomando r(x) como sendo o resto na divisão de p(x) por q(x), o valor de r(2) será: a) – 8 b) – 6 c) – 4 d) – 3 e) – 2 26°) (IME) Considere o polinômio de grau mínimo, cuja representação gráfica passa pelos pontos P1(−2,−11), P2(−1, 0), P3(1, 4) e P4(2, 9). a) Determine os coeficientes do polinômio; b) Calcule todas as raízes do polinômio. 27°) (Unifor) Considere o polinômio p = , q= er = . O grau do polinômio é: a) 5 b) 4 c) 3 d) 2 e) 1

31°) (Cescea-SP) Seja P(x) um polinômio do 2° grau tal que: P(0) = 20 P(1) + P(2) = P(1) – 3P(2) = 6 Então, o conjunto de todos os x para os quais P(x) < 0 é: a) b) c) d) e) 32°) (FEI-SP) Sabendo que:

Então A + B + C + D é: a) b) c) 0

d) 1

e) 2

33°) (ITA) Sejam a, b e c números reais que nesta ordem formam uma P.A. de soma 12. Sabendo-se que os restos das divisões de por e são iguais, então a razão desta P.A. é: a) 1 b) c) d) e) –3

34°) (ITA) Sejam a, b, c e d constantes reais. Sabendo que a divisão de P1(x) = por P2(x) = é exata, e que a divisão de P3(x) = por P4(x) = tem resto igual a , determine o valor de a + b + c + d. 35°) (ITA) A identidade é válida para todo x ≠ 1. Então a + b + c é igual a: a) 5 b) 4 c) 3 d) 2 e) 1 36°) (AFA) Sendo , é: a) 249.500 b) 250.000 P(x) = o resto da divisão de P(x) por c) 250.500 d) 251.000

28°) (UFMG) O gráfico da função P(x) = contém os pontos (−1,0) e (2,0). Assim sendo, o valor de P(0) é: a) 1 b) 6 c) 1 d) 6 e) n.d.a.

29°) (UFRGS) Se P(x) é um polinômio de grau 5, então o grau de [P(x)]³ + [P(x)]² + 2P(x) é:

37°) (U.E. Ponta Grossa-PR) Seja o polinômio P(x) = Se A(x) é o quociente de P(x) por e B(x) é o quociente de P(x) por , assinale o que for correto. 01) O produto das raízes de A(x) = 0 é 3 02) B(x) – A(x) = 04) A(0) + B(0) = 15 08) A(x) é divisível por 16) O resto da divisão de B(x) por é 6. 38°) (U.E. Ponta Grossa-PR) Com base nas assertivas abaixo, assinale o que for correto. 01) Se P(x) = é um polinômio identicamente nulo então . 02) Os polinômios P(x) = e Q(x) = são idênticos. Então a e b valem, respectivamente, e . 04) Os polinômios P(x) = ; Q(x) = e R(x) = são tais que P(x) = Q(x) R(x). Então a + m + n = 9. 08) Se f e g são polinômios de grau n, então os graus de f + g e f g são, respectivamente, 2n e n². 16) O polinômio Q(x) = é divisível por R(x) = . Então c + d = 7. 39°) (FGV) O polinômio A(x), do 2° grau, dividido por x, por , , apresenta restos 1, 0 e 4, respectivamente. O polinômio A(x) é: a) b) c) d) e) 40°) (FEI) Dadas as funções f e g, definidas no conjunto dos números reais por e determine as constantes a, b e c para que f(x) , g(x).

42°) (FGV) Se o polinômio p(x) = é divisível por afirmar que m + n é igual a: a) 2 b) 4 c) 4 d) 2

, podemos e) 9

43°) (UCPel) Num polinômio do 3° grau P(x), temos P(1) = P( 2) = P(3) = 0. A única alternativa falsa é: a) P(x) é divisível por b) P(x) é divisível por c) P(x) é divisível por d) P(x) não é divisível por e) P(x) não é divisível por 44°) (Fatec) Se o polinômio p(x) = pode ser fatorado na forma , então o valor de k é: a) 5 b) 5 c) 10 d) 15 e)

15

45°) (Unirio) Dividindo-se um polinômio P(x) por outro D(x) obtêm-se quociente e resto e Q(x) = e R(x) = , respectivamente. O valor P( ) é: a) b) 0 c) 2 d) 3 e) 13 46°) (ITA) A divisão de um polinômio f(x) por tem resto . Se os restos das divisões de f(x) por e são, respectivamente, os números a e b, então a² + b² vale: a) 13 b) 5 c) 2 d) 1 e) 0 47°) (Fuvest) Dado o polinômio p(x) = , o gráfico da função y= é melhor representado por:

41°) (FGV) Se x1 = 1 e x2 = 2 são raízes do polinômio p(x) = , então o resto da divisão de p(x) por é igual a: a) 32 b) 18 c) 24 d) 12 e) 30

48°) (ITA) Com base no gráfico da função polinomial y = f(x) esboçado a seguir, responda qual é o resto da divisão de f(x) por .

(01) x = 0 é raiz do polinômio P(x). (02) Se a = 1 e b = 0, então P(x) = . (04) Existem valores distintos para a e b, tais que x= sejam raízes de P(x). (08) Se a = 0 e b = 3, o resto da divisão de P(x) por é zero. (16) Colocando P(x) na forma P(x) = , temos que f(0) = 2. (32) Se a = b = 0, temos que 49°) (Fatec) O polinômio f(x) dividido por , com a ≠ 0, tem quociente q(x) e resto r. É verdade que o resto da divisão de a) b) c) d) e) por é: de P(x), onde . é uma raiz

54°) (U. E. Londrina) Se o polinômio f = é divisível por g = , então ele também é divisível por: a) c) e) b) d) 55°) (UFBA) Na questão a seguir calcule a soma dos números associados aos itens corretos. Sobre o polinômios, pode-se afiirmar: (01) O resto da divisão do polinômio p(x) = por é igual a 6. (02) Dividindo-se o polinômio p(x) pelo polinômio g(x), obtêm-se quociente q(x) e resto r(x); então, o grau de r(x) é menor do que o grau de g(x). (04) Sendo p(x) = , q(x) = e, para todo x, p(x) + q(x) = 0, tem-se que . (08) Sendo m o grau dos polinômios p(x) e q(x), então o grau do polinômio p(x) + q(x) é igual a m. (16) A soma de todos os zeros do polinômio p(x) = pertence ao intervalo ]0, 5]. (32) Se p(x) = e q(x) = são tais que p(1) = 5 e q( ) = 4, então 56°) (Unifesp) A divisão de um polinômio p(x) por um polinômio k(x) tem q(x) = como quociente e r(x) = como resto. Sabendose que o resto da divisão de k(x) por x é 2, o resto da divisão de p(x) por x é: a) 10 b) 12 c) 17 d) 25 e) 70 57°) (Unifor) Dividindo-se um polinômio f por x² obtêm-se quociente –x e resto x. A forma fatorada de f é: a) d) b) e) c)

50°) (Mackenzie)

Nas divisões acima, de polinômios, podemos afirmar que o resto K vale: a) b) c) d) e)

51°) (PUC-PR) Na divisão do polinômio F(x) pelo binômio f(x), do 1° grau, usando o dispositivo de Ruffini, encontrou-se o seguinte:

Qual o dividendo dessa divisão? a) b) c) d) e) 52°) (UFBA) Considere os polinômios na variável a: P1 = P2 = P3 = Sendo P1 + P2 + P3 0, calcule . 53°) (UFG-GO) Dado o polinômio P(x) = Pode-se afirmar que:

58°) (UFPI) Sejam p(x) = e q(x) = . O resto da divisão do produto p(x) q(x) por é: a) a + b c) (a + b)² e) (b – a)² b) a – b d) b² a² , então e) 11

63°) (UECE) Se Q1(x) é o quociente da divisão de por e Q2(x) é o quociente da divisão de x² + 2 por , então Q1(3) + Q2(4) é igual a: a) 7 b) 8 c) 9 d) 10 64°) (UFRS) Se, para todo número real k, o polinômio p(x) = é divisível por , então o número n é: a) par. b) divisível por 4. c) múltiplo de 3. d) negativo. e) primo. 65°) (UFMG) Considere os polinômios p(x) = e q(x) = , em que a, b, c e d são números reais. Sabe-se que p(x) = q(x) para todo x . Assim sendo, o número d é igual a: a) b) c) d) 3

59°) (Mackenzie) Se P(x – 1) = o resto da divisão de P(x) por x – 3 é: a) 3 b) 5 c) 7 d) 9

60°) (UFGO) Considere o polinômio P(x) = , onde a, b e c são números reais, e julgue os itens abaixo. ( ) O polinômio P(x) tem, no máximo, duas raízes reais. ( ) Se 1 e –2 são raízes de P(x), então b = 1 e c = –2. ( ) Se na divisão de por x – 3 e x – 1 obtém-se restos 0 e 2, respectivamente, então P(x) = . ( ) Se b = – e c = –6, então P(x) > 0, para –2 < x < 3. 61°) (Unicap) São dados dois polinômios: P1(x) = P2(x) = , onde a, bec . Julgue os itens: ( ) P1(x) e P2(x) são polinômios do mesmo grau. ( ) O polinômio P1(x) pode ser decomposto em um produto de dois polinômios do primeiro grau com coeficientes em . ( ) Se a = 2 e c = – , então b = 3 e P2(x) = P1(x) q(x), onde q(x) tem grau zero. ( ) P1(x) = D(x)(x – 3) + P1(3). ( ) Se –a = b, P2(x) é um polinômio do primeiro grau. 62°) (Unifor) São dados os polinômios P = x – 3, então Q = e R = . Sabendo-se que o polinômio P Q é idêntico a R, conclui-se que a + b + c + d é igual a: a) 28 b) 13 c) d) e)

Contato: profsombra@gmail.com Por favor, qualquer dúvida quanto à lista, entre em contato pelo email. GABARITO
1°) c 2°) e 3°) d 4°) b 5°) c 6°) b 7°) b 8°) FVFVV 9°) e 10°) e 11°) e 12°) a 13°) c 14°) d 15°) a 16°) d 17°) c 18°) c 19°) e 20°) b 21°) FVF 22°) e 23°) e 24°) d 25°) e 26°) a) 1, -1, 1, 3 b) -1, 1 ± 27°) c 42°) d 43°) a 44°) a 45°) d 46°) a I 47°) a 48°) 63°) a 64°) a 65°) a

28°) b 49°) d 29°) c 50°) d 30°) b 51°) e 31°) b 52°) 20 32°) c 53°) 02+ 04+08+16 = 30 33°) b 54°) d 34°) 21 55°) 02 + 04 = 06 35°) d 56°) c 36°) b 57°) e 37°) 01 + 02 + 16 = 19 58°) d 38°) 01 + 02 + 04 + 16 = 23 59°) e 39°) b 60°) VVVF 40°) a = , b = , c = 41°) c 61°) FFFVF 62°) e

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->